SlideShare uma empresa Scribd logo

Rosto Humano

R
ricreis

Um conjunto de indicações úteis para o estudo do rosto.

1 de 16
Baixar para ler offline
O   ROSTO   HUMANO ©RReisilva2mil3
Para desenhar o rosto humano: ,[object Object],[object Object]
A forma básica da cabeça é uma oval (ovo) Eixo de simetria horizontal Eixo de simetria vertical
Os elementos do rosto ,[object Object],[object Object],[object Object]
Os olhos situam-se no eixo de simetria horizontal A distância entre os olhos é igual a outro olho As orelhas iniciam-se ao nível dos olhos e acabam na ponta do nariz
1 3 2 O nariz pode ser representado por 2 triângulos e é do tamanho do espaço entre os olhos Se dividirmos a metade inferior do rosto em 3 partes iguais temos: Nariz  Orelhas Boca Queixo

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

EVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaEVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaAgostinho NSilva
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Rita Godinho
 
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano   estudo dos arcosFicha de trabalho 7º ano   estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcosruiseixas
 
módulo e padrão
módulo e padrãomódulo e padrão
módulo e padrãopampocas
 
Expressão e composição da forma
Expressão e composição da formaExpressão e composição da forma
Expressão e composição da formaFernando Mendes
 
Perspectiva (2010.ii)
Perspectiva   (2010.ii)Perspectiva   (2010.ii)
Perspectiva (2010.ii)Tuane Paixão
 
Materiais riscadores
Materiais riscadoresMateriais riscadores
Materiais riscadoresAna Barbedo
 
Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Artes Real
 
Sistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção AxonométricaSistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção AxonométricaArtes Real
 
Desenho de figura humana.pdf
Desenho de figura humana.pdfDesenho de figura humana.pdf
Desenho de figura humana.pdfSónia Gonçalves
 
1ª aula visão - DESENHO A 10ºANO
1ª aula visão - DESENHO A 10ºANO1ª aula visão - DESENHO A 10ºANO
1ª aula visão - DESENHO A 10ºANOClaudiaSacres
 
Módulo / Padrao - Assimetria
Módulo / Padrao - AssimetriaMódulo / Padrao - Assimetria
Módulo / Padrao - Assimetriarufalmeida
 

Mais procurados (20)

EVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaEVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da Forma
 
Rosto Humano
Rosto HumanoRosto Humano
Rosto Humano
 
A LINHA
A LINHAA LINHA
A LINHA
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
 
LETTERING - TIPOGRAFIA
LETTERING - TIPOGRAFIALETTERING - TIPOGRAFIA
LETTERING - TIPOGRAFIA
 
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano   estudo dos arcosFicha de trabalho 7º ano   estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
 
módulo e padrão
módulo e padrãomódulo e padrão
módulo e padrão
 
Cânone do rosto
Cânone do rostoCânone do rosto
Cânone do rosto
 
Visão e Percepção
Visão e PercepçãoVisão e Percepção
Visão e Percepção
 
Expressão e composição da forma
Expressão e composição da formaExpressão e composição da forma
Expressão e composição da forma
 
Metrologia
MetrologiaMetrologia
Metrologia
 
Perspectiva (2010.ii)
Perspectiva   (2010.ii)Perspectiva   (2010.ii)
Perspectiva (2010.ii)
 
Materiais riscadores
Materiais riscadoresMateriais riscadores
Materiais riscadores
 
Estudo do rosto humano
Estudo do rosto humanoEstudo do rosto humano
Estudo do rosto humano
 
Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula
 
Sistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção AxonométricaSistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção Axonométrica
 
O Desenho do Rosto EV
O Desenho do Rosto EVO Desenho do Rosto EV
O Desenho do Rosto EV
 
Desenho de figura humana.pdf
Desenho de figura humana.pdfDesenho de figura humana.pdf
Desenho de figura humana.pdf
 
1ª aula visão - DESENHO A 10ºANO
1ª aula visão - DESENHO A 10ºANO1ª aula visão - DESENHO A 10ºANO
1ª aula visão - DESENHO A 10ºANO
 
Módulo / Padrao - Assimetria
Módulo / Padrao - AssimetriaMódulo / Padrao - Assimetria
Módulo / Padrao - Assimetria
 

Destaque

Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e LábiosFisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e LábiosMichele Pó
 
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês SimõesFisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês SimõesMichele Pó
 
Visagismo E Maquiagem
Visagismo E MaquiagemVisagismo E Maquiagem
Visagismo E Maquiagemkarolstahr
 
Estruturar o desenho do rosto - Prof. Carina Lopes
Estruturar o desenho do rosto - Prof. Carina LopesEstruturar o desenho do rosto - Prof. Carina Lopes
Estruturar o desenho do rosto - Prof. Carina LopesCarina Lopes
 
