SlideShare uma empresa Scribd logo

GEOGRAFIA URBANA

Os resíduos sólidos domésticos Gerenciamento dos Resíduos Sólidos Aspectos dos resíduos de acordo com a origem Lixo como Mercadoria- Preços por toneladas Processamento dos resíduos sólidos Programas de Coletas Seletiva da Prefeitura Municipal de São Paulo Características da composição total do lixo A coleta seletiva de lixo e o ideário no cotidiano sobre a problemática ambiental

1 de 37
Baixar para ler offline
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUI- UESPI
CAMPUS: DOUTORA JOSEFINA DEMES
CURSO:LICENCIATURA PLENA EM GEOGRAFIA
PROFESSORA: FABIANA PESSOA
Acadêmicos
Antônio José
Flavinéia Siqueira
Rosana Rezende
Robson Alves
Taynara Mendes
Wanderson Benigno
A questão ambiental
altera na cotidianidade
a relação da sociedade
com a natureza?
Introdução
 Analisar a problemática ambiental;
 Analisar os projetos de Lei apresentadas na
Câmara Municipal e Assembleia Legislativa de
São Paulo, em relação a esta problemática;
 O “lixo” foi considerado elemento fundamental
da ordem próxima, do concreto vivido, pois na
vida cotidiana todos os cidadãos, de todas as
classes sociais, convive, com o “lixo”.
Considerações sobre os
resíduos
 O lixo tornou-se mercadoria.
 Circuito dos restos de consumo.
 O lixo tem sido utilizado como slogan para a
chamada educação ambiental.
 A produção de resíduos é tão antiga quanto o
processo de ocupação da terra pelo homem.
PRODUÇÃO
CONSUMO
GERAÇÃO DE LIXO
o Os residuos sólidos podem ser classificados
de acordo com sua composição química em:
Orgânicos e Inorgânicos, com relação aos
riscos potenciais ao meio ambiente, em
perigosos e não perigosos.
o Os residuos apresentam-se em estado
sólido, semi-sólido , liquido e gasoso e são
resultantes de atividades da comunidade,
são de Origem: industrial, doméstica,
hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e
varrição.

Recomendados

Reciclagem e Desenvolvimento Sustentável - A importância da discussão de um n...
Reciclagem e Desenvolvimento Sustentável - A importância da discussão de um n...Reciclagem e Desenvolvimento Sustentável - A importância da discussão de um n...
Reciclagem e Desenvolvimento Sustentável - A importância da discussão de um n...REDERESÍDUO
 
Resíduos sólidos e seus impactos no meio ambiente/Manaus
 Resíduos sólidos e seus impactos no meio ambiente/Manaus Resíduos sólidos e seus impactos no meio ambiente/Manaus
Resíduos sólidos e seus impactos no meio ambiente/ManausJoyce Nascimento
 
Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos
Coleta Seletiva de Resíduos SólidosColeta Seletiva de Resíduos Sólidos
Coleta Seletiva de Resíduos SólidosMaster Ambiental
 
O lixo reciclável e a coleta seletiva
O lixo reciclável e a coleta seletivaO lixo reciclável e a coleta seletiva
O lixo reciclável e a coleta seletivamacrina121
 
coleta seletiva e reciclagem
coleta seletiva e reciclagemcoleta seletiva e reciclagem
coleta seletiva e reciclagemTÂnio Alencar
 
Educação: Conscientização da coleta seletiva.
Educação: Conscientização da coleta seletiva.Educação: Conscientização da coleta seletiva.
Educação: Conscientização da coleta seletiva.ayanne9945
 
PLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMB
PLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMBPLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMB
PLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMBDeisi Motter
 
Cartilha Lixo, quem se lixa? : o bê-á-bá da Política Nacional de Resíduos Sól...
Cartilha Lixo, quem se lixa? : o bê-á-bá da Política Nacional de Resíduos Sól...Cartilha Lixo, quem se lixa? : o bê-á-bá da Política Nacional de Resíduos Sól...
Cartilha Lixo, quem se lixa? : o bê-á-bá da Política Nacional de Resíduos Sól...Prefeitura de Olinda
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Destinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosDestinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosMatheus Pereira
 
