SlideShare uma empresa Scribd logo
Politica
 Ainda ao início dos anos 80 do século passado o Brasil
vivia a ditadura militar. Porém, o presidente Ernesto
Geisel, já desde o final da década de 70, acenava para a
criação de condições de uma abertura política “lenta,
gradual e segura”, a qual deveria levar o país,
futuramente, a algum tipo ainda não claramente
definido de governo civil, o que pressupunha o fim
do militarismo
 o longo da década de 80, pressões por eleições resultou
no movimento de “Diretas Já”, um envolvimento cívico
de várias camadas da sociedade, o qual contou com a
participação de intelectuais, artistas, pessoas ligadas à
igreja (e outras religiões que não a Católica), partidos
políticos (que se formavam como o PT, PMDB e
PSDB), entre tantas personalidades políticas.
 A bandeira deste movimento era pela promoção do
processo de redemocratização do país, possibilitando a
participação da sociedade civil na escolha de seus
governantes. Embora as diretas não tenham tido o
efeito que se esperava (uma vez que o Congresso ainda
era controlado pelo governo, retardando as eleições
apenas para o final da década), mesmo que
indiretamente um presidente civil foi eleito: Tancredo
Neves.
 No entanto, Tancredo faleceu em 21 de Abril de 1985 e
não chegou a assumir o cargo para comandar a
transição para a democracia, fato que levou José
Sarney, seu vice, a assumir a presidência da República.
 Com a chegada de Sarney, em 1985, as políticas
começaram a se tornar heterodoxas, diferentes
daquelas defendidas pelo FMI (Fundo Monetário
Internacional), o qual impunha regras duras de
ortodoxia econômica ao Brasil como condição para
manter seus cofres abertos às necessidades brasileiras.
 Fevereiro de 1980: fundação do PT (Partido dos Trabalhadores)
em São Paulo.
 1981: Rondônia deixa de ser território e passa ser um estado da
federação.
 1984: Movimento Diretas Já (movimento que pedia a volta das
eleições diretas para presidente do Brasil).
 1985. Tancredo Neves é eleito, de forma indireta, presidente do
Brasil. Porém, morre antes de assumir o cargo. Assume o vice-
presidente José Sarney. Fim da Ditadura Militar no Brasil.
 1988: Amapá e Roraima deixam de ser territórios e passam a ser
estados brasileiros.
 5 de outubro de 1988: promulgada a Constituição Brasileira (em
vigor até os dias de hoje).
 Outubro de 1988: criado o estado de Tocantins.
 A década de 80 no Brasil ficou conhecida do ponto de
vista econômico e do desenvolvimento. Como: “A
Década Perdida
 O período compreendido entre 1980 e 1984 marca o
início de uma crise econômica no país devido ao seu
desajustes macroeconômicos que geravam taxas
insuportáveis de inflação o que de fato impedia o
sucesso de qualquer plano de crescimento econômico.
 A década de 80 é considerada a década perdida da
economia brasileira, na medida que os níveis de
crescimento do PIB apresentaram significativas
reduções, só para recordar o crescimento médio na
década de 70 foi de 7%, já na década de 80 foi de
somente 2% .
 A década de 80 é considerada a década perdida da
economia brasileira, na medida que os níveis de
crescimento do PIB apresentaram significativas
reduções, só para recordar o crescimento médio na
década de 70 foi de 7%, já na década de 80 foi de
somente 2% .
 1986: criado no Brasil o “ Plano Cruzado.
 plano econômico do governo Sarney que visava reduzir
a inflação com tabelamento de preços, que se
encontravam extremamente elevados.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
Paulo Alexandre
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
Fabiana Tonsis
 
Do artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria modernaDo artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria moderna
flaviocosac
 
O governo João Goulart (1961-1964)
O governo João Goulart (1961-1964)O governo João Goulart (1961-1964)
O governo João Goulart (1961-1964)
Edenilson Morais
 
Atividade de Sociologia - Redes Sociais
Atividade de Sociologia - Redes SociaisAtividade de Sociologia - Redes Sociais
Atividade de Sociologia - Redes Sociais
Professor Belinaso
 
Atividades Revolução Francesa
Atividades   Revolução FrancesaAtividades   Revolução Francesa
Atividades Revolução Francesa
Eduardo Mariño Rial
 
Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)
Paula Meyer Piagentini
 
Nazismo e Fascismo
Nazismo e FascismoNazismo e Fascismo
Nazismo e Fascismo
Paulo Alexandre
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
eiprofessor
 
A sociologia no brasil(1)
A sociologia no brasil(1)A sociologia no brasil(1)
A sociologia no brasil(1)
homago
 
