SlideShare uma empresa Scribd logo
CENTRO DE ENSINO SUPERIOR E DESENVOLVIMENTO – CESED
FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE CAMPINA GRANDE – FCM/CG
Curso: Fisioterapia
Disciplina: Recursos Terapêuticos Manuais – R.T.M.
Professor: João Paulo C. de Souza
1. EFEITOS DA MASSOTERAPIA
A massagem dos tecidos moles produz três efeitos básicos no paciente – efeitos mecânicos,
fisiológicos e psicológicos. Para efeito didático, os efeitos serão abordados separadamente, porém a
ocorrência dos mesmos está intimamente relacionada.
Efeitos Mecânicos
O efeito principal da massagem consiste em produzir estimulação mecânica dos tecidos por
meio de uma pressão e estiramento ritmicamente aplicados. A pressão comprime os tecidos moles e
distorce as redes de receptores nas terminações nervosas. O estiramento aplica tensão nos tecidos
moles e distorce os plexos dos receptores nas terminações nervosas.
O modo como estas forças mecânicas são aplicadas é determinado em grande parte pela
escolha das técnicas de massagem pelo terapeuta, e por sua habilidade em ajustar a duração,
qualidade, intensidade e ritmo do estímulo.
Como efeito mecânico da massagem, podemos citar:
− A movimentação de linfa, sangue venoso, secreções pulmonares, edema, conteúdo intestinal e
conteúdo de hematomas;
− A mobilização de fibras musculares, massas musculares, tendões, tendões em bainhas, pele e
tecido subcutâneo, tecido cicatricial, aderências.
Efeitos Fisiológicos
Como conseqüência da estimulação mecânica, originar-se-ão efeitos fisiológicos
importantes.
A) Efeitos na circulação sangüínea e linfática
Considerando que todas as técnicas de massagem envolvem certo grau de manipulação da
pele e dos tecidos subjacentes, é razoável esperar que elas possam exercer um efeito considerável
no fluxo sangüíneo e linfático nos tecidos tratados.
A massagem tem efeito na circulação sangüínea fazendo com que praticamente todos os
menores vasos se tornem visíveis, por promover a circulação sanguínea através deles. Devido a este
fato, a massagem promove um aumento na circulação do sangue. Como conseqüência da abertura
de uma quantidade maior de capilares, a velocidade da circulação se torna maior.
Estudos demonstraram que a massagem profunda é capaz de aumentar o fluxo de sangue e o
volume de batimento sistólico, diminuir a pressão arterial e a freqüência de pulso.
Além dos efeitos supra citados, a massagem profunda tem a capacidade de aumentar o fluxo
linfático. Para influenciar mais eficientemente o fluxo linfático em qualquer área do corpo,
aconselha-se elevar a parte a ser massageada, contando com o efeito da gravidade.
B) Efeitos no sangue
Estudos demonstraram que tanto em pessoas saudáveis como anêmicas, a contagem de
eritrócitos aumentava após a massagem. Em indivíduos anêmicos, o aumento é maior 1 hora após o
tratamento.
Afirma-se que a massagem inquestionavelmente aumenta a hemoglobina e os valores
eritrocitários no sangue circulante, e que ocorre um aumento limitado na capacidade de oxigenação
do sangue após a massagem.
C) Efeitos no metabolismo e processo de cura
Poucos estudos sobre esta faceta da massagem tem sido publicado, logo, o conhecimento
acerca deste ponto remonta estudos realizados há 50 anos. Os achados sobre o efeito da massagem
no metabolismo são:
− Aumento do débito urinário, especialmente após massagem abdominal;
− Excreção de ácidos e equilíbrio ácido-básico inalterados;
− Aumento na taxa de excreção de nitrogênio, fósforo inorgânico e sódio;
− Em pessoas normais, não há um efeito imediato sobre o consumo basal de oxigênio, ou na
freqüência de pulso ou pressão sangüínea.
Considerando que a massagem tem efeitos tão profundos nos sistemas sangüíneo e linfático,
parece evidente que tal prática pode ter utilidade na estimulação do processo de cicatrização, tanto
na fase aguda quanto na crônica da recuperação.
D) Efeitos no tecido muscular
− A massagem não aumenta diretamente a força do músculo normal; contudo, como meio para
atingir determinado fim, a massagem é mais efetiva que o repouso na promoção da recuperação
da fadiga causada pelo exercício excessivo. Portanto, teoricamente, a massagem torna possível
praticar mais exercício, o que, por sua vez, aumenta a força e resistência musculares. Esse é um
fator importante no tratamento. Parece lógico que a massagem seja administrada entre períodos
de exercício, quando o mesmo é praticado com o objetivo de desenvolver força e resistência
musculares.
− Em termos gerais, a massagem não aumenta o tono muscular, mas certas manipulações podem
ser aplicadas com o objetivo de facilitar a atividade muscular.
− A massagem pode reduzir a quantidade de fibrose que inevitavelmente ocorre no músculo
imobilizado, lesionado ou desnervado.
− A massagem não impede a atrofia no músculo desnervado. Embora o músculo possa sofrer
considerável depleção, se a fibrose for mínima e se a circulação e nutrição são satisfatórias, um
pequeno músculo poderá ter maior força que um músculo com massa maior, se esta massa é
resultante de um excessivo crescimento de tecido fibroso, que interfere com seu funcionamento
e com a recuperação das restantes fibras musculares inervadas.
− O objetivo da massagem do músculo desnervado deve ser a manutenção dos músculos no
melhor estado possível de nutrição flexibilidade e vitalidade, de modo que, após a recuperação
de um traumatismo ou enfermidade, o músculo possa funcionar no seu limite máximo.
E) Efeitos nos ossos e articulações
A massagem é utilizada no tratamento de fraturas, sendo benéfica por ajudar no reparo das
lesões dos tecidos moles ocorridas concomitantemente.
Na opinião do Comitê de Fraturas do Colégio Americano de Cirurgiões a eficácia e rapidez
do crescimento do tecido dependem da circulação eficiente nas partes... Portanto, todos os esforços
devem ser enviados, desde o início, no sentido de ajudar a eficiência na circulação.