Projeto coleta seletiva
Projeto coleta seletivaProjeto coleta seletiva
Projeto coleta seletivabrainsis
 
Resíduos sólidos urbanos
Resíduos sólidos urbanosResíduos sólidos urbanos
Resíduos sólidos urbanosInês Simão
 
Coleta seletiva no brasil
Coleta seletiva no brasilColeta seletiva no brasil
Coleta seletiva no brasilBrunomelgaco
 
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...Ana Genesy
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Coleta seletivagirigau
 
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.Juliana Boaventura
 
Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci henrique - mayara - melissa e v...
Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci   henrique - mayara - melissa e v...Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci   henrique - mayara - melissa e v...
Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci henrique - mayara - melissa e v...norivalfp
 
Armazenamento e tratamento de residuos sólidos parte1
Armazenamento e tratamento de residuos sólidos   parte1Armazenamento e tratamento de residuos sólidos   parte1
Armazenamento e tratamento de residuos sólidos parte1Gilson Adao
 
Reduzir, Reutilizar, Reciclar
Reduzir, Reutilizar, ReciclarReduzir, Reutilizar, Reciclar
Reduzir, Reutilizar, ReciclarAguasGuariroba
 
Projeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeProjeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeDelziene Jesus
 
Agenda Ambiental Resíduos Sólidos
Agenda Ambiental Resíduos SólidosAgenda Ambiental Resíduos Sólidos
Agenda Ambiental Resíduos Sólidosgrupo1unb
 

Mais procurados (20)

Destinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosDestinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos Solidos
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Coleta seletiva
 
Projeto coleta seletiva
Projeto coleta seletivaProjeto coleta seletiva
Projeto coleta seletiva
 
Resíduos sólidos urbanos
Resíduos sólidos urbanosResíduos sólidos urbanos
Resíduos sólidos urbanos
 
Coleta seletiva no brasil
Coleta seletiva no brasilColeta seletiva no brasil
Coleta seletiva no brasil
 
Lixo
LixoLixo
Lixo
 
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N2 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N2 2011Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N2 2011
Ciência Equatorial - ISSN 2179-9563 - V1N2 2011
 
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Coleta seletiva
 
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
 
Desafio profissional
Desafio profissionalDesafio profissional
Desafio profissional
 
Slide coleta seletiva
Slide coleta seletivaSlide coleta seletiva
Slide coleta seletiva
 
Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci henrique - mayara - melissa e v...
Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci   henrique - mayara - melissa e v...Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci   henrique - mayara - melissa e v...
Trabalho de geografia....pptx gabriel nasci henrique - mayara - melissa e v...
 
Armazenamento e tratamento de residuos sólidos parte1
Armazenamento e tratamento de residuos sólidos   parte1Armazenamento e tratamento de residuos sólidos   parte1
Armazenamento e tratamento de residuos sólidos parte1
 
Aula 5 res solidos
Aula 5 res solidosAula 5 res solidos
Aula 5 res solidos
 
Cartilha residuos solidos_furb[1]
Cartilha residuos solidos_furb[1]Cartilha residuos solidos_furb[1]
Cartilha residuos solidos_furb[1]
 
Reduzir, Reutilizar, Reciclar
Reduzir, Reutilizar, ReciclarReduzir, Reutilizar, Reciclar
Reduzir, Reutilizar, Reciclar
 
O que é lixão ?
O que é lixão ? O que é lixão ?
O que é lixão ?
 
Projeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeProjeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidade
 
Agenda Ambiental Resíduos Sólidos
Agenda Ambiental Resíduos SólidosAgenda Ambiental Resíduos Sólidos
Agenda Ambiental Resíduos Sólidos
 

Semelhante a GEOGRAFIA URBANA

ARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXO
ARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXOARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXO
ARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXOaldrichgodeiro
 
Promocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de VidaPromocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de VidaCarmenElica
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Kelvin Oliveira
 
ARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdf
ARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdfARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdf
ARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdfSimoneHelenDrumond
 
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e CondomínioCartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e CondomínioHawston Pedrosa
 
Dimensionamento de aterros sanitários
Dimensionamento de aterros sanitáriosDimensionamento de aterros sanitários
Dimensionamento de aterros sanitáriosCarlos Elson Cunha
 
Manual de educação ambiental vol 4
Manual de educação ambiental vol 4Manual de educação ambiental vol 4
Manual de educação ambiental vol 4Ananda Helena
 
Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2dacnorte1
 
Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4escola
 
Projeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeProjeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeDelziene Jesus
 
Projeto reciclar
Projeto reciclarProjeto reciclar
Projeto reciclarxellli
 
coleta-seletiva-para-cipa.pptx
coleta-seletiva-para-cipa.pptxcoleta-seletiva-para-cipa.pptx
coleta-seletiva-para-cipa.pptxSueliPereira47
 

Semelhante a GEOGRAFIA URBANA (20)

ARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXO
ARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXOARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXO
ARTIGO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DO LIXO
 
Promocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de VidaPromocao Saúde e Qualidade de Vida
Promocao Saúde e Qualidade de Vida
 
Resíduos sólidos indústriais Fastweld
Resíduos sólidos indústriais FastweldResíduos sólidos indústriais Fastweld
Resíduos sólidos indústriais Fastweld
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01
 
ARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdf
ARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdfARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdf
ARTIGO SILVIA COLETA SELETIVA E RESÍDUOS.pdf
 
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e CondomínioCartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
Cartilha Coleta Seletiva em Comunidade Empresas, Escola e Condomínio
 
Dimensionamento de aterros sanitários
Dimensionamento de aterros sanitáriosDimensionamento de aterros sanitários
Dimensionamento de aterros sanitários
 
O lixo urbano
O lixo urbanoO lixo urbano
O lixo urbano
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
A coleta seletiva
A coleta seletivaA coleta seletiva
A coleta seletiva
 
Manual de educação ambiental vol 4
Manual de educação ambiental vol 4Manual de educação ambiental vol 4
Manual de educação ambiental vol 4
 
Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2
 
Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4
 
Projeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidadeProjeto valores sustentabilidade
Projeto valores sustentabilidade
 
Coletaseletiva
ColetaseletivaColetaseletiva
Coletaseletiva
 
O Habito faz o Lixo - Saiba o que são Resíduos Sólidos Urbanos ou RSU
O Habito faz o Lixo -  Saiba o que são Resíduos Sólidos Urbanos ou RSUO Habito faz o Lixo -  Saiba o que são Resíduos Sólidos Urbanos ou RSU
O Habito faz o Lixo - Saiba o que são Resíduos Sólidos Urbanos ou RSU
 
Coleta seletiva 1
Coleta seletiva 1Coleta seletiva 1
Coleta seletiva 1
 
Cartilha PNRS
Cartilha PNRSCartilha PNRS
Cartilha PNRS
 
Projeto reciclar
Projeto reciclarProjeto reciclar
Projeto reciclar
 
coleta-seletiva-para-cipa.pptx
coleta-seletiva-para-cipa.pptxcoleta-seletiva-para-cipa.pptx
coleta-seletiva-para-cipa.pptx
 

