Luís Neto
MSc Transport Planning and Operations
luis.neto@tecnico.ulisboa.pt
Aplicação de um
DroneFreight
na distribuição ...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
RESUMO
2
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
Cidade
motor económico e produtividade global
VS
maior co...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
• Requisitos Técnicos e Legais
• Utentes Exigentes – Níve...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
A actividade dos transportes de
mercadorias necessita de ...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
6
“They are, at heart, stories – stories that explain how...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
7
P RO B L E M A
Actividade das farmácias - dificuldades ...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
8
METODOLOGIA
1. Recolha Bibliográfica – Pontos chaves
2....
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
9
Pedidos – Encomendas Espontâneas
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
10
Fonte: Google Imagens, 2014
Fonte: DHL Microdrones, 20...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
11
Potencialidades & Benefícios
Mobilidade – fácil de imp...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
12
Questões Politicas
Falta harmonização - regras e ausên...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
Fonte:AdaptadodeGoffin,K.,vanderHoven,C.,Mitchell,R.,2010...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
14
Recolha de campo
Dados e Informações
Facturação anual ...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
15
Investimento a 5 anos
Iniciar negócio – parcos recurso...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
16
CONCLUSÕES
Fonte: DHL Microdrones, 2014
solução
altera...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
Fonte:UaVision,
2015
17
Desenvolvimentos
Integração de Si...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
18
Al-Debei et al. (2008). Defining the Business Model in...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
19
European Commission SWD (2013) 524 final. (2013). A ca...
II Seminário sobre RPAS: Investigação,
Desenvolvimento e Mercado
20
Obrigado
Luís Neto, MSc Transport Planning and Operati...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

II Seminário – RPAS_Apresentação_LuisNeto_adapt_PDF

538 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
538
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