Muitas estruturas que circundam as diversas articulações do corpo, como ligamentos, bolsas,
cápsulas e tendões, são locais de problemas crônicos. Em muitos casos de disfunção crônica, o
tratamento objetiva a ruptura do tecido cicatricial nestas estruturas e das aderências entre elas.
F) Efeitos no sistema nervoso
Sempre que a pele é tocada ou os tecidos subjacentes são manipulados, são ativados diversos
receptores sensitivos em vários tecidos.
Existem muitas vias possíveis pelas quais a massagem dos tecidos moles pode exercer
efeitos diretos e indiretos no sistema nervoso.
Não é nova a idéia de promover efeitos específicos no sistema nervoso, ou no controle
nervoso de muitos órgãos e sistemas. Como exemplo citamos a acupressão tradicional, na
reflexologia e o shiatsu.
G) Efeitos na dor
Os humanos primitivos já sabiam que uma fricção vigorosa de uma área lesionada aliviava a
dor. Tal comportamento é nitidamente instintivo, sendo exibido por seres humanos e muitos
animais. A fricção da pele estimula mecanorreceptores cutâneos, e estes sinais aferentes são capazes
de bloquear a transmissão, e, possivelmente, a percepção dos sinais nociceptivos.
A informação nociceptiva é transmitida por fibras de pequeno diâmetro e lenta condução
(fibras A-delta e C). O portão da dor pode ser “fechado” por impulsos sensitivos provenientes dos
mecanorreceptores em diversas estruturas, mas sobretudo na pele. Quando o portão está fechado, a
informação nociceptiva fica reduzida, e isso pode diminuir significativamente o nível de dor
percebida pelo paciente.
Logo, é óbvio que as técnicas de massagem têm a capacidade de gerar informações aferentes
significativas, mediante a estimulação direta dos mecanorreceptores de grande diâmetro em muitas
estruturas.
Outra forma de alívio da dor se dá através da remoção dos “metabólitos da dor” (cininas),
visto que certas técnicas de massagem exercem um efeito significativo sobre a circulação da área
tratada.
Uma terceira forma de alívio da dor se dá por meio do efeito relaxante produzido por certas
técnicas de massagem. Se o espasmo muscular é a causa significativa da dor, torna-se evidente que
a redução de tal espasmo ajudará a aliviar a dor.
H) Efeitos nas vísceras
Alguns cientistas dizem que uma manipulação excessiva das vísceras pode resultar em
super-estimulação e paralisia temporária dos músculos lisos, promovendo um efeito oposto como a
inibição da função intestinal normal, ao invés de sua estimulação.
Beard e Wood estavam convencidas de que a massagem abdominal por amassamento e
alisamento profundo é efetiva na estimulação do peristaltismo, para promover a evacuação de flatos
e fezes do intestino grosso.
É de se esperar que algumas formas de massagem afetassem vários órgãos do corpo, em
virtude de seus efeitos reflexos. A massagem do tecido conjuntivo é um exemplo óbvio: espera-se
que a estimulação de áreas específicas na região posterior do tronco produza efeitos em uma série
de órgãos e estruturas em outras partes do corpo. Este conceito baseia-se na evocação de um efeito
autônomo, mediante a estimulação de aferentes cutâneos reflexamente relacionados a órgãos e
estruturas específicas.
I) Efeitos nas secreções pulmonares
As técnicas percussivas e vibratórias de massagem podem ser usadas em combinação com
outras medidas fisioterapêuticas, para evitar ou tratar distúrbios pulmonares agudos e crônicos.
As técnicas percussivas, combinadas com a drenagem postural, podem desalojar o muco e o
material mucopurulento dos brônquios, e que a gravidade e a vibração ajudam a mobilizar as
secreções da periferia insensível dos pulmões até a área onde é promovido o reflexo da tosse.
J) Efeitos na pele
Considerando que a pele é o órgão que primeiramente entra em contato com as mãos do
fisioterapeuta, não é descabido esperar que a massagem exerça pelo menos alguns efeitos na pele.
Tais efeitos podem ser benéficos ou maléficos. Se for usada quantidade excessiva d talco ou óleo na
pele, é provável que sua superfície fique entupida com resíduos do lubrificante.
K) Efeitos no tecido adiposo
Efeitos Psicológicos
Na massagem terapêutica a atenção concentrada do terapeuta no paciente, em combinação
com as agradáveis sensações físicas da massagem estabelece frequentemente uma relação pessoal
de proximidade e confiança. Em tais circunstâncias, os pacientes podem revelar problemas,
preocupações e fatos sobre sua saúde que eram triviais para contar ao médico. Tais informações
serão e deverão ser confidenciais.
O tratamento por massagem pode ter efeitos psicológicos negativos. O tempo e a atenção
devotados à massagem podem exagerar a seriedade do problema de saúde na mente do paciente.
São efeitos psicológicos da massagem:
− Relaxamento físico
− Alívio da ansiedade e da tensão
− Estimulação da atividade física
− Alívio da dor
− Estímulo sexual
− Sensação geral de bem-estar
− Fé generalizada na deposição das mãos
Principais usos da massagem terapêutica
− Ajudar no relaxamento geral ou local
− Aliviar a dor
− Tratar problemas específicos: edema crônico; tecido cicatricial; lesões de músculos, tendões,
ligamentos ou articulações; hematomas; constipação crônica; facilitação dos movimentos;
prevenção da deformidade.
Contra-indicações gerais à massagem
− Infecção aguda (osteomielite; artrite séptica, dermatite,...)
− Doença de pele
− Câncer ou tuberculose na região tratada
− Áreas de hiperestesia grave
− Presença de corpos estranhos
− Doença dos vasos sangüíneos
− Varicosidade, hemofilia, edema visível
Precauções gerais
A massagem é um tratamento relativamente seguro; contudo, os pacientes podem sofrer
algum dano, caso recebam um tratamento inadequado ou não apropriado. Obviamente, há
necessidade de uma avaliação cuidadosa da situação global do paciente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

