SlideShare uma empresa Scribd logo
Aspectos Físicos Gerais da América
Éderson Dias de Oliveira
Os continentes sempre tiveram a mesma forma que
conhecemos hoje?
* A forma e a distribuição
dos continentes sempre foi
diferente.
*Os continentes e os oceanos
foram se deslocando
lentamente alterando suas
formas e posições ao longo
das eras geológicas.
Qual foi a proposta apresentada por Wegener sobre
o movimento dos continentes?
Que os continentes estariam flutuando sobre uma massa
pastosa e quente do interior do planeta – Teoria apresenta
em 1915;
Alfred Lothar Wegener
Quais foram as evidências que Wegener usou para
defender a sua teoria?
*A forma do litoral da América do Sul, que se encaixa no
contorno do continente africano;
Quais foram as evidências que Wegener usou para
defender a sua teoria?
*A existência de fósseis de animais e plantas semelhantes
em ambos continentes.
Quais foram as evidências que Wegener usou para
defender a sua teoria?
*A ocorrência de alguns tipos de rochas e formações
geológicas semelhantes em certas regiões da América do
Sul e da África.
A teoria de Wegener foi bem aceita?
Quando e como foi comprovada?
* Não. Sua teoria só foi compreendida no final da década de
1950, com os avanços tecnológicos de Sonar.
* A crosta terrestre não é inteira sendo formada por vários
pedaços de placas tectônicas. Essas se movimentam sobre o
manto terrestre, aproximando-se ou distanciando-se.
O que faz as placas tectônicas se movimentarem?
• É o intenso calor do núcleo que faz as placas tectônicas
movimentarem-se.
• Grandes correntes de
convecção se movimen-
tam de forma ascen-
dente e descendente,
deslocando as placas.
Formação do Continente Americano
• Está relacionado a dinâmica da tectônica de placas -
formação dos recortes continentais;
• Formação de cadeias de
montanhas na borda ocidental;
Disposição do Relevo
• Em linhas gerais o relevo
americano possui
semelhança no sentido
sul/norte;
• Altas cordilheiras a oeste (presença
de montanhas recentes e altos
planaltos;
• Planícies e depressões no centro;
• Planaltos e montanhas antigas
desgastadas no leste.
• Os rios que drenam o Atlântico
constituem grandes bacias, já os
que drenam o Pacífico são de curta
extensão e encachoeirados.
• Na porção oeste há um alinhamento de cordilheiras:
Montanhas Rochosas (AN), Andes (AS) separados por
planaltos (AC);
• No setor leste, predominam
grandes planaltos (Brasile-
iro, Labrador), além cadeias
montanhosas antigas (Apala-
ches, Escudo Canadense,
Serra do Mar/Mantiqueira,
Maciço das Guianas);
• Na porção central, predomi-
nam grandes planícies com
sedimentos de aluvião, e
altitudes de 200/500 m.,
cortados por grandes rios
(Mississípi/Missouri, Ohio,
Mackenzi, Amazonas, Prata);
Relevo americano Leste - Oeste
Os aspectos físicos e o
povoamento
* As altas latitudes e os
climas áridos repelem
as ocupações humanas;
* Também as altitudes
elevadas associadas ao
clima frio de montanha
dificultam a fixação
humana;
* Por isso, vários trechos
dos Andes possuem
menos de 1 hab./km²;
Cadeias montanhosas, planaltos e planícies
A origem das cadeias montanhosas está ligada à tectônica
de placas. Essa porção do continente corresponde as
margens de placas tectônicas em movimentos.
Esse fato explica a disposição dessas montanhas recentes
no sentido Norte-Sul, e a existência de vulcões e abalos
sísmicos;
No continente há também exten-
sos planaltos caracterizados por
altitudes médias e formas
irregulares desgastadas. Ex.
Apalaches e o planalto Brasileiro;
No interior do continente exis-
tem grandes planícies e depress-
ões, como a planície Amazônica; a
Platina e a do Mississipi;
Os grandes tipos climáticos e as paisagens vegetais
 O clima é resultante dos fatores como: relevo, latitude,
continentalidade, correntes marítimas, massas de ar e
altitude e por fim as interferências humanas no meio
ambiente (localmente);
 O continente americano apresenta:
 (1) Grande extensão territorial; (2) Diferentes formas de
relevo, e (3) Extensa costa oceânica, que contribuem para
uma variedade climática e botânica.
 A partir da linha do equador, os
diversos climas se sucedem de
forma simétrica em ambos os
hemisférios, com importantes
variações locais devidas à
disposição específica de cada
unidade territorial.
•ASSIM: quanto maior a
latitude, menor a temperatura.
ZonasClimáticasdaTerra
•A América ocupa quase toda a extensão norte-sul do globo,
sendo atravessadas por quatro paralelos principais;
•Essa é uma das características do continente americano que
explica a sua grande diversidade climática.
•À medida que nos afastamos do Equador as temperaturas
vão diminuindo.
