SlideShare uma empresa Scribd logo
Bacias hidrográficas brasileiras Professor Waender Soares
Bacias hidrográficas brasileiras. bacia hidrográfica  ou  bacia de drenagem   de  um curso de água é o conjunto de terras que fazem a drenagem da água das chuvas para esse curso de água e seus  afluentes
Rios de planaltos
Ideal para construir hidrelétricas. Devido à natureza do relevo, no Brasil predominam os rios de planalto, que apresentam rupturas de declive, vales encaixados, entre outras características, que lhes conferem um alto potencial para a geração de energia elétrica. Encachoeirados e com muitos desníveis entre a nascente e a foz, os rios de planalto apresentam  grandes quedas-d’água.
Eclusas do rio Tietê para navegação
Rios de planícies Usados basicamente para a navegação fluvial, por não apresentarem cachoeiras e saltos em seu percurso. Como exemplo, podem ser citados alguns rios da bacia Amazônica (região Norte) e da bacia Paraguaia (região Centro-Oeste, ocupando áreas do Pantanal Mato-Grossense). Entre os grandes rios nacionais, apenas o Amazonas e o Paraguai são predominantemente de planície e largamente utilizados para a navegação.
Embarque e desembarque de passageiros e carga em Juruti : navegação entre Manaus e Oriximiná pelo Rio Amazonas
Hidrografia do Brasil  O Brasil tem um dos maiores complexos hidrográficos do mundo, apresentando rios com grandes extensões, larguras e profundidades. A maioria dos rios brasileiros nasce em regiões pouco elevadas, com exceção do rio Amazonas e de alguns afluentes que nascem na cordilheira dos Andes. O Brasil possui 8% de toda a água doce que está na superfície da Terra. Além disso, a maior bacia fluvial do mundo, a Amazônica, também fica no Brasil. Somente o rio Amazonas deságua no mar um quinto de toda a água doce que é despejada nos oceanos.
 
Bacias Hidrográficas do Brasil.
Bacia do Amazonas. É a maior bacia hidrográfica do mundo, com 7.050.000 km², sendo mais da metade localizado em terras brasileiras. Abrange também terras da Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa e Suriname. Seu rio principal, o Amazonas, nasce no Peru com o nome de Vilcanota e recebe posteriormente os nomes de Ucaiali, Urubamba e Marañon. Quando entra no Brasil, passa a se chamar Solimões e, após o encontro com o Rio Negro, perto de Manaus, recebe o nome de Rio Amazonas.
 
 
Porto de Manaus.
Bacia Tocantins-Araguaia Com uma área superior a 800.000 km 2 , a bacia do rio Tocantins-Araguaia é a maior bacia hidrográfica inteiramente situada em território brasileiro. O rio Tocantins nasce na confluência dos rios Maranhão e Paraná (GO), enquanto o Araguaia nasce no Mato Grosso. Localiza-se nessa bacia a usina de Tucuruí (PA), que abastece projetos para a extração de ferro e alumínio.
Hidrelétrica de Tucuruí.
Temporada no  Rio Araguaia .
Bacia platina Bacia do Paraná  Bacia do Paraguai Bacia do Uruguai.
Bacia do Paraná É a região mais industrializada e urbanizada do país. Na bacia do Paraná reside quase um terço da população brasileira, sendo os principais aglomerados urbanos as regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas e de Curitiba. O rio Paraná, com aproximadamente 4.100 km, tem suas nascentes na região Sudeste, separando as terras do Paraná do Mato Grosso do Sul e do Paraguai. O rio Paraná é o principal curso d'água da bacia, mas também são muito importantes os seus afluentes e formadores, como os rios Grande, Paranaíba, Tietê, Paranapanema, Iguaçu, dentre outros. Essa bacia hidrográfica é a que tem a maior produção hidrelétrica do país, abrigando a maior usina hidrelétrica do mundo: a Usina de Itaipu, no Estado do Paraná, projeto conjunto entre Brasil e Paraguai.
Hidrelétrica de Itaipu Binacional – Brasil e Paraguai.
Bacia do São Francisco. Nasce em Minas Gerais, na serra da Canastra, atravessando os estados da Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O Rio São Francisco é o principal curso d'água da bacia, com cerca de 2.700 km de extensão e 168 afluentes. De grande importância política, econômica e social, principalmente para a região nordeste do país, é navegável por cerca de 1.800 km, desde Pirapora, em Minas Gerais, até a cachoeira de Paulo Afonso. O principal aglomerado populacional da bacia do São Francisco corresponde à Região Metropolitana de Belo Horizonte, na região do Alto São Francisco.
Transposição do São Francisco.
 