Atividades sobre as canções da ditadura militar
Atividades sobre as canções da ditadura militarAtividades sobre as canções da ditadura militar
Atividades sobre as canções da ditadura militar
Atividades Diversas Cláudia
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
Cleber Martins Freitas
 
As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
vdailce
 
P.point anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferencia
P.point   anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferenciaP.point   anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferencia
P.point anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferencia
Julia Martins
 
Era Vargas: a construção de um Brasil novo
Era Vargas: a construção de um Brasil novoEra Vargas: a construção de um Brasil novo
Era Vargas: a construção de um Brasil novo
Edenilson Morais
 
Os anos rebeldes
Os anos rebeldesOs anos rebeldes
Os anos rebeldes
Glasiely Virgílio Silva
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
cleiton denez
 
Revolução industrial 3
Revolução industrial 3Revolução industrial 3
Revolução industrial 3
Tamara Silva
 
Guerra civil espanhola
Guerra civil espanholaGuerra civil espanhola
Guerra civil espanhola
cattonia
 

Mais procurados (20)

O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
Do artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria modernaDo artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria moderna
 
O governo João Goulart (1961-1964)
O governo João Goulart (1961-1964)O governo João Goulart (1961-1964)
O governo João Goulart (1961-1964)
 
Atividade de Sociologia - Redes Sociais
Atividade de Sociologia - Redes SociaisAtividade de Sociologia - Redes Sociais
Atividade de Sociologia - Redes Sociais
 
Atividades Revolução Francesa
Atividades   Revolução FrancesaAtividades   Revolução Francesa
Atividades Revolução Francesa
 
Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
 
Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)
 
Nazismo e Fascismo
Nazismo e FascismoNazismo e Fascismo
Nazismo e Fascismo
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
A sociologia no brasil(1)
A sociologia no brasil(1)A sociologia no brasil(1)
A sociologia no brasil(1)
 
Atividades sobre as canções da ditadura militar
Atividades sobre as canções da ditadura militarAtividades sobre as canções da ditadura militar
Atividades sobre as canções da ditadura militar
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
 
P.point anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferencia
P.point   anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferenciaP.point   anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferencia
P.point anos 60 – inconformismo, rebeldia e mudança conferencia
 
Era Vargas: a construção de um Brasil novo
Era Vargas: a construção de um Brasil novoEra Vargas: a construção de um Brasil novo
Era Vargas: a construção de um Brasil novo
 
Os anos rebeldes
Os anos rebeldesOs anos rebeldes
Os anos rebeldes
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Revolução industrial 3
Revolução industrial 3Revolução industrial 3
Revolução industrial 3
 
Guerra civil espanhola
Guerra civil espanholaGuerra civil espanhola
Guerra civil espanhola
 

Destaque

Anos 80
Anos 80Anos 80
Anos 80
Raquel Elena
 
Anos 80
Anos 80Anos 80
Anos 80
Rebeca Neiva
 
Brasil nos anos 80f
Brasil nos anos 80fBrasil nos anos 80f
História da Moda: Anos 80
História da Moda: Anos 80História da Moda: Anos 80
História da Moda: Anos 80
Andressa Silva
 
Anos 80
Anos 80Anos 80
Anos 80
Marcela Costa
 
Moda das décadas
Moda das décadasModa das décadas
Moda das décadas
Thaís Fullin
 

Destaque (6)

Anos 80
Anos 80Anos 80
Anos 80
 
Anos 80
Anos 80Anos 80
Anos 80
 
Brasil nos anos 80f
Brasil nos anos 80fBrasil nos anos 80f
Brasil nos anos 80f
 
História da Moda: Anos 80
História da Moda: Anos 80História da Moda: Anos 80
História da Moda: Anos 80
 
Anos 80
Anos 80Anos 80
Anos 80
 
Moda das décadas
Moda das décadasModa das décadas
Moda das décadas
 

Semelhante a Anos 80

Pelos Trilhos da História
Pelos Trilhos da HistóriaPelos Trilhos da História
Pelos Trilhos da História
Daniel Silva
 
Redemocratização do brasil 1970-1980
Redemocratização do brasil  1970-1980Redemocratização do brasil  1970-1980
Redemocratização do brasil 1970-1980
CesarDestro
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
Luiz Antonio Souza
 
Era Vargas!
Era Vargas!Era Vargas!
Era Vargas!
João Vitor Miranda
 
Década de 1950
Década de 1950Década de 1950
Década de 1950
Maju Ramos
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
jailson silva
 
Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4
Maiana_adb
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
Maiana Antoniazzi Dalla Bernardina
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
dinicmax
 
Trabalho de recuperação de historia
Trabalho de recuperação de historiaTrabalho de recuperação de historia
Trabalho de recuperação de historia
Mateus Cabral
 
Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
alguimar
 
Governos Geisel e Figueiredo
Governos Geisel e FigueiredoGovernos Geisel e Figueiredo
Governos Geisel e Figueiredo
Edenilson Morais
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
Professora Natália de Oliveira
 
Reproducao capitulo 5_ano_mah
Reproducao capitulo 5_ano_mahReproducao capitulo 5_ano_mah
Reproducao capitulo 5_ano_mah
Diana Azevedo
 
Panorama da Ditadura Militar_atividade educacional
Panorama da Ditadura Militar_atividade educacionalPanorama da Ditadura Militar_atividade educacional
Panorama da Ditadura Militar_atividade educacional
Eliudecp
 
Ditadura Militar Miinicurso
Ditadura Militar MiinicursoDitadura Militar Miinicurso
Ditadura Militar Miinicurso
PIBID-H
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
Era vargasEra vargas
1
11
A era vargas larissa-proinfo
A era vargas larissa-proinfoA era vargas larissa-proinfo
A era vargas larissa-proinfo
proinfopccurso
 

Semelhante a Anos 80 (20)

Pelos Trilhos da História
Pelos Trilhos da HistóriaPelos Trilhos da História
Pelos Trilhos da História
 
Redemocratização do brasil 1970-1980
Redemocratização do brasil  1970-1980Redemocratização do brasil  1970-1980
Redemocratização do brasil 1970-1980
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Era Vargas!
Era Vargas!Era Vargas!
Era Vargas!
 
Década de 1950
Década de 1950Década de 1950
Década de 1950
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
 
Trabalho de recuperação de historia
Trabalho de recuperação de historiaTrabalho de recuperação de historia
Trabalho de recuperação de historia
 
Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
 
Governos Geisel e Figueiredo
Governos Geisel e FigueiredoGovernos Geisel e Figueiredo
Governos Geisel e Figueiredo
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
 
Reproducao capitulo 5_ano_mah
Reproducao capitulo 5_ano_mahReproducao capitulo 5_ano_mah
Reproducao capitulo 5_ano_mah
 
Panorama da Ditadura Militar_atividade educacional
Panorama da Ditadura Militar_atividade educacionalPanorama da Ditadura Militar_atividade educacional
Panorama da Ditadura Militar_atividade educacional
 
Ditadura Militar Miinicurso
Ditadura Militar MiinicursoDitadura Militar Miinicurso
Ditadura Militar Miinicurso
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
1
11
1
 
A era vargas larissa-proinfo
A era vargas larissa-proinfoA era vargas larissa-proinfo
A era vargas larissa-proinfo
 

Mais de Maria Cledionora Tavares Tavares

Cledionora brasil
Cledionora brasilCledionora brasil
Esse 2ª ano
Esse 2ª anoEsse 2ª ano
Geologia = apf
Geologia = apfGeologia = apf
Indústria
IndústriaIndústria
Indústria.
Indústria.Indústria.
Geografiatalyta
GeografiatalytaGeografiatalyta
Trab. geo
Trab. geoTrab. geo
Erro
ErroErro
Anos 60
Anos 60Anos 60
Anos 90
Anos 90Anos 90
Apresentação13
Apresentação13Apresentação13
Anos 50
Anos 50Anos 50
Anos 70 no brasil
Anos 70 no brasilAnos 70 no brasil
Europa blod 1
Europa blod 1Europa blod 1
Atualidadeuniaoblog 1
Atualidadeuniaoblog 1Atualidadeuniaoblog 1
Atualidadeuniaoblog 1
Maria Cledionora Tavares Tavares
 
9º ano
9º ano9º ano
1ª série e.m benec11
1ª série e.m benec111ª série e.m benec11
1ª série e.m benec11
Maria Cledionora Tavares Tavares
 
Nive 4 2013
Nive 4 2013Nive 4 2013
Nivel 2
Nivel 2Nivel 2

Mais de Maria Cledionora Tavares Tavares (20)

Cledionora brasil
Cledionora brasilCledionora brasil
Cledionora brasil
 
Esse 2ª ano
Esse 2ª anoEsse 2ª ano
Esse 2ª ano
 
Geologia = apf
Geologia = apfGeologia = apf
Geologia = apf
 
Indústria
IndústriaIndústria
Indústria
 
Indústria.
Indústria.Indústria.
Indústria.
 