•O relevo também contribui
para a grande variedade de
climas e de paisagens
vegetais na América.
•Em razão das diferenças de
altitude e da disposição de
suas formas.
•A disposição espacial das
formas de relevo pode
facilitar ou dificultar o
deslocamento das massas de
ar, que influenciam na
umidade e temperatura.
•É a altitude que explica, por
exemplo, as eternas neves
dos Andes, em plena zona
equatorial.
•Nos EUA as M. Rochosas se
mostram como barreira,
dificultando a penetração de
massas de ar úmidas vindas
do Pacífico;
•Na Argentina, o Planalto da
Patagônia possui uma
vastíssima área desértica,
reflexo direta da Cordilheira
dos Andes;
•As Planícies centrais tanto no
norte como no sul do conti-
nente favorece a atuação do
fenômeno da friagem em área
de baixas latitudes –
verdadeiros corredores de
entradas de massas;
Aspectos físicos da América
As correntes marítimas também exercem influência
sobre o clima do continente americano;
*Verdadeiras “rios” que se
deslocam nos oceanos e
influenciam no clima.
*As correntes quentes
podem amenizar o clima,
ex. corrente do Golfo;
*As frias, ex. Humboldt e
Malvinas, são responsáveis
pela ocorrência de
desertos devido à menor
umidade que transferem
para a atmosfera.
* Essa influência é mais sensível no Pacífico, onde as correntes
da Califórnia e de Humboldt favorecem climas secos.
Litoral Atlântico Corrente fria do Labrador.
Formada nas proximidades da Groenlândia.
Influencia o clima: no inverno, ela determina as baixas
temperaturas que congelam as águas dos rios e lagos da costa
nordeste da América do Norte.
Na porção meridional, a corrente
das Falklands é um dos principais
fatores responsáveis pelo clima
semiárido da Patagônia.
Fonte:L’Environment.Paris:Nathan,2000.p.9(adaptado).
Vegetação Original - Clima
Tipos de clima e paisagens vegetais do continente
americano
* As paisagens vegetais dependem principalmente da:
umidade, luz, temperatura e solo;
* Há correlação positiva entre as características climáticas e
vegetacionais;
* Todavia, a ação antrópica tem modificado essa associação
criando centos desequilíbrios ecológicos;
Climas Quentes
• Desértico
• Tropical
• Equatorial
• Semiárido
Climas Temperados
• Continental
Temperado
• Continental Seco
• Oceânico
• Mediterrâneo
• Subtropical
Climas Frios
• Polar
• Montanha
• Continental Frio
Os Principais tipos climáticos da América são:
Hidrografia da América
América do Norte e América do Sul
Há rios bastante extensos.
que formam grandes bacias hidrográficas.
Disponibilidade de
água é relativamente
confortável.
A situação é mais dramática nos países insulares,
ameaçados de ficarem com carência crônica de água.
Nas regiões de concentração excessiva de população
corre-se o risco de faltar suprimento hídrico no futuro.
Em muitos países a água está mal distribuída.
Existindo extensas áreas de clima seco.
América
Central
Possui rios de pequena dimensão.
Densidades demográficas
relativamente elevadas.
Hidrografia da América: os centros dispersores de água e as
vertentes hidrográficas
*Os rios e lagos desempenham papel fundamental na vida das
coletividades humanas;
*Os canais fluviais tem pelo menos quatro significados
importantes: transporte – geração de energia – irrigação e
fonte de alimentos;
*A América tem uma densa rede fluvial, todavia ainda não é
aproveitada toda a sua potencialidade;
*Há também graves problemas
relacionados as alterações das
características naturais dos sistemas
fluviais;
•As nascentes localizam-se nos
planaltos e cordilheiras -
centros dispersores de águas;
•Entre estes destacam-se: as
Rochosas, o planalto
Canadense, os Apalaches, a
Cordilheira dos Andes, os
planaltos central brasileiro e
os planaltos e serras do
Atlântico, que orientam as
direções dos rios;
•A hidrografia do continente
pode ser analisado levando em
consideração a América do
Norte e a do Sul, já que a
hidrografia da América
Central e México são
* O continente possui
grandes bacias fluviais e
numerosos depósitos
lacustres;
* A disposição de suas
cordilheiras, situadas
principalmente na borda
ocidental, determina um
maior desenvolvimento das
bacias para a vertente
atlântica;
* Já as drenagem para o
Pacífico, são em geral
curtas, rápidas e mais
irregulares.
• Os rios que desembocam no
Ártico são caudalosos, mas
congelam-se durante o
inverno, o que limita as
possibilidades de navegação;
entre eles destacam-se o
Yukon e o Mackenzie;
•A vertente do Atlântico
recolhe as águas
procedentes das cordilheiras
(Rochosas e Andes),
formando rios e lagos
caudalosos;
•Há algumas subdivisões das
vertentes do Atlântico como
dos Grandes Lagos e do
Golfo do México

