SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
ATIVIDADE 1 - MAT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO: CONCEPÇÃO E ORGANIZAÇÃO - 54/2023
Período:09/10/2023 08:00 a 11/12/2023 23:59 (Horário de Brasília)
Status:ABERTO
Nota máxima:1,50
Gabarito:Gabarito será liberado no dia 12/12/2023 00:00 (Horário de Brasília)
Nota obtida:
1ª QUESTÃO
Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com alguém, seja pessoal ou profissional, o
comportamento considerado ou esperado diante de uma pessoa ou situação, é o que chamamos de papéis
sociais. Essas expectativas podem ser pelos elementos fixos das tarefas, formalizados e determinados pela
direção escolar e ainda elementos emergenciais das tarefas, que se constituem de traços informais e
desenvolvem-se com o tempo, conforme o crescimento das relações sociais.
Esses elementos fixos das tarefas são criados pela direção e não dependem de quem assumiu o papel.
Ainda, são traços objetivos, delimitados por documentos, por pessoas que entram em consenso. Outra
característica dos elementos fixos é a sua constância e se apresentam de modo geral para o público interno
ou externo da escola.
Por sua vez, os elementos emergenciais das tarefas são criados ou aprimorados com características
subjetivas ou próprias de cada pessoa que assume o determinado papel. Além disso, não são documentados
e apresentam mais flexibilidade. Observamos esses elementos fixos quando um colaborador assume um
determinado trabalho, com um determinado cargo que acompanha uma descrição de suas tarefas de sua
responsabilidade - como as informações escritas chamadas de descrições de cargos -, ou seja, são os
elementos estáveis das tarefas que a pessoa exercerá ao longo da jornada laboral. Como essas
características gerais são frias ou distantes da realidade do trabalho, por assim dizer, funciona como se fosse
um script ou roteiro que o ator social será cobrado para realizar. Tais elementos emergenciais são como
cada trabalhador desempenhará o seu papel em ambientes dinâmicos.
WAGNER, J. A.; HOLLENBECK, J. R. Comportamento organizacional: criando vantagem competitiva. São
Paulo: Saraiva, 2006.
Com base nessas informações sobre os papéis sociais na escola, avalie as afirmações abaixo.
I. Os papéis dos professores podem receber outras atribuições quando tomam para si certas
responsabilidades além das convencionais.
II. O obscurantismo possibilita condutas almejadas entre os colaboradores e que grupos com valores
diversos provavelmente terão trocas mais significativas e duradouras.
III. Por mais que a pessoa procure se distanciar da área de humanas ou do contato com as pessoas, esse
isolamento social não é possível em sua completude nas organizações.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I, II e III.
I, apenas.
III, apenas.
I e III, apenas.
II e III, apenas.
2ª QUESTÃO
Considere a situação hipotética a seguir:
João cursava o nono ano do Ensino Fundamental em uma escola pública no município de Maringá-PR.
Assim, como outros adolescentes de sua idade, tinha o sonho de realizar um curso superior. João gostava de
Matemática e das aulas de música, mas não tinha simpatia pelas aulas de Educação Física. Era um menino de
opinião forte e sempre teve o amparo necessário de sua família que o fazia confiar na importância de nunca
desistir de seus sonhos.
João fazia uso de uma prótese ocular e tinha também deficiência intelectual. Essas diferenças eram
superadas com o auxílio de seus colegas de sala durante as atividades. Devido à reduzida visão no olho
esquerdo, necessitava que o conteúdo das disciplinas fosse reproduzido numa lousa adaptada,
confeccionada pelo professor do AEE (Atendimento Educacional Especializado). Esse recurso possibilitava
que João transferisse para seu caderno, também diferenciado, o conteúdo das disciplinas. Havia um
revezamento entre os colegas de transferir para a lousa de João, as atividades e conteúdos trabalhados em
sala de aula. As dificuldades e desafios de aprendizagem eram reduzidos através de atividades aplicadas
durante o apoio pedagógico, que João frequentava às quintas-feiras, no contraturno escolar.
Elaborado pelo professor autor.
Diante desse contexto, observa-se a importância que instituições de ensino inclusivas podem oferecer aos
alunos com e sem deficiência, permitindo que eles trilhem sua trajetória escolar na mesma sala de aula. No
