SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Alfabeto Hebraico
Edson de Faria Francisco.
São Bernardo do Campo, abril de 2008.
letras
(consoantes)
nome transliteração
e pronúncia
valor numérico
1
' ’alef ’ 1
2
Gb b bêt b ḇ (v) 2
3
Fg g guimel g ḡ (gh) 3
4
Gd d dalet d ḏ (dh) 4
5
h hê h 5
6
w waw w 6
7
z zayin z 7
8
x 'et ḥ 8
9
X %et ṭ 9
10
y yod y 10
11
Gk k kaf k ḵ (kh) 20
12
l lamed l 30
13
m mem m 40
14
n nun n 50
15
s samekh s 60
16
v ‘ayin ‘ 70
17
Kp p pê p p̄ (f) 80
18
c tsadê ṣ 90
19
q qof q 100
20
r resh r 200
21
W H sin e shin ś e š 300
22
Gt t taw t ṯ (th) 400
2
Alfabeto Hebraico
(letras quadradas e simplificadas)
letras
quadradas
letras
simplificadas
' ‫א‬
b ‫ב‬
g ‫ג‬
d ‫ד‬
h ‫ה‬
w ‫ו‬
z ‫ז‬
x ‫ח‬
X ‫ט‬
y ‫י‬
k ¢ ‫כ‬ ‫ך‬
l ‫ל‬
m £ ‫מ‬ ‫ם‬
n § ‫נ‬ ‫ן‬
s ‫ס‬
v ‫ע‬
p • ‫פ‬ ‫ף‬
c ¶ ‫צ‬ ‫ץ‬
q ‫ק‬
r ‫ר‬
W H ‫שׂ‬ ‫שׁ‬
t ‫ת‬
3
Letras Finais
letras
(consoantes)
nome transliteração
e pronúncia
valor numérico
1
¢ kaf sofit kh kh 500
2
£ mem sofit m m 600
3
§ nun sofit n n 700
4
• pê sofit p̄ (f) p̄ (f) 800
5
¶ tsadê sofit ṣ ṣ 900
Vocalização1
Sinais vocálicos
A E I O U
Breves pata'
a'
(a)
ex.: tarde
segol
e'
(e)
ex.: era
hiriq
i'
(i)
ex.: item
qamets qatan2
A'
(o)
ex.: costa
qubbuts
u'
(u)
ex.: rótulo
Longos qamets
A'
(ā)
ex.: cantor
tserê
E'
(ē)
ex.: medo
hiriq-yod
yi'
(î)
ex.: hino
'olem e 'olem-waw
O' e Ow'
(ô)
ex.: povo
shureq
˚'
(û)
ex.: uva
1 O sistema de vocalização do hebraico bíblico foi elaborado pelas duas principais escolas de massoretas, a de
Ben Asher e a de Ben Naftali, ambas ativas no século X, em Tiberíades, na Palestina. Esse sistema é conhecido
como tiberiense, sendo desenvolvido entre os séculos VIII e X. Além do sistema tiberiense, havia, ainda,
outros dois métodos mais antigos: o babilônico (séc. VII a IX) e o palestino (séc. VIII a IX), mas ambos
caíram em desuso e não são mais utilizados. Somente a vocalização tiberiense é usada hoje em dia tanto no
hebraico bíblico como no hebraico moderno. A maioria dos manuscritos massoréticos surgidos durante a
Idade Média reflete o sistema de vocalização tiberiense pertencente principalmente à escola de Ben Asher, cf.
Dotan, 1972, col. 1433-1453; Yeivin, 1980, p. 1-4; Tov, 2001, p. 39-49; Würthwein, 1995, p. 21-28; Sellin e
Fohrer, 1978, p. 758-760; Trebolle Barrera, 1996, p. 315-318; Pisano, 2000, p. 45-47 e Francisco, 2005, p. 233-
238, 243-245 e 246-248.
2 O sinal vocálico qamets qatan é igual ao qamets, ambos possuindo a mesma forma gráfica. O qamets qatan aparece
em determinadas palavras e nomes, geralmente imediatamente antes do sinal diacrítico shewá ( ¸ ): hom¸kox
('okhmâ, sabedoria), hol¸ko' (’okhlâ, alimento), hoxËroq (qor'â, careca, calvo), hox¸Hom (mosh'â, unção), tox¸Hom (mosh'ât,
mutilação), hol¸gox ('óglâ, Hogla), yakG›dËrom (mórdŏkhay, Mardoqueu), £«y¬n¸tom (mótnaîm, lombos), yÊr¸kƒn (nókhrî,
estrangeiro), hGobËrox ('orbâ, ruína), yiH¸pox ('ofshî, libertado, livre), £ƒn¸mo' (’omnam, certamente), holËrov (‘orlâ, prepúcio),
hflr›hoX (%ohŏrâ, pureza), dOqËdoq (qodqod, cocuruto), -loGk (kol-, todo, tudo) etc.
4
Sinais de semivogais
'a%ef-pata'
·'
(ă)
um breve a
'a%ef-segol
È'
(ĕ)
um breve e
'a%ef-qamets
Û'
(ŏ)
um breve o
shewá
¸'
(e
)
um e
audível
em início
de palavra
ex.: hoGlipG¸t (te
fillâ,
oração)
ou mudo em
meio de palavra
ex.: rGobËdim
(midbar, deserto)
Ditongos
ya
(ay)
ex.:
vai
yA
(āy)
ex.:
vai
ye yE
(ey) (ê)
ex.:
lei
yOw yO
(ôy)
ex.:
oito
y˚
(ûy)
ex.:
Rui
wA
(āw)
ex.:
ave
wa
(aw)
ex.:
ave
wyi
(îw)
ex.:
Ivo
wE wyE
(êw)
ex.:
seiva
Sinais vocálicos com ' e h finais
qamets com
' final
vocálico
'A
(ā’)
ex.: mā’
qamets final com
h
vocálico
hA
(â)
ex.: mâ
qamets com
h final
consonantal
JhA
(āh)
ex.: māh
segol com
h final
vocálico
he
(eh)
ex.: meh
tserê com
h final
vocálico
hE
(ēh)
ex.: mēh
Pata' furtivo
fix
(a
)
ex.: fixFwr
(rûa
', espírito)
5
Referências Bibliográficas e Obras Indicadas
1. Dicionários e Concordâncias
ALCALAY, Reuben (ed.). (1986) £lS tylgn'ñyrbv §wlym (título em inglês: The Complete Hebrew-
English Dictionary). Ramat-Gan-Jerusalem: Massada.
ALONSO SCHÖKEL, Luís (ed.). (1997) Dicionário Bíblico Hebraico-Português. São Paulo: Paulus.
BEREZIN, Jaffa R. (ed.). (1995) y«z∆gFwXËrOwKpñyÊrÕbiv §OwGlim (título em português: Dicionário Hebraico-
Português). São Paulo: Edusp.
BROWN, Francis; DRIVER, Samuel R.; BRIGGS, Charles A. (eds.). (1996) The Brown-Driver-Briggs
Hebrew and English Lexicon. Peabody: Hendrickson.
CLINES, David J. A. (ed.). (1993-) The Dictionary of Classical Hebrew. 5 vols. Sheffield: Sheffield
Academic.
EVEN-SHOSHAN, Abraham (ed.). (1997) £yibFwt¸kFw £yi'yibÕn h‡rOwt¸l hoHfld‹x hƒy¸cÕnfidËrOwqÕnOwq (título em
inglês: A New Concordance of the Old Testament: Using the Hebrew and Aramaic Text). 2. ed.