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relevo
RelevoRelevo
Agropecuária geral e do brasil
Agropecuária   geral e do brasilAgropecuária   geral e do brasil
Agropecuária geral e do brasil
Professor
 
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
Prof. Francesco Torres
 
7º ano unidade 5 - Região Norte
7º ano   unidade 5 - Região Norte7º ano   unidade 5 - Região Norte
7º ano unidade 5 - Região Norte
Christie Freitas
 
América Latina
América LatinaAmérica Latina
América Latina
FURG
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
Prof.Paulo/geografia
 
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômicaModulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Antartida
AntartidaAntartida
Antartida
TI Medianeira
 
Continente asiático
Continente asiáticoContinente asiático
Continente asiático
André Luiz Marques
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
Professor
 
A regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundialA regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundial
Uilson Pereira da Silva
 
Oceania
OceaniaOceania
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
Regionalização do espaço brasileiro    fundamentalRegionalização do espaço brasileiro    fundamental
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
Abner de Paula
 
População e economia da américa
População e economia da américaPopulação e economia da américa
População e economia da américa
Íris Ferreira
 
Europa – aspectos naturais
Europa – aspectos naturaisEuropa – aspectos naturais
Europa – aspectos naturais
Professor
 
Geografia continente europeu
Geografia   continente europeuGeografia   continente europeu
Geografia continente europeu
André Luiz Marques
 
Regionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialRegionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundial
LUIS ABREU
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climática
Roberta Sumar
 
América 8º ano - aula 03
América   8º ano - aula 03América   8º ano - aula 03
América 8º ano - aula 03
julio2012souto
 
América do sul
América do sulAmérica do sul
América do sul
Bruno Rangel Silvone
 

Mais procurados (20)

Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Agropecuária geral e do brasil
Agropecuária   geral e do brasilAgropecuária   geral e do brasil
Agropecuária geral e do brasil
 
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
 
7º ano unidade 5 - Região Norte
7º ano   unidade 5 - Região Norte7º ano   unidade 5 - Região Norte
7º ano unidade 5 - Região Norte
 
América Latina
América LatinaAmérica Latina
América Latina
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômicaModulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
 
Antartida
AntartidaAntartida
Antartida
 
Continente asiático
Continente asiáticoContinente asiático
Continente asiático
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
 
A regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundialA regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundial
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
Regionalização do espaço brasileiro    fundamentalRegionalização do espaço brasileiro    fundamental
Regionalização do espaço brasileiro fundamental
 
População e economia da américa
População e economia da américaPopulação e economia da américa
População e economia da américa
 
Europa – aspectos naturais
Europa – aspectos naturaisEuropa – aspectos naturais
Europa – aspectos naturais
 
Geografia continente europeu
Geografia   continente europeuGeografia   continente europeu
Geografia continente europeu
 
Regionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialRegionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundial
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climática
 
América 8º ano - aula 03
América   8º ano - aula 03América   8º ano - aula 03
América 8º ano - aula 03
 
América do sul
América do sulAmérica do sul
América do sul
 

Destaque

Continente Americano Slides 2
Continente Americano Slides 2Continente Americano Slides 2
Continente Americano Slides 2
Jociene37
 
O continente americano
O continente americanoO continente americano
O continente americano
Alexandre Quadrado
 
Cap. 5 o continente americano
Cap. 5   o continente americanoCap. 5   o continente americano
Cap. 5 o continente americano
profacacio
 