Espirais - Espiral Tricêntrica
Espirais - Espiral TricêntricaEspirais - Espiral Tricêntrica
Espirais - Espiral TricêntricaArtes Real
 
Metas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclosMetas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclosruiseixas
 
Ev programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloEv programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloruiseixas
 
Cores Secundárias
Cores SecundáriasCores Secundárias
Cores SecundáriasArtes Real
 
Módulo Padrão
Módulo PadrãoMódulo Padrão
Módulo PadrãoArtes Real
 
Estudo da Letra
Estudo da LetraEstudo da Letra
Estudo da LetraArtes Real
 
Técnica = Maneira de Fazer
Técnica = Maneira de FazerTécnica = Maneira de Fazer
Técnica = Maneira de FazerArtes Real
 
PowerPoint - origami
PowerPoint - origamiPowerPoint - origami
PowerPoint - origamiArtes Real
 

Destaque (20)

Desenho do rosto
Desenho do rostoDesenho do rosto
Desenho do rosto
 
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e LábiosFisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
 
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês SimõesFisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
 
Visagismo E Maquiagem
Visagismo E MaquiagemVisagismo E Maquiagem
Visagismo E Maquiagem
 
O corpo humano
O corpo humanoO corpo humano
O corpo humano
 
Estruturar o desenho do rosto - Prof. Carina Lopes
Estruturar o desenho do rosto - Prof. Carina LopesEstruturar o desenho do rosto - Prof. Carina Lopes
Estruturar o desenho do rosto - Prof. Carina Lopes
 
Visagismo
VisagismoVisagismo
Visagismo
 
TCC VISAGISMO
TCC VISAGISMOTCC VISAGISMO
TCC VISAGISMO
 
Teoria da Cor
Teoria da CorTeoria da Cor
Teoria da Cor
 
Espirais - Espiral Tricêntrica
Espirais - Espiral TricêntricaEspirais - Espiral Tricêntrica
Espirais - Espiral Tricêntrica
 
Metas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclosMetas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclos
 
Ev programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloEv programa 3º ciclo
Ev programa 3º ciclo
 
Fisiognomia
FisiognomiaFisiognomia
Fisiognomia
 
Proporção Áurea
Proporção ÁureaProporção Áurea
Proporção Áurea
 
Cores Secundárias
Cores SecundáriasCores Secundárias
Cores Secundárias
 
Apostila de Automaquiagem
Apostila de AutomaquiagemApostila de Automaquiagem
Apostila de Automaquiagem
 
Módulo Padrão
Módulo PadrãoMódulo Padrão
Módulo Padrão
 
Estudo da Letra
Estudo da LetraEstudo da Letra
Estudo da Letra
 
Técnica = Maneira de Fazer
Técnica = Maneira de FazerTécnica = Maneira de Fazer
Técnica = Maneira de Fazer
 
PowerPoint - origami
PowerPoint - origamiPowerPoint - origami
PowerPoint - origami
 

Semelhante a Rosto Humano

Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelhaOdesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelhaJackeline Guimaraes
 
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-finalmmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-finalJuliane Campos
 
Visagismo - Cortes de Cabelo - Silvia Soares
Visagismo - Cortes de Cabelo - Silvia SoaresVisagismo - Cortes de Cabelo - Silvia Soares
Visagismo - Cortes de Cabelo - Silvia SoaresSilvia Soares
 

Semelhante a Rosto Humano (7)

Odesenhodorosto
OdesenhodorostoOdesenhodorosto
Odesenhodorosto
 
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelhaOdesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
 
Como desenhar rostos
Como desenhar rostosComo desenhar rostos
Como desenhar rostos
 
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-finalmmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
 
Ocorpohumano
OcorpohumanoOcorpohumano
Ocorpohumano
 
Visagismo - Cortes de Cabelo - Silvia Soares
Visagismo - Cortes de Cabelo - Silvia SoaresVisagismo - Cortes de Cabelo - Silvia Soares
Visagismo - Cortes de Cabelo - Silvia Soares
 
O rosto
O rostoO rosto
O rosto
 

Último

2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 

Rosto Humano

  • 1. O ROSTO HUMANO ©RReisilva2mil3
  • 2.
  • 3. A forma básica da cabeça é uma oval (ovo) Eixo de simetria horizontal Eixo de simetria vertical
  • 4.
  • 5. Os olhos situam-se no eixo de simetria horizontal A distância entre os olhos é igual a outro olho As orelhas iniciam-se ao nível dos olhos e acabam na ponta do nariz
  • 6. 1 3 2 O nariz pode ser representado por 2 triângulos e é do tamanho do espaço entre os olhos Se dividirmos a metade inferior do rosto em 3 partes iguais temos: Nariz Orelhas Boca Queixo
  • 7. Os cantos da boca coincidem com o centro dos olhos As sobrancelhas situam-se logo acima dos olhos
  • 9.
  • 10.
  • 11. Vamos desenhar o rosto humano Os elementos do rosto