SlideShare uma empresa Scribd logo
Biografia de Robert Koch
Cientista que se destacou no campo da Microbiologia e Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1905 "pelas suas investigações e descobertas em relação à tuberculose"
Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Dr. António Augusto Louro
Agrupamento de Escolas Dr. António Augusto Louro
Biografia de Robert Koch
Cientista que se destacou no campo da Microbiologia
In https://explorecuriocity.org/Explore/ArticleId/4339/robert-koch-pioneer-of-bacteriology-and-germ-theory.aspx
Nome: Heinrich Hermann Robert Koch
Nacionalidade: Alemã
Data e local de nascimento: 11 de dezembro de 1843
no Reino de Hanôver
Data e local da morte: 27 de maio de 1910
em Baden-Baden, no Império Alemão
ESTUDOS REALIZADOS:
 Em 1876 tentou compreender o papel dos micróbios no aparecimento
de determinadas doenças.
 Koch foi um dos precursores da moderna bacteriologia tendo-se
dedicado a pesquisas acerca das relações entre agentes bacterianos e
a transmissão de doenças, bem como ao estudo da higiene e de
epidemias.
 No Egito e na Índia, Koch pesquisou o causador do cólera; na antiga
Rodésia (hoje Zimbábue), dedicou-se ao estudo da peste bovina e da
febre aftosa; na Itália, no leste da África e na Indonésia, realizou
pesquisas sobre a malária.
 Robert Koch é reconhecido em todo o mundo como um dos pais da
moderna Medicina Tropical e da Microbiologia. Ele desenvolveu
métodos de cultivo de bactérias que ainda hoje são aplicados na
Microbiologia.
A SUA IMPORTÂNCIA PARA A HUMANIDADE:
 As suas principais contribuições para a ciência médica incluem a
descoberta e descrição do agente do carbúnculo e do seu ciclo, a etiologia
da infeção traumática, os métodos de fixação e coloração de bactérias
para estudo no microscópio com respetiva identificação e classificação, e
a descoberta, em 1882, do bacilo da tuberculose (o Bacilo de Koch) e a sua
responsabilização etiológica.
 Koch descobriu o agente bacteriano causador do carbúnculo e
descreveu, pela primeira vez, como a transmissão da doença se dá através
dos esporos – este foi seu primeiro grande trabalho científico, publicado
em 1876. Com a descoberta que fez sobre o carbúnculo, Koch foi o
primeiro a provar que um tipo específico de micróbio causa uma
determinada doença.
 Dois anos depois de sua chegada a Berlim, em que assumiu a direção
de um laboratório bacteriológico recém-criado, detetou o agente causador
da tuberculose. Com a Etiologia da Tuberculose, Koch conseguiu
identificar um micro-organismo patogénico.
CURIOSIDADES
Surpreendeu os seus pais quando, aos cinco anos de idade, lhes disse que, com auxílio dos jornais, aprendeu a ler sozinho. Este foi um pronúncio da sua inteligência e persistência
metódica, as quais passaram a ser características da sua personalidade.
Em 1862, aos 19 anos, foi para a Universidade de Göttingen para estudar medicina onde foi influenciado pela visão do seu professor de anatomia Jacob Henle, que publicou em
1840 que as doenças infecciosas eram causadas por organismos vivos, organismos parasitas.
Foi um médico, patologista e bacteriologista alemão.
Foi um dos fundadores da microbiologia e um dos principais responsáveis pela atual compreensão da epidemiologia das doenças transmissíveis.
Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina (1905).
Ganhou a ordem da Coroa Alemã, a Grande Cruz da Ordem Alemã da Águia Vermelha (a primeira vez que esta distinção foi dada a um médico), e ordens da Rússia e Turquia.
Fatigado pelo excesso de trabalho, faleceu em 27 de maio de 1910 vítima de um ataque cardíaco.
Koch ainda hoje é considerado o maior descobridor das pequenas bactérias.
As Nações Unidas declararam o 24 de março como o Dia Internacional da Tuberculose: neste dia, Robert Koch havia feito o seu discurso explicando as formas através das quais ele
conseguiu descobrir o agente causador da doença pulmonar.
Hoje, o então Instituto Real Prussiano de Doenças Infecciosas, criado para o pesquisador, tem o seu nome: Instituto Robert Koch, em Berlim.
BIBLIOGRAFIA e SITOGRAFIA
Ramos, Adriana. Lima, Vitor. (2016) CSI 6, P2. ISBN 978-989-647-766-0
https://pt.wikipedia.org/wiki/Robert_Koch
http://www.dw.com/pt-br/robert-koch-grande-descobridor-de-pequenas-bact%C3%A9rias/a-5606377
http://pt-br.aia1317.wikia.com/wiki/Momentos_hist%C3%B3ricos_na_microbiologia:_descobertas_e_impactos
http://www.ccms.saude.gov.br/revolta/personas/koch.html
http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/medicine/laureates/1905/
Clarisse Barreto, nº 6
Íris Bernardo, nº 12
6ºM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tuberculose revisão bibliográfica
Tuberculose revisão bibliográficaTuberculose revisão bibliográfica
Tuberculose revisão bibliográfica
TCC_FARMACIA_FEF
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Fabiano Da Ventura
 
