SlideShare uma empresa Scribd logo
Ano 1 - Nº 2 / julho 2013
www.beaefm.blogspot.pt / beaefm@gmail.com
Aavaliação da biblioteca
escolar é feita anual-
mente segundo o modelo dis-
ponibilizado pela Rede de Bi-
bliotecas Escolares (MABE) .
Em 2012/13 foi avaliado o
"Domínio A - Apoio ao de-
senvolvimento curricular",
nas duas bibliotecas do agru-
pamento, de acordo com os
seguintes parâmetros:
A.1 Articulação curricular da
biblioteca escolar com as es-
truturas de coordenação e
supervisão pedagógica e com
os docentes.
A. 2 Promoção das literacias
da informação, tecnológica e
digital.
Durante o mês de maio decor-
reu a fase de inquéritos aos
alunos e professores.
O resultado da avaliação será
divulgado à comunidade edu-
cativa, após apresentação ao
Conselho Pedagógico no final
do ano letivo.
Avaliação da Biblioteca Escolar
Jornal escolar do Agrupamento
No presente ano letivo,
a equipa da BE levou
cabo as duas primeiras edi-
ções do jornal escolar do
agrupamento, onde fo-
ram divulgadas as ativi-
dades letivas ou recrea-
tivas.
No próximo ano
letivo será aberto um
concurso para a escolha
do nome no jornal.
BOAS LEITURAS.
Apoio ao currículo
A biblioteca escolar criou e
disponibilizou no seu blogue
(www.beaefm.blogspot.pt) alguns
recursos que visam apoiar o currí-
culo: 2 caças ao tesouro – Ulisses
e 25 de abril - guiões de apoio à
realização de trabalhos escolares,
guiões de pesquisa BIG6, guiões
de pesquisa (no dicionário e enci-
clopédias), guiões para avaliar pá-
ginas web entre outros.
"Chega-se a ser gran-
de por aquilo que se lê
e não por aquilo que
se escreve."
Jorge Luis Borges
Guião de Trabalho
Decorreu no dia 23 de abril,
em Montalegre, a prova da
fase distrital do CNL 2013, onde
estiveram representados os três
agrupamentos de escolas de Cha-
ves.
No agrupamento Fernão de
Magalhães, disputaram esta fase
as alunas Mariana Castro (7º C),
Helena Machado (7º C), Cynthia
Correia (10º B) e Andressa Perei-
ra (11º C).
Após a realização das pro-
vas escritas, seguiram-se mo-
mentos de animação etnográfica
enquanto eram apurados os cinco
finalistas de cada ciclo. As provas
orais foram o momento alto desta
festa do livro e da leitura: espetá-
culo, animação, humor e ... muita
sabedoria.
As alunas Helena Machado
do (7º C) e Andressa Pereira do
(11º C) passaram à prova oral e
tiveram uma excelente prestação,
mas a concorrência era muito
forte e não foi possível chegar à
final.
Parabéns a todas as alunas
pelo empenho demonstrado e
pela vontade de querer ganhar.
Parabéns também à Ana
Sofia Monteiro, do Agrupamento
António Granjo que representou o
distrito de Vila Real, a nível do
ensino secundário, na final nacio-
nal a realizada em Lisboa.
Concurso Nacional de Leitura 2013
No decorrer da Semana da
Leitura, realizaram-se no
dia 16 de abril as Oficinas de Es-
crita Criativa, orientadas pelo es-
critor David Machado.
Durante a manhã, alunos do
secundário deram asas à sua ima-
ginação e à tarde foi a vez dos
professores mostrarem a sua cria-
tividade.
De acordo com as respostas
ao inquérito de avaliação da ativi-
dade, esta foi recebida com muito
agrado.
Oficina dos alunos
Oficina dos professores
Oficina de Escrita Cria va com David Machado
Hora do Conto
Continuaram a decorrer ao
longo do 2º e 3º períodos as
sessões da Hora do Conto, na
Biblioteca Escolar de Vidago.
Com a realização desta ati-
vidade pretendeu-se encorajar
os alunos a tornar as práticas de
leitura num hábito contínuo e
