SlideShare uma empresa Scribd logo
Estácio de Sá




      Ficha Técnica | Technical Summary
      Fundação - 12 de agosto de 1927 | Established in August 12th, 1927
      Presidente | President - Leziário Nascimento
      Cores - Vermelho e Branco | Colours - Red and White
      Carnavalesco | Carnival Designer - Marcus Ferreira
      Pesquisador de Enredos | Samba Theme Researcher - Marcos Roza
      Diretor de Carnaval | Carnival Director - Edvaldo Fonseca e Valtinho Honorato
Sábado
                                                                                                          Saturday



GRES Estácio de Sá
3ª Escola - Entre 22h52 e 23h
3rd Parade - Between 10:52pm and 11pm
Concentração | Meeting Point: Balança




Sinopse do Enredo | Samba Theme Synopsis



Luma de Oliveira é a grande homenageada pelo
enredo do GRES Estácio de Sá. Para o Brasil, ela é
“o coração de um país em festa”, mulher de infinita
beleza a quem todas as manifestações populares
reverenciam neste carnaval. Das mães baianas
aos tambores do bumba-meu-boi, do maracatu,
caboclinho e frevo, desde os Clóvis, timbaleiros,
Filhos de Gandhi, aos blocos afro-brasileiros do Ketu,
do Olodum, do Orunmilá e até do Cordão da Bola
Preta, todos vêm pra Sapucaí, como personagens
que se irmanam para formar o “Grêmio Recreativo
Escola de Bambas Unidos do Prazer e da Alegria”,
numa celebração do arco-íris de todas as raças.

GRES Estácio de Sá’s samba theme pays tribute to
Luma de Oliveira in this year’s carnival. A woman of
infinite beauty representing the “heart of a celebrating
nation,” will be honored by popular manifestations         Em um tempo de transição e convívio entre o samba
                                                           amaxixado da Praça Onze, o samba batucado do
of distinct folkloric groups from different regions,
                                                           Estácio, rodas de jongo e dos primeiros sambas dos
beliefs and musical traditions of Brazil. The              subúrbios, pontificava a figura de Bucy Moreira, neto
participants such as the Mães Baianas (Bahia); the         da tia Ciata. Era ele quem fazia a “costura” da forma
drums of Bumba-meu-boi (Piaui and Maranhao);               do samba casa da Ciata, do bar do Compadre, no
Maracatu, Caboclinho e Frevo (Pernambuco); Clovis          Estácio, e casa de Dona Ester em Oswaldo Cruz.

kettle drummers; Filhos de Gandhi, Afro-Brazilians
                                                           Fun Facts: During a time of transition and interaction
from Ketu; Olodum, Orunmila (Bahia) and the Cordão         among samba “amaxixado” (a samba style and
do Bola Preta (Rio de Janeiro), come to the Sapucai        rhythm) at Praça Xi, the samba drums of Estácio,
as characters who fraternize to form the “Gremio           samba jongo and the first sambas of the suburban
                                                           areas, pontificated the figure Bucy Moreira, grandson
Recreativo de Bambas Unidos do Prazer e da
                                                           of Aunt Ciata. It was he who tailored and fashioned
Alegria” (The Recreational Association of the United
                                                           Aunt Ciata’s samba house, from his godfather’s bar in
Masters of Pleasure and Happiness), for a rainbow          Estacio and at Dona Ester’s house in Oswaldo Cruz.
celebration of all races.                                  That is how they communicated with one another.
Sá
Estácio de
                                                    Acompanhe o Desfile | Parade Sequence

                                                    1º sEtor: CORAÇÃO DE UM pAÍS EM FESTA
Cante com a Estácio de Sá                           1st SeCTION: The heART OF A NATION IN
Sing along with Estácio de Sá                       CeLeBRATION

                                                      ComIssão dE FrEntE: E Lá VAI A MARIA COM
EnrEdo: LUMA DE OLIVEIRA: CORAÇÃO DE UM               A LATA D’áGUA NA CABEÇA
PAÍS EM FESTA                                         hONORARY COmmITTee: HERE COMES MARIA
Theme: LuMA dE OLiVEiRA: THE HEART OF A               WITH A WATER BUCKET ON HER HEAD
NATION IN CELEBRATION                                 COREóGRAFO | CHOREOGRAPHER: JUNIOR SCAPIM
                                                      A comissão de frente é a célebre das passistas
Compositores | Songwriters: Wilsinho Paz, Alexan-     - Maria Mercedes Chaves, com a lata d’água na
dre Moraes, Osmar, Hugo Bruno, Comendador Eloi        cabeça, representando com samba no pé o coração
and Zé Luis.                                          de um país em festa. | The honorary committee
                                                      honors the most famous amongst the dancers -
Intérprete | Singer: Leandrinho                       Maria Mercedes Chaves carrying a bucket of water
                                                      on her head featuring special steps, representing the
É carnaval, muito prazer, sou alegria                 heart of a nation in celebration.
Medalha de ouro é minha bateria
Meu samba me diz, que a inspiração é você             1º Casal dE mEstrE- sala E Porta-bandEIra
Luma, eu vim aqui só pra te ver                       1st COUpLe mASTeRS OF CeRemONY AND FLAG
                                                      BeAReR: DANIEL E ALCIONE
Cai o sol, surge a lua a brilhar                      FantasIa: O PAVILHÃO DO AMOR
O morro desce pra desfilar                            COSTUme: THE PAVILLION OF LOVE
Nobreza mistura de raças                              Corre nas veias o vermelho e branco do pavilhão
Num estado de graça                                   que nos faz explodir de emoção! O Pavilhão desce
É a força do meu samba a me guiar                     o morro, percorre becos e vielas para participar da
E nesta onda eu vou                                   homenagem à Luma de Oliveira. | The red and white
Com muito amor e emoção                               colors that run through our veins, explode us with
Dos brasis aquele abraço                              emotion. The banner descends from the favelas
No compasso dos seus passos                           through alleys and lanes to honor Luma de Oliveira.
Nessa eterna criação
                                                    1ª ala: ALÔ, ALÔ COMUNIDADE | 1st WING: HELLO,
Descendo a ladeira na quebradeira...                HELLO EVERyONE FROM THE COMMuNiTy!
(no rufar do tambor)                                Alô, Alô Comunidade! Descem o morro personagens
Filhos de gandhi, povo de ketu...                   da cultura das favelas cariocas: Mães Baianas,
(timbaleiro chegou)                                 Mulatas, Malandros e Compositores rumo à Sapucaí.
Lapa presente de orunmilá...                        Hello, Hello everyone from the community! Come
(ao som de ijexá)                                   down from the favelas of Rio, the Bahian mother
Todos pra te ver sambar                             figures, mulattos, scoundrels and composers, head
                                                    towards the Sapucai.
No cordão da bola preta a fantasia
Cinelândia, onde tudo acontecia
Arlequins, pierrôs e colombinas
Onde a liberdade predomina
E num imenso cortejo, a desfilar
Com o apito do mestre a ecoar
Luma, és uma luz que nos conduz
Bate forte no meu peito o coração
Neste mundo de ilusão
Sábado
                                                                                                           Saturday