Grand Rapids: Baker. (em hebraico)
_____. (ed.). (2003) Hfldoxeh §OwGliGmah £«yKap¸la'oh tOwn¸Hil §oGkËduv¸mFw HG‡dux¸m ñ §oHOwH-§ebe' §OwGlim. 6 vols.
Jerusalem: Kiryat-Sefer. (em hebraico)
FÜRST, Julius (ed.). (1867) A Hebrew & Chaldee Lexicon to the Old Testament. 3. ed. Leipzig-
London: Bernhard Tauchnitz-Williams & Norgate.
GESENIUS, Wilhelm (ed.). (1962) Hebräisches und Aramäisches Handwörterbuch über das Alte
Testament. 17. ed. Berlin-Göttingen-Heidelberg: Springer-Verlag.
HARRIS, R. Laird; ARCHER, Jr, Gleason L.; WALTKE, Bruce K. (orgs.). (1998) Dicionário
Internacional de Teologia do Antigo Testamento. São Paulo: Vida Nova.
KIRST, Nelson et alii. (eds.). (1989) Dicionário Hebraico-Português & Aramaico-Português. 2. ed. São
Leopoldo-Petrópolis: Sinodal-Vozes.
KOEHLER, Ludwig; BAUMGARTNER, Walter; STAMM, Johann J. (eds.). (1994-2000) The Hebrew
and Aramaic Lexicon of the Old Testament. 5 vols. Leiden-New York-Köln: Brill.
LISOWSKY, Gerhard (ed.). (1981) Konkordanz zum Hebräischen Alten Testament. 2. ed. Stuttgart:
Württembergische Bibelanstalt.
MANDELKERN, Solomon (ed.). (1977) Veteris Testamenti Concordantiae Hebraicae Atque Chaldaicae.
9. ed. 2 vols. Tel Aviv: Schocken.
MITCHEL, Larry A.; PINTO, Carlos O. C; METZGER, Bruce M. (2002) Pequeno Dicionário de
Língua Bíblicas: Hebraico e Grego. São Paulo: Vida Nova.
ROBINSON, Edward (ed.). (1882) A Hebrew and English Lexicon of the Old Testament. 31. ed.
Boston: Crocker and Brewster.
TREGELLES, Samuel P. (ed.). (1952) Gesenius’ Hebrew and Chaldee Lexicon to the Old Testament
Scriptures. Grand Rapids: Eerdmans.
2. Gramáticas
ALVES, Roberto. (2007) Gramática do Hebraico Moderno e Clássico. Rio de Janeiro: Imago.
AUVRAY, Paul. (1997) Iniciação ao Hebraico Bíblico: Gramática Elementar, Textos Comentados,
Vocabulário. Petrópolis: Vozes.
BLAU, Joshua. (1993) A Grammar of Biblical Hebrew. 2. ed. Porta linguarum orientalium 12.
Wiesbaden: Otto Harrassowitz.
CHOWN, Gordon. (2002) Gramática Hebraica: Como ler o Antigo Testamento na Língua Original. Rio
de Janeiro: CPAD.
GESENIUS, Wilhelm; KAUTZSCH, Emil; COWLEY, Arthur E. (1980) Gesenius’ Hebrew Grammar. 2.
ed. Oxford: Clarendon Press.
6
GUSSO, Antônio R. (2005) Gramática Instrumental do Hebraico. São Paulo: Vida Nova.
HOLLENBERG, Johannes; BUDDE, Karl. (1991) Gramática Elementar da Língua Hebraica. 7. ed.
São Leopoldo: Sinodal.
JOÜON, Paul; MURAOKA, Takamitsu. (1993) A Grammar of Biblical Hebrew. 2 vols. Roma:
Pontificium Institutum Biblicum.
KELLEY, Page H. (1998) Hebraico Bíblico: Uma Gramática Introdutória. São Leopoldo: Sinodal.
KERR, Guilherme. (1980) Gramática Elementar da Língua Hebraica. 3. ed. Rio de Janeiro: JUERP.
LAMBDIN, Thomas O. (2003) Gramática do Hebraico Bíblico. São Paulo: Paulus.
MENDES, Paulo. (1981) Noções de Hebraico Bíblico. São Paulo: Vida Nova.
ROSS, Allen P. (2005) Gramática do Hebraico Bíblico para Iniciantes. São Paulo: Editora Vida.
SEOW, Choon-Leong. (1995) A Grammar for Biblical Hebrew. Revised Edition. Nashville:
Abingdon Press.
WALTKE, Bruce K.; O’CONNOR, Michael P. (2006) Introdução à Sintaxe do Hebraico Bíblico. São
Paulo: Cultura Cristã.
WEINGREEN, Jacob. (1959) A Practical Grammar for Classical Hebrew. 2. ed. Oxford-New York:
Clarendon Press-Oxford University Press.
3. Outros
DOTAN, Aron. (1972) “Masorah”. In: Encyclopaedia Judaica. vol. 16. Jerusalem: Keter, col. 1433-
1453.
FRANCISCO, Edson de F. (2005) Manual da Bíblia Hebraica: Introdução ao Texto Massorético – Guia
Introdutório para a Biblia Hebraica Stuttgartensia. 2. ed. São Paulo: Vida Nova, p. 233-238,
243-245 e 246-248.
PISANO, Stephen (2000). “O Texto do Antigo Testamento”. In: SIMIAN-YOFRE, Horácio
(coord.) et alii. (2000) Metodologia do Antigo Testamento. Coleção Bíblica Loyola 28. São
Paulo: Loyola, p. 45-47.
SELLIN, Ernst; FOHRER, Georg. (1978) Introdução ao Antigo Testamento. vol. 2. 3 ed. Nova
Coleção Bíblica 6. São Paulo: Paulinas, p. 758-760.
TOV, Emanuel. (2001) (2001) Textual Criticism of the Hebrew Bible. 2. ed. Minneapolis–Assen:
Fortress Press-Royal Van Gorcum, p. 39-49.
TREBOLLE BARRERA, Julio. (1996) A Bíblia Judaica e a Bíblia Cristã: Introdução à História da Bíblia.
Petrópolis: Vozes, p. 315-318.
WÜRTHWEIN, Ernst. (1995) The Text of the Old Testament – An Introduction to the Biblia Hebraica. 2
ed. Grand Rapids: Eerdmans, p. 21-28.
YEIVIN, Israel. (1980) tynrbXh hrwsml 'wbm (título em inglês: Introduction to the Tiberian
Masorah). Masoretic Studies 5. Missoula: Scholars Press, p. 1-4.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptxLivros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptx
IBADPirapora
 
