SlideShare uma empresa Scribd logo
Naturalmente que já ouviste falar no 25 de Abril de 1974, mas provavelmente não conheces
as coisas como os teus pais ou os teus avós que viveram nesta época.
Sabias que o golpe de estado do 25 de Abril de 1974 ficou conhecido para sempre como a
"Revolução dos Cravos"?
Diz-se que foi uma revolução porque a política do nosso País se alterou
completamente.
Mas como não houve a violência habitual das revoluções manchada de sangue inocente, o
povo ofereceu flores cravos aos militares que os puseram nos canos das armas.
Em vez de balas, que matam, havia flores por todo o lado, significando o renascer da
vida e a mudança!
O povo português fez este golpe de estado porque não estava contente com o
governo de Marcelo Caetano, que seguiu a política de Salazar o Estado Novo, que era uma
ditadura. Esta forma de governo sem liberdade durou cerca de 48 anos!
Enquanto os outros países da Europa avançavam e progrediam em democracia, o
regime português mantinha o nosso país atrasado e fechado a novas ideias.
Antes do 25 de Abril, todos se mostravam descontentes, mas não podiam dizê-lo
abertamente e as manifestações dos estudantes deram muitas preocupações ao governo.
Os estudantes queriam que todos pudessem aceder igualmente ao ensino,
liberdade de expressão e o fim da Guerra Colonial, que consideravam inútil.
Anos anteriores ao 25
de Abril
O criador do estado novo foi Salazar, que equilibro as
finanças e ganhou prestígio e confiança dos militares, que lhe
entregaram a chefia do Governo em 1932.
Fizeram-se grandes obras publicas - pontes, barragem, etc.
mas também um grande esforço de propagada, como a Exposição
de 1940.
Negaram-se os direitos fundamentais aos portugueses
liberdade de informação, de expressão, de reunião, de associação,
etc.
Ilegalizou-se os partidos políticos e os sindicados livres.
Foi criada uma politica , a PIDE, responsável por varias
arbitrariedades.
No período de maior repressão existiu mesmo uma colónia
penal no Tarrafal Cabo Verde.
Os Portugueses ansiavam por uma mudança politica que lhe devolvesse a
liberdade e a democracia.
Um grupo de militares organizou um movimento que, 25 de Abril de 1974,
iniciou uma revolta que derrubou o Estado Novo – era o Movimento das forças
armadas (MFA).
A Rádio transmitiu as senhas que deram ordem de avanço aos militares de
Abril – foram duas canções que puseram o Revolução em marcha – E Depois do
Adeus e Grândola, Vila Morena.
O poder passou do ultimo governo do Estado Novo para as mãos da Junta de
Salvação Natural; na rendição da Marcelo Caetano teve um papel determinante o
capitão salgueiro maia ( no quartel do Carmo, ele comandou as operações e evitou
o derramamento de sangue).
O MFA foi um momento libertador. As medidas que os seus representantes
anunciaram provaram isso mesmo: liberdade de reunião e de expressão,
libertação dos presos políticos, garantia de eleições livres a curto prazo, etc., a ate
o dialogo para acabar a guerra colonial.
O povo saiu as ruas de forma calma e ordeira, o que fez da revolução dos
cravos uma revolução sem sangue.
Viva á liberdade, faternidade e
igualdade
Trabalho realizado por:
Professora: Adelaide Sousa
Disciplina: H.G.P
Ano lectivo:2010/2011

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Flor de Abril
A Flor de AbrilA Flor de Abril
A Flor de Abril
guida04
 
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
Vanda Pereira Bregieiro
 
A revolução dos cravos – 25 de abril
A revolução dos cravos – 25 de abrilA revolução dos cravos – 25 de abril
A revolução dos cravos – 25 de abril
AEDFL
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
Paula Morgado
 
A RevoluçãO Dos Cravos
A RevoluçãO Dos CravosA RevoluçãO Dos Cravos
A RevoluçãO Dos Cravos
Sílvia Mendonça
 
Youblisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novos
Youblisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novosYoublisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novos
Youblisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novos
Lurdes Trindade
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
Jorge Almeida
 
Trabalho 25 de abril ana alves
Trabalho 25 de abril ana alvesTrabalho 25 de abril ana alves
Trabalho 25 de abril ana alves
Ana Paiva
 
A Descoberta Do 25 De Abril
A Descoberta Do 25 De AbrilA Descoberta Do 25 De Abril
A Descoberta Do 25 De Abril
oalvarinho
 
MFA
MFAMFA
Carlos 25 De Abril
Carlos 25 De AbrilCarlos 25 De Abril
Carlos 25 De Abril
guest9ed074
 
O 25 De Abril
O 25 De AbrilO 25 De Abril
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Ivo Madureira
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravos
Endl Félix Muriel
 
Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
franciscaf
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
Maria Barroso
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
É A Menina Marcia
 
25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos
becastanheiradepera
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
Ana Paiva
 

Mais procurados (20)

A Flor de Abril
A Flor de AbrilA Flor de Abril
A Flor de Abril
 
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
 
A revolução dos cravos – 25 de abril
A revolução dos cravos – 25 de abrilA revolução dos cravos – 25 de abril
A revolução dos cravos – 25 de abril
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 
A RevoluçãO Dos Cravos
A RevoluçãO Dos CravosA RevoluçãO Dos Cravos
A RevoluçãO Dos Cravos
 
Youblisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novos
Youblisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novosYoublisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novos
Youblisher.com 114909-o 25-de_abril_contado_aos_mais_novos
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
Trabalho 25 de abril ana alves
Trabalho 25 de abril ana alvesTrabalho 25 de abril ana alves
Trabalho 25 de abril ana alves
 
A Descoberta Do 25 De Abril
A Descoberta Do 25 De AbrilA Descoberta Do 25 De Abril
A Descoberta Do 25 De Abril
 
MFA
MFAMFA
MFA
 
Carlos 25 De Abril
Carlos 25 De AbrilCarlos 25 De Abril
Carlos 25 De Abril
 
O 25 De Abril
O 25 De AbrilO 25 De Abril
O 25 De Abril
 
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravos
 
Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 

Destaque

O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974
diuguitofelgas
 
Guerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial PortuguesaGuerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial Portuguesa
Jorge Almeida
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
Jorge Almeida
 
25 de abril 1974 (2)
25 de abril 1974 (2)25 de abril 1974 (2)
25 de abril 1974 (2)
23palmela
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
Sara Catarina
 
Hgp 25 de abril 6º g -dixon
Hgp 25 de abril 6º g -dixonHgp 25 de abril 6º g -dixon
Hgp 25 de abril 6º g -dixon
Rui Pinto
 
Hgp 25 de abril 6º g -joaõ miguel e baía
Hgp  25 de abril  6º g -joaõ miguel e baíaHgp  25 de abril  6º g -joaõ miguel e baía
Hgp 25 de abril 6º g -joaõ miguel e baía
Rui Pinto
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
Lorredana Pereira
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
Sónia Cruz
 
Portugal democrático
Portugal democráticoPortugal democrático
Portugal democrático
maria40
 
Regicidio Joana (2)
Regicidio Joana (2)Regicidio Joana (2)
Regicidio Joana (2)
eb23cv
 
Revolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º anoRevolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º ano
Paula Morgado
 
Pós 25 de abril
Pós 25 de abrilPós 25 de abril
Pós 25 de abril
Carlos Vieira
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
maria40
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
João Camacho
 
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da DemocraciaPortugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
home
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
Jorge Almeida
 
Regicídio
RegicídioRegicídio
Regicídio
eb23ja
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
Jorge Almeida
 

Destaque (20)

