PREFEITURA MUNICIPAL DE JUCÁS GOVERNO DESCENTRALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ANO 2009 O ESFOR...
 
BASES PARA GERAR O PLANEJAMENTO GLOBAL:   LEITURA DA REALIDADE DO MUNICÍPIO, NOS SEUS ASPECTOS: SOCIAIS ,  POLÍTICOS E CUL...
COMPONENTE ADMINISTRATIVO: 1. NUCLEAÇÃO DAS ESCOLAS LOCALIZADAS NOS SEIS DISTRITOS DO MUNICÍPIO; 2. AMPLIAÇÃO DA REDE FÍSI...
3. LOTAÇÃO PLANEJADA, CRITERIOSA E PROCESSUAL, SEGUINDO O DECRETO MUNICIPAL, DE TODOS OS PROFESSORES E PESSOAL DE APOIO AO...
6. ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA EDUCACIONAL DO  MUNICÍPIO   TENDO EM VISTA A IMPORTÂNCIA DE SUPORTE ESTRUTURAL PARA ADESÃO AOS P...
9. LEVANTAMENTO DOS PROGRAMAS E PROJETOS JÁ IMPLEMENTADOS PELA GESTÃO ANTERIOR; 10. DEFINIÇÃO DE UM CONJUNTO DE AÇÕES PARA...
13. REFORMA E ORGANIZAÇÃO   DO AMBIENTE FÍSICO DA SEDE PROVISÓRIA DA SME PARA MELHOR ACOMODAÇÃO E REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS...
16. REUNIÕES PARA ENTENDIMENTO COM REPRESENTANTES DAS ASSOCIAÇÕES OBJETIVANDO CESSÃO DE ESPAÇOS PARA ATENDIMENTO A MATRÍCU...
COMPONENTE FINANCEIRO: 1. IMPLEMENTAÇÃO DA “AUTONOMIA FINANCEIRA DAS  ESCOLAS” COM A TRANSFERÊNCIA  DE RECURSOS DO FUNDEB;...
4. REUNIÕES COM O SETOR DE FINANÇAS DA SME, DA PREFEITURA E DAS ESCOLAS PARA MELHOR DESENVOLVIMENTO DOS  TRABALHOS FINANCE...
COMPONENTE PEDAGÓGICO: 1. DEFINIÇÃO DAS METAS PEDAGÓGICAS PARA  NORTEAR O  PLANO ANUAL DE TRABALHO DA SME; 2. ELABORAÇÃO E...
4. DEFINIÇÃO DAS FORMAS DE ACOMPANHAMENTO SISTEMÁTICO ÀS ESCOLAS; 5. ORGANIZAÇÃO DOS GRUPOS TÉCNICOS DA SME PARA REALIZAÇÃ...
8. REALIZAÇÃO DE SESSÕES DE ESTUDO COM A EQUIPE TÉCNICA, BUSCANDO FORTALECER O ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO; 9. ELABORAÇÃO DE...
12. SISTEMATIZAÇÃO DOS PLANEJAMENTOS PARA MELHOR PROVEITO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NAS ESCOLAS; 13. APOIO E ESTÍMULO AO INTE...
16. ESTUDO E REDEFINIÇÃO DA PROPOSTA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO INFANTIL; 17. ENCONTROS SISTEMÁTICOS COM OS PROFESSORES DA EDU...
20. ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE AÇÃO PARA ACOMPANHAMENTO ESPECÍFICO DA EDUCAÇÃO INFANTIL E BLOCOS DO ENSINO FUNDAMENTAL ASSI...
PROGRAMAS: 1. PROGRAMA NACIONAL DO TRANSPORTE ESCOLAR_PNATE ADESÃO AO PROGRAMA A CAMINHO DA ESCOLA.   PARA UMA BOA IMPLEME...
1. LEVANTAMENTO DAS ESCOLAS  QUE SERIAM INCLUIDAS NO SERVIÇO DO TRANSPORTE ESCOLAR; 2. LEVANTAMENTO RIGOROSO QUANTITATVO D...
4. ELABORAÇÃO DE INSTRUMENTAIS DE ACOMPANHAMENTO DO SERVIÇO, TAIS COMO: MAPAS E FICHAS DE REGISTROS COM FINS DE AVALIAÇÃO ...
7. DEFINIÇÃO DE UMA TÉCNICA PARA REALIZAÇÃO DO ACOMPANHAMENTO CONTÍNUO DO SERVIÇO DO TRANSPORTE ESCOLAR. 8. AQUISIÇÃO DE T...
13. CRIAÇÃO DO SERVIÇO DE MONITORIA DO TRANSPORTE ESCOLAR. 14. CONTRATAÇÃO DE MIONITORES PARA O ACOMPANHAMENTO DOS ALUNOS ...
2.PROGRAMA NACIONAL DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PNAE 1.ELABORAÇÃO DE UM CARDÁPIO PROVISÓRIO PARA O MÊS DE FEVEREIRO; 2.LEVANT...
1.ELABORAÇÃO DE FICHAS PARA CONTROLE, 2.ORGANIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DA ENTREGA DOS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS NAS ESCOLAS; 3.EL...
6.ELABORAÇAO DE FICHAS COM AS QUANTIDADES DE ALIMENTOS PERECÍVEIS PARA OS FORNECEDORES E ESCOLAS FAZEREM O   ACOMPANHAMENT...
PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA - PDE 1. ACOMPANHAMENTO DA ELABORAÇÃO DO PDE NAS SETE ESCOLAS CONTEMPLADAS POR ESSE PRO...
PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTICO_PNLD 1. REMANEJAMENTO E DISTRIBUIÇÃO DOS LIVROS DIDÁTICOS, EM TEMPO HÁBIL, PARA DAR CO...
