SlideShare uma empresa Scribd logo
APARELHO
UROGENITAL
DAS AVES
Sistema urinário
• Nas aves, o sistema urinário é composto por rins
metanéfricos, ureteres e cloaca. Geralmente as aves
apresentam rins trilobados, ou seja, dividido em três
lobos. As aves não apresentam bexiga urinária, com
exceção das avestruzes, e a urina é formada nos rins, que
são pares e grandes. Ao sair dos rins, a urina passa pelos
ureteres e vai para a cloaca, onde será eliminada.
(KARDONG, 2006).
Assim como os répteis, as aves excretam seus dejetos
nitrogenados na forma de ácido úrico (uricotelismo), ao
contrário dos mamíferos e anfíbios, que eliminam seus
resíduos na forma de ureia. O ácido úrico é concentrado
principalmente na cloaca, onde é misturado com o
material fecal. Também há de excreção de produtos no
desenvolvimento embrionário e fetal das aves, nos ovos.
Nesse caso, os resíduos permanecem no interior do ovo.
Sistema reprodutor
• Sistema reprodutor
masculino
O sistema reprodutor
masculino é formado
pelos testículos, dutos
arquinéfricos, órgãos
copuladores e cloaca
Testículo
•
As aves apresentam um par de testículos suspensos na parede
dorsal do celoma através do mesórquio, um mesentério. Os
testículos apresentam duas funções: a produção de
espermatozoides e a secreção de hormônios. O principal
hormônio secretado é a testosterona, responsável pelas
características sexuais secundárias e por aumentar o impulso
sexual dos machos. Os espermatozoides são formados na
parede do lúmen dos túbulos seminíferos, sendo armazenados
no próprio lúmen e no epidídimo.
Assim como na maioria dos vertebrados, os testículos das aves
se localizam no abdômen. Os machos apresentam o duto
arquinéfrico, responsável por transportar os espermatozoides
dos testículos para a cloaca.
Órgão copulador
• As aves possuem dois tipos de órgãos copuladores masculinos.
Algumas espécies apresentam dilatações penianas, onde tais
estruturas se dilatam durante a cópula, transferindo o sêmen da
cloaca do macho para a cloaca da fêmea. Outros animais
apresentam um pênis verdadeiro, sustentado por uma haste
erétil, onde o macho o insere na cloaca da fêmea. O pênis
apresenta um sulco espermático ao longo do seu comprimento.
Algumas espécies de patos apresentam câmaras linfáticas na base
do pênis, responsáveis pelo mecanismo de ereção nesses animais.
Independente da anatomia do órgão copulador, o macho deve
introduzir os espermatozoides diretamente no oviduto da fêmea,
pois o espermatozoide precisa fecundar o óvulo antes que este
seja envolvido pela casca do ovo.
Cloaca
• A cloaca participa de três funções básicas: cópula, defecação e
urinação. Músculos potentes são responsáveis por controlar as
diversas aberturas que se abrem na cloaca, provenientes do
intestino, rins e gônadas. A cloaca é formada por três
estruturas: o coprodeu é a região mais proximal, responsável
por receber os resíduos oriundos do intestino. O urodeu é o
compartimento medial da cloaca, e recebe os produtos dos
dutos genital e urinário. O compartimento distal é o proctodeu,
responsável pela cópula (KARDONG, 2006).
A morfologia da cloaca varia entre os diversos grupos das aves,
porém, todas apresentam uma bursa cloacal (bursa de
Fabrício), que desempenha funções imunes.
Sistema reprodutor feminino
• Este sistema é composto pelo
ovário, dutos genitais, oviduto e
útero
Ovário
• As aves possuem dois tipos de órgãos copuladores masculinos.
Algumas espécies apresentam dilatações penianas, onde tais
estruturas se dilatam durante a cópula, transferindo o sêmen da
cloaca do macho para a cloaca da fêmea. Outros animais apresentam
um pênis verdadeiro, sustentado por uma haste erétil, onde o macho
o insere na cloaca da fêmea. O pênis apresenta um sulco espermático
ao longo do seu comprimento. Algumas espécies de patos
apresentam câmaras linfáticas na base do pênis, responsáveis pelo
mecanismo de ereção nesses animais.
Independente da anatomia do órgão copulador, o macho deve
introduzir os espermatozóides diretamente no oviduto da fêmea, pois
o espermatozóide precisa fecundar o óvulo antes que este seja
envolvido pela casca do ovo.
Cloaca
• A cloaca participa de três funções básicas: cópula, defecação e
urinação. Músculos potentes são responsáveis por controlar as
diversas aberturas que se abrem na cloaca, provenientes do
intestino, rins e gônadas. A cloaca é formada por três
estruturas: o coprodeu é a região mais proximal, responsável
por receber os resíduos oriundos do intestino. O urodeu é o
compartimento medial da cloaca, e recebe os produtos dos
dutos genital e urinário. O compartimento distal é o proctodeu,
responsável pela cópula (KARDONG, 2006).
A morfologia da cloaca varia entre os diversos grupos das aves,
porém, todas apresentam uma bursa cloacal (bursa de
Fabrício), que desempenha funções imunes.
Aparelho urogenital das aves
Aparelho urogenital das aves
Aparelho urogenital das aves

