SlideShare uma empresa Scribd logo
Aristides de Sousa Mendes
ARISTIDES DE SOUSA MENDES,
                     O CÔNSUL DE BORDÉUS
1885                     1907                                     1909                1910               1911              1918               1919                 1921               1924                 1926            1927




  Nasce em Ca-       Conclui Licencia-     Muda-se para          Casa com Ange-    Nomeado cônsul     Cônsul em Zan-     Nomeado cônsul     Castigado por      Com a intersec-      Cônsul em S.       Regressa a Lis-    Cônsul em Vigo
  banas de Viria-    tura em Direito,      Lisboa, onde          lina (prima em    de 2ª classe em    zibar, Tanzânia.   em Curitiba,       Sidónio Pais pe-   ção do seu ir-       Luís do Mara-      boa. Faz serviço
  to, Viseu. Tem     na Universidade       opta pela car-        2º grau, de com   Demerara                              Brasil             las suas convic-   mão regressa         nhão, Brasil.      na Direção-
  um irmão gé-       de Coimbra.           reira diplomáti-      quem tem 14       (Guiana).                                                ções monárqui-     ao ativo, dirige                        Geral de Negó-
  meo.                                     ca (sempre em         filho(a)s                                                                  cas fica 2 anos    o consulado                             cio Comerciais e
                                           paralelismo com                                                               Promovido a        inativo.           português de S.       Dirige o Consu-   Consulares.
                                           o seu irmão gé-                                                               Cônsul de 1ª                          Francisco, Cali-      lado de Porto
                                           meo, César.                                                                   classe.                               fórnia, EUA.          Alegre, Brasil.



1929                    1936                 1938                1940                                1945                1948              1954                1967               1986              1998              1994




 Cônsul Geral       Condecoração         Nomeado Côn-         Contraria or-     Nesse mesmo        Finda a Guerra,   Morre a sua        Morre em Lis-     Memorial de        Mário Soares        É erigida à sua    A Assembleia
 em Antuérpia.      pelo rei Leopol-     sul em Bordéus.      dens de Salazar   ano Salazar        ASM reclama       esposa, Angeli-    boa, acompa-      Yad Vashem         reconhece os        memória está-      da Republica
                    do III, da Bélgi-                         e passa mais de   convoca ASM a      do seu castigo    na Sousa Men-      nhado por uma     (Memorial do       seus feitos e       tua em Bordéus.    procede à sua
                    ca.                                       30 000 vistos     Lisboa e castiga   para a Assem-     des                sobrinha (os      Holocausto situ-   condecora ASM,                         reabilitação
                                                              para o nosso      -o severamente,    bleia Nacional                       filhos tinham     ado em Jerusa-     a titulo póstumo                       oficial como di-
                                                              país a judeus e   1 ano de inati-    e o Supremo                          emigrado para o   lém) em Israel,    com o grau de                          plomata portu-
                                                              pessoas de ou-    vidade e de-       Tribunal Admi-                       Canadá e EUA).    presta-lhe ho-     oficial da or-                         guês.
                                                              tras minorias     pois, aposenta-    nistrativo, sem                                        menagem.           dem da Liber-
                                                              perseguidas       o sem qualquer     sucesso.                                                                  dade.
                                                              pelo nazismo.     vencimento.                                             Morre pobre e                                                         Nos tempos mais recentes
                                                                                                                                        desonrado.                                                            tem sido alvo de várias
                                                                                                                                                                                                              homenagens póstumas em
                                                                                                                                                                                                              reconhecimento pelos seus
                                                                                                                                                                                                              feitos, enquanto cônsul de
                                                                                                                                                                                                              Bordéus.
ARISTIDES DE SOUSA
     MENDES,
   O CÔNSUL DE
     BORDÉUS

      Em vários
   cantos do mundo



1 Nomeado cônsul de 2ª classe em Demerara (Guiana
inglesa).

2 Cônsul em Zanzibar, Tanzânia.

3 Nomeado cônsul em Curitiba, Brasil

4 Após castigo imposto por Sidónio Pais, regressa à
diplomacia em 1921e dirige o consulado português
de S. Francisco, Califórnia, EUA.

5 Cônsul em S. Luís do Maranhão, Brasil.

6 Dirige o Consulado de Porto Alegre, Brasil.
1 Cônsul em Vigo

2 Cônsul Geral em Antuérpia.

3 Nomeado Cônsul em Bordéus.

Como Cônsul - Geral de Bordéus toma a decisão que marca a
sua vida, de, contrariando as ordens de António Oliveira Sala-
zar, passa vistos de entrada para o nosso país a mais de 30
000 judeus e outros indivíduos perseguidos pelo regime nazi.
É pela sua mão e com a ajuda de 2 dos seus filhos mais velhos
que toma esta atitude de humanismo, que salva a vida de mi-
lhares de pessoas, sendo depois castigado severamente por
este ato de rebeldia.
Aristides de Sousa Mendes salva ainda mais vidas, pois, passa
ainda mais vistos nas dependências do consulado geral de
Bordéus, localizadas em Bayonne e Hendaya.