Continente Americano: aspectos naturais e ação humana
Continente Americano: aspectos naturais e ação humanaContinente Americano: aspectos naturais e ação humana
Continente Americano: aspectos naturais e ação humana
André Luiz Marques
 
Aspectos Naturais da America Central
Aspectos Naturais da America CentralAspectos Naturais da America Central
Aspectos Naturais da America Central
Patrícia Éderson Dias
 
Geo continente americano 8º
Geo continente americano 8ºGeo continente americano 8º
Geo continente americano 8º
profgilvano
 
8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)
8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)
8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)
Francisco Faccini Bringer
 
O continente americano localização
O continente americano   localizaçãoO continente americano   localização
O continente americano localização
Luciano Pessanha
 
Cultura Continente Americano
Cultura Continente AmericanoCultura Continente Americano
Cultura Continente Americano
SPNPaulin
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Ste Escola Bernardino
 
O continente americano
O continente americanoO continente americano
O continente americano
Uilson Pereira da Silva
 
América do norte 8º ano
América do norte 8º anoAmérica do norte 8º ano
América do norte 8º ano
Débora Sales
 
Oriente Médio
Oriente Médio Oriente Médio
Oriente Médio
carlosbidu
 
América do Norte (8° B)
América do Norte (8° B) América do Norte (8° B)
América do Norte (8° B)
Francis Torres
 
Slideshare
SlideshareSlideshare
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
bruno rangel
 
América
AméricaAmérica
América
Raquel Avila
 
colonização da América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013
colonização da  América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013colonização da  América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013
colonização da América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013
Uelder Santos
 
Alexchevany haiury
Alexchevany haiuryAlexchevany haiury
Alexchevany haiury
peoplewar
 
América do Norte
América do NorteAmérica do Norte
América do Norte
theorewm
 

Destaque (20)

Continente Americano Slides 2
Continente Americano Slides 2Continente Americano Slides 2
Continente Americano Slides 2
 
O continente americano
O continente americanoO continente americano
O continente americano
 
Cap. 5 o continente americano
Cap. 5   o continente americanoCap. 5   o continente americano
Cap. 5 o continente americano
 
Continente Americano: aspectos naturais e ação humana
Continente Americano: aspectos naturais e ação humanaContinente Americano: aspectos naturais e ação humana
Continente Americano: aspectos naturais e ação humana
 
Aspectos Naturais da America Central
Aspectos Naturais da America CentralAspectos Naturais da America Central
Aspectos Naturais da America Central
 
Geo continente americano 8º
Geo continente americano 8ºGeo continente americano 8º
Geo continente americano 8º
 
8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)
8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)
8 ano continente_americano (recorte de aulas extraídas da internet)
 
O continente americano localização
O continente americano   localizaçãoO continente americano   localização
O continente americano localização
 
Cultura Continente Americano
Cultura Continente AmericanoCultura Continente Americano
Cultura Continente Americano
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.
 
O continente americano
O continente americanoO continente americano
O continente americano
 
América do norte 8º ano
América do norte 8º anoAmérica do norte 8º ano
América do norte 8º ano
 
Oriente Médio
Oriente Médio Oriente Médio
Oriente Médio
 
América do Norte (8° B)
América do Norte (8° B) América do Norte (8° B)
América do Norte (8° B)
 
Slideshare
SlideshareSlideshare
Slideshare
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
América
AméricaAmérica
América
 
colonização da América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013
colonização da  América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013colonização da  América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013
colonização da América do Norte-IFBA-alunos de química 1º ano-2013
 
Alexchevany haiury
Alexchevany haiuryAlexchevany haiury
Alexchevany haiury
 
América do Norte
América do NorteAmérica do Norte
América do Norte
 

Semelhante a Aspectos físicos da América

Cap. 6 - As condições naturais da américa
Cap. 6 - As condições naturais da américaCap. 6 - As condições naturais da américa
Cap. 6 - As condições naturais da américa
profacacio
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
Pedro Melo
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
Pedro Melo
 
América Anglo-Saxônica: características naturais
América Anglo-Saxônica: características naturaisAmérica Anglo-Saxônica: características naturais
América Anglo-Saxônica: características naturais
Vinícius Pontini
 
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-SaxônicaModulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
Claudio Henrique Ramos Sales
 
ESTADOS UNIDOS- 2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULA
ESTADOS UNIDOS-  2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULAESTADOS UNIDOS-  2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULA
ESTADOS UNIDOS- 2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULA
CarladeOliveira25
 