que tange à inclusão educacional e escolar, considere (V) para as afirmações verdadeiras e (F) para as falsas.
I. A inclusão educacional é permeada por ação política, pedagógica, cultural e social, objetivando o direito
de todos os alunos de estarem lado a lado, compartilhando o mesmo processo de aprendizagem, sem
nenhum tipo de discriminação.
II. A escola deve ser pensada como um espaço democrático da sociedade, de todas as crianças e
adolescentes, de suas famílias, bem como da comunidade em que se encontra. Portanto, a escola inclusiva,
busca superar todas as barreiras físicas, não necessitando de se preocupar com um ensino de qualidade.
III. A escola inclusiva é um meio eficaz de reagir contra atitudes discriminatórias, tendo comprometimento
com o desenvolvimento cognitivo e social de todos. A inclusão no ensino desenvolve nos educandos uma
consciência acolhedora, harmoniosa e de respeito às diversidades.
IV. A inclusão de alunos com deficiência, seja ela física ou intelectual, no ambiente escolar, promove
transtornos, visto que essa inclusão exige que os gestores da escola e seu corpo docente, desenvolvam
capacidades para apoiar somente a necessidade individualdo aluno com deficiência, gerando muitos gastos.
As afirmativas I, II, III e IV são respectivamente:
ALTERNATIVAS
V; V; V; V
.
V; V; F; F
.
F; V; V; F
.
V; F; V; F
.
F; F; V; F
.
3ª QUESTÃO
A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica exclusiva da sociedade contemporânea.
Contudo, observa-se atualmente uma intensificação e marginalização desse fenômeno, onde, muitas vezes,
ele é analisado de forma superficial e sob uma ótica que o normaliza. Nesse contexto, a escola surge como
um dos principais cenários de propagação desta violência, sendo ela física ou norteada de preconceitos,
discriminação, perseguição e humilhação. Todos esses tipos de violência marcam e influenciam o
desenvolvimento dos alunos.
Elaborada pelo professor autor.
Considerando as formas de violência que se caracterizam pelo desrespeito, intimidação e humilhação,
considere as afirmações a seguir:
I. Essas formas de violência ocorrem somente nas instituições de ensino. Portanto, essas ações com tais
características, quando praticadas entre crianças e adolescentes, devemostratá-las como banais, pois são
específicas do comportamento dessa faixa etária.
II. A violência é um fenômeno recentemente nos ambientes escolares e ainda é pouco debatida. De modo
geral, esse fenômeno ocorre predominantemente em escolas localizadas na área rural dos municípios
brasileiros e, por isso, não recebem maior destaque na mídia.
III. Um dos fatores determinantes para que a violência no ambiente escolar não ocorra é a segurança do
aluno. As boas relações com os colegas e professores são essenciais para que isso não ocorra.
IV. O bullying não é um fenômeno recente, sendo preocupante para toda a sociedade. Várias formas podem
ser apontadas como propensão para ações de bullying, incluindo aspectos étnicos, religiosos, de aparência e
classe social.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I, apenas.
II, apenas.
I e IV
, apenas.
II e III, apenas.
III e IV
, apenas.
4ª QUESTÃO
Observa-se que os desafios no ambiente escolar têm sido cada vez maiores na atualidade. Não se trata
apenas de oportunizar aos alunos o conhecimento dos conteúdos das disciplinas, mas, também, possibilitar
que eles “
. . .
desenvolvam as habilidades para operá-los, revê-los, transformá-los e redirecioná-los em sociedade e as
atitudes sociais - cooperação, solidariedade, ética -, tendo sempre como horizonte colocar os avanços da
civilização a serviço da humanização da sociedade” (PIMENTA, 1993, p.79). Diante desse entendimento, a
instituição de ensino passa a ser percebida como um espaço de possibilidades, contribuindo para o
processo de humanização do aluno, conhecedor de sua realidade.
PIMENTA, Selma Garrido. Questões sobre a organização do trabalho na escola.
Disponível em: <https://www.crmario covas.sp.gov.br/pdf/ideias_16_p078-083_c.pdf>. Acesso em: 25 abr.
2021.
Considerando o papel humanizador da escola perante a realidade de seu alunado, analise as afirmativas
abaixo:
I. Por intermédio da escola as pessoas potencializam atitudes e hábitos, conhecem ideias e conceitos,
absorvem valores e tradições presentes na sociedade. Portanto, a escola favorece a socialização das pessoas,