ARISTIDES DE SOUSA
     MENDES,
   O CÔNSUL DE
     BORDÉUS

  Percurso na Europa
1 Nasce em Cabanas de Viriato, Viseu. Tem um irmão
                                         gémeo (1885).

ARISTIDES DE SOUSA MENDES,               2 Conclui Licenciatura em Direito, na Universidade de
                                         Coimbra (1907).

  O CÔNSUL DE BORDÉUS                    3 Muda-se para Lisboa, onde opta pela carreira diplo-
                                         mática.

                                          Seguidamente faz carreira diplomática, passando por
                                          vários pontos do mundo.
     Vida em Portugal                1    Regressa a Lisboa em 1926, trabalha na Direção-Geral
                                          de Negócios Comerciais e Consulares.
                                          Entretanto, prossegue a sua carreira diplomática, agora
                                          nalguns pontos do continente europeu até 1940, quan-
                                          do regressa a Portugal (Lisboa), por ordem de Oliveira
                                 2
                                          Salazar, que o castiga afastando-o da vida diplomática,
                                          impedindo-o de exercer a advocacia, entre outras san-
                                          ções, por ter passado vistos para o nosso país a mais
                                          de 30 000 pessoas perseguidas pela Alemanha nazi.




                             3
Trabalho realizado pelos alunos de Geografia com a supervisão do professor Agostinho Lage

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008
O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008
O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008
Marcos Gimenes Salun
 
Jornal estacao serra alta pg 3
Jornal estacao serra alta pg 3Jornal estacao serra alta pg 3
Jornal estacao serra alta pg 3
divulgasbs
 
Perfil claudio jorge
Perfil claudio jorgePerfil claudio jorge
Perfil claudio jorge
Sergyo Vitro
 
Zine da Duca
Zine da DucaZine da Duca
Zine da Duca
aghipertexto
 
Newsletter nº15 a
Newsletter nº15 aNewsletter nº15 a
Newsletter nº15 a
PeroVaz
 
Arauto da Cultura e da Paz ano 3 - nº11
Arauto da Cultura e da Paz   ano 3 - nº11Arauto da Cultura e da Paz   ano 3 - nº11
Arauto da Cultura e da Paz ano 3 - nº11
inbrasci
 
Perfil marco aurélio marcondes
Perfil marco aurélio marcondesPerfil marco aurélio marcondes
Perfil marco aurélio marcondes
Sergyo Vitro
 
Pe. charles
Pe. charlesPe. charles
Pe. charles
Hélio Consolaro
 
O Bandeirante - n.236 - 072012
O Bandeirante -  n.236 - 072012O Bandeirante -  n.236 - 072012
O Bandeirante - n.236 - 072012
Marcos Gimenes Salun
 
Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012
Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012
Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012
iaproparanaense
 
Manancial por Benjamin
Manancial por BenjaminManancial por Benjamin
Manancial por Benjamin
Plínio Reis
 
Perfil sergio vaz
Perfil sergio vazPerfil sergio vaz
Perfil sergio vaz
Sergyo Vitro
 
Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…
Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…
Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…
guest22d6b5f
 
Pág. Madeira Revista Fugas
Pág. Madeira Revista FugasPág. Madeira Revista Fugas
Pág. Madeira Revista Fugas
mrvpimenta
 

Mais procurados (14)

O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008
O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008
O Bandeirante - n.192 - Novembro de 2008
 
Jornal estacao serra alta pg 3
Jornal estacao serra alta pg 3Jornal estacao serra alta pg 3
Jornal estacao serra alta pg 3
 
Perfil claudio jorge
Perfil claudio jorgePerfil claudio jorge
Perfil claudio jorge
 
Zine da Duca
Zine da DucaZine da Duca
Zine da Duca
 
Newsletter nº15 a
Newsletter nº15 aNewsletter nº15 a
Newsletter nº15 a
 
Arauto da Cultura e da Paz ano 3 - nº11
Arauto da Cultura e da Paz   ano 3 - nº11Arauto da Cultura e da Paz   ano 3 - nº11
Arauto da Cultura e da Paz ano 3 - nº11
 