Seminário em slides sobre américa anglo saxônica
Seminário em slides sobre américa anglo saxônicaSeminário em slides sobre américa anglo saxônica
Seminário em slides sobre américa anglo saxônica
GabrielQuick
 
América - recursos naturais - Geografia.pptx
América - recursos naturais - Geografia.pptxAmérica - recursos naturais - Geografia.pptx
América - recursos naturais - Geografia.pptx
Robson Pontes
 
8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx
8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx
8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx
Edivonaldo Costa
 
8º anos - Revisão de prova (Geografia)
8º anos - Revisão de prova (Geografia)8º anos - Revisão de prova (Geografia)
8º anos - Revisão de prova (Geografia)
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Os climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônica
Os climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônicaOs climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônica
Os climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônica
Professor
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Ste Escola Bernardino
 
Modulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-SaxônicaModulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-Saxônica
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Continente Americano PT.1
Continente Americano PT.1Continente Americano PT.1
Continente Americano PT.1
Professora Poppe
 
Fatores climáticos
Fatores climáticosFatores climáticos
América - aspectos naturais.pptx
América - aspectos naturais.pptxAmérica - aspectos naturais.pptx
América - aspectos naturais.pptx
Kelvin Sousa
 
Trabalho de henrique
Trabalho de henriqueTrabalho de henrique
Trabalho de henrique
Rick Neto
 
Trabalho de henrique
Trabalho de henriqueTrabalho de henrique
Trabalho de henrique
Rick Neto
 
Geografia da América do Sul
Geografia da América do SulGeografia da América do Sul
Geografia da América do Sul
Patrícia Éderson Dias
 
A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011
Bruna Azevedo
 

Semelhante a Aspectos físicos da América (20)

Cap. 6 - As condições naturais da américa
Cap. 6 - As condições naturais da américaCap. 6 - As condições naturais da américa
Cap. 6 - As condições naturais da américa
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
 
América Anglo-Saxônica: características naturais
América Anglo-Saxônica: características naturaisAmérica Anglo-Saxônica: características naturais
América Anglo-Saxônica: características naturais
 
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-SaxônicaModulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
 
ESTADOS UNIDOS- 2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULA
ESTADOS UNIDOS-  2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULAESTADOS UNIDOS-  2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULA
ESTADOS UNIDOS- 2 ANO GEOGRAFIA.pptxAULA
 
Seminário em slides sobre américa anglo saxônica
Seminário em slides sobre américa anglo saxônicaSeminário em slides sobre américa anglo saxônica
Seminário em slides sobre américa anglo saxônica
 
América - recursos naturais - Geografia.pptx
América - recursos naturais - Geografia.pptxAmérica - recursos naturais - Geografia.pptx
América - recursos naturais - Geografia.pptx
 
8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx
8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx
8-ano-Percurso-1-Os-continentes-e-os-oceanos-13.pptx
 
8º anos - Revisão de prova (Geografia)
8º anos - Revisão de prova (Geografia)8º anos - Revisão de prova (Geografia)
8º anos - Revisão de prova (Geografia)
 
Os climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônica
Os climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônicaOs climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônica
Os climas e as paisagens vegetais da américa anglo saxônica
 
Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.Os climas e as paisagens naturais da américa.
Os climas e as paisagens naturais da américa.
 
Modulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-SaxônicaModulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos Naturais da América Anglo-Saxônica
 
Continente Americano PT.1
Continente Americano PT.1Continente Americano PT.1
Continente Americano PT.1
 
Fatores climáticos
Fatores climáticosFatores climáticos
Fatores climáticos
 
América - aspectos naturais.pptx
América - aspectos naturais.pptxAmérica - aspectos naturais.pptx
América - aspectos naturais.pptx
 
Trabalho de henrique
Trabalho de henriqueTrabalho de henrique
Trabalho de henrique
 
Trabalho de henrique
Trabalho de henriqueTrabalho de henrique
Trabalho de henrique
 
Geografia da América do Sul
Geografia da América do SulGeografia da América do Sul
Geografia da América do Sul
 
A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011
 

Mais de Patrícia Éderson Dias

Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos RefugiadosProcessos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Patrícia Éderson Dias
 
Geografia economica i
Geografia economica iGeografia economica i
Geografia economica i
Patrícia Éderson Dias
 
Conhecimento geografico i
Conhecimento geografico iConhecimento geografico i
Conhecimento geografico i
Patrícia Éderson Dias
 