visto que oportuniza o convívio com pessoas de orientações sexuais, de religião e de etnias diferentes.
II. A escola busca tornar as pessoas sujeitos incapazes de se adaptarem à realidade social. Portanto, ela
intensifica o individualismo com objetivo de atenuar as diferenças e de preparar individualmente o sujeito
para o mercado de trabalho. Pois, só assim, as pessoas terão condições de enfrentar o competitivo cenário
trabalhista atual.
III. A escola é uma instituição que busca pelo desenvolvimento intelectual e social das pessoas. Portanto, a
escola procura possibilitar aos alunos o domínio do conhecimento científico e cultural, devendo socializar o
saber sistematizado, potencializar capacidades cognitivas e operativas, que contribuam para a conquista dos
direitos de cidadania.
IV. A diversidade cultural, econômica e social do Brasil, exige da instituição escolar o entendimento da
realidade em que vivem os alunos, condição imprescindível para que eles possam se reconhecer como parte
integrante dessa realidade social.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I, apenas.
II, apenas.
IV, apenas.
II e III, apenas.
I, III e IV, apenas.
5ª QUESTÃO
Considere a situação hipotética a seguir:
O Colégio Lecrescer oferece a comunidade o Ensino Fundamental e Médio. Como objetivo a escola deseja
ser reconhecida pela comunidade como uma instituição que pratica um estudo de qualidade, formação
cidadã e o trabalho para o conhecimento. Ao procurar que o educando seja proativo na relação consigo
mesmo e com o outro, atividades que propiciem a avaliação crítica e ainda o reconhecimento do papel do
professor para além do conteúdo teórico, mas para seu compromisso social.
O contraturno oferece sala de apoio pedagógico com ênfase em raciocínio lógico e interpretativo. Ainda, a
preocupação da escola é atender todas as classes sociais da região, sendo que a maioria dos pais dos
educandos possuem graduação e alto poder aquisitivo. Além de especificar o seu compromisso ao
atendimento de crianças com necessidades especiais com profissionais habilitados como fonoaudiólogos,
psicólogos fisioterapeutas etc.
Já no que se refere ao marco conceitual, a escola deseja formar o cidadão para o mundo global, com ênfase
no conhecimento e na construção da consciência cidadã para que o aluno tenha possibilidade de interagir
em sociedade, resolver problemas, tanto no trabalho em equipe quanto cidadão com visão crítica. Um dos
diferenciais do colégio Lecrescer é a formação integral do educando ao propor educação emocional, social,
intelectual e física.
Os procedimentos metodológicos são baseados no aprender fazendo ou na prática imediata, a partir da
problematização, reflexão, pesquisa, trabalho com filmes e aulas de campo. Os recursos didáticos são
variados como o televisor, computador, data show, quadro negro, giz, apostila entre diversos laboratórios.
Elaborado pelo autor.
Com base nessas informações do Projeto Político Pedagógico da escola Lecrescer, avalie as afirmações
abaixo.
I. Compreender o papel que o Projeto Político-Pedagógico desempenha nas instituições de ensino e como o
professor pode contribuir em sua constituição, possibilita a atuação como agente transformador da
realidade.
II. Observa-se as dificuldades enfrentadas pela escola em se articular com a realidade e como a escola se
prepara para isso, dentro de valores éticos. Mais do que um papel a ser arquivado, o PPP é um compromisso
coletivo de toda a equipe administrativa, pedagógica e da própria sociedade a ser colocado em prática.
III. O PPP a partir de seu planejamento serve para nortear as práticas escolares e pode ser consultado
sempre que possível para alinhar as atividades docentes com os planos da escola e o que foi decidido pela
maioria na gestão democrática.
IV. O PPP serve como base para que o profissional da licenciatura entre em contato com os valores da
escola e que o professor conduza a sua prática escolar. Em suma, toda ação docente tem uma
intencionalidade articulada com as leis que regem a educação e com o Projeto Político Pedagógico da
escola.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I e II, apenas.
II e III, apenas.
I, II e III, apenas.
II, III e IV
, apenas.
I, II, III, IV
, apenas.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a ATIVIDADE 1 - MAT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO CONCEPÇÃO E ORGANIZAÇÃO - 54-2023.pdf

QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 5 Considere a situação hipotética a seguir: O Colégio Lecrescer of...
QUESTÃO 5   Considere a situação hipotética a seguir:  O Colégio Lecrescer of...QUESTÃO 5   Considere a situação hipotética a seguir:  O Colégio Lecrescer of...
QUESTÃO 5 Considere a situação hipotética a seguir: O Colégio Lecrescer of...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 2 Considere a situação hipotética a seguir: João cursava o nono an...
QUESTÃO 2   Considere a situação hipotética a seguir:  João cursava o nono an...QUESTÃO 2   Considere a situação hipotética a seguir:  João cursava o nono an...
QUESTÃO 2 Considere a situação hipotética a seguir: João cursava o nono an...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...Azul Assessoria Acadêmica
 
A função Social da Escola
A função Social da EscolaA função Social da Escola
A função Social da EscolaSued Oliveira
 
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolasAvaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolasRosemary Batista
 
A orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmenteA orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmenteKualo Kala
 
São vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênio
São vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênioSão vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênio
São vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênioTania Braga
 
O papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociaisO papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociaisLoureni Reis
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...christianceapcursos
 
O uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aulaO uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aulaEdison Paulo
 
Alfabetização tem conteúdos?
Alfabetização tem conteúdos?Alfabetização tem conteúdos?
Alfabetização tem conteúdos?Amanda Freitas
 

Semelhante a ATIVIDADE 1 - MAT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO CONCEPÇÃO E ORGANIZAÇÃO - 54-2023.pdf (20)

QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
 
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
 
QUESTÃO 5 Considere a situação hipotética a seguir: O Colégio Lecrescer of...
QUESTÃO 5   Considere a situação hipotética a seguir:  O Colégio Lecrescer of...QUESTÃO 5   Considere a situação hipotética a seguir:  O Colégio Lecrescer of...
QUESTÃO 5 Considere a situação hipotética a seguir: O Colégio Lecrescer of...
 
QUESTÃO 2 Considere a situação hipotética a seguir: João cursava o nono an...
QUESTÃO 2   Considere a situação hipotética a seguir:  João cursava o nono an...QUESTÃO 2   Considere a situação hipotética a seguir:  João cursava o nono an...
QUESTÃO 2 Considere a situação hipotética a seguir: João cursava o nono an...
 
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...QUESTÃO 1   Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
QUESTÃO 1 Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com a...
 
QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...QUESTÃO 3   A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
QUESTÃO 3 A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica ex...
 
Ética na escola.ppt
Ética na escola.pptÉtica na escola.ppt
Ética na escola.ppt
 
A função Social da Escola
A função Social da EscolaA função Social da Escola
A função Social da Escola
 
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolasAvaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
 
A orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmenteA orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmente
 
Keila01 projeto
Keila01 projetoKeila01 projeto
Keila01 projeto
 
Educação Inclusiva no Brasil
Educação Inclusiva no BrasilEducação Inclusiva no Brasil
Educação Inclusiva no Brasil
 
São vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênio
São vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênioSão vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênio
São vários os problemas que se perpetuam e se intensificam nesse novo milênio
 
O papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociaisO papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociais
 
Desafio inclusão
Desafio inclusão Desafio inclusão
Desafio inclusão
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
 
Artigo assistente scial na escola
Artigo assistente scial na escolaArtigo assistente scial na escola
Artigo assistente scial na escola
 
O uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aulaO uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aula
 
Alfabetização tem conteúdos?
Alfabetização tem conteúdos?Alfabetização tem conteúdos?
Alfabetização tem conteúdos?
 