1º Carro abrE-alas: O SAMBA DESCE O MORRO                  GUARDIÕES DAS BAIANAS: A DAMA DO PAÇO
PRO ASFALTO | OpeNING FLOAT: THE SAMBA                     GUARDIANS OF The WhIRLING LADIeS: THE
DESCENDS FROM THE HILL AND TO THE STREETS                  LADY OF THE PALACE
Com o texto I Give Love, de João Bosco, o poeta            A tradição sagrada dos cortejos dos reis Congo do
conclama a comunidade a desfilar: “Atenção                 Maracatu é representada pela Dama do Paço.
membros morenos, negros, selvagens, amarelos,              The Lady of the Palace symbolizes the traditional
Arco-íris de todas as raças, do Grêmio Recreativo          sacred procession of the Kings of Congo of
Escola de Bambas Unidos do Prazer e da Alegria:            Maracatú, an Afro-Brazilian rhythm.
Luma vai passar!”. | With João Bosco’s verse, “i Give
Love,” he urges the community to parade: Attention           3ª ala: E A RAINHA DO MARACATU
all participants, brown, black, wild, yellow, rainbow of     3rd WING: THE QuEEN OF MARACATu
all races and participants of the “Unidos do Prazer e        (BAIANAS | WHIRLING LADIES)
da Alegria” samba school - here comes Luma!                  Evocando as origens africanas do folguedo
                                                             popular: giram as Baianas do GRES Estácio de Sá
DESTAqUE CENTRAL ALTO: CHARLES ONOFRE                        à coroação da Rainha do Maracatu.
FantasIa: O CANTO DA COMUNIDADE!                             Recalling the African origins of a popular tradition,
SEMIDESTAqUE FRONTAL: NAIRA NASCIMENTO,                      the Bahianas of the Estácio Samba School turn to
PRIMEIRA-DAMA DA ESCOLA                                      celebrate the coronation of the Queen of Maracatu,
FantasIa: BRASÃO DA AGREMIAÇÃO                               (a folklore from Pernambuco).
SEMIDESTAqUE CENTRAL: FáBIO ARAGÃO
                                                           GUARDIÕES DAS BAIANAS I: OS VASSALOS DA
FantasIa: ACORDES DO POETA
                                                           RAINHA | BAhIAN GUARDIANS I: THE VASSALS
                                                           OF THE QUEEN
TOp CeNTeR: CHARLES ONOFRE
                                                           Os vassalos reverenciam a Rainha do Maracatu no
COSTUme: THE COMMUNITY CHANT
                                                           cortejo real, com seus grandes pálios bordados.
SemI-FeATUReD IN FRONT: NAIRA NASCIMENTO,
                                                           Slaves revere the Queen of Maracatu in the royal
SCHOOLS’S FIRST LADY
                                                           procession carrying large embroidered canopies.
COSTUme: SCHOOL’S COAT-OF-ARMS
SemI CeNTeR STAGe: FABIO ARAGÃO
                                                           4ª ala: OS PASSISTAS DO FREVO
COSTUme: THE POET’S MUSICAL CHORD
                                                           4th WING: FREVO DANCERS
                                                           Ao encontro dos maracatus, chega num ritmo
ComPosIÇÕEs: COMUNIDADE DO MORRO
                                                           frenético a alegria do frevo – cada um pro seu lado,
COmpOSITIONS: COMMUNITY OF THE FAVELA
                                                           de passo marcado e sombrinha na mão.
                                                           The joyful frevo dancers with their frenzy encounter
2º sEtor: NA RIO BRANCO... CHEGA UMA GENTE                 the maracatus’ arrival, - each one in turn perform
ColorIda | 2nd SECTION: A COLORFUL CROwD                   their typical steps with umbrellas in their hands,
ARRIVES TO AVENIDA RIO BRANCO (wHERE THE                   which is typical of the frevo dance.
pARADES TAkE pLACE)
                                                           5ª ala: OS LANCEIROS DO CABOCLINHO
2ª ala: E CHEGA O BUMBA MEU BOI                            5th WING: SPIRITUAL WARRIORS FROM THE
2nd WING: HERE COMES “BUMBA MEU BOI”                       STATE OF PERNAMBUCO
Com a teatralização da ressurreição do boi, chega a        Ao som das preacas, a tradição indígena chega a Rio
Rio Branco o auto popular Bumba-meu-boi.                   Branco representada pelos “Lanceiros Caboclinhos.”
“Bumba Meu Boi” (“Hit My Bull”) a popular regional         The sound of the “preacas” (a musical instruments
festival in the North and Northeastern States arrives      used by the Indians), the traditions of the Indigenous
to Rio Branco Avenue. It is the tale in which a bull       people arrive to Avenida Rio Branco represented by
dies and is brought back to life.                          the “Lanceiros Caboclinho” or spiritual warriors.
Sá
 Estácio de
                                                          2º Carro: QUE ENCONTRAM O BANDO DOS
                                                          CLÓVIS NA AVENIDA RIO BRANCO
                                                          2nd FLOAT: WHAT THE “BANDO DOS CLOVIS” FIND
                                                          ON AVENIDA RIO BRANCO
  6ª ala: CORDÃO DOS BICHOS (CRIANÇAS)                    A Avenida Rio Branco se torna palco de chegada de
  6th WING: ANIMALS GET TOGETHER (CHILDREN)               todas as manifestações folclóricas carnavalescas.
  Importando-se com a preservação da fauna                Avenida Rio Branco becomes a stage welcoming the
  brasileira, chega o cordão dos bichinhos                folkloric manifestations of carnival.
  representados no desfile da Estácio de Sá pela Ala
  das Crianças. | Caring for the preservation of the      DESTAqUE CENTRAL
  Brazilian fauna, the children’s wing of the Estácio     FantasIa: EXPLOSÃO DOS CLÓVIS
  de Sá’s Samba School represent small animals.           SEMIDESTAqUE FRONTAL: CARLOS REZENDE
                                                          FantasIa: ALEGRIA DOS CLÓVIS
                                                          ComPosIÇÕEs FEmInInas: LUMINáRIAS
                                                          COMpOSIÇÕES MASCULINAS: CLÓVIS

                                                          CeNTRAL hIGhLIGhT
                                                          COSTUme: AN EXPLOSION OF CLOVIS
                                                          SeCOND FRONT hIGhLIGhT: CLOVIS REzENDE
                                                          COSTUme: THE JOY OF CLOVIS
                                                          WOmeN’S ARRANGemeNTS: LANTERNS
                                                          meN’S ARRANGemeNTS : CLÓVIS

                                                          3º sEtor: E NA LApA... COMBINARAM UM RITMO
                                                          ELETRIZANTE | 3rd SeCTION: AND AT The LApA*
                                                          ...A ThRILLING RhYThm TAKeS OVeR CARNIVAL
                                                          *A NEIGHBORHOOD IN RIO

                                                          8ª ala: E CHEGA O ILÊ AIyÊ DO CURUZÚ
7ª ala: O BOI DE MAMÃO                                    8th WING: LET US INTRODUCE YOU TO ILÊ AIYÊ
7th WING: BOI DE MAMÃO                                    DO CURUzÚ
Com dança e cantoria vem do litoral catarinense           O espetáculo rítmico e musical do Ilê Aiyê da Bahia
o Boi de Mamão para o encontro com as                     chega à Lapa ao encontro das manifestações de
manifestações carnavalescas na folia da Rio Branco.       ritmos eletrizantes. | The electrifying rhythm and
Coming from the coastal part of Santa Catarina, in        music of the Bahian Afro group, ILÊ AIYÊ DO
the South, to Rio de Janeiro’s carnival, is the singing   CURUzÚ, arrives on the streets of Lapa.
and dancing of “Boi de Mamão,*” adding to the
revelry on Avenida Rio Branco.                              9ª ala: o malÊ dEbalÊ
* Southern version of the Bumba Meu Boi                     9th WING: THE MALÊ DEBALÊ
                                                            (VELHA-GUARDA | SENIOR HONORARY MEMBERS)
DESTAqUE DE CHÃO: INáH                                      O Grupo Cultural Malê Debalê, legítimo representante
FantasIa: EMOÇÃO, EXPLOSÃO E ALEGRIA                        afro-descendente da comunidade de Itapuã, chega
hIGhLIGhT COSTUme: iNÁH                                     rufando seus tambores... | The Cultural Group
COSTUme: EMOTION, EXPLOSION AND REJOICING                   Malê debalê - of itapuã, Bahia, are the legitimate
A radiante alegria do povo no encontro mágico               representatives of the Afro cultural heritage
e universal chamado carnaval: desfilam os seus              arriving to the parade and beating their drums.
sonhos e se transformam em reis e rainhas.
The radiance and joy of the people at the magical           raInha dE batErIa | QUeeN OF peRCUSSION:
and universal encounter called carnival, parading           LUANA BANDEIRA
their dreams and transforming themselves into               FantasIa: DEUSA DO AMOR
kings and queens.                                           COSTUme: THE GODDESS OF LOVE
Sábado
                                                                                                            Saturday