consistente, promovendo também
a interação através da discussão
das obras lidas e o empréstimo
domiciliário de livros.
Os alunos puderam ouvir e
participar em histórias como “O
sapo apaixonado”, “Os primos e a
bruxa Cartuxa”, “O leão e o can-
guru”, “A árvore generosa”,
“Kiko, o dentinho de leite” entre
muitas outras.
Durante a Semana da Lei-
tura, cujo tema foi o “Mar”, às
horas do conto foram também
associadas atividades de caráter
experimental, relacionando as
leituras com o mundo real.
Os cursos de Educação e
Formação de Adultos
(EFA), Português Para Todos
(PPT) e Ensino Recorrente Não
Presencial levaram a cabo uma
atividade de “Declamação de
textos”, com a colaboração da
Biblioteca Escolar.
A referida atividade subor-
dinada ao tema “Contos de Na-
tal” consistiu na recolha de vá-
rios contos de diferentes países,
que depois foram narrados por
alunos de distintas nacio-
nalidades.
A participação foi
muito positiva e contou
também com a presença e
colaboração de vários do-
centes dos respetivos cur-
sos.
Prof. Manuela Simões
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado O leão e o canguru
Os primos e a bruxa CartuxaOs primos e a bruxa Cartuxa
Aprender com experiênciasAprender com experiências
Chape, ChapeChape, Chape A árvore generosaA árvore generosa
Contos de Natal
O Plano Nacional de Leitura,
a Rede de Bibliotecas Esco-
lares e a Direcção-Geral de Saú-
de celebraram um protocolo, em
Julho de 2011, que visa desen-
volver ações de promoção da
leitura, da felicidade e da saúde,
centradas no projeto SOBE que
reúne as duas valências: saúde
oral e bibliotecas escolares.
O projeto SOBE propõe um
desafio: subir - subir na qualida-
de da divulgação da saúde oral;
subir no número de parcerias
com as escolas e outras institui-
ções; subir no grau de perceção
da importância que esta área da
saúde tem para as famílias e as
crianças.
Nas escolas do agrupamento
foram já desenvolvidas algumas
ações de implementação deste
projeto que visa aumentar a saú-
de oral dos alunos.
Projeto - Saúde Oral Bibliotecas Escolares
Semana da Saúde Oral - PES/BE (Chaves)“Kiko, o dentinho de leite” (Vidago)
Literacia da Informação
ABiblioteca Escolar con-
tinua a promover um
projeto de literacia da informação
destinado às crianças da educa-
ção pré-escolar, cujas atividades
são predominantemente lúdicas,
e aberto a todos os alunos.
Destina-se, sobretudo, a do-
tar os nossos utilizadores das
competências literácitas da infor-
mação, tecnológicas e digitais. É
um projeto alargado à educação
pré-escolar da IPSS local.
A biblioteca é um espaço
privilegiado de estudo e de pres-
tação de apoio curricular.
O presente ano letivo foi
muito produtivo para os alunos
da Educação Pré-escolar como
prova o número de e-books pro-
duzidos com recurso às tecnolo-
gias que o espaço da BE disponi-
biliza e com o apoio do professor
bibliotecário.
“Kiko, o dentinho de leite” (Vidago)
Palestra O cérebro em mudança
na era da informação
Decorreu no dia 10 de abril,
no Auditório da Escola Se-
cundária Dr. Júlio Martins, a pa-
lestra subordinada ao tema “O
Cérebro em Mudança na Era
da Informação”.
Esta atividade, organizada
pelo Grupo de Trabalho das
Bibliotecas Escolares de Cha-
ves, foi dinamizada pela Dr.ª
Teresa Silveira, da Faculdade
de Engenharia da Universidade
do Porto.
Com base num estudo rea-
lizado pela oradora acerca do
comportamento leitor de adoles-
centes do Norte de Portugal, Te-
