SlideShare uma empresa Scribd logo
As 7 Igrejas
Qual é a mensagem para nós?
O Apocalipse
1. Revelação de Jesus Cristo: 1.1.
2. Bem-aventurados: 1.3.
3. Dividido em 3 partes: 1.19.
As 3 partes
As coisas
que viste:
Jesus
glorificado.
95
d.C.
As coisas que são:
Era da Igreja.
As coisas que
hão de
acontecer
depois destas:
Volta de Jesus.
?
Capítulo 1 Capítulos 2 e 3 Capítulos 4 a 22
Cartas as 7 Igrejas.
Parte 1 = Jesus glorificado e Senhor
da Igreja
Parte 2 = Todas as igrejas de todos os
lugares e de todas as épocas
Por que aquelas 7 ?
• 7 é o número do completo na Bíblia.
• Já haviam muitas igrejas no mundo,
mas aquelas igrejas estavam na Ásia, o
centro do culto a Roma e ao Imperador:
segundo Daniel 2, a Igreja viveria no
Império Romano.
A sucessão dos reinos – Dn 2
Era da
Igreja!
Por que aquelas 7 ?
• Elas estavam ligadas circularmente
entre si por uma estrada: iniciando-se
em Éfeso chegava-se a todas as outras.
• João conhecia a todas.
• Elas precisavam.
Qual é a interpretação ?
1. Mensagem para aquelas 7 igrejas,
assim como Romanos, 1 Coríntios, etc.
INTERPRETAÇÃO.
2. Mensagem que poderia servir para
todas as igrejas, assim como Romanos,
1 Coríntios, etc. INTERPRETAÇÃO.
3. Descrição da evolução histórica da
Igreja. APLICAÇÃO (não
interpretação).
Sucessão histórica
ÉFESO – Igreja do fim da era apostólica – Igreja preocupada.
ESMIRNA – Igreja sofredora – Igreja perseguida.
PÉRGAMO – Igreja exaltada pelo Mundo – Igreja indulgente.
TIATIRA – Igreja Católica – Igreja negligente.
SARDES – Igreja reformada estatal – Igreja impotente.
FILADÉLFIA – Igreja missionária – Igreja perseverante.
LAODICÉIA – Igreja do fim – Igreja rica e morna .
Evolução temporal da Igreja
Evolução temporal da Igreja
Efeso 11características históricas
Esmirna 6características históricas
Pergamo 5características históricas
Tiatira 8características históricas
Sardes 4características históricas
Filadelfia 5características históricas
Laodiceia 6características históricas
TOTAL 45características históricas
Grande
Meretriz
Duas linhas de Igreja
Jerusálem
= Bíblia
Éfeso Esmirna Pérgamo Tiatira
Bíblia =
Jerusálem
Sardes Filadélfia Laodicéia
Um bloco só
Linha da Igreja Católica = Roma
Linha da Igreja Evangélica = Jerusalém
Noiva do
Cordeiro
Noiva do
Cordeiro
Igreja
Falsa
Duas linhas de Igreja
Igreja dos
Apóstolos
Igreja do
Fim da Era
Apostólica
Igreja
Perseguida
União com
Estado
Igreja
católica
Reforma Igreja
Reformada
Igreja
Perfeita
Igreja
Evangélica
Morna
Um bloco só
Linha da Igreja Católica = centrada nas
Tradições Católicas e, depois, na Bíblia
Linha da Igreja Evangélica = centrada somente na
Bíblia
Verdadeira
Igreja
Verdadeira
Igreja
Babilônia
Duas linhas de Igreja
Igreja dos
Apóstolos
Linha da
Igreja
Católica
Idolatria
Pecados sexuais
Feitiçaria
Igreja da
Reforma
Linha da
Igreja
Evangélica
Jerusalém
“Os de Tiatira que
perseveram em não
seguir Jezabel”
Mornidão
Auto-suficiência
”Os de Laodicéia que
perseveram em buscar
Jesus, aceitar sua
disciplina, e abrir seu
coração para Ele”
Instruções para a Igreja do Fim do
Fim em Apocalipse
Católicos: perseverem em
1.Não seguir Jezabel.
2.Conservar o que tem até que o Senhor volte
(obras, amor, fé, serviço, perseverança – 2.19).
Evangélicos: perseverem em
1. Buscar Jesus.
2. Aceitar sua disciplina.
3. Abrir seu coração para Ele.
Instruções para a Igreja do Fim do
Fim nas Cartas de Paulo, Pedro,
João, e Judas
I Timóteo 4. 1-5
II Timóteo 3. 1-17
I Pedro 4. 7- 11
I Pedro 3. 1 – 18
I João 2. 18 – 29
Judas 17 - 25
Duas linhas de Igreja
Há vários exemplos na Bíblia de formação de
2 linhas:
1.Israel e Igreja, Antigo Testamento e Novo
Testamento.
2.“A glória da Segunda Casa será maior do
que a da Primeira”.
3.A Velha Jerusalém e a Nova Jerusalém.
4.O primeiro vaso do Oleiro se quebrou, e Ele
teve que fazer um segundo: Jr 18.4.
5.As 2 mulheres de Apocalipse.
Duas linhas de Igreja
Estas 2 linhas são muito diferentes entre
si:
1.A Linha da Igreja Católica tem como
autoridade suprema a Tradição da Igreja,
enquanto a Linha da Igreja Evangélica
tem como autoridade suprema a Bíblia.
Duas linhas de Igreja
2. A Igreja Católica estabeleceu sua mediação
entre Deus e o homem: sacramentos e
sistema clerical-sacerdotal. Assim como o
Estado media o homem com o homem, a
Igreja Católica quer mediar o homem com
Deus.
A Igreja Evangélica ensina que o homem
pode e deve, em Cristo, ir diretamente à
Deus, sem necessidade de sacramentos e
sacerdotes. A única mediação é a de
Cristo.
Duas linhas de Igreja
3. O nome Igreja Evangélica quer dizer Igreja
que enfatiza a autoridade da Bíblia e
ensina que a salvação é pela graça e pela
