SlideShare uma empresa Scribd logo
Inovação Social 
ANDRÉ, I.; ABREU, A. Dimensões e 
Espaços da Inovação Social. Finisterra, 
81, p. 121-141, 2006.
Dimensões e espaços da Inovação 
Social 
“Iniciativas do terceiro setor dirigidas ao combate à 
exclusão social”. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 123) 
“Processo que se desenvolve fora do mercado e que 
frequentemente também sem a intervenção direta do 
estado e que visa prioritariamente a inclusão social”. 
(ANDRE, ABREU, 2006, p. 123)
Dimensões e espaços da Inovação 
Social 
Resposta nova e socialmente conhecida que visa mudança 
social. Possui três atributos: 
1. Satisfação das necessidades humanas não satisfeitas pelo 
mercado; 
2. Promoção da inclusão social; 
3. Capacitação de agentes/atores sujeitos a processos de 
exclusão ou marginalização social, desencadeando uma 
mudança, mais ou menos intensa, das relações de poder. 
(ANDRE, ABREU, 2006, p. 124)
Dimensões e espaços da Inovação 
Social – O que é a inovação social? 
• Inovação Social confinada aos domínios 
da aprendizagem (ensino e formação) e 
do emprego. 
(ANDRE, ABREU, 2006, p. 125) 
Entre os 
anos 60 e 
80 (século 
XX) 
• Surge também ligada ao campo das 
políticas sociais e do ordenamento do 
território. 
A partir 
dos anos 
80 
• Afastam a inovação tecnológica da 
inovação social, atribuindo uma natureza 
não mercantil, um caráter seletivo e uma 
intenção que gera transformações nas 
relações sociais. 
Perspectiv 
as mais 
recentes
Dimensões e espaços da Inovação 
Social – O que é a inovação social? 
A inovação social surge como uma “missão ousada e 
arriscada”. 
É no âmbito dos processos que a Inovação Social assume 
maior relevância. Atributos são processos: i) inclusão 
social; ii) capacitação dos agentes mais fracos. 
Outros exemplos de inovação social em domínios variados: 
 Domínios a política e da tecnologia: manifestações organizadas por mensagens 
por celular e e-mail. 
 Campo da ética: permissão do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Dimensões e espaços da Inovação 
Social – Por que se produz a Inovação 
Social? 
No campo da inovação tecnológica, as empresas 
inovam para evitar ameaças e riscos ligados á 
concorrência, ou para aproveitar oportunidades. 
No âmbito da inovação social, existe a necessidade de 
vencer adversidades e riscos. 
(ANDRE, ABREU, 2006, p. 127) 
Crise do estado. 
Exclusão social 
potencial. 
Novas necessidades 
e problemas de 
natureza coletiva. 
Motivação de 
inovações sociais.
Dimensões e espaços da Inovação 
Social – Como se produz a Inovação 
Social? 
Recursos: 
 Saberes, agentes qualificados, capital relacional. 
Dinâmicas associadas à consolidação e difusão da 
inovação: 
 Sustentabilidade, a inovação social raramente se 
auto-sustenta. 
(ANDRE, ABREU, 2006, p. 128-129)
Dimensões e espaços da Inovação 
Social – Quem produz a Inovação 
Social? 
A inovação social situa-se principalmente no âmbito do 
terceiro setor. 
Mas pode estar presente nas políticas públicas e 
entidades privadas. 
É produto da sociedade civil ou um resultado da 
pressão da sociedade civil. 
(ANDRE, ABREU, 2006, p. 128-129)
Dimensões e espaços da Inovação 
Social – Onde se produz a Inovação 
Social? 
• Articulam-se diferentes agentes com 
relações de poder e papéis distintos; 
• Incentivos e barreiras à inovação 
social. 
 Meios criativos: deverão ser flexíveis e organizados 
para que possam sofrer transformações sem perder 
a identidade. 
 Possuem 3 características principais: diversidade 
sociocultural, permitam correr riscos de inovar, 
participação ativa dos cidadãos. 
(ANDRE, ABREU, 2006, p. 132) 
Meio (lugar, 
espaço –rede 
constituídos por 
nós) 
A criação é uma condição necessária à inovação. Mas 
não é suficiente. 
Só é inovação se sua utilidade for socialmente 
reconhecida.
O microcrédito em Portugal 
 Tipo específicos de serviços financeiro aos mais 
pobre e desprovidos da sociedade. 
 Grupos de pessoas que respondiam solidariamente 
pelos não pagantes. 
1. Satisfação necessidades não satisfeitas pelo 
mercado: acesso ao crédito; 
2. Promoção da inclusão social: créditos e empregos 
adicionais gerados; 
3. Capacitação dos beneficiários: capacitação dos 
beneficiários, reforço da auto estima, melhoria do 
estatuto social.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Claudinéia Kudlawicz - Dimensões e Espaços da Inovação Social