resa Silveira procurou demons-
trar em que medida os novos
contextos tecnológicos têm im-
pacto no desenvolvimento cere-
bral. Falou ainda sobre a impor-
tância da leitura nos primeiros
níveis de escolaridade, explican-
do os mecanismos fisiológicos
que se desencadeiam no cérebro
através da prática da leitura.
Durante cerca de uma hora
e meia, os presentes puderam
ouvir a exposição e esclarecer as
dúvidas que o tema suscitou,
acerca de alguns dos atuais com-
portamentos dos jovens, relativa-
mente aos novos hábitos de lazer
e à prática da leitura.
A sessão revelou-se bas-
tante enriquecedora, não apenas
pela clareza da abordagem da
oradora, mas também pela rele-
vância que o tema assume nos
dias de hoje.
GTBEC
I Encontro de Bibliotecas Escolares na Eurocidade
No dia 27 de abril, a sede da
Eurocidade Chaves-Verín
acolheu o I Encontro de Biblio-
tecas Escolares. Uma jornada
de troca de experiências entre
bibliotecários da Galiza e do Nor-
te de Portugal, a fim de partilhar
experiências e boas práticas na
dinamização das bibliotecas esco-
lares em articulação com os con-
teúdos curriculares.
O Grupo de Trabalho das
Bibliotecas Escolares de Cha-
ves (GTBEC) também esteve
presente, bem como a coordena-
dora interconcelhia da RBE, Dr.ª
Maritza Dias e os diretores dos
agrupamentos de escolas de
Chaves.
GTBEC
Ação de Formação INE/RBE
Decorreu dia 22 de maio,
nas instalações da Escola
Fernão de Magalhães, mais uma
ação de formação “A Literacia
Estatística ao Serviço da Cida-
dania - portal do INE e Pro-
jeto ALEA – uma primeira
abordagem”.
Esta atividade, como habi-
tualmente, resultou de uma pro-
posta conjunta da Rede de Bibli-
otecas Escolares e do Instituto
Nacional de Estatística, concreti-
zada com a participação da Bibli-
oteca Escolar.
Foto de arquivo - Ação realizada em 2012
A vidades BE
Hora do Conto Utilização dos PC GTBEC com a Dr.ª Teresa Calçada
“Todos a Ler” Literacia tecnológica
Estudo e trabalho
Literacia tecnológica - IPSS
Ver um filme na zona multimédia
Ler por prazer Ler por prazer Ler por prazer
Apoio ao estudo
Leituras em Férias
O último voo do flamingo
Mia Couto
Breviário das más inclinações
José Riço Direitinho
Esteiros
Soeiro Pereira Gomes
A vida no céu
José Eduardo Agualusa
Já ninguém morre de amor
Domingos Amaral
Casos do Beco das Sardinheiras
Mário de Carvalho
A escrava de Córdova
Alberto S. Santos
1808
Laurentino Gomes
Jesusalém
Mia Couto
Os anagramas de Varsóvia
Richard Zimler
Memórias de uma vaca
Bernardo Atxaga
500 mil histórias de amor
Cuca Canals
O tempo entre costuras
Maria Dueñas
O caderno de Maya
Isabel Allende
Travessia de verão
Truman Capote
O coração é um caçador solitário
Carson McCullers
Uma agulha no palheiro
J. D. Salinger
A árvore generosa
Shel Silverstein
Uma morte súbita
J. K. Rowling
O livreiro de Cabul
Åsne Seierstad
Esta s ca da BE
Emprés mo domiciliário
- 1665 documentos
Emprés mo sala de aula
- 1099 documentos
Modelo de Pesquisa BIG 6
Os direitos inalienáveis do leitor
1. O direito de não ler.
2. O direito de saltar páginas.
3. O direito de não acabar um livro.
4. O direito de reler.
5. O direito de ler não importa o quê.
6. O direito de amar os “heróis” dos romances.
7. O direito de ler não importa onde.
8. O direito de saltar de livro em livro.
9. O direito de ler em voz alta.
10. O direito de não falar do que se leu.
Daniel Pennac, in “Como um romance”
Semana da Leitura - O MAR
BE Vidago BE Chaves
Sugestões de leitura