PROGRAMA ESCOLA ATIVA PROGRAMA FEDERAL VOLTADO PARA AS CLASSES MULTISSERIADAS EM 2008, O MUNICÍPIO DE JUCÁS IMPLANTOU O PR...
1. A ORGANIZAÇÃO DO AMBIENTE DA SALA DE AULA, BUSCANDO ATENDER A DIVERSIDADE  DA TURMA E A NECESSIDADE DE ESTIMULAR A INIC...
PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 1. FORMAÇÃO DAS TURMAS E CADASTRAMENTO DOS ALFABETIZANDO;  2. DEFINIÇÃO DOS ALFABETIZADORES; ...
6. ORGANIZAÇÃO DE UM CALENDÁRIO LETIVO PARA O PERÍODO DE OITO MESES (fevereiro a outubro); 7. ELABORAÇÃO DE UM CRONOGRAMA ...
PROINFO – PROGRAMA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL ADESÃO EM 2008 – QUATRO URBANAS E DUAS RURAIS. O MUNICÍPIO ADERIU A ESSE PROG...
PROGRAMA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA_PAIC (PROGRAMA ESTADUAL QUE TEM COMO META PRINCIPAL GARANTIR A ALFABETIZAÇÃO DAS CRI...
AÇÕES BÁSICAS DESSE PROGRAMA: 1. REALIZAÇÃO DE DOIS ENCONTROS DE FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO 1º E 2º ANOS, JUNT...
3. ENCONTROS DE FORMAÇÃO CONTINUADA DOS TÉCNICOS DA SME QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELO ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA NO MUNICÍPO; ...
PROJETOS: BIBLIOTECA EM AÇÃO ESSE PROJETO NASCE COMO UMA RESPOSTA CONCRETA NO FORTALECIMENTO E ENRIQUECIMENTO DO EIXO FORM...
SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES: 1. ELABORAÇÃO DO PROJETO;  2. APRESENTAÇÃO DO PROJETO E PLANEJAMENTOCOM A AQUIPE TÉCNICA DA SME E...
JORNAL PRIMEIRAS LETRAS. ESSE PROJETO  REALIZA-SE ATRAVÉS DE UM CONVÊNIO FIRMADO COM A ONG COMUNICAÇÃO E CULTURA.  1. ORGA...
PROJETO ESPORTE E VIDA ESSE PROJETO REALIZA-SE NUMA INTEGRAÇÃO COM A EQUIPE DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA, DESTACANDO ...
GRUPOS DE SUPORTE E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO ADMINISTRATIVO, PEDAGÓGICO E FINANCEIRO À IMPLEMENTAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETO...
1- CONSELHOS ESCOLARES E PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO – PDE ; ANTONIA PAZ DE SENA ANTONIA DE SOUZA BEZERRA NOGUEIR...
5- PROJETO POLITICO PEDAGÓGICO ANTONIA PAZ DE SENA ANTONIA DE SOUZA BEZERRA NOGUEIRA 6- PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTIC...
8- PROGRAMA ESCOLA ATIVA MARIA DO SOCORRO OTTONI LUZANEIDE ALVES DE OLIVEIRA PAULA ANTONIA ALVES HOLANDA 9- EDUCACENSO, FR...
11- PROGRAMA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA – PAIC  MARIA GILCIVANDA DUARTE ALENCAR MARIA ILBERLÂNDIA LUNA FERNANDES ENEIDE ...
13- PROJETOS   a) GRÊMIOS ESTUDANTIS E JORNAL PRIMEIRAS LETRAS LUCINEIDE OLIVEIRA CAVALCANTE MARIA JOSÉ DA SILVA b) BIBLIO...
c) PROJETO ESPORTE E VIDA LUIZ GONZAGA LEITE SOBRINHO JOÃO GOMES FILHO d) PROJETOS RELACIONADOS AO MEIO   AMBIENTE MARIA J...
PROVIDÊNCIAS E/OU ATIVIDADES REALIZADAS PARA ASSEGURAR A IMPLANTAÇÃO DAS MUDANÇAS SIGNIFICATIVAS E O INÍCIO DO ANO LETIVO
1- PREPARAÇÃO DO ANO LETIVO – ATIVIDADES PEDAGÓGICAS REALIZAÇÃO DE OFICINAS, SOB A RESPONSABILIDADE DAS TÉCNICAS DA SME: L...
AS OFICINAS FORAM REALIZADAS NAS ESCOLAS:   MARIA DO CARMO DA CONCEIÇÃO ÁUREA LEAL RODRIGUES GUERRA NOSSA SENHORA DO DESTE...
2- ATENDIMENTO SISTEMÁTICO ÀS ESCOLAS NO PROCESSO DE NUCLEAÇÃO – A EQUIPE TÉCNICA DA SME TRABALHOU ATÉ 10 HORAS POR DIA NO...
4- CONSELHOS ESCOLARES : VISITAÇÃO A TODAS AS ESCOLAS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA FORMAÇÃO E POSSE DOS CONSELHOS ESCOLARES. APOI...
SÍNTESE : MEDIDAS DE IMPACTOS E SEUS EFEITOS.  1- DESCENTRALIZAÇÃO FINACEIRA DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL NA ÁREA DA EDUCAÇÃ...
3- IMPLANTAÇÃO DO TRANSPORTE ESCOLAR COBRINDO TODA ÁREA DO MUNICÍPIO: SÃO 24 ROTAS NO ATENDIMENTO TOTAL A DOIS MIL ESTUDAN...