Marco Conceitual - Social Good Brasil
Marco Conceitual - Social Good BrasilMarco Conceitual - Social Good Brasil
Marco Conceitual - Social Good Brasil
Social Good Brasil
 
Jornalismo no terceiro setor
Jornalismo no terceiro setorJornalismo no terceiro setor
Jornalismo no terceiro setor
aulasdejornalismo
 
Comunicação e sustentabilidade
Comunicação e sustentabilidadeComunicação e sustentabilidade
Comunicação e sustentabilidade
Future Press, E-Press, Presentations,
 
Inovação social e mídias sociais
Inovação social e mídias sociais Inovação social e mídias sociais
Inovação social e mídias sociais
TheBridgeGlobal
 
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Social Good Brasil
 
Lazer e minorias sociais
Lazer e minorias sociaisLazer e minorias sociais
Lazer e minorias sociais
Luciene Gomes
 
Quintosexto pp jabaquara prof allan
Quintosexto pp jabaquara   prof allanQuintosexto pp jabaquara   prof allan
Quintosexto pp jabaquara prof allan
Fernando Alves
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
roberto mosca junior
 
A cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção social
A cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção socialA cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção social
A cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção social
Mário Cruz
 
Significado de terceiro setor na sociedade global atual
Significado de terceiro setor na sociedade global atualSignificado de terceiro setor na sociedade global atual
Significado de terceiro setor na sociedade global atual
Atividades Diversas Cláudia
 
Terceiro Setor: nova área de atuação para o Administrador
Terceiro Setor: nova área de atuação para o AdministradorTerceiro Setor: nova área de atuação para o Administrador
Terceiro Setor: nova área de atuação para o Administrador
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Aula Terceiro Setor no Brasil
Aula Terceiro Setor no BrasilAula Terceiro Setor no Brasil
Aula Terceiro Setor no Brasil
Cleide Magáli dos Santos
 
O desemprego - Um caso de sucesso
O desemprego - Um caso de sucessoO desemprego - Um caso de sucesso
O desemprego - Um caso de sucesso
Ricardo da Palma
 
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versãoPpt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Magali Kleber
 
O papel dos jornais é perene
O papel dos jornais é perene O papel dos jornais é perene
O papel dos jornais é perene
Luciana Moherdaui
 
Artigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociais
Artigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociaisArtigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociais
Artigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociais
Luis Rasquilha
 
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Ricardo Ruiz
 
Especializações do marketing 3a aula - 23/02/2011
Especializações do marketing   3a aula - 23/02/2011Especializações do marketing   3a aula - 23/02/2011
Especializações do marketing 3a aula - 23/02/2011
Unip e Uniplan
 
Acesso 2011.2 texto 07
Acesso 2011.2   texto 07Acesso 2011.2   texto 07
Acesso 2011.2 texto 07
Wagner De Oliveira Rodrigues
 
MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL
MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASILMANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL
MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL
fellowsocialgoodbrasil
 

Semelhante a Claudinéia Kudlawicz - Dimensões e Espaços da Inovação Social (20)

Marco Conceitual - Social Good Brasil
Marco Conceitual - Social Good BrasilMarco Conceitual - Social Good Brasil
Marco Conceitual - Social Good Brasil
 
Jornalismo no terceiro setor
Jornalismo no terceiro setorJornalismo no terceiro setor
Jornalismo no terceiro setor
 
Comunicação e sustentabilidade
Comunicação e sustentabilidadeComunicação e sustentabilidade
Comunicação e sustentabilidade
 
Inovação social e mídias sociais
Inovação social e mídias sociais Inovação social e mídias sociais
Inovação social e mídias sociais
 
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
Redescobrindo a Inovação Social, por kriss deiglmeier
 
