SlideShare uma empresa Scribd logo
REVISTA PROTEÇÃO 131SETEMBRO / 2008
DICAS DO PROTEGILDO
AREPRODUÇÃODESTAPÁGINADAREVISTAPROTEÇÃOESTÁAUTORIZADAPARAUSOINTERNODASEMPRESAS
Anote com detalhes todas as
humilhações sofridas.
Peça ajuda dos colegas que
testemunharam o fato, ou daqueles que
também sofreram danos do mesmo
agressor.
Só converse com seu agressor na
presença de, no mínimo, uma testemunha
ou, se possível, na presença do
representante sindical de sua empresa.
Procure seu chefe imediato, ou o imediato
dele, e relate os fatos, apontando
inclusive as testemunhas, se tiver, e peça
orientações a respeito.
Exija por escrito explicação do agressor.
Mantenha uma cópia da carta enviada ao
Departamento Pessoal ou Recursos
Humanos.
Procure seu sindicato e relate a agressão
para o representante. Depois faça o
mesmo com o advogado do trabalho.
Recorra ao Centro de Referência em
Saúde dos Trabalhadores e conte a
humilhação ao assistente social ou
psicólogo.
Busque apoio dos familiares e
amigos para recuperar sua
auto-estima e dignidade.
SAIBA O QUE FAZER EM CASO DE
DANO MORAL
Muitas vezes os trabalhadores são expostos a situações
constrangedoras e humilhantes no ambiente de trabalho. Esta prática é
mais comum em relações hierárquicas, mas também pode ocorrer entre
colegas. A humilhação repetitiva compromete a relação afetiva e social
do trabalhador, podendo causar danos à saúde física e mental. Não
deixe isso acontecer com você.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Maquinas protegildo
Maquinas protegildoMaquinas protegildo
Maquinas protegildo
Robson Peixoto
 
pintura
pinturapintura
pintura
consulseg
 
Regras de sms
Regras de smsRegras de sms
Regras de sms
Robson Peixoto
 
Nao corra risco[1]
Nao corra risco[1]Nao corra risco[1]
Nao corra risco[1]
Robson Peixoto
 
Circulação segura
Circulação seguraCirculação segura
Circulação segura
Robson Peixoto
 
reflexão
reflexãoreflexão
reflexão
consulseg
 
Escritorio protegildo
Escritorio protegildoEscritorio protegildo
Escritorio protegildo
Robson Peixoto
 
Segurança na operação de Pontes rolantes
Segurança na operação de Pontes rolantesSegurança na operação de Pontes rolantes
Segurança na operação de Pontes rolantes
Robson Peixoto
 
PTE
PTEPTE
Perda auditiva
Perda auditivaPerda auditiva
Perda auditiva
Robson Peixoto
 
Operação de soldagem
Operação de soldagemOperação de soldagem
Operação de soldagem
Robson Peixoto
 
Acidentes de trajeto
Acidentes de trajetoAcidentes de trajeto
Acidentes de trajeto
Luis Araujo
 
L e r e d o r t
L e r e d o r tL e r e d o r t
L e r e d o r t
Robson Peixoto
 
Regras de sms 3
Regras de sms 3Regras de sms 3
Regras de sms 3
Robson Peixoto
 
Qualidade de vida
Qualidade de vidaQualidade de vida
Qualidade de vida
Robson Peixoto
 
Capacete
CapaceteCapacete
Capacete
Robson Peixoto
 
Cigarro protegildo
Cigarro protegildoCigarro protegildo
Cigarro protegildo
Robson Peixoto
 
Serracircular protegildo
Serracircular protegildoSerracircular protegildo
Serracircular protegildo
Robson Peixoto
 
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPITreinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Sergio Silva
 
94
9494

Mais procurados (20)

Maquinas protegildo
Maquinas protegildoMaquinas protegildo
Maquinas protegildo
 
pintura
pinturapintura
pintura
 
Regras de sms
Regras de smsRegras de sms
Regras de sms
 
Nao corra risco[1]
Nao corra risco[1]Nao corra risco[1]
Nao corra risco[1]
 