fé.
A Igreja Católica é a Igreja que afirma a
autoridade da Tradição da Igreja Católica e
ensina que a salvação é pelos sacramentos
católicos e as boas obras católicas.
Duas linhas de Igreja
4. A Igreja Católica tem Roma como modelo e
a Igreja Evangélica tem Jerusalém como
modelo:
Roma é Babilônia, a Religião dos homens,
a salvação pela intercessão dos homens,
pelas obras humanas.
Jerusalém é a Cidade do Grande Rei, a
Religião de Deus, a Salvação pela graça e
pela fé em Deus e no Seu Messias.
Duas linhas de Igreja
5. A Linha Católica é idólatra-mágica e a Linha
Evangélica é espiritual-racional. Isto se vê
nas civilizações que criam:
Duas linhas de Igreja
Católica = nações vendidas à idolatria,
superstição, feitiçaria, indecência sexual,
corrupção endêmica, miséria e pobreza
extremas. Exemplo: Brasil.
Evangélica = nações que valorizam o trabalho
honesto, onde há resistência contra a
indecência sexual, onde há tolerância zero
para a corrupção, há grande prosperidade
material. Exemplo: no passado, Inglaterra,
EUA, hoje, ?.
Riscos de enganação
Católica: estão sob a maldição da idolatria,
“tornem-se semelhantes a eles tantos
quantos os adorem”, Sl 115. Assim, “são
mortos como os ídolos são mortos: não tem
entendimento, são cegos, surdos, mudos”.
São presas fáceis do engano.
Por exemplo: ouvem o Diabo, para aprender
sobre o mundo espiritual.
Ouvindo o Diabo
Padre
Gabrielle
Amorth,
Exorcista-
Chefe do
Vaticano.
Ouvindo o Diabo
Algumas coisas certas ...
Algumas coisas certas ...
Algumas coisas certas ...
… Misturam certas com erradas …
Conversa de um padre-exorcista (E) com um demônio chamado Akabor (A):
… E terminam com muitas coisas
totalmente erradas
… E terminam com muitas coisas
totalmente erradas
… E terminam com muitas coisas
totalmente erradas
Riscos de enganação
Evangélica: as cartas à Sardes e à Laodicéia
mostram nossos riscos:
-“Ter nome de que vive mas estar morto”.
-Uma grande preocupação com doutrinas
SEM a prática delas.
-Render nossa devoção, prazer, e
confiança/segurança no dinheiro.
-Autossuficiência, soberba, indolência
espiritual (“mornidão”).
Duas linhas de Igreja Igreja Apóstata
Os infiéis das 2 linhas contribuirão para
formar a Falsa Igreja:
1.A Linha Católica formará a estrutura desta
Igreja Apóstata. Por isso dizemos que a
Grande Babilônia, a Grande Meretriz é a Igreja
Católica.
2.A Linha Evangélica contribuirá
adicionalmente com os mornos, aqueles que
se ensoberbeceram, que tornam a fé um
mero instrumento para o enriquecimento.
Duas linhas de Igreja Igreja Apóstata
Assim, a Grande Babilônia será a Igreja que
restará após o Arrebatamento:
-Terá a estrutura da Igreja Católica.
-Nela estarão muitos católicos, os não-
convertidos ( a maioria).
-Para elas afluirão grande parte dos
evangélicos que não foram arrebatados, “os
mornos”, que a comporão junto com os
católicos.
Duas linhas de Igreja Igreja Apóstata
Isto já está acontecendo em parte:
-A Igreja Anglicana (Evangélica) já tem muitos
membros, inclusive pastores, indo para a
submissão ao papa.
-Alguns líderes de igrejas presbiterianas e
batistas norte-americanas já estão se
aproximando do papa, considerando-o como
“a maior autoridade cristã do mundo”.
-Alguns evangélicos já estão aceitando o
ecumenismo com a Igreja Católica.
Fraternidade Ecumenismo
Diferença entre fraternidade cristã e
ecumenismo:
-A Igreja de Cristo é uma só.
-Todos os verdadeiros cristãos são irmãos, mesmo
que estejam em denominações diferentes. E
devemos reconhecer isto e termos comunhão na
verdade. Isto é a fraternidade cristã.
-Ecumenismo é a aceitação de todas as opiniões,
doutrinas, e práticas como verdadeiras – todas
elas, mesmo sendo contraditórias.
Fraternidade Ecumenismo
Como fazemos então?
-Aqueles que estão na Igreja Católica e se dizem
irmãos, devemos verificar se eles estão na fé
bíblica. Há católicos que estão. São nascidos de
novo, verdadeiramente convertidos, irmãos
nossos. Um dia sairão de lá.
-Aqueles que estão na Igreja Evangélica também
devem ser verificados se estão na fé bíblica. Há
evangélicos que não estão. Alguns precisam ser
ensinados, mas outros estão entre nós mas não
são nossos.
Parte 3 = A Volta de Jesus
Questões que incomodam
1. Como eu sei que uma igreja é boa?
(Verdadeira, legítima, Candeeiro que está na
área de Jesus e cuja liderança está nas mãos
dele).
2. Como eu ser um verdadeiro cristão?
3. Como manter uma igreja boa?
4. Posso ser um cristão desigrejado?
5. Como ter certeza de minha salvação?
6. Como ter certeza de que serei arrebatado?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
Respirando Deus
 