5- CONSTRUÇÃO DE DUAS UNIDADES ESCOLARES NA ZONA RURAL, LOCALIDADES VENEZA E CONCEIÇÃO, DISTRITO MEL, GARANTINDO ESPAÇO FÍ...
8- AUMENTO SALARIAL DOS PROFESSORES A PARTIR DA ADOÇÃO DO PISO NACIONAL, BUSCANDO A VALORIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO.  9- ADOÇÃO ...
Equipe técnica da Secretaria de Educação: Nildes Alencar Lima- Secretária Municipal de Educação Aída Maria L. Gomes de Mel...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

RelatóRio Dos Cem Dias da SME de Jucás

3.434 visualizações

Publicada em

Secretaria do município de Jucás apresenta relatório de atividades dos cem primeiros dias à Câmara Municipal.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.434
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

RelatóRio Dos Cem Dias da SME de Jucás

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE JUCÁS GOVERNO DESCENTRALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ANO 2009 O ESFORÇO DO MUNICÍPIO DE JUCÁS PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO
  2. 3. BASES PARA GERAR O PLANEJAMENTO GLOBAL: LEITURA DA REALIDADE DO MUNICÍPIO, NOS SEUS ASPECTOS: SOCIAIS , POLÍTICOS E CULTURAIS; UM ENTENDIMENTO SOBRE AS RELAÇÕES DE PODER ENTRE OS ENTES FEDERADOS; UMA COMPREENSÃO DAS ASPIRAÇÕES GERAIS DA POPULAÇÃO. RELAÇÃO INDICATIVA DOS COMPONENTES DE SUPORTE ÀS AÇÕES BÁSICAS E ESPECÍFICAS DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO: ADMINISTRATIVO FINANCEIRO PEDAGÓGICO PROGRAMAS FEDERAIS E ESTADUAIS PROJETOS
  3. 4. COMPONENTE ADMINISTRATIVO: 1. NUCLEAÇÃO DAS ESCOLAS LOCALIZADAS NOS SEIS DISTRITOS DO MUNICÍPIO; 2. AMPLIAÇÃO DA REDE FÍSICA COM A CONSTRUÇÃO DE DUAS NOVAS UNIDADES ESCOLARES EM VENEZA E CONCEIÇÃO – DISTRITO MEL;
  4. 5. 3. LOTAÇÃO PLANEJADA, CRITERIOSA E PROCESSUAL, SEGUINDO O DECRETO MUNICIPAL, DE TODOS OS PROFESSORES E PESSOAL DE APOIO AO TRABALHO NAS ESCOLAS; 4. REALIZAÇÃO DE UM TRABALHO CONJUNTO COM O SETOR PESSOAL NA LOTAÇÃO E ENCAMINHAMENTOS DE SITUAÇÕES DE FUNCIONÁRIOS; 5. AMPLIAÇÃO DO NÚCLEO GESTOR DAS ESCOLAS,FICANDO ASSIM COMPOSTO POR UM(A) DIRETOR(A) ADMINISTRATIVO(A), UM(A) DIRETOR(A) FINANCEIRO(A), UM(A) DIERETOR(A) PEDAGÓGICO(A) E UM(A) SECRETÁRIO(A) ESCOLAR.
  5. 6. 6. ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA EDUCACIONAL DO MUNICÍPIO TENDO EM VISTA A IMPORTÂNCIA DE SUPORTE ESTRUTURAL PARA ADESÃO AOS PLANOS, PROGRAMAS E PROJETOS ORIUNDOS DOS NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL REGIONAL E LOCAL; 7. DEFINIÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE UMA ESTRUTURA FUNCIONAL DA SME; REORGANIZAÇÃO DO QUADRO DE RECURSOS HUMANOS DA SME; 8. IMPLEMENTAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DA SME EM DOIS TURNOS PARA MELHOR ATENDER À COMUNIDADE;
  6. 7. 9. LEVANTAMENTO DOS PROGRAMAS E PROJETOS JÁ IMPLEMENTADOS PELA GESTÃO ANTERIOR; 10. DEFINIÇÃO DE UM CONJUNTO DE AÇÕES PARA FORTALECER E AMPLIAR A MATRÍCULA DE ALUNOS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS; 11. PLANEJAMENTO CUIDADOSO DAS ROTAS DO TRANSPORTE ESCOLAR PARA ATENDIMENTO TOTAL AOS ALUNOS DAS ESCOLAS NUCLEADAS; 12. IMPLEMENTAÇÃO DE UM PLANO DE TRABALHO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CONSELHOS ESCOLARES, DESDE A RENOVAÇÃO, CRIAÇÃO, POSSE E OFICINAS DE PREPARAÇÃO PARA QUE ATUEM DE MODO EFETIVO.
  7. 8. 13. REFORMA E ORGANIZAÇÃO DO AMBIENTE FÍSICO DA SEDE PROVISÓRIA DA SME PARA MELHOR ACOMODAÇÃO E REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS; (em andamento) 14. ATENDIMENTO INDIVIDUAL, DE FORMA ESTUDADA E PROCESSUAL, AOS FUNCIONÁRIOS QUE APÓS A LOTAÇÃO APRESENTARAM-SE COM PENDÊNCIAS, FAZENDO OS ENCAMINHAMENTOS NECESSÁRIOS DE ACORDO COM A SITUAÇÃO (Foram realizados 137 atendimentos pela Secretária da SME.) 15. APOIO TÉCNICO À REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS EXIGIDOS PELOS PROGRAMAS EDUCACENSO, BOLSA FAMÍLIA E BOLSA ESCOLA;
  8. 9. 16. REUNIÕES PARA ENTENDIMENTO COM REPRESENTANTES DAS ASSOCIAÇÕES OBJETIVANDO CESSÃO DE ESPAÇOS PARA ATENDIMENTO A MATRÍCULA MUNICIPAL.