Bacia do Rio Doce.
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O relevo e as suas formas
O relevo e as suas formasO relevo e as suas formas
O relevo e as suas formas
profacacio
 
Vegetação do brasil
Vegetação do brasilVegetação do brasil
Vegetação do brasil
João José Ferreira Tojal
 
Ásia
ÁsiaÁsia
Relevo
RelevoRelevo
Brasil características gerais
Brasil características geraisBrasil características gerais
Brasil características gerais
Salageo Cristina
 
Aspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoAspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiatico
flaviocosac
 
Climas do Brasil
Climas do BrasilClimas do Brasil
Climas do Brasil
moajr2
 
Regiões polares
Regiões polaresRegiões polares
Regiões polares
Fernanda Lopes
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
Prof.Paulo/geografia
 
Clima E Climas Do Brasil Aula
Clima E Climas Do Brasil   AulaClima E Climas Do Brasil   Aula
Clima E Climas Do Brasil Aula
Luciano Pessanha
 
Vegetação Brasileira
Vegetação BrasileiraVegetação Brasileira
Vegetação Brasileira
Cleber Reis
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
Professor
 
Localização do território brasileiro
Localização do território brasileiroLocalização do território brasileiro
Localização do território brasileiro
Gabrielly Peixoto
 
áSia Quadro Natural
áSia   Quadro NaturaláSia   Quadro Natural
áSia Quadro Natural
Luciano Pessanha
 
Aspectos naturais da América
Aspectos naturais da AméricaAspectos naturais da América
Aspectos naturais da América
Bruna Ribeiro Guedes
 
América central
América  centralAmérica  central
América central
Agla Santos
 
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Professor
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
Camila Brito
 
Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II
Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental IIClima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II
Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II
Jaciane Anizio
 
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores ClimáticosClima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Mais procurados (20)

O relevo e as suas formas
O relevo e as suas formasO relevo e as suas formas
O relevo e as suas formas
 
Vegetação do brasil
Vegetação do brasilVegetação do brasil
Vegetação do brasil
 
Ásia
ÁsiaÁsia
Ásia
 
Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Brasil características gerais
Brasil características geraisBrasil características gerais
Brasil características gerais
 
Aspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoAspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiatico
 
Climas do Brasil
Climas do BrasilClimas do Brasil
Climas do Brasil
 
Regiões polares
Regiões polaresRegiões polares
Regiões polares
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
 
Clima E Climas Do Brasil Aula
Clima E Climas Do Brasil   AulaClima E Climas Do Brasil   Aula
Clima E Climas Do Brasil Aula
 
Vegetação Brasileira
Vegetação BrasileiraVegetação Brasileira
Vegetação Brasileira
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
 
Localização do território brasileiro
Localização do território brasileiroLocalização do território brasileiro
Localização do território brasileiro
 
áSia Quadro Natural
áSia   Quadro NaturaláSia   Quadro Natural
áSia Quadro Natural
 
Aspectos naturais da América
Aspectos naturais da AméricaAspectos naturais da América
Aspectos naturais da América
 
América central
América  centralAmérica  central
América central
 
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
 
Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II
Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental IIClima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II
Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II
 
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores ClimáticosClima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
 

Destaque

ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIABACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
Conceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano BBACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano B
Conceição Fontolan
 
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
Conceição Fontolan
 
Relatório de gestão 2011 – epe
Relatório de gestão 2011 – epeRelatório de gestão 2011 – epe
Relatório de gestão 2011 – epe
Kizmel Stone
 
Geo araguaia
Geo araguaiaGeo araguaia
Geo araguaia
edsonluz
 
Apresentação tocantins araguaia v4
Apresentação   tocantins araguaia v4Apresentação   tocantins araguaia v4
Apresentação tocantins araguaia v4
Dgeison Peixoto
 
Bacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - AraguaiaBacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - Araguaia
Naira Delazari
 
Bacias hidrograficas do brasil
Bacias hidrograficas do brasilBacias hidrograficas do brasil
Bacias hidrograficas do brasil
DANUBIA ZANOTELLI
 
Bacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantinsBacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantins
Edmar Souza
 

Destaque (10)

ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
ÁFRICA
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIABACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
 
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano BBACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano B
 
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
 
Relatório de gestão 2011 – epe
Relatório de gestão 2011 – epeRelatório de gestão 2011 – epe
Relatório de gestão 2011 – epe
 
Geo araguaia
Geo araguaiaGeo araguaia
Geo araguaia
 
Apresentação tocantins araguaia v4
Apresentação   tocantins araguaia v4Apresentação   tocantins araguaia v4
Apresentação tocantins araguaia v4
 
Bacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - AraguaiaBacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - Araguaia
 
Bacias hidrograficas do brasil
Bacias hidrograficas do brasilBacias hidrograficas do brasil
Bacias hidrograficas do brasil
 
Bacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantinsBacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantins
 

Semelhante a Bacias hidrográficas brasileiras

Hidrografia 6ªresumo
Hidrografia 6ªresumoHidrografia 6ªresumo
Hidrografia 6ªresumo
edna2
 
Aspectos fisicos do brasil
Aspectos fisicos do brasilAspectos fisicos do brasil
Aspectos fisicos do brasil
Maria Cledionora Tavares Tavares
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
dennysosm
 
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras  Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Geisa Andrade
 
Bacias hidrograficas
Bacias hidrograficasBacias hidrograficas
Bacias hidrograficas
ERLANDIEGO
 
A Bacia Amazônica
 A Bacia Amazônica A Bacia Amazônica
A Bacia Amazônica
Joemille Leal
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
João José Ferreira Tojal
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
IPA Metodista
 
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
MARIAAPARECIDAALVESD27
 
Modulo 10 - As águas no Brasil
Modulo 10 - As águas no BrasilModulo 10 - As águas no Brasil
Modulo 10 - As águas no Brasil
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Hidrografia e hidreletricas no brasil
Hidrografia e hidreletricas no brasilHidrografia e hidreletricas no brasil
Hidrografia e hidreletricas no brasil
Salageo Cristina
 
Hidrografia brasileira
Hidrografia brasileiraHidrografia brasileira
Hidrografia brasileira
dela28
 
áGuas continentais do brasil
áGuas continentais do brasiláGuas continentais do brasil
áGuas continentais do brasil
Wander Junior
 
Bacias hidrográficas 2014
Bacias hidrográficas 2014Bacias hidrográficas 2014
Bacias hidrográficas 2014
Jr Nascimento
 
Bacias hidrográficas brasileiras
Bacias hidrográficas brasileirasBacias hidrográficas brasileiras
Bacias hidrográficas brasileiras
Carlão Otavio
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
rafaelescola412
 
Hidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos Eduardo
Hidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos EduardoHidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos Eduardo
Hidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos Eduardo
valdeniDinamizador
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
João José Ferreira Tojal
 
As grandes bacias hidrográficas brasileiras
As grandes bacias hidrográficas brasileirasAs grandes bacias hidrográficas brasileiras
As grandes bacias hidrográficas brasileiras
Raquel Avila
 
A Hidrografia Brasileira ( Geografia)
A Hidrografia Brasileira ( Geografia)A Hidrografia Brasileira ( Geografia)
A Hidrografia Brasileira ( Geografia)
valdeniDinamizador
 

Semelhante a Bacias hidrográficas brasileiras (20)

Hidrografia 6ªresumo
Hidrografia 6ªresumoHidrografia 6ªresumo
Hidrografia 6ªresumo
 
Aspectos fisicos do brasil
Aspectos fisicos do brasilAspectos fisicos do brasil
Aspectos fisicos do brasil
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
 
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras  Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
 
Bacias hidrograficas
Bacias hidrograficasBacias hidrograficas
Bacias hidrograficas
 
A Bacia Amazônica
 A Bacia Amazônica A Bacia Amazônica
A Bacia Amazônica
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
 
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
 
Modulo 10 - As águas no Brasil
Modulo 10 - As águas no BrasilModulo 10 - As águas no Brasil
Modulo 10 - As águas no Brasil
 
Hidrografia e hidreletricas no brasil
Hidrografia e hidreletricas no brasilHidrografia e hidreletricas no brasil
Hidrografia e hidreletricas no brasil
 
Hidrografia brasileira
Hidrografia brasileiraHidrografia brasileira
Hidrografia brasileira
 
áGuas continentais do brasil
áGuas continentais do brasiláGuas continentais do brasil
áGuas continentais do brasil
 
Bacias hidrográficas 2014
Bacias hidrográficas 2014Bacias hidrográficas 2014
Bacias hidrográficas 2014
 
Bacias hidrográficas brasileiras
Bacias hidrográficas brasileirasBacias hidrográficas brasileiras
Bacias hidrográficas brasileiras
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
 
Hidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos Eduardo
Hidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos EduardoHidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos Eduardo
Hidrografia Brasileira - Rogerio, Carlos Eduardo
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
 
As grandes bacias hidrográficas brasileiras
As grandes bacias hidrográficas brasileirasAs grandes bacias hidrográficas brasileiras
As grandes bacias hidrográficas brasileiras
 