OBADIAS
OBADIASOBADIAS
OBADIAS
Enerliz
 
Jesus Feeds 4000 People
Jesus Feeds 4000 PeopleJesus Feeds 4000 People
Jesus Feeds 4000 People
Mary Sorial
 
Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05
Pastor W. Costa
 
Raices Hebreas en el Nuevo Testamento
Raices Hebreas en el Nuevo TestamentoRaices Hebreas en el Nuevo Testamento
Raices Hebreas en el Nuevo Testamento
antso
 
José Fé em Meio as Injustiças.
José Fé em Meio as Injustiças.José Fé em Meio as Injustiças.
José Fé em Meio as Injustiças.
Márcio Martins
 
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Pastor Adilson Lopes Oficial
 
Linha do Tempo dos Reis de-Israel
Linha do Tempo dos Reis de-IsraelLinha do Tempo dos Reis de-Israel
Linha do Tempo dos Reis de-Israel
Conselo Tutelar de Colatina-ES
 
Regreso a las raices hebreas de la fe
Regreso a las raices hebreas de la feRegreso a las raices hebreas de la fe
Regreso a las raices hebreas de la fe
HaimbenYisrael
 
A conquista de canaã lição 04
A conquista de canaã  lição 04A conquista de canaã  lição 04
A conquista de canaã lição 04
Mariângela Domeniche Perdomo
 
Estudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino divididoEstudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino dividido
Correios
 
Traducciòn y transliteraciòn
Traducciòn y transliteraciòn Traducciòn y transliteraciòn
Traducciòn y transliteraciòn
Wilbel Diaz
 
Livro de Juízes Antigo Testamento
Livro de Juízes Antigo TestamentoLivro de Juízes Antigo Testamento
Livro de Juízes Antigo Testamento
Leandro Nazareth Souto
 
8. O Livro de Números
8. O Livro de Números8. O Livro de Números
8. O Livro de Números
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Shoftim - Jueces
Shoftim - JuecesShoftim - Jueces
Shoftim - Jueces
MalakDYHWH
 
Eb03 pentateuco - aluno - exercícios
Eb03 pentateuco - aluno - exercíciosEb03 pentateuco - aluno - exercícios
Eb03 pentateuco - aluno - exercícios
Arnaldo Batista Rodrigues
 
71 estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)
71   estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)71   estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)
71 estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)
Robson Tavares Fernandes
 
Historia de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unido
Historia de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unidoHistoria de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unido
Historia de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unido
RICARDO CARDOSO
 
23. Os poéticos: Jó
23. Os poéticos: Jó23. Os poéticos: Jó
23. Os poéticos: Jó
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Lição 4 amós - a justiça social, slide por professor érick freire.
Lição 4   amós - a justiça social, slide por professor érick freire.Lição 4   amós - a justiça social, slide por professor érick freire.
Lição 4 amós - a justiça social, slide por professor érick freire.
Ebd Brasil
 

Mais procurados (20)

Livros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptxLivros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptx
 
OBADIAS
OBADIASOBADIAS
OBADIAS
 
Jesus Feeds 4000 People
Jesus Feeds 4000 PeopleJesus Feeds 4000 People
Jesus Feeds 4000 People
 
Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05
 
Raices Hebreas en el Nuevo Testamento
Raices Hebreas en el Nuevo TestamentoRaices Hebreas en el Nuevo Testamento
Raices Hebreas en el Nuevo Testamento
 
José Fé em Meio as Injustiças.
José Fé em Meio as Injustiças.José Fé em Meio as Injustiças.
José Fé em Meio as Injustiças.
 
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
 
Linha do Tempo dos Reis de-Israel
Linha do Tempo dos Reis de-IsraelLinha do Tempo dos Reis de-Israel
Linha do Tempo dos Reis de-Israel
 
Regreso a las raices hebreas de la fe
Regreso a las raices hebreas de la feRegreso a las raices hebreas de la fe
Regreso a las raices hebreas de la fe
 
A conquista de canaã lição 04
A conquista de canaã  lição 04A conquista de canaã  lição 04
A conquista de canaã lição 04
 
Estudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino divididoEstudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino dividido
 
Traducciòn y transliteraciòn
Traducciòn y transliteraciòn Traducciòn y transliteraciòn
Traducciòn y transliteraciòn
 
Livro de Juízes Antigo Testamento
Livro de Juízes Antigo TestamentoLivro de Juízes Antigo Testamento
Livro de Juízes Antigo Testamento
 
8. O Livro de Números
8. O Livro de Números8. O Livro de Números
8. O Livro de Números
 
Shoftim - Jueces
Shoftim - JuecesShoftim - Jueces
Shoftim - Jueces
 
Eb03 pentateuco - aluno - exercícios
Eb03 pentateuco - aluno - exercíciosEb03 pentateuco - aluno - exercícios
Eb03 pentateuco - aluno - exercícios
 
71 estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)
71   estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)71   estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)
71 estudo panorâmico da bíblia (o livro de lamentações)
 
Historia de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unido
Historia de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unidoHistoria de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unido
Historia de israel aula 12 e 13 período dos juízes e reino unido
 
23. Os poéticos: Jó
23. Os poéticos: Jó23. Os poéticos: Jó
23. Os poéticos: Jó
 
Lição 4 amós - a justiça social, slide por professor érick freire.
Lição 4   amós - a justiça social, slide por professor érick freire.Lição 4   amós - a justiça social, slide por professor érick freire.
Lição 4 amós - a justiça social, slide por professor érick freire.
 

