SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
CARTILHA -
RESÍDUOS SÓLIDOS
DOURADOS - MS
2
A questão do lixo é de suma importância para todos, para a preservação do
planeta e uma melhor qualidade de vida. As pessoas estão consumindo infinitos
produtos que demoram anos e anos para serem degradados, com isso a produção do lixo
aumenta, causando diversos prejuízos ao meio ambiente e a saúde se não for
tratados/destinados adequadamente.
A empresa FINANCIAL CONSTRUTORA INDUSTRIAL traz essa cartilha
com o objetivo de informar à todos a importância do lixo, e também da sua reciclagem e
destinação correta.
Um dos grandes problemas ambientais que existem atualmente é o lixo, ou
melhor chamado de resíduo sólido. Talvez você nunca tenha parado para pensar pra
onde vai o lixo depois que você deixa em frente de casa.
O problema não acaba ai, por isso devemos dar mais atenção e tomar os devidos
cuidados na hora de seu descarte e reduzir o nosso consumo!
O QUE É LIXO?
ORIGEM
APRESENTAÇÃO
3
 Poluição do ar: emissão de gases, fumaças, queimadas;
 Poluição das águas (rios, mares, oceanos, lençóis subterrâneos);
 Poluição visual;
 Mau cheiro;
 Deslizamento de terra (acumulada em topo de morros);
 Inundações em cidades, entupimento de bueiros/bocas de lobo;
 Doenças através dos seus vetores (ratos, moscas, mosquitos, etc).
Por esses e mais vários outros problemas é que devemos aplicar os 4 R's.
PREJUÍZOS CAUSADOS PELO LIXO
4
Uma das principais preocupações dos centros urbanos é a quantidade do lixo
produzido pela população. Esta questão representa um dos maiores desafios a ser
enfrentado pelas administrações públicas, pois além dos problemas relacionados aos
catadores dos lixões, à falta de espaço para disposição dos resíduos, deve também ser
levada em conta a preservação do meio ambiente.
A atitude de reciclar, além de diminuir a quantidade de lixo a ser tratada e
eliminada, contribui de forma significa para a redução da extração de matérias-primas
necessárias à produção de novos produtos e bens de consumo. Afinal, adotar a educação
ambiental, colocando os resíduos recicláveis nos locais devidos, não nos custa nada e
ainda promove uma melhor qualidade de vida para todos.
Mas afinal, o que pode ser reciclado e o que não pode?!
RECICLAR - PORQUÊ E COMO FAZER
5
 1º passo: Devemos separar todo o material que pode ser reciclado
daquele que não pode; devem ser colocados em um saco ou container de lixo. É
importante lembrar que o lixo orgânico (restos de alimentos, frutas, folhas, etc.) não
deve ser colocado junto;
 2º passo: Todo material reciclável, anteriormente separado, deve ser
lavado e estar seco para que possa ser reciclado;
 3º passo: Com o material limpo e separado, basta depositá-lo em um
local diferente do local onde se deposita o lixo comum, para que seja fácil recolher.
Uma dica: fica muito mais prático colocar o lixo reciclável em um saco plástico
transparente, tanto para quem recolhe quanto para quem separa.
Antes de colocar o lixo na calçada deve-se verificar o dia exato em que a coleta
seletiva de lixo faz o recolhimento em seu bairro.
 Onde armazenar o lixo até a coleta?
R: Para que não ocupe muito espaço, o lixo deve ser compactado, ou seja, os
papéis devem ser colocados em pilhas, as latinhas amassadas, as garrafas pet (plásticos),
por exemplo, colocadas separadas, assim como os vidros.
 Quem recolherá este lixo?!
R: A própria FINANCIAL fará o recolhimento, que será realizado em um dia
diferente do recolhimento do lixo comum. O caminhão da coleta seletiva realizará a
coleta (uma vez ou duas vezes por semana, dependendo da área) e levará o material
reciclável para a AGECOLD (Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados).
 Não há coleta seletiva no meu bairro, o que fazer?!
R: Nas áreas onde a coleta seletiva ainda não está sendo realizada, os moradores
podem encaminhas o lixo reciclável para a AGECOLD (Associação dos Agentes
Ecológicos de Dourados), ou para o Ecoponto mais próximo da sua residência.
SEPARAÇÃO - PASSO A PASSO
Ecoponto: são locais para
recebimento gratuito de entulho
de obras, galhadas, materiais
recicláveis e inservíveis,
transportados por catadores,
carroceiros e pela população.
6
 LIXÕES:
O destino final mais comum dos resíduos
sólidos são os chamados "lixões". Que são espaços
abertos onde o lixo é simplesmente descarregado no
solo sem medidas de proteção ao meio ambiente. Os
lixões causam contaminação do solo e das águas
subterrâneas, com o chorume que é produzido pela
decomposição do lixo. Além da proliferação de ratos,
baratas, e outros transmissores de doenças.
 ATERRO CONTROLADO:
O aterro controlado é um misto entre o lixão e
o aterro sanitário. No aterro controlado, apesar dos
resíduos serem compactados e cobertos com terra,
geralmente não há impermeabilização da base, nem
sistema de tratamento para o chorume ou gases que
são gerados. Por isso, também pode causar problemas
ambientais e não é um destino final recomendável.
 ATERRO SANITÁRIO:
O destino correto dos resíduos que não puderam ser reutilizados ou
encaminhados para a reciclagem é o aterro sanitário.O aterro é um método ordenado de
disposição de resíduos em terreno preparado para a colocação do lixo, utilizando
técnicas de engenharia para causar o menor impacto possível ao meio ambiente.
DESTINO DO LIXO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagemExercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagem
Roberto Sena
 