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1ªparte atividades ruy belo
1ªparte atividades ruy belo1ªparte atividades ruy belo
1ªparte atividades ruy belo
Escola Ruy Belo
 
Boletim Informativo-Outubro2013
Boletim Informativo-Outubro2013Boletim Informativo-Outubro2013
Boletim Informativo-Outubro2013
bibliotecasjuliomartins
 
Bi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogueBi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogue
bibliotecasjuliomartins
 
Boletim Novembro 10
Boletim Novembro 10Boletim Novembro 10
Boletim Novembro 10
adelinafonseca
 
Boletim das be especial semana da leitura
Boletim das be especial semana da leituraBoletim das be especial semana da leitura
Boletim das be especial semana da leitura
Tony Batista
 
Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014
bibliotecasjuliomartins
 
Boletim 1 r
Boletim 1 rBoletim 1 r
Boletim 1 r
bibliotecasaevn
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
franciscamonteiro
 
Boletim informativo10
Boletim informativo10Boletim informativo10
Boletim informativo10
Risoleta Montez
 
Boletim Informativo de novembro
Boletim Informativo de novembroBoletim Informativo de novembro
Boletim Informativo de novembro
bibliotecasjuliomartins
 
Portefólio | Atividades 2012/13
Portefólio | Atividades 2012/13Portefólio | Atividades 2012/13
Portefólio | Atividades 2012/13
BE Lorosae
 
Zoom 4final
Zoom 4finalZoom 4final
Zoom 4final
Vítor Rocha
 
Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.
Max Teles Teles
 
Balanço do PAA das BE
Balanço do PAA das BE Balanço do PAA das BE
Balanço do PAA das BE
Biblioleca
 
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
mmppr3
 
Boletim 3
Boletim 3Boletim 3
Boletim 3
adelinafonseca
 
Agenda abril 2011
Agenda abril 2011Agenda abril 2011
Agenda abril 2011
Maria Da Graça Oliveira
 

Mais procurados (17)

1ªparte atividades ruy belo
1ªparte atividades ruy belo1ªparte atividades ruy belo
1ªparte atividades ruy belo
 
Boletim Informativo-Outubro2013
Boletim Informativo-Outubro2013Boletim Informativo-Outubro2013
Boletim Informativo-Outubro2013
 
Bi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogueBi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogue
 
Boletim Novembro 10
Boletim Novembro 10Boletim Novembro 10
Boletim Novembro 10
 
Boletim das be especial semana da leitura
Boletim das be especial semana da leituraBoletim das be especial semana da leitura
Boletim das be especial semana da leitura
 
Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014
 
Boletim 1 r
Boletim 1 rBoletim 1 r
Boletim 1 r
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
 
Boletim informativo10
Boletim informativo10Boletim informativo10
Boletim informativo10
 
Boletim Informativo de novembro
Boletim Informativo de novembroBoletim Informativo de novembro
Boletim Informativo de novembro
 
Portefólio | Atividades 2012/13
Portefólio | Atividades 2012/13Portefólio | Atividades 2012/13
Portefólio | Atividades 2012/13
 
Zoom 4final
Zoom 4finalZoom 4final
Zoom 4final
 
Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.
 
Balanço do PAA das BE
Balanço do PAA das BE Balanço do PAA das BE
Balanço do PAA das BE
 
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
 
Boletim 3
Boletim 3Boletim 3
Boletim 3
 
Agenda abril 2011
Agenda abril 2011Agenda abril 2011
Agenda abril 2011
 

Semelhante a Boletim Informativo 2

Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.
Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.
Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.
Max Teles Teles
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
franciscamonteiro
 
C:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unhoC:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unho
franciscamonteiro
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
franciscamonteiro
 
Boletim Abril 11
Boletim Abril 11Boletim Abril 11
Boletim Abril 11
adelinafonseca
 
