SlideShare uma empresa Scribd logo
Augusto dos Anjos
Augusto dos Anjos foi um influente poeta brasileiro, conhecido por sua obra
que aborda temas como a morte, a decadência e a existência humana. Sua
poesia é marcada por um estilo sombrio e reflexivo, explorando os aspectos
mais sombrios da vida e da condição humana.
Vida e obra de Augusto dos
Anjos
Augusto dos Anjos foi um poeta brasileiro, nascido na Paraíba em 1884.
Sua obra é marcada por uma abordagem sombria e pessimista da existência
humana.
Ele é conhecido pela exploração de temas como a morte, a decomposição e
a solidão.
Seu estilo literário e temática o destacam como uma figura singular na
literatura brasileira.
Principais temas abordados
em sua poesia
• Angústia: As obras de Augusto dos Anjos frequentemente exploram
a angústia existencial e a efemeridade da vida.
• Morte: A temática da morte é recorrente, retratando-a de forma
impactante e desafiando tabus sociais.
• Finitude humana: Aborda a finitude do ser humano e a
inevitabilidade do fim, refletindo sobre a condição efêmera da
existência.
Estilo Literário e Influências
1 Parnasianismo e Simbolismo
Augusto dos Anjos foi influenciado pelo Parnasianismo e pelo Simbolismo, movimentos
literários que enfatizavam a precisão na linguagem e a expressão de emoções através de
símbolos.
2 Realismo e Naturalismo
Além disso, o escritor foi impactado pelo Realismo e Naturalismo, correntes literárias que
exploravam a realidade de forma objetiva, muitas vezes abordando temas sociais e
psicológicos.
3 Influências Científicas
As teorias científicas, em especial a de Charles Darwin, também moldaram a visão de
mundo de Augusto dos Anjos, influenciando sua abordagem da natureza e da condição
humana.
Recepção Crítica da Obra de
Augusto dos Anjos
A obra de Augusto dos Anjos tem sido objeto de análises críticas profundas
e variadas, destacando seu impacto ousado e inovador na literatura
brasileira. A abordagem sombria e filosófica tem gerado debates e reflexões
sobre a natureza humana e a existência. As interpretações críticas têm
enriquecido a compreensão do legado literário de Augusto dos Anjos.
Além disso, críticos contemporâneos e modernos têm reconhecido sua
influência na poesia brasileira, destacando seus temas vanguardistas e sua
abordagem única, que desafia conceitos estabelecidos. A recepção crítica
da obra de Augusto dos Anjos reflete a relevância contínua de sua
contribuição para a literatura nacional.
Legado e importância na literatura
brasileira
1
Influência na poesia moderna
Revolucionou a forma de expressão poética no Brasil.
2
Exploração de temas controversos
Abordou temas como morte, doenças e decadência.
3
Influência em outras artes
Inspirou músicos, pintores e escritores
contemporâneos.
Análise de um poema representativo
O poema "Versos Íntimos" é um exemplo
marcante da poesia de Augusto dos Anjos,
revelando sua visão sombria da existência
humana.
Com temas como a podridão da matéria e a
efemeridade da vida, o poeta provoca reflexões
profundas sobre a condição humana.
Comparação com outros poetas da
época
Eça de Queirós
Escritor português do
Realismo, abordava
questões sociais e
políticas.
Olavo Bilac
Um dos principais
representantes do
Parnasianismo no
Brasil.
Cruz e Souza
Poeta simbolista,
conhecido pela
musicalidade em seus
versos.
Machado de Assis
Considerado o maior
escritor da literatura
brasileira, mestre do
Realismo.
Curiosidades e aspectos menos
conhecidos
Casa de Infância
A Augusto dos Anjos nasceu e passou grande parte
da infância em uma casa simples no interior da
Paraíba, influenciando sua visão de mundo e sua
poesia.
Diário Pessoal
Augusto dos Anjos manteve um diário desde a
adolescência, revelando pensamentos, inspirações
e detalhes íntimos que influenciaram sua produção
literária.
Conclusão e impacto duradouro da obra
de Augusto dos Anjos
Influência na poesia
brasileira
O estilo sombrio e introspectivo
de Augusto dos Anjos
influenciou gerações de poetas
brasileiros, deixando um
legado profundo e duradouro
na literatura nacional.
Crítica e
reconhecimento
Sua obra foi inicialmente mal
recebida, mas, ao longo do
tempo, recebeu
reconhecimento crítico, sendo
considerada de grande
importância na poesia
brasileira.
Relevância
contemporânea
Muitos dos temas e
abordagens de dos Anjos
permanecem relevantes hoje,
tornando sua obra uma fonte
duradoura de reflexão e
inspiração para novas
gerações.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Augusto dos anjos,o grande literaturario