Educação: Conscientização da coleta seletiva.
Educação: Conscientização da coleta seletiva.Educação: Conscientização da coleta seletiva.
Educação: Conscientização da coleta seletiva.
ayanne9945
 
Lista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagemLista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagem
Priscila Lourenço
 
Reduzir Reutilizar Reciclar
Reduzir Reutilizar ReciclarReduzir Reutilizar Reciclar
Reduzir Reutilizar Reciclar
lidia76
 
Atividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização Social
Atividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização SocialAtividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização Social
Atividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização Social
Professor Belinaso
 
Exercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com GabaritoExercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com Gabarito
guesta4929b
 

Mais procurados (20)

Lixo
LixoLixo
Lixo
 
Projeto o lixo e a reciclagem
Projeto o lixo e a reciclagemProjeto o lixo e a reciclagem
Projeto o lixo e a reciclagem
 
Exercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagemExercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagem
 
Amarelinha matemática
Amarelinha matemáticaAmarelinha matemática
Amarelinha matemática
 
Slide coleta seletiva
Slide coleta seletivaSlide coleta seletiva
Slide coleta seletiva
 
Educação: Conscientização da coleta seletiva.
Educação: Conscientização da coleta seletiva.Educação: Conscientização da coleta seletiva.
Educação: Conscientização da coleta seletiva.
 
Buriti port 5 ano
Buriti port 5 anoBuriti port 5 ano
Buriti port 5 ano
 
Projeto gincana cultural interdisciplinar
Projeto gincana cultural interdisciplinarProjeto gincana cultural interdisciplinar
Projeto gincana cultural interdisciplinar
 
Exercício de plano cartesiano 9º ano
Exercício de plano cartesiano   9º anoExercício de plano cartesiano   9º ano
Exercício de plano cartesiano 9º ano
 
Numeros decimais
Numeros decimaisNumeros decimais
Numeros decimais
 
Slides compostagem
Slides compostagemSlides compostagem
Slides compostagem
 
Descarte do lixo
Descarte do lixoDescarte do lixo
Descarte do lixo
 
Lista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagemLista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagem
 
Reduzir Reutilizar Reciclar
Reduzir Reutilizar ReciclarReduzir Reutilizar Reciclar
Reduzir Reutilizar Reciclar
 
Gerenciamento de Resíduos Sólidos
 Gerenciamento de Resíduos Sólidos Gerenciamento de Resíduos Sólidos
Gerenciamento de Resíduos Sólidos
 
Atividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização Social
Atividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização SocialAtividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização Social
Atividade de Sociologia - Elementos Fundamentais da Organização Social
 
Exercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com GabaritoExercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com Gabarito
 
Slides - Reciclagem
Slides - ReciclagemSlides - Reciclagem
Slides - Reciclagem
 
Conscientização ambiental
Conscientização ambientalConscientização ambiental
Conscientização ambiental
 
matematica exercicios 7 ano
matematica exercicios 7 anomatematica exercicios 7 ano
matematica exercicios 7 ano
 