Destaque

Deus (teontologia)
Deus (teontologia)Deus (teontologia)
Deus (teontologia)
Rovanildo Vieira Soares
 
Alfabeto hebraico
Alfabeto hebraicoAlfabeto hebraico
Alfabeto hebraico
Evan Gouveia de Deus
 
Mitologia nórdica apresentação moderada
Mitologia nórdica   apresentação moderadaMitologia nórdica   apresentação moderada
Mitologia nórdica apresentação moderada
Matheus Sad Serenato
 
Simbologia secreta das mãos TJ
Simbologia secreta das mãos TJSimbologia secreta das mãos TJ
Simbologia secreta das mãos TJ
Biblioteca Virtual
 
Alfabeto Hebraico
Alfabeto HebraicoAlfabeto Hebraico
Alfabeto Hebraico
Biblioteca Virtual
 
Hebraico consoantes e semi vogais
 Hebraico consoantes e semi vogais Hebraico consoantes e semi vogais
Hebraico consoantes e semi vogais
UNICAMP
 
Biblia em hebraico_transliterado
Biblia em hebraico_transliteradoBiblia em hebraico_transliterado
Biblia em hebraico_transliterado
Biblioteca Virtual
 
Os nomes de deus
Os nomes de deusOs nomes de deus
Os nomes de deus
Suy Montalvao
 
Teologia Própria: Os Nomes de Deus
Teologia Própria: Os Nomes de DeusTeologia Própria: Os Nomes de Deus
Teologia Própria: Os Nomes de Deus
Dilean Melo
 
Europa e Europeus - Os Celtas
Europa e Europeus - Os CeltasEuropa e Europeus - Os Celtas
Europa e Europeus - Os Celtas
Carlos Ribeiro Medeiros
 
O Teatro
O TeatroO Teatro
O Teatro
UESPI - PI
 
Não tomarás o nome do Senhor Deus em vão
Não tomarás o nome do Senhor Deus em vãoNão tomarás o nome do Senhor Deus em vão
Não tomarás o nome do Senhor Deus em vão
Ailton da Silva
 
Qual o Nome de Deus?
Qual o Nome de Deus?Qual o Nome de Deus?
Qual o Nome de Deus?
ASD Remanescentes
 
Onde Deus me quer?
Onde Deus me quer?Onde Deus me quer?
Onde Deus me quer?
pastorvanderlei
 
Nomes de Deus
Nomes de DeusNomes de Deus
Nomes de Deus
Pastor Robson Colaço
 
Novo testamento interlinear analítico grego português
Novo testamento interlinear analítico grego português Novo testamento interlinear analítico grego português
Novo testamento interlinear analítico grego português
Tarcísio Picaglia
 
O nome de Deus
O nome de DeusO nome de Deus
O nome de Deus
Biblioteca Virtual
 

Destaque (17)

Deus (teontologia)
Deus (teontologia)Deus (teontologia)
Deus (teontologia)
 
Alfabeto hebraico
Alfabeto hebraicoAlfabeto hebraico
Alfabeto hebraico
 
Mitologia nórdica apresentação moderada
Mitologia nórdica   apresentação moderadaMitologia nórdica   apresentação moderada
Mitologia nórdica apresentação moderada
 
Simbologia secreta das mãos TJ
Simbologia secreta das mãos TJSimbologia secreta das mãos TJ
Simbologia secreta das mãos TJ
 
Alfabeto Hebraico
Alfabeto HebraicoAlfabeto Hebraico
Alfabeto Hebraico
 
Hebraico consoantes e semi vogais
 Hebraico consoantes e semi vogais Hebraico consoantes e semi vogais
Hebraico consoantes e semi vogais
 
Biblia em hebraico_transliterado
Biblia em hebraico_transliteradoBiblia em hebraico_transliterado
Biblia em hebraico_transliterado
 
Os nomes de deus
Os nomes de deusOs nomes de deus
Os nomes de deus
 
Teologia Própria: Os Nomes de Deus
Teologia Própria: Os Nomes de DeusTeologia Própria: Os Nomes de Deus
Teologia Própria: Os Nomes de Deus
 
Europa e Europeus - Os Celtas
Europa e Europeus - Os CeltasEuropa e Europeus - Os Celtas
Europa e Europeus - Os Celtas
 
O Teatro
O TeatroO Teatro
O Teatro
 
Não tomarás o nome do Senhor Deus em vão
Não tomarás o nome do Senhor Deus em vãoNão tomarás o nome do Senhor Deus em vão
Não tomarás o nome do Senhor Deus em vão
 
Qual o Nome de Deus?
Qual o Nome de Deus?Qual o Nome de Deus?
Qual o Nome de Deus?
 
Onde Deus me quer?
Onde Deus me quer?Onde Deus me quer?
Onde Deus me quer?
 
Nomes de Deus
Nomes de DeusNomes de Deus
Nomes de Deus
 
Novo testamento interlinear analítico grego português
Novo testamento interlinear analítico grego português Novo testamento interlinear analítico grego português
Novo testamento interlinear analítico grego português
 
O nome de Deus
O nome de DeusO nome de Deus
O nome de Deus
 

Semelhante a Alfabeto hebraico

Alfabeto hebraico
Alfabeto hebraicoAlfabeto hebraico
Alfabeto hebraico
Kalistrato Valcácio
 
Palavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesa
Palavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesaPalavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesa
Palavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesa
sgtbertoldo
 
13.1 tessalonicenses comentário esperança
13.1 tessalonicenses   comentário esperança13.1 tessalonicenses   comentário esperança
13.1 tessalonicenses comentário esperança
josimar silva
 
01 pentateuco-nocoes-introdutorias
01 pentateuco-nocoes-introdutorias01 pentateuco-nocoes-introdutorias
01 pentateuco-nocoes-introdutorias
Lidiane Leao
 