52759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-1
52759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-152759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-1
52759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-1
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Fisiostetica massagem susana silva
Fisiostetica massagem susana silvaFisiostetica massagem susana silva
Fisiostetica massagem susana silva
Susana Silva
 
52523128 apostila-massoterapia-lt
52523128 apostila-massoterapia-lt52523128 apostila-massoterapia-lt
52523128 apostila-massoterapia-lt
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Manual.de.massagem.livro
Manual.de.massagem.livroManual.de.massagem.livro
Manual.de.massagem.livro
Super Senha Amanda Paz
 
Massoterapia - Alivie suas dores
Massoterapia - Alivie suas doresMassoterapia - Alivie suas dores
Massoterapia - Alivie suas dores
Adriano Bernardes Acupuntura e Massoterapia
 
As massagens e os seus benefícios
As massagens e os seus benefíciosAs massagens e os seus benefícios
As massagens e os seus benefícios
Teresa Batista
 
Massoterapia
MassoterapiaMassoterapia
Massoterapia
efacanico
 
A arte da_massagem_apostilacompleta
A arte da_massagem_apostilacompletaA arte da_massagem_apostilacompleta
A arte da_massagem_apostilacompleta
luiz1964
 
A importância do toque
A importância do toque A importância do toque
A importância do toque
Rita Barros
 
Manual de massagem.
Manual de massagem.Manual de massagem.
Manual de massagem.
inteligente19
 
SHIATSU E CIA _
SHIATSU E CIA _ SHIATSU E CIA _
SHIATSU E CIA _
Luis Guerra
 
Massagem para cães e gatos
Massagem para cães e gatosMassagem para cães e gatos
Massagem para cães e gatos
Cynara Campanati
 
