SlideShare uma empresa Scribd logo
sistema computacional I 
Instrutor: José Carlos. 
Integrantes: João Pedro, Diego Assunção, Valdeir Frizzera
Fundamentos da arquitetura 
Cliente/ Servidor.
O termo cliente/servidor refere-se a 
distribuição computacional através de muitas 
plataformas, que utiliza-se de dois ou mais 
computadores
Plataformas: qualquer que seja o ambiente 
pré-existente, um pedaço de software que é 
projetado para ser executado internamente 
obedecendo suas limitações e fazendo uso de 
suas instalações, onde estão inclusos: 
- Arquitetura de hardware 
- Sistema operacional
C/S o que é? 
Computadores que se interagem permitindo a 
troca de informações entre ambos, tratando-se 
da extensão logica da programação modular. 
(Software e Hardware) 
- Programação Modular: o processo que 
costumamos dividir o código do projeto por 
diversos ficheiros, (coleção de funções) que são 
divididos em duas partes – parte publica e 
parte provada.
A arquitetura pode ser por meio da 
coexistência ou não da interação entre essa 
distribuição de dados. Por exemplo quando 
há a necessidade de certo fator para que haja 
aquela ação.
Definição: 
Cliente- denominado “front-end” e “workstation” 
O front-end é uma espécie de interface 
entre o usuário. O “front-end” coleta entradas do 
usuário adequando-as para que o “front-back” possa 
utiliza-las. 
- É o processo ativo entre cliente/servidor 
- Solicita serviços 
- Torna a rede transparente do usuário
# Servidor 
- Denominado “back-end” 
- Fornece determinado serviço que fica disponível para todo 
cliente que o necessite 
- É um processo reativo - (neste ponto o servidor processa e 
responde ao cliente.) 
- Recebe e responde solicitações de clientes. 
- Não se comunica com outros servidores enquanto estiver 
fazendo o papel de servidor. 
- Atende a diversos clientes simultâneos. 
Disponibiliza: 
arquivos, impressoras, redes e etc.
O sistema cliente/servidor pode 
proporcionar vantagens e como tudo 
também tem algumas desvantagens. 
Vejamos algumas delas:
#vantagens 
- Confiabilidade ( parte do sistema fica ativo) 
- Matriz de computadores agregando capacidade de 
processamento( usar de maneira exclusiva sem 
concorrência). É o que acontece geralmente 
quando ocorre problemas no servidor mas você 
ainda consegue utilizar certos recursos. 
- O cliente e o servidor possuem ambientes 
operacionais individuais.
#Desvantagens 
- Manutenção: erros comuns a serem analisados. 
- Ferramentas: a escassez de ferramentas de 
suporte. 
- Treinamento: por causa da diferença de filosofia 
de software de diversos fabricantes. 
- Gerenciamento: aumento de complexidade do 
ambiente e escassez de ferramentas tornando 
maus difícil o gerenciamento da rede.
Modelos da arquitetura cliente/servidor 
1- C/S simples: é o caso onde o servidor ele e 
somente ele é escravo (responde a solicitações.) 
2- C/S em dois níveis: maioria das empresas 
utilizam é onde há vários computadores que 
solicita informações daquele servidor.
3 – C/S multiniveis: Em determinados casos 
ele assume tanto o papel de servidor como 
de cliente ( uma aplicação em uma 
plataforma será servidor.) 
4 – C/S Par-Par: interagem com processos de 
bases pareadas sem mestre e escravo. (cada 
um dos computadores da rede tem a 
liberdade de partilhar os seus recursos.)
Fundamentos da arquitetura cliente servidor.
Fundamentos da arquitetura cliente servidor.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostilas modelo cliente servidor
Apostilas   modelo cliente servidorApostilas   modelo cliente servidor
Apostilas modelo cliente servidor
Daniel Silveira
 
Arquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidorArquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidor
Marcia Abrahim
 
CMS
CMSCMS
Comunicação cliente servidor
Comunicação cliente servidorComunicação cliente servidor
Comunicação cliente servidor
Nascimentoeli
 
Cliente e servidor
Cliente e servidorCliente e servidor
Cliente e servidor
Davi Silva
 
Uso de Aplicações em Camadas no segmento Varejo
Uso de Aplicações em Camadas no segmento VarejoUso de Aplicações em Camadas no segmento Varejo
Uso de Aplicações em Camadas no segmento Varejo
Matheus Nani
 