4760 2426
4760 24264760 2426
4760 2426
 

Mais de estudosfaculdade05fa

ATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdfATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdfestudosfaculdade05fa
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdfPROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdfestudosfaculdade05fa
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...estudosfaculdade05fa
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...estudosfaculdade05fa
 
ATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdfATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdfestudosfaculdade05fa
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdfestudosfaculdade05fa
 
ATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdfATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdfestudosfaculdade05fa
 
ATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdf
ATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdfATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdf
ATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdfestudosfaculdade05fa
 
ATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdfATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdfestudosfaculdade05fa
 
ATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdfATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdfestudosfaculdade05fa
 
ESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdf
ESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdfESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdf
ESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdfestudosfaculdade05fa
 
ATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdfATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdfestudosfaculdade05fa
 
PORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdf
PORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdfPORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdf
PORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdfestudosfaculdade05fa
 
ROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdfROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdfestudosfaculdade05fa
 
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdfPROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdfestudosfaculdade05fa
 
PRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdf
PRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdfPRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdf
PRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdfestudosfaculdade05fa
 
PROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdf
PROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdfPROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdf
PROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdfestudosfaculdade05fa
 
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdfPROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdfestudosfaculdade05fa
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdfPROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdfestudosfaculdade05fa
 

Mais de estudosfaculdade05fa (20)

ATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdfATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - ANATOMIA DAS IMAGENS.pdf
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdfPROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 54-2023.pdf
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSO...
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO - 54-202...
 
ATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdfATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54-2023.pdf
 
ATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdfATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
ATIVIDADE 01 - ENF - PARASITOLOGIA - 54-2023.pdf
 
ATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdf
ATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdfATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdf
ATIVIDADE EXTENSIONISTA BMG CANVAS.pdf
 
ATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdfATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - CIRCUITOS ELÉTRICOS II - UNINTER.pdf
 
ATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdfATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.pdf
 
ESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdf
ESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdfESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdf
ESTUDO DE CASO - MÓDULO B - FASE II - ANO 2023.pdf
 
ATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdfATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ATIVIDADE PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
 
PORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdf
PORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdfPORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdf
PORTFÓLIO - FENÔMENOS DE TRANSPORTE.pdf
 
ROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdfROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
ROTEIRO DE AULA PRÁTICA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL MECÂNICA.pdf
 
PROCESSAMENTO DE IMAGENS.pdf
PROCESSAMENTO DE IMAGENS.pdfPROCESSAMENTO DE IMAGENS.pdf
PROCESSAMENTO DE IMAGENS.pdf
 
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdfPROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
 
PRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdf
PRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdfPRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdf
PRIMEIROS PASSOS COM O KIT PIC - UNINTER.pdf
 
PROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdf
PROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdfPROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdf
PROCESSAMENTO DE IMAGENS - FORMULÁRIO.pdf
 
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdfPROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
PROJETOS INTERDISCIPLINARES EM ARTES E EDUCAÇÃO.pdf
 
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdfPROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdf
PROVA - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INTELIGÊNCIA EMOCIONAL - 53-2023.pdf
 

Último

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 

Último (20)

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 

ATIVIDADE 1 - MAT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO CONCEPÇÃO E ORGANIZAÇÃO - 54-2023.pdf