Perguntas e Respostas sobre Massagens
Perguntas e Respostas sobre MassagensPerguntas e Respostas sobre Massagens
Perguntas e Respostas sobre Massagens
Anabela
 
Massagens corporal
Massagens corporalMassagens corporal
Massagens corporal
Carlos Titi Tomasi
 
Massagens
MassagensMassagens
Massagens
Adriana Alves
 
Tipos de massagem
Tipos de massagem Tipos de massagem
Tipos de massagem
amanda Bomfim
 

Mais procurados (16)

52759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-1
52759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-152759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-1
52759046 apostila-principal-de-massoterapia-aplicada-1
 
Fisiostetica massagem susana silva
Fisiostetica massagem susana silvaFisiostetica massagem susana silva
Fisiostetica massagem susana silva
 
52523128 apostila-massoterapia-lt
52523128 apostila-massoterapia-lt52523128 apostila-massoterapia-lt
52523128 apostila-massoterapia-lt
 
Manual.de.massagem.livro
Manual.de.massagem.livroManual.de.massagem.livro
Manual.de.massagem.livro
 
Massoterapia - Alivie suas dores
Massoterapia - Alivie suas doresMassoterapia - Alivie suas dores
Massoterapia - Alivie suas dores
 
As massagens e os seus benefícios
As massagens e os seus benefíciosAs massagens e os seus benefícios
As massagens e os seus benefícios
 
Massoterapia
MassoterapiaMassoterapia
Massoterapia
 
A arte da_massagem_apostilacompleta
A arte da_massagem_apostilacompletaA arte da_massagem_apostilacompleta
A arte da_massagem_apostilacompleta
 
A importância do toque
A importância do toque A importância do toque
A importância do toque
 
Manual de massagem.
Manual de massagem.Manual de massagem.
Manual de massagem.
 
SHIATSU E CIA _
SHIATSU E CIA _ SHIATSU E CIA _
SHIATSU E CIA _
 
Massagem para cães e gatos
Massagem para cães e gatosMassagem para cães e gatos
Massagem para cães e gatos
 
Perguntas e Respostas sobre Massagens
Perguntas e Respostas sobre MassagensPerguntas e Respostas sobre Massagens
Perguntas e Respostas sobre Massagens
 
Massagens corporal
Massagens corporalMassagens corporal
Massagens corporal
 
Massagens
MassagensMassagens
Massagens
 
Tipos de massagem
Tipos de massagem Tipos de massagem
Tipos de massagem
 

Semelhante a 2. efeitos da_massoterapia

Pressoterapia com a Lic. Sandra Fariña
Pressoterapia com a Lic. Sandra FariñaPressoterapia com a Lic. Sandra Fariña
Pressoterapia com a Lic. Sandra Fariña
BTL Industries
 
Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)
Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)
Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)
Lucia Gaspar
 
Palestramassagem 111023082650-phpapp01
Palestramassagem 111023082650-phpapp01Palestramassagem 111023082650-phpapp01
Palestramassagem 111023082650-phpapp01
luciagaspar
 
úLceras de pressão
úLceras de pressãoúLceras de pressão
úLceras de pressão
Nathanael Amparo
 
Exercicios De Fisioterapia Para O Tennis Elbow
Exercicios De Fisioterapia Para O Tennis ElbowExercicios De Fisioterapia Para O Tennis Elbow
Exercicios De Fisioterapia Para O Tennis Elbow
blognewsapostasesportivas63
 
Manipulacao_miofascial.ppt
Manipulacao_miofascial.pptManipulacao_miofascial.ppt
Manipulacao_miofascial.ppt
KeliannySilva
 
Apostilamassagem 140208162920-phpapp02
Apostilamassagem 140208162920-phpapp02Apostilamassagem 140208162920-phpapp02
Apostilamassagem 140208162920-phpapp02
Lucia Gaspar
 
Apostila massagem
Apostila massagemApostila massagem
Apostila massagem
Erik Oliveira
 
A artedamassagem apostila completa
A artedamassagem apostila completa A artedamassagem apostila completa
A artedamassagem apostila completa
Administração sbtch
 
Massagem
MassagemMassagem
Massagem
Aline Ramos
 
Apostila massagem
Apostila massagemApostila massagem
Apostila massagem
luciano051122
 
A arte da massagem apostila 1
A arte da massagem apostila 1A arte da massagem apostila 1
A arte da massagem apostila 1
wellizyf
 