Climatologia ii
Climatologia iiClimatologia ii
Climatologia ii
Patrícia Éderson Dias
 
Climatologia i
Climatologia iClimatologia i
Climatologia i
Patrícia Éderson Dias
 
Cartografia ii
Cartografia iiCartografia ii
Cartografia ii
Patrícia Éderson Dias
 
Cartografia i
Cartografia iCartografia i
Psicologia e educação interlocuções e possibilidades
Psicologia e educação  interlocuções e possibilidadesPsicologia e educação  interlocuções e possibilidades
Psicologia e educação interlocuções e possibilidades
Patrícia Éderson Dias
 
Política educacional
Política educacional Política educacional
Política educacional
Patrícia Éderson Dias
 
Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Patrícia Éderson Dias
 
Literatura infantil
Literatura infantilLiteratura infantil
Literatura infantil
Patrícia Éderson Dias
 
Linguagem e alfabetização
Linguagem e alfabetizaçãoLinguagem e alfabetização
Linguagem e alfabetização
Patrícia Éderson Dias
 
Leitura e produção de texto
Leitura e produção de texto Leitura e produção de texto
Leitura e produção de texto
Patrícia Éderson Dias
 
Historia da Educação Brasileira
Historia da Educação BrasileiraHistoria da Educação Brasileira
Historia da Educação Brasileira
Patrícia Éderson Dias
 
Livro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação InfantilLivro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação Infantil
Patrícia Éderson Dias
 
Fosolofia na Educação
Fosolofia na EducaçãoFosolofia na Educação
Fosolofia na Educação
Patrícia Éderson Dias
 
Livro de Didatica
Livro de DidaticaLivro de Didatica
Livro de Didatica
Patrícia Éderson Dias
 
Divisão dos períodos da História
Divisão dos períodos da HistóriaDivisão dos períodos da História
Divisão dos períodos da História
Patrícia Éderson Dias
 
Tendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de históriaTendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de história
Patrícia Éderson Dias
 
Introdução ao estudo da história
Introdução ao estudo da históriaIntrodução ao estudo da história
Introdução ao estudo da história
Patrícia Éderson Dias
 

Mais de Patrícia Éderson Dias (20)

Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos RefugiadosProcessos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
 
Geografia economica i
Geografia economica iGeografia economica i
Geografia economica i
 
Conhecimento geografico i
Conhecimento geografico iConhecimento geografico i
Conhecimento geografico i
 
Climatologia ii
Climatologia iiClimatologia ii
Climatologia ii
 
Climatologia i
Climatologia iClimatologia i
Climatologia i
 
Cartografia ii
Cartografia iiCartografia ii
Cartografia ii
 
Cartografia i
Cartografia iCartografia i
Cartografia i
 
Psicologia e educação interlocuções e possibilidades
Psicologia e educação  interlocuções e possibilidadesPsicologia e educação  interlocuções e possibilidades
Psicologia e educação interlocuções e possibilidades
 
Política educacional
Política educacional Política educacional
Política educacional
 
Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação
 
Literatura infantil
Literatura infantilLiteratura infantil
Literatura infantil
 
Linguagem e alfabetização
Linguagem e alfabetizaçãoLinguagem e alfabetização
Linguagem e alfabetização
 
Leitura e produção de texto
Leitura e produção de texto Leitura e produção de texto
Leitura e produção de texto
 
Historia da Educação Brasileira
Historia da Educação BrasileiraHistoria da Educação Brasileira
Historia da Educação Brasileira
 
Livro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação InfantilLivro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação Infantil
 
Fosolofia na Educação
Fosolofia na EducaçãoFosolofia na Educação
Fosolofia na Educação
 
Livro de Didatica
Livro de DidaticaLivro de Didatica
Livro de Didatica
 
Divisão dos períodos da História
Divisão dos períodos da HistóriaDivisão dos períodos da História
Divisão dos períodos da História
 
Tendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de históriaTendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de história
 
Introdução ao estudo da história
Introdução ao estudo da históriaIntrodução ao estudo da história
Introdução ao estudo da história
 