O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974
 
Guerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial PortuguesaGuerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial Portuguesa
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
25 de abril 1974 (2)
25 de abril 1974 (2)25 de abril 1974 (2)
25 de abril 1974 (2)
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 
Hgp 25 de abril 6º g -dixon
Hgp 25 de abril 6º g -dixonHgp 25 de abril 6º g -dixon
Hgp 25 de abril 6º g -dixon
 
Hgp 25 de abril 6º g -joaõ miguel e baía
Hgp  25 de abril  6º g -joaõ miguel e baíaHgp  25 de abril  6º g -joaõ miguel e baía
Hgp 25 de abril 6º g -joaõ miguel e baía
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
Portugal democrático
Portugal democráticoPortugal democrático
Portugal democrático
 
Regicidio Joana (2)
Regicidio Joana (2)Regicidio Joana (2)
Regicidio Joana (2)
 
Revolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º anoRevolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º ano
 
Pós 25 de abril
Pós 25 de abrilPós 25 de abril
Pós 25 de abril
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da DemocraciaPortugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
 
Regicídio
RegicídioRegicídio
Regicídio
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
 

Semelhante a 25 de abril de 1974 (2)

25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
Isabel Ribeiro
 
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
becastanheiradepera
 
25 abril mariana
25 abril mariana25 abril mariana
25 abril mariana
Ana Sêco
 
25 De Abril De 1974.pptx
25 De Abril De 1974.pptx25 De Abril De 1974.pptx
25 De Abril De 1974.pptx
JoaoVaz26
 
1243337190 25 de_abil
1243337190 25 de_abil1243337190 25 de_abil
1243337190 25 de_abil
Pelo Siro
 
399
399399
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
Carina Alexandra
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
Jorge Almeida
 
25 de abril de 1974[1]
25 de abril de 1974[1]25 de abril de 1974[1]
25 de abril de 1974[1]
Ana Sêco
 
O estado novo e o 25 de abril afonso
O estado novo e o 25 de abril  afonsoO estado novo e o 25 de abril  afonso
O estado novo e o 25 de abril afonso
Paula Morgado
 
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
Anonymous99K
 
25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd
25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd
25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd
HlderSilva41
 
25 de abril_de_1974
25 de abril_de_197425 de abril_de_1974
25 de abril_de_1974
elsamariana
 
8 b grp08_trab1
8 b grp08_trab18 b grp08_trab1
8 b grp08_trab1
pedrofrancisco10
 
Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
isabel_boia
 
25 de Abril
25 de Abril25 de Abril
25 de Abril
MINV
 
25 abril
25 abril 25 abril
25 abril
guest6613ae
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravos
Dg Guimarães
 
Livro 25 de abril
Livro 25 de abrilLivro 25 de abril
Livro 25 de abril
Helena Amaral
 
Beatriz 25 de abril
Beatriz   25 de abrilBeatriz   25 de abril
Beatriz 25 de abril
fatimarico
 

Semelhante a 25 de abril de 1974 (2) (20)

25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
 
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
 
25 abril mariana
25 abril mariana25 abril mariana
25 abril mariana
 
25 De Abril De 1974.pptx
25 De Abril De 1974.pptx25 De Abril De 1974.pptx
25 De Abril De 1974.pptx
 
1243337190 25 de_abil
1243337190 25 de_abil1243337190 25 de_abil
1243337190 25 de_abil
 
399
399399
399
 
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
 
25 de abril de 1974[1]
25 de abril de 1974[1]25 de abril de 1974[1]
25 de abril de 1974[1]
 
O estado novo e o 25 de abril afonso
O estado novo e o 25 de abril  afonsoO estado novo e o 25 de abril  afonso
O estado novo e o 25 de abril afonso
 
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
 
25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd
25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd
25 de Abril_.pptxk'opkjiuiy656564exgfcxfd
 