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema respiratório veterinária
Sistema respiratório veterináriaSistema respiratório veterinária
Sistema respiratório veterinária
Marília Gomes
 
Respiratorio
RespiratorioRespiratorio
Respiratorio
Jefferson Pastuszak
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaTopografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeça
Marília Gomes
 
Sistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino AnimalSistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino Animal
Luísa Santana
 
Dissecação de Órgãos da Porca
Dissecação de Órgãos da PorcaDissecação de Órgãos da Porca
Dissecação de Órgãos da Porca
Luís Rita
 
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterináriaSistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
Marília Gomes
 
APRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptx
APRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptxAPRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptx
APRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptx
MirianFernandes15
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Marília Gomes
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
Marília Gomes
 
Eqüídeos
EqüídeosEqüídeos
Eqüídeos
João Felix
 
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
Noções de anatomia  das aves i semestre 2014Noções de anatomia  das aves i semestre 2014
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
Tiago Merlo
 
Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.
Maurício Coelho
 
Topografia animal - órgãos do sentido
Topografia animal - órgãos do sentidoTopografia animal - órgãos do sentido
Topografia animal - órgãos do sentido
Marília Gomes
 
Manejo Reprodutivo de Equinos
Manejo Reprodutivo de EquinosManejo Reprodutivo de Equinos
Manejo Reprodutivo de Equinos
Killer Max
 
Apresentação membro torácico
Apresentação membro torácicoApresentação membro torácico
Apresentação membro torácico
Med. Veterinária 2011
 
Anatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção iAnatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção i
Francismara Carreira
 
Fisiologia da reprodução - machos
Fisiologia da reprodução - machosFisiologia da reprodução - machos
Fisiologia da reprodução - machos
José Alcides C M Ribeiro
 
Aula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculino
Aula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculinoAula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculino
Aula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculino
Julia Berardo
 
Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal
Marília Gomes
 

Mais procurados (20)

Sistema respiratório veterinária
Sistema respiratório veterináriaSistema respiratório veterinária
Sistema respiratório veterinária
 
Respiratorio
RespiratorioRespiratorio
Respiratorio
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Topografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaTopografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeça
 
Sistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino AnimalSistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino Animal
 
Dissecação de Órgãos da Porca
Dissecação de Órgãos da PorcaDissecação de Órgãos da Porca
Dissecação de Órgãos da Porca
 
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterináriaSistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
 
APRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptx
APRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptxAPRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptx
APRESENTAÇÃO MANEJO SANITÁRIO DE AVES.pptx
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
 
Eqüídeos
EqüídeosEqüídeos
Eqüídeos
 
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
Noções de anatomia  das aves i semestre 2014Noções de anatomia  das aves i semestre 2014
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
 
Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.
 
