SlideShare uma empresa Scribd logo
Concretismo e Neoconcretismo
O que é arte concreta?
O objetivo era dar o que considerava ser o nome
exato a uma arte que se tinha desprendido
totalmente da imitação da natureza.
Ainda para Gullar (1999:212) o nome arte concreta
surge como uma tentativa de redefinição da
pintura não figurativa.
Arte concreta
A poesia e música concretista
A arte concreta buscava a pureza e o rigor
formal na ordem harmônica do universo.
Segundo essa arte, a pintura deve ser
inteiramente construída com elementos
puramente plásticos, ou seja, planos e cores.
Sagacidade crítica
Influência do Design e Arquitetura
Neoconcretismo.
Distingue-se do Concretismo por atribuir
ao leitor outro papel na construção do
poema.
São figuras fundamentais do movimento
o poeta Ferreira Gullar e os artistas
plásticos Hélio Oiticica e Lygia Clark.
Ambos acreditavam que o leitor devesse
construir o sentido junto à obra.
Arte concreta: Grupo Ruptura –
Arte Neocroncreta: Grupo Frente
 Os jovens artistas do Grupo Ruptura de São Paulo e
Frente do Rio de Janeiro foram os que enfrentaram a
hostilidade do meio artístico, ao experimentarem a arte
concreta e neoconcreta.
 O Grupo Ruptura com características mais radicais foram
os introdutores e defensores da arte concreta, liderado
por Waldemar Cordeiro. Os artistas deste grupo
acreditavam numa dinâmica visual, com efeito de
construção seriada, a ideia rítmica linear do movimento,
um fundo plano onde a forma se desenvolve na
abstração, enfim, uma obra de arte como produto.
Waldemar Cordeiro “ Movimento” 195
Theo Van - Composição aritmética 1929
Judith Lau
Geraldo
Barros
O Grupo Frente
 Foi o Grupo Frente o pioneiro da arte neoconcreta, não
obedeciam a nenhum código rígido, essa característica
adogmática que os diferenciava do grupo ruptura de
São Paulo.
 Os neoconcretistas acreditavam na arte como uma
atividade autônoma, vital e de elevada missão social.
Tendo em vista a necessidade de educar os homens para
conhecer suas emoções plenas, a linguagem geométrica
apresentava-se como um campo aberto para alcançar
estas experiências e indagações.
Olho por
olho
Poemas
móbiles
Concretismo e Neoconcretismo
Concretismo e Neoconcretismo
Poesia concreta: tensão de
palavras-coisas no
espaço-tempo.
estrutura dinâmica:
multiplicidade de
movimentos
concomitantes
Poema Concreto
A expressão verbivocovisual sintetiza a
proposta, colocada em prática pelos
poetas Augusto de Campos, Décio
Pignatari, Haroldo de Campos, José Lino
Grünewald e Ronaldo Azeredo,
desdobrando-se até hoje em suportes e
meios técnicos diversos – livro, revista,
jornal, cartaz, objeto, lp, cd, videotexto,
holografia, vídeo, internet.
Concretismo e Neoconcretismo
Concretismo e Neoconcretismo
Concretismo e Neoconcretismo
Para tanto, os poetas
concretos, dispensam a
subjetividade e valorizam a
disposição gráfica das
palavras, o uso da elipse, o
espaço da página como
elemento de composição do
poema.
Augusto dos Campos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modernismo no Brasil
Modernismo no BrasilModernismo no Brasil
Modernismo no Brasil
alinesantana1422
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
VIVIAN TROMBINI
 
A arte da performance
A arte da performanceA arte da performance
A arte da performance
Thiago Assumpção
 
Concretismo e neoconcretismo slides
Concretismo e neoconcretismo slidesConcretismo e neoconcretismo slides
Concretismo e neoconcretismo slides
wddan
 
Modernismo
Modernismo Modernismo
Modernismo
Cláudia Heloísa
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
Ana Barreiros
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
GabrielaLimaPereira
 
O modernismo brasileiro
O modernismo brasileiroO modernismo brasileiro
O modernismo brasileiro
Junior Onildo
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
Bruno Costa
 
Land Art
Land ArtLand Art
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
Bruna M
 