Circulação segura
Circulação seguraCirculação segura
Circulação segura
 
reflexão
reflexãoreflexão
reflexão
 
Escritorio protegildo
Escritorio protegildoEscritorio protegildo
Escritorio protegildo
 
Segurança na operação de Pontes rolantes
Segurança na operação de Pontes rolantesSegurança na operação de Pontes rolantes
Segurança na operação de Pontes rolantes
 
PTE
PTEPTE
PTE
 
Perda auditiva
Perda auditivaPerda auditiva
Perda auditiva
 
Operação de soldagem
Operação de soldagemOperação de soldagem
Operação de soldagem
 
Acidentes de trajeto
Acidentes de trajetoAcidentes de trajeto
Acidentes de trajeto
 
L e r e d o r t
L e r e d o r tL e r e d o r t
L e r e d o r t
 
Regras de sms 3
Regras de sms 3Regras de sms 3
Regras de sms 3
 
Qualidade de vida
Qualidade de vidaQualidade de vida
Qualidade de vida
 
Capacete
CapaceteCapacete
Capacete
 
Cigarro protegildo
Cigarro protegildoCigarro protegildo
Cigarro protegildo
 
Serracircular protegildo
Serracircular protegildoSerracircular protegildo
Serracircular protegildo
 
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPITreinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
 
94
9494
94
 

Mais de Luis Araujo

Exporuido e vibração
Exporuido e vibraçãoExporuido e vibração
Exporuido e vibração
Luis Araujo
 
Cartilha acidentes
Cartilha acidentesCartilha acidentes
Cartilha acidentes
Luis Araujo
 
Cartilha construção civil
Cartilha construção civilCartilha construção civil
Cartilha construção civil
Luis Araujo
 
Caderno 7 ruido
Caderno 7 ruidoCaderno 7 ruido
Caderno 7 ruido
Luis Araujo
 
Brigada de incêndio
Brigada de incêndioBrigada de incêndio
Brigada de incêndio
Luis Araujo
 
Art analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalhoArt analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalho
Luis Araujo
 
Análise ergonômica do trabalho AET
Análise ergonômica do trabalho   AETAnálise ergonômica do trabalho   AET
Análise ergonômica do trabalho AET
Luis Araujo
 
20 temas para dds segurança do trabalho nwn
20 temas para dds   segurança do trabalho nwn20 temas para dds   segurança do trabalho nwn
20 temas para dds segurança do trabalho nwn
Luis Araujo
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
Luis Araujo
 
Guia para analise de risco
Guia para analise de riscoGuia para analise de risco
Guia para analise de risco
Luis Araujo
 
Programa de protecão respiratória
Programa de protecão respiratóriaPrograma de protecão respiratória
Programa de protecão respiratória
Luis Araujo
 
143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst
Luis Araujo
 
Telhados
TelhadosTelhados
Telhados
Luis Araujo
 
Oficinas mecanicas
Oficinas mecanicasOficinas mecanicas
Oficinas mecanicas
Luis Araujo
 
Palestra temperamentos
Palestra temperamentosPalestra temperamentos
Palestra temperamentos
Luis Araujo
 
Código de ética do técnico de segurança do trabalho blog segurança do trabalho
Código de ética do técnico de segurança do trabalho   blog segurança do trabalhoCódigo de ética do técnico de segurança do trabalho   blog segurança do trabalho
Código de ética do técnico de segurança do trabalho blog segurança do trabalho
Luis Araujo
 
Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta
Cartilha para a mãe trabalhadora que amamentaCartilha para a mãe trabalhadora que amamenta
Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta
Luis Araujo
 
Calor
CalorCalor
Borracharia
BorrachariaBorracharia
Borracharia
Luis Araujo
 
Biológicos e perfurocortantes
Biológicos e perfurocortantesBiológicos e perfurocortantes
Biológicos e perfurocortantes
Luis Araujo
 