Arquitetura 3 camadas - RM
Arquitetura 3 camadas - RMArquitetura 3 camadas - RM
Arquitetura 3 camadas - RM
HBB Consultoria
 
Comunicação Cliente/Servidor - HTTP
Comunicação Cliente/Servidor - HTTPComunicação Cliente/Servidor - HTTP
Comunicação Cliente/Servidor - HTTP
Willian Watanabe
 
Servidores de aplicação apresentação
Servidores de aplicação apresentaçãoServidores de aplicação apresentação
Servidores de aplicação apresentação
Márcia Catunda
 
Introdução à Arquitetura Web
Introdução à Arquitetura WebIntrodução à Arquitetura Web
Introdução à Arquitetura Web
Breno Vitorino
 
Capacitacao arquiteturacorpore
Capacitacao arquiteturacorporeCapacitacao arquiteturacorpore
Capacitacao arquiteturacorpore
Alexandre Silva
 
Servidor web
Servidor webServidor web
Servidor web
Raphaela Rocha
 
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Universal.org.mx
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
Ana Paula Gama
 
Redes de computador
Redes de computadorRedes de computador
Redes de computador
tecnicacomputador
 
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático wwwJoana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana Costa
 
Apresentação servidores de aplicação
Apresentação   servidores de aplicaçãoApresentação   servidores de aplicação
Apresentação servidores de aplicação
Helen Picoli
 
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservicesVantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Fábio Rosato
 
Tipos de Servidores
Tipos de ServidoresTipos de Servidores
Tipos de Servidores
Aricelio Souza
 

Mais procurados (19)

Apostilas modelo cliente servidor
Apostilas   modelo cliente servidorApostilas   modelo cliente servidor
Apostilas modelo cliente servidor
 
Arquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidorArquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidor
 
CMS
CMSCMS
CMS
 
Comunicação cliente servidor
Comunicação cliente servidorComunicação cliente servidor
Comunicação cliente servidor
 
Cliente e servidor
Cliente e servidorCliente e servidor
Cliente e servidor
 
Uso de Aplicações em Camadas no segmento Varejo
Uso de Aplicações em Camadas no segmento VarejoUso de Aplicações em Camadas no segmento Varejo
Uso de Aplicações em Camadas no segmento Varejo
 
Arquitetura 3 camadas - RM
Arquitetura 3 camadas - RMArquitetura 3 camadas - RM
Arquitetura 3 camadas - RM
 
Comunicação Cliente/Servidor - HTTP
Comunicação Cliente/Servidor - HTTPComunicação Cliente/Servidor - HTTP
Comunicação Cliente/Servidor - HTTP
 
Servidores de aplicação apresentação
Servidores de aplicação apresentaçãoServidores de aplicação apresentação
Servidores de aplicação apresentação
 
Introdução à Arquitetura Web
Introdução à Arquitetura WebIntrodução à Arquitetura Web
Introdução à Arquitetura Web
 
Capacitacao arquiteturacorpore
Capacitacao arquiteturacorporeCapacitacao arquiteturacorpore
Capacitacao arquiteturacorpore
 
Servidor web
Servidor webServidor web
Servidor web
 
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
 
Redes de computador
Redes de computadorRedes de computador
Redes de computador
 
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático wwwJoana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
 
Apresentação servidores de aplicação
Apresentação   servidores de aplicaçãoApresentação   servidores de aplicação
Apresentação servidores de aplicação
 
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservicesVantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
 
Tipos de Servidores
Tipos de ServidoresTipos de Servidores
Tipos de Servidores
 

Destaque

Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dadosArquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Israel Messias
 
Apresentacao cms e_magento
Apresentacao cms e_magentoApresentacao cms e_magento
Apresentacao cms e_magento
Marcio Mota
 
Apostila cantu
Apostila cantuApostila cantu
Apostila cantu
Audemaro Vieira
 
Aumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e Judô
Aumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e JudôAumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e Judô
Aumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e Judô
eneck
 
Banco de Dados Distribuídos - MySql
Banco de Dados Distribuídos - MySqlBanco de Dados Distribuídos - MySql
Banco de Dados Distribuídos - MySql
Adail Viana Neto
 
Arquitetura de Sofware
Arquitetura de SofwareArquitetura de Sofware
Arquitetura de Sofware
Jefferson Moreira
 
Arquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura Superescalar
Arquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura SuperescalarArquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura Superescalar
Arquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura Superescalar
Cleber Fonseca
 