História da Arte: Realismo
História da Arte: RealismoHistória da Arte: Realismo
História da Arte: Realismo
Raphael Lanzillotte
 
Op Art
Op ArtOp Art
Body art/slide
Body art/slideBody art/slide
Body art/slide
Gesse André
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
Arte Educadora
 
Grafite slide
Grafite slideGrafite slide
Grafite slide
cafumilena
 
Instalação Artística
Instalação ArtísticaInstalação Artística
Instalação Artística
Enzo Berger
 
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Grupo Educacional Opet
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
licss
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 

Mais procurados (20)

Modernismo no Brasil
Modernismo no BrasilModernismo no Brasil
Modernismo no Brasil
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
A arte da performance
A arte da performanceA arte da performance
A arte da performance
 
Concretismo e neoconcretismo slides
Concretismo e neoconcretismo slidesConcretismo e neoconcretismo slides
Concretismo e neoconcretismo slides
 
Modernismo
Modernismo Modernismo
Modernismo
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
 
O modernismo brasileiro
O modernismo brasileiroO modernismo brasileiro
O modernismo brasileiro
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
 
Land Art
Land ArtLand Art
Land Art
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
História da Arte: Realismo
História da Arte: RealismoHistória da Arte: Realismo
História da Arte: Realismo
 
Op Art
Op ArtOp Art
Op Art
 
Body art/slide
Body art/slideBody art/slide
Body art/slide
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
 
Grafite slide
Grafite slideGrafite slide
Grafite slide
 
Instalação Artística
Instalação ArtísticaInstalação Artística
Instalação Artística
 
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 

Semelhante a Concretismo e Neoconcretismo

Movimento neoconcreto
Movimento neoconcretoMovimento neoconcreto
Movimento neoconcreto
Junior Onildo
 
Como encontra a arte no mundo contemporâneo
Como encontra a arte no mundo contemporâneoComo encontra a arte no mundo contemporâneo
Como encontra a arte no mundo contemporâneo
ProfNILO
 
Trabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana PaulaTrabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana Paula
jbivana
 
Trabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana PaulaTrabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana Paula
jbivana
 
A linguagem do Modernismo
A linguagem do ModernismoA linguagem do Modernismo
A linguagem do Modernismo
Miguel D' Amorim
 
Apostila arte contemporanea
Apostila arte contemporaneaApostila arte contemporanea
Apostila arte contemporanea
daniel bertholdo
 
Apostila de-arte-contemporc3a2nea
Apostila de-arte-contemporc3a2neaApostila de-arte-contemporc3a2nea
Apostila de-arte-contemporc3a2nea
Juju Ornelas
 
Aula 07 história do design gráfico
Aula 07   história do design gráficoAula 07   história do design gráfico
Aula 07 história do design gráfico
Elizeu Nascimento Silva
 
Arte
ArteArte
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoRuptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
ceufaias
 
As vanguardasno inicio do século XX
As vanguardasno inicio do século XXAs vanguardasno inicio do século XX
As vanguardasno inicio do século XX
Miguel Duarte
 
Ribas; vivian calazans open
Ribas; vivian calazans   openRibas; vivian calazans   open
Ribas; vivian calazans open
Acervo_DAC
 
Criação do humano maquina
Criação do humano maquinaCriação do humano maquina
Criação do humano maquina
Venise Melo
 
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
Roseli Gomes Martins
 
04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade material04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade material
Vítor Santos
 
Definindo arte
Definindo arteDefinindo arte
Definindo arte
LucileideBarros2
 
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
Elsa Minck
 
Aula 9
Aula 9Aula 9
Arte no século xx
Arte no século xxArte no século xx
Arte no século xx
School
 
Cohen renato performance como linguagem
Cohen renato   performance como linguagemCohen renato   performance como linguagem
Cohen renato performance como linguagem
Monica Lopes
 

Semelhante a Concretismo e Neoconcretismo (20)

Movimento neoconcreto
Movimento neoconcretoMovimento neoconcreto
Movimento neoconcreto
 
Como encontra a arte no mundo contemporâneo
Como encontra a arte no mundo contemporâneoComo encontra a arte no mundo contemporâneo
Como encontra a arte no mundo contemporâneo
 
Trabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana PaulaTrabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana Paula
 
Trabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana PaulaTrabalho da Aluna Ana Paula
Trabalho da Aluna Ana Paula
 
A linguagem do Modernismo
A linguagem do ModernismoA linguagem do Modernismo
A linguagem do Modernismo
 
Apostila arte contemporanea
Apostila arte contemporaneaApostila arte contemporanea
Apostila arte contemporanea
 
Apostila de-arte-contemporc3a2nea
Apostila de-arte-contemporc3a2neaApostila de-arte-contemporc3a2nea
Apostila de-arte-contemporc3a2nea
 
Aula 07 história do design gráfico
Aula 07   história do design gráficoAula 07   história do design gráfico
Aula 07 história do design gráfico
 
Arte
ArteArte
Arte
 
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoRuptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
 
As vanguardasno inicio do século XX
As vanguardasno inicio do século XXAs vanguardasno inicio do século XX
As vanguardasno inicio do século XX
 
Ribas; vivian calazans open
Ribas; vivian calazans   openRibas; vivian calazans   open
Ribas; vivian calazans open
 
Criação do humano maquina
Criação do humano maquinaCriação do humano maquina
Criação do humano maquina
 
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
 
04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade material04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade material
 
Definindo arte
Definindo arteDefinindo arte
Definindo arte
 
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
 
Aula 9
Aula 9Aula 9
Aula 9
 
Arte no século xx
Arte no século xxArte no século xx
Arte no século xx
 
Cohen renato performance como linguagem
Cohen renato   performance como linguagemCohen renato   performance como linguagem
Cohen renato performance como linguagem
 

Mais de Silmara Nogueira

Pop Arte
Pop ArtePop Arte
Op Arte
Op ArteOp Arte
Arte Pós-Guerra
Arte Pós-GuerraArte Pós-Guerra
Arte Pós-Guerra
Silmara Nogueira
 
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar EgeuOs Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Silmara Nogueira
 
Fenícios, Hebreus e Persas
Fenícios, Hebreus e PersasFenícios, Hebreus e Persas
Fenícios, Hebreus e Persas
Silmara Nogueira
 
Arte na mesopotamia e Egito
Arte na mesopotamia e EgitoArte na mesopotamia e Egito
Arte na mesopotamia e Egito
Silmara Nogueira
 
Teoria das Cores
Teoria das CoresTeoria das Cores
Teoria das Cores
Silmara Nogueira
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
Silmara Nogueira
 
Estética - Estudo do Belo
Estética - Estudo do BeloEstética - Estudo do Belo
Estética - Estudo do Belo
Silmara Nogueira
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Silmara Nogueira
 
Fauvismo ou Fovismo
Fauvismo ou FovismoFauvismo ou Fovismo
Fauvismo ou Fovismo
Silmara Nogueira
 
Cubismo
CubismoCubismo
Realismo e Art Nouveau
Realismo e Art NouveauRealismo e Art Nouveau
Realismo e Art Nouveau
Silmara Nogueira
 
Impressionismo e Pós Impressionismo
Impressionismo e Pós ImpressionismoImpressionismo e Pós Impressionismo
Impressionismo e Pós Impressionismo
Silmara Nogueira
 
Folclore
FolcloreFolclore
Arte Efêmera: Land Art e Arte Povera
Arte Efêmera: Land Art e Arte PoveraArte Efêmera: Land Art e Arte Povera
Arte Efêmera: Land Art e Arte Povera
Silmara Nogueira
 
Arqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena BrasileiraArqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena Brasileira
Silmara Nogueira
 
Animação
AnimaçãoAnimação
Animação
Silmara Nogueira
 
Semana de 22
Semana de 22Semana de 22
Semana de 22
Silmara Nogueira
 
Barroco
BarrocoBarroco

Mais de Silmara Nogueira (20)

Pop Arte
Pop ArtePop Arte
Pop Arte
 
Op Arte
Op ArteOp Arte
Op Arte
 
Arte Pós-Guerra
Arte Pós-GuerraArte Pós-Guerra
Arte Pós-Guerra
 
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar EgeuOs Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
 
Fenícios, Hebreus e Persas
Fenícios, Hebreus e PersasFenícios, Hebreus e Persas
Fenícios, Hebreus e Persas
 