63487147 massagem-apostila-para-leigos
63487147 massagem-apostila-para-leigos63487147 massagem-apostila-para-leigos
63487147 massagem-apostila-para-leigos
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Ventosaterapia
VentosaterapiaVentosaterapia
Ventosaterapia
Marcelo Doi
 
Trabalho de corpo 2010
Trabalho de corpo 2010Trabalho de corpo 2010
Trabalho de corpo 2010
carinamagalhaes5
 
534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx
534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx
534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx
JanneJessica1
 
RESUMO-Massoterapia
RESUMO-MassoterapiaRESUMO-Massoterapia
RESUMO-Massoterapia
Sergio Santiago
 
apresentação.pptx
apresentação.pptxapresentação.pptx
apresentação.pptx
PatrciaAntunes30
 
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTCConceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
comunidadedepraticas
 

Semelhante a 2. efeitos da_massoterapia (20)

Pressoterapia com a Lic. Sandra Fariña
Pressoterapia com a Lic. Sandra FariñaPressoterapia com a Lic. Sandra Fariña
Pressoterapia com a Lic. Sandra Fariña
 
Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)
Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)
Palestramassagem 111023082650-phpapp01 (1)
 
Palestramassagem 111023082650-phpapp01
Palestramassagem 111023082650-phpapp01Palestramassagem 111023082650-phpapp01
Palestramassagem 111023082650-phpapp01
 
úLceras de pressão
úLceras de pressãoúLceras de pressão
úLceras de pressão
 
Exercicios De Fisioterapia Para O Tennis Elbow
Exercicios De Fisioterapia Para O Tennis ElbowExercicios De Fisioterapia Para O Tennis Elbow
Exercicios De Fisioterapia Para O Tennis Elbow
 
Manipulacao_miofascial.ppt
Manipulacao_miofascial.pptManipulacao_miofascial.ppt
Manipulacao_miofascial.ppt
 
Apostilamassagem 140208162920-phpapp02
Apostilamassagem 140208162920-phpapp02Apostilamassagem 140208162920-phpapp02
Apostilamassagem 140208162920-phpapp02
 
Apostila massagem
Apostila massagemApostila massagem
Apostila massagem
 
A artedamassagem apostila completa
A artedamassagem apostila completa A artedamassagem apostila completa
A artedamassagem apostila completa
 
Massagem
MassagemMassagem
Massagem
 
Apostila massagem
Apostila massagemApostila massagem
Apostila massagem
 
A arte da massagem apostila 1
A arte da massagem apostila 1A arte da massagem apostila 1
A arte da massagem apostila 1
 
63487147 massagem-apostila-para-leigos
63487147 massagem-apostila-para-leigos63487147 massagem-apostila-para-leigos
63487147 massagem-apostila-para-leigos
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Ventosaterapia
VentosaterapiaVentosaterapia
Ventosaterapia
 
Trabalho de corpo 2010
Trabalho de corpo 2010Trabalho de corpo 2010
Trabalho de corpo 2010
 
534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx
534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx
534711999-Slides-Taping-Estetico-Final.pptx
 
RESUMO-Massoterapia
RESUMO-MassoterapiaRESUMO-Massoterapia
RESUMO-Massoterapia
 
apresentação.pptx
apresentação.pptxapresentação.pptx
apresentação.pptx
 
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTCConceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
 

Mais de Instituto de Psicobiofísica Rama Schain

( Espiritismo) # - influencia do meio
( Espiritismo)   # - influencia do meio( Espiritismo)   # - influencia do meio
( Espiritismo) # - influencia do meio
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - estudando a mediunidade
( Espiritismo)   # - estudando a mediunidade( Espiritismo)   # - estudando a mediunidade
( Espiritismo) # - estudando a mediunidade
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
( Espiritismo)   # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos( Espiritismo)   # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
( Espiritismo) # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) apometria em casa
( Apometria)   apometria em casa( Apometria)   apometria em casa
( Apometria) apometria em casa
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) apometria em casa(1)
( Apometria)   apometria em casa(1)( Apometria)   apometria em casa(1)
( Apometria) apometria em casa(1)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2( Apometria)   apometria e a cura quantica 2
( Apometria) apometria e a cura quantica 2
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(2)
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(2)( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(2)
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(2)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(1)
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(1)( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(1)
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(1)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
( Apometria)   alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico( Apometria)   alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
( Apometria) alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
50209564 20090319-apost-taiji
50209564 20090319-apost-taiji50209564 20090319-apost-taiji
50209564 20090319-apost-taiji
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
49579762 apostila-mod-3
49579762 apostila-mod-349579762 apostila-mod-3
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
47477314 budo-1
47477314 budo-147477314 budo-1
46879180 revista-homo-optimus-nu-07
46879180 revista-homo-optimus-nu-0746879180 revista-homo-optimus-nu-07
46879180 revista-homo-optimus-nu-07
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Mais de Instituto de Psicobiofísica Rama Schain (20)