Perfil marco aurélio marcondes
Perfil marco aurélio marcondesPerfil marco aurélio marcondes
Perfil marco aurélio marcondes
 
Pe. charles
Pe. charlesPe. charles
Pe. charles
 
O Bandeirante - n.236 - 072012
O Bandeirante -  n.236 - 072012O Bandeirante -  n.236 - 072012
O Bandeirante - n.236 - 072012
 
Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012
Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012
Informativo IAPRO CIANORTE | Setembro 2012
 
Manancial por Benjamin
Manancial por BenjaminManancial por Benjamin
Manancial por Benjamin
 
Perfil sergio vaz
Perfil sergio vazPerfil sergio vaz
Perfil sergio vaz
 
Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…
Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…
Cavaleiros Do Maiombe Regresso A Tempos E Locais De Cabind…
 
Pág. Madeira Revista Fugas
Pág. Madeira Revista FugasPág. Madeira Revista Fugas
Pág. Madeira Revista Fugas
 

Destaque

Cp2 Aristides De Sousa Mendes
Cp2 Aristides De Sousa MendesCp2 Aristides De Sousa Mendes
Cp2 Aristides De Sousa Mendes
Ana Teresa
 
Aristides Sousa Mendes
Aristides Sousa Mendes  Aristides Sousa Mendes
Holocausto - Aristides de Sousa Mendes
Holocausto - Aristides de Sousa MendesHolocausto - Aristides de Sousa Mendes
Holocausto - Aristides de Sousa Mendes
Amora BE
 
O Holocausto e Aristides de Sousa Mendes
O Holocausto e Aristides de Sousa MendesO Holocausto e Aristides de Sousa Mendes
O Holocausto e Aristides de Sousa Mendes
Amora BE
 
9ºf aristides de sousa mendes ingles
9ºf aristides de sousa mendes ingles9ºf aristides de sousa mendes ingles
9ºf aristides de sousa mendes ingles
projetocomenius
 
Aristides De Sousa Mendes
Aristides De Sousa MendesAristides De Sousa Mendes
Aristides De Sousa Mendes
netescrita
 
Diálogos sobre aristides_de_sousa_mendes
Diálogos sobre aristides_de_sousa_mendesDiálogos sobre aristides_de_sousa_mendes
Diálogos sobre aristides_de_sousa_mendes
Jorge Borges
 
Concurso "Aristides de Sousa Mendes"
Concurso "Aristides de Sousa Mendes"Concurso "Aristides de Sousa Mendes"
Concurso "Aristides de Sousa Mendes"
Be Aeagranjo
 
Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)
Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)
Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)
Luis Germano
 
Arisitides 2014 01-23
Arisitides 2014 01-23Arisitides 2014 01-23
Arisitides 2014 01-23
escolaaquilinoribeiro
 
Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!
Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!
Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!
Bibliotecas Escolares Gil Eanes
 
Livro aristides
Livro aristidesLivro aristides
Aristides de sousa mendes
Aristides de sousa mendesAristides de sousa mendes
Aristides de sousa mendes
Neuza Carvalho
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa MendesAristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
Jorge Almeida
 
Aristides sousa mendes ppt
Aristides sousa mendes   pptAristides sousa mendes   ppt
Aristides sousa mendes ppt
Bibliotecas Infante D. Henrique
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
Be Aeagranjo
 
Aristides de sousa mendes (2)
Aristides de sousa mendes (2)Aristides de sousa mendes (2)
Aristides de sousa mendes (2)
Luis Germano
 
Justos entre as Nações - Aristides de Sousa Mendes
Justos entre as Nações - Aristides de Sousa MendesJustos entre as Nações - Aristides de Sousa Mendes
Justos entre as Nações - Aristides de Sousa Mendes
Amora BE
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa MendesAristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
Jorge Almeida
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa MendesAristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
Jorge Almeida
 

Destaque (20)

Cp2 Aristides De Sousa Mendes
Cp2 Aristides De Sousa MendesCp2 Aristides De Sousa Mendes
Cp2 Aristides De Sousa Mendes
 
Aristides Sousa Mendes
Aristides Sousa Mendes  Aristides Sousa Mendes
Aristides Sousa Mendes
 
Holocausto - Aristides de Sousa Mendes
Holocausto - Aristides de Sousa MendesHolocausto - Aristides de Sousa Mendes
Holocausto - Aristides de Sousa Mendes
 
O Holocausto e Aristides de Sousa Mendes
O Holocausto e Aristides de Sousa MendesO Holocausto e Aristides de Sousa Mendes
O Holocausto e Aristides de Sousa Mendes
 
9ºf aristides de sousa mendes ingles
9ºf aristides de sousa mendes ingles9ºf aristides de sousa mendes ingles
9ºf aristides de sousa mendes ingles
 