  madrInha da batErIa | peRCUSSIONIST’S                      13ª ala: O POVO DE KETU
  GODmOTheR: LEILA BARROS                                    13th WING: THE PEOPLE OF KETU
  FantasIa: DEUSA DO AMOR                                    É o Ketu que chega com uma musicalidade africana
  COSTUme: THE GODDESS OF LOVE                               moderna, misturada a sintetizadores, samples e
  Uma das grandes canções do Bloco Olodum:                   instrumental eletrônico ao toque dos tambores na
  A Deusa do Amor. | One of the greatest songs of            Lapa do Orunmilá. | Ketu arrives with its modern
  the Bloco Olodum*: The Goddess of Love                     Afro musicality, mixed and synthesized with samples
  * informal group of revelers                               of electronic instruments and playing to the touch of
                                                             the Lapa do Orunmila’s drums.
  10ª ala: OS MENINOS DO OLODUM
  10ht WING: THE BOYS OF OLODUM                              DESTAqUE DE CHÃO | hIGhLIGhT:
  (BATERIA | PERCUSSION BAND)                                JANAÍNA GUERRA
  mEstrE | peRCUSSION BANDmASTeR:                            FantasIa: DEUSA ORUNMILá
  MESTRE CHUVISCO                                            COSTUme: THE GOddESS ORuNMiLÁ
  Homenagem ao ritmo afro dos meninos do                     Exalta a beleza e os valores da cultura negra da
  Olodum. | Tribute to the African rhythm of the boys        grande Noite da Deusa do Ébano do Bloco afro-
  of Olodum (a group from the state of Bahia).               carioca Orunmilá. | A praise to the beauty and values
                                                             of the black culture of the great Night of the Goddess
DESTAqUE DE CHÃO | GROUND hIGhLIGhT:                         of Ebony, the Afro-carioca* Orunmila.
LUCIANA MELANI - FantasIa: TIMBALEIRA                        *Carioca – native of Rio
COSTUme: LADY TYMPANIST
Timbalada, instituição cabocla miscigenada da                3º Carro: NO REDUTO DA LAPA, COMBINAM UM
periferia baiana. | Timbalada is an institution of the       RITMO ELETRIZANTE COM O ORUNMILá!
Brazilian mixed races from the suburbs of Bahia.             3rd FLOAT: THE STRONGHOLd OF LAPA,
                                                             COMBINING AN ELECTRIFYING RHYTHM WITH
  11ª ala: OS TIMBALEIROS DO CANDEAL                         ORuNMiLÁ’S dRuMS
  11th WING: THE TYMPANISTS OF CANDEAL                       Os ritmos afros descem a ladeira, rufando os
  (PASSISTAS | SAMBA DANCERS)                                tambores da alma brasileira... É da Lapa do Orunmilá,
  Os timbaleiros chegam misturando tradição dos              bloco afro-carioca.
  tambores baianos com a fórmula rítmica do cotidiano        As the Afros descend from the favela, beating to the
  das ruas. | The timpanists of Candeal arrive, blending     drums of the Brazilian soul … It is Orunmila’s Lapa
  in the sounds of traditional Bahian drums with the         talking to the Afro-Carioca group of revelers.
  rhythmic formula of daily sounds of life in the streets.
                                                             DESTAqUE CENTRAL ALTO: WALDO ROCHA
12ª ala: OS FILHOS DE GANDHI                                 FantasIa: AFRO-LAPA
12th WING: SONS OF GANDHI                                    SEMIDESTAqUE FRONTAL: JOHN MICHAEL
“Oh, meu Deus do céu, na terra é carnaval.” São              FantasIa: TOQUE DE LATA
os Filhos de Gandhi, que no toque ijexá, chegam              SEMIDESTAqUE CENTRAL: AMANDA MARQUES
saudando todos os ritmos afros. | The Sons of Gandhi         FantasIa: SONS DO IJEXá
arrive to the avenue saluting and singing “Oh, my God        SEMIDESTAqUES LATERAIS
in Heaven, its carnival on earth.” in full Afro rhythm.      FantasIa: MOVIMENTO REGGAE
                                                             ComPosIÇÕEs: BLOCO AFRO-ORUNMILá
                                                             CeNTRAL hIGhLIThT: WALDO ROCHA
                                                             COSTUme: AFRO-LAPA
                                                             FeATUReD pARTIALLY IN The FRONT:
                                                             JOHN MICHAEL - COSTUme: TOUCH OF THE CAN
                                                             SemI-CeNTeR STAGe: AMANdA MARQuES
                                                             COSTUme: SOuNdS OF iJEXÁ
                                                             SemI-pROmINeNT SIDe: RAGGAE MOVEMENT
                                                             ARRANGemeNTS - COSTUme: AFRO-ORuNMiLÁ
                                                             CARNIVAL GROUP
Sá
Estácio de
                                                         17ª ala: A BANDA DE IPANEMA
                                                         17th WING: THE STEET BAND OF IPANEMA
                                                         A irreverência e a liberdade de expressão da Banda
                                                         de Ipanema chegam à Cinelândia, num exuberante
4º SETOR: E NA CINELÂNDIA... UM ARRASTÃO DE              colorido representado pelas cabrochas do Morro
alEgrIa | 4th SeCTION: A WALKING AVALANChe               de São Carlos. | The irreverence and freedom of
OF JOY AT CINeLÂNDIA                                     expression of the ipanema band arrives at Cinelândia
  14ª ala: E CHEGA O BACALHAU DO BATATA                  represented by the mulatto girls from the Morro
  14th WING: HERE COMES“O BACALHAU DO                    of São Carlos.
  BATATA” (COMPOSITORES | COMPOSERS)
                                                         18ª ala: O SUVACO DE CRISTO
  É o bloco cujo estandarte é um bacalhau, que
  chega à folia da Cinelândia representado pelos         18th WING: CHRIST’S ARMPITS
  poetas do samba: os compositores do GRES               O estilo alegre e debochado do bloco Suvaco
  Estácio de Sá.                                         de Cristo desfila à Cinelândia primando pela
  A carnival group, whose banner is a cod fish,          folia libertária das ruas. | The cheerful style and
  joins in the Cinelândia revelry, represented by the    debauchee of the “Suvaco do Cristo’s revelers,
  composers of Estácio de Sá.                            parade at Cinelandia, excelling freedom of
                                                         expression in the streets.
15ª ala: O GALO DA MADRUGADA
15th WING: THE MORNING ROOSTER REVELERS                  19ª ala: CACIQUE DE RAMOS E BAFO DA ONÇA
“Ei pessoal, vem moçada... Carnaval começa no            19th WING: CACIQUE DE RAMOS AND BAFO DA
Galo da Madrugada!” Foliões do maior bloco de rua        ONçA (COREOGRAFADA | CHOREOGRAPHED)
do mundo trazem a alegria das ruas do Recife para        Vencendo a rivalidade, chegam o Cacique de Ramos
ver Luma passar... | “Hey, you all, come and join...     e Bafo da Onça em uma exuberante coreografia para
Carnival begins with “The Morning Rooster”. A group      homenagear Luma de Oliveira. | Overcoming the
of revelers from the biggest street carnival in the      rivalry, Cacique de Ramos and Bafo da Onça present
world bringing their joy from the streets of Recife to   a colorful choreography praising Luma de Oliveira.
see Luma parade in the sambadrome.
                                                         DESTAqUE DE CHÃO | hIGhLIGhT: VERA MANFRINE
16ª ala: O BLOCO DOS SUJOS E ESFARRAPADOS                FantasIa: RAINHA DA BOLA PRETA | COSTUme:
16th WING: LET’S SALUTE THE“ DIRTY AND RAGGED”           THE QuEEN OF “BOLA PRETA” REVELERS:
Vindos de São Paulo, com sua alegria peculiar, é         A festa carnavalesca: paixão dos cariocas...
o Bloco dos sujos e Esfarrapados que trazem à            Carnival: The passion of the Cariocas...
Cinelândia um arrastão de alegria! | Straight from
São Paulo with its peculiar high spirits the “diRTy      4º Carro: FAZENDO A FESTA NA CINELâNDIA COM
ANd RAGGEd” invade the Cinelandia with joy.              O CORDÃO DA BOLA PRETA | 4th FLOAT: PARTYING
                                                         AT CINELANDIA LET’S DANCE WITH “BOLA PRETA”
  2º Casal dE mEstrE- sala E Porta-bandEIra
                                                         A Cinelândia se torna palco de encontro de grandes
  2nd mASTeRS OF CeRemONY AND FLAG BeAReR:
                                                         Bandas e Blocos do País. | Cinelândia becomes
  HUGO E ROBERTA - FantasIa: O MONOBLOCO
  COSTUme: THE “MONOBLOCO” REVELERS                      the meeting point for all the big bands and reveler
  Consagrado por incorporar diversos ritmos e            groups from all over the country.
  estilos musicais à batida do samba, o Monobloco
  chega representado pelo bailado do segundo casal
  do GRES Estácio de Sá. | Consecrated for merging
  diverse rhythms and musical styles to the beat of
  samba, The Monobloco comes represented by the
  second flag bearing couple of Estacio de Sa.