Lazer e minorias sociais
Lazer e minorias sociaisLazer e minorias sociais
Lazer e minorias sociais
 
Quintosexto pp jabaquara prof allan
Quintosexto pp jabaquara   prof allanQuintosexto pp jabaquara   prof allan
Quintosexto pp jabaquara prof allan
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
A cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção social
A cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção socialA cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção social
A cultura e a cooperação como ferramentas de aprendizagem e de inserção social
 
Significado de terceiro setor na sociedade global atual
Significado de terceiro setor na sociedade global atualSignificado de terceiro setor na sociedade global atual
Significado de terceiro setor na sociedade global atual
 
Terceiro Setor: nova área de atuação para o Administrador
Terceiro Setor: nova área de atuação para o AdministradorTerceiro Setor: nova área de atuação para o Administrador
Terceiro Setor: nova área de atuação para o Administrador
 
Aula Terceiro Setor no Brasil
Aula Terceiro Setor no BrasilAula Terceiro Setor no Brasil
Aula Terceiro Setor no Brasil
 
O desemprego - Um caso de sucesso
O desemprego - Um caso de sucessoO desemprego - Um caso de sucesso
O desemprego - Um caso de sucesso
 
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versãoPpt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
 
O papel dos jornais é perene
O papel dos jornais é perene O papel dos jornais é perene
O papel dos jornais é perene
 
Artigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociais
Artigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociaisArtigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociais
Artigo Inovacao: Perspetivas do Eu nas redes sociais
 
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
 
Especializações do marketing 3a aula - 23/02/2011
Especializações do marketing   3a aula - 23/02/2011Especializações do marketing   3a aula - 23/02/2011
Especializações do marketing 3a aula - 23/02/2011
 
Acesso 2011.2 texto 07
Acesso 2011.2   texto 07Acesso 2011.2   texto 07
Acesso 2011.2 texto 07
 
MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL
MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASILMANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL
MANIFESTO SOCIAL GOOD BRASIL
 

Mais de . .

Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014
Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014
Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014
. .
 
Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...
Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...
Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...
. .
 
O Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TIC
O Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TICO Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TIC
O Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TIC
. .
 
CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...
CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...
CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...
. .
 
PPGCOOP 2014
PPGCOOP 2014PPGCOOP 2014
PPGCOOP 2014
. .
 
Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...
Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...
Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...
. .
 
Governo móvel em administrações públicas brasileiras
Governo móvel em administrações públicas brasileirasGoverno móvel em administrações públicas brasileiras
Governo móvel em administrações públicas brasileiras
. .
 
Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...
Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...
Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...
. .
 
Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...
Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...
Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...
. .
 
Dissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e Inovação
Dissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e InovaçãoDissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e Inovação
Dissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e Inovação
. .
 
Redes sociais online como fonte de informação
Redes sociais online como fonte de informaçãoRedes sociais online como fonte de informação
Redes sociais online como fonte de informação
. .
 
Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08
Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08
Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08
. .
 
Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...
Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...
Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...
. .
 

Mais de . . (13)

Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014
Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014
Balanço do Grupo de Pesquisa - 2014
 
Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...
Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...
Cooperação Internacional e o compartilhamento de Conhecimento entre pesquisad...
 
O Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TIC
O Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TICO Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TIC
O Perfil dos Municípios Brasileiros em Relação ao Uso e à Infraestrutura de TIC
 
CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...
CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...
CAPITAL SOCIAL E CONHECIMENTO: COMO AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PERMITEM A CRIA...
 
PPGCOOP 2014
PPGCOOP 2014PPGCOOP 2014
PPGCOOP 2014
 
Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...
Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...
Projeto - Os fatores que influenciam na aprendizagem e no comprometimento org...
 
Governo móvel em administrações públicas brasileiras
Governo móvel em administrações públicas brasileirasGoverno móvel em administrações públicas brasileiras
Governo móvel em administrações públicas brasileiras
 
Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...
Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...
Balas 2014 - Relationship Between Collaboration and Innovativeness: A Case St...
 
Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...
Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...
Balas 2014 - The relationship between knowledge management, innovation and re...
 
Dissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e Inovação
Dissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e InovaçãoDissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e Inovação
Dissertação - Capital Social, Compartilhamento de Conhecimento e Inovação
 
Redes sociais online como fonte de informação
Redes sociais online como fonte de informaçãoRedes sociais online como fonte de informação
Redes sociais online como fonte de informação
 
Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08
Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08
Projetos em andamento do grupo de pesquisa - GCI2 - 2014 04-08
 
Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...
Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...
Mobilidade Internacional de pesquisadores como estratégia de compartilhamento...
 