Topografia animal - órgãos do sentido
Topografia animal - órgãos do sentidoTopografia animal - órgãos do sentido
Topografia animal - órgãos do sentido
 
Manejo Reprodutivo de Equinos
Manejo Reprodutivo de EquinosManejo Reprodutivo de Equinos
Manejo Reprodutivo de Equinos
 
Apresentação membro torácico
Apresentação membro torácicoApresentação membro torácico
Apresentação membro torácico
 
Anatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção iAnatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção i
 
Fisiologia da reprodução - machos
Fisiologia da reprodução - machosFisiologia da reprodução - machos
Fisiologia da reprodução - machos
 
Aula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculino
Aula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculinoAula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculino
Aula 7 de Histologia - Sist. Reprodutor masculino
 
Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal
 

Semelhante a Aparelho urogenital das aves

Aula de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdf
Aula  de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdfAula  de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdf
Aula de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdf
CarlosFranciscoMacuv
 
01 seminario claudemir reprodução das aves
01 seminario claudemir reprodução das aves01 seminario claudemir reprodução das aves
01 seminario claudemir reprodução das aves
claudemirnunes
 
Sistema reprodutor masculino e feminino.pptx
Sistema reprodutor masculino e feminino.pptxSistema reprodutor masculino e feminino.pptx
Sistema reprodutor masculino e feminino.pptx
JefesonJonas
 
03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa
Carla Gomes
 
03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa
Carla Gomes
 
Sistemas reprodutores
Sistemas reprodutoresSistemas reprodutores
Sistemas reprodutores
Rosa Pereira
 
Anatomia - Sistema Genital
Anatomia - Sistema GenitalAnatomia - Sistema Genital
Anatomia - Sistema Genital
Pedro Miguel
 
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do SaberSistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Carlos Eduardo
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
victorpre
 
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptxAula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
natanael lopes da trindade
 
Aula 1 Actualizada.pptx
Aula 1 Actualizada.pptxAula 1 Actualizada.pptx
Aula 1 Actualizada.pptx
Emidio10
 
Reprodução humana 1o ano lara gonçalves
Reprodução humana 1o ano lara gonçalvesReprodução humana 1o ano lara gonçalves
Reprodução humana 1o ano lara gonçalves
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Sistema genital masculino
Sistema genital masculinoSistema genital masculino
Sistema genital masculino
Wesley Araújo
 
sistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdfsistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdf
RoseGomes73
 
Sistema reprodutor feminino- Prof. Franklin
Sistema reprodutor feminino- Prof. FranklinSistema reprodutor feminino- Prof. Franklin
Sistema reprodutor feminino- Prof. Franklin
Matheus Yuri
 
Classeaves1 111030192401-phpapp01
Classeaves1 111030192401-phpapp01Classeaves1 111030192401-phpapp01
Classeaves1 111030192401-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Gonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptx
Gonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptxGonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptx
Gonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptx
Santus5
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
LierbethPrata
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
mainamgar
 
Aves
AvesAves

Semelhante a Aparelho urogenital das aves (20)

Aula de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdf
Aula  de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdfAula  de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdf
Aula de fisiologia reprodutor do Macho 08 05. 2022.pdf
 
01 seminario claudemir reprodução das aves
01 seminario claudemir reprodução das aves01 seminario claudemir reprodução das aves
01 seminario claudemir reprodução das aves
 
Sistema reprodutor masculino e feminino.pptx
Sistema reprodutor masculino e feminino.pptxSistema reprodutor masculino e feminino.pptx
Sistema reprodutor masculino e feminino.pptx
 
03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa
 
03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa03 tema 3 grupoa
03 tema 3 grupoa
 
Sistemas reprodutores
Sistemas reprodutoresSistemas reprodutores
Sistemas reprodutores
 
Anatomia - Sistema Genital
Anatomia - Sistema GenitalAnatomia - Sistema Genital
Anatomia - Sistema Genital
 
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do SaberSistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
Sistema Urogenital Humano - Equipe Aprendizes do Saber
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptxAula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
 
Aula 1 Actualizada.pptx
Aula 1 Actualizada.pptxAula 1 Actualizada.pptx
Aula 1 Actualizada.pptx
 
Reprodução humana 1o ano lara gonçalves
Reprodução humana 1o ano lara gonçalvesReprodução humana 1o ano lara gonçalves
Reprodução humana 1o ano lara gonçalves
 
Sistema genital masculino
Sistema genital masculinoSistema genital masculino
Sistema genital masculino
 
sistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdfsistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdf
 