DESTAqUE DE CHÃO | GROUND hIGhLIGhT:
MARKETy ANDRADE - FantasIa: A RAINHA DA
BANDA | COSTUme: THE QUEEN OF THE BAND
A alegria da Banda de Ipanema. | The joy of the
Ipanema street band.
Sábado
                                                                                                           Saturday



DESTAqUE CENTRAL ALTO: PAOLA DACAPA
FantasIa: CAVEIRA DO CORDÃO
DESTAqUE CENTRAL: LUCIANO
FantasIa: DIABO DO CORDÃO
SEMIDESTAqUE CENTRAL: LUANDA
FantasIa: MORCEGO DO CORDÃO
SEMIDESTAqUES FEMININOS:
COLOMBINAS DO CORDÃO
ComPosIÇÕEs: BANDA DO CORDÃO DA BOLA PRETA

CeNTeR, TOp: PAOLA DACAPA
COSTUme: SKULL OF REVELRY
SeCOND hIGhLIGhT, FRONT: LUCIANO
COSTUme: DEVIL OF THE REVELRY
SemI CeNTeR STAGe: LUANDA
COSTUme: BATS OF THE REVELRY
LADIeS’ SemI-hIGhLIGhT:
COLOMBINES OF THE REVERLY
ARRANGemeNTS: MUSICIANS OF THE REVELRY
“CORDÃO DO BOLA PRETA”                                      24ª ala: OS REPIQUES INFLAMAM
                                                            24th WING: CONTAGIOUS SOUND OF PERCUSSION
5º SETOR: LUMA VAI pASSAR!
                                                            Repinicando, daqui pra lá e de lá pra cá... Os
5th SeCTION: LUmA IS ON heR WAY!
                                                            repiques da nossa bateria inflamam a Avenida para
20ª ala: O APITO ETERNO DO MESTRE ECOA                      saudar a eterna Rainha Luma de Oliveira.
20th WING: THE ETERNAL WHISTLE OF THE                       With lots of rhythm from here to there and there
MASTER ECHOES                                               to here....the loud sounds of our drums ignite the
O apito ecoa através dos sentimentos de carinho,            Sambadrome to salute our etenal Luma de Oliveira.
respeito e admiração que a Rainha Luma de Oliveira
guarda em seu coração pelo inesquecível mestre              25ª ala: E OS SURDOS VIBRAM
Ciça. | The whistle echoes through feelings of              25th WING: THE VIBRATION OF THE BASS DRUMS
affection, respect and admiration that Queen Luma           Ecoam os surdos de marcação. É muita emoção! Nos
de Oliveira keeps in her heart for the unforgettable        braços da folia é a Luma de Oliveira, a eterna Rainha
master Ciça.                                                de Bateria. | The sounds echo in the Sambadrome. A
                                                            lot of emotion! in the arms of the revelers is Luma de
21ª ala: A CUíCA CHORA                                      Oliveira, the eternal Queen of Percussion.
21st WING: THE CUíCA* CRIES
*(brazilian percussion instrument resembling a small keg)
                                                            5º Carro: LUMA VAI PASSAR!
Chegou a hora, bate forte o coração ao som da cuíca         5th FLOAT: MAKE WAy FOR LuMA TO PARAdE!
que chora... | The time has come, the heart beats           Esta é a grande homenagem do GRES Estácio de Sá
strong at the sound of the cuíca crying....                 para Luma de Oliveira. | This is the grand tribute by
                                                            GRES Estacio de Sá to Luma de Oliveira.
22ª ala: OS GANZáS BALANÇAM
                                                            homEnagEada: LUMA DE OLIVEIRA
22nd WING: THE RATTLE OF THE GANZÁS*
                                                            TRIBUTe TO: LUMA DE OLIVEIRA (PROTAGONIST)
*(brazilian percussion instrument resembling a rattlebox)
No ritmo dos ganzás pra ver Luma passar!                    ComPosItorEs: RITMISTAS MEDALHAS DE OURO
in rhythm with the ganzas to see Luma pass by!              ARRANGemeNTS: PERCUSSIONISTS
                                                            (THE GOLD MEDALS)
23ª ala: OS TAMBORINS BATEM
23rd WING: THE TAMBOURINES BEAT                             PErsonagEns: ETERNOS MESTRES DE BATERIA E
“Petelecotecos da folia”... É a batida dos meus             FAMíLIA DA HOMENAGEADA
tamborins! | The fun of revelry… Petelecoteco is the        OTheRS: THE ETERNAL MASTERS OF PERCUSSION
beat of my tambourines.                                     AND THEIR FAMILY HONORED

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Danças nordestinas
Danças nordestinasDanças nordestinas
Danças nordestinas
Marcos Bee
 
Wilson 6ªa
Wilson 6ªaWilson 6ªa
Wilson 6ªa
fymyd
 
Marchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letrasMarchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letras
Elvis Live
 
Pernambuco Vivo
Pernambuco VivoPernambuco Vivo
Pernambuco Vivo
Mateus Araújo
 
Folha 110
Folha 110Folha 110
Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010
Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010
Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010
Confraria Paranaense
 
DANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRAS
DANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRASDANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRAS
DANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRAS
bbpn
 
Carnaval letras pernambuco
Carnaval letras pernambucoCarnaval letras pernambuco
Carnaval letras pernambuco
Nome Sobrenome
 
MARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANO
MARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANOMARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANO
MARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANO
EscolaSBH
 
Folhetim Literário Desiderata n 3 - Despedida
Folhetim Literário Desiderata n 3 -  DespedidaFolhetim Literário Desiderata n 3 -  Despedida
Folhetim Literário Desiderata n 3 - Despedida
José Feldman
 
Folha 87
Folha 87Folha 87
01 tuiuti
01 tuiuti01 tuiuti
01 tuiuti
Thiago Vergete
 
Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014
Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014
Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014
Tico Marcondes
 
Artesmusicais
ArtesmusicaisArtesmusicais
Artesmusicais
Lucas Info NET
 
Marchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letrasMarchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letras
Medusa Fabula
 
Festa marujada
Festa marujadaFesta marujada
INTEXTUALIDADE
INTEXTUALIDADEINTEXTUALIDADE
INTEXTUALIDADE
Gracas Brito
 

Mais procurados (17)

Danças nordestinas
Danças nordestinasDanças nordestinas
Danças nordestinas
 
Wilson 6ªa
Wilson 6ªaWilson 6ªa
Wilson 6ªa
 
Marchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letrasMarchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letras
 
Pernambuco Vivo
Pernambuco VivoPernambuco Vivo
Pernambuco Vivo
 
Folha 110
Folha 110Folha 110
Folha 110
 
Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010
Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010
Almanaque paraná numero 1 novembro dezembro 2010
 
DANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRAS
DANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRASDANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRAS
DANÇAS FOLCLÓRICAS BRASILEIRAS
 
Carnaval letras pernambuco
Carnaval letras pernambucoCarnaval letras pernambuco
Carnaval letras pernambuco
 
MARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANO
MARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANOMARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANO
MARCHINHAS CARNAVALESCAS 5º ANO
 
Folhetim Literário Desiderata n 3 - Despedida
Folhetim Literário Desiderata n 3 -  DespedidaFolhetim Literário Desiderata n 3 -  Despedida
Folhetim Literário Desiderata n 3 - Despedida
 
Folha 87
Folha 87Folha 87
Folha 87
 
01 tuiuti
01 tuiuti01 tuiuti
01 tuiuti
 
Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014
Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014
Historia do Carnaval - Tico Marcondes - abril 2014
 
Artesmusicais
ArtesmusicaisArtesmusicais
Artesmusicais
 
Marchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letrasMarchinhas de carnaval letras
Marchinhas de carnaval letras
 
Festa marujada
Festa marujadaFesta marujada
Festa marujada
 
INTEXTUALIDADE
INTEXTUALIDADEINTEXTUALIDADE
INTEXTUALIDADE
 

Semelhante a 03 estacio

21182.pptx
21182.pptx21182.pptx
21182.pptx
Simone0224
 
Carnaval - História e Curiosidades
Carnaval - História e CuriosidadesCarnaval - História e Curiosidades
Carnaval - História e Curiosidades
priscilafgl
 
2014 unidos do alto da boa vista
2014   unidos do alto da boa vista2014   unidos do alto da boa vista
2014 unidos do alto da boa vista
LelioGomes
 
Dança
DançaDança
Dança
DançaDança
Apostila Danças Brasileiras
Apostila Danças BrasileirasApostila Danças Brasileiras
Apostila Danças Brasileiras
institutobrincante
 
O som do nordeste
O som do nordesteO som do nordeste
O som do nordeste
Francisco Nascimento
 
Projeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidadosProjeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidados
Ademir da Silva
 
Jornal heitor
Jornal heitorJornal heitor
Jornal heitor
Governo de Rondônia
 
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdfAULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
SauloLaraCoimbra1
 
Sinopse Imperadores do samba 2019
Sinopse Imperadores do samba 2019Sinopse Imperadores do samba 2019
Sinopse Imperadores do samba 2019
Humberto Macedo
 
CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013
CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013
CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013
Thiago Vergete
 