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do ApocalipseInterpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Revestindo a Armadura de Deus
Revestindo a Armadura de DeusRevestindo a Armadura de Deus
Revestindo a Armadura de Deus
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
Alberto Nery
 
Palestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblicaPalestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblica
ADMILTON SOARES
 
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Adriano Pascoa
 
LIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUS
LIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUSLIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUS
LIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUS
Hamilton Souza
 
Bertumbuh dalam kasih karunia
Bertumbuh dalam kasih karuniaBertumbuh dalam kasih karunia
Bertumbuh dalam kasih karunia
Yohanes Ratu Eda
 
LIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOS
LIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOSLIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOS
LIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOS
Lourinaldo Serafim
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateus
RODRIGO FERREIRA
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Márcio Martins
 
Lição 10 - As manifestações do Espírito Santo
Lição 10 - As manifestações do Espírito SantoLição 10 - As manifestações do Espírito Santo
Lição 10 - As manifestações do Espírito Santo
Éder Tomé
 
Lista de heresias da Igreja Católica
Lista de heresias da Igreja CatólicaLista de heresias da Igreja Católica
Lista de heresias da Igreja Católica
Alberto Simonton
 
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulaçãoEscatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
Natalino das Neves Neves
 
Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1
Lisanro Cronje
 
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOSESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
EVANGELISTA SOARES
 
Bedah Kitab Yakobus
Bedah Kitab YakobusBedah Kitab Yakobus
Bedah Kitab Yakobus
SABDA
 
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUSA NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
Sandra Dias
 

Mais procurados (20)

História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
 
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do ApocalipseInterpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
 
Revestindo a Armadura de Deus
Revestindo a Armadura de DeusRevestindo a Armadura de Deus
Revestindo a Armadura de Deus
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
 
Palestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblicaPalestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblica
 
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
 
LIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUS
LIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUSLIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUS
LIÇÃO 01 TABERNÁCULO – UM LUGAR DA HABITAÇÃO DE DEUS
 
Bertumbuh dalam kasih karunia
Bertumbuh dalam kasih karuniaBertumbuh dalam kasih karunia
Bertumbuh dalam kasih karunia
 
LIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOS
LIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOSLIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOS
LIÇÃO 13 - O DESTINO FINAL DOS MORTOS
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateus
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
 
Lição 10 - As manifestações do Espírito Santo
Lição 10 - As manifestações do Espírito SantoLição 10 - As manifestações do Espírito Santo
Lição 10 - As manifestações do Espírito Santo
 
Lista de heresias da Igreja Católica
Lista de heresias da Igreja CatólicaLista de heresias da Igreja Católica
Lista de heresias da Igreja Católica
 
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulaçãoEscatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
 
Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1
 
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOSESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
 
Bedah Kitab Yakobus
Bedah Kitab YakobusBedah Kitab Yakobus
Bedah Kitab Yakobus
 
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUSA NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
 