Sistema reprodutor feminino- Prof. Franklin
Sistema reprodutor feminino- Prof. FranklinSistema reprodutor feminino- Prof. Franklin
Sistema reprodutor feminino- Prof. Franklin
 
Classeaves1 111030192401-phpapp01
Classeaves1 111030192401-phpapp01Classeaves1 111030192401-phpapp01
Classeaves1 111030192401-phpapp01
 
Gonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptx
Gonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptxGonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptx
Gonadossoma_Desenvolvimento_Excretossoma.pptx
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Aves
AvesAves
Aves
 

Mais de Fernando Moreira

A europa moderna
A europa modernaA europa moderna
A europa moderna
Fernando Moreira
 
Agropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasilAgropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasil
Fernando Moreira
 
Narciso
NarcisoNarciso
Energias
EnergiasEnergias
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Fernando Moreira
 
Romantismo no brasil
Romantismo no brasilRomantismo no brasil
Romantismo no brasil
Fernando Moreira
 
HQs
HQsHQs
Função referencial
Função referencialFunção referencial
Função referencial
Fernando Moreira
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
Fernando Moreira
 
O sistema urinário
O sistema urinárioO sistema urinário
O sistema urinário
Fernando Moreira
 
Sistema circulatorio
Sistema circulatorioSistema circulatorio
Sistema circulatorio
Fernando Moreira
 
A nessecidades social de infraestrutura
A nessecidades social de infraestruturaA nessecidades social de infraestrutura
A nessecidades social de infraestrutura
Fernando Moreira
 
Drogas
DrogasDrogas
Ferro e ouro
Ferro e ouroFerro e ouro
Ferro e ouro
Fernando Moreira
 
Claudio manuel da costa
Claudio manuel da costaClaudio manuel da costa
Claudio manuel da costa
Fernando Moreira
 
A música maranhense
A  música maranhenseA  música maranhense
A música maranhense
Fernando Moreira
 
Teologias
TeologiasTeologias
Teologias
Fernando Moreira
 
Jiu jitsu
Jiu jitsuJiu jitsu
Jiu jitsu
Fernando Moreira
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
Fernando Moreira
 
Quimica
QuimicaQuimica

Mais de Fernando Moreira (20)

A europa moderna
A europa modernaA europa moderna
A europa moderna
 
Agropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasilAgropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasil
 
Narciso
NarcisoNarciso
Narciso
 
Energias
EnergiasEnergias
Energias
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo no brasil
Romantismo no brasilRomantismo no brasil
Romantismo no brasil
 
HQs
HQsHQs
HQs
 
Função referencial
Função referencialFunção referencial
Função referencial
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
O sistema urinário
O sistema urinárioO sistema urinário
O sistema urinário
 
Sistema circulatorio
Sistema circulatorioSistema circulatorio
Sistema circulatorio
 
A nessecidades social de infraestrutura
A nessecidades social de infraestruturaA nessecidades social de infraestrutura
A nessecidades social de infraestrutura
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Ferro e ouro
Ferro e ouroFerro e ouro
Ferro e ouro
 
Claudio manuel da costa
Claudio manuel da costaClaudio manuel da costa
Claudio manuel da costa
 
A música maranhense
A  música maranhenseA  música maranhense
A música maranhense
 
Teologias
TeologiasTeologias
Teologias
 
Jiu jitsu
Jiu jitsuJiu jitsu
Jiu jitsu
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Quimica
QuimicaQuimica
Quimica
 

Último

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 

Último (20)