O samba e suas origens ademir
O samba e suas origens    ademirO samba e suas origens    ademir
O samba e suas origens ademir
Ademir da Silva
 
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
MiriamCamily
 
Carvanal
CarvanalCarvanal
Carvanal
Ronaldo Moraes
 
Pernambuco Vivo
Pernambuco VivoPernambuco Vivo
Pernambuco Vivo
Icaro Bione
 
02 rocinha
02 rocinha02 rocinha
02 rocinha
Thiago Vergete
 
ROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHA
ROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHAROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHA
ROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHA
Thiago Vergete
 
Coluna mmn maracatu almirante do forte - 81 anos
Coluna mmn   maracatu almirante do forte - 81 anosColuna mmn   maracatu almirante do forte - 81 anos
Coluna mmn maracatu almirante do forte - 81 anos
maracatualmirantedoforte
 
Apresentação1 aula danças
Apresentação1   aula dançasApresentação1   aula danças
Apresentação1 aula danças
Annete Melo
 

Semelhante a 03 estacio (20)

21182.pptx
21182.pptx21182.pptx
21182.pptx
 
Carnaval - História e Curiosidades
Carnaval - História e CuriosidadesCarnaval - História e Curiosidades
Carnaval - História e Curiosidades
 
2014 unidos do alto da boa vista
2014   unidos do alto da boa vista2014   unidos do alto da boa vista
2014 unidos do alto da boa vista
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Apostila Danças Brasileiras
Apostila Danças BrasileirasApostila Danças Brasileiras
Apostila Danças Brasileiras
 
O som do nordeste
O som do nordesteO som do nordeste
O som do nordeste
 
Projeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidadosProjeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidados
 
Jornal heitor
Jornal heitorJornal heitor
Jornal heitor
 
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdfAULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
 
Sinopse Imperadores do samba 2019
Sinopse Imperadores do samba 2019Sinopse Imperadores do samba 2019
Sinopse Imperadores do samba 2019
 
CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013
CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013
CANTE COM A GENTE - CARNAVAL 2013
 
O samba e suas origens ademir
O samba e suas origens    ademirO samba e suas origens    ademir
O samba e suas origens ademir
 
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
 
Carvanal
CarvanalCarvanal
Carvanal
 
Pernambuco Vivo
Pernambuco VivoPernambuco Vivo
Pernambuco Vivo
 
02 rocinha
02 rocinha02 rocinha
02 rocinha
 
ROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHA
ROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHAROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHA
ROTEIRO DO DESFILE - ACADÊMICOS DA ROCINHA
 
Coluna mmn maracatu almirante do forte - 81 anos
Coluna mmn   maracatu almirante do forte - 81 anosColuna mmn   maracatu almirante do forte - 81 anos
Coluna mmn maracatu almirante do forte - 81 anos
 
Apresentação1 aula danças
Apresentação1   aula dançasApresentação1   aula danças
Apresentação1 aula danças
 

Mais de Thiago Vergete

Anexo iv (adultas) (1)
Anexo iv (adultas) (1)Anexo iv (adultas) (1)
Anexo iv (adultas) (1)
Thiago Vergete
 
Anexo iii (adultas)
Anexo iii (adultas)Anexo iii (adultas)
Anexo iii (adultas)
Thiago Vergete
 
Anexo ii (adultas)
Anexo ii (adultas)Anexo ii (adultas)
Anexo ii (adultas)
Thiago Vergete
 
Anexo i (adultas)
Anexo i (adultas)Anexo i (adultas)
Anexo i (adultas)
Thiago Vergete
 
Autorização de menores
Autorização de menoresAutorização de menores
Autorização de menores
Thiago Vergete
 
SINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIRO
SINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIROSINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIRO
SINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIRO
Thiago Vergete
 
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSEQUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSE
Thiago Vergete
 
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSEQUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSE
Thiago Vergete
 
Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014
Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014
Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014
Thiago Vergete
 
Eg 31 2014
Eg 31 2014Eg 31 2014
Eg 31 2014
Thiago Vergete
 
Revista carnavaloutubro2013
Revista carnavaloutubro2013Revista carnavaloutubro2013
Revista carnavaloutubro2013
Thiago Vergete
 
Revista carnavaldezembro2013
Revista carnavaldezembro2013Revista carnavaldezembro2013
Revista carnavaldezembro2013
Thiago Vergete
 
REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013
REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013
REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013
Thiago Vergete
 
REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013
REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013
REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013
Thiago Vergete
 
ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013
ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013
ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013
Thiago Vergete
 
DA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASIL
DA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASILDA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASIL
DA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASIL
Thiago Vergete
 
ENSAIO GERAL 2013 - LIESA
ENSAIO GERAL 2013 - LIESAENSAIO GERAL 2013 - LIESA
ENSAIO GERAL 2013 - LIESA
Thiago Vergete
 
ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012
Thiago Vergete
 
ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012
Thiago Vergete
 
ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012
Thiago Vergete
 

Mais de Thiago Vergete (20)

Anexo iv (adultas) (1)
Anexo iv (adultas) (1)Anexo iv (adultas) (1)
Anexo iv (adultas) (1)
 
Anexo iii (adultas)
Anexo iii (adultas)Anexo iii (adultas)
Anexo iii (adultas)
 
Anexo ii (adultas)
Anexo ii (adultas)Anexo ii (adultas)
Anexo ii (adultas)
 
Anexo i (adultas)
Anexo i (adultas)Anexo i (adultas)
Anexo i (adultas)
 
Autorização de menores
Autorização de menoresAutorização de menores
Autorização de menores
 
SINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIRO
SINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIROSINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIRO
SINOPSES 2014 DAS ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DO RIO DE JANEIRO
 
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSEQUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2008 - SINOPSE
 
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSEQUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSE
QUADRILHA PISA NO ESPINHO 2009 - SINOPSE
 
Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014
Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014
Sinopses das escolas de samba do grupo especial de são paulo 2014
 
Eg 31 2014
Eg 31 2014Eg 31 2014
Eg 31 2014
 
Revista carnavaloutubro2013
Revista carnavaloutubro2013Revista carnavaloutubro2013
Revista carnavaloutubro2013
 
Revista carnavaldezembro2013
Revista carnavaldezembro2013Revista carnavaldezembro2013
Revista carnavaldezembro2013
 
REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013
REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013
REVISTA CARNAVAL - SETEMBRO 2013
 
REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013
REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013
REVISTA CARNAVAL - AGOSTO 2013
 
ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013
ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013
ABRE-ALAS - DOMINGO - GRUPO ESPECIAL - CARNAVAL 2013
 
DA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASIL
DA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASILDA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASIL
DA CANDELÁRIA À APOTEOSE - PÉRSIO GOMYDE BRASIL
 
ENSAIO GERAL 2013 - LIESA
ENSAIO GERAL 2013 - LIESAENSAIO GERAL 2013 - LIESA
ENSAIO GERAL 2013 - LIESA
 
ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA ACADÊMICOS DO CUBANGO 2012
 
ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA SANTA CRUZ 2012
 
ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012
ROTEIRO DO DESFILE DA UNIDOS DO VIRADOURO 2012
 