25 de abril_de_1974
25 de abril_de_197425 de abril_de_1974
25 de abril_de_1974
 
8 b grp08_trab1
8 b grp08_trab18 b grp08_trab1
8 b grp08_trab1
 
Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
 
25 de Abril
25 de Abril25 de Abril
25 de Abril
 
25 abril
25 abril 25 abril
25 abril
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravos
 
Livro 25 de abril
Livro 25 de abrilLivro 25 de abril
Livro 25 de abril
 
Beatriz 25 de abril
Beatriz   25 de abrilBeatriz   25 de abril
Beatriz 25 de abril
 

Último

Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 

Último (20)

Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 

25 de abril de 1974 (2)

  • 1.
  • 2. Naturalmente que já ouviste falar no 25 de Abril de 1974, mas provavelmente não conheces as coisas como os teus pais ou os teus avós que viveram nesta época. Sabias que o golpe de estado do 25 de Abril de 1974 ficou conhecido para sempre como a "Revolução dos Cravos"? Diz-se que foi uma revolução porque a política do nosso País se alterou completamente. Mas como não houve a violência habitual das revoluções manchada de sangue inocente, o povo ofereceu flores cravos aos militares que os puseram nos canos das armas. Em vez de balas, que matam, havia flores por todo o lado, significando o renascer da vida e a mudança! O povo português fez este golpe de estado porque não estava contente com o governo de Marcelo Caetano, que seguiu a política de Salazar o Estado Novo, que era uma ditadura. Esta forma de governo sem liberdade durou cerca de 48 anos! Enquanto os outros países da Europa avançavam e progrediam em democracia, o regime português mantinha o nosso país atrasado e fechado a novas ideias. Antes do 25 de Abril, todos se mostravam descontentes, mas não podiam dizê-lo abertamente e as manifestações dos estudantes deram muitas preocupações ao governo. Os estudantes queriam que todos pudessem aceder igualmente ao ensino, liberdade de expressão e o fim da Guerra Colonial, que consideravam inútil.
  • 3.
  • 4. Anos anteriores ao 25 de Abril
  • 5. O criador do estado novo foi Salazar, que equilibro as finanças e ganhou prestígio e confiança dos militares, que lhe entregaram a chefia do Governo em 1932. Fizeram-se grandes obras publicas - pontes, barragem, etc. mas também um grande esforço de propagada, como a Exposição de 1940. Negaram-se os direitos fundamentais aos portugueses liberdade de informação, de expressão, de reunião, de associação, etc. Ilegalizou-se os partidos políticos e os sindicados livres. Foi criada uma politica , a PIDE, responsável por varias arbitrariedades. No período de maior repressão existiu mesmo uma colónia penal no Tarrafal Cabo Verde.
  • 6.
  • 7. Os Portugueses ansiavam por uma mudança politica que lhe devolvesse a liberdade e a democracia. Um grupo de militares organizou um movimento que, 25 de Abril de 1974, iniciou uma revolta que derrubou o Estado Novo – era o Movimento das forças armadas (MFA). A Rádio transmitiu as senhas que deram ordem de avanço aos militares de Abril – foram duas canções que puseram o Revolução em marcha – E Depois do Adeus e Grândola, Vila Morena. O poder passou do ultimo governo do Estado Novo para as mãos da Junta de Salvação Natural; na rendição da Marcelo Caetano teve um papel determinante o capitão salgueiro maia ( no quartel do Carmo, ele comandou as operações e evitou o derramamento de sangue). O MFA foi um momento libertador. As medidas que os seus representantes anunciaram provaram isso mesmo: liberdade de reunião e de expressão, libertação dos presos políticos, garantia de eleições livres a curto prazo, etc., a ate o dialogo para acabar a guerra colonial. O povo saiu as ruas de forma calma e ordeira, o que fez da revolução dos cravos uma revolução sem sangue.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Viva á liberdade, faternidade e igualdade Trabalho realizado por: Professora: Adelaide Sousa Disciplina: H.G.P Ano lectivo:2010/2011