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 

Aparelho urogenital das aves

  • 2. Sistema urinário • Nas aves, o sistema urinário é composto por rins metanéfricos, ureteres e cloaca. Geralmente as aves apresentam rins trilobados, ou seja, dividido em três lobos. As aves não apresentam bexiga urinária, com exceção das avestruzes, e a urina é formada nos rins, que são pares e grandes. Ao sair dos rins, a urina passa pelos ureteres e vai para a cloaca, onde será eliminada. (KARDONG, 2006). Assim como os répteis, as aves excretam seus dejetos nitrogenados na forma de ácido úrico (uricotelismo), ao contrário dos mamíferos e anfíbios, que eliminam seus resíduos na forma de ureia. O ácido úrico é concentrado principalmente na cloaca, onde é misturado com o material fecal. Também há de excreção de produtos no desenvolvimento embrionário e fetal das aves, nos ovos. Nesse caso, os resíduos permanecem no interior do ovo.
  • 3. Sistema reprodutor • Sistema reprodutor masculino O sistema reprodutor masculino é formado pelos testículos, dutos arquinéfricos, órgãos copuladores e cloaca
  • 4. Testículo • As aves apresentam um par de testículos suspensos na parede dorsal do celoma através do mesórquio, um mesentério. Os testículos apresentam duas funções: a produção de espermatozoides e a secreção de hormônios. O principal hormônio secretado é a testosterona, responsável pelas características sexuais secundárias e por aumentar o impulso sexual dos machos. Os espermatozoides são formados na parede do lúmen dos túbulos seminíferos, sendo armazenados no próprio lúmen e no epidídimo. Assim como na maioria dos vertebrados, os testículos das aves se localizam no abdômen. Os machos apresentam o duto arquinéfrico, responsável por transportar os espermatozoides dos testículos para a cloaca.
  • 5. Órgão copulador • As aves possuem dois tipos de órgãos copuladores masculinos. Algumas espécies apresentam dilatações penianas, onde tais estruturas se dilatam durante a cópula, transferindo o sêmen da cloaca do macho para a cloaca da fêmea. Outros animais apresentam um pênis verdadeiro, sustentado por uma haste erétil, onde o macho o insere na cloaca da fêmea. O pênis apresenta um sulco espermático ao longo do seu comprimento. Algumas espécies de patos apresentam câmaras linfáticas na base do pênis, responsáveis pelo mecanismo de ereção nesses animais. Independente da anatomia do órgão copulador, o macho deve introduzir os espermatozoides diretamente no oviduto da fêmea, pois o espermatozoide precisa fecundar o óvulo antes que este seja envolvido pela casca do ovo.
  • 6. Cloaca • A cloaca participa de três funções básicas: cópula, defecação e urinação. Músculos potentes são responsáveis por controlar as diversas aberturas que se abrem na cloaca, provenientes do intestino, rins e gônadas. A cloaca é formada por três estruturas: o coprodeu é a região mais proximal, responsável por receber os resíduos oriundos do intestino. O urodeu é o compartimento medial da cloaca, e recebe os produtos dos dutos genital e urinário. O compartimento distal é o proctodeu, responsável pela cópula (KARDONG, 2006). A morfologia da cloaca varia entre os diversos grupos das aves, porém, todas apresentam uma bursa cloacal (bursa de Fabrício), que desempenha funções imunes.
  • 7. Sistema reprodutor feminino • Este sistema é composto pelo ovário, dutos genitais, oviduto e útero
  • 8. Ovário • As aves possuem dois tipos de órgãos copuladores masculinos. Algumas espécies apresentam dilatações penianas, onde tais estruturas se dilatam durante a cópula, transferindo o sêmen da cloaca do macho para a cloaca da fêmea. Outros animais apresentam um pênis verdadeiro, sustentado por uma haste erétil, onde o macho o insere na cloaca da fêmea. O pênis apresenta um sulco espermático ao longo do seu comprimento. Algumas espécies de patos apresentam câmaras linfáticas na base do pênis, responsáveis pelo mecanismo de ereção nesses animais. Independente da anatomia do órgão copulador, o macho deve introduzir os espermatozóides diretamente no oviduto da fêmea, pois o espermatozóide precisa fecundar o óvulo antes que este seja envolvido pela casca do ovo.
  • 9. Cloaca • A cloaca participa de três funções básicas: cópula, defecação e urinação. Músculos potentes são responsáveis por controlar as diversas aberturas que se abrem na cloaca, provenientes do intestino, rins e gônadas. A cloaca é formada por três estruturas: o coprodeu é a região mais proximal, responsável por receber os resíduos oriundos do intestino. O urodeu é o compartimento medial da cloaca, e recebe os produtos dos dutos genital e urinário. O compartimento distal é o proctodeu, responsável pela cópula (KARDONG, 2006). A morfologia da cloaca varia entre os diversos grupos das aves, porém, todas apresentam uma bursa cloacal (bursa de Fabrício), que desempenha funções imunes.