Aula - Arquiteturas de aplicações móveis
Aula - Arquiteturas de aplicações móveisAula - Arquiteturas de aplicações móveis
Aula - Arquiteturas de aplicações móveis
Janynne Gomes
 
Windows server 2012
Windows server 2012Windows server 2012
Windows server 2012
Jairo Soares Dolores Mosca
 
Introdução a Arquitetura de Sistemas
Introdução a Arquitetura de SistemasIntrodução a Arquitetura de Sistemas
Introdução a Arquitetura de Sistemas
Igor Takenami
 

Destaque (10)

Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dadosArquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
 
Apresentacao cms e_magento
Apresentacao cms e_magentoApresentacao cms e_magento
Apresentacao cms e_magento
 
Apostila cantu
Apostila cantuApostila cantu
Apostila cantu
 
Aumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e Judô
Aumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e JudôAumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e Judô
Aumentando a força da pegada no Jiu Jitsu e Judô
 
Banco de Dados Distribuídos - MySql
Banco de Dados Distribuídos - MySqlBanco de Dados Distribuídos - MySql
Banco de Dados Distribuídos - MySql
 
Arquitetura de Sofware
Arquitetura de SofwareArquitetura de Sofware
Arquitetura de Sofware
 
Arquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura Superescalar
Arquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura SuperescalarArquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura Superescalar
Arquiteturas Paralelas e Distribuídas - Aula 4 - Arquitetura Superescalar
 
Aula - Arquiteturas de aplicações móveis
Aula - Arquiteturas de aplicações móveisAula - Arquiteturas de aplicações móveis
Aula - Arquiteturas de aplicações móveis
 
Windows server 2012
Windows server 2012Windows server 2012
Windows server 2012
 
Introdução a Arquitetura de Sistemas
Introdução a Arquitetura de SistemasIntrodução a Arquitetura de Sistemas
Introdução a Arquitetura de Sistemas
 

Semelhante a Fundamentos da arquitetura cliente servidor.

Aula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptx
Aula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptxAula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptx
Aula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptx
ChadidoDiogo1
 
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas DistribuidosSI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
Frederico Madeira
 
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas DistribuídosIntrodução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Frederico Madeira
 
Questoesde fso
Questoesde fsoQuestoesde fso
Questoesde fso
paulocsm
 
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Ministério Público da Paraíba
 
Sistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes IISistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes II
Daniel Brandão
 
So cap01
So cap01So cap01
So cap01
Mario Nogueira
 
Aula sd 2008_02aspectosprojectosds
Aula sd 2008_02aspectosprojectosdsAula sd 2008_02aspectosprojectosds
Aula sd 2008_02aspectosprojectosds
Portal_do_Estudante_SD
 
Aula 3 banco de dados
Aula 3   banco de dadosAula 3   banco de dados
Aula 3 banco de dados
Jorge Ávila Miranda
 
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfisAula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Hélio Martins
 
Sistema
SistemaSistema
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
Ana Carolina Gracioso
 
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dadosAula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Antony Barbosa
 
Distributed Systems - Exercises
Distributed Systems - ExercisesDistributed Systems - Exercises
Distributed Systems - Exercises
Michel Alves
 
World Wide Web
World Wide WebWorld Wide Web
World Wide Web
Sérgio Rocha
 
Programação Concorrente - Objetos e Concorrência
Programação Concorrente - Objetos e ConcorrênciaProgramação Concorrente - Objetos e Concorrência
Programação Concorrente - Objetos e Concorrência
Fabio Moura Pereira
 
World wide web
World wide webWorld wide web
World wide web
Liliana Costa
 
Computação em Nuvem
Computação em Nuvem  Computação em Nuvem
Computação em Nuvem
Toivo Gomes
 
Could Computing
Could ComputingCould Computing
Could Computing
Paulo Roggê
 
Manual Oppitz[1]
Manual Oppitz[1]Manual Oppitz[1]
Manual Oppitz[1]
maureen3008
 

Semelhante a Fundamentos da arquitetura cliente servidor. (20)

Aula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptx
Aula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptxAula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptx
Aula CARACTERIZAÇÁO DE SISTEMAS distribuidos.pptx
 
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas DistribuidosSI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
 
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas DistribuídosIntrodução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas Distribuídos
 
Questoesde fso
Questoesde fsoQuestoesde fso
Questoesde fso
 
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
 
Sistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes IISistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes II
 