  9. 10. COMPONENTE FINANCEIRO: 1. IMPLEMENTAÇÃO DA “AUTONOMIA FINANCEIRA DAS ESCOLAS” COM A TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO FUNDEB; 2. ACOMPANHAMENTO SISTEMÁTICO ÀS ESCOLAS PARA DAR ASSESSORIA E SUPORTE AO GERENCIAMENTO NO USO DOS RECURSOS FINANCEIROS; 3. CONCESSÃO DE MELHORIA SALARIAL PARA TODOS OS PROFESSORES, A PARTIR DA ADOÇÃO DO PISO NACIONAL;
  10. 11. 4. REUNIÕES COM O SETOR DE FINANÇAS DA SME, DA PREFEITURA E DAS ESCOLAS PARA MELHOR DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS FINANCEIROS. 5. ANÁLISE E PROJEÇÃO DOS CUSTOS FINANCEIROS DISPONIBILIZADOS PARA GARANTIR O ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO. 6. IMPLEMENTAÇÃO DOS CONSELHOS ESCOLARES PARA PLANEJAMENTO, FISCALIZAÇÃO E APROVAÇÃO DA APLICAÇÃO DOS RECURSOS FINANCEIROS.
  11. 12. COMPONENTE PEDAGÓGICO: 1. DEFINIÇÃO DAS METAS PEDAGÓGICAS PARA NORTEAR O PLANO ANUAL DE TRABALHO DA SME; 2. ELABORAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM CALENDÁRIO LETIVO QUE ATENDA O CUMPRIMENTO DOS MÍNIMOS 200 DIAS LETIVOS DO ALUNO EXIGIDOS POR LEI; 3. ENCONTRO TÉCNICO-PEDAGÓGICO COM O NÚCLEO GESTOR DAS ESCOLAS E TODA EQUIPE TÉCNICA DA SME PARA PREPARAÇÃO DOS ESTUDOS E PLANEJAMENTO QUE ANTECEDEM O INÍCIO DO ANO LETIVO;
  12. 13. 4. DEFINIÇÃO DAS FORMAS DE ACOMPANHAMENTO SISTEMÁTICO ÀS ESCOLAS; 5. ORGANIZAÇÃO DOS GRUPOS TÉCNICOS DA SME PARA REALIZAÇÃO DA ASSESSORIA E ACOMPANHAMENTO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DAS ESCOLAS; 6. ELABORAÇÃO DO INSTRUMENTO TEÓRICO PARA FUNDAMENTAÇÃO DA PRINCIPAL AÇÃO DE ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO DEFINIDA COMO: CONTEXTUALIZANDO A ESCOLA; 7. ELABORAÇÃO DE INSTRUMENTOS PARA REGISTRO DE INFORMAÇÕES DAS ESCOLAS;
  13. 14. 8. REALIZAÇÃO DE SESSÕES DE ESTUDO COM A EQUIPE TÉCNICA, BUSCANDO FORTALECER O ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO; 9. ELABORAÇÃO DE UM CRONOGRAMA PARA DAR INÍCIO À AÇÃO: CONTEXTUALIZANDO A ESCOLA; 10. ATUAÇÃO SISTEMÁTICA E COMPETENTE DA EQUIPE TÉCNICA NOS SETORES ADMINISTRATIVO, FINANCEIRO E PEDAGÓGICO PARA MELHORIAS NA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO; 11. REUNIÕES SISTEMÁTICAS COM O NÚCLEO GESTOR DAS ESCOLAS, BUSCANDO ALICERSAR BEM AS BASES DA DESCENTRALIZAÇÃO E RESPONSABILIDADE COLETIVA NO FAZER DA AÇÃO EDUCATIVA DA ESCOLA;
  14. 15. 12. SISTEMATIZAÇÃO DOS PLANEJAMENTOS PARA MELHOR PROVEITO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NAS ESCOLAS; 13. APOIO E ESTÍMULO AO INTERCÂMBIO E MÚTUA AJUDA ENTRE AS UNIDADES ESCOLARES; 14. INCLUSÃO DA EQUIPE DAS PROFISSIONAIS DA BIBLIOTECA PÚBLICA NO PLANEJAMENTO GLOBAL DA SME, COMO FORMA DE TORNAR AQUELE EQUIPAMENTO CULTURAL PARTE INTEGRANTE DAS ESCOLAS; 15. REUNIÕES ESPECÍFICAS DE PLANEJAMENTO E PREPARAÇÃO DO GRUPO DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE, (professores e coordenadores) BUSCANDO O MÁXIMO DE APROVEITAMENTO DA QUADRA POLIESPORTIVA DO MUNICÍPIO;
  15. 16. 16. ESTUDO E REDEFINIÇÃO DA PROPOSTA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO INFANTIL; 17. ENCONTROS SISTEMÁTICOS COM OS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL PARA FORMAÇÃO CONTINUADA E PLANEJAMENTO DAS AÇÕES DIÁRIAS; 18. REVISÃO DO PAR_PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS INSTRUMENTO ESTRATÉGICO DE RELACIONAMENTO COM O MEC/FNDE; 19. PREPARAÇÃO PEDAGÓGICA DAS ESCOLAS PARA REALIZAÇÃO DO DIAGNÓSTICO INICIAL DO NÍVEL DE LEITURA E ESCRITA DE TODOS OS ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL.