03 estacio

  • 1. Estácio de Sá Ficha Técnica | Technical Summary Fundação - 12 de agosto de 1927 | Established in August 12th, 1927 Presidente | President - Leziário Nascimento Cores - Vermelho e Branco | Colours - Red and White Carnavalesco | Carnival Designer - Marcus Ferreira Pesquisador de Enredos | Samba Theme Researcher - Marcos Roza Diretor de Carnaval | Carnival Director - Edvaldo Fonseca e Valtinho Honorato
  • 2. Sábado Saturday GRES Estácio de Sá 3ª Escola - Entre 22h52 e 23h 3rd Parade - Between 10:52pm and 11pm Concentração | Meeting Point: Balança Sinopse do Enredo | Samba Theme Synopsis Luma de Oliveira é a grande homenageada pelo enredo do GRES Estácio de Sá. Para o Brasil, ela é “o coração de um país em festa”, mulher de infinita beleza a quem todas as manifestações populares reverenciam neste carnaval. Das mães baianas aos tambores do bumba-meu-boi, do maracatu, caboclinho e frevo, desde os Clóvis, timbaleiros, Filhos de Gandhi, aos blocos afro-brasileiros do Ketu, do Olodum, do Orunmilá e até do Cordão da Bola Preta, todos vêm pra Sapucaí, como personagens que se irmanam para formar o “Grêmio Recreativo Escola de Bambas Unidos do Prazer e da Alegria”, numa celebração do arco-íris de todas as raças. GRES Estácio de Sá’s samba theme pays tribute to Luma de Oliveira in this year’s carnival. A woman of infinite beauty representing the “heart of a celebrating nation,” will be honored by popular manifestations Em um tempo de transição e convívio entre o samba amaxixado da Praça Onze, o samba batucado do of distinct folkloric groups from different regions, Estácio, rodas de jongo e dos primeiros sambas dos beliefs and musical traditions of Brazil. The subúrbios, pontificava a figura de Bucy Moreira, neto participants such as the Mães Baianas (Bahia); the da tia Ciata. Era ele quem fazia a “costura” da forma drums of Bumba-meu-boi (Piaui and Maranhao); do samba casa da Ciata, do bar do Compadre, no Maracatu, Caboclinho e Frevo (Pernambuco); Clovis Estácio, e casa de Dona Ester em Oswaldo Cruz. kettle drummers; Filhos de Gandhi, Afro-Brazilians Fun Facts: During a time of transition and interaction from Ketu; Olodum, Orunmila (Bahia) and the Cordão among samba “amaxixado” (a samba style and do Bola Preta (Rio de Janeiro), come to the Sapucai rhythm) at Praça Xi, the samba drums of Estácio, as characters who fraternize to form the “Gremio samba jongo and the first sambas of the suburban areas, pontificated the figure Bucy Moreira, grandson Recreativo de Bambas Unidos do Prazer e da of Aunt Ciata. It was he who tailored and fashioned Alegria” (The Recreational Association of the United Aunt Ciata’s samba house, from his godfather’s bar in Masters of Pleasure and Happiness), for a rainbow Estacio and at Dona Ester’s house in Oswaldo Cruz. celebration of all races. That is how they communicated with one another.
  • 3. Sá Estácio de Acompanhe o Desfile | Parade Sequence 1º sEtor: CORAÇÃO DE UM pAÍS EM FESTA Cante com a Estácio de Sá 1st SeCTION: The heART OF A NATION IN Sing along with Estácio de Sá CeLeBRATION ComIssão dE FrEntE: E Lá VAI A MARIA COM EnrEdo: LUMA DE OLIVEIRA: CORAÇÃO DE UM A LATA D’áGUA NA CABEÇA PAÍS EM FESTA hONORARY COmmITTee: HERE COMES MARIA Theme: LuMA dE OLiVEiRA: THE HEART OF A WITH A WATER BUCKET ON HER HEAD NATION IN CELEBRATION COREóGRAFO | CHOREOGRAPHER: JUNIOR SCAPIM A comissão de frente é a célebre das passistas Compositores | Songwriters: Wilsinho Paz, Alexan- - Maria Mercedes Chaves, com a lata d’água na dre Moraes, Osmar, Hugo Bruno, Comendador Eloi cabeça, representando com samba no pé o coração and Zé Luis. de um país em festa. | The honorary committee honors the most famous amongst the dancers - Intérprete | Singer: Leandrinho Maria Mercedes Chaves carrying a bucket of water on her head featuring special steps, representing the É carnaval, muito prazer, sou alegria heart of a nation in celebration. Medalha de ouro é minha bateria Meu samba me diz, que a inspiração é você 1º Casal dE mEstrE- sala E Porta-bandEIra Luma, eu vim aqui só pra te ver 1st COUpLe mASTeRS OF CeRemONY AND FLAG BeAReR: DANIEL E ALCIONE Cai o sol, surge a lua a brilhar FantasIa: O PAVILHÃO DO AMOR O morro desce pra desfilar COSTUme: THE PAVILLION OF LOVE Nobreza mistura de raças Corre nas veias o vermelho e branco do pavilhão Num estado de graça que nos faz explodir de emoção! O Pavilhão desce É a força do meu samba a me guiar o morro, percorre becos e vielas para participar da E nesta onda eu vou homenagem à Luma de Oliveira. | The red and white Com muito amor e emoção colors that run through our veins, explode us with Dos brasis aquele abraço emotion. The banner descends from the favelas No compasso dos seus passos through alleys and lanes to honor Luma de Oliveira. Nessa eterna criação 1ª ala: ALÔ, ALÔ COMUNIDADE | 1st WING: HELLO, Descendo a ladeira na quebradeira... HELLO EVERyONE FROM THE COMMuNiTy! (no rufar do tambor) Alô, Alô Comunidade! Descem o morro personagens Filhos de gandhi, povo de ketu... da cultura das favelas cariocas: Mães Baianas, (timbaleiro chegou) Mulatas, Malandros e Compositores rumo à Sapucaí. Lapa presente de orunmilá... Hello, Hello everyone from the community! Come (ao som de ijexá) down from the favelas of Rio, the Bahian mother Todos pra te ver sambar figures, mulattos, scoundrels and composers, head towards the Sapucai. No cordão da bola preta a fantasia Cinelândia, onde tudo acontecia Arlequins, pierrôs e colombinas Onde a liberdade predomina E num imenso cortejo, a desfilar Com o apito do mestre a ecoar Luma, és uma luz que nos conduz Bate forte no meu peito o coração Neste mundo de ilusão
  • 4. Sábado Saturday 1º Carro abrE-alas: O SAMBA DESCE O MORRO GUARDIÕES DAS BAIANAS: A DAMA DO PAÇO PRO ASFALTO | OpeNING FLOAT: THE SAMBA GUARDIANS OF The WhIRLING LADIeS: THE DESCENDS FROM THE HILL AND TO THE STREETS LADY OF THE PALACE Com o texto I Give Love, de João Bosco, o poeta A tradição sagrada dos cortejos dos reis Congo do conclama a comunidade a desfilar: “Atenção Maracatu é representada pela Dama do Paço. membros morenos, negros, selvagens, amarelos, The Lady of the Palace symbolizes the traditional Arco-íris de todas as raças, do Grêmio Recreativo sacred procession of the Kings of Congo of Escola de Bambas Unidos do Prazer e da Alegria: Maracatú, an Afro-Brazilian rhythm. Luma vai passar!”