A Hidrografia Brasileira ( Geografia)
A Hidrografia Brasileira ( Geografia)A Hidrografia Brasileira ( Geografia)
A Hidrografia Brasileira ( Geografia)
 

Mais de Waender Soares

Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3
Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3
Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3
Waender Soares
 
Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018
Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018
Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018
Waender Soares
 
Resolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoal
Resolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoalResolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoal
Resolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoal
Waender Soares
 
Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...
Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...
Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...
Waender Soares
 
Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017
Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017 Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017
Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017
Waender Soares
 
Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.
Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.
Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.
Waender Soares
 
Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016 designação 2017
Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016  designação 2017Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016  designação 2017
Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016 designação 2017
Waender Soares
 
Resolução see inscricao e designacao 2017
Resolução see inscricao e designacao 2017Resolução see inscricao e designacao 2017
Resolução see inscricao e designacao 2017
Waender Soares
 
Ficha de filiação
Ficha de filiaçãoFicha de filiação
Ficha de filiação
Waender Soares
 
Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.
Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.
Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.
Waender Soares
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
Waender Soares
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
Waender Soares
 
Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...
Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...
Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...
Waender Soares
 
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...
Waender Soares
 
Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.
Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.
Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.
Waender Soares
 
Projeto de lei nº 1.504/ 2015
Projeto de lei nº 1.504/ 2015Projeto de lei nº 1.504/ 2015
Projeto de lei nº 1.504/ 2015
Waender Soares
 
Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...
Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...
Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...
Waender Soares
 
Assembleia 31 de março de 2015
Assembleia 31 de março de 2015Assembleia 31 de março de 2015
Assembleia 31 de março de 2015
Waender Soares
 
Kit Justiça 2015 Sind-UTE/MG
Kit Justiça 2015 Sind-UTE/MGKit Justiça 2015 Sind-UTE/MG
Kit Justiça 2015 Sind-UTE/MG
Waender Soares
 
Pauta de reivindicacões 2014
Pauta de reivindicacões 2014 Pauta de reivindicacões 2014
Pauta de reivindicacões 2014
Waender Soares
 

Mais de Waender Soares (20)

Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3
Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3
Kit justiça 2021 sind-utemg-v2-3
 
Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018
Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018
Ficha de-filiacao-rede-estadual-2018
 
Resolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoal
Resolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoalResolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoal
Resolucao see n 4.112 de 07 de janeiro de 2019 quadro de pessoal
 
Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...
Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...
Kit Justiça - 2018 SIND-UTE/MG. Principais ações propostas pelo Departamento ...
 
Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017
Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017 Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017
Resolução see nº 3205, de 26 dezembro de 2016 - Quadro de pessoal 2017
 
Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.
Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.
Oficio circular sbsee nº208 16 reposição.
 
Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016 designação 2017
Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016  designação 2017Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016  designação 2017
Reso lução see nº 3 .118, de 17 de nov embro de 2016 designação 2017
 
Resolução see inscricao e designacao 2017
Resolução see inscricao e designacao 2017Resolução see inscricao e designacao 2017
Resolução see inscricao e designacao 2017
 
Ficha de filiação
Ficha de filiaçãoFicha de filiação
Ficha de filiação
 
Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.
Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.
Informa 133 Sind-UTE/MG Campanha salarial 2016.
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
 
Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...
Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...
Orientação para concessão de afastamento em férias-prêmio dos servidores da S...
 
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PUBLICA LISTA COM MAIS DE 17 MIL PROMOÇÕES D...
 
Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.
Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.
Resolução 2784 - 24 de julho 2015 Reposicionamento de certificação.
 
Projeto de lei nº 1.504/ 2015
Projeto de lei nº 1.504/ 2015Projeto de lei nº 1.504/ 2015
Projeto de lei nº 1.504/ 2015
 
Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...
Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...
Governo do estado apresenta nova proposta ao sind-UTE/MG no dia 17 de abril d...
 
Assembleia 31 de março de 2015
Assembleia 31 de março de 2015Assembleia 31 de março de 2015
Assembleia 31 de março de 2015
 
Kit Justiça 2015 Sind-UTE/MG
Kit Justiça 2015 Sind-UTE/MGKit Justiça 2015 Sind-UTE/MG
Kit Justiça 2015 Sind-UTE/MG
 
Pauta de reivindicacões 2014
Pauta de reivindicacões 2014 Pauta de reivindicacões 2014
Pauta de reivindicacões 2014
 

Último

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 

Último (20)