Ideologia mais escolas literarias
Ideologia mais  escolas literariasIdeologia mais  escolas literarias
Ideologia mais escolas literarias
Uniesp
 
Slides sobre o romantismo poesia
Slides sobre o romantismo poesiaSlides sobre o romantismo poesia
Slides sobre o romantismo poesia
Antonio Marcos
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
inauro sousa fróes
 
literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases
 literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases  literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases
literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases
Brenda Venturi
 
A geração de 45
A geração de 45A geração de 45
A geração de 45
Claudia Ribeiro
 
Naturalismo
NaturalismoNaturalismo
Naturalismo
Clarice Menezes
 
literatura
literaturaliteratura
literatura
Carol Cerqueira
 
Realismo e naturalismo no brasil completo
Realismo e naturalismo no brasil completoRealismo e naturalismo no brasil completo
Realismo e naturalismo no brasil completo
lucasmota251
 
Literatura do pré modernismo
Literatura do pré modernismoLiteratura do pré modernismo
Literatura do pré modernismo
Paulo Otávio Cardoso Borges
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
pedro nadin
 
Panorama do modernismo no brasil
Panorama do modernismo no brasilPanorama do modernismo no brasil
Panorama do modernismo no brasil
Cláudia Simões Mariano
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Erica Frau
 
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).pptrealismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).ppt
ANDRESSASILVADESOUSA
 
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.pptrealismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
AliceEmanuelladeOliv
 
realismo-naturalismo resumo slides.ppt
realismo-naturalismo resumo slides.pptrealismo-naturalismo resumo slides.ppt
realismo-naturalismo resumo slides.ppt
Carlos100coliCoimbra
 
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.pptrealismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
LeandroBolivar1
 
Aula 26 modernismo no brasil - 3ª fase
Aula 26   modernismo no brasil - 3ª faseAula 26   modernismo no brasil - 3ª fase
Aula 26 modernismo no brasil - 3ª fase
Jonatas Carlos
 
1a fase modernismo.ppt
1a fase modernismo.ppt1a fase modernismo.ppt
1a fase modernismo.ppt
PATRICIA VIANA
 
Resumo de literatura
Resumo de literaturaResumo de literatura
Resumo de literatura
Nádia França
 
2ª série - LP 21.pptx
2ª série - LP 21.pptx2ª série - LP 21.pptx
2ª série - LP 21.pptx
GoisTec
 

Semelhante a Augusto dos anjos,o grande literaturario (20)

Ideologia mais escolas literarias
Ideologia mais  escolas literariasIdeologia mais  escolas literarias
Ideologia mais escolas literarias
 
Slides sobre o romantismo poesia
Slides sobre o romantismo poesiaSlides sobre o romantismo poesia
Slides sobre o romantismo poesia
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
 
literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases
 literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases  literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases
literatura pré modernismo ao modernismo 3 fases
 
A geração de 45
A geração de 45A geração de 45
A geração de 45
 
Naturalismo
NaturalismoNaturalismo
Naturalismo
 
literatura
literaturaliteratura
literatura
 
Realismo e naturalismo no brasil completo
Realismo e naturalismo no brasil completoRealismo e naturalismo no brasil completo
Realismo e naturalismo no brasil completo
 
Literatura do pré modernismo
Literatura do pré modernismoLiteratura do pré modernismo
Literatura do pré modernismo
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Panorama do modernismo no brasil
Panorama do modernismo no brasilPanorama do modernismo no brasil
Panorama do modernismo no brasil
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).pptrealismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie (1).ppt
 
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.pptrealismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
 
realismo-naturalismo resumo slides.ppt
realismo-naturalismo resumo slides.pptrealismo-naturalismo resumo slides.ppt
realismo-naturalismo resumo slides.ppt
 
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.pptrealismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
realismo-naturalismo-2c2aa-sc3a9rie.ppt
 
Aula 26 modernismo no brasil - 3ª fase
Aula 26   modernismo no brasil - 3ª faseAula 26   modernismo no brasil - 3ª fase
Aula 26 modernismo no brasil - 3ª fase
 
1a fase modernismo.ppt
1a fase modernismo.ppt1a fase modernismo.ppt
1a fase modernismo.ppt
 
Resumo de literatura
Resumo de literaturaResumo de literatura
Resumo de literatura
 
2ª série - LP 21.pptx
2ª série - LP 21.pptx2ª série - LP 21.pptx
2ª série - LP 21.pptx
 