Geografiatalyta
GeografiatalytaGeografiatalyta
Geografiatalyta
 
Trab. geo
Trab. geoTrab. geo
Trab. geo
 
Erro
ErroErro
Erro
 
Anos 60
Anos 60Anos 60
Anos 60
 
Anos 90
Anos 90Anos 90
Anos 90
 
Apresentação13
Apresentação13Apresentação13
Apresentação13
 
Anos 50
Anos 50Anos 50
Anos 50
 
Anos 70 no brasil
Anos 70 no brasilAnos 70 no brasil
Anos 70 no brasil
 
Europa blod 1
Europa blod 1Europa blod 1
Europa blod 1
 
Atualidadeuniaoblog 1
Atualidadeuniaoblog 1Atualidadeuniaoblog 1
Atualidadeuniaoblog 1
 
9º ano
9º ano9º ano
9º ano
 
1ª série e.m benec11
1ª série e.m benec111ª série e.m benec11
1ª série e.m benec11
 
Nive 4 2013
Nive 4 2013Nive 4 2013
Nive 4 2013
 
Nivel 2
Nivel 2Nivel 2
Nivel 2
 
Gabarito prova nivel_2_da_xvi_oba_de_2013
Gabarito prova nivel_2_da_xvi_oba_de_2013Gabarito prova nivel_2_da_xvi_oba_de_2013
Gabarito prova nivel_2_da_xvi_oba_de_2013
 

Último

História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 

Último (8)

História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 

Anos 80

  • 2.  Ainda ao início dos anos 80 do século passado o Brasil vivia a ditadura militar. Porém, o presidente Ernesto Geisel, já desde o final da década de 70, acenava para a criação de condições de uma abertura política “lenta, gradual e segura”, a qual deveria levar o país, futuramente, a algum tipo ainda não claramente definido de governo civil, o que pressupunha o fim do militarismo
  • 3.  o longo da década de 80, pressões por eleições resultou no movimento de “Diretas Já”, um envolvimento cívico de várias camadas da sociedade, o qual contou com a participação de intelectuais, artistas, pessoas ligadas à igreja (e outras religiões que não a Católica), partidos políticos (que se formavam como o PT, PMDB e PSDB), entre tantas personalidades políticas.
  • 4.  A bandeira deste movimento era pela promoção do processo de redemocratização do país, possibilitando a participação da sociedade civil na escolha de seus governantes. Embora as diretas não tenham tido o efeito que se esperava (uma vez que o Congresso ainda era controlado pelo governo, retardando as eleições apenas para o final da década), mesmo que indiretamente um presidente civil foi eleito: Tancredo Neves.
  • 5.
  • 6.  No entanto, Tancredo faleceu em 21 de Abril de 1985 e não chegou a assumir o cargo para comandar a transição para a democracia, fato que levou José Sarney, seu vice, a assumir a presidência da República.
  • 7.
  • 8.  Com a chegada de Sarney, em 1985, as políticas começaram a se tornar heterodoxas, diferentes daquelas defendidas pelo FMI (Fundo Monetário Internacional), o qual impunha regras duras de ortodoxia econômica ao Brasil como condição para manter seus cofres abertos às necessidades brasileiras.
  • 9.  Fevereiro de 1980: fundação do PT (Partido dos Trabalhadores) em São Paulo.  1981: Rondônia deixa de ser território e passa ser um estado da federação.  1984: Movimento Diretas Já (movimento que pedia a volta das eleições diretas para presidente do Brasil).  1985. Tancredo Neves é eleito, de forma indireta, presidente do Brasil. Porém, morre antes de assumir o cargo. Assume o vice- presidente José Sarney. Fim da Ditadura Militar no Brasil.  1988: Amapá e Roraima deixam de ser territórios e passam a ser estados brasileiros.  5 de outubro de 1988: promulgada a Constituição Brasileira (em vigor até os dias de hoje).  Outubro de 1988: criado o estado de Tocantins.
  • 10.  A década de 80 no Brasil ficou conhecida do ponto de vista econômico e do desenvolvimento. Como: “A Década Perdida
  • 11.  O período compreendido entre 1980 e 1984 marca o início de uma crise econômica no país devido ao seu desajustes macroeconômicos que geravam taxas insuportáveis de inflação o que de fato impedia o sucesso de qualquer plano de crescimento econômico.
  • 12.  A década de 80 é considerada a década perdida da economia brasileira, na medida que os níveis de crescimento do PIB apresentaram significativas reduções, só para recordar o crescimento médio na década de 70 foi de 7%, já na década de 80 foi de somente 2% .
  • 13.  A década de 80 é considerada a década perdida da economia brasileira, na medida que os níveis de crescimento do PIB apresentaram significativas reduções, só para recordar o crescimento médio na década de 70 foi de 7%, já na década de 80 foi de somente 2% .
  • 14.  1986: criado no Brasil o “ Plano Cruzado.  plano econômico do governo Sarney que visava reduzir a inflação com tabelamento de preços, que se encontravam extremamente elevados.