Destaque

4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio
Estudos Bíblicos
 
6 35 31 08 15 adoracao
6 35 31 08 15 adoracao6 35 31 08 15 adoracao
6 35 31 08 15 adoracao
Estudos Bíblicos
 
6 33 17 08 15 batismo no espírito
6 33 17 08 15 batismo no espírito6 33 17 08 15 batismo no espírito
6 33 17 08 15 batismo no espírito
Estudos Bíblicos
 
Bbb biblioteca bíblica básica
Bbb   biblioteca bíblica básicaBbb   biblioteca bíblica básica
Bbb biblioteca bíblica básica
Estudos Bíblicos
 
Os tempos do fim
Os tempos do fimOs tempos do fim
Os tempos do fim
Estudos Bíblicos
 
6 32 10 08 15 inimigos
6 32 10 08 15 inimigos6 32 10 08 15 inimigos
6 32 10 08 15 inimigos
Estudos Bíblicos
 
6 31 03 08 15 inimigos
6 31 03 08 15 inimigos6 31 03 08 15 inimigos
6 31 03 08 15 inimigos
Estudos Bíblicos
 
4 26 20 07 15 ajudando-se
4 26 20 07 15 ajudando-se4 26 20 07 15 ajudando-se
4 26 20 07 15 ajudando-se
Estudos Bíblicos
 
6 34 24 08 15 lugares altos
6 34 24 08 15 lugares altos6 34 24 08 15 lugares altos
6 34 24 08 15 lugares altos
Estudos Bíblicos
 
6 30 27 07 15 ajudando-se
6 30 27 07 15 ajudando-se6 30 27 07 15 ajudando-se
6 30 27 07 15 ajudando-se
Estudos Bíblicos
 
Sinais da vinda do messias
Sinais da vinda do messiasSinais da vinda do messias
Sinais da vinda do messias
Estudos Bíblicos
 
Fé e ciência
Fé e ciênciaFé e ciência
Fé e ciência
Estudos Bíblicos
 
A profecia das 70 semanas
A profecia das 70 semanasA profecia das 70 semanas
A profecia das 70 semanas
Estudos Bíblicos
 
4 25 13 07 15 operadores da santificação
4 25 13 07 15 operadores da santificação4 25 13 07 15 operadores da santificação
4 25 13 07 15 operadores da santificação
Estudos Bíblicos
 
O lar cristão divórcio viúvez 2o casamento
O lar cristão   divórcio viúvez 2o casamentoO lar cristão   divórcio viúvez 2o casamento
O lar cristão divórcio viúvez 2o casamento
Estudos Bíblicos
 
Tiatira 02
Tiatira 02Tiatira 02
Tiatira 02
Estudos Bíblicos
 
O lar cristão
O lar cristãoO lar cristão
O lar cristão
Estudos Bíblicos
 
6 36 07 09 15 tabernáculo
6 36 07 09 15 tabernáculo6 36 07 09 15 tabernáculo
6 36 07 09 15 tabernáculo
Estudos Bíblicos
 
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
Cleide Corrêa
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
Daniel de Carvalho Luz
 

Destaque (20)

4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio
 
6 35 31 08 15 adoracao
6 35 31 08 15 adoracao6 35 31 08 15 adoracao
6 35 31 08 15 adoracao
 
6 33 17 08 15 batismo no espírito
6 33 17 08 15 batismo no espírito6 33 17 08 15 batismo no espírito
6 33 17 08 15 batismo no espírito
 
Bbb biblioteca bíblica básica
Bbb   biblioteca bíblica básicaBbb   biblioteca bíblica básica
Bbb biblioteca bíblica básica
 
Os tempos do fim
Os tempos do fimOs tempos do fim
Os tempos do fim
 
6 32 10 08 15 inimigos
6 32 10 08 15 inimigos6 32 10 08 15 inimigos
6 32 10 08 15 inimigos
 
6 31 03 08 15 inimigos
6 31 03 08 15 inimigos6 31 03 08 15 inimigos
6 31 03 08 15 inimigos
 
4 26 20 07 15 ajudando-se
4 26 20 07 15 ajudando-se4 26 20 07 15 ajudando-se
4 26 20 07 15 ajudando-se
 
6 34 24 08 15 lugares altos
6 34 24 08 15 lugares altos6 34 24 08 15 lugares altos
6 34 24 08 15 lugares altos
 
6 30 27 07 15 ajudando-se
6 30 27 07 15 ajudando-se6 30 27 07 15 ajudando-se
6 30 27 07 15 ajudando-se
 
Sinais da vinda do messias
Sinais da vinda do messiasSinais da vinda do messias
Sinais da vinda do messias
 
Fé e ciência
Fé e ciênciaFé e ciência
Fé e ciência
 
A profecia das 70 semanas
A profecia das 70 semanasA profecia das 70 semanas
A profecia das 70 semanas
 