Último

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 

Último (20)

TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 

Augusto dos anjos,o grande literaturario

  • 1. Augusto dos Anjos Augusto dos Anjos foi um influente poeta brasileiro, conhecido por sua obra que aborda temas como a morte, a decadência e a existência humana. Sua poesia é marcada por um estilo sombrio e reflexivo, explorando os aspectos mais sombrios da vida e da condição humana.
  • 2. Vida e obra de Augusto dos Anjos Augusto dos Anjos foi um poeta brasileiro, nascido na Paraíba em 1884. Sua obra é marcada por uma abordagem sombria e pessimista da existência humana. Ele é conhecido pela exploração de temas como a morte, a decomposição e a solidão. Seu estilo literário e temática o destacam como uma figura singular na literatura brasileira.
  • 3. Principais temas abordados em sua poesia • Angústia: As obras de Augusto dos Anjos frequentemente exploram a angústia existencial e a efemeridade da vida. • Morte: A temática da morte é recorrente, retratando-a de forma impactante e desafiando tabus sociais. • Finitude humana: Aborda a finitude do ser humano e a inevitabilidade do fim, refletindo sobre a condição efêmera da existência.
  • 4. Estilo Literário e Influências 1 Parnasianismo e Simbolismo Augusto dos Anjos foi influenciado pelo Parnasianismo e pelo Simbolismo, movimentos literários que enfatizavam a precisão na linguagem e a expressão de emoções através de símbolos. 2 Realismo e Naturalismo Além disso, o escritor foi impactado pelo Realismo e Naturalismo, correntes literárias que exploravam a realidade de forma objetiva, muitas vezes abordando temas sociais e psicológicos. 3 Influências Científicas As teorias científicas, em especial a de Charles Darwin, também moldaram a visão de mundo de Augusto dos Anjos, influenciando sua abordagem da natureza e da condição humana.
  • 5. Recepção Crítica da Obra de Augusto dos Anjos A obra de Augusto dos Anjos tem sido objeto de análises críticas profundas e variadas, destacando seu impacto ousado e inovador na literatura brasileira. A abordagem sombria e filosófica tem gerado debates e reflexões sobre a natureza humana e a existência. As interpretações críticas têm enriquecido a compreensão do legado literário de Augusto dos Anjos. Além disso, críticos contemporâneos e modernos têm reconhecido sua influência na poesia brasileira, destacando seus temas vanguardistas e sua abordagem única, que desafia conceitos estabelecidos. A recepção crítica da obra de Augusto dos Anjos reflete a relevância contínua de sua contribuição para a literatura nacional.
  • 6. Legado e importância na literatura brasileira 1 Influência na poesia moderna Revolucionou a forma de expressão poética no Brasil. 2 Exploração de temas controversos Abordou temas como morte, doenças e decadência. 3 Influência em outras artes Inspirou músicos, pintores e escritores contemporâneos.
  • 7. Análise de um poema representativo O poema "Versos Íntimos" é um exemplo marcante da poesia de Augusto dos Anjos, revelando sua visão sombria da existência humana. Com temas como a podridão da matéria e a efemeridade da vida, o poeta provoca reflexões profundas sobre a condição humana.
  • 8. Comparação com outros poetas da época Eça de Queirós Escritor português do Realismo, abordava questões sociais e políticas. Olavo Bilac Um dos principais representantes do Parnasianismo no Brasil. Cruz e Souza Poeta simbolista, conhecido pela musicalidade em seus versos. Machado de Assis Considerado o maior escritor da literatura brasileira, mestre do Realismo.
  • 9. Curiosidades e aspectos menos conhecidos Casa de Infância A Augusto dos Anjos nasceu e passou grande parte da infância em uma casa simples no interior da Paraíba, influenciando sua visão de mundo e sua poesia. Diário Pessoal Augusto dos Anjos manteve um diário desde a adolescência, revelando pensamentos, inspirações e detalhes íntimos que influenciaram sua produção literária.
  • 10. Conclusão e impacto duradouro da obra de Augusto dos Anjos Influência na poesia brasileira O estilo sombrio e introspectivo de Augusto dos Anjos influenciou gerações de poetas brasileiros, deixando um legado profundo e duradouro na literatura nacional. Crítica e reconhecimento Sua obra foi inicialmente mal recebida, mas, ao longo do tempo, recebeu reconhecimento crítico, sendo considerada de grande importância na poesia brasileira. Relevância contemporânea Muitos dos temas e abordagens de dos Anjos permanecem relevantes hoje, tornando sua obra uma fonte duradoura de reflexão e inspiração para novas gerações.