Semelhante a Cartilha Resíduos Sólidos - Financial

Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Helena Marques
 
Cartilha Ambiental
Cartilha AmbientalCartilha Ambiental
Cartilha Ambiental
PADOSA
 
Promocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de VidaPromocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de Vida
CarmenElica
 
Reciclagem5
Reciclagem5Reciclagem5
Reciclagem5
aveca
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Kelvin Oliveira
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
GAVOLUNTARIA
 

Semelhante a Cartilha Resíduos Sólidos - Financial (20)

Projeto reciclar
Projeto reciclarProjeto reciclar
Projeto reciclar
 
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
 
Residuos8ano
Residuos8anoResiduos8ano
Residuos8ano
 
Cartilha Ambiental
Cartilha AmbientalCartilha Ambiental
Cartilha Ambiental
 
Stc7
Stc7Stc7
Stc7
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
 
Coletaseletiva
ColetaseletivaColetaseletiva
Coletaseletiva
 
Promocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de VidaPromocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de Vida
 
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e CondomínioCartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
 
Reciclagem5
Reciclagem5Reciclagem5
Reciclagem5
 
Autor
AutorAutor
Autor
 
Ambiente
AmbienteAmbiente
Ambiente
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Coleta seletiva
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Coleta seletiva
 
GEOGRAFIA URBANA
GEOGRAFIA URBANAGEOGRAFIA URBANA
GEOGRAFIA URBANA
 
Resíduos sólidos indústriais Fastweld
Resíduos sólidos indústriais FastweldResíduos sólidos indústriais Fastweld
Resíduos sólidos indústriais Fastweld
 
Residuos e Compostagem
Residuos e Compostagem Residuos e Compostagem
Residuos e Compostagem
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01
 
Projeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeProjeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidade
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
 

Último

PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
HELLEN CRISTINA
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
HELLEN CRISTINA
 

Último (13)

ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
 
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMPSEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
SEDE DO PARQUE ESTADUAL MATA DA PIPA - PEMP
 
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptxCEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
CEARÁ MAIS VERDE Fernando Bezerra .pptx
 
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptxapresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
apresentação Cajueiro_32º Encontro Nacional da RBMA.pptx
 
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdfApresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
Apresentação Tekoa Yvy Porã 32 CN - Natal 2023.pdf
 
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
A maravilhosa fauna registrada nos empreendimentos da Enel Green Power no Bra...
 
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMAÁrea de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
Área de Proteção Ambiental Jenipabu 32º Encontro Nacional da RBMA
 
avaliação pratica .pdf
avaliação pratica                      .pdfavaliação pratica                      .pdf
avaliação pratica .pdf
 
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdfFazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
Fazenda Bicho Preguiça - BA proposta posto avançado .pdf
 
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina- Projeto Integrado I – GESTÃO.pdf
 
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
32ª_Reunião Ordinária_Conselho Nacional_2023.pptx
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta RBMA.pdf
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta  RBMA.pdfAruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta  RBMA.pdf
Aruá final RBMA Conectando Pessoas e Floresta RBMA.pdf
 