4 25 13 07 15 operadores da santificação
4 25 13 07 15 operadores da santificação4 25 13 07 15 operadores da santificação
4 25 13 07 15 operadores da santificação
 
O lar cristão divórcio viúvez 2o casamento
O lar cristão   divórcio viúvez 2o casamentoO lar cristão   divórcio viúvez 2o casamento
O lar cristão divórcio viúvez 2o casamento
 
Tiatira 02
Tiatira 02Tiatira 02
Tiatira 02
 
O lar cristão
O lar cristãoO lar cristão
O lar cristão
 
6 36 07 09 15 tabernáculo
6 36 07 09 15 tabernáculo6 36 07 09 15 tabernáculo
6 36 07 09 15 tabernáculo
 
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 

Semelhante a As 7 igrejas 06

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
Marcos Masini
 
O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]
O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]
O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Manual católico
Manual católicoManual católico
Manual católico
raparecido2600
 
Pra onde vai a igreja professor heber
Pra onde vai a igreja   professor heberPra onde vai a igreja   professor heber
Pra onde vai a igreja professor heber
Zé Vitor Rabelo
 
O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?
O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?
O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?
ESCRIBAVALDEMIR
 
Tese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologiaTese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologia
Zé Vitor Rabelo
 
2º Aula de História da Igreja
2º Aula de História da Igreja2º Aula de História da Igreja
2º Aula de História da Igreja
Jefferson Evangelista
 
3ª Aula de História da Igreja
3ª Aula de História da Igreja3ª Aula de História da Igreja
3ª Aula de História da Igreja
Jefferson Evangelista
 
2ª - Aula - História da Igreja
2ª - Aula - História da Igreja2ª - Aula - História da Igreja
2ª - Aula - História da Igreja
Jefferson Evangelista
 
2º aula de história da igreja
2º   aula de história da igreja2º   aula de história da igreja
2º aula de história da igreja
Jefferson Evangelista
 
2º Aula História da Igreja
2º Aula  História da Igreja2º Aula  História da Igreja
2º Aula História da Igreja
Jefferson Evangelista
 
10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja
Jefferson Evangelista
 
4ª Aula de História da Igreja
4ª Aula de História da Igreja4ª Aula de História da Igreja
4ª Aula de História da Igreja
Jefferson Evangelista
 
Identidade Nazarena - M2
Identidade Nazarena - M2Identidade Nazarena - M2
Identidade Nazarena - M2
semnazarenovirtual
 
A família católica, 31 edição, dezembro 2015
A família católica, 31 edição, dezembro 2015A família católica, 31 edição, dezembro 2015
A família católica, 31 edição, dezembro 2015
JORNAL A FAMILIA CATÓLICA
 
CURRICULO DA EBD 2012 - Completo
CURRICULO DA EBD 2012 - CompletoCURRICULO DA EBD 2012 - Completo
CURRICULO DA EBD 2012 - Completo
Sergio Silva
 
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completoEBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
Sergio Silva
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Robson Rocha
 
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoHistória do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
Gustavo Messias
 
Visão
VisãoVisão

Semelhante a As 7 igrejas 06 (20)

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
 
O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]
O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]
O QUE É IGREJA CATÓLICA ROMANA? [HERESIOLOGIA]
 
Manual católico
Manual católicoManual católico
Manual católico
 
Pra onde vai a igreja professor heber
Pra onde vai a igreja   professor heberPra onde vai a igreja   professor heber
Pra onde vai a igreja professor heber
 
O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?
O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?
O QUE É A IGREJA CATÓLICA ROMANA?
 
Tese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologiaTese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologia
 
2º Aula de História da Igreja
2º Aula de História da Igreja2º Aula de História da Igreja
2º Aula de História da Igreja
 
3ª Aula de História da Igreja
3ª Aula de História da Igreja3ª Aula de História da Igreja
3ª Aula de História da Igreja
 
2ª - Aula - História da Igreja
2ª - Aula - História da Igreja2ª - Aula - História da Igreja
2ª - Aula - História da Igreja
 
2º aula de história da igreja
2º   aula de história da igreja2º   aula de história da igreja
2º aula de história da igreja
 
2º Aula História da Igreja
2º Aula  História da Igreja2º Aula  História da Igreja
2º Aula História da Igreja
 
10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja
 
4ª Aula de História da Igreja
4ª Aula de História da Igreja4ª Aula de História da Igreja
4ª Aula de História da Igreja
 
Identidade Nazarena - M2
Identidade Nazarena - M2Identidade Nazarena - M2
Identidade Nazarena - M2
 
A família católica, 31 edição, dezembro 2015
A família católica, 31 edição, dezembro 2015A família católica, 31 edição, dezembro 2015
A família católica, 31 edição, dezembro 2015
 