Pasteur
PasteurPasteur
Escola estadual riachuelo
Escola estadual riachueloEscola estadual riachuelo
Escola estadual riachuelo
L4R1SS4
 
Tuberculose - 12ºano Biologia
Tuberculose - 12ºano BiologiaTuberculose - 12ºano Biologia
Tuberculose - 12ºano Biologia
Daniela Filipa Sousa
 
3 ano
3 ano3 ano
Aula tuberculose
Aula tuberculoseAula tuberculose
Aula tuberculose
Renato Tonay
 
Resumo tuberculose grupo 5
Resumo   tuberculose grupo 5Resumo   tuberculose grupo 5
Resumo tuberculose grupo 5
Inês Santos
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Mauricio de Nassau
 
Dia europeu do antibiotico
Dia europeu do antibioticoDia europeu do antibiotico
Dia europeu do antibiotico
Cristina Couto Varela
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Andrea Pires
 
Ficha de trabalho 2 2018-2019
Ficha de trabalho 2   2018-2019Ficha de trabalho 2   2018-2019
Ficha de trabalho 2 2018-2019
Cristina Couto Varela
 
3 tuberculose
3 tuberculose3 tuberculose
3 tuberculose
Nemésio Garcia
 
Tuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonarTuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonar
lukeni2015
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Marco Antonio
 
TUDO SOBRE O TETANO
TUDO SOBRE O TETANOTUDO SOBRE O TETANO
TUDO SOBRE O TETANO
Cristiane M. E. Praxedes
 
A trajetória da parasitologia
A trajetória da parasitologiaA trajetória da parasitologia
A trajetória da parasitologia
Lucas Almeida Sá
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Deo Almeida
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Gabriela Bruno
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Carlinha Markis
 

Mais procurados (20)

Tuberculose revisão bibliográfica
Tuberculose revisão bibliográficaTuberculose revisão bibliográfica
Tuberculose revisão bibliográfica
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Pasteur
PasteurPasteur
Pasteur
 
Escola estadual riachuelo
Escola estadual riachueloEscola estadual riachuelo
Escola estadual riachuelo
 
Tuberculose - 12ºano Biologia
Tuberculose - 12ºano BiologiaTuberculose - 12ºano Biologia
Tuberculose - 12ºano Biologia
 
3 ano
3 ano3 ano
3 ano
 
Aula tuberculose
Aula tuberculoseAula tuberculose
Aula tuberculose
 
Resumo tuberculose grupo 5
Resumo   tuberculose grupo 5Resumo   tuberculose grupo 5
Resumo tuberculose grupo 5
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Dia europeu do antibiotico
Dia europeu do antibioticoDia europeu do antibiotico
Dia europeu do antibiotico
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Ficha de trabalho 2 2018-2019
Ficha de trabalho 2   2018-2019Ficha de trabalho 2   2018-2019
Ficha de trabalho 2 2018-2019
 
3 tuberculose
3 tuberculose3 tuberculose
3 tuberculose
 
Tuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonarTuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonar
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
TUDO SOBRE O TETANO
TUDO SOBRE O TETANOTUDO SOBRE O TETANO
TUDO SOBRE O TETANO
 
A trajetória da parasitologia
A trajetória da parasitologiaA trajetória da parasitologia
A trajetória da parasitologia
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 

Semelhante a Ciências da Natureza - 6ºano - Biografia de Robert Kock

ENFERMAGEM - MÓDULO I - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptxENFERMAGEM - MÓDULO I -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptx
lucas106085
 
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na EnfermagemMICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
sidneyjmg
 
Aula 1 historia da epidemiologia
Aula 1   historia da epidemiologiaAula 1   historia da epidemiologia
Aula 1 historia da epidemiologia
Ricardo Alexandre
 
AULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptx
AULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptxAULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptx
AULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptx
KarineRibeiro57
 
Pioneiros(2)
 Pioneiros(2) Pioneiros(2)
Historia da Epidemiologia
Historia da EpidemiologiaHistoria da Epidemiologia
Historia da Epidemiologia
Ricardo Alexandre
 