21.1 pedro comentário esperança
21.1 pedro   comentário esperança21.1 pedro   comentário esperança
21.1 pedro comentário esperança
josimar silva
 
07.1 corintios comentário esperança
07.1 corintios   comentário esperança07.1 corintios   comentário esperança
07.1 corintios comentário esperança
josimar silva
 
03.lucas comentário esperança
03.lucas   comentário esperança03.lucas   comentário esperança
03.lucas comentário esperança
josimar silva
 
22.1,2,3 joao comentário esperança
22.1,2,3 joao   comentário esperança22.1,2,3 joao   comentário esperança
22.1,2,3 joao comentário esperança
josimar silva
 
Dicionário de estudos bíblicos
Dicionário de estudos bíblicosDicionário de estudos bíblicos
Dicionário de estudos bíblicos
Jeronimo Nunes
 
15 salmos
15 salmos15 salmos
15 salmos
PIB Penha
 
CRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTO
CRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTOCRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTO
CRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTO
rabcdesigner
 
0612069 08 postextual
0612069 08 postextual0612069 08 postextual
0612069 08 postextual
leniogravacoes
 
BIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdfBIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdf
Rossi Aguiar Aguiar
 
Novo testamento foi escrito em aramaico e hebraico
Novo testamento foi escrito em aramaico e hebraicoNovo testamento foi escrito em aramaico e hebraico
Novo testamento foi escrito em aramaico e hebraico
ASD Remanescentes
 
Comentário+esperança+ +romanos
Comentário+esperança+ +romanosComentário+esperança+ +romanos
Comentário+esperança+ +romanos
Tiago Venâncio
 
IGBb-1.pdf
IGBb-1.pdfIGBb-1.pdf
IGBb-1.pdf
Tiago Silva
 
Diferencas entre o Mashiach e Yeshua
Diferencas entre o Mashiach e YeshuaDiferencas entre o Mashiach e Yeshua
Diferencas entre o Mashiach e Yeshua
Efraim Ben Tzion
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Gesiel Oliveira
 
14.2 tessalonicenses comentário esperança
14.2 tessalonicenses   comentário esperança14.2 tessalonicenses   comentário esperança
14.2 tessalonicenses comentário esperança
josimar silva
 
Bíblia de Estudo Pentecostal.pdf
Bíblia de Estudo Pentecostal.pdfBíblia de Estudo Pentecostal.pdf
Bíblia de Estudo Pentecostal.pdf
Ferreira Silva
 

Semelhante a Alfabeto hebraico (20)

Alfabeto hebraico
Alfabeto hebraicoAlfabeto hebraico
Alfabeto hebraico
 
Palavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesa
Palavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesaPalavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesa
Palavras hebraicas e hebraísmos na língua portuguesa
 
13.1 tessalonicenses comentário esperança
13.1 tessalonicenses   comentário esperança13.1 tessalonicenses   comentário esperança
13.1 tessalonicenses comentário esperança
 
01 pentateuco-nocoes-introdutorias
01 pentateuco-nocoes-introdutorias01 pentateuco-nocoes-introdutorias
01 pentateuco-nocoes-introdutorias
 
21.1 pedro comentário esperança
21.1 pedro   comentário esperança21.1 pedro   comentário esperança
21.1 pedro comentário esperança
 
07.1 corintios comentário esperança
07.1 corintios   comentário esperança07.1 corintios   comentário esperança
07.1 corintios comentário esperança
 
03.lucas comentário esperança
03.lucas   comentário esperança03.lucas   comentário esperança
03.lucas comentário esperança
 
22.1,2,3 joao comentário esperança
22.1,2,3 joao   comentário esperança22.1,2,3 joao   comentário esperança
22.1,2,3 joao comentário esperança
 
Dicionário de estudos bíblicos
Dicionário de estudos bíblicosDicionário de estudos bíblicos
Dicionário de estudos bíblicos
 
15 salmos
15 salmos15 salmos
15 salmos
 
CRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTO
CRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTOCRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTO
CRITICA_TEXTUAL VOLTADO PARA ANALISE DE TEXTO
 
0612069 08 postextual
0612069 08 postextual0612069 08 postextual
0612069 08 postextual
 
BIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdfBIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdf
 
Novo testamento foi escrito em aramaico e hebraico
Novo testamento foi escrito em aramaico e hebraicoNovo testamento foi escrito em aramaico e hebraico
Novo testamento foi escrito em aramaico e hebraico
 
Comentário+esperança+ +romanos
Comentário+esperança+ +romanosComentário+esperança+ +romanos
Comentário+esperança+ +romanos
 
IGBb-1.pdf
IGBb-1.pdfIGBb-1.pdf
IGBb-1.pdf
 
Diferencas entre o Mashiach e Yeshua
Diferencas entre o Mashiach e YeshuaDiferencas entre o Mashiach e Yeshua
Diferencas entre o Mashiach e Yeshua
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
14.2 tessalonicenses comentário esperança
14.2 tessalonicenses   comentário esperança14.2 tessalonicenses   comentário esperança
14.2 tessalonicenses comentário esperança
 
Bíblia de Estudo Pentecostal.pdf
Bíblia de Estudo Pentecostal.pdfBíblia de Estudo Pentecostal.pdf
Bíblia de Estudo Pentecostal.pdf
 

Mais de Jairo Caetano

The Cambridge Grammar of the English Language
The Cambridge Grammar of the English LanguageThe Cambridge Grammar of the English Language
The Cambridge Grammar of the English Language
Jairo Caetano
 
Guia básico de conversação
Guia básico de conversaçãoGuia básico de conversação
Guia básico de conversação
Jairo Caetano
 
15 minutos de inglês
15 minutos de inglês15 minutos de inglês
15 minutos de inglês
Jairo Caetano
 
Inglês aula 13 - future
Inglês   aula 13 - futureInglês   aula 13 - future
Inglês aula 13 - future
Jairo Caetano
 
Inglês aula 25 - vestibulares
Inglês   aula 25 - vestibularesInglês   aula 25 - vestibulares
Inglês aula 25 - vestibulares
Jairo Caetano
 
Inglês aula 24 - special difficulties
Inglês   aula 24 - special difficultiesInglês   aula 24 - special difficulties
Inglês aula 24 - special difficulties
Jairo Caetano
 
Inglês aula 23 - reported speech
Inglês   aula 23 - reported speechInglês   aula 23 - reported speech
Inglês aula 23 - reported speech
Jairo Caetano
 