CURRICULO DA EBD 2012 - Completo
CURRICULO DA EBD 2012 - CompletoCURRICULO DA EBD 2012 - Completo
CURRICULO DA EBD 2012 - Completo
 
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completoEBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
 
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoHistória do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
 
Visão
VisãoVisão
Visão
 

Mais de Estudos Bíblicos

4 24 06 07 15 operadores da santificação
4 24 06 07 15 operadores da santificação4 24 06 07 15 operadores da santificação
4 24 06 07 15 operadores da santificação
Estudos Bíblicos
 
4 22 22 06 15 divórcio
4 22 22 06 15 divórcio4 22 22 06 15 divórcio
4 22 22 06 15 divórcio
Estudos Bíblicos
 
4 21 15 06 15 casamento
4 21 15 06 15 casamento4 21 15 06 15 casamento
4 21 15 06 15 casamento
Estudos Bíblicos
 
Cadastros
Cadastros Cadastros
Cadastros
Estudos Bíblicos
 
Dados igreja membro
Dados igreja membroDados igreja membro
Dados igreja membro
Estudos Bíblicos
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
Os quadros profeticos do fim 02
Os quadros profeticos do fim 02Os quadros profeticos do fim 02
Os quadros profeticos do fim 02
Estudos Bíblicos
 
Estudo das alianças bíblicas
Estudo das alianças bíblicasEstudo das alianças bíblicas
Estudo das alianças bíblicas
Estudos Bíblicos
 
Aliança abraâmica
Aliança abraâmicaAliança abraâmica
Aliança abraâmica
Estudos Bíblicos
 
O lar cristão
O lar cristãoO lar cristão
O lar cristão
Estudos Bíblicos
 
O plano da salvação 02
O plano da salvação 02O plano da salvação 02
O plano da salvação 02
Estudos Bíblicos
 
Vivendo a salvação
Vivendo a salvaçãoVivendo a salvação
Vivendo a salvação
Estudos Bíblicos
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
Estudos Bíblicos
 

Mais de Estudos Bíblicos (13)

4 24 06 07 15 operadores da santificação
4 24 06 07 15 operadores da santificação4 24 06 07 15 operadores da santificação
4 24 06 07 15 operadores da santificação
 
4 22 22 06 15 divórcio
4 22 22 06 15 divórcio4 22 22 06 15 divórcio
4 22 22 06 15 divórcio
 
4 21 15 06 15 casamento
4 21 15 06 15 casamento4 21 15 06 15 casamento
4 21 15 06 15 casamento
 
Cadastros
Cadastros Cadastros
Cadastros
 
Dados igreja membro
Dados igreja membroDados igreja membro
Dados igreja membro
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
Curriculo
 
Os quadros profeticos do fim 02
Os quadros profeticos do fim 02Os quadros profeticos do fim 02
Os quadros profeticos do fim 02
 
Estudo das alianças bíblicas
Estudo das alianças bíblicasEstudo das alianças bíblicas
Estudo das alianças bíblicas
 
Aliança abraâmica
Aliança abraâmicaAliança abraâmica
Aliança abraâmica
 
O lar cristão
O lar cristãoO lar cristão
O lar cristão
 
O plano da salvação 02
O plano da salvação 02O plano da salvação 02
O plano da salvação 02
 
Vivendo a salvação
Vivendo a salvaçãoVivendo a salvação
Vivendo a salvação
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
 

Último

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 

Último (20)