Ler + jovem aeob
Ler + jovem   aeobLer + jovem   aeob
Ler + jovem aeob
Biblioteca Escolar Aeob
 
07 relatório be alex.herc. avaliação 2º período
07 relatório be alex.herc.   avaliação 2º período07 relatório be alex.herc.   avaliação 2º período
07 relatório be alex.herc. avaliação 2º período
Risoleta Montez
 
Biblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista HeraBiblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista Hera
Bibliotecas Rosa Ramalho
 
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011Biblioteca Escolar na revista Hera 2011
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011
Bibliotecas Rosa Ramalho
 
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012
Bibliotecas Rosa Ramalho
 
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria 1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
mmppr3
 
Boletim informativo1 2013_2014
Boletim informativo1 2013_2014Boletim informativo1 2013_2014
Boletim informativo1 2013_2014
Risoleta Montez
 
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Dores Pinto
 
Newsletter abril jun 2017
Newsletter abril jun 2017Newsletter abril jun 2017
Newsletter abril jun 2017
Artur Dagge
 
Boletim 5
Boletim 5Boletim 5
Boletim 5
adelinafonseca
 
Boletim 1
Boletim 1Boletim 1
Boletim 1
adelinafonseca
 
Boletim 1
Boletim 1Boletim 1
Boletim 1
adelinafonseca
 
Boletim 1
Boletim 1 Boletim 1
Boletim 1
adelinafonseca
 
Boletim informativo1 2014_2015
Boletim informativo1 2014_2015Boletim informativo1 2014_2015
Boletim informativo1 2014_2015
Risoleta Montez
 
Redes de saber fazer
Redes de saber fazerRedes de saber fazer
Redes de saber fazer
António Pires
 

Semelhante a Boletim Informativo 2 (20)

Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.
Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.
Jornal escolar palavras d'encantar 17.ª ed.
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
 
C:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unhoC:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unho
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
 
Boletim Abril 11
Boletim Abril 11Boletim Abril 11
Boletim Abril 11
 
Ler + jovem aeob
Ler + jovem   aeobLer + jovem   aeob
Ler + jovem aeob
 
07 relatório be alex.herc. avaliação 2º período
07 relatório be alex.herc.   avaliação 2º período07 relatório be alex.herc.   avaliação 2º período
07 relatório be alex.herc. avaliação 2º período
 
Biblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista HeraBiblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista Hera
 
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011Biblioteca Escolar na revista Hera 2011
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011
 
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012
Biblioteca Escolar na revista Hera 2011_2012
 
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria 1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
 
Boletim informativo1 2013_2014
Boletim informativo1 2013_2014Boletim informativo1 2013_2014
Boletim informativo1 2013_2014
 
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
 
Newsletter abril jun 2017
Newsletter abril jun 2017Newsletter abril jun 2017
Newsletter abril jun 2017
 
Boletim 5
Boletim 5Boletim 5
Boletim 5
 
Boletim 1
Boletim 1Boletim 1
Boletim 1
 
Boletim 1
Boletim 1Boletim 1
Boletim 1
 
Boletim 1
Boletim 1 Boletim 1
Boletim 1
 
Boletim informativo1 2014_2015
Boletim informativo1 2014_2015Boletim informativo1 2014_2015
Boletim informativo1 2014_2015
 
Redes de saber fazer
Redes de saber fazerRedes de saber fazer
Redes de saber fazer
 

Mais de Bibliotecas Escolares Fernão de Magalhães

Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Aristides spousa mendes
Aristides spousa mendesAristides spousa mendes
Aristides Sousa Mendes
Aristides Sousa Mendes  Aristides Sousa Mendes
Memória do Holocausto
Memória  do HolocaustoMemória  do Holocausto
Anne frank
Anne frankAnne frank
Livro aristides
Livro aristidesLivro aristides
Boletim Informativo
Boletim InformativoBoletim Informativo
Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 2Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 1
Direitos Humanos 1Direitos Humanos 1