Inglês aula 22 - passive voice
Inglês   aula 22 - passive voiceInglês   aula 22 - passive voice
Inglês aula 22 - passive voice
Jairo Caetano
 
Inglês aula 21 - reading
Inglês   aula 21 - readingInglês   aula 21 - reading
Inglês aula 21 - reading
Jairo Caetano
 
Inglês aula 20 - reflexives
Inglês   aula 20 - reflexivesInglês   aula 20 - reflexives
Inglês aula 20 - reflexives
Jairo Caetano
 
Inglês aula 19 - gerund
Inglês   aula 19 - gerundInglês   aula 19 - gerund
Inglês aula 19 - gerund
Jairo Caetano
 
Inglês aula 18 - if clauses (1)
Inglês   aula 18 - if clauses (1)Inglês   aula 18 - if clauses (1)
Inglês aula 18 - if clauses (1)
Jairo Caetano
 
Inglês aula 17 - past perfect
Inglês   aula 17 - past perfectInglês   aula 17 - past perfect
Inglês aula 17 - past perfect
Jairo Caetano
 
Inglês aula 16 - adjectives
Inglês   aula 16 - adjectivesInglês   aula 16 - adjectives
Inglês aula 16 - adjectives
Jairo Caetano
 
Inglês aula 15 - modal verbs
Inglês   aula 15 - modal verbsInglês   aula 15 - modal verbs
Inglês aula 15 - modal verbs
Jairo Caetano
 
Inglês aula 14 - leitura
Inglês   aula 14 - leituraInglês   aula 14 - leitura
Inglês aula 14 - leitura
Jairo Caetano
 
Inglês aula 10 - many or much
Inglês   aula 10 - many or muchInglês   aula 10 - many or much
Inglês aula 10 - many or much
Jairo Caetano
 
Inglês aula 12 - present perfect continuous
Inglês   aula 12 - present perfect continuousInglês   aula 12 - present perfect continuous
Inglês aula 12 - present perfect continuous
Jairo Caetano
 
Inglês aula 09 - preposições
Inglês   aula 09 - preposiçõesInglês   aula 09 - preposições
Inglês aula 09 - preposições
Jairo Caetano
 
Inglês aula 11 - the present perfect
Inglês   aula 11 - the present perfectInglês   aula 11 - the present perfect
Inglês aula 11 - the present perfect
Jairo Caetano
 

Mais de Jairo Caetano (20)

The Cambridge Grammar of the English Language
The Cambridge Grammar of the English LanguageThe Cambridge Grammar of the English Language
The Cambridge Grammar of the English Language
 
Guia básico de conversação
Guia básico de conversaçãoGuia básico de conversação
Guia básico de conversação
 
15 minutos de inglês
15 minutos de inglês15 minutos de inglês
15 minutos de inglês
 
Inglês aula 13 - future
Inglês   aula 13 - futureInglês   aula 13 - future
Inglês aula 13 - future
 
Inglês aula 25 - vestibulares
Inglês   aula 25 - vestibularesInglês   aula 25 - vestibulares
Inglês aula 25 - vestibulares
 
Inglês aula 24 - special difficulties
Inglês   aula 24 - special difficultiesInglês   aula 24 - special difficulties
Inglês aula 24 - special difficulties
 
Inglês aula 23 - reported speech
Inglês   aula 23 - reported speechInglês   aula 23 - reported speech
Inglês aula 23 - reported speech
 
Inglês aula 22 - passive voice
Inglês   aula 22 - passive voiceInglês   aula 22 - passive voice
Inglês aula 22 - passive voice
 
Inglês aula 21 - reading
Inglês   aula 21 - readingInglês   aula 21 - reading
Inglês aula 21 - reading
 
Inglês aula 20 - reflexives
Inglês   aula 20 - reflexivesInglês   aula 20 - reflexives
Inglês aula 20 - reflexives
 
Inglês aula 19 - gerund
Inglês   aula 19 - gerundInglês   aula 19 - gerund
Inglês aula 19 - gerund
 
Inglês aula 18 - if clauses (1)
Inglês   aula 18 - if clauses (1)Inglês   aula 18 - if clauses (1)
Inglês aula 18 - if clauses (1)
 
Inglês aula 17 - past perfect
Inglês   aula 17 - past perfectInglês   aula 17 - past perfect
Inglês aula 17 - past perfect
 
Inglês aula 16 - adjectives
Inglês   aula 16 - adjectivesInglês   aula 16 - adjectives
Inglês aula 16 - adjectives
 
Inglês aula 15 - modal verbs
Inglês   aula 15 - modal verbsInglês   aula 15 - modal verbs
Inglês aula 15 - modal verbs
 
Inglês aula 14 - leitura
Inglês   aula 14 - leituraInglês   aula 14 - leitura
Inglês aula 14 - leitura
 
Inglês aula 10 - many or much
Inglês   aula 10 - many or muchInglês   aula 10 - many or much
Inglês aula 10 - many or much
 
Inglês aula 12 - present perfect continuous
Inglês   aula 12 - present perfect continuousInglês   aula 12 - present perfect continuous
Inglês aula 12 - present perfect continuous
 
Inglês aula 09 - preposições
Inglês   aula 09 - preposiçõesInglês   aula 09 - preposições
Inglês aula 09 - preposições
 
Inglês aula 11 - the present perfect
Inglês   aula 11 - the present perfectInglês   aula 11 - the present perfect
Inglês aula 11 - the present perfect
 

Último

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 

Último (20)