A historia da biologia
A historia da biologiaA historia da biologia
A historia da biologia
Isabela Asher
 
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdfteixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
ssuser8658c3
 
História da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das DoençasHistória da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das Doenças
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
6256 introducao a microbiologia
6256 introducao a microbiologia6256 introducao a microbiologia
6256 introducao a microbiologia
Flávia Fernandes
 
Microbiologia
MicrobiologiaMicrobiologia
Microbiologia
Deise Martins
 
História da Microbiologia (resumo) aula de Microbiologia
História da Microbiologia (resumo) aula de MicrobiologiaHistória da Microbiologia (resumo) aula de Microbiologia
História da Microbiologia (resumo) aula de Microbiologia
bmgrama
 
Medresumos 2016 mad i
Medresumos 2016   mad iMedresumos 2016   mad i
Medresumos 2016 mad i
Jucie Vasconcelos
 
O triunfo do cientismo
O triunfo do cientismoO triunfo do cientismo
O triunfo do cientismo
maria40
 
Texto história epidemiologia
Texto história epidemiologiaTexto história epidemiologia
Texto história epidemiologia
HERALDICA CORRETORA E ADM DE SEGUROS
 
Microbiologia slide
Microbiologia slideMicrobiologia slide
Apostila Básica de Microbiologia
Apostila Básica de MicrobiologiaApostila Básica de Microbiologia
Apostila Básica de Microbiologia
Mariana Valentim
 
Novos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xixNovos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xix
maria40
 
O que é biologia?
O que é biologia?O que é biologia?
O que é biologia?
Wesley Germano Otávio
 
oquebiologia-160907132454 (1).pdf
oquebiologia-160907132454 (1).pdfoquebiologia-160907132454 (1).pdf
oquebiologia-160907132454 (1).pdf
CristianaLealSabel
 

Semelhante a Ciências da Natureza - 6ºano - Biografia de Robert Kock (20)

ENFERMAGEM - MÓDULO I - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptxENFERMAGEM - MÓDULO I -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pptx
 
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na EnfermagemMICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
 
Aula 1 historia da epidemiologia
Aula 1   historia da epidemiologiaAula 1   historia da epidemiologia
Aula 1 historia da epidemiologia
 
AULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptx
AULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptxAULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptx
AULA 01- HISTORIA E IMPORTANCIA DA MICROBIOLOGIA.pptx
 
Pioneiros(2)
 Pioneiros(2) Pioneiros(2)
Pioneiros(2)
 
Historia da Epidemiologia
Historia da EpidemiologiaHistoria da Epidemiologia
Historia da Epidemiologia
 
A historia da biologia
A historia da biologiaA historia da biologia
A historia da biologia
 
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdfteixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
 
História da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das DoençasHistória da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das Doenças
 
6256 introducao a microbiologia
6256 introducao a microbiologia6256 introducao a microbiologia
6256 introducao a microbiologia
 
Microbiologia
MicrobiologiaMicrobiologia
Microbiologia
 
História da Microbiologia (resumo) aula de Microbiologia
História da Microbiologia (resumo) aula de MicrobiologiaHistória da Microbiologia (resumo) aula de Microbiologia
História da Microbiologia (resumo) aula de Microbiologia
 
Medresumos 2016 mad i
Medresumos 2016   mad iMedresumos 2016   mad i
Medresumos 2016 mad i
 
O triunfo do cientismo
O triunfo do cientismoO triunfo do cientismo
O triunfo do cientismo
 
Texto história epidemiologia
Texto história epidemiologiaTexto história epidemiologia
Texto história epidemiologia
 
Microbiologia slide
Microbiologia slideMicrobiologia slide
Microbiologia slide
 
Apostila Básica de Microbiologia
Apostila Básica de MicrobiologiaApostila Básica de Microbiologia
Apostila Básica de Microbiologia
 
Novos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xixNovos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xix
 
O que é biologia?
O que é biologia?O que é biologia?
O que é biologia?
 
oquebiologia-160907132454 (1).pdf
oquebiologia-160907132454 (1).pdfoquebiologia-160907132454 (1).pdf
oquebiologia-160907132454 (1).pdf
 

Último

Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 

Último (20)

Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 

Ciências da Natureza - 6ºano - Biografia de Robert Kock

  • 1. Biografia de Robert Koch Cientista que se destacou no campo da Microbiologia e Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1905 "pelas suas investigações e descobertas em relação à tuberculose" Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Dr. António Augusto Louro Agrupamento de Escolas Dr. António Augusto Louro Biografia de Robert Koch Cientista que se destacou no campo da Microbiologia In https://explorecuriocity.org/Explore/ArticleId/4339/robert-koch-pioneer-of-bacteriology-and-germ-theory.aspx Nome: Heinrich Hermann Robert Koch Nacionalidade: Alemã Data e local de nascimento: 11 de dezembro de 1843 no Reino de Hanôver Data e local da morte: 27 de maio de 1910 em Baden-Baden, no Império Alemão
  • 2. ESTUDOS REALIZADOS:  Em 1876 tentou compreender o papel dos micróbios no aparecimento de determinadas doenças.  Koch foi um dos precursores da moderna bacteriologia tendo-se dedicado a pesquisas acerca das relações entre agentes bacterianos e a transmissão de doenças, bem como ao estudo da higiene e de epidemias.  No Egito e na Índia, Koch pesquisou o causador do cólera; na antiga Rodésia (hoje Zimbábue), dedicou-se ao estudo da peste bovina e da febre aftosa; na Itália, no leste da África e na Indonésia, realizou pesquisas sobre a malária.  Robert Koch é reconhecido em todo o mundo como um dos pais da moderna Medicina Tropical e da Microbiologia. Ele desenvolveu métodos de cultivo de bactérias que ainda hoje são aplicados na Microbiologia. A SUA IMPORTÂNCIA PARA A HUMANIDADE:  As suas principais contribuições para a ciência médica incluem a descoberta e descrição do agente do carbúnculo e do seu ciclo, a etiologia da infeção traumática, os métodos de fixação e coloração de bactérias para estudo no microscópio com respetiva identificação e classificação, e a descoberta, em 1882, do bacilo da tuberculose (o Bacilo de Koch) e a sua responsabilização etiológica.  Koch descobriu o agente bacteriano causador do carbúnculo e descreveu, pela primeira vez, como a transmissão da doença se dá através dos esporos – este foi seu primeiro grande trabalho científico, publicado em 1876. Com a descoberta que fez sobre o carbúnculo, Koch foi o primeiro a provar que um tipo específico de micróbio causa uma determinada doença.  Dois anos depois de sua chegada a Berlim, em que assumiu a direção de um laboratório bacteriológico recém-criado, detetou o agente causador da tuberculose. Com a Etiologia da Tuberculose, Koch conseguiu identificar um micro-organismo patogénico. CURIOSIDADES Surpreendeu os seus pais quando, aos cinco anos de idade, lhes disse que, com auxílio dos jornais, aprendeu a ler sozinho. Este foi um pronúncio da sua inteligência e persistência metódica, as quais passaram a ser características da sua personalidade. Em 1862, aos 19 anos, foi para a Universidade de Göttingen para estudar medicina onde foi influenciado pela visão do seu professor de anatomia Jacob Henle, que publicou em 1840 que as doenças infecciosas eram causadas por organismos vivos, organismos parasitas. Foi um médico, patologista e bacteriologista alemão. Foi um dos fundadores da microbiologia e um dos principais responsáveis pela atual compreensão da epidemiologia das doenças transmissíveis. Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina (1905). Ganhou a ordem da Coroa Alemã, a Grande Cruz da Ordem Alemã da Águia Vermelha (a primeira vez que esta distinção foi dada a um médico), e ordens da Rússia e Turquia. Fatigado pelo excesso de trabalho, faleceu em 27 de maio de 1910 vítima de um ataque cardíaco. Koch ainda hoje é considerado o maior descobridor das pequenas bactérias. As Nações Unidas declararam o 24 de março como o Dia Internacional da Tuberculose: neste dia, Robert Koch havia feito o seu discurso explicando as formas através das quais ele conseguiu descobrir o agente causador da doença pulmonar. Hoje, o então Instituto Real Prussiano de Doenças Infecciosas, criado para o pesquisador, tem o seu nome: Instituto Robert Koch, em Berlim. BIBLIOGRAFIA e SITOGRAFIA Ramos, Adriana. Lima, Vitor. (2016) CSI 6, P2. ISBN 978-989-647-766-0 https://pt.wikipedia.org/wiki/Robert_Koch http://www.dw.com/pt-br/robert-koch-grande-descobridor-de-pequenas-bact%C3%A9rias/a-5606377 http://pt-br.aia1317.wikia.com/wiki/Momentos_hist%C3%B3ricos_na_microbiologia:_descobertas_e_impactos http://www.ccms.saude.gov.br/revolta/personas/koch.html http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/medicine/laureates/1905/ Clarisse Barreto, nº 6 Íris Bernardo, nº 12 6ºM