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 

As 7 igrejas 06

  • 1. As 7 Igrejas Qual é a mensagem para nós?
  • 2. O Apocalipse 1. Revelação de Jesus Cristo: 1.1. 2. Bem-aventurados: 1.3. 3. Dividido em 3 partes: 1.19.
  • 3. As 3 partes As coisas que viste: Jesus glorificado. 95 d.C. As coisas que são: Era da Igreja. As coisas que hão de acontecer depois destas: Volta de Jesus. ? Capítulo 1 Capítulos 2 e 3 Capítulos 4 a 22 Cartas as 7 Igrejas.
  • 4. Parte 1 = Jesus glorificado e Senhor da Igreja
  • 5. Parte 2 = Todas as igrejas de todos os lugares e de todas as épocas
  • 6. Por que aquelas 7 ? • 7 é o número do completo na Bíblia. • Já haviam muitas igrejas no mundo, mas aquelas igrejas estavam na Ásia, o centro do culto a Roma e ao Imperador: segundo Daniel 2, a Igreja viveria no Império Romano.
  • 7. A sucessão dos reinos – Dn 2 Era da Igreja!
  • 8. Por que aquelas 7 ? • Elas estavam ligadas circularmente entre si por uma estrada: iniciando-se em Éfeso chegava-se a todas as outras. • João conhecia a todas. • Elas precisavam.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Qual é a interpretação ? 1. Mensagem para aquelas 7 igrejas, assim como Romanos, 1 Coríntios, etc. INTERPRETAÇÃO. 2. Mensagem que poderia servir para todas as igrejas, assim como Romanos, 1 Coríntios, etc. INTERPRETAÇÃO. 3. Descrição da evolução histórica da Igreja. APLICAÇÃO (não interpretação).
  • 13. Sucessão histórica ÉFESO – Igreja do fim da era apostólica – Igreja preocupada. ESMIRNA – Igreja sofredora – Igreja perseguida. PÉRGAMO – Igreja exaltada pelo Mundo – Igreja indulgente. TIATIRA – Igreja Católica – Igreja negligente. SARDES – Igreja reformada estatal – Igreja impotente. FILADÉLFIA – Igreja missionária – Igreja perseverante. LAODICÉIA – Igreja do fim – Igreja rica e morna .
  • 15. Evolução temporal da Igreja Efeso 11características históricas Esmirna 6características históricas Pergamo 5características históricas Tiatira 8características históricas Sardes 4características históricas Filadelfia 5características históricas Laodiceia 6características históricas TOTAL 45características históricas
  • 16. Grande Meretriz Duas linhas de Igreja Jerusálem = Bíblia Éfeso Esmirna Pérgamo Tiatira Bíblia = Jerusálem Sardes Filadélfia Laodicéia Um bloco só Linha da Igreja Católica = Roma Linha da Igreja Evangélica = Jerusalém Noiva do Cordeiro Noiva do Cordeiro
  • 17. Igreja Falsa Duas linhas de Igreja Igreja dos Apóstolos Igreja do Fim da Era Apostólica Igreja Perseguida União com Estado Igreja católica Reforma Igreja Reformada Igreja Perfeita Igreja Evangélica Morna Um bloco só Linha da Igreja Católica = centrada nas Tradições Católicas e, depois, na Bíblia Linha da Igreja Evangélica = centrada somente na Bíblia Verdadeira Igreja Verdadeira Igreja
  • 18. Babilônia Duas linhas de Igreja Igreja dos Apóstolos Linha da Igreja Católica Idolatria Pecados sexuais Feitiçaria Igreja da Reforma Linha da Igreja Evangélica Jerusalém “Os de Tiatira que perseveram em não seguir Jezabel” Mornidão Auto-suficiência ”Os de Laodicéia que perseveram em buscar Jesus, aceitar sua disciplina, e abrir seu coração para Ele”
  • 19. Instruções para a Igreja do Fim do Fim em Apocalipse Católicos: perseverem em 1.Não seguir Jezabel. 2.Conservar o que tem até que o Senhor volte (obras, amor, fé, serviço, perseverança – 2.19). Evangélicos: perseverem em 1. Buscar Jesus. 2. Aceitar sua disciplina. 3. Abrir seu coração para Ele.
  • 20. Instruções para a Igreja do Fim do Fim nas Cartas de Paulo, Pedro, João, e Judas I Timóteo 4. 1-5 II Timóteo 3. 1-17 I Pedro 4. 7- 11 I Pedro 3. 1 – 18 I João 2. 18 – 29 Judas 17 - 25
  • 21. Duas linhas de Igreja Há vários exemplos na Bíblia de formação de 2 linhas: 1.Israel e Igreja, Antigo Testamento e Novo Testamento. 2.“A glória da Segunda Casa será maior do que a da Primeira”. 3.A Velha Jerusalém e a Nova Jerusalém. 4.O primeiro vaso do Oleiro se quebrou, e Ele teve que fazer um segundo: Jr 18.4. 5.As 2 mulheres de Apocalipse.
  • 22. Duas linhas de Igreja Estas 2 linhas são muito diferentes entre si: 1.A Linha da Igreja Católica tem como autoridade suprema a Tradição da Igreja, enquanto a Linha da Igreja Evangélica tem como autoridade suprema a Bíblia.
  • 23. Duas linhas de Igreja 2. A Igreja Católica estabeleceu sua mediação entre Deus e o homem: sacramentos e sistema clerical-sacerdotal. Assim como o Estado media o homem com o homem, a Igreja Católica quer mediar o homem com Deus. A Igreja Evangélica ensina que o homem pode e deve, em Cristo, ir diretamente à Deus, sem necessidade de sacramentos e sacerdotes. A única mediação é a de Cristo.