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 

Alfabeto hebraico

  • 1. 1 Alfabeto Hebraico Edson de Faria Francisco. São Bernardo do Campo, abril de 2008. letras (consoantes) nome transliteração e pronúncia valor numérico 1 ' ’alef ’ 1 2 Gb b bêt b ḇ (v) 2 3 Fg g guimel g ḡ (gh) 3 4 Gd d dalet d ḏ (dh) 4 5 h hê h 5 6 w waw w 6 7 z zayin z 7 8 x 'et ḥ 8 9 X %et ṭ 9 10 y yod y 10 11 Gk k kaf k ḵ (kh) 20 12 l lamed l 30 13 m mem m 40 14 n nun n 50 15 s samekh s 60 16 v ‘ayin ‘ 70 17 Kp p pê p p̄ (f) 80 18 c tsadê ṣ 90 19 q qof q 100 20 r resh r 200 21 W H sin e shin ś e š 300 22 Gt t taw t ṯ (th) 400
  • 2. 2 Alfabeto Hebraico (letras quadradas e simplificadas) letras quadradas letras simplificadas ' ‫א‬ b ‫ב‬ g ‫ג‬ d ‫ד‬ h ‫ה‬ w ‫ו‬ z ‫ז‬ x ‫ח‬ X ‫ט‬ y ‫י‬ k ¢ ‫כ‬ ‫ך‬ l ‫ל‬ m £ ‫מ‬ ‫ם‬ n § ‫נ‬ ‫ן‬ s ‫ס‬ v ‫ע‬ p • ‫פ‬ ‫ף‬ c ¶ ‫צ‬ ‫ץ‬ q ‫ק‬ r ‫ר‬ W H ‫שׂ‬ ‫שׁ‬ t ‫ת‬
  • 3. 3 Letras Finais letras (consoantes) nome transliteração e pronúncia valor numérico 1 ¢ kaf sofit kh kh 500 2 £ mem sofit m m 600 3 § nun sofit n n 700 4 • pê sofit p̄ (f) p̄ (f) 800 5 ¶ tsadê sofit ṣ ṣ 900 Vocalização1 Sinais vocálicos A E I O U Breves pata' a' (a) ex.: tarde segol e' (e) ex.: era hiriq i' (i) ex.: item qamets qatan2 A' (o) ex.: costa qubbuts u' (u) ex.: rótulo Longos qamets A' (ā) ex.: cantor tserê E' (ē) ex.: medo hiriq-yod yi' (î) ex.: hino 'olem e 'olem-waw O' e Ow' (ô) ex.: povo shureq ˚' (û) ex.: uva 1 O sistema de vocalização do hebraico bíblico foi elaborado pelas duas principais escolas de massoretas, a de Ben Asher e a de Ben Naftali, ambas ativas no século X, em Tiberíades, na Palestina. Esse sistema é conhecido como tiberiense, sendo desenvolvido entre os séculos VIII e X. Além do sistema tiberiense, havia, ainda, outros dois métodos mais antigos: o babilônico (séc. VII a IX) e o palestino (séc. VIII a IX), mas ambos caíram em desuso e não são mais utilizados. Somente a vocalização tiberiense é usada hoje em dia tanto no hebraico bíblico como no hebraico moderno. A maioria dos manuscritos massoréticos surgidos durante a Idade Média reflete o sistema de vocalização tiberiense pertencente principalmente à escola de Ben Asher, cf. Dotan, 1972, col. 1433-1453; Yeivin, 1980, p. 1-4; Tov, 2001, p. 39-49; Würthwein, 1995, p. 21-28; Sellin e Fohrer, 1978, p. 758-760; Trebolle Barrera, 1996, p. 315-318; Pisano, 2000, p. 45-47 e Francisco, 2005, p. 233- 238, 243-245 e 246-248. 2 O sinal vocálico qamets qatan é igual ao qamets, ambos possuindo a mesma forma gráfica. O qamets qatan aparece em determinadas palavras e nomes, geralmente imediatamente antes do sinal diacrítico shewá ( ¸ ): hom¸kox ('okhmâ, sabedoria), hol¸ko' (’okhlâ, alimento), hoxËroq (qor'â, careca, calvo), hox¸Hom (mosh'â, unção), tox¸Hom (mosh'ât, mutilação), hol¸gox ('óglâ, Hogla), yakG›dËrom (mórdŏkhay, Mardoqueu), £«y¬n¸tom (mótnaîm, lombos), yÊr¸kƒn (nókhrî, estrangeiro), hGobËrox ('orbâ, ruína), yiH¸pox ('ofshî, libertado, livre), £ƒn¸mo' (’omnam, certamente), holËrov (‘orlâ, prepúcio), hflr›hoX (%ohŏrâ, pureza), dOqËdoq (qodqod, cocuruto), -loGk (kol-, todo, tudo) etc.
  • 4. 4 Sinais de semivogais 'a%ef-pata' ·' (ă) um breve a 'a%ef-segol È' (ĕ) um breve e 'a%ef-qamets Û' (ŏ) um breve o shewá ¸' (e ) um e audível em início de palavra ex.: hoGlipG¸t (te fillâ, oração) ou mudo em meio de palavra ex.: rGobËdim (midbar, deserto) Ditongos ya (ay) ex.: vai yA (āy) ex.: vai ye yE (ey) (ê) ex.: lei yOw yO (ôy) ex.: oito y˚ (ûy) ex.: Rui wA (āw) ex.: ave wa (aw) ex.: ave wyi (îw) ex.: Ivo wE wyE (êw) ex.: seiva Sinais vocálicos com ' e h finais qamets com ' final vocálico 'A (ā’) ex.: mā’ qamets final com h vocálico hA (â) ex.: mâ qamets com h final consonantal JhA (āh) ex.: māh segol com h final vocálico he (eh) ex.: meh tserê com h final vocálico hE (ēh) ex.: mēh Pata' furtivo fix (a ) ex.: fixFwr (rûa ', espírito)
  • 5. 5 Referências Bibliográficas e Obras Indicadas 1. Dicionários e Concordâncias ALCALAY, Reuben (ed.). (1986) £lS tylgn'ñyrbv §wlym (título em inglês: The Complete Hebrew- English Dictionary). Ramat-Gan-Jerusalem: Massada. ALONSO SCHÖKEL, Luís (ed.). (1997) Dicionário Bíblico Hebraico-Português. São Paulo: Paulus. BEREZIN, Jaffa R. (ed.). (1995) y«z∆gFwXËrOwKpñyÊrÕbiv §OwGlim (título em português: Dicionário Hebraico- Português). São Paulo: Edusp. BROWN, Francis; DRIVER, Samuel R.; BRIGGS, Charles A. (eds.). (1996) The Brown-Driver-Briggs Hebrew and English Lexicon. Peabody: Hendrickson. CLINES, David J. A. (ed.). (1993-) The Dictionary of Classical Hebrew. 