II Seminário – RPAS_Apresentação_LuisNeto_adapt_PDF

  1. 1. Luís Neto MSc Transport Planning and Operations luis.neto@tecnico.ulisboa.pt Aplicação de um DroneFreight na distribuição de medicamentos às farmácias caso de estudo em Lisboa
  2. 2. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado RESUMO 2
  3. 3. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado Cidade motor económico e produtividade global VS maior consumo de recursos e emissões CO2 Actualmente já 50 – 70 % dos habitantes do planeta vive nas cidades Veículos de transporte mercadorias actividades urbanas centros urbanos atraentes . . . prejudiciais à qualidade do meio urbano Presente e o Futuro do sucesso das cidades dependem da eficiência da organização e mitigação dos problemas chave do transporte de mercadorias 3
  4. 4. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado • Requisitos Técnicos e Legais • Utentes Exigentes – Nível de Serviço Elevado • Numerosos Movimentos de C/D no Espaço Urbano Causas Venda liberalizada (MNSRM) – novos players Liberalização propriedade – operar em rede Redução preços – diminuição de margens Alargamento horários – tempo atendimento Envelhecimento população – mais urgência Poupanças distribuição – custos Dificuldades das Farmácias Urbanas espaço de armazenagem capacidade financeira Necessidades responder atempadamente aos pedidos dos utentes . . . Fonte: Adaptada de Deloitte, 2013 4
  5. 5. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado A actividade dos transportes de mercadorias necessita de ser reinventada, com a utilização de OUTROS MODOS ou a sua combinação mais eficiente! 5 Grandes preocupações mundiais nas últimas décadas em termos de transporte urbano passageiros e carga • Retirada gradual dos veículos de motorização convencionais dependência petróleo - energias alternativas volume emissões gases de efeito de estufa redução da pegada carbónica • Congestionamento da rede rodoviária outras externalidades Fonte: Google Imagens, 2015 Fonte: DHL Microdrones, 2014
  6. 6. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 6 “They are, at heart, stories – stories that explain how the enterprises work” Fonte: Magretta, J., 2002 Fonte: Google Imagens, 2014 Modelo de Negócio grande desafio dum bom modelo ser simples, relevante e intuitivamente compreensível sem simplificar demasiado a complexidade do funcionamento da organização
  7. 7. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 7 P RO B L E M A Actividade das farmácias - dificuldades em prestar um elevado nível de serviço Escassez de espaço disponível – armazenamento Restrições financeiras – aquisição de stock Entrada constante no mercado de novos produtos Falhas de Abastecimento Comportamentos dos utentes: deslocação à farmácia – frequência elevada, pedido não totalmente satisfeito Fonte: Adaptado de Deloitte,2013
  8. 8. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 8 METODOLOGIA 1. Recolha Bibliográfica – Pontos chaves 2. Abordagem exploratória – Distribuidores, Farmácias, empresas que operam de UAS 3. Tarefa de compreensão e interpretação – tratamento de dados 4. Cenários e simulação dum plano financeiro para a generalização de um modelo de negócio que visa explorar a sua aplicação real 5. Análise e inferências das variáveis e indicadores que promovam futuras investigações e que sirvam de apoio à tomada de decisão Alguns aspectos a precaver Características geográficas do meio incluindo zonas interditas de voo Tipo de operação Condições meteorológicas (vento e chuva) – cidade de Lisboa ….
  9. 9. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 9 Pedidos – Encomendas Espontâneas
  10. 10. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 10 Fonte: Google Imagens, 2014 Fonte: DHL Microdrones, 2014 distribuição de medicamentos aplicação do DroneFreight
  11. 11. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 11 Potencialidades & Benefícios Mobilidade – fácil de implementar, movimentar, descolar, aterrar e recuperar Baixo Custo – investimento do sistema e operação Rápida Resposta – elevada prontidão e segurança Ausência de Risco Humano - sem tripulantes Redução de Exposição Humana– missões longas, fatigantes e perigosas Elevado Grau de Controlo– centros de comando e operação Elevado Controlo e Informação – em tempo real . . . Protecção do ambiente Redução de Ruído Redução consumo de combustível e emissões de CO2
  12. 12. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 12 Questões Politicas Falta harmonização - regras e ausência de quadro legal Falta formação e requisitos de licenciamento Falta acesso ao espaço aéreo . . . … violação de privacidade Fonte: Warmerdam, J., Buuren, G Ten., 2010 Segurança Operacional contramedidas p/ sistemas autónomos Questões Técnicas Necessidade confiar tecnologias de comunicações e navegação Garantir segurança, eficiência, credibilidade - integração no espaço aéreo Operações de voo transparentes para outros utilizadores e tráfego aéreo Controle – detecção, percepção e evitar obstáculos Obstáculos e Riscos
  13. 13. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado Fonte:AdaptadodeGoffin,K.,vanderHoven,C.,Mitchell,R.,2010 13
  14. 14. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 14 Recolha de campo Dados e Informações Facturação anual – dias normais serviço permanente Processo dos Pedidos e sua Entrega Cálculo das Margens – PVP e PVA Fonte: Alliance Healthcare, 2014 Construção de Cenários Custos de Transporte Convencional Vs DroneFreight TsU – Taxa de serviço de Urgência Escalão f Medicamentos Valor > 50,00 € suportada pelos agentes Utente 18 % Distribuidor 25 % Farmácia 56 %
  15. 15. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 15 Investimento a 5 anos Iniciar negócio – parcos recursos Receitas - Prestação do Serviço e Publicidade Crescimento Anual – 20 % margem folgada 4º ano inversão – Resultados Op. positivos . . . Materiais Humanos Cidade de Lisboa - Elevado potencial de mercado 279 Farmácias; 930 mil potenciais residentes e visitantes Investimento 36.000 € Vendas 70.000€ (1 ano) e 175.000€ (5 ano) . . . Simulação dum Plano Financeiro Empresa de Aluguer de DroneFreight Objectivo maximizar a utilidade do utente Ser servido - medicamento Menor tempo possível Menor custo financeiro Variáveis Decisão Restrições Fonte: Google Imagens, 2014