Arte na mesopotamia e Egito
Arte na mesopotamia e EgitoArte na mesopotamia e Egito
Arte na mesopotamia e Egito
 
Teoria das Cores
Teoria das CoresTeoria das Cores
Teoria das Cores
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
 
Estética - Estudo do Belo
Estética - Estudo do BeloEstética - Estudo do Belo
Estética - Estudo do Belo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Fauvismo ou Fovismo
Fauvismo ou FovismoFauvismo ou Fovismo
Fauvismo ou Fovismo
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Realismo e Art Nouveau
Realismo e Art NouveauRealismo e Art Nouveau
Realismo e Art Nouveau
 
Impressionismo e Pós Impressionismo
Impressionismo e Pós ImpressionismoImpressionismo e Pós Impressionismo
Impressionismo e Pós Impressionismo
 
Folclore
FolcloreFolclore
Folclore
 
Arte Efêmera: Land Art e Arte Povera
Arte Efêmera: Land Art e Arte PoveraArte Efêmera: Land Art e Arte Povera
Arte Efêmera: Land Art e Arte Povera
 
Arqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena BrasileiraArqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena Brasileira
 
Animação
AnimaçãoAnimação
Animação
 
Semana de 22
Semana de 22Semana de 22
Semana de 22
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 

Concretismo e Neoconcretismo

  • 2. O que é arte concreta? O objetivo era dar o que considerava ser o nome exato a uma arte que se tinha desprendido totalmente da imitação da natureza. Ainda para Gullar (1999:212) o nome arte concreta surge como uma tentativa de redefinição da pintura não figurativa.
  • 3. Arte concreta A poesia e música concretista A arte concreta buscava a pureza e o rigor formal na ordem harmônica do universo. Segundo essa arte, a pintura deve ser inteiramente construída com elementos puramente plásticos, ou seja, planos e cores. Sagacidade crítica Influência do Design e Arquitetura
  • 4. Neoconcretismo. Distingue-se do Concretismo por atribuir ao leitor outro papel na construção do poema. São figuras fundamentais do movimento o poeta Ferreira Gullar e os artistas plásticos Hélio Oiticica e Lygia Clark. Ambos acreditavam que o leitor devesse construir o sentido junto à obra.
  • 5. Arte concreta: Grupo Ruptura – Arte Neocroncreta: Grupo Frente  Os jovens artistas do Grupo Ruptura de São Paulo e Frente do Rio de Janeiro foram os que enfrentaram a hostilidade do meio artístico, ao experimentarem a arte concreta e neoconcreta.  O Grupo Ruptura com características mais radicais foram os introdutores e defensores da arte concreta, liderado por Waldemar Cordeiro. Os artistas deste grupo acreditavam numa dinâmica visual, com efeito de construção seriada, a ideia rítmica linear do movimento, um fundo plano onde a forma se desenvolve na abstração, enfim, uma obra de arte como produto.
  • 6. Waldemar Cordeiro “ Movimento” 195
  • 7. Theo Van - Composição aritmética 1929
  • 10. O Grupo Frente  Foi o Grupo Frente o pioneiro da arte neoconcreta, não obedeciam a nenhum código rígido, essa característica adogmática que os diferenciava do grupo ruptura de São Paulo.  Os neoconcretistas acreditavam na arte como uma atividade autônoma, vital e de elevada missão social. Tendo em vista a necessidade de educar os homens para conhecer suas emoções plenas, a linguagem geométrica apresentava-se como um campo aberto para alcançar estas experiências e indagações.
  • 15. Poesia concreta: tensão de palavras-coisas no espaço-tempo. estrutura dinâmica: multiplicidade de movimentos concomitantes
  • 16. Poema Concreto A expressão verbivocovisual sintetiza a proposta, colocada em prática pelos poetas Augusto de Campos, Décio Pignatari, Haroldo de Campos, José Lino Grünewald e Ronaldo Azeredo, desdobrando-se até hoje em suportes e meios técnicos diversos – livro, revista, jornal, cartaz, objeto, lp, cd, videotexto, holografia, vídeo, internet.
  • 20. Para tanto, os poetas concretos, dispensam a subjetividade e valorizam a disposição gráfica das palavras, o uso da elipse, o espaço da página como elemento de composição do poema.