Mais de Bibliotecas Escolares Fernão de Magalhães (9)

Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Aristides spousa mendes
Aristides spousa mendesAristides spousa mendes
Aristides spousa mendes
 
Aristides Sousa Mendes
Aristides Sousa Mendes  Aristides Sousa Mendes
Aristides Sousa Mendes
 
Memória do Holocausto
Memória  do HolocaustoMemória  do Holocausto
Memória do Holocausto
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Livro aristides
Livro aristidesLivro aristides
Livro aristides
 
Boletim Informativo
Boletim InformativoBoletim Informativo
Boletim Informativo
 
Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 2Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 2
 
Direitos Humanos 1
Direitos Humanos 1Direitos Humanos 1
Direitos Humanos 1
 

Último

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 

Último (20)

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 

Boletim Informativo 2

  • 1. Ano 1 - Nº 2 / julho 2013 www.beaefm.blogspot.pt / beaefm@gmail.com Aavaliação da biblioteca escolar é feita anual- mente segundo o modelo dis- ponibilizado pela Rede de Bi- bliotecas Escolares (MABE) . Em 2012/13 foi avaliado o "Domínio A - Apoio ao de- senvolvimento curricular", nas duas bibliotecas do agru- pamento, de acordo com os seguintes parâmetros: A.1 Articulação curricular da biblioteca escolar com as es- truturas de coordenação e supervisão pedagógica e com os docentes. A. 2 Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital. Durante o mês de maio decor- reu a fase de inquéritos aos alunos e professores. O resultado da avaliação será divulgado à comunidade edu- cativa, após apresentação ao Conselho Pedagógico no final do ano letivo. Avaliação da Biblioteca Escolar Jornal escolar do Agrupamento No presente ano letivo, a equipa da BE levou cabo as duas primeiras edi- ções do jornal escolar do agrupamento, onde fo- ram divulgadas as ativi- dades letivas ou recrea- tivas. No próximo ano letivo será aberto um concurso para a escolha do nome no jornal. BOAS LEITURAS. Apoio ao currículo A biblioteca escolar criou e disponibilizou no seu blogue (www.beaefm.blogspot.pt) alguns recursos que visam apoiar o currí- culo: 2 caças ao tesouro – Ulisses e 25 de abril - guiões de apoio à realização de trabalhos escolares, guiões de pesquisa BIG6, guiões de pesquisa (no dicionário e enci- clopédias), guiões para avaliar pá- ginas web entre outros. "Chega-se a ser gran- de por aquilo que se lê e não por aquilo que se escreve." Jorge Luis Borges Guião de Trabalho
  • 2. Decorreu no dia 23 de abril, em Montalegre, a prova da fase distrital do CNL 2013, onde estiveram representados os três agrupamentos de escolas de Cha- ves. No agrupamento Fernão de Magalhães, disputaram esta fase as alunas Mariana Castro (7º C), Helena Machado (7º C), Cynthia Correia (10º B) e Andressa Perei- ra (11º C). Após a realização das pro- vas escritas, seguiram-se mo- mentos de animação etnográfica enquanto eram apurados os cinco finalistas de cada ciclo. As provas orais foram o momento alto desta festa do livro e da leitura: espetá- culo, animação, humor e ... muita sabedoria. As alunas Helena Machado do (7º C) e Andressa Pereira do (11º C) passaram à prova oral e tiveram uma excelente prestação, mas a concorrência era muito forte e não foi possível chegar à final. Parabéns a todas as alunas pelo empenho demonstrado e pela vontade de querer ganhar. Parabéns também à Ana Sofia Monteiro, do Agrupamento António Granjo que representou o distrito de Vila Real, a nível do ensino secundário, na final nacio- nal a realizada em Lisboa. Concurso Nacional de Leitura 2013 No decorrer da Semana da Leitura, realizaram-se no dia 16 de abril as Oficinas de Es- crita Criativa, orientadas pelo es- critor David Machado. Durante a manhã, alunos do secundário deram asas à sua ima- ginação e à tarde foi a vez dos professores mostrarem a sua cria- tividade. De acordo com as respostas ao inquérito de avaliação da ativi- dade, esta foi recebida com muito agrado. Oficina dos alunos Oficina dos professores Oficina de Escrita Cria va com David Machado