  • 1. ATIVIDADE 1 - MAT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO: CONCEPÇÃO E ORGANIZAÇÃO - 54/2023 Período:09/10/2023 08:00 a 11/12/2023 23:59 (Horário de Brasília) Status:ABERTO Nota máxima:1,50 Gabarito:Gabarito será liberado no dia 12/12/2023 00:00 (Horário de Brasília) Nota obtida: 1ª QUESTÃO Na fase adulta, a expectativa que se cria do relacionamento com alguém, seja pessoal ou profissional, o comportamento considerado ou esperado diante de uma pessoa ou situação, é o que chamamos de papéis sociais. Essas expectativas podem ser pelos elementos fixos das tarefas, formalizados e determinados pela direção escolar e ainda elementos emergenciais das tarefas, que se constituem de traços informais e desenvolvem-se com o tempo, conforme o crescimento das relações sociais. Esses elementos fixos das tarefas são criados pela direção e não dependem de quem assumiu o papel. Ainda, são traços objetivos, delimitados por documentos, por pessoas que entram em consenso. Outra característica dos elementos fixos é a sua constância e se apresentam de modo geral para o público interno ou externo da escola. Por sua vez, os elementos emergenciais das tarefas são criados ou aprimorados com características subjetivas ou próprias de cada pessoa que assume o determinado papel. Além disso, não são documentados e apresentam mais flexibilidade. Observamos esses elementos fixos quando um colaborador assume um determinado trabalho, com um determinado cargo que acompanha uma descrição de suas tarefas de sua responsabilidade - como as informações escritas chamadas de descrições de cargos -, ou seja, são os elementos estáveis das tarefas que a pessoa exercerá ao longo da jornada laboral. Como essas características gerais são frias ou distantes da realidade do trabalho, por assim dizer, funciona como se fosse um script ou roteiro que o ator social será cobrado para realizar. Tais elementos emergenciais são como cada trabalhador desempenhará o seu papel em ambientes dinâmicos. WAGNER, J. A.; HOLLENBECK, J. R. Comportamento organizacional: criando vantagem competitiva. São Paulo: Saraiva, 2006. Com base nessas informações sobre os papéis sociais na escola, avalie as afirmações abaixo. I. Os papéis dos professores podem receber outras atribuições quando tomam para si certas responsabilidades além das convencionais. II. O obscurantismo possibilita condutas almejadas entre os colaboradores e que grupos com valores diversos provavelmente terão trocas mais significativas e duradouras. III. Por mais que a pessoa procure se distanciar da área de humanas ou do contato com as pessoas, esse isolamento social não é possível em sua completude nas organizações. É correto o que se afirma em: ALTERNATIVAS I, II e III. I, apenas. III, apenas. I e III, apenas. II e III, apenas. 2ª QUESTÃO
  • 2. Considere a situação hipotética a seguir: João cursava o nono ano do Ensino Fundamental em uma escola pública no município de Maringá-PR. Assim, como outros adolescentes de sua idade, tinha o sonho de realizar um curso superior. João gostava de Matemática e das aulas de música, mas não tinha simpatia pelas aulas de Educação Física. Era um menino de opinião forte e sempre teve o amparo necessário de sua família que o fazia confiar na importância de nunca desistir de seus sonhos. João fazia uso de uma prótese ocular e tinha também deficiência intelectual. Essas diferenças eram superadas com o auxílio de seus colegas de sala durante as atividades. Devido à reduzida visão no olho esquerdo, necessitava que o conteúdo das disciplinas fosse reproduzido numa lousa adaptada, confeccionada pelo professor do AEE (Atendimento Educacional Especializado). Esse recurso possibilitava que João transferisse para seu caderno, também diferenciado, o conteúdo das disciplinas. Havia um revezamento entre os colegas de transferir para a lousa de João, as atividades e conteúdos trabalhados em sala de aula. As dificuldades e desafios de aprendizagem eram reduzidos através de atividades aplicadas durante o apoio pedagógico, que João frequentava às quintas-feiras, no contraturno escolar. Elaborado pelo professor autor. Diante desse contexto, observa-se a importância que instituições de ensino inclusivas podem oferecer aos alunos com e sem deficiência, permitindo que eles trilhem sua trajetória