( Espiritismo) # - influencia do meio
( Espiritismo)   # - influencia do meio( Espiritismo)   # - influencia do meio
( Espiritismo) # - influencia do meio
 
( Espiritismo) # - estudando a mediunidade
( Espiritismo)   # - estudando a mediunidade( Espiritismo)   # - estudando a mediunidade
( Espiritismo) # - estudando a mediunidade
 
( Espiritismo) # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
( Espiritismo)   # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos( Espiritismo)   # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
( Espiritismo) # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
 
( Apometria) apometria em casa
( Apometria)   apometria em casa( Apometria)   apometria em casa
( Apometria) apometria em casa
 
( Apometria) apometria em casa(1)
( Apometria)   apometria em casa(1)( Apometria)   apometria em casa(1)
( Apometria) apometria em casa(1)
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2( Apometria)   apometria e a cura quantica 2
( Apometria) apometria e a cura quantica 2
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(2)
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(2)( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(2)
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(2)
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(1)
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(1)( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(1)
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(1)
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
 
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
 
( Apometria) alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
( Apometria)   alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico( Apometria)   alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
( Apometria) alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
 
50209564 20090319-apost-taiji
50209564 20090319-apost-taiji50209564 20090319-apost-taiji
50209564 20090319-apost-taiji
 
49579762 apostila-mod-3
49579762 apostila-mod-349579762 apostila-mod-3
49579762 apostila-mod-3
 
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
 
47477314 budo-1
47477314 budo-147477314 budo-1
47477314 budo-1
 
46879180 revista-homo-optimus-nu-07
46879180 revista-homo-optimus-nu-0746879180 revista-homo-optimus-nu-07
46879180 revista-homo-optimus-nu-07
 