  • 24. Duas linhas de Igreja 3. O nome Igreja Evangélica quer dizer Igreja que enfatiza a autoridade da Bíblia e ensina que a salvação é pela graça e pela fé. A Igreja Católica é a Igreja que afirma a autoridade da Tradição da Igreja Católica e ensina que a salvação é pelos sacramentos católicos e as boas obras católicas.
  • 25. Duas linhas de Igreja 4. A Igreja Católica tem Roma como modelo e a Igreja Evangélica tem Jerusalém como modelo: Roma é Babilônia, a Religião dos homens, a salvação pela intercessão dos homens, pelas obras humanas. Jerusalém é a Cidade do Grande Rei, a Religião de Deus, a Salvação pela graça e pela fé em Deus e no Seu Messias.
  • 26. Duas linhas de Igreja 5. A Linha Católica é idólatra-mágica e a Linha Evangélica é espiritual-racional. Isto se vê nas civilizações que criam:
  • 27. Duas linhas de Igreja Católica = nações vendidas à idolatria, superstição, feitiçaria, indecência sexual, corrupção endêmica, miséria e pobreza extremas. Exemplo: Brasil. Evangélica = nações que valorizam o trabalho honesto, onde há resistência contra a indecência sexual, onde há tolerância zero para a corrupção, há grande prosperidade material. Exemplo: no passado, Inglaterra, EUA, hoje, ?.
  • 28. Riscos de enganação Católica: estão sob a maldição da idolatria, “tornem-se semelhantes a eles tantos quantos os adorem”, Sl 115. Assim, “são mortos como os ídolos são mortos: não tem entendimento, são cegos, surdos, mudos”. São presas fáceis do engano. Por exemplo: ouvem o Diabo, para aprender sobre o mundo espiritual.
  • 34. … Misturam certas com erradas … Conversa de um padre-exorcista (E) com um demônio chamado Akabor (A):
  • 35. … E terminam com muitas coisas totalmente erradas
  • 36. … E terminam com muitas coisas totalmente erradas
  • 37. … E terminam com muitas coisas totalmente erradas
  • 38. Riscos de enganação Evangélica: as cartas à Sardes e à Laodicéia mostram nossos riscos: -“Ter nome de que vive mas estar morto”. -Uma grande preocupação com doutrinas SEM a prática delas. -Render nossa devoção, prazer, e confiança/segurança no dinheiro. -Autossuficiência, soberba, indolência espiritual (“mornidão”).
  • 39. Duas linhas de Igreja Igreja Apóstata Os infiéis das 2 linhas contribuirão para formar a Falsa Igreja: 1.A Linha Católica formará a estrutura desta Igreja Apóstata. Por isso dizemos que a Grande Babilônia, a Grande Meretriz é a Igreja Católica. 2.A Linha Evangélica contribuirá adicionalmente com os mornos, aqueles que se ensoberbeceram, que tornam a fé um mero instrumento para o enriquecimento.
  • 40. Duas linhas de Igreja Igreja Apóstata Assim, a Grande Babilônia será a Igreja que restará após o Arrebatamento: -Terá a estrutura da Igreja Católica. -Nela estarão muitos católicos, os não- convertidos ( a maioria). -Para elas afluirão grande parte dos evangélicos que não foram arrebatados, “os mornos”, que a comporão junto com os católicos.
  • 41. Duas linhas de Igreja Igreja Apóstata Isto já está acontecendo em parte: -A Igreja Anglicana (Evangélica) já tem muitos membros, inclusive pastores, indo para a submissão ao papa. -Alguns líderes de igrejas presbiterianas e batistas norte-americanas já estão se aproximando do papa, considerando-o como “a maior autoridade cristã do mundo”. -Alguns evangélicos já estão aceitando o ecumenismo com a Igreja Católica.
  • 42. Fraternidade Ecumenismo Diferença entre fraternidade cristã e ecumenismo: -A Igreja de Cristo é uma só. -Todos os verdadeiros cristãos são irmãos, mesmo que estejam em denominações diferentes. E devemos reconhecer isto e termos comunhão na verdade. Isto é a fraternidade cristã. -Ecumenismo é a aceitação de todas as opiniões, doutrinas, e práticas como verdadeiras – todas elas, mesmo sendo contraditórias.
  • 43. Fraternidade Ecumenismo Como fazemos então? -Aqueles que estão na Igreja Católica e se dizem irmãos, devemos verificar se eles estão na fé bíblica. Há católicos que estão. São nascidos de novo, verdadeiramente convertidos, irmãos nossos. Um dia sairão de lá. -Aqueles que estão na Igreja Evangélica também devem ser verificados se estão na fé bíblica. Há evangélicos que não estão. Alguns precisam ser ensinados, mas outros estão entre nós mas não são nossos.
  • 44. Parte 3 = A Volta de Jesus
  • 45. Questões que incomodam 1. Como eu sei que uma igreja é boa? (Verdadeira, legítima, Candeeiro que está na área de Jesus e cuja liderança está nas mãos dele). 2. Como eu ser um verdadeiro cristão? 3. Como manter uma igreja boa? 4. Posso ser um cristão desigrejado? 5. Como ter certeza de minha salvação? 6. Como ter certeza de que serei arrebatado?