escolar na mesma sala de aula. No que tange à inclusão educacional e escolar, considere (V) para as afirmações verdadeiras e (F) para as falsas. I. A inclusão educacional é permeada por ação política, pedagógica, cultural e social, objetivando o direito de todos os alunos de estarem lado a lado, compartilhando o mesmo processo de aprendizagem, sem nenhum tipo de discriminação. II. A escola deve ser pensada como um espaço democrático da sociedade, de todas as crianças e adolescentes, de suas famílias, bem como da comunidade em que se encontra. Portanto, a escola inclusiva, busca superar todas as barreiras físicas, não necessitando de se preocupar com um ensino de qualidade. III. A escola inclusiva é um meio eficaz de reagir contra atitudes discriminatórias, tendo comprometimento com o desenvolvimento cognitivo e social de todos. A inclusão no ensino desenvolve nos educandos uma consciência acolhedora, harmoniosa e de respeito às diversidades. IV. A inclusão de alunos com deficiência, seja ela física ou intelectual, no ambiente escolar, promove transtornos, visto que essa inclusão exige que os gestores da escola e seu corpo docente, desenvolvam capacidades para apoiar somente a necessidade individualdo aluno com deficiência, gerando muitos gastos. As afirmativas I, II, III e IV são respectivamente: ALTERNATIVAS V; V; V; V . V; V; F; F . F; V; V; F . V; F; V; F . F; F; V; F . 3ª QUESTÃO
  • 3. A violência não é um fenômeno recente e nem uma característica exclusiva da sociedade contemporânea. Contudo, observa-se atualmente uma intensificação e marginalização desse fenômeno, onde, muitas vezes, ele é analisado de forma superficial e sob uma ótica que o normaliza. Nesse contexto, a escola surge como um dos principais cenários de propagação desta violência, sendo ela física ou norteada de preconceitos, discriminação, perseguição e humilhação. Todos esses tipos de violência marcam e influenciam o desenvolvimento dos alunos. Elaborada pelo professor autor. Considerando as formas de violência que se caracterizam pelo desrespeito, intimidação e humilhação, considere as afirmações a seguir: I. Essas formas de violência ocorrem somente nas instituições de ensino. Portanto, essas ações com tais características, quando praticadas entre crianças e adolescentes, devemostratá-las como banais, pois são específicas do comportamento dessa faixa etária. II. A violência é um fenômeno recentemente nos ambientes escolares e ainda é pouco debatida. De modo geral, esse fenômeno ocorre predominantemente em escolas localizadas na área rural dos municípios brasileiros e, por isso, não recebem maior destaque na mídia. III. Um dos fatores determinantes para que a violência no ambiente escolar não ocorra é a segurança do aluno. As boas relações com os colegas e professores são essenciais para que isso não ocorra. IV. O bullying não é um fenômeno recente, sendo preocupante para toda a sociedade. Várias formas podem ser apontadas como propensão para ações de bullying, incluindo aspectos étnicos, religiosos, de aparência e classe social. É correto o que se afirma em: ALTERNATIVAS I, apenas. II, apenas. I e IV , apenas. II e III, apenas. III e IV , apenas. 4ª QUESTÃO
  • 4. Observa-se que os desafios no ambiente escolar têm sido cada vez maiores na atualidade. Não se trata apenas de oportunizar aos alunos o conhecimento dos conteúdos das disciplinas, mas, também, possibilitar que eles “ . . . desenvolvam as habilidades para operá-los, revê-los, transformá-los e redirecioná-los em sociedade e as atitudes sociais - cooperação, solidariedade, ética -, tendo sempre como horizonte colocar os avanços da civilização a serviço da humanização da sociedade” (PIMENTA, 1993, p.79). Diante desse entendimento, a instituição de ensino passa a ser percebida como um espaço de possibilidades, contribuindo para o processo de humanização do aluno, conhecedor de sua realidade. PIMENTA, Selma Garrido. Questões sobre a organização do trabalho na escola. Disponível em: <https://www.crmario covas.sp.gov.br/pdf/ideias_16_p078-083_c.pdf>. Acesso em: 25 abr. 2021. Considerando o papel humanizador da escola perante a realidade de seu alunado, analise as afirmativas abaixo: I. Por intermédio da escola as pessoas potencializam atitudes e hábitos, conhecem ideias e conceitos, absorvem valores e