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
 
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
 
44938076 moxa
44938076 moxa44938076 moxa
44938076 moxa
 

2. efeitos da_massoterapia

  • 1. CENTRO DE ENSINO SUPERIOR E DESENVOLVIMENTO – CESED FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE CAMPINA GRANDE – FCM/CG Curso: Fisioterapia Disciplina: Recursos Terapêuticos Manuais – R.T.M. Professor: João Paulo C. de Souza 1. EFEITOS DA MASSOTERAPIA A massagem dos tecidos moles produz três efeitos básicos no paciente – efeitos mecânicos, fisiológicos e psicológicos. Para efeito didático, os efeitos serão abordados separadamente, porém a ocorrência dos mesmos está intimamente relacionada. Efeitos Mecânicos O efeito principal da massagem consiste em produzir estimulação mecânica dos tecidos por meio de uma pressão e estiramento ritmicamente aplicados. A pressão comprime os tecidos moles e distorce as redes de receptores nas terminações nervosas. O estiramento aplica tensão nos tecidos moles e distorce os plexos dos receptores nas terminações nervosas. O modo como estas forças mecânicas são aplicadas é determinado em grande parte pela escolha das técnicas de massagem pelo terapeuta, e por sua habilidade em ajustar a duração, qualidade, intensidade e ritmo do estímulo. Como efeito mecânico da massagem, podemos citar: − A movimentação de linfa, sangue venoso, secreções pulmonares, edema, conteúdo intestinal e conteúdo de hematomas; − A mobilização de fibras musculares, massas musculares, tendões, tendões em bainhas, pele e tecido subcutâneo, tecido cicatricial, aderências. Efeitos Fisiológicos Como conseqüência da estimulação mecânica, originar-se-ão efeitos fisiológicos importantes. A) Efeitos na circulação sangüínea e linfática Considerando que todas as técnicas de massagem envolvem certo grau de manipulação da pele e dos tecidos subjacentes, é razoável esperar que elas possam exercer um efeito considerável no fluxo sangüíneo e linfático nos tecidos tratados. A massagem tem efeito na circulação sangüínea fazendo com que praticamente todos os menores vasos se tornem visíveis, por promover a circulação sanguínea através deles. Devido a este fato, a massagem promove um aumento na circulação do sangue. Como conseqüência da abertura de uma quantidade maior de capilares, a velocidade da circulação se torna maior. Estudos demonstraram que a massagem profunda é capaz de aumentar o fluxo de sangue e o volume de batimento sistólico, diminuir a pressão arterial e a freqüência de pulso. Além dos efeitos supra citados, a massagem profunda tem a capacidade de aumentar o fluxo linfático. Para influenciar mais eficientemente o fluxo linfático em qualquer área do corpo, aconselha-se elevar a parte a ser massageada, contando com o efeito da gravidade. B) Efeitos no sangue Estudos demonstraram que tanto em pessoas saudáveis como anêmicas, a contagem de eritrócitos aumentava após a massagem. Em indivíduos anêmicos, o aumento é maior 1 hora após o
  • 2. tratamento. Afirma-se que a massagem inquestionavelmente aumenta a hemoglobina e os valores eritrocitários no sangue circulante, e que ocorre um aumento limitado na capacidade de oxigenação do sangue após a massagem. C) Efeitos no metabolismo e processo de cura Poucos estudos sobre esta faceta da massagem tem sido publicado, logo, o conhecimento acerca deste ponto remonta estudos realizados há 50 anos. Os achados sobre o efeito da massagem no metabolismo são: − Aumento do débito urinário, especialmente após massagem abdominal; − Excreção de ácidos e equilíbrio ácido-básico inalterados; − Aumento na taxa de excreção de nitrogênio, fósforo inorgânico e sódio; − Em pessoas normais, não há um efeito imediato sobre o consumo basal de oxigênio, ou na freqüência de pulso ou pressão sangüínea. Considerando que a massagem tem efeitos tão profundos nos sistemas sangüíneo e linfático, parece evidente que tal prática pode ter utilidade na estimulação do processo de cicatrização, tanto na fase aguda quanto na crônica da recuperação. D) Efeitos no tecido muscular − A massagem não aumenta diretamente a força do músculo normal; contudo, como meio para atingir determinado fim, a massagem é mais efetiva que o repouso na promoção da recuperação da fadiga causada pelo exercício excessivo. Portanto, teoricamente, a massagem torna possível praticar mais exercício, o que, por sua vez, aumenta a força e resistência musculares. Esse é um fator importante no tratamento. Parece lógico que a massagem seja administrada entre períodos de exercício, quando o mesmo é praticado com o objetivo de desenvolver força e resistência musculares. − Em termos gerais, a massagem não aumenta o tono muscular, mas certas manipulações podem ser aplicadas com o objetivo de facilitar a atividade muscular. − A massagem pode reduzir a quantidade de fibrose que inevitavelmente ocorre no músculo imobilizado, lesionado ou desnervado. − A massagem não impede a atrofia no músculo desnervado. Embora o músculo possa sofrer considerável depleção, se a fibrose for mínima e se a circulação e nutrição são satisfatórias, um pequeno músculo poderá ter maior força que um músculo com massa maior, se esta massa é resultante de um excessivo crescimento de tecido fibroso, que interfere com seu funcionamento e com a recuperação das restantes fibras musculares inervadas. − O objetivo da massagem do músculo desnervado deve ser a manutenção dos músculos no melhor estado possível de nutrição flexibilidade e vitalidade, de modo que, após a recuperação de um traumatismo ou enfermidade, o músculo possa funcionar no seu limite máximo. E) Efeitos nos ossos e articulações A massagem é utilizada no tratamento de fraturas, sendo benéfica por ajudar no reparo das lesões dos tecidos moles ocorridas concomitantemente. Na opinião do Comitê de Fraturas do Colégio Americano de Cirurgiões a eficácia e rapidez do crescimento do tecido dependem da circulação eficiente nas partes... Portanto, todos os esforços devem ser enviados, desde o início, no sentido de ajudar a eficiência na circulação. Muitas estruturas que circundam as diversas articulações do corpo, como ligamentos, bolsas, cápsulas e tendões, são locais de problemas crônicos. Em muitos casos de disfunção crônica, o tratamento objetiva a ruptura do tecido cicatricial nestas estruturas e das aderências entre elas.