  16. 17. 20. ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE AÇÃO PARA ACOMPANHAMENTO ESPECÍFICO DA EDUCAÇÃO INFANTIL E BLOCOS DO ENSINO FUNDAMENTAL ASSIM ORGANIZADOS: 1°, 2° E 3° ANOS; 4°,5° E 6° ANOS; 7°, 8° E 9° ANOS; EJA,BRASIL ALFABETIZADO E BIBLIOTECA. 21. ELABORAÇÃO DA VERSÃO PRELIMINAR DO, PLANO ESTRATÉGICO DA EJA. 22. ESTÍMULO E APOIO AO APRENDIZADO DE AÇÕES DEMOCRÁTICAS NA COMUNIDADE ESCOLAR, ATRAVÉS DA RENOVAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DOS GRÊMIOS ESTUDANTIS, NAS 16 ESCOLAS DO MUNICÍPIO.
  17. 18. PROGRAMAS: 1. PROGRAMA NACIONAL DO TRANSPORTE ESCOLAR_PNATE ADESÃO AO PROGRAMA A CAMINHO DA ESCOLA. PARA UMA BOA IMPLEMENTAÇÃO DESSE PROGRAMA A SME ADOTOU AS SEGUINTES PROVIDÊNCIAS:
  18. 19. 1. LEVANTAMENTO DAS ESCOLAS QUE SERIAM INCLUIDAS NO SERVIÇO DO TRANSPORTE ESCOLAR; 2. LEVANTAMENTO RIGOROSO QUANTITATVO DOS ALUNOS, EM CADA ROTA,QUE FARIAM USO DO TRANSPORTE ESCOLAR; 3. REUNIÃO PREPARATÓRIA PARA A REALIZAÇÃO DO SERVIÇO COM A PARTICIPAÇÃO DO PREFEITO, SECRETÁRIA DA SME, MOTORISTAS, MONITORES DO TRANSPORTE, DIRETORES ESCOLARES E TÉCNICOS DA SME.
  19. 20. 4. ELABORAÇÃO DE INSTRUMENTAIS DE ACOMPANHAMENTO DO SERVIÇO, TAIS COMO: MAPAS E FICHAS DE REGISTROS COM FINS DE AVALIAÇÃO PARA AS CORREÇÕES NECESSÁRIAS; 5. REUNIÃO PREPARATÓRIA E DE APOIO TOTAL AO TÉCNICO DO MEC PARA REALIZAÇÃO DA PESQUISA SOBRE O TRANSPORTE ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE JUCÁS; 6. CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTES PARA DAR COBERTURA TOTAL Á DEMANDA DO TRANSPORTE ESCOLAR.
  20. 21. 7. DEFINIÇÃO DE UMA TÉCNICA PARA REALIZAÇÃO DO ACOMPANHAMENTO CONTÍNUO DO SERVIÇO DO TRANSPORTE ESCOLAR. 8. AQUISIÇÃO DE TRÊS ONIBUS PARA DAR CONDIÇÃO DE REALIZAÇÃO DO TRANSPORTE ESCOLAR. 9. RECUPERAÇÃO E MANUNTENÇÃO DAS ESTRADAS, VIAS DE ACESSO ÀS ESCOLAS PÚBLICAS DE TODA A REDE. 11. MANUNTENÇÃO E CONSERTOS DOS ÔNIBUS PARA GARANTIR A REALIZAÇÃO DO SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR.
  21. 22. 13. CRIAÇÃO DO SERVIÇO DE MONITORIA DO TRANSPORTE ESCOLAR. 14. CONTRATAÇÃO DE MIONITORES PARA O ACOMPANHAMENTO DOS ALUNOS TRANSPORTADOS.
  22. 23. 2.PROGRAMA NACIONAL DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PNAE 1.ELABORAÇÃO DE UM CARDÁPIO PROVISÓRIO PARA O MÊS DE FEVEREIRO; 2.LEVANTAMENTO DO QUANTITATIVO DE CADA COMPONENTE DO CARDÁPIO; 3.REUNIÃO COM OS FORNECEDORES; 4.ENTREGA DOS ALIMENTOS NAS UNIDADES ESCOLARES, JUNTAMENTE COM OS FORNECEDORES;
  23. 24. 1.ELABORAÇÃO DE FICHAS PARA CONTROLE, 2.ORGANIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DA ENTREGA DOS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS NAS ESCOLAS; 3.ELABORAÇÃO DE UM NOVO CARDÁPIO; 4.LEVANTAMENTO DOS QUANTITATIVOS DOS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA EFETIVAR A COMPRA DO MÊS DE MARÇO; 5.LEVANTAMENTO ANUAL COM AS QUANTIDADES PARA FINS DA LICITAÇÃO;
  24. 25. 6.ELABORAÇAO DE FICHAS COM AS QUANTIDADES DE ALIMENTOS PERECÍVEIS PARA OS FORNECEDORES E ESCOLAS FAZEREM O ACOMPANHAMENTO DEVIDO; 7.REUNIÃO COM OS FORNECEDORES PARA ORIENTÁ-LOS COM RELAÇÃO À ENTREGA E O PREENCHIMENTO DAS FICHAS; 8.DEFINIÇÃO DE UMA POLÍTICA DE RELAÇÕES EDUCATIVAS E ECONÔMICAS NA REGIÃO, ESTABELECENDO CRITÉRIOS PARA INCLUIR OS PRODUTORES LOCAIS NAS VENDAS DOS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS CONSTANTES NO CARDÁPIO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR.
  25. 26. PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA - PDE 1. ACOMPANHAMENTO DA ELABORAÇÃO DO PDE NAS SETE ESCOLAS CONTEMPLADAS POR ESSE PROGRAMA. 2. ASSISTÊNCIA TÉCNICA.
