Metroplan na mídia

956 visualizações

Publicada em

Caroline Maciel, Michellen Fernandes

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Metroplan na mídia

  1. 1. UNIVERSIDADE DO VALE RIO DOS SINOS - UNISINOS CENTRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO CAROLINE MACIEL MICHELLEN FERNANDES Metroplan na mídia Projeto Manual de Relacionamento com a Imprensa SÃO LEOPOLDO 2009
  2. 2. Projeto Manual de Relacionamento com a imprensa - Metroplan na Mídia - INTRODUÇÃO Cada vez mais, percebe-se a importância do relacionamento da imprensa com o governo buscando contribuir para uma comunicação eficaz com a sociedade apurando e distribuindo informações de interesse público. O relacionamento da imprensa com o governo vem se estabelecendo a partir das mudanças políticas e sociais que ocorreram na sociedade brasileira, além do desenvolvimento da própria comunicação. De acordo com Eid (2003) a consolidação da democracia no Brasil conduz a interação entre as mídias e o setor público, que se expressa através de jornais, rádio, TV, Web, publicações especializadas e empresariais. Este estreitamente pode ser compreendido através da assessoria de imprensa, ferramenta de interação entre o setor público e a imprensa. Segundo Eid (2003), a missão da assessoria de imprensa no governo é contribuir para que a sociedade tenha acesso às informações de seu interesse. Notícias sobre o acesso e a utilização de serviços nas áreas de saúde, educação, segurança e utilidade pública são temas imprescindíveis e de interesse da sociedade. Kunsch (2003, p. 169) salienta que a assessoria de imprensa “é uma das ferramentas essenciais nas mediações das organizações com o grande público, a opinião pública e a sociedade, via mídia impressa, eletrônica e internet.” Condicionada e submetida aos interesses do governo ou das organizações, a assessoria de imprensa é um instrumento que usa de estratégias e técnicas no processo de negociação com a mídia, possibilitando a divulgação de informações perante a opinião pública e os demais públicos, afirma a mesma autora (KUNSCH, 2003, p. 169). Desta forma, Kopplin e Ferrareto (apud Lopes, 2003, p. 11), associa a assessoria de imprensa a dois aspectos fundamentais, são eles: “a necessidade de divulgar
  3. 3. opiniões e realizações de um individuo ou grupo de pessoas e a existência de um conjunto de instituições conhecido como meios de comunicação”. Por fim, Eid (2003) entende que a assessoria de imprensa pode ser considerado um elo entre o setor público e os veículos de comunicação. Compete a assessoria de imprensa administrar as informações jornalísticas das organizações e do governo, de maneira a atingir positivamente os interesses das duas partes. A partir desta discussão, foi criado um projeto de relacionamento da Metroplan com a mídia, tendo como objetivo sistematizar a comunicação entre eles, conscientizando a Metroplan sobre a importância de um bom relacionamento com a imprensa. APRESENTAÇÃO DO PROJETO A METROPLAN - Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional é o órgão responsável pela elaboração e coordenação de planos, programas e projetos de desenvolvimento regional e urbano do Estado. Inclusive a atribuição de planejamento, de coordenação, de fiscalização e de gestão do Sistema Estadual de Transporte Metropolitano Coletivo de Passageiros, conferida pela Lei Estadual n.º 11.127, de 09 de fevereiro de 1998. É o órgão de gestão urbana e regional do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, que tem como objetivo promover o desenvolvimento integrado entre os municípios. Atua em gestão e planejamento no âmbito estadual e, na medida de suas atribuições, predominantemente na Região Metropolitana de Porto Alegre, Aglomerações Urbana do Nordeste; Aglomeração Urbana do Sul e Aglomeração Urbana do Litoral Norte (20 municípios). Nestas áreas estão localizados cerca de 5,4 milhões de habitantes, representando aproximadamente 51% da população gaúcha, ocupando 7% da área territorial do Estado, onde se concentra cerca de 70% da economia do Rio Grande do Sul. Atua no Gerenciamento do Transporte Coletivo Intermunicipal nos municípios de Alvorada, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Estância Velha, Esteio, Gravataí, Guaíba, Novo Hamburgo, Porto Alegre, São Leopoldo, Sapiranga, Sapucaia do Sul e Viamão. Suas ações
  4. 4. referem-se ao planejamento e controle operacional do sistema: horários, itinerários, condições de frota, urbanidade do pessoal de operação, cálculo tarifário setