SlideShare uma empresa Scribd logo
Nome: Gustavo HenriqueGustavo Henrique
Nome:Jeckson JeanJeckson Jean
Série : 9°ANO B9°ANO B
1 - Machado de Assis: Embora o
marketing da Caixa tenha desconsiderado
o fato, o maior escritor de todos os
tempos da literatura brasileira e mundial é
um negro cuja obra se tornou imortal e
eterna, com seu jeito único de escrever
rompendo as barreiras do preconceito;
2 - Oswaldo de Camargo: Um dos principais2 - Oswaldo de Camargo: Um dos principais
conhecedores da literatura negra no Brasil. Alémconhecedores da literatura negra no Brasil. Além
do estudo a esta literatura, é contista, poeta,do estudo a esta literatura, é contista, poeta,
novelista e jornalista;novelista e jornalista;
3- Manoel Soares: é um daqueles caras que vem3- Manoel Soares: é um daqueles caras que vem
com a palavra "engajado" na testa. Lídercom a palavra "engajado" na testa. Líder
comunitário, e repórter da RBS TV, seu primeirocomunitário, e repórter da RBS TV, seu primeiro
livro chama a atenção para o problema do Crack.livro chama a atenção para o problema do Crack.
Zumbis da Pedra escrito junto com Marco CenaZumbis da Pedra escrito junto com Marco Cena
faz um alerta, e uma analogia bem perspicaz.faz um alerta, e uma analogia bem perspicaz.
Solano Trindade (Recife, 24 de julho de 1908 —
Rio de Janeiro, 19 de fevereiro de 1974) foi um
poeta brasileiro, folclorista, pintor, ator,
teatrólogo e cineasta.
Filho do sapateiro Manuel Abílio Trindade, foi
operário, comerciário e colaborou na imprensa.
No ano de 1934 idealizou o I
Congresso Afro-Brasileiro no Recife,
Pernambuco, e participou em 1936 do II
Congresso Afro-Brasileiro em Salvador, Bahia.
Mudou-se para o Rio de Janeiro, nos anos 40 e
logo depois para a São Paulo, onde passou a
maior parte de sua vida no convívio de artistas e
intelectuais. Participou de um grupo de artistas
plásticos com Sakai de Embu onde integrou na
produção artística a cultura negra e tradições
afro-descendentes. O poeta foi homenageado
com o nome em uma escola e uma rua na região
central do município.
Trabalhou no filme
A Hora e a Vez de Augusto Matraga de
Roberto Santos
Joel Rufino dos Santo
Rio de Janeiro, 1941-) é um
historiador, professor e escritor
brasileiro. É um dos nomes de
referência sobre cultura africana
no país.
Nascido no bairro de Cascadura,
cresceu apreciando a leitura de
histórias em quadrinhos
José Carlos LIMEIRA Marinho Santos, nasceu em
Salvador -BA
em 01 de maio de 1951. Engenheiro Mecânico,
atualmente é Assessor
Técnico da Reitoria da Universidade do Estado da
Bahia. Escreve
poemas, contos, crônicas e artigos publicando desde
1971. Entre
seus livros, Zumbi... dos, Lembranças, O Arco Íris
Negro (parceria
com Éle Semog), Atabaques (parceria com Éle Semog).
Participou de
vários números dos Cadernos Negros e das Antologias
Schwarze
Poesie (Ed. Diá-Alemanha
Livros e flores
Teus olhos são meus livros.
Que livro há aí melhor,
Em que melhor se leia
A página do amor?
Flores me são teus lábios.
Onde há mais bela flor,
Em que melhor se beba
O bálsamo do amor?
Machado de Assis
Canta América
Não o canto de mentira e falsidade
que a ilusão ariana
cantou para o mundo
na conquista do ouro
nem o canto da supremacia dos
derramadores de sangue
das utópicas novas ordens
de napoleônicas conquistas
mas o canto da liberdade dos
povos
e do direito do trabalhador...
Solano Trindade
Autores e poetas negros

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
marlospg
 
Aula quarto de despejo
Aula quarto de despejoAula quarto de despejo
Aula quarto de despejo
Fabiana Fioretti
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
Elza Silveira
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
Fábio Guimarães
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
Ricardo Leandro Flores Ricalde
 
Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
Verônica Carvalho
 
Ementa Ensino Médio
Ementa Ensino MédioEmenta Ensino Médio
Ementa Ensino Médio
CamilaClivati
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Aula substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino Médio
Aula  substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino MédioAula  substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino Médio
Aula substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino Médio
Prof Palmito Rocha
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
Cláudia Heloísa
 
Como fazer um bom resumo
Como fazer um bom resumoComo fazer um bom resumo
Como fazer um bom resumo
Kelly Delfino
 
Produção de Texto
Produção de TextoProdução de Texto
Produção de Texto
Editora Moderna
 
Resenha
ResenhaResenha
Repertório
RepertórioRepertório
Repertório
Rayane Roale
 
Conclusão - Dissertação
Conclusão - DissertaçãoConclusão - Dissertação
Conclusão - Dissertação
Cynthia Funchal
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
Angélica Manenti
 
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIASLITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
Amelia Barros
 
4. generos textuais aula 3
4. generos textuais   aula 34. generos textuais   aula 3
4. generos textuais aula 3
Nastrilhas da lingua portuguesa
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
Sabrina Paiva
 

Mais procurados (20)

Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Aula quarto de despejo
Aula quarto de despejoAula quarto de despejo
Aula quarto de despejo
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Generos textuais
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Ementa Ensino Médio
Ementa Ensino MédioEmenta Ensino Médio
Ementa Ensino Médio
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Aula substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino Médio
Aula  substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino MédioAula  substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino Médio
Aula substantivo x adjetivo - 2º ano do Ensino Médio
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Como fazer um bom resumo
Como fazer um bom resumoComo fazer um bom resumo
Como fazer um bom resumo
 
Produção de Texto
Produção de TextoProdução de Texto
Produção de Texto
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
 
Repertório
RepertórioRepertório
Repertório
 
Conclusão - Dissertação
Conclusão - DissertaçãoConclusão - Dissertação
Conclusão - Dissertação
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
 
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIASLITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
 
4. generos textuais aula 3
4. generos textuais   aula 34. generos textuais   aula 3
4. generos textuais aula 3
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
 

Destaque

Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)
Michele Pó
 
Stem Changers Ppt
Stem Changers PptStem Changers Ppt
Stem Changers Ppt
Amy Lenord
 
PROJETO: SARAU LITERÁRIO
PROJETO: SARAU LITERÁRIOPROJETO: SARAU LITERÁRIO
PROJETO: SARAU LITERÁRIO
Escola Estadual Antônio Valadares
 
Sarau de poesias
Sarau de poesiasSarau de poesias
Sarau de poesias
Sel78
 
Projeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação InfantilProjeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação Infantil
Mayara Silva
 
Projeto Dengue
Projeto Dengue Projeto Dengue

Destaque (6)

Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)
 
Stem Changers Ppt
Stem Changers PptStem Changers Ppt
Stem Changers Ppt
 
PROJETO: SARAU LITERÁRIO
PROJETO: SARAU LITERÁRIOPROJETO: SARAU LITERÁRIO
PROJETO: SARAU LITERÁRIO
 
Sarau de poesias
Sarau de poesiasSarau de poesias
Sarau de poesias
 
Projeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação InfantilProjeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação Infantil
 
Projeto Dengue
Projeto Dengue Projeto Dengue
Projeto Dengue
 

Semelhante a Autores e poetas negros

Presentación en Power Point - TP3
Presentación en Power Point - TP3Presentación en Power Point - TP3
Presentación en Power Point - TP3
Mike Outgoing
 
O que é literatura de cordel
O que é literatura de cordelO que é literatura de cordel
O que é literatura de cordel
Adriana Leite Campos
 
Apres proj aprendizagem_21_ago
Apres proj aprendizagem_21_agoApres proj aprendizagem_21_ago
Apres proj aprendizagem_21_ago
Patrícia Prata
 
Pré-Modernismo
Pré-ModernismoPré-Modernismo
Pré-Modernismo
Faell Vasconcelos
 
O romance de 1930
O romance de 1930O romance de 1930
O romance de 1930
alinesantana1422
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
Alef Santana
 
Biografia 4º d
Biografia 4º dBiografia 4º d
Biografia 4º d
informaticapd
 
Biografia 4º D
Biografia 4º DBiografia 4º D
Biografia 4º D
informaticapd
 
Pre modernismo-no-brasil
Pre modernismo-no-brasilPre modernismo-no-brasil
Pre modernismo-no-brasil
Jose Arnaldo Silva
 
Nascida em divinópolis
Nascida em divinópolisNascida em divinópolis
Nascida em divinópolis
Lucas Pascoaloto
 
2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.
2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.
2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.
Lucas Pascoaloto
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
Newltemberg Santos
 
Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)
Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)
Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)
Thaynã Guedes
 
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro AbertoBiografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
valdeniDinamizador
 
Apresentação dos livros
Apresentação dos livrosApresentação dos livros
Apresentação dos livros
Mariááh Almeida Jsm
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
Zenia Ferreira
 
Power point literatura jeferson e raquel
Power point   literatura jeferson e raquelPower point   literatura jeferson e raquel
Power point literatura jeferson e raquel
escolaabtdai
 
pr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdf
pr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdfpr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdf
pr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdf
JliaMatias4
 
Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)
Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)
Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)
Thiago Pereira
 
Aula 19 pré - modernismo - brasil
Aula 19   pré - modernismo - brasilAula 19   pré - modernismo - brasil
Aula 19 pré - modernismo - brasil
Jonatas Carlos
 

Semelhante a Autores e poetas negros (20)

Presentación en Power Point - TP3
Presentación en Power Point - TP3Presentación en Power Point - TP3
Presentación en Power Point - TP3
 
O que é literatura de cordel
O que é literatura de cordelO que é literatura de cordel
O que é literatura de cordel
 
Apres proj aprendizagem_21_ago
Apres proj aprendizagem_21_agoApres proj aprendizagem_21_ago
Apres proj aprendizagem_21_ago
 
Pré-Modernismo
Pré-ModernismoPré-Modernismo
Pré-Modernismo
 
O romance de 1930
O romance de 1930O romance de 1930
O romance de 1930
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
 
Biografia 4º d
Biografia 4º dBiografia 4º d
Biografia 4º d
 
Biografia 4º D
Biografia 4º DBiografia 4º D
Biografia 4º D
 
Pre modernismo-no-brasil
Pre modernismo-no-brasilPre modernismo-no-brasil
Pre modernismo-no-brasil
 
Nascida em divinópolis
Nascida em divinópolisNascida em divinópolis
Nascida em divinópolis
 
2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.
2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.
2ª tarefa do facegrupo de língua portuguesa.
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
 
Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)
Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)
Modernismo de 30 - Rachel de Queiroz e Jorge Amado (Análise Literária)
 
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro AbertoBiografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
 
Apresentação dos livros
Apresentação dos livrosApresentação dos livros
Apresentação dos livros
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
 
Power point literatura jeferson e raquel
Power point   literatura jeferson e raquelPower point   literatura jeferson e raquel
Power point literatura jeferson e raquel
 
pr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdf
pr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdfpr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdf
pr-modernismo-slides-140331142604-phpapp01.pdf
 
Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)
Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)
Semana de Arte Moderna (1ª geração poesia)
 
Aula 19 pré - modernismo - brasil
Aula 19   pré - modernismo - brasilAula 19   pré - modernismo - brasil
Aula 19 pré - modernismo - brasil
 

Autores e poetas negros

  • 1. Nome: Gustavo HenriqueGustavo Henrique Nome:Jeckson JeanJeckson Jean Série : 9°ANO B9°ANO B
  • 2. 1 - Machado de Assis: Embora o marketing da Caixa tenha desconsiderado o fato, o maior escritor de todos os tempos da literatura brasileira e mundial é um negro cuja obra se tornou imortal e eterna, com seu jeito único de escrever rompendo as barreiras do preconceito; 2 - Oswaldo de Camargo: Um dos principais2 - Oswaldo de Camargo: Um dos principais conhecedores da literatura negra no Brasil. Alémconhecedores da literatura negra no Brasil. Além do estudo a esta literatura, é contista, poeta,do estudo a esta literatura, é contista, poeta, novelista e jornalista;novelista e jornalista; 3- Manoel Soares: é um daqueles caras que vem3- Manoel Soares: é um daqueles caras que vem com a palavra "engajado" na testa. Lídercom a palavra "engajado" na testa. Líder comunitário, e repórter da RBS TV, seu primeirocomunitário, e repórter da RBS TV, seu primeiro livro chama a atenção para o problema do Crack.livro chama a atenção para o problema do Crack. Zumbis da Pedra escrito junto com Marco CenaZumbis da Pedra escrito junto com Marco Cena faz um alerta, e uma analogia bem perspicaz.faz um alerta, e uma analogia bem perspicaz.
  • 3.
  • 4. Solano Trindade (Recife, 24 de julho de 1908 — Rio de Janeiro, 19 de fevereiro de 1974) foi um poeta brasileiro, folclorista, pintor, ator, teatrólogo e cineasta. Filho do sapateiro Manuel Abílio Trindade, foi operário, comerciário e colaborou na imprensa. No ano de 1934 idealizou o I Congresso Afro-Brasileiro no Recife, Pernambuco, e participou em 1936 do II Congresso Afro-Brasileiro em Salvador, Bahia. Mudou-se para o Rio de Janeiro, nos anos 40 e logo depois para a São Paulo, onde passou a maior parte de sua vida no convívio de artistas e intelectuais. Participou de um grupo de artistas plásticos com Sakai de Embu onde integrou na produção artística a cultura negra e tradições afro-descendentes. O poeta foi homenageado com o nome em uma escola e uma rua na região central do município. Trabalhou no filme A Hora e a Vez de Augusto Matraga de Roberto Santos
  • 5. Joel Rufino dos Santo Rio de Janeiro, 1941-) é um historiador, professor e escritor brasileiro. É um dos nomes de referência sobre cultura africana no país. Nascido no bairro de Cascadura, cresceu apreciando a leitura de histórias em quadrinhos José Carlos LIMEIRA Marinho Santos, nasceu em Salvador -BA em 01 de maio de 1951. Engenheiro Mecânico, atualmente é Assessor Técnico da Reitoria da Universidade do Estado da Bahia. Escreve poemas, contos, crônicas e artigos publicando desde 1971. Entre seus livros, Zumbi... dos, Lembranças, O Arco Íris Negro (parceria com Éle Semog), Atabaques (parceria com Éle Semog). Participou de vários números dos Cadernos Negros e das Antologias Schwarze Poesie (Ed. Diá-Alemanha
  • 6. Livros e flores Teus olhos são meus livros. Que livro há aí melhor, Em que melhor se leia A página do amor? Flores me são teus lábios. Onde há mais bela flor, Em que melhor se beba O bálsamo do amor? Machado de Assis Canta América Não o canto de mentira e falsidade que a ilusão ariana cantou para o mundo na conquista do ouro nem o canto da supremacia dos derramadores de sangue das utópicas novas ordens de napoleônicas conquistas mas o canto da liberdade dos povos e do direito do trabalhador... Solano Trindade