. | With João Bosco’s verse, “i Give Love,” he urges the community to parade: Attention 3ª ala: E A RAINHA DO MARACATU all participants, brown, black, wild, yellow, rainbow of 3rd WING: THE QuEEN OF MARACATu all races and participants of the “Unidos do Prazer e (BAIANAS | WHIRLING LADIES) da Alegria” samba school - here comes Luma! Evocando as origens africanas do folguedo popular: giram as Baianas do GRES Estácio de Sá DESTAqUE CENTRAL ALTO: CHARLES ONOFRE à coroação da Rainha do Maracatu. FantasIa: O CANTO DA COMUNIDADE! Recalling the African origins of a popular tradition, SEMIDESTAqUE FRONTAL: NAIRA NASCIMENTO, the Bahianas of the Estácio Samba School turn to PRIMEIRA-DAMA DA ESCOLA celebrate the coronation of the Queen of Maracatu, FantasIa: BRASÃO DA AGREMIAÇÃO (a folklore from Pernambuco). SEMIDESTAqUE CENTRAL: FáBIO ARAGÃO GUARDIÕES DAS BAIANAS I: OS VASSALOS DA FantasIa: ACORDES DO POETA RAINHA | BAhIAN GUARDIANS I: THE VASSALS OF THE QUEEN TOp CeNTeR: CHARLES ONOFRE Os vassalos reverenciam a Rainha do Maracatu no COSTUme: THE COMMUNITY CHANT cortejo real, com seus grandes pálios bordados. SemI-FeATUReD IN FRONT: NAIRA NASCIMENTO, Slaves revere the Queen of Maracatu in the royal SCHOOLS’S FIRST LADY procession carrying large embroidered canopies. COSTUme: SCHOOL’S COAT-OF-ARMS SemI CeNTeR STAGe: FABIO ARAGÃO 4ª ala: OS PASSISTAS DO FREVO COSTUme: THE POET’S MUSICAL CHORD 4th WING: FREVO DANCERS Ao encontro dos maracatus, chega num ritmo ComPosIÇÕEs: COMUNIDADE DO MORRO frenético a alegria do frevo – cada um pro seu lado, COmpOSITIONS: COMMUNITY OF THE FAVELA de passo marcado e sombrinha na mão. The joyful frevo dancers with their frenzy encounter 2º sEtor: NA RIO BRANCO... CHEGA UMA GENTE the maracatus’ arrival, - each one in turn perform ColorIda | 2nd SECTION: A COLORFUL CROwD their typical steps with umbrellas in their hands, ARRIVES TO AVENIDA RIO BRANCO (wHERE THE which is typical of the frevo dance. pARADES TAkE pLACE) 5ª ala: OS LANCEIROS DO CABOCLINHO 2ª ala: E CHEGA O BUMBA MEU BOI 5th WING: SPIRITUAL WARRIORS FROM THE 2nd WING: HERE COMES “BUMBA MEU BOI” STATE OF PERNAMBUCO Com a teatralização da ressurreição do boi, chega a Ao som das preacas, a tradição indígena chega a Rio Rio Branco o auto popular Bumba-meu-boi. Branco representada pelos “Lanceiros Caboclinhos.” “Bumba Meu Boi” (“Hit My Bull”) a popular regional The sound of the “preacas” (a musical instruments festival in the North and Northeastern States arrives used by the Indians), the traditions of the Indigenous to Rio Branco Avenue. It is the tale in which a bull people arrive to Avenida Rio Branco represented by dies and is brought back to life. the “Lanceiros Caboclinho” or spiritual warriors.
  • 5. Sá Estácio de 2º Carro: QUE ENCONTRAM O BANDO DOS CLÓVIS NA AVENIDA RIO BRANCO 2nd FLOAT: WHAT THE “BANDO DOS CLOVIS” FIND ON AVENIDA RIO BRANCO 6ª ala: CORDÃO DOS BICHOS (CRIANÇAS) A Avenida Rio Branco se torna palco de chegada de 6th WING: ANIMALS GET TOGETHER (CHILDREN) todas as manifestações folclóricas carnavalescas. Importando-se com a preservação da fauna Avenida Rio Branco becomes a stage welcoming the brasileira, chega o cordão dos bichinhos folkloric manifestations of carnival. representados no desfile da Estácio de Sá pela Ala das Crianças. | Caring for the preservation of the DESTAqUE CENTRAL Brazilian fauna, the children’s wing of the Estácio FantasIa: EXPLOSÃO DOS CLÓVIS de Sá’s Samba School represent small animals. SEMIDESTAqUE FRONTAL: CARLOS REZENDE FantasIa: ALEGRIA DOS CLÓVIS ComPosIÇÕEs FEmInInas: LUMINáRIAS COMpOSIÇÕES MASCULINAS: CLÓVIS CeNTRAL hIGhLIGhT COSTUme: AN EXPLOSION OF CLOVIS SeCOND FRONT hIGhLIGhT: CLOVIS REzENDE COSTUme: THE JOY OF CLOVIS WOmeN’S ARRANGemeNTS: LANTERNS meN’S ARRANGemeNTS : CLÓVIS 3º sEtor: E NA LApA... COMBINARAM UM RITMO ELETRIZANTE | 3rd SeCTION: AND AT The LApA* ...A ThRILLING RhYThm TAKeS OVeR CARNIVAL *A NEIGHBORHOOD IN RIO 8ª ala: E CHEGA O ILÊ AIyÊ DO CURUZÚ 7ª ala: O BOI DE MAMÃO 8th WING: LET US INTRODUCE YOU TO ILÊ AIYÊ 7th WING: BOI DE MAMÃO DO CURUzÚ Com dança e cantoria vem do litoral catarinense O espetáculo rítmico e musical do Ilê Aiyê da Bahia o Boi de Mamão para o encontro com as chega à Lapa ao encontro das manifestações de manifestações carnavalescas na folia da Rio Branco. ritmos eletrizantes. | The electrifying rhythm and Coming from the coastal part of Santa Catarina, in music of the Bahian Afro group, ILÊ AIYÊ DO the South, to Rio de Janeiro’s carnival, is the singing CURUzÚ, arrives on the streets of Lapa. and dancing of “Boi de Mamão,*” adding to the revelry on Avenida Rio Branco. 9ª ala: o malÊ dEbalÊ * Southern version of the Bumba Meu Boi 9th WING: THE MALÊ DEBALÊ (VELHA-GUARDA | SENIOR HONORARY MEMBERS) DESTAqUE DE CHÃO: INáH O Grupo Cultural Malê Debalê, legítimo representante FantasIa: EMOÇÃO, EXPLOSÃO E ALEGRIA afro-descendente da comunidade de Itapuã, chega hIGhLIGhT COSTUme: iNÁH rufando seus tambores... | The Cultural Group COSTUme: EMOTION, EXPLOSION AND REJOICING Malê debalê - of itapuã, Bahia, are the legitimate A radiante alegria do povo no encontro mágico representatives of the Afro cultural heritage e universal chamado carnaval: desfilam os seus arriving to the parade and beating their drums. sonhos e se transformam em reis e rainhas. The radiance and joy of the people at the magical raInha dE batErIa | QUeeN OF peRCUSSION: and universal encounter called carnival, parading LUANA BANDEIRA their dreams and transforming themselves into FantasIa: DEUSA DO AMOR kings and queens. COSTUme: THE GODDESS OF LOVE
  • 6. Sábado Saturday madrInha da batErIa | peRCUSSIONIST’S 13ª ala: O POVO DE KETU GODmOTheR: LEILA BARROS 13th WING: THE PEOPLE OF KETU FantasIa: DEUSA DO AMOR É o Ketu que chega com uma musicalidade africana COSTUme: THE GODDESS OF LOVE moderna, misturada a sintetizadores, samples e Uma das grandes canções do Bloco Olodum: instrumental eletrônico ao toque dos tambores na A Deusa do Amor. | One of the greatest songs of Lapa do Orunmilá. | Ketu arrives with its modern the Bloco Olodum*: The Goddess of Love Afro musicality, mixed and synthesized with samples * informal group of revelers of electronic instruments and playing to the touch of the Lapa do Orunmila’s drums. 10ª ala: OS MENINOS DO OLODUM 10ht WING: THE BOYS OF OLODUM DESTAqUE DE CHÃO | hIGhLIGhT: (BATERIA | PERCUSSION BAND) JANAÍNA GUERRA mEstrE | peRCUSSION BANDmASTeR: FantasIa: DEUSA ORUNMILá MESTRE CHUVISCO COSTUme: THE GOddESS ORuNMiLÁ Homenagem ao ritmo afro dos meninos do Exalta a beleza e os valores da cultura negra da Olodum. | Tribute to the African rhythm of the boys grande Noite da Deusa do Ébano do Bloco afro- of Olodum (a group from the state of Bahia). carioca Orunmilá. | A praise to the beauty and values of the black culture of the great Night of the Goddess DESTAqUE DE CHÃO | GROUND hIGhLIGhT: of Ebony, the Afro-carioca* Orunmila. LUCIANA MELANI - FantasIa: TIMBALEIRA *Carioca – native of Rio COSTUme: LADY TYMPANIST Timbalada, instituição cabocla miscigenada da 3º Carro: NO REDUTO DA LAPA, COMBINAM UM periferia baiana. | Timbalada is an institution of the RITMO ELETRIZANTE COM O ORUNMILá! Brazilian mixed races from the suburbs of Bahia. 3rd FLOAT: THE STRONGHOLd OF LAPA, COMBINING AN ELECTRIFYING RHYTHM WITH 11ª ala: OS TIMBALEIROS DO CANDEAL ORuNMiLÁ’S dRuMS 11th WING: THE TYMPANISTS OF CANDEAL Os ritmos afros descem a ladeira, rufando os (PASSISTAS | SAMBA DANCERS) tambores da alma brasileira... É da Lapa do Orunmilá, Os timbaleiros chegam misturando tradição dos bloco afro-carioca. tambores baianos com a fórmula rítmica do cotidiano As the Afros descend from the favela, beating to the das ruas. | The timpanists of Candeal arrive, blending drums of the Brazilian soul … It is Orunmila’s Lapa in the sounds of traditional Bahian drums with the talking to the Afro-Carioca group of revelers. rhythmic formula of daily sounds of life in the streets. DESTAqUE CENTRAL ALTO: WALDO ROCHA 12ª ala: OS FILHOS DE GANDHI FantasIa: AFRO-LAPA 12th WING: SONS OF GANDHI SEMIDESTAqUE FRONTAL: JOHN MICHAEL “Oh, meu Deus do céu, na terra é carnaval.” São FantasIa: TOQUE DE LATA os Filhos de Gandhi, que no toque ijexá, chegam SEMIDESTAqUE CENTRAL: AMANDA MARQUES saudando todos os ritmos afros. | The Sons of Gandhi FantasIa: SONS DO IJEXá arrive to the avenue saluting and singing “Oh, my God SEMIDESTAqUES LATERAIS in Heaven, its carnival on earth.” in full Afro rhythm. FantasIa: MOVIMENTO REGGAE ComPosIÇÕEs: BLOCO AFRO-ORUNMILá CeNTRAL hIGhLIThT: WALDO ROCHA COSTUme: AFRO-LAPA FeATUReD pARTIALLY IN The FRONT: JOHN MICHAEL - COSTUme: TOUCH OF THE CAN SemI-CeNTeR STAGe: AMANdA MARQuES COSTUme: SOuNdS OF iJEXÁ SemI-pROmINeNT SIDe: RAGGAE MOVEMENT ARRANGemeNTS - COSTUme: AFRO-ORuNMiLÁ CARNIVAL GROUP