Aristides De Sousa Mendes
Aristides De Sousa MendesAristides De Sousa Mendes
Aristides De Sousa Mendes
 
Diálogos sobre aristides_de_sousa_mendes
Diálogos sobre aristides_de_sousa_mendesDiálogos sobre aristides_de_sousa_mendes
Diálogos sobre aristides_de_sousa_mendes
 
Concurso "Aristides de Sousa Mendes"
Concurso "Aristides de Sousa Mendes"Concurso "Aristides de Sousa Mendes"
Concurso "Aristides de Sousa Mendes"
 
Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)
Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)
Aristides de sousa mendes 9ºd(afonso,filipa,rafael)
 
Arisitides 2014 01-23
Arisitides 2014 01-23Arisitides 2014 01-23
Arisitides 2014 01-23
 
Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!
Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!
Exposição Aristides de Sousa Mendes: visto para a vida!
 
Livro aristides
Livro aristidesLivro aristides
Livro aristides
 
Aristides de sousa mendes
Aristides de sousa mendesAristides de sousa mendes
Aristides de sousa mendes
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa MendesAristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
 
Aristides sousa mendes ppt
Aristides sousa mendes   pptAristides sousa mendes   ppt
Aristides sousa mendes ppt
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
 
Aristides de sousa mendes (2)
Aristides de sousa mendes (2)Aristides de sousa mendes (2)
Aristides de sousa mendes (2)
 
Justos entre as Nações - Aristides de Sousa Mendes
Justos entre as Nações - Aristides de Sousa MendesJustos entre as Nações - Aristides de Sousa Mendes
Justos entre as Nações - Aristides de Sousa Mendes
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa MendesAristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
 
Aristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa MendesAristides de Sousa Mendes
Aristides de Sousa Mendes
 

Semelhante a Aristides spousa mendes

04 inocentes
04 inocentes04 inocentes
04 inocentes
Thiago Vergete
 
ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012
Thiago Vergete
 
O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009
O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009
O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009
Marcos Gimenes Salun
 
O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010
O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010
O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010
Marcos Gimenes Salun
 
Durval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júniorDurval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júnior
Linguagens Identidades
 
Durval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júniorDurval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júnior
Linguagens Identidades
 

Semelhante a Aristides spousa mendes (6)

04 inocentes
04 inocentes04 inocentes
04 inocentes
 
ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA INOCENTES DE BELFORD ROXO 2012
 
O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009
O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009
O Bandeirante - n.194 - Janeiro de 2009
 
O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010
O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010
O Bandeirante - n.213 - Agosto de 2010
 
Durval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júniorDurval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júnior
 
Durval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júniorDurval muniz de albuquerque júnior
Durval muniz de albuquerque júnior
 

Mais de Bibliotecas Escolares Fernão de Magalhães

Boletim Informativo 2
Boletim Informativo 2Boletim Informativo 2
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Memória do Holocausto
Memória  do HolocaustoMemória  do Holocausto
Anne frank
Anne frankAnne frank
Boletim Informativo
Boletim InformativoBoletim Informativo
Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 2Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 1
Direitos Humanos 1Direitos Humanos 1

Mais de Bibliotecas Escolares Fernão de Magalhães (7)

Boletim Informativo 2
Boletim Informativo 2Boletim Informativo 2
Boletim Informativo 2
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Memória do Holocausto
Memória  do HolocaustoMemória  do Holocausto
Memória do Holocausto
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Boletim Informativo
Boletim InformativoBoletim Informativo
Boletim Informativo
 
Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 2Direitos Humanos 2
Direitos Humanos 2
 