Último

3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 

GEOGRAFIA URBANA

  • 1. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUI- UESPI CAMPUS: DOUTORA JOSEFINA DEMES CURSO:LICENCIATURA PLENA EM GEOGRAFIA PROFESSORA: FABIANA PESSOA Acadêmicos Antônio José Flavinéia Siqueira Rosana Rezende Robson Alves Taynara Mendes Wanderson Benigno
  • 2. A questão ambiental altera na cotidianidade a relação da sociedade com a natureza?
  • 3. Introdução  Analisar a problemática ambiental;  Analisar os projetos de Lei apresentadas na Câmara Municipal e Assembleia Legislativa de São Paulo, em relação a esta problemática;  O “lixo” foi considerado elemento fundamental da ordem próxima, do concreto vivido, pois na vida cotidiana todos os cidadãos, de todas as classes sociais, convive, com o “lixo”.
  • 4. Considerações sobre os resíduos  O lixo tornou-se mercadoria.  Circuito dos restos de consumo.  O lixo tem sido utilizado como slogan para a chamada educação ambiental.  A produção de resíduos é tão antiga quanto o processo de ocupação da terra pelo homem.
  • 6. o Os residuos sólidos podem ser classificados de acordo com sua composição química em: Orgânicos e Inorgânicos, com relação aos riscos potenciais ao meio ambiente, em perigosos e não perigosos. o Os residuos apresentam-se em estado sólido, semi-sólido , liquido e gasoso e são resultantes de atividades da comunidade, são de Origem: industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e varrição.
  • 7. vejamos alguns aspectos dos resíduos de acordo com a origem  O lixo domiciliar: Restos de comida, papelões, papel higiênico, entre outros.  O lixo comercial: Papel, plásticos, e embalagens em Geral.  O lixo Público: Varrição de Ruas, podas de arvores e etc.
  • 8.  O lixo originado de serviços de saúde e hospitalares: Resíduos sépticos ( Agulhas, seringas, gases, bandagens, luvas descartáveis, órgãos e tecidos removidos etc.  O lixo Industrial: Cinzas, lodos, Óleos, borracha, metal ,escórias, vidro e cerâmica.  O lixo Agrícola: Correspondem aos restos de colheita, que pode ser utilizado como compostagem, pode ser fonte de geração de adubos e também como mercadoria que será comprada no mercado.
  • 9.  O lixo Orgânico: Restos de comidas, cascas de frutas e legumes, folhas de arvore e etc.  Os entulhos: Correspondem aos resíduos da construção civil. Constituem-se em um conjunto de fragmentos ou restos de tijolos, concreto, argamassa, aço, madeira, etc.
  • 11. Gerenciamento dos Resíduos Sólidos  Refere-se aos aspectos tecnológicos e operacionais da questão, envolvendo fatores administrativos, gerenciais,econômicos,ambientais, de desempenho: produtividade e qualidade.  Relaciona se à prevenção, reutilização, acondicionamento, coleta, transporte, tratamento, recuperação e destinação final dos resíduos sólidos.
  • 12. Os resíduos sólidos domésticos  A separação do lixo para a reciclagem;  Procedimentos e motivos para realizar a coleta seletiva de lixo;  Divulgação de informações;  Educação ambiental;  O treinamento ambiental.
  • 13. Lixo como Mercadoria- Preços por toneladas Papel prensado- R$20,00; Plástico duro- R$75,00; Plástico filme- R$55,00; Latas- R$22,00; Alumínio- R$390,00; Vidro- R$20,00.
  • 14. Processamento dos resíduos sólidos Lixões; Aterros controlados; Aterros sanitários; Aterros de resíduos inertes; Compostagem; Incineração; Reciclagem industrial.
  • 18. lixos Recicláveis  GARRAFAS EM GERAL  LATAS EM GERAL  LIVROS  VIDROS  RESTOS DE ALIMENTO  CAIXAS  SACOS PLÁSTICOS  COPOS DESCARTÁVES  FERRO EM GERAL Não- Recicláveis  PAPEL HIGIÊNICO  LIXO HOSPITALAR  FOTOGRAFIAS  ESPONJAS DE AÇO  LÂMPADA  FITA CREPE  PAPEL CARBONO  GUARDANAPOS  EMBALAGEM DE BISCOITO
  • 19. Economia ao se reciclar Papel: A reciclagem de papel propicia uma grande economia de recursos naturais e de energia. A produção de cada tonelada de papel consome 100 mil litros de água enquanto que a reutilização gasta somente 2 mil litros.
  • 20. Programas de Coletas Seletiva da Prefeitura Municipal de São Paulo
