Idade média – sistema feudal

641 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
641
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Idade média – sistema feudal

  1. 1. 1°B Gabriel Mansano Costa N°12 João Vitor Souza Santos N°17 Marcos Paulo N°25 Nelson Bernardes Junior N°33
  2. 2. • Política do Sistema Feudal •Econômicas do Sistema Feudal • Sociais do Sistema Feudal •Culturais do Sistema Feudal •Bibliografia
  3. 3. Durante o período de feudalismo o rei não mais exercia seu poder efetivo sobre todo o reino.A política foi dividida entre os senhores feudais,que eram proprietários de grandes extensões de terra,os feudos.Ele era a autoridade absoluta sendo administrador,juiz e chefe militar. A descentralização política gerou a também a descentralização monetária,ou seja,não havia mais apenas uma moeda para todo o reino.Acabou também com o exército nacional,havendo agora pequenos exércitos que serviam aos senhores feudais.
  4. 4. A economia feudal baseava-se principalmente na agricultura. Existiam moedas na Idade Média, porém eram pouco utilizadas. As trocas de produtos e mercadorias eram comuns na economia feudal. O Feudo era a base econômica deste período, pois quem tinha a terra possuía mais poder. O artesanato também era praticado na Idade Média. A produção era baixa, pois as técnicas de trabalho agrícola eram extremamente rudimentares. O arado puxado por bois era muito utilizado na agricultura.
  5. 5. A sociedade feudal era estática (com pouca mobilidade social) e hierarquizada. A nobreza feudal (senhores feudais, cavaleiros, condes, duques, viscondes) era detentora de terras e arrecadava impostos dos camponeses. O clero (membros da Igreja Católica) tinha um grande poder, pois era responsável pela proteção espiritual da sociedade. Era isento de impostos e arrecadava o dízimo. A terceira camada da sociedade era formada pelos servos (camponeses) e pequenos artesãos. Os servos deviam pagar várias taxas e tributos aos senhores feudais, tais como: corvéia (trabalho de 3 a 4 dias nas terras do senhor feudal), talha (metade da produção), banalidade (taxas pagas pela utilização do moinho e forno do senhor feudal).
  6. 6. A cultura feudal foi caracterizada por uma visão do homem voltada para Deus e para a vida, após a morte na Terra. Esse tipo de visão de mundo, em que Deus é considerado o centro do Universo, chama-se teocentrismo. A Igreja consegui sobreviver às invasões germânicas e logo depois iniciou o processo da conversão dos bárbaros. Com isso, transformou-se na mais poderosa e influente instituição do sistema feudal, sendo a principal divulgadora da cultura teocêntrica. Todas as relações típicas do feudalismo foram justificadas e legitimadas pelo teocentrismo. A moral religiosa condenava o comércio, o lucro e a usura (empréstimo com cobrança de juros). As artes, as letras, as ciências e a filosofia eram determinadas pela visão religiosa divulgada pela Igreja.
  7. 7. •http://www.suapesquisa.com/feudalismo/ •http://epocamedival.blogspot.com.br/2010/0 9/cultura-feudal.html •http://www.juliobattisti.com.br/

×