  26. 27. PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTICO_PNLD 1. REMANEJAMENTO E DISTRIBUIÇÃO DOS LIVROS DIDÁTICOS, EM TEMPO HÁBIL, PARA DAR CONDIÇÃO DE TRABALHO AOS PROFESSORES E ALUNOS; 2. REGISTRO DE DADOS DE MATRÍCULAS E QUANTITATIVOS DE LIVROS DEVOLVIDOS NO SISCORT (sistema de controle e reserva técnica).
  27. 28. PROGRAMA ESCOLA ATIVA PROGRAMA FEDERAL VOLTADO PARA AS CLASSES MULTISSERIADAS EM 2008, O MUNICÍPIO DE JUCÁS IMPLANTOU O PROGRAMA EM CINCO TURMAS. ESTE ANO A METODOLOGIA DO PROGRAMA ESCOLA ATIVA ESTÁ PRESENTE EM TODAS AS ESCOLAS DOS DISTRITOS QUE TÊM TURMAS MULTISSERIADAS. SÃO AÇÕES BÁSICAS DESSE PROGRAMA:
  28. 29. 1. A ORGANIZAÇÃO DO AMBIENTE DA SALA DE AULA, BUSCANDO ATENDER A DIVERSIDADE DA TURMA E A NECESSIDADE DE ESTIMULAR A INICIATIVA E A AUTONOMIA DOS ALUNOS; 2.A FORMAÇÃO ESPECÍFICA DOS PROFESSORES NA METODOLOGIA DO TRABABALHO PEDAGÓGICO; 3.A DISTRIBUIÇÃO E USO DOS LIVROS DIDÁTICOS PRÓPRIOS DO PROGRAMA; 4.ACOMPANHAMENTO SISTEMÁTICO ÀS TURMAS MULTISSERIADAS COM FINS DE APOIO.
  29. 30. PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 1. FORMAÇÃO DAS TURMAS E CADASTRAMENTO DOS ALFABETIZANDO; 2. DEFINIÇÃO DOS ALFABETIZADORES; 3. DEFINIÇÃO DOS FORMADORES DOS ALFABETIZADORES; 4. SELEÇÃO, ORGANIZAÇÃO E PREPARAÇÃO DOS MATERIAIS PARA A FORMAÇÃO INICIAL; 5. FORMAÇÃO INICIAL DOS ALFABETIZADORES;
  30. 31. 6. ORGANIZAÇÃO DE UM CALENDÁRIO LETIVO PARA O PERÍODO DE OITO MESES (fevereiro a outubro); 7. ELABORAÇÃO DE UM CRONOGRAMA DE VISITAS ÀS ESCOLAS PARA ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO E ADMINISTRATIVO, VISANDO O MÁXIMO DE APROVEITAMENTO DO PROGRAMA.
  31. 32. PROINFO – PROGRAMA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL ADESÃO EM 2008 – QUATRO URBANAS E DUAS RURAIS. O MUNICÍPIO ADERIU A ESSE PROGRAMA EM 2008 E INCLUINDO 04 ESCOLAS URBANAS E 02 RURAIS. EM 2009 E 2010 O MUNICÍPIO FARÁ ADESÃO AMPLIANDO PARA COBERTURA TOTAL NA REDE ( 16 ESCOLAS ).
  32. 33. PROGRAMA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA_PAIC (PROGRAMA ESTADUAL QUE TEM COMO META PRINCIPAL GARANTIR A ALFABETIZAÇÃO DAS CRIANÇAS ATÉ OS OITO ANOS DE IDADE.) ESSE PROGRAMA ABRANGE QUATRO EIXOS: ALFABETIZAÇÃO, AVALIAÇÃO, FORMAÇÃO DO LEITOR E EDUCAÇÃO INFANTIL.
  33. 34. AÇÕES BÁSICAS DESSE PROGRAMA: 1. REALIZAÇÃO DE DOIS ENCONTROS DE FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO 1º E 2º ANOS, JUNTAMENTE COM OS DIRETORES DAS ESCOLAS PÚBLICAS E TÉCNICAS DA SME. 2. DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA PROFESSORES E ALUNOS DAS TURMAS DE 2° ANO;
  34. 35. 3. ENCONTROS DE FORMAÇÃO CONTINUADA DOS TÉCNICOS DA SME QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELO ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA NO MUNICÍPO; 4. ACOMPANHAMENTO CONTÍNUO E SISTEMÁTICO DO APRENDIZADO DOS ALUNOS, ATRAVÉS DE AVALIAÇÕES PREVIAMENTE PROGRAMADAS; 5. IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES DE ACESSO, SENSIBILIZAÇÃO E DESCOBERTA DO GOSTO E INTERESSE PELA LEITURA, BUSCANDO A FORMAÇÃO DE LEITORES, A PARTIR DOS PROFESSORES.
  35. 36. PROJETOS: BIBLIOTECA EM AÇÃO ESSE PROJETO NASCE COMO UMA RESPOSTA CONCRETA NO FORTALECIMENTO E ENRIQUECIMENTO DO EIXO FORMAÇÃO DO LEITOR – DO PAIC
  36. 37. SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES: 1. ELABORAÇÃO DO PROJETO; 2. APRESENTAÇÃO DO PROJETO E PLANEJAMENTOCOM A AQUIPE TÉCNICA DA SME E DIRETORES PEDAGÓGICOS DA SEDE URBANA, BUSCANDO A INTEGRAÇÃO DOS OBJETIVOS DO PROJETO À VIDA COTIDIANA DAS ESCOLAS; 3. REALIZAÇÃO DO 1º ENCONTRO COM AS “BIBLIOTECÁRIAS” DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DA SEDE URBANA, PARA IMPLANTAÇÃO DA EXPERIÊNCIA PILOTO.
