Pesquisa social em campo desafios para o pesquisador

1.387 visualizações

Publicada em

Minicurso apresentado durante IV ERECS Nordeste, em março de 2013.

Professores:

Fernanda Meira(http://lattes.cnpq.br/0805932533029722),

Francisco Jatobá (http://lattes.cnpq.br/2604274612352251),

Rafael dos Santos (http://lattes.cnpq.br/1684334939130563)

Rayane Andrade(http://lattes.cnpq.br/7190036182698859)

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.387
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa social em campo desafios para o pesquisador

  1. 1. MINICURSO Pesquisa Social em Campo: desafios para o(a) pesquisador(a) ERECS NE João Pessoa, 30 de março de 2013 Professores: Rayane Andrade Fernanda Meira Francisco Jatobá Rafael dos Santos
  2. 2. A postura do entrevistador O entrevistador deve: 1 – Estudar todas as questões: familiarizar-se com o questionário, entender o significado e a importância de cada uma. 2 – Entrevistar-se: responder cada pergunta mentalmente, entrevistar outra pessoa para praticar.
  3. 3. O entrevistador deve: 4 – Ser um bom observador: Prestar atenção aos possíveis domicílios escondidos em comércio (atrás de um bar, lan house, dentro de um estacionamento ou nos fundos de outro domicílio). 5 – Ter iniciativa: A essência da iniciativa é entrar em ação. Planejar suas ações. Buscar todos os meios para vencer obstáculos. 6 – Ter poder de persuasão: O pesquisador precisa convencer o entrevistado a responder a pesquisa, sem ser invasivo. A melhor forma de persuadir é sendo simpático, respeitar as pessoas, mostrar entusiasmo, usar vestuário adequado e mostrar interesse pelo que o entrevistado está falando. Criar um clima de confiança desde o primeiro momento. A postura do entrevistador
  4. 4. Atitudes do entrevistador: •Isenta: não indique palavras, ações ou gestos, sinais de surpresa, aborrecimento, aprovação ou desaprovação. Nunca sugira uma resposta, não dê suas opiniões. As perguntas devem ser feitas como estão escritas e sempre na mesma ordem, cada entrevista deve ser feita do mesmo modo para assegurar a uniformidade da informação coletada. A postura do entrevistador
  5. 5. Atitudes do entrevistador: •Imparcial: cada entrevistado é igualmente importante para o estudo. Seja receptivo e simpático com todos, respeite todos os entrevistados, inspire confiança e respeito. Todos são iguais independente do sexo, cor, instrução, religião, etc. A postura do entrevistador
  6. 6. Atitudes do entrevistador: •Casual: você não é um espião em missão secreta, se você tiver uma atitude séria demais o entrevistado não vai dizer o que pensa. Seja casual e não intimide, deixe o entrevistado à vontade, apresente a pesquisa de modo agradável. A postura do entrevistador
  7. 7. Atitudes do entrevistador: •Coloquial: use uma maneira informal para falar, saiba as questões o suficiente para não dar a impressão de lê-las. Esteja preparado para perguntas extras, de curiosidade, responda sem aborrecimento que o questionário é sobre o entrevistado e que poderá responder às perguntas ao final do questionário. A postura do entrevistador
  8. 8. Atitudes do entrevistador: •Amigável: deixe o entrevistado à vontade, sua atitude deve ser empática e compreensiva. Diga que não há respostas corretas, o importante é saber o que o entrevistado pensa sobre cada pergunta. A postura do entrevistador
  9. 9. É importante considerar que: SEU TOM DE VOZ, SUAS PALAVRAS E SUA APARÊNCIA DEVEM DEMONSTRAR SUA CREDIBILIDADE VOCÊ DEVE SE MOSTRAR UMA PESSOA SÉRIA, CORTÊS E AUTOCONFIANTE SE VOCÊ SE APRESENTAR COM INSEGURANÇA, SEU SENTIMENTO SERÁ PERCEBIDO PELO ENTREVISTADO. A postura do entrevistador
  10. 10. Como garantir respostas confiáveis: • ajudar o(a) entrevistado(a) a manter o foco • ajudar o(a) entrevistado(a) a expressar suas ideias • sinalizar ao entrevistado(a) que você está disposto a ouvi-lo (a) • repetir a resposta do(a) entrevistado(a) para estimulá-lo (a) • saber diferenciar as respostas exigidas em cada questão • não influenciar respostas pelo tom de voz do(a) pesquisador(a) • saber interpretar os diferentes significados do “não sei” A postura do entrevistador
