A Causa Secreta - Machado De Assis

2.165 visualizações

Publicada em

Slide sobre o conto A Causa Secreta do Livro Contos Escolhidos de Machado De Assis

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.165
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Causa Secreta - Machado De Assis

  1. 1. A Causa Secreta de Machado de Assis
  2. 2. Personagens • Garcia: Homem formado em medicina que se interessa em Fortunato e seus estranhos costumes. • Fortunato: Homem que costumava esbarrar regularmente em Garcia. Era rico e quieto. Também era médico. • Maria Luísa: Esposa de Fortunato, mulher bela e delicada. Costumava ficar em casa costurando.
  3. 3. Foco Narrativo • O conto é narrado em terceira pessoa e apresenta narrador onisciente. O narrador traça um extraordinário estudo analítico do caráter humano ao retratar psicologicamente a personagem Fortunato, que só obtém prazer na contemplação da desgraça alheia.
  4. 4. Narrativa • A estrutura narrativa inicia abruptamente, seguido de flashback, para em seguida, retomar ao conflito principal em direção ao clímax, apresentando desfecho surpreendente.
  5. 5. A Causa Secreta • A Causa Secreta é um conto escrito por Machado De Assis, publicado originalmente em 1885 na Gazeta De Noticias e agrupado em 1896, na sua obra intitulada varias histórias, fazendo parte da quinta coleção de contos que foi levada ao público. É tido como um de seus clássicos mais sombrios, e também um dos que caracterizam o extremo do mal na natureza e na sociedade. • Neste faz-se necessário conhecer a trajetória dos fatos. Um ano antes, numa certa noite, Garcia, descobre que um de seus vizinhos encontra-se ferido e sendo ele estudante do último ano de medicina, decide colaborar até que um médico chegue ao local.
  6. 6. • Percebe que acompanhava o ferido o mesmo homem (Fortunato) que havia encontrado anteriormente numa peça de teatro e aproveita para conhecê-lo melhor. Tempos depois, Garcia, é abordado pelo seu vizinho, o ex-ferido, que decide agradecer o benfeitor Fortunato e pede-lhe o endereço. O convalescido vai ao local, mas volta ressentido com o que o vivencia. Garcia acompanha com assombro os fatos pois estranhava os modos de Fortunato e decide ir vê- lo, no mais, para saciar sua curiosidade a respeito, porém nada o fez. Passado alguns meses, ambos coincidentemente se encontram recordando do episódio que haviam vivenciado, e após uma breve conversa, Fortunato o convida para ir a sua casa. Em um jantar, Garcia conhece a bela Maria Luísa, esposa do amigo.
  7. 7. •  A partir dai, fruto da amizade que se forma, a trama  se desenvolve em torno da Casa de Saúde que  Garcia e Fortunato abrem, devido a uma ideia deste  último. Este, demonstra um cuidado com o  empreendimento que é digno da admiração de  Garcia, e que aumenta seu interesse em  compreender que motivos o impulsionam para ter tal  atitude. Maria Luísa sugere estar doente, e ao  observá-la, o jovem médico percebe que um  sentimento mais profundo lhe invade, mas que em  respeito a Fortunato, não poderia ser alimentado.    Numa das últimas cenas, sendo esta a que precede  a introdução da narrativa, Garcia encontra Fortunato  torturando um rato e neste instante como o próprio  nome sugere.
  8. 8. •  A Causa Secreta é desvendada, sendo esta a  sensação de Fortunato que ao se mostrar prestativo  àqueles que necessitam de ajuda, esconde dentro de  si, o prazer de observar o sofrimento alheio, porém  que só é descoberto na história após uma longa e  intrigada relação. Maria Luísa devido a sua doença,  ao final morre e em seu funeral, o viúvo presencia  subitamente um beijo de Garcia em sua falecida  esposa e a dor que sentia, é substituída pelo prazer  de observar Garcia, que agora mais que ele, sofre  intensamente.
  9. 9. Contos Escolhidos • Transitando entre os diversos tipos de contos - do  tradicional ao moderno -, os textos de Machado de Assis  são considerados originais e complexos. São contos  cheios de acontecimentos intensos - quase sempre  envolvidos num clima de tensão -, repletos de  personagens ambíguos e de jogos e armadilhas textuais  que induzem à dúvida, relativizando a maior parte das  ideias e levando o leitor a refletir sobre suas 'certezas'.  'Contos escolhidos' traz uma seleção baseada em  antologias preparadas pelo próprio autor, com contos  marcantes, quais sejam - Missa do galo, Conto de  escola, Cantiga de esponsais, Teoria do medalhão, O  espelho, A cartomante, 
  10. 10. • A causa secreta, Mariana, O enfermeiro, Um cão de lata ao rabo, A chinela turca, Uns braços, Frei Simão, Aurora sem dia, O segredo do Bonzo, Verba testamentária, Conto alexandrino, Noite de almirante, Ex cathedra, O caso da vara, Uma noite, Maria Cora, Um homem célebre, Miss Dollar, Marcha fúnebre, Pai contra mãe, Capítulo dos chapéus, Uma senhora, Dona Paula.
  11. 11. Joaquim Maria Machado de Assis • Foi um escritor brasileiro, amplamente considerado como o maior nome da literatura nacional. Escreveu em praticamente todos os gêneros literários, sendo poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista, e crítico literário. Testemunhou a mudança política no país quando a República substituiu o Império e foi um grande comentador e relator dos eventos político-sociais de sua época.

×