  • 21. Programas de Coletas Seletiva da Prefeitura Municipal de São Paulo  A coleta e deposição dos lixos domésticos urbanos são atribuições municipais.  O lixo urbano- corresponde aos agregados de material de consumo da população– Lixo doméstico e os das atividades essenciais da dinâmica urbana– Varrição, podas de árvores  O sistema de destinação do lixo municipal é composto por: 3 aterros sanitários; 1 aterro para resíduos inertes; 2 usinas de compostagem ; 2 incineradores; 2 estações de transbordo e um centro de triagem de material reciclável
  • 22. Características da composição total do lixo  61% de matéria orgânica;  14% de papel;  11% de plástico;  2% de vidro;  5% de metais;  8% de materiais inaproveitáveis do ponto de vista econômico.
  • 23.  Coleta seletiva de lixo contribui com a sociedade no sentido de repensar o consumismo, o desperdício de materiais que podem ser reciclados e que, se enterrados, não serão degradados e, se atirados nas vias públicas, causarão problemas no entupimento das canalizações.  Na implantação da Coleta Domiciliar, além das explicações sobre a importância da reciclagem, era entregue recipiente para que os moradores colocassem o material a ser coletado, com o objetivo de facilitar a formação de hábitos nos moradores.
  • 25. Usinas de Triagem e Compostagem Pátio de compostagem
  • 27. A coleta seletiva de lixo e o ideário no cotidiano sobre a problemática ambiental  É preciso destacar que a implantação da coleta seletiva domiciliar é difícil numa metrópole da dimensão de São Paulo e relembrar que prefeitura de São Paulo (1988-1991), considerou que esta seria uma forma importante para informar sobre a problemática do lixo, procurando construir a cidadania e interferir nos modos de consumo.  Considera-se que é possível manter um sistema de coleta seletiva por meio de uma organização local com alta qualidade, vinculado aos interesses dos moradores, desde que a municipalidade remunere os serviços que lhe são poupados.
  • 28.  Apesar de inúmeras experiências bem-sucedidas de coleta domiciliar, o mais comum em várias cidades do mundo é a instalação de contêineres para que a própria população deposite neles o lixo reciclável.  Consistem num conjunto de quatro contêineres de cores diferentes, sendo: azul para papel; verde para vidro; vermelho para plástico; e amarelo para os metais.  “O grande mérito da coleta seletiva é fazer com que a população adquira consciência a respeito dos problemas do lixo da cidade, repense a questão do desperdício, do consumismo exacerbado e exerça seu direito à cidadania com dignidade e responsabilidade..”
  • 29.  Na Alemanha, as embalagens para o lixo “comum” é extremamente cara, ao passo que as embalagens para reciclável é muito barata, o que acabou sendo um estímulo indireto para a separação. Assim, as formas pelas quais o processo de “treinamento” ambiental é concebido varia de país para país.
  • 33. o É possível afirma que há alteração na vida quotidiana mediante a introdução de um novo elemento, no caso, a separação do lixo reciclável. Contudo, não podemos afirmar que a introdução da separação do lixo para reciclável se constitua em rupturas ou que sejam consideradas problemas.
  • 34.  Uma questão para pensar a problemática ambiental tem relação com diferentes estratos de renda. Considerando que este aspecto importante porque é usual afirma-se que as preocupações ambientais surgem sobretudo nas classes médias e nos países do centro do sistema capitalista.  Com indicador das formas subjetivas pelas quais a condição objetiva é apreendida, entre os que separam o lixo para reciclagem levando-o para contêineres, predomina a formação universitária.
  • 35. Novas Indagações  A problemática ambiental é entendida, por nós, como um “produto” produzido, pelas formas como a sociedade se apropria da natureza.  A compreensão da problemática ambiental traz à tona possibilidades de releituras do território que podem permitir analisar como, onde e quando ocorre a produção destrutiva.  Para diminuir os problemas resultantes da sociedade do descartável o lixo virou resíduo reaproveitável.
  • 36.  Uma atividade antiga a coleta (de porta em porta) de materiais, é fonte de sobrevivência. Trata-se dos coletores e catadores de rua, que vivem do dinheiro obtido na venda resultante da coleta destes resíduos.  Trata-se, também, da sobrevivência dos trabalhadores da coleta de lixo que vendem sua força de trabalho para as empresas encarregadas na coleta do lixo (reciclável ou não).