So cap01
So cap01So cap01
So cap01
 
Aula sd 2008_02aspectosprojectosds
Aula sd 2008_02aspectosprojectosdsAula sd 2008_02aspectosprojectosds
Aula sd 2008_02aspectosprojectosds
 
Aula 3 banco de dados
Aula 3   banco de dadosAula 3   banco de dados
Aula 3 banco de dados
 
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfisAula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
 
Sistema
SistemaSistema
Sistema
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
 
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dadosAula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
 
Distributed Systems - Exercises
Distributed Systems - ExercisesDistributed Systems - Exercises
Distributed Systems - Exercises
 
World Wide Web
World Wide WebWorld Wide Web
World Wide Web
 
Programação Concorrente - Objetos e Concorrência
Programação Concorrente - Objetos e ConcorrênciaProgramação Concorrente - Objetos e Concorrência
Programação Concorrente - Objetos e Concorrência
 
World wide web
World wide webWorld wide web
World wide web
 
Computação em Nuvem
Computação em Nuvem  Computação em Nuvem
Computação em Nuvem
 
Could Computing
Could ComputingCould Computing
Could Computing
 
Manual Oppitz[1]
Manual Oppitz[1]Manual Oppitz[1]
Manual Oppitz[1]
 

Fundamentos da arquitetura cliente servidor.

  • 1. sistema computacional I Instrutor: José Carlos. Integrantes: João Pedro, Diego Assunção, Valdeir Frizzera
  • 2. Fundamentos da arquitetura Cliente/ Servidor.
  • 3. O termo cliente/servidor refere-se a distribuição computacional através de muitas plataformas, que utiliza-se de dois ou mais computadores
  • 4. Plataformas: qualquer que seja o ambiente pré-existente, um pedaço de software que é projetado para ser executado internamente obedecendo suas limitações e fazendo uso de suas instalações, onde estão inclusos: - Arquitetura de hardware - Sistema operacional
  • 5. C/S o que é? Computadores que se interagem permitindo a troca de informações entre ambos, tratando-se da extensão logica da programação modular. (Software e Hardware) - Programação Modular: o processo que costumamos dividir o código do projeto por diversos ficheiros, (coleção de funções) que são divididos em duas partes – parte publica e parte provada.
  • 6. A arquitetura pode ser por meio da coexistência ou não da interação entre essa distribuição de dados. Por exemplo quando há a necessidade de certo fator para que haja aquela ação.
  • 7. Definição: Cliente- denominado “front-end” e “workstation” O front-end é uma espécie de interface entre o usuário. O “front-end” coleta entradas do usuário adequando-as para que o “front-back” possa utiliza-las. - É o processo ativo entre cliente/servidor - Solicita serviços - Torna a rede transparente do usuário
  • 8. # Servidor - Denominado “back-end” - Fornece determinado serviço que fica disponível para todo cliente que o necessite - É um processo reativo - (neste ponto o servidor processa e responde ao cliente.) - Recebe e responde solicitações de clientes. - Não se comunica com outros servidores enquanto estiver fazendo o papel de servidor. - Atende a diversos clientes simultâneos. Disponibiliza: arquivos, impressoras, redes e etc.
  • 9. O sistema cliente/servidor pode proporcionar vantagens e como tudo também tem algumas desvantagens. Vejamos algumas delas:
  • 10. #vantagens - Confiabilidade ( parte do sistema fica ativo) - Matriz de computadores agregando capacidade de processamento( usar de maneira exclusiva sem concorrência). É o que acontece geralmente quando ocorre problemas no servidor mas você ainda consegue utilizar certos recursos. - O cliente e o servidor possuem ambientes operacionais individuais.
  • 11. #Desvantagens - Manutenção: erros comuns a serem analisados. - Ferramentas: a escassez de ferramentas de suporte. - Treinamento: por causa da diferença de filosofia de software de diversos fabricantes. - Gerenciamento: aumento de complexidade do ambiente e escassez de ferramentas tornando maus difícil o gerenciamento da rede.
  • 12. Modelos da arquitetura cliente/servidor 1- C/S simples: é o caso onde o servidor ele e somente ele é escravo (responde a solicitações.) 2- C/S em dois níveis: maioria das empresas utilizam é onde há vários computadores que solicita informações daquele servidor.
  • 13. 3 – C/S multiniveis: Em determinados casos ele assume tanto o papel de servidor como de cliente ( uma aplicação em uma plataforma será servidor.) 4 – C/S Par-Par: interagem com processos de bases pareadas sem mestre e escravo. (cada um dos computadores da rede tem a liberdade de partilhar os seus recursos.)