Telerradiologia
Oportunidades e desafios
Felipe Morais - Fundador da Pró-Laudo
Inovação
• Criação de valor novo
• Gera expectativas
• Adoção ao longo do tempo
Expectativas - Hype cycle Gartner
Adoção - Curva de Rogers
E a telerradiologia?
1a. fase - 2009 - Criação do mercado
Oportunidade de equilibrar oferta e demanda espacial e temporal de radiologistas
● Pa...
Desafio de entendimento e aceitação do novo modelo pelos radiologistas e mercado
● Pessoas não sabiam se era PACS, tecnolo...
1a. fase - 2009 - Criação do mercado
2a. fase - 2010/2012 - Aculturação do mercado
Mercado aprendendo o que era telerradiologia com
os fornecedores e inovadore...
2a. fase - 2010/2012 - Aculturação do mercado
3a. fase - 2012/início 2013 - Crise existencial
Commodity - ser ou não ser?
3a. fase - 2012/início 2013 - Crise existencial
Discussão existencial
Enviar imagens pela internet e pagar por laudo
(tecnologia/serviço)
x
Atender pacientes à distância ...
Discussão existencial
3a. fase - meio 2013 - Aquecimento
Oportunidade de expansão comercial
● Aumento do interesse em todo país
● Grupos tradici...
3a. fase - 2013-? - Aquecimento
Desafio do crescimento com qualidade
● Menor número de empresas profissionais de telerradi...
3a. fase - 2012/início 2013 - Crise existencial
Futuro
Imagens e dados clínicos dos pacientes disponíveis em qualquer lugar (obedecendo
padrões de segurança)
Ferramentas ...
Obrigado!
felipe.morais@prolaudo.com.br
Telerradiologia Oportunidades e Desafios - Pró-Laudo - Dr. Felipe Morais
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Telerradiologia Oportunidades e Desafios - Pró-Laudo - Dr. Felipe Morais

495 visualizações

Publicada em

A telerradiologia, como tudo que envolve nova tecnologia e mudanças em processos, passa por fases bem distintas desde seu surgimento até a sua adoção em larga escala. Conheça, nesta apresentação, como a Pró-Laudo vê o caminho da telerradiologia no Brasil e quais são as oportunidades e desafios para o futuro.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
495
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
119
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Telerradiologia Oportunidades e Desafios - Pró-Laudo - Dr. Felipe Morais

  1. 1. Telerradiologia Oportunidades e desafios Felipe Morais - Fundador da Pró-Laudo
  2. 2. Inovação • Criação de valor novo • Gera expectativas • Adoção ao longo do tempo
  3. 3. Expectativas - Hype cycle Gartner
  4. 4. Adoção - Curva de Rogers
  5. 5. E a telerradiologia?
  6. 6. 1a. fase - 2009 - Criação do mercado Oportunidade de equilibrar oferta e demanda espacial e temporal de radiologistas ● País grande, com alguma infraestrutura de Internet ● Distribuição dos radiologistas e dos equipamentos é desigual ● Mercado cresce mais rápido que a formação de novos radiologistas ● Nem todos hospitais possuem demanda para justificar equipe 24/7 ● Nem todas clínicas têm equipe completa para flutuações de demanda e todas modalidades/especialidades ● Home-office aumenta em 9% o tempo trabalhado e em 13% a produtividade (Bloom, 2014)
  7. 7. Desafio de entendimento e aceitação do novo modelo pelos radiologistas e mercado ● Pessoas não sabiam se era PACS, tecnologia para telerradiologia ● Radiologistas não acostumados a trabalhar de casa (Geração X) Desafio da infraestrutura ● Velocidade de acesso à internet ainda lenta em alguns locais Desafio nível de segurança ● Resolução 1.890 do CFM não falava claramente quais os padrões necessários de segurança da informação 1a. fase - 2009 - Criação do mercado
  8. 8. 1a. fase - 2009 - Criação do mercado
  9. 9. 2a. fase - 2010/2012 - Aculturação do mercado Mercado aprendendo o que era telerradiologia com os fornecedores e inovadores Boom de empresas de telerradiologia
  10. 10. 2a. fase - 2010/2012 - Aculturação do mercado
  11. 11. 3a. fase - 2012/início 2013 - Crise existencial Commodity - ser ou não ser?
  12. 12. 3a. fase - 2012/início 2013 - Crise existencial
  13. 13. Discussão existencial Enviar imagens pela internet e pagar por laudo (tecnologia/serviço) x Atender pacientes à distância com eficiência (ato médico/gestão de gente)
  14. 14. Discussão existencial
  15. 15. 3a. fase - meio 2013 - Aquecimento Oportunidade de expansão comercial ● Aumento do interesse em todo país ● Grupos tradicionais de grandes centros usando o serviço ● Estruturação dos serviços com telerradiologia Oportunidade para contratação de radiologistas ● Geração Y busca novo modelo de trabalho
  16. 16. 3a. fase - 2013-? - Aquecimento Desafio do crescimento com qualidade ● Menor número de empresas profissionais de telerradiologia Desafio nível de segurança ● Nova resolução 2.107 do CFM não trouxe mudanças significativas
  17. 17. 3a. fase - 2012/início 2013 - Crise existencial
  18. 18. Futuro Imagens e dados clínicos dos pacientes disponíveis em qualquer lugar (obedecendo padrões de segurança) Ferramentas de trabalho colaborativo Organização do mercado em três áreas de conhecimento: ● PACS - gerenciamento de imagens ● RIS - gerenciamento de informações ● Telerradiologia - gerenciamento de gente
  19. 19. Obrigado! felipe.morais@prolaudo.com.br

×