  37. 38. JORNAL PRIMEIRAS LETRAS. ESSE PROJETO REALIZA-SE ATRAVÉS DE UM CONVÊNIO FIRMADO COM A ONG COMUNICAÇÃO E CULTURA. 1. ORGANIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DOS MEIOS NECESSÁRIOS PARA POSSIBILITAR A PARTICIPAÇÃO DE DOIS TÉCNICOS DA SME E DE TODOS OS DIRETORES PEDAGÓGICOS DAS UNIDADES ESCOLARES NO SEMINÁRIO: OJORNAL ESCOLAR NA ERA DAS COMUNICAÇÕES, NO DIA 27/02, EM FORTALEZA;
  38. 39. PROJETO ESPORTE E VIDA ESSE PROJETO REALIZA-SE NUMA INTEGRAÇÃO COM A EQUIPE DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA, DESTACANDO O ESPORTE COMO UM MEIO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E CULTURAL.
  39. 40. GRUPOS DE SUPORTE E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO ADMINISTRATIVO, PEDAGÓGICO E FINANCEIRO À IMPLEMENTAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS NAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO.
  40. 41. 1- CONSELHOS ESCOLARES E PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO – PDE ; ANTONIA PAZ DE SENA ANTONIA DE SOUZA BEZERRA NOGUEIRA 2- PROGRAMA DE AÇÕES ARTICULADAS – PAR; LUCINEIDE OLIVEIR CAVALCANTE AÍDA MARIA GOMES LUNA DE MELO ANTONIA PAZ DE SENA 3- PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR – PNAE MARIA DO SOCORRO OTTONI 4- PROGRAMA NACIONAL DE TRANSPORTE ESCOLAR MARLEÍZA FLORENTINO GONÇALVES GOMES
  41. 42. 5- PROJETO POLITICO PEDAGÓGICO ANTONIA PAZ DE SENA ANTONIA DE SOUZA BEZERRA NOGUEIRA 6- PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTICO E SISCORT; MARIA DA COSTA GOMES MARIA HELOÍSA MARTINS DE SOUZA 7- EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, BRASIL ALFABETIZADO E SUPLETIVO MARIA HELOÍSA MARTINS DE SOUZA ANTONIA LOPES DOS SANTOS MARIA ILBERLÂNDIA LUNA FERNANDES SÔNIA MARIA LEITE GOMES AÍDA MARIA GOMES LUNA DE MELO ANTONIA VICENTE ANDRADE
  42. 43. 8- PROGRAMA ESCOLA ATIVA MARIA DO SOCORRO OTTONI LUZANEIDE ALVES DE OLIVEIRA PAULA ANTONIA ALVES HOLANDA 9- EDUCACENSO, FREQUÊNCIA ESCOLAR E BOLSA FAMÍLIA FRANCISCA FRANCINEIDE ALVES FERNANDES NEIVA CASTILHO DE OLIVEIRA 10- LEGISLAÇÃO ESCOLAR ANTONIA DE SOUZA BEZERRA NOGUEIRA ANTONIA PAZ DE SENA
  43. 44. 11- PROGRAMA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA – PAIC MARIA GILCIVANDA DUARTE ALENCAR MARIA ILBERLÂNDIA LUNA FERNANDES ENEIDE FERNANDES LEDO 12- PROINFO – PROGRAMA NACIONAL DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO AÍDA MARIA GOMES LUNA DE MELO MARIA HELOÍSA MARTINS DE SOUZA
  44. 45. 13- PROJETOS a) GRÊMIOS ESTUDANTIS E JORNAL PRIMEIRAS LETRAS LUCINEIDE OLIVEIRA CAVALCANTE MARIA JOSÉ DA SILVA b) BIBLIOTECA EM AÇÃO ENEIDE FERNANDES LEDO MARIA DA COSTA GOMES LUCINEIDE OLIVEIRA CAVALCANTE
  45. 46. c) PROJETO ESPORTE E VIDA LUIZ GONZAGA LEITE SOBRINHO JOÃO GOMES FILHO d) PROJETOS RELACIONADOS AO MEIO AMBIENTE MARIA JOSÉ DA SILVA
  46. 47. PROVIDÊNCIAS E/OU ATIVIDADES REALIZADAS PARA ASSEGURAR A IMPLANTAÇÃO DAS MUDANÇAS SIGNIFICATIVAS E O INÍCIO DO ANO LETIVO
  47. 48. 1- PREPARAÇÃO DO ANO LETIVO – ATIVIDADES PEDAGÓGICAS REALIZAÇÃO DE OFICINAS, SOB A RESPONSABILIDADE DAS TÉCNICAS DA SME: LUCINEIDE, GILCIVANDA, ILBERLÂNDIA, ENEIDE E ANTONIA PAZ ABORDANDO OS SEGUINTES TEMAS: LEITURA, PRODUÇÃO TEXTUAL, GÊNEROS TEXTUAIS E PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO.
  48. 49. AS OFICINAS FORAM REALIZADAS NAS ESCOLAS: MARIA DO CARMO DA CONCEIÇÃO ÁUREA LEAL RODRIGUES GUERRA NOSSA SENHORA DO DESTERR DOM PEDRO I DOM JOSÉ MAURO JOSÉ DE GÓIS MENDONÇA FRANCISCA ANDRÉ DE SOUZA CORONEL LUIZ DUARTE CENTRO EDUCACIONAL JUCAENSE ANTONIETA CALS CELY CORREIA
  49. 50. 2- ATENDIMENTO SISTEMÁTICO ÀS ESCOLAS NO PROCESSO DE NUCLEAÇÃO – A EQUIPE TÉCNICA DA SME TRABALHOU ATÉ 10 HORAS POR DIA NO PERÍODO DE JANEIRO E FEVEREIRO, PARA ORGANIZAÇÃO DAS ESCOLAS, TRANSFERÊNCIA DE MATERIAL DE CONSUMO, PERMANENTES, DIDÁTICOS... – INTEGRADOS COM O SETOR DE ALMOXARIFADO DA PREFEITURA. 3- REALIZAÇÃO DE 5 REUNIÕES COM O NÚCLEO GESTOR DAS ESCOLAS PARA FINS DE PREPARAÇAO DO ANO LETIVO.