  • 3. Hora do Conto Continuaram a decorrer ao longo do 2º e 3º períodos as sessões da Hora do Conto, na Biblioteca Escolar de Vidago. Com a realização desta ati- vidade pretendeu-se encorajar os alunos a tornar as práticas de leitura num hábito contínuo e consistente, promovendo também a interação através da discussão das obras lidas e o empréstimo domiciliário de livros. Os alunos puderam ouvir e participar em histórias como “O sapo apaixonado”, “Os primos e a bruxa Cartuxa”, “O leão e o can- guru”, “A árvore generosa”, “Kiko, o dentinho de leite” entre muitas outras. Durante a Semana da Lei- tura, cujo tema foi o “Mar”, às horas do conto foram também associadas atividades de caráter experimental, relacionando as leituras com o mundo real. Os cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA), Português Para Todos (PPT) e Ensino Recorrente Não Presencial levaram a cabo uma atividade de “Declamação de textos”, com a colaboração da Biblioteca Escolar. A referida atividade subor- dinada ao tema “Contos de Na- tal” consistiu na recolha de vá- rios contos de diferentes países, que depois foram narrados por alunos de distintas nacio- nalidades. A participação foi muito positiva e contou também com a presença e colaboração de vários do- centes dos respetivos cur- sos. Prof. Manuela Simões O sapo apaixonadoO sapo apaixonado O leão e o canguru Os primos e a bruxa CartuxaOs primos e a bruxa Cartuxa Aprender com experiênciasAprender com experiências Chape, ChapeChape, Chape A árvore generosaA árvore generosa Contos de Natal
  • 4. O Plano Nacional de Leitura, a Rede de Bibliotecas Esco- lares e a Direcção-Geral de Saú- de celebraram um protocolo, em Julho de 2011, que visa desen- volver ações de promoção da leitura, da felicidade e da saúde, centradas no projeto SOBE que reúne as duas valências: saúde oral e bibliotecas escolares. O projeto SOBE propõe um desafio: subir - subir na qualida- de da divulgação da saúde oral; subir no número de parcerias com as escolas e outras institui- ções; subir no grau de perceção da importância que esta área da saúde tem para as famílias e as crianças. Nas escolas do agrupamento foram já desenvolvidas algumas ações de implementação deste projeto que visa aumentar a saú- de oral dos alunos. Projeto - Saúde Oral Bibliotecas Escolares Semana da Saúde Oral - PES/BE (Chaves)“Kiko, o dentinho de leite” (Vidago) Literacia da Informação ABiblioteca Escolar con- tinua a promover um projeto de literacia da informação destinado às crianças da educa- ção pré-escolar, cujas atividades são predominantemente lúdicas, e aberto a todos os alunos. Destina-se, sobretudo, a do- tar os nossos utilizadores das competências literácitas da infor- mação, tecnológicas e digitais. É um projeto alargado à educação pré-escolar da IPSS local. A biblioteca é um espaço privilegiado de estudo e de pres- tação de apoio curricular. O presente ano letivo foi muito produtivo para os alunos da Educação Pré-escolar como prova o número de e-books pro- duzidos com recurso às tecnolo- gias que o espaço da BE disponi- biliza e com o apoio do professor bibliotecário. “Kiko, o dentinho de leite” (Vidago)