Cartilha Resíduos Sólidos - Financial

  • 2. 2 A questão do lixo é de suma importância para todos, para a preservação do planeta e uma melhor qualidade de vida. As pessoas estão consumindo infinitos produtos que demoram anos e anos para serem degradados, com isso a produção do lixo aumenta, causando diversos prejuízos ao meio ambiente e a saúde se não for tratados/destinados adequadamente. A empresa FINANCIAL CONSTRUTORA INDUSTRIAL traz essa cartilha com o objetivo de informar à todos a importância do lixo, e também da sua reciclagem e destinação correta. Um dos grandes problemas ambientais que existem atualmente é o lixo, ou melhor chamado de resíduo sólido. Talvez você nunca tenha parado para pensar pra onde vai o lixo depois que você deixa em frente de casa. O problema não acaba ai, por isso devemos dar mais atenção e tomar os devidos cuidados na hora de seu descarte e reduzir o nosso consumo! O QUE É LIXO? ORIGEM APRESENTAÇÃO
  • 3. 3  Poluição do ar: emissão de gases, fumaças, queimadas;  Poluição das águas (rios, mares, oceanos, lençóis subterrâneos);  Poluição visual;  Mau cheiro;  Deslizamento de terra (acumulada em topo de morros);  Inundações em cidades, entupimento de bueiros/bocas de lobo;  Doenças através dos seus vetores (ratos, moscas, mosquitos, etc). Por esses e mais vários outros problemas é que devemos aplicar os 4 R's. PREJUÍZOS CAUSADOS PELO LIXO
  • 4. 4 Uma das principais preocupações dos centros urbanos é a quantidade do lixo produzido pela população. Esta questão representa um dos maiores desafios a ser enfrentado pelas administrações públicas, pois além dos problemas relacionados aos catadores dos lixões, à falta de espaço para disposição dos resíduos, deve também ser levada em conta a preservação do meio ambiente. A atitude de reciclar, além de diminuir a quantidade de lixo a ser tratada e eliminada, contribui de forma significa para a redução da extração de matérias-primas necessárias à produção de novos produtos e bens de consumo. Afinal, adotar a educação ambiental, colocando os resíduos recicláveis nos locais devidos, não nos custa nada e ainda promove uma melhor qualidade de vida para todos. Mas afinal, o que pode ser reciclado e o que não pode?! RECICLAR - PORQUÊ E COMO FAZER
  • 5. 5  1º passo: Devemos separar todo o material que pode ser reciclado daquele que não pode; devem ser colocados em um saco ou container de lixo. É importante lembrar que o lixo orgânico (restos de alimentos, frutas, folhas, etc.) não deve ser colocado junto;  2º passo: Todo material reciclável, anteriormente separado, deve ser lavado e estar seco para que possa ser reciclado;  3º passo: Com o material limpo e separado, basta depositá-lo em um local diferente do local onde se deposita o lixo comum, para que seja fácil recolher. Uma dica: fica muito mais prático colocar o lixo reciclável em um saco plástico transparente, tanto para quem recolhe quanto para quem separa. Antes de colocar o lixo na calçada deve-se verificar o dia exato em que a coleta seletiva de lixo faz o recolhimento em seu bairro.  Onde armazenar o lixo até a coleta? R: Para que não ocupe muito espaço, o lixo deve ser compactado, ou seja, os papéis devem ser colocados em pilhas, as latinhas amassadas, as garrafas pet (plásticos), por exemplo, colocadas separadas, assim como os vidros.  Quem recolherá este lixo?! R: A própria FINANCIAL fará o recolhimento, que será realizado em um dia diferente do recolhimento do lixo comum. O caminhão da coleta seletiva realizará a coleta (uma vez ou duas vezes por semana, dependendo da área) e levará o material reciclável para a AGECOLD (Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados).  Não há coleta seletiva no meu bairro, o que fazer?! R: Nas áreas onde a coleta seletiva ainda não está sendo realizada, os moradores podem encaminhas o lixo reciclável para a AGECOLD (Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados), ou para o Ecoponto mais próximo da sua residência. SEPARAÇÃO - PASSO A PASSO Ecoponto: são locais para recebimento gratuito de entulho de obras, galhadas, materiais recicláveis e inservíveis, transportados por catadores, carroceiros e pela população.
  • 6. 6  LIXÕES: O destino final mais comum dos resíduos sólidos são os chamados "lixões". Que são espaços abertos onde o lixo é simplesmente descarregado no solo sem medidas de proteção ao meio ambiente. Os lixões causam contaminação do solo e das águas subterrâneas, com o chorume que é produzido pela decomposição do lixo. Além da proliferação de ratos, baratas, e outros transmissores de doenças.  ATERRO CONTROLADO: O aterro controlado é um misto entre o lixão e o aterro sanitário. No aterro controlado, apesar dos resíduos serem compactados e cobertos com terra, geralmente não há impermeabilização da base, nem sistema de tratamento para o chorume ou gases que são gerados. Por isso, também pode causar problemas ambientais e não é um destino final recomendável.  ATERRO SANITÁRIO: O destino correto dos resíduos que não puderam ser reutilizados ou encaminhados para a reciclagem é o aterro sanitário.O aterro é um método ordenado de disposição de resíduos em terreno preparado para a colocação do lixo, utilizando técnicas de engenharia para causar o menor impacto possível ao meio ambiente. DESTINO DO LIXO