  16. 16. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 16 CONCLUSÕES Fonte: DHL Microdrones, 2014 solução alterar o padrão de uma cadeia de abastecimento novo sistema de transporte de carga Intervir na melhoria de qualidade de serviço dispensa de medicamentos encomenda espontânea vantagem competitiva – custo operacional percursos directos conflitos de congestionamento externalidades no meio urbano MODELO DE NEGÓCIO Aluguer DroneFreight
  17. 17. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado Fonte:UaVision, 2015 17 Desenvolvimentos Integração de Sistemas: Stock Management Routing Navigation Restrições – aplicação Políticas Técnicas Obstáculos Principais Obstáculos e Futuros Desenvolvimentos • Registo • Certificação • Licenciamento zonas restritas e planos de voo Segurança: Reflexões sistema coordenador cooperação p/ policiamento . . . Fonte: Google Imagens, 2014
  18. 18. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 18 Al-Debei et al. (2008). Defining the Business Model in the New World of Digital Business. Proceedings of the Fourteenth Americas Conference on Information Systems. Toronto, ON, Canada. Alho, A. (2011). The adequacy of freight modelling methods to study policy / regulations’ implementation impacts in a City Logistics context. Application to the city of Lisbon, Portugal. Dissertação para a obtenção do grau de Mestre em: Complex Transport Infrastructure Systems, MIT Portugal, IST. Nov. 2011. Allen, J., Thorne, G., Browne, M. (2007). BESTUFS - Guia de Boas Práticas no Transporte Urbano de Mercadorias. Edição em Português. Alliance Healthcare. (2013). Relatório e Contas Consolidadas 2013. Lisboa. Obtido em Nov de 2014 ANF - Observatório da Farmácia. (2014). Análise de Mercado Setembro 2014 e YTD Set14. Associação Nacional de Farmácias - Centros de Estudos e Avaliação em Saúde (CEFAR). Caiado, G. (2004). Transporte Urbano de Mercadorias - Linhas de Actuação para uma Gestão Integrada. Dissertação para a obtenção do grau de Mestre em Transportes, Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa. Chesbrough, H. (2010). Business Model Innovation: Opportunities and Barriers. Long Range Planning 43, 354-363. Comissão Europeia COM 144 Final. (2011). Livro Branco, Roteiro do espaço único europeu dos transportes - Rumo a um sistema de transportes competitivo em recursos. Comissão. Comissão Europeia COM 913 final. (2013). Avançar em conjunto para uma mobilidade urbana competitiva e eficiente na utilização de recursos. Comissão Europeia. Dablanc, L. (2007). Goods transport in large European cities: Difficult to organize, difficult to modernize. Transportation Research Part A pp 208-285 Deloitte. (2013). Caracterização das falhas de abastecimento no mercado farmacêutico nacional. APIFARMA - Associação de Profissionais da Industria Farmacêutica. DHL Microdrones. (2014). Microdrones Parcelcopter enters regular service for DHL. Obtido em Out de 2014, de www. microdrones.com: http://www.microdrones.com/en/news/detail/microdrones-parcelcopter-enters-regular-service-for-dhl/ European Commission TREN F2/LT/GF/gc D. (2009). Hearing on Light Unmanned Aircraft Systems (UAS). Directorate-General for Energy and Transport - Directorate F - Air Transport. BIBLIOGRAFIA (I)
  19. 19. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 19 European Commission SWD (2013) 524 final. (2013). A call to action on urban logistics. Obtido em Out de 2014 LOGURB. (2007). Projecto LogUrb - Optimização de Sistemas Logísticos de Distribuição de Mercadorias em Meio Urbano. Instituto Superior Técnico. Lisboa: FCT Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Macário,R. et al. (2008). Business Models in Urban Logistics. Ingenieria & Desarrollo. Universidade del Norte. Magalhães, J.M., Pinho de Sousa, J. (2004). Dynamic VRP in Pharmaceutical distribution - a case study. Porto: CEJOR 2006. Magretta, J. (2002). Why Business Models Matter. Harvard Business Review. MicroDrones Gmbh. (2014). http://www.microdrones.com/en/home/. Obtido de www.microdones.com. Osterwalder, A. Pigneur, Y. (2010). Business Model Generation: A Handbook for Visionaries, Game Changers, and Challengers. John Wiley & Sons, Inc., New Jersey. Pita Barros, P., Catela Nunes, L. (2011). 10 Anos de Politica do Medicamento em Portugal. Lisboa. Rodrigue, J-P., Dablanc, L. (2013). City Logistics, Chapter 6. Em C. C. Jean-Paul Rodrigue, The Geography of Transport Systems (Third Edition ed.). Routedge, Taylor & Francis Group, an Informal Business. Obtido em Mar de 2014, de https://people.hofstra.edu/geotrans/eng/ch6en/appl6en/ch6a2en.html Taniguchi, E. (2012). Concept and best practices of city logistics. Presentation at International Transport Forum. Leipzig, 02 May 2012. Taylor, M. A. (2005). The City Logistics Paradigma for Urban Freight Transport. 2nd State of Australian Cities conference in Brisbane. Obtido em Mar. de 2014, de http://www.griffith.edu.au/__data/assets/pdf_file/0010/81397/infrastructure-18-taylor.pdf U.S. Department of Transportation - Federal Aviation Administration. (2013). Integration of Civil Unmanned Aircraft Systems (UAS) in the National Airspace System (NAS) Roadmap. U.S. Department of Transportation - Federal Aviation Administration. UN-Habitat. (2012 - 2013). State of the World's Cities. United Nations Human Settlements Programme, 2013. VOLPE - National Transportation Systems Center. (2013). Unmanned Aircraft Systems (UAS) - Service Demand 2015-2035, literature Review & Projections of Future Usage. U.S. Department of Transportation - Research an Innovative Technology Administration. BIBLIOGRAFIA (II)
  20. 20. II Seminário sobre RPAS: Investigação, Desenvolvimento e Mercado 20 Obrigado Luís Neto, MSc Transport Planning and Operations luis.neto@tecnico.ulisboa.pt

×