  11. 11. Como garantir respostas confiáveis: • registrar os comentários / observações como dados • continuar falando enquanto escreve • focalizar a atenção do(a) entrevistado(a) nas questões • obter toda informação pedida A postura do entrevistador
  12. 12. Como responder as dúvidas dos entrevistados Caso o(a) entrevistado(a) alegue não ter tempo para ser entrevistado(a), pergunte-lhe: “qual seria a melhor hora para eu voltar? Posso marcar um horário que seja mais conveniente para você”. Caso ele(a) esteja com medo de responder alguma questão, ou caso pergunte “o que vocês vão fazer com estas respostas”, ou “porque quer saber isso?”, responda-lhe que “estas perguntas estão sendo feitas para muitas pessoas e que tudo o que você diz é confidencial”. A postura do entrevistador
  13. 13. Como responder as dúvidas dos entrevistados Caso ele(a) se mostre incomodado (a) com algumas perguntas, diga-lhe que “as perguntas foram formuladas por uma equipe de especialistas”. Caso ele(a) esteja aborrecido (a) e simplesmente se recuse a responder uma pergunta, diga-lhe: “claro, você não é obrigado(a) a responder uma pergunta que não queira”. Caso a pessoa ainda assim se recuse a responder à pergunta, não insista mais. Faça a próxima pergunta e marque o item “não respondeu” (NR). A postura do entrevistador
  14. 14. Como responder as dúvidas dos entrevistados Na verdade eu não sei nada sobre esse assunto “Nós estamos interessados em suas opiniões, não no que você sabe ou não sabe sobre os assuntos da entrevista. Nesse tipo de estudo, não há respostas certas ou erradas; nós só estamos interessados em saber o que você pensa e sente em relação a diversas coisas.” A postura do entrevistador
  15. 15. Domiciliar Moradia independente, com entrada privativa, onde habite uma ou mais famílias, ou um grupo de pessoas.
  16. 16. Esperas; Recusas e/ou desistências; Ausências; Retornos; Intempéries da natureza (chuva, sol, etc.).  Ir a campo para fazer pesquisa social confere ao pesquisador(a), quando ainda está em processo de construção do projeto, a possibilidade de tentar prever quais as condições mínimas e quais as ideais para que o estudo se operacionalize. Pesquisa Social e Domiciliar - questões de Gênero
  17. 17. Se na pesquisa domiciliar tiver entrevistadas mulheres é preciso que o(a) pesquisador(a) também compreenda algumas questões de gênero no campo. Entrevistar uma mulher em sua casa significa muitas vezes ter como obstáculos:  O marido/companheiro (principalmente se há contexto de violência doméstica);  Os afazeres domésticos e a dupla jornada de trabalho;  Desconfiança e medo de receber um(a) estranho(a) em casa;  Caso seja necessário privacidade para a aplicação do questionário/entrevista, é possível que seja difícil obtê-la. (Isso pode variar também se quem vai aplicar é homem ou mulher); Obs. Na metodologia de algumas pesquisas, a depender do tema, como violência sexual ou violência doméstica, não se recomenda que homens entrevistem mulheres. Pesquisa Social e Domiciliar - questões de Gênero
  18. 18. IMPORTANTE!  Acima da necessidade do sucesso de um questionário aplicado é preciso tentar garantir segurança às entrevistadas do sexo feminino, caso ela viva em uma situação de violência doméstica, para que posteriormente não haja represálias vindas do agressor.  De uma maneira geral, em qualquer pesquisa social, seja qual for o tema, o(a) informante nunca poderá ser prejudicado (a);  É inadmissível que o(a) pesquisador(a) expresse juízo de valor a respeito do que está sendo respondido. É também muito importante a postura de escuta de quem entrevista.
  19. 19. Contatos: Rayane Andrade - andraderayane@gmail.com Francisco Jatobá - franciscojatoba@gmail.com Fernanda Meira - fernanda.meira@gmail.com Rafael dos Santos - rafaeldossantosfs@gmail.com Boa sorte e boas pesquisas!

×