  • 3. F) Efeitos no sistema nervoso Sempre que a pele é tocada ou os tecidos subjacentes são manipulados, são ativados diversos receptores sensitivos em vários tecidos. Existem muitas vias possíveis pelas quais a massagem dos tecidos moles pode exercer efeitos diretos e indiretos no sistema nervoso. Não é nova a idéia de promover efeitos específicos no sistema nervoso, ou no controle nervoso de muitos órgãos e sistemas. Como exemplo citamos a acupressão tradicional, na reflexologia e o shiatsu. G) Efeitos na dor Os humanos primitivos já sabiam que uma fricção vigorosa de uma área lesionada aliviava a dor. Tal comportamento é nitidamente instintivo, sendo exibido por seres humanos e muitos animais. A fricção da pele estimula mecanorreceptores cutâneos, e estes sinais aferentes são capazes de bloquear a transmissão, e, possivelmente, a percepção dos sinais nociceptivos. A informação nociceptiva é transmitida por fibras de pequeno diâmetro e lenta condução (fibras A-delta e C). O portão da dor pode ser “fechado” por impulsos sensitivos provenientes dos mecanorreceptores em diversas estruturas, mas sobretudo na pele. Quando o portão está fechado, a informação nociceptiva fica reduzida, e isso pode diminuir significativamente o nível de dor percebida pelo paciente. Logo, é óbvio que as técnicas de massagem têm a capacidade de gerar informações aferentes significativas, mediante a estimulação direta dos mecanorreceptores de grande diâmetro em muitas estruturas. Outra forma de alívio da dor se dá através da remoção dos “metabólitos da dor” (cininas), visto que certas técnicas de massagem exercem um efeito significativo sobre a circulação da área tratada. Uma terceira forma de alívio da dor se dá por meio do efeito relaxante produzido por certas técnicas de massagem. Se o espasmo muscular é a causa significativa da dor, torna-se evidente que a redução de tal espasmo ajudará a aliviar a dor. H) Efeitos nas vísceras Alguns cientistas dizem que uma manipulação excessiva das vísceras pode resultar em super-estimulação e paralisia temporária dos músculos lisos, promovendo um efeito oposto como a inibição da função intestinal normal, ao invés de sua estimulação. Beard e Wood estavam convencidas de que a massagem abdominal por amassamento e alisamento profundo é efetiva na estimulação do peristaltismo, para promover a evacuação de flatos e fezes do intestino grosso. É de se esperar que algumas formas de massagem afetassem vários órgãos do corpo, em virtude de seus efeitos reflexos. A massagem do tecido conjuntivo é um exemplo óbvio: espera-se que a estimulação de áreas específicas na região posterior do tronco produza efeitos em uma série de órgãos e estruturas em outras partes do corpo. Este conceito baseia-se na evocação de um efeito autônomo, mediante a estimulação de aferentes cutâneos reflexamente relacionados a órgãos e estruturas específicas. I) Efeitos nas secreções pulmonares As técnicas percussivas e vibratórias de massagem podem ser usadas em combinação com outras medidas fisioterapêuticas, para evitar ou tratar distúrbios pulmonares agudos e crônicos. As técnicas percussivas, combinadas com a drenagem postural, podem desalojar o muco e o material mucopurulento dos brônquios, e que a gravidade e a vibração ajudam a mobilizar as secreções da periferia insensível dos pulmões até a área onde é promovido o reflexo da tosse.
  • 4. J) Efeitos na pele Considerando que a pele é o órgão que primeiramente entra em contato com as mãos do fisioterapeuta, não é descabido esperar que a massagem exerça pelo menos alguns efeitos na pele. Tais efeitos podem ser benéficos ou maléficos. Se for usada quantidade excessiva d talco ou óleo na pele, é provável que sua superfície fique entupida com resíduos do lubrificante. K) Efeitos no tecido adiposo Efeitos Psicológicos Na massagem terapêutica a atenção concentrada do terapeuta no paciente, em combinação com as agradáveis sensações físicas da massagem estabelece frequentemente uma relação pessoal de proximidade e confiança. Em tais circunstâncias, os pacientes podem revelar problemas, preocupações e fatos sobre sua saúde que eram triviais para contar ao médico. Tais informações serão e deverão ser confidenciais. O tratamento por massagem pode ter efeitos psicológicos negativos. O tempo e a atenção devotados à massagem podem exagerar a seriedade do problema de saúde na mente do paciente. São efeitos psicológicos da massagem: − Relaxamento físico − Alívio da ansiedade e da tensão − Estimulação da atividade física − Alívio da dor − Estímulo sexual − Sensação geral de bem-estar − Fé generalizada na deposição das mãos Principais usos da massagem terapêutica − Ajudar no relaxamento geral ou local − Aliviar a dor − Tratar problemas específicos: edema crônico; tecido cicatricial; lesões de músculos, tendões, ligamentos ou articulações; hematomas; constipação crônica; facilitação dos movimentos; prevenção da deformidade. Contra-indicações gerais à massagem − Infecção aguda (osteomielite; artrite séptica, dermatite,...) − Doença de pele − Câncer ou tuberculose na região tratada − Áreas de hiperestesia grave − Presença de corpos estranhos − Doença dos vasos sangüíneos − Varicosidade, hemofilia, edema visível Precauções gerais A massagem é um tratamento relativamente seguro; contudo, os pacientes podem sofrer algum dano, caso recebam um tratamento inadequado ou não apropriado. Obviamente, há necessidade de uma avaliação cuidadosa da situação global do paciente.