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 

Bacias hidrográficas brasileiras

  • 1. Bacias hidrográficas brasileiras Professor Waender Soares
  • 2. Bacias hidrográficas brasileiras. bacia hidrográfica ou bacia de drenagem de um curso de água é o conjunto de terras que fazem a drenagem da água das chuvas para esse curso de água e seus afluentes
  • 4. Ideal para construir hidrelétricas. Devido à natureza do relevo, no Brasil predominam os rios de planalto, que apresentam rupturas de declive, vales encaixados, entre outras características, que lhes conferem um alto potencial para a geração de energia elétrica. Encachoeirados e com muitos desníveis entre a nascente e a foz, os rios de planalto apresentam grandes quedas-d’água.
  • 5. Eclusas do rio Tietê para navegação
  • 6. Rios de planícies Usados basicamente para a navegação fluvial, por não apresentarem cachoeiras e saltos em seu percurso. Como exemplo, podem ser citados alguns rios da bacia Amazônica (região Norte) e da bacia Paraguaia (região Centro-Oeste, ocupando áreas do Pantanal Mato-Grossense). Entre os grandes rios nacionais, apenas o Amazonas e o Paraguai são predominantemente de planície e largamente utilizados para a navegação.
  • 7. Embarque e desembarque de passageiros e carga em Juruti : navegação entre Manaus e Oriximiná pelo Rio Amazonas
  • 8. Hidrografia do Brasil O Brasil tem um dos maiores complexos hidrográficos do mundo, apresentando rios com grandes extensões, larguras e profundidades. A maioria dos rios brasileiros nasce em regiões pouco elevadas, com exceção do rio Amazonas e de alguns afluentes que nascem na cordilheira dos Andes. O Brasil possui 8% de toda a água doce que está na superfície da Terra. Além disso, a maior bacia fluvial do mundo, a Amazônica, também fica no Brasil. Somente o rio Amazonas deságua no mar um quinto de toda a água doce que é despejada nos oceanos.
  • 9.  
  • 11. Bacia do Amazonas. É a maior bacia hidrográfica do mundo, com 7.050.000 km², sendo mais da metade localizado em terras brasileiras. Abrange também terras da Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa e Suriname. Seu rio principal, o Amazonas, nasce no Peru com o nome de Vilcanota e recebe posteriormente os nomes de Ucaiali, Urubamba e Marañon. Quando entra no Brasil, passa a se chamar Solimões e, após o encontro com o Rio Negro, perto de Manaus, recebe o nome de Rio Amazonas.
  • 12.  
  • 13.  
  • 15. Bacia Tocantins-Araguaia Com uma área superior a 800.000 km 2 , a bacia do rio Tocantins-Araguaia é a maior bacia hidrográfica inteiramente situada em território brasileiro. O rio Tocantins nasce na confluência dos rios Maranhão e Paraná (GO), enquanto o Araguaia nasce no Mato Grosso. Localiza-se nessa bacia a usina de Tucuruí (PA), que abastece projetos para a extração de ferro e alumínio.
  • 17. Temporada no Rio Araguaia .
  • 18. Bacia platina Bacia do Paraná Bacia do Paraguai Bacia do Uruguai.
  • 19. Bacia do Paraná É a região mais industrializada e urbanizada do país. Na bacia do Paraná reside quase um terço da população brasileira, sendo os principais aglomerados urbanos as regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas e de Curitiba. O rio Paraná, com aproximadamente 4.100 km, tem suas nascentes na região Sudeste, separando as terras do Paraná do Mato Grosso do Sul e do Paraguai. O rio Paraná é o principal curso d'água da bacia, mas também são muito importantes os seus afluentes e formadores, como os rios Grande, Paranaíba, Tietê, Paranapanema, Iguaçu, dentre outros. Essa bacia hidrográfica é a que tem a maior produção hidrelétrica do país, abrigando a maior usina hidrelétrica do mundo: a Usina de Itaipu, no Estado do Paraná, projeto conjunto entre Brasil e Paraguai.
  • 20. Hidrelétrica de Itaipu Binacional – Brasil e Paraguai.
  • 21. Bacia do São Francisco. Nasce em Minas Gerais, na serra da Canastra, atravessando os estados da Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O Rio São Francisco é o principal curso d'água da bacia, com cerca de 2.700 km de extensão e 168 afluentes. De grande importância política, econômica e social, principalmente para a região nordeste do país, é navegável por cerca de 1.800 km, desde Pirapora, em Minas Gerais, até a cachoeira de Paulo Afonso. O principal aglomerado populacional da bacia do São Francisco corresponde à Região Metropolitana de Belo Horizonte, na região do Alto São Francisco.
  • 23.  
  • 24. Bacia do Rio Doce.
  • 25.