Mais de Luis Araujo (20)

Exporuido e vibração
Exporuido e vibraçãoExporuido e vibração
Exporuido e vibração
 
Cartilha acidentes
Cartilha acidentesCartilha acidentes
Cartilha acidentes
 
Cartilha construção civil
Cartilha construção civilCartilha construção civil
Cartilha construção civil
 
Caderno 7 ruido
Caderno 7 ruidoCaderno 7 ruido
Caderno 7 ruido
 
Brigada de incêndio
Brigada de incêndioBrigada de incêndio
Brigada de incêndio
 
Art analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalhoArt analise-de-risco-do-trabalho
Art analise-de-risco-do-trabalho
 
Análise ergonômica do trabalho AET
Análise ergonômica do trabalho   AETAnálise ergonômica do trabalho   AET
Análise ergonômica do trabalho AET
 
20 temas para dds segurança do trabalho nwn
20 temas para dds   segurança do trabalho nwn20 temas para dds   segurança do trabalho nwn
20 temas para dds segurança do trabalho nwn
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
Guia para analise de risco
Guia para analise de riscoGuia para analise de risco
Guia para analise de risco
 
Programa de protecão respiratória
Programa de protecão respiratóriaPrograma de protecão respiratória
Programa de protecão respiratória
 
143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst
 
Telhados
TelhadosTelhados
Telhados
 
Oficinas mecanicas
Oficinas mecanicasOficinas mecanicas
Oficinas mecanicas
 
Palestra temperamentos
Palestra temperamentosPalestra temperamentos
Palestra temperamentos
 
Código de ética do técnico de segurança do trabalho blog segurança do trabalho
Código de ética do técnico de segurança do trabalho   blog segurança do trabalhoCódigo de ética do técnico de segurança do trabalho   blog segurança do trabalho
Código de ética do técnico de segurança do trabalho blog segurança do trabalho
 
Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta
Cartilha para a mãe trabalhadora que amamentaCartilha para a mãe trabalhadora que amamenta
Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta
 
Calor
CalorCalor
Calor
 
Borracharia
BorrachariaBorracharia
Borracharia
 
Biológicos e perfurocortantes
Biológicos e perfurocortantesBiológicos e perfurocortantes
Biológicos e perfurocortantes
 

Dano moral

  • 1. REVISTA PROTEÇÃO 131SETEMBRO / 2008 DICAS DO PROTEGILDO AREPRODUÇÃODESTAPÁGINADAREVISTAPROTEÇÃOESTÁAUTORIZADAPARAUSOINTERNODASEMPRESAS Anote com detalhes todas as humilhações sofridas. Peça ajuda dos colegas que testemunharam o fato, ou daqueles que também sofreram danos do mesmo agressor. Só converse com seu agressor na presença de, no mínimo, uma testemunha ou, se possível, na presença do representante sindical de sua empresa. Procure seu chefe imediato, ou o imediato dele, e relate os fatos, apontando inclusive as testemunhas, se tiver, e peça orientações a respeito. Exija por escrito explicação do agressor. Mantenha uma cópia da carta enviada ao Departamento Pessoal ou Recursos Humanos. Procure seu sindicato e relate a agressão para o representante. Depois faça o mesmo com o advogado do trabalho. Recorra ao Centro de Referência em Saúde dos Trabalhadores e conte a humilhação ao assistente social ou psicólogo. Busque apoio dos familiares e amigos para recuperar sua auto-estima e dignidade. SAIBA O QUE FAZER EM CASO DE DANO MORAL Muitas vezes os trabalhadores são expostos a situações constrangedoras e humilhantes no ambiente de trabalho. Esta prática é mais comum em relações hierárquicas, mas também pode ocorrer entre colegas. A humilhação repetitiva compromete a relação afetiva e social do trabalhador, podendo causar danos à saúde física e mental. Não deixe isso acontecer com você.