Claudinéia Kudlawicz - Dimensões e Espaços da Inovação Social

  • 1. Inovação Social ANDRÉ, I.; ABREU, A. Dimensões e Espaços da Inovação Social. Finisterra, 81, p. 121-141, 2006.
  • 2. Dimensões e espaços da Inovação Social “Iniciativas do terceiro setor dirigidas ao combate à exclusão social”. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 123) “Processo que se desenvolve fora do mercado e que frequentemente também sem a intervenção direta do estado e que visa prioritariamente a inclusão social”. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 123)
  • 3. Dimensões e espaços da Inovação Social Resposta nova e socialmente conhecida que visa mudança social. Possui três atributos: 1. Satisfação das necessidades humanas não satisfeitas pelo mercado; 2. Promoção da inclusão social; 3. Capacitação de agentes/atores sujeitos a processos de exclusão ou marginalização social, desencadeando uma mudança, mais ou menos intensa, das relações de poder. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 124)
  • 4. Dimensões e espaços da Inovação Social – O que é a inovação social? • Inovação Social confinada aos domínios da aprendizagem (ensino e formação) e do emprego. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 125) Entre os anos 60 e 80 (século XX) • Surge também ligada ao campo das políticas sociais e do ordenamento do território. A partir dos anos 80 • Afastam a inovação tecnológica da inovação social, atribuindo uma natureza não mercantil, um caráter seletivo e uma intenção que gera transformações nas relações sociais. Perspectiv as mais recentes
  • 5. Dimensões e espaços da Inovação Social – O que é a inovação social? A inovação social surge como uma “missão ousada e arriscada”. É no âmbito dos processos que a Inovação Social assume maior relevância. Atributos são processos: i) inclusão social; ii) capacitação dos agentes mais fracos. Outros exemplos de inovação social em domínios variados:  Domínios a política e da tecnologia: manifestações organizadas por mensagens por celular e e-mail.  Campo da ética: permissão do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
  • 6. Dimensões e espaços da Inovação Social – Por que se produz a Inovação Social? No campo da inovação tecnológica, as empresas inovam para evitar ameaças e riscos ligados á concorrência, ou para aproveitar oportunidades. No âmbito da inovação social, existe a necessidade de vencer adversidades e riscos. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 127) Crise do estado. Exclusão social potencial. Novas necessidades e problemas de natureza coletiva. Motivação de inovações sociais.
  • 7. Dimensões e espaços da Inovação Social – Como se produz a Inovação Social? Recursos:  Saberes, agentes qualificados, capital relacional. Dinâmicas associadas à consolidação e difusão da inovação:  Sustentabilidade, a inovação social raramente se auto-sustenta. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 128-129)
  • 8. Dimensões e espaços da Inovação Social – Quem produz a Inovação Social? A inovação social situa-se principalmente no âmbito do terceiro setor. Mas pode estar presente nas políticas públicas e entidades privadas. É produto da sociedade civil ou um resultado da pressão da sociedade civil. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 128-129)
  • 9. Dimensões e espaços da Inovação Social – Onde se produz a Inovação Social? • Articulam-se diferentes agentes com relações de poder e papéis distintos; • Incentivos e barreiras à inovação social.  Meios criativos: deverão ser flexíveis e organizados para que possam sofrer transformações sem perder a identidade.  Possuem 3 características principais: diversidade sociocultural, permitam correr riscos de inovar, participação ativa dos cidadãos. (ANDRE, ABREU, 2006, p. 132) Meio (lugar, espaço –rede constituídos por nós) A criação é uma condição necessária à inovação. Mas não é suficiente. Só é inovação se sua utilidade for socialmente reconhecida.
  • 10. O microcrédito em Portugal  Tipo específicos de serviços financeiro aos mais pobre e desprovidos da sociedade.  Grupos de pessoas que respondiam solidariamente pelos não pagantes. 1. Satisfação necessidades não satisfeitas pelo mercado: acesso ao crédito; 2. Promoção da inclusão social: créditos e empregos adicionais gerados; 3. Capacitação dos beneficiários: capacitação dos beneficiários, reforço da auto estima, melhoria do estatuto social.