  50. 51. 4- CONSELHOS ESCOLARES : VISITAÇÃO A TODAS AS ESCOLAS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA FORMAÇÃO E POSSE DOS CONSELHOS ESCOLARES. APOIO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DO REGIMENTO DO CONSELHO ESCOLAR EM CADA UNIDADE. REALIZAÇÃO DE OFICINAS DA PRIMEIRA ETAPA DE FORMAÇÃO DOS CONSELHEIROS
  51. 52. SÍNTESE : MEDIDAS DE IMPACTOS E SEUS EFEITOS. 1- DESCENTRALIZAÇÃO FINACEIRA DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL NA ÁREA DA EDUCAÇÃO. REPASSE DE RECURSOS DO FUNDEB PARA AS ESCOLAS E PARA A SME, CRIANDO CONDIÇÕES PARA UM PLANEJAMENTO REAL E EFETIVO NA APLICAÇÃO DOS RECURSOS NA EDUCAÇÃO. 2- NUCLEAÇÃO DE 30 ESCOLAS NOS 06 DISTRITOS DO MUNICÍPIO, POSSIBILITANDO A OTIMIZAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS E FINANCEIROS, PERMITINDO MELHOR ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO E ACESSO DOS ALUNOS A UMA ESCOLA MELHOR EQUIPADA.
  52. 53. 3- IMPLANTAÇÃO DO TRANSPORTE ESCOLAR COBRINDO TODA ÁREA DO MUNICÍPIO: SÃO 24 ROTAS NO ATENDIMENTO TOTAL A DOIS MIL ESTUDANTES, GARANTINDO ASSIM O ACESSO DOS ALUNOS À ESCOLA. 4- INCLUSÃO DOS PRODUTORES LOCAIS NA VENDA DE SEUS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA O CARDÁPIO DA ALIMENTAÇAO ESCOLAR, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DO COMÉRCIO LOCAL E GERAÇÃO DE RENDA NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO.
  53. 54. 5- CONSTRUÇÃO DE DUAS UNIDADES ESCOLARES NA ZONA RURAL, LOCALIDADES VENEZA E CONCEIÇÃO, DISTRITO MEL, GARANTINDO ESPAÇO FÍSICO ADEQUADO, ATENDENDO INICIALMENTE A 300 ALUNOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E O ENSINO FUNDAMENTAL. 6- AMPLIAÇÃO DO NÚCLEO GESTOR DAS ESCOLAS COM A PRESENÇA DO DIRETOR FINANCEIRO RESULTANDO EM UM TRABALHO DE RESPONSABILIDADE COMPARTILHADA E CRESCIMENTO COLETIVO DO GRUPO. 7- FORTALECIMENTO DA FUNÇÃO DO CONSELHO ESCOLAR NO ACOMPANHAMENTO DA APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO FUNDEB, PDDE E DO PDE, RESULTANDO NA TRANSPARÊNCIA DAS INFORMAÇÕES.
  54. 55. 8- AUMENTO SALARIAL DOS PROFESSORES A PARTIR DA ADOÇÃO DO PISO NACIONAL, BUSCANDO A VALORIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO. 9- ADOÇÃO DE MEDIDAS E CRITÉRIOS ADMINISTRATIVOS PARA LOTAÇÃO DE PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS NAS UNIDADES ESCOLARES, RESULTANDO NA REDUÇÃO DE GASTOS NA FOLHA DE PAGAMENTO DE PESSOAL, POSSIBILITANDO UM SUPERÁVIT PARA INVESTIMENTOS NA MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE ENSINO.
  55. 56. Equipe técnica da Secretaria de Educação: Nildes Alencar Lima- Secretária Municipal de Educação Aída Maria L. Gomes de Melo – Assessora técnica pedagógica Margarida Maria Mendes Leite - Assessora técnica pedagógica Vera Cecília Solheiro Santos - Assessora técnica pedagógica Maria Liduína Correia Leite - Assessora técnica pedagógica Antonia Alves Holanda – Diretora Administrativa João Gomes Filho – Diretor Pedagógico do Ensino Básico Eneide Fernandes Ledo – Técnica Pedagógica Maria da Costa Gomes - Técnica Pedagógica Maria Gilcivanda Duarte Alencar - Técnica Pedagógica Maria Ilberlândia Luna Fernandes - Técnica Pedagógica Maria José da Silva - Técnica Pedagógica Antonia Lopes dos Santos - Técnica Pedagógica Luzaneide de Oliveira Paula - Técnica Pedagógica Marleíza Florentino G. Gomes – (S.Transp. Escolar e C. de Material)Téc.Pedagógica Antonia Paz de Sena - Técnica Pedagógica Antonia de Souza B. Nogueira - Técnica Pedagógica Lucineide de Oliveira Cavalcante - Técnica Pedagógica Maria Heloísa Martins - Técnica Pedagógica Maria do Socorro Ottoni da Silva – (Setor de Alimentação Escolar) Téc.Pedagógica Luiz Gonzaga Leite Sobrinho – Coordenador Técnico de Ed.Física.

×