Último

Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 

Aspectos físicos da América

  • 1. Aspectos Físicos Gerais da América Éderson Dias de Oliveira
  • 2. Os continentes sempre tiveram a mesma forma que conhecemos hoje? * A forma e a distribuição dos continentes sempre foi diferente. *Os continentes e os oceanos foram se deslocando lentamente alterando suas formas e posições ao longo das eras geológicas.
  • 3. Qual foi a proposta apresentada por Wegener sobre o movimento dos continentes? Que os continentes estariam flutuando sobre uma massa pastosa e quente do interior do planeta – Teoria apresenta em 1915; Alfred Lothar Wegener
  • 4. Quais foram as evidências que Wegener usou para defender a sua teoria? *A forma do litoral da América do Sul, que se encaixa no contorno do continente africano;
  • 5. Quais foram as evidências que Wegener usou para defender a sua teoria? *A existência de fósseis de animais e plantas semelhantes em ambos continentes.
  • 6. Quais foram as evidências que Wegener usou para defender a sua teoria? *A ocorrência de alguns tipos de rochas e formações geológicas semelhantes em certas regiões da América do Sul e da África.
  • 7. A teoria de Wegener foi bem aceita? Quando e como foi comprovada? * Não. Sua teoria só foi compreendida no final da década de 1950, com os avanços tecnológicos de Sonar. * A crosta terrestre não é inteira sendo formada por vários pedaços de placas tectônicas. Essas se movimentam sobre o manto terrestre, aproximando-se ou distanciando-se.
  • 8. O que faz as placas tectônicas se movimentarem? • É o intenso calor do núcleo que faz as placas tectônicas movimentarem-se. • Grandes correntes de convecção se movimen- tam de forma ascen- dente e descendente, deslocando as placas.
  • 9. Formação do Continente Americano • Está relacionado a dinâmica da tectônica de placas - formação dos recortes continentais; • Formação de cadeias de montanhas na borda ocidental;
  • 10. Disposição do Relevo • Em linhas gerais o relevo americano possui semelhança no sentido sul/norte; • Altas cordilheiras a oeste (presença de montanhas recentes e altos planaltos; • Planícies e depressões no centro; • Planaltos e montanhas antigas desgastadas no leste. • Os rios que drenam o Atlântico constituem grandes bacias, já os que drenam o Pacífico são de curta extensão e encachoeirados.
  • 11. • Na porção oeste há um alinhamento de cordilheiras: Montanhas Rochosas (AN), Andes (AS) separados por planaltos (AC); • No setor leste, predominam grandes planaltos (Brasile- iro, Labrador), além cadeias montanhosas antigas (Apala- ches, Escudo Canadense, Serra do Mar/Mantiqueira, Maciço das Guianas); • Na porção central, predomi- nam grandes planícies com sedimentos de aluvião, e altitudes de 200/500 m., cortados por grandes rios (Mississípi/Missouri, Ohio, Mackenzi, Amazonas, Prata);
  • 13. Os aspectos físicos e o povoamento * As altas latitudes e os climas áridos repelem as ocupações humanas; * Também as altitudes elevadas associadas ao clima frio de montanha dificultam a fixação humana; * Por isso, vários trechos dos Andes possuem menos de 1 hab./km²;
  • 14. Cadeias montanhosas, planaltos e planícies A origem das cadeias montanhosas está ligada à tectônica de placas. Essa porção do continente corresponde as margens de placas tectônicas em movimentos. Esse fato explica a disposição dessas montanhas recentes no sentido Norte-Sul, e a existência de vulcões e abalos sísmicos; No continente há também exten- sos planaltos caracterizados por altitudes médias e formas irregulares desgastadas. Ex. Apalaches e o planalto Brasileiro; No interior do continente exis- tem grandes planícies e depress- ões, como a planície Amazônica; a Platina e a do Mississipi;
  • 15. Os grandes tipos climáticos e as paisagens vegetais  O clima é resultante dos fatores como: relevo, latitude, continentalidade, correntes marítimas, massas de ar e altitude e por fim as interferências humanas no meio ambiente (localmente);  O continente americano apresenta:  (1) Grande extensão territorial; (2) Diferentes formas de relevo, e (3) Extensa costa oceânica, que contribuem para uma variedade climática e botânica.  A partir da linha do equador, os diversos climas se sucedem de forma simétrica em ambos os hemisférios, com importantes variações locais devidas à disposição específica de cada unidade territorial.
  • 16. •ASSIM: quanto maior a latitude, menor a temperatura. ZonasClimáticasdaTerra •A América ocupa quase toda a extensão norte-sul do globo, sendo atravessadas por quatro paralelos principais; •Essa é uma das características do continente americano que explica a sua grande diversidade climática. •À medida que nos afastamos do Equador as temperaturas vão diminuindo.
