HISTÓRIA
O Feudalismo, o império bizantino e a baixa idade
média
PENSADORES MEDIEVAIS
Santo Agostinho
  O pecado original
  A salvação pela graça divina
  Fé
  Subordinação as ord...
CARACTERÍSTICAS
Estrutura política
 Inexistência do “Estado”
 Descentralização política
 Autonomia dos feudos
Estrutura...
Estrutura social
 Relações entre nobres
  Suseranos e Vassalos
 Relações entre senhores e camponeses
  Servidão
O IMPÉRIO ROMANO DO ORIENTE
Estrutura política
 Imperador chefe político e da igreja
 Igreja com grande poder político
...
Estrutura social
 Indivíduos subordinados a igreja
 Cristãos ortodoxos
 Língua grega
PATRIARCA DA IGREJA ORTODOXA
ARTE BIZANTINA - MOSAICOS
A BAIXA IDADE MÉDIA
 Fim das guerras
 Fim das invasões
 Melhoras nas técnicas de produção agrícola
 Aumento populacion...
AS CRUZADAS
 Expedições militares organizadas pela igreja
católica
 Guerra santa
 Cristãos x Mulçumanos
Regiões disputa...
CONSEQUÊNCIAS
 Reabertura comercial entre Ocidente e o Orientes
Principais áreas de comércio
  Mediterrâneo
  Ligas h...
A PESTE NEGRA
 Contatos com a China
 Rota da seda (comércio da seda)
 Expansão pela Europa Ocidental
 Insalubridade do...
O feudalismo, império bizantino e a baixa idade média
O feudalismo, império bizantino e a baixa idade média
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O feudalismo, império bizantino e a baixa idade média

1.411 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.411
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O feudalismo, império bizantino e a baixa idade média

  1. 1. HISTÓRIA O Feudalismo, o império bizantino e a baixa idade média
  2. 2. PENSADORES MEDIEVAIS Santo Agostinho   O pecado original   A salvação pela graça divina   Fé   Subordinação as ordens do clero Tomás de Aquino   O indivíduo e a busca da salvação   As boas ações   Subordinação as ordens do clero   Conciliação entre Fé e Razão
  3. 3. CARACTERÍSTICAS Estrutura política  Inexistência do “Estado”  Descentralização política  Autonomia dos feudos Estrutura econômica  Economia agrária  Pouca acumulação de excedentes  Pouca atividade comercial
  4. 4. Estrutura social  Relações entre nobres   Suseranos e Vassalos  Relações entre senhores e camponeses   Servidão
  5. 5. O IMPÉRIO ROMANO DO ORIENTE Estrutura política  Imperador chefe político e da igreja  Igreja com grande poder político  A Igreja ortodoxa (Cisma do oriente 1054)  Burocratização do estado Estrutura econômica  Produção agrícola em latifúndios  Intensa atividade comercial (Mediterrâneo)  Lei do colonato
  6. 6. Estrutura social  Indivíduos subordinados a igreja  Cristãos ortodoxos  Língua grega
  7. 7. PATRIARCA DA IGREJA ORTODOXA
  8. 8. ARTE BIZANTINA - MOSAICOS
  9. 9. A BAIXA IDADE MÉDIA  Fim das guerras  Fim das invasões  Melhoras nas técnicas de produção agrícola  Aumento populacional  Migrações para os centros urbanos (burgos)  Aumento das atividades comerciais
  10. 10. AS CRUZADAS  Expedições militares organizadas pela igreja católica  Guerra santa  Cristãos x Mulçumanos Regiões disputadas   A cidade de Jerusalém   Península Ibérica   A cidade de Constantinopla (Turcos-Otomanos)
  11. 11. CONSEQUÊNCIAS  Reabertura comercial entre Ocidente e o Orientes Principais áreas de comércio   Mediterrâneo   Ligas hanseáticas (Norte da Europa)   Flandres
  12. 12. A PESTE NEGRA  Contatos com a China  Rota da seda (comércio da seda)  Expansão pela Europa Ocidental  Insalubridade dos burgos  Morte de aproximadamente 1/3 da população europeia

×