tradições presentes na sociedade. Portanto, a escola favorece a socialização das pessoas, visto que oportuniza o convívio com pessoas de orientações sexuais, de religião e de etnias diferentes. II. A escola busca tornar as pessoas sujeitos incapazes de se adaptarem à realidade social. Portanto, ela intensifica o individualismo com objetivo de atenuar as diferenças e de preparar individualmente o sujeito para o mercado de trabalho. Pois, só assim, as pessoas terão condições de enfrentar o competitivo cenário trabalhista atual. III. A escola é uma instituição que busca pelo desenvolvimento intelectual e social das pessoas. Portanto, a escola procura possibilitar aos alunos o domínio do conhecimento científico e cultural, devendo socializar o saber sistematizado, potencializar capacidades cognitivas e operativas, que contribuam para a conquista dos direitos de cidadania. IV. A diversidade cultural, econômica e social do Brasil, exige da instituição escolar o entendimento da realidade em que vivem os alunos, condição imprescindível para que eles possam se reconhecer como parte integrante dessa realidade social. É correto o que se afirma em: ALTERNATIVAS I, apenas. II, apenas. IV, apenas. II e III, apenas. I, III e IV, apenas. 5ª QUESTÃO
  • 5. Considere a situação hipotética a seguir: O Colégio Lecrescer oferece a comunidade o Ensino Fundamental e Médio. Como objetivo a escola deseja ser reconhecida pela comunidade como uma instituição que pratica um estudo de qualidade, formação cidadã e o trabalho para o conhecimento. Ao procurar que o educando seja proativo na relação consigo mesmo e com o outro, atividades que propiciem a avaliação crítica e ainda o reconhecimento do papel do professor para além do conteúdo teórico, mas para seu compromisso social. O contraturno oferece sala de apoio pedagógico com ênfase em raciocínio lógico e interpretativo. Ainda, a preocupação da escola é atender todas as classes sociais da região, sendo que a maioria dos pais dos educandos possuem graduação e alto poder aquisitivo. Além de especificar o seu compromisso ao atendimento de crianças com necessidades especiais com profissionais habilitados como fonoaudiólogos, psicólogos fisioterapeutas etc. Já no que se refere ao marco conceitual, a escola deseja formar o cidadão para o mundo global, com ênfase no conhecimento e na construção da consciência cidadã para que o aluno tenha possibilidade de interagir em sociedade, resolver problemas, tanto no trabalho em equipe quanto cidadão com visão crítica. Um dos diferenciais do colégio Lecrescer é a formação integral do educando ao propor educação emocional, social, intelectual e física. Os procedimentos metodológicos são baseados no aprender fazendo ou na prática imediata, a partir da problematização, reflexão, pesquisa, trabalho com filmes e aulas de campo. Os recursos didáticos são variados como o televisor, computador, data show, quadro negro, giz, apostila entre diversos laboratórios. Elaborado pelo autor. Com base nessas informações do Projeto Político Pedagógico da escola Lecrescer, avalie as afirmações abaixo. I. Compreender o papel que o Projeto Político-Pedagógico desempenha nas instituições de ensino e como o professor pode contribuir em sua constituição, possibilita a atuação como agente transformador da realidade. II. Observa-se as dificuldades enfrentadas pela escola em se articular com a realidade e como a escola se prepara para isso, dentro de valores éticos. Mais do que um papel a ser arquivado, o PPP é um compromisso coletivo de toda a equipe administrativa, pedagógica e da própria sociedade a ser colocado em prática. III. O PPP a partir de seu planejamento serve para nortear as práticas escolares e pode ser consultado sempre que possível para alinhar as atividades docentes com os planos da escola e o que foi decidido pela maioria na gestão democrática. IV. O PPP serve como base para que o profissional da licenciatura entre em contato com os valores da escola e que o professor conduza a sua prática escolar. Em suma, toda ação docente tem uma intencionalidade articulada com as leis que regem a educação e com o Projeto Político Pedagógico da escola. É correto o que se afirma em: ALTERNATIVAS I e II, apenas. II e III, apenas. I, II e III, apenas. II, III e IV , apenas. I, II, III, IV , apenas.