  • 7. Sá Estácio de 17ª ala: A BANDA DE IPANEMA 17th WING: THE STEET BAND OF IPANEMA A irreverência e a liberdade de expressão da Banda de Ipanema chegam à Cinelândia, num exuberante 4º SETOR: E NA CINELÂNDIA... UM ARRASTÃO DE colorido representado pelas cabrochas do Morro alEgrIa | 4th SeCTION: A WALKING AVALANChe de São Carlos. | The irreverence and freedom of OF JOY AT CINeLÂNDIA expression of the ipanema band arrives at Cinelândia 14ª ala: E CHEGA O BACALHAU DO BATATA represented by the mulatto girls from the Morro 14th WING: HERE COMES“O BACALHAU DO of São Carlos. BATATA” (COMPOSITORES | COMPOSERS) 18ª ala: O SUVACO DE CRISTO É o bloco cujo estandarte é um bacalhau, que chega à folia da Cinelândia representado pelos 18th WING: CHRIST’S ARMPITS poetas do samba: os compositores do GRES O estilo alegre e debochado do bloco Suvaco Estácio de Sá. de Cristo desfila à Cinelândia primando pela A carnival group, whose banner is a cod fish, folia libertária das ruas. | The cheerful style and joins in the Cinelândia revelry, represented by the debauchee of the “Suvaco do Cristo’s revelers, composers of Estácio de Sá. parade at Cinelandia, excelling freedom of expression in the streets. 15ª ala: O GALO DA MADRUGADA 15th WING: THE MORNING ROOSTER REVELERS 19ª ala: CACIQUE DE RAMOS E BAFO DA ONÇA “Ei pessoal, vem moçada... Carnaval começa no 19th WING: CACIQUE DE RAMOS AND BAFO DA Galo da Madrugada!” Foliões do maior bloco de rua ONçA (COREOGRAFADA | CHOREOGRAPHED) do mundo trazem a alegria das ruas do Recife para Vencendo a rivalidade, chegam o Cacique de Ramos ver Luma passar... | “Hey, you all, come and join... e Bafo da Onça em uma exuberante coreografia para Carnival begins with “The Morning Rooster”. A group homenagear Luma de Oliveira. | Overcoming the of revelers from the biggest street carnival in the rivalry, Cacique de Ramos and Bafo da Onça present world bringing their joy from the streets of Recife to a colorful choreography praising Luma de Oliveira. see Luma parade in the sambadrome. DESTAqUE DE CHÃO | hIGhLIGhT: VERA MANFRINE 16ª ala: O BLOCO DOS SUJOS E ESFARRAPADOS FantasIa: RAINHA DA BOLA PRETA | COSTUme: 16th WING: LET’S SALUTE THE“ DIRTY AND RAGGED” THE QuEEN OF “BOLA PRETA” REVELERS: Vindos de São Paulo, com sua alegria peculiar, é A festa carnavalesca: paixão dos cariocas... o Bloco dos sujos e Esfarrapados que trazem à Carnival: The passion of the Cariocas... Cinelândia um arrastão de alegria! | Straight from São Paulo with its peculiar high spirits the “diRTy 4º Carro: FAZENDO A FESTA NA CINELâNDIA COM ANd RAGGEd” invade the Cinelandia with joy. O CORDÃO DA BOLA PRETA | 4th FLOAT: PARTYING AT CINELANDIA LET’S DANCE WITH “BOLA PRETA” 2º Casal dE mEstrE- sala E Porta-bandEIra A Cinelândia se torna palco de encontro de grandes 2nd mASTeRS OF CeRemONY AND FLAG BeAReR: Bandas e Blocos do País. | Cinelândia becomes HUGO E ROBERTA - FantasIa: O MONOBLOCO COSTUme: THE “MONOBLOCO” REVELERS the meeting point for all the big bands and reveler Consagrado por incorporar diversos ritmos e groups from all over the country. estilos musicais à batida do samba, o Monobloco chega representado pelo bailado do segundo casal do GRES Estácio de Sá. | Consecrated for merging diverse rhythms and musical styles to the beat of samba, The Monobloco comes represented by the second flag bearing couple of Estacio de Sa. DESTAqUE DE CHÃO | GROUND hIGhLIGhT: MARKETy ANDRADE - FantasIa: A RAINHA DA BANDA | COSTUme: THE QUEEN OF THE BAND A alegria da Banda de Ipanema. | The joy of the Ipanema street band.
  • 8. Sábado Saturday DESTAqUE CENTRAL ALTO: PAOLA DACAPA FantasIa: CAVEIRA DO CORDÃO DESTAqUE CENTRAL: LUCIANO FantasIa: DIABO DO CORDÃO SEMIDESTAqUE CENTRAL: LUANDA FantasIa: MORCEGO DO CORDÃO SEMIDESTAqUES FEMININOS: COLOMBINAS DO CORDÃO ComPosIÇÕEs: BANDA DO CORDÃO DA BOLA PRETA CeNTeR, TOp: PAOLA DACAPA COSTUme: SKULL OF REVELRY SeCOND hIGhLIGhT, FRONT: LUCIANO COSTUme: DEVIL OF THE REVELRY SemI CeNTeR STAGe: LUANDA COSTUme: BATS OF THE REVELRY LADIeS’ SemI-hIGhLIGhT: COLOMBINES OF THE REVERLY ARRANGemeNTS: MUSICIANS OF THE REVELRY “CORDÃO DO BOLA PRETA” 24ª ala: OS REPIQUES INFLAMAM 24th WING: CONTAGIOUS SOUND OF PERCUSSION 5º SETOR: LUMA VAI pASSAR! Repinicando, daqui pra lá e de lá pra cá... Os 5th SeCTION: LUmA IS ON heR WAY! repiques da nossa bateria inflamam a Avenida para 20ª ala: O APITO ETERNO DO MESTRE ECOA saudar a eterna Rainha Luma de Oliveira. 20th WING: THE ETERNAL WHISTLE OF THE With lots of rhythm from here to there and there MASTER ECHOES to here....the loud sounds of our drums ignite the O apito ecoa através dos sentimentos de carinho, Sambadrome to salute our etenal Luma de Oliveira. respeito e admiração que a Rainha Luma de Oliveira guarda em seu coração pelo inesquecível mestre 25ª ala: E OS SURDOS VIBRAM Ciça. | The whistle echoes through feelings of 25th WING: THE VIBRATION OF THE BASS DRUMS affection, respect and admiration that Queen Luma Ecoam os surdos de marcação. É muita emoção! Nos de Oliveira keeps in her heart for the unforgettable braços da folia é a Luma de Oliveira, a eterna Rainha master Ciça. de Bateria. | The sounds echo in the Sambadrome. A lot of emotion! in the arms of the revelers is Luma de 21ª ala: A CUíCA CHORA Oliveira, the eternal Queen of Percussion. 21st WING: THE CUíCA* CRIES *(brazilian percussion instrument resembling a small keg) 5º Carro: LUMA VAI PASSAR! Chegou a hora, bate forte o coração ao som da cuíca 5th FLOAT: MAKE WAy FOR LuMA TO PARAdE! que chora... | The time has come, the heart beats Esta é a grande homenagem do GRES Estácio de Sá strong at the sound of the cuíca crying.... para Luma de Oliveira. | This is the grand tribute by GRES Estacio de Sá to Luma de Oliveira. 22ª ala: OS GANZáS BALANÇAM homEnagEada: LUMA DE OLIVEIRA 22nd WING: THE RATTLE OF THE GANZÁS* TRIBUTe TO: LUMA DE OLIVEIRA (PROTAGONIST) *(brazilian percussion instrument resembling a rattlebox) No ritmo dos ganzás pra ver Luma passar! ComPosItorEs: RITMISTAS MEDALHAS DE OURO in rhythm with the ganzas to see Luma pass by! ARRANGemeNTS: PERCUSSIONISTS (THE GOLD MEDALS) 23ª ala: OS TAMBORINS BATEM 23rd WING: THE TAMBOURINES BEAT PErsonagEns: ETERNOS MESTRES DE BATERIA E “Petelecotecos da folia”... É a batida dos meus FAMíLIA DA HOMENAGEADA tamborins! | The fun of revelry… Petelecoteco is the OTheRS: THE ETERNAL MASTERS OF PERCUSSION beat of my tambourines. AND THEIR FAMILY HONORED