  • 5. Palestra O cérebro em mudança na era da informação Decorreu no dia 10 de abril, no Auditório da Escola Se- cundária Dr. Júlio Martins, a pa- lestra subordinada ao tema “O Cérebro em Mudança na Era da Informação”. Esta atividade, organizada pelo Grupo de Trabalho das Bibliotecas Escolares de Cha- ves, foi dinamizada pela Dr.ª Teresa Silveira, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Com base num estudo rea- lizado pela oradora acerca do comportamento leitor de adoles- centes do Norte de Portugal, Te- resa Silveira procurou demons- trar em que medida os novos contextos tecnológicos têm im- pacto no desenvolvimento cere- bral. Falou ainda sobre a impor- tância da leitura nos primeiros níveis de escolaridade, explican- do os mecanismos fisiológicos que se desencadeiam no cérebro através da prática da leitura. Durante cerca de uma hora e meia, os presentes puderam ouvir a exposição e esclarecer as dúvidas que o tema suscitou, acerca de alguns dos atuais com- portamentos dos jovens, relativa- mente aos novos hábitos de lazer e à prática da leitura. A sessão revelou-se bas- tante enriquecedora, não apenas pela clareza da abordagem da oradora, mas também pela rele- vância que o tema assume nos dias de hoje. GTBEC I Encontro de Bibliotecas Escolares na Eurocidade No dia 27 de abril, a sede da Eurocidade Chaves-Verín acolheu o I Encontro de Biblio- tecas Escolares. Uma jornada de troca de experiências entre bibliotecários da Galiza e do Nor- te de Portugal, a fim de partilhar experiências e boas práticas na dinamização das bibliotecas esco- lares em articulação com os con- teúdos curriculares. O Grupo de Trabalho das Bibliotecas Escolares de Cha- ves (GTBEC) também esteve presente, bem como a coordena- dora interconcelhia da RBE, Dr.ª Maritza Dias e os diretores dos agrupamentos de escolas de Chaves. GTBEC Ação de Formação INE/RBE Decorreu dia 22 de maio, nas instalações da Escola Fernão de Magalhães, mais uma ação de formação “A Literacia Estatística ao Serviço da Cida- dania - portal do INE e Pro- jeto ALEA – uma primeira abordagem”. Esta atividade, como habi- tualmente, resultou de uma pro- posta conjunta da Rede de Bibli- otecas Escolares e do Instituto Nacional de Estatística, concreti- zada com a participação da Bibli- oteca Escolar. Foto de arquivo - Ação realizada em 2012
  • 6. A vidades BE Hora do Conto Utilização dos PC GTBEC com a Dr.ª Teresa Calçada “Todos a Ler” Literacia tecnológica Estudo e trabalho Literacia tecnológica - IPSS Ver um filme na zona multimédia Ler por prazer Ler por prazer Ler por prazer Apoio ao estudo
  • 7. Leituras em Férias O último voo do flamingo Mia Couto Breviário das más inclinações José Riço Direitinho Esteiros Soeiro Pereira Gomes A vida no céu José Eduardo Agualusa Já ninguém morre de amor Domingos Amaral Casos do Beco das Sardinheiras Mário de Carvalho A escrava de Córdova Alberto S. Santos 1808 Laurentino Gomes Jesusalém Mia Couto Os anagramas de Varsóvia Richard Zimler Memórias de uma vaca Bernardo Atxaga 500 mil histórias de amor Cuca Canals O tempo entre costuras Maria Dueñas O caderno de Maya Isabel Allende Travessia de verão Truman Capote O coração é um caçador solitário Carson McCullers Uma agulha no palheiro J. D. Salinger A árvore generosa Shel Silverstein Uma morte súbita J. K. Rowling O livreiro de Cabul Åsne Seierstad Esta s ca da BE Emprés mo domiciliário - 1665 documentos Emprés mo sala de aula - 1099 documentos Modelo de Pesquisa BIG 6 Os direitos inalienáveis do leitor 1. O direito de não ler. 2. O direito de saltar páginas. 3. O direito de não acabar um livro. 4. O direito de reler. 5. O direito de ler não importa o quê. 6. O direito de amar os “heróis” dos romances. 7. O direito de ler não importa onde. 8. O direito de saltar de livro em livro. 9. O direito de ler em voz alta. 10. O direito de não falar do que se leu. Daniel Pennac, in “Como um romance” Semana da Leitura - O MAR BE Vidago BE Chaves Sugestões de leitura