5 vols. Sheffield: Sheffield Academic. EVEN-SHOSHAN, Abraham (ed.). (1997) £yibFwt¸kFw £yi'yibÕn h‡rOwt¸l hoHfld‹x hƒy¸cÕnfidËrOwqÕnOwq (título em inglês: A New Concordance of the Old Testament: Using the Hebrew and Aramaic Text). 2. ed. Grand Rapids: Baker. (em hebraico) _____. (ed.). (2003) Hfldoxeh §OwGliGmah £«yKap¸la'oh tOwn¸Hil §oGkËduv¸mFw HG‡dux¸m ñ §oHOwH-§ebe' §OwGlim. 6 vols. Jerusalem: Kiryat-Sefer. (em hebraico) FÜRST, Julius (ed.). (1867) A Hebrew & Chaldee Lexicon to the Old Testament. 3. ed. Leipzig- London: Bernhard Tauchnitz-Williams & Norgate. GESENIUS, Wilhelm (ed.). (1962) Hebräisches und Aramäisches Handwörterbuch über das Alte Testament. 17. ed. Berlin-Göttingen-Heidelberg: Springer-Verlag. HARRIS, R. Laird; ARCHER, Jr, Gleason L.; WALTKE, Bruce K. (orgs.). (1998) Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento. São Paulo: Vida Nova. KIRST, Nelson et alii. (eds.). (1989) Dicionário Hebraico-Português & Aramaico-Português. 2. ed. São Leopoldo-Petrópolis: Sinodal-Vozes. KOEHLER, Ludwig; BAUMGARTNER, Walter; STAMM, Johann J. (eds.). (1994-2000) The Hebrew and Aramaic Lexicon of the Old Testament. 5 vols. Leiden-New York-Köln: Brill. LISOWSKY, Gerhard (ed.). (1981) Konkordanz zum Hebräischen Alten Testament. 2. ed. Stuttgart: Württembergische Bibelanstalt. MANDELKERN, Solomon (ed.). (1977) Veteris Testamenti Concordantiae Hebraicae Atque Chaldaicae. 9. ed. 2 vols. Tel Aviv: Schocken. MITCHEL, Larry A.; PINTO, Carlos O. C; METZGER, Bruce M. (2002) Pequeno Dicionário de Língua Bíblicas: Hebraico e Grego. São Paulo: Vida Nova. ROBINSON, Edward (ed.). (1882) A Hebrew and English Lexicon of the Old Testament. 31. ed. Boston: Crocker and Brewster. TREGELLES, Samuel P. (ed.). (1952) Gesenius’ Hebrew and Chaldee Lexicon to the Old Testament Scriptures. Grand Rapids: Eerdmans. 2. Gramáticas ALVES, Roberto. (2007) Gramática do Hebraico Moderno e Clássico. Rio de Janeiro: Imago. AUVRAY, Paul. (1997) Iniciação ao Hebraico Bíblico: Gramática Elementar, Textos Comentados, Vocabulário. Petrópolis: Vozes. BLAU, Joshua. (1993) A Grammar of Biblical Hebrew. 2. ed. Porta linguarum orientalium 12. Wiesbaden: Otto Harrassowitz. CHOWN, Gordon. (2002) Gramática Hebraica: Como ler o Antigo Testamento na Língua Original. Rio de Janeiro: CPAD. GESENIUS, Wilhelm; KAUTZSCH, Emil; COWLEY, Arthur E. (1980) Gesenius’ Hebrew Grammar. 2. ed. Oxford: Clarendon Press.
  • 6. 6 GUSSO, Antônio R. (2005) Gramática Instrumental do Hebraico. São Paulo: Vida Nova. HOLLENBERG, Johannes; BUDDE, Karl. (1991) Gramática Elementar da Língua Hebraica. 7. ed. São Leopoldo: Sinodal. JOÜON, Paul; MURAOKA, Takamitsu. (1993) A Grammar of Biblical Hebrew. 2 vols. Roma: Pontificium Institutum Biblicum. KELLEY, Page H. (1998) Hebraico Bíblico: Uma Gramática Introdutória. São Leopoldo: Sinodal. KERR, Guilherme. (1980) Gramática Elementar da Língua Hebraica. 3. ed. Rio de Janeiro: JUERP. LAMBDIN, Thomas O. (2003) Gramática do Hebraico Bíblico. São Paulo: Paulus. MENDES, Paulo. (1981) Noções de Hebraico Bíblico. São Paulo: Vida Nova. ROSS, Allen P. (2005) Gramática do Hebraico Bíblico para Iniciantes. São Paulo: Editora Vida. SEOW, Choon-Leong. (1995) A Grammar for Biblical Hebrew. Revised Edition. Nashville: Abingdon Press. WALTKE, Bruce K.; O’CONNOR, Michael P. (2006) Introdução à Sintaxe do Hebraico Bíblico. São Paulo: Cultura Cristã. WEINGREEN, Jacob. (1959) A Practical Grammar for Classical Hebrew. 2. ed. Oxford-New York: Clarendon Press-Oxford University Press. 3. Outros DOTAN, Aron. (1972) “Masorah”. In: Encyclopaedia Judaica. vol. 16. Jerusalem: Keter, col. 1433- 1453. FRANCISCO, Edson de F. (2005) Manual da Bíblia Hebraica: Introdução ao Texto Massorético – Guia Introdutório para a Biblia Hebraica Stuttgartensia. 2. ed. São Paulo: Vida Nova, p. 233-238, 243-245 e 246-248. PISANO, Stephen (2000). “O Texto do Antigo Testamento”. In: SIMIAN-YOFRE, Horácio (coord.) et alii. (2000) Metodologia do Antigo Testamento. Coleção Bíblica Loyola 28. São Paulo: Loyola, p. 45-47. SELLIN, Ernst; FOHRER, Georg. (1978) Introdução ao Antigo Testamento. vol. 2. 3 ed. Nova Coleção Bíblica 6. São Paulo: Paulinas, p. 758-760. TOV, Emanuel. (2001) (2001) Textual Criticism of the Hebrew Bible. 2. ed. Minneapolis–Assen: Fortress Press-Royal Van Gorcum, p. 39-49. TREBOLLE BARRERA, Julio. (1996) A Bíblia Judaica e a Bíblia Cristã: Introdução à História da Bíblia. Petrópolis: Vozes, p. 315-318. WÜRTHWEIN, Ernst. (1995) The Text of the Old Testament – An Introduction to the Biblia Hebraica. 2 ed. Grand Rapids: Eerdmans, p. 21-28. YEIVIN, Israel. (1980) tynrbXh hrwsml 'wbm (título em inglês: Introduction to the Tiberian Masorah). Masoretic Studies 5. Missoula: Scholars Press, p. 1-4.