Direitos Humanos 1
Direitos Humanos 1Direitos Humanos 1
Direitos Humanos 1
 

Aristides spousa mendes

  • 1.
  • 3. ARISTIDES DE SOUSA MENDES, O CÔNSUL DE BORDÉUS 1885 1907 1909 1910 1911 1918 1919 1921 1924 1926 1927 Nasce em Ca- Conclui Licencia- Muda-se para Casa com Ange- Nomeado cônsul Cônsul em Zan- Nomeado cônsul Castigado por Com a intersec- Cônsul em S. Regressa a Lis- Cônsul em Vigo banas de Viria- tura em Direito, Lisboa, onde lina (prima em de 2ª classe em zibar, Tanzânia. em Curitiba, Sidónio Pais pe- ção do seu ir- Luís do Mara- boa. Faz serviço to, Viseu. Tem na Universidade opta pela car- 2º grau, de com Demerara Brasil las suas convic- mão regressa nhão, Brasil. na Direção- um irmão gé- de Coimbra. reira diplomáti- quem tem 14 (Guiana). ções monárqui- ao ativo, dirige Geral de Negó- meo. ca (sempre em filho(a)s cas fica 2 anos o consulado cio Comerciais e paralelismo com Promovido a inativo. português de S. Dirige o Consu- Consulares. o seu irmão gé- Cônsul de 1ª Francisco, Cali- lado de Porto meo, César. classe. fórnia, EUA. Alegre, Brasil. 1929 1936 1938 1940 1945 1948 1954 1967 1986 1998 1994 Cônsul Geral Condecoração Nomeado Côn- Contraria or- Nesse mesmo Finda a Guerra, Morre a sua Morre em Lis- Memorial de Mário Soares É erigida à sua A Assembleia em Antuérpia. pelo rei Leopol- sul em Bordéus. dens de Salazar ano Salazar ASM reclama esposa, Angeli- boa, acompa- Yad Vashem reconhece os memória está- da Republica do III, da Bélgi- e passa mais de convoca ASM a do seu castigo na Sousa Men- nhado por uma (Memorial do seus feitos e tua em Bordéus. procede à sua ca. 30 000 vistos Lisboa e castiga para a Assem- des sobrinha (os Holocausto situ- condecora ASM, reabilitação para o nosso -o severamente, bleia Nacional filhos tinham ado em Jerusa- a titulo póstumo oficial como di- país a judeus e 1 ano de inati- e o Supremo emigrado para o lém) em Israel, com o grau de plomata portu- pessoas de ou- vidade e de- Tribunal Admi- Canadá e EUA). presta-lhe ho- oficial da or- guês. tras minorias pois, aposenta- nistrativo, sem menagem. dem da Liber- perseguidas o sem qualquer sucesso. dade. pelo nazismo. vencimento. Morre pobre e Nos tempos mais recentes desonrado. tem sido alvo de várias homenagens póstumas em reconhecimento pelos seus feitos, enquanto cônsul de Bordéus.
  • 4. ARISTIDES DE SOUSA MENDES, O CÔNSUL DE BORDÉUS Em vários cantos do mundo 1 Nomeado cônsul de 2ª classe em Demerara (Guiana inglesa). 2 Cônsul em Zanzibar, Tanzânia. 3 Nomeado cônsul em Curitiba, Brasil 4 Após castigo imposto por Sidónio Pais, regressa à diplomacia em 1921e dirige o consulado português de S. Francisco, Califórnia, EUA. 5 Cônsul em S. Luís do Maranhão, Brasil. 6 Dirige o Consulado de Porto Alegre, Brasil.
  • 5. 1 Cônsul em Vigo 2 Cônsul Geral em Antuérpia. 3 Nomeado Cônsul em Bordéus. Como Cônsul - Geral de Bordéus toma a decisão que marca a sua vida, de, contrariando as ordens de António Oliveira Sala- zar, passa vistos de entrada para o nosso país a mais de 30 000 judeus e outros indivíduos perseguidos pelo regime nazi. É pela sua mão e com a ajuda de 2 dos seus filhos mais velhos que toma esta atitude de humanismo, que salva a vida de mi- lhares de pessoas, sendo depois castigado severamente por este ato de rebeldia. Aristides de Sousa Mendes salva ainda mais vidas, pois, passa ainda mais vistos nas dependências do consulado geral de Bordéus, localizadas em Bayonne e Hendaya. ARISTIDES DE SOUSA MENDES, O CÔNSUL DE BORDÉUS Percurso na Europa
  • 6. 1 Nasce em Cabanas de Viriato, Viseu. Tem um irmão gémeo (1885). ARISTIDES DE SOUSA MENDES, 2 Conclui Licenciatura em Direito, na Universidade de Coimbra (1907). O CÔNSUL DE BORDÉUS 3 Muda-se para Lisboa, onde opta pela carreira diplo- mática. Seguidamente faz carreira diplomática, passando por vários pontos do mundo. Vida em Portugal 1 Regressa a Lisboa em 1926, trabalha na Direção-Geral de Negócios Comerciais e Consulares. Entretanto, prossegue a sua carreira diplomática, agora nalguns pontos do continente europeu até 1940, quan- do regressa a Portugal (Lisboa), por ordem de Oliveira 2 Salazar, que o castiga afastando-o da vida diplomática, impedindo-o de exercer a advocacia, entre outras san- ções, por ter passado vistos para o nosso país a mais de 30 000 pessoas perseguidas pela Alemanha nazi. 3
  • 7. Trabalho realizado pelos alunos de Geografia com a supervisão do professor Agostinho Lage