  • 17. •O relevo também contribui para a grande variedade de climas e de paisagens vegetais na América. •Em razão das diferenças de altitude e da disposição de suas formas. •A disposição espacial das formas de relevo pode facilitar ou dificultar o deslocamento das massas de ar, que influenciam na umidade e temperatura. •É a altitude que explica, por exemplo, as eternas neves dos Andes, em plena zona equatorial.
  • 18. •Nos EUA as M. Rochosas se mostram como barreira, dificultando a penetração de massas de ar úmidas vindas do Pacífico; •Na Argentina, o Planalto da Patagônia possui uma vastíssima área desértica, reflexo direta da Cordilheira dos Andes; •As Planícies centrais tanto no norte como no sul do conti- nente favorece a atuação do fenômeno da friagem em área de baixas latitudes – verdadeiros corredores de entradas de massas;
  • 20. As correntes marítimas também exercem influência sobre o clima do continente americano; *Verdadeiras “rios” que se deslocam nos oceanos e influenciam no clima. *As correntes quentes podem amenizar o clima, ex. corrente do Golfo; *As frias, ex. Humboldt e Malvinas, são responsáveis pela ocorrência de desertos devido à menor umidade que transferem para a atmosfera. * Essa influência é mais sensível no Pacífico, onde as correntes da Califórnia e de Humboldt favorecem climas secos.
  • 21. Litoral Atlântico Corrente fria do Labrador. Formada nas proximidades da Groenlândia. Influencia o clima: no inverno, ela determina as baixas temperaturas que congelam as águas dos rios e lagos da costa nordeste da América do Norte. Na porção meridional, a corrente das Falklands é um dos principais fatores responsáveis pelo clima semiárido da Patagônia.
  • 23. Tipos de clima e paisagens vegetais do continente americano * As paisagens vegetais dependem principalmente da: umidade, luz, temperatura e solo; * Há correlação positiva entre as características climáticas e vegetacionais; * Todavia, a ação antrópica tem modificado essa associação criando centos desequilíbrios ecológicos; Climas Quentes • Desértico • Tropical • Equatorial • Semiárido Climas Temperados • Continental Temperado • Continental Seco • Oceânico • Mediterrâneo • Subtropical Climas Frios • Polar • Montanha • Continental Frio Os Principais tipos climáticos da América são:
  • 24. Hidrografia da América América do Norte e América do Sul Há rios bastante extensos. que formam grandes bacias hidrográficas. Disponibilidade de água é relativamente confortável. A situação é mais dramática nos países insulares, ameaçados de ficarem com carência crônica de água.
  • 25. Nas regiões de concentração excessiva de população corre-se o risco de faltar suprimento hídrico no futuro. Em muitos países a água está mal distribuída. Existindo extensas áreas de clima seco. América Central Possui rios de pequena dimensão. Densidades demográficas relativamente elevadas.
  • 26. Hidrografia da América: os centros dispersores de água e as vertentes hidrográficas *Os rios e lagos desempenham papel fundamental na vida das coletividades humanas; *Os canais fluviais tem pelo menos quatro significados importantes: transporte – geração de energia – irrigação e fonte de alimentos; *A América tem uma densa rede fluvial, todavia ainda não é aproveitada toda a sua potencialidade; *Há também graves problemas relacionados as alterações das características naturais dos sistemas fluviais;
  • 27. •As nascentes localizam-se nos planaltos e cordilheiras - centros dispersores de águas; •Entre estes destacam-se: as Rochosas, o planalto Canadense, os Apalaches, a Cordilheira dos Andes, os planaltos central brasileiro e os planaltos e serras do Atlântico, que orientam as direções dos rios; •A hidrografia do continente pode ser analisado levando em consideração a América do Norte e a do Sul, já que a hidrografia da América Central e México são
  • 28. * O continente possui grandes bacias fluviais e numerosos depósitos lacustres; * A disposição de suas cordilheiras, situadas principalmente na borda ocidental, determina um maior desenvolvimento das bacias para a vertente atlântica; * Já as drenagem para o Pacífico, são em geral curtas, rápidas e mais irregulares.
  • 29. • Os rios que desembocam no Ártico são caudalosos, mas congelam-se durante o inverno, o que limita as possibilidades de navegação; entre eles destacam-se o Yukon e o Mackenzie; •A vertente do Atlântico recolhe as águas procedentes das cordilheiras (Rochosas e Andes), formando rios e lagos caudalosos; •Há algumas subdivisões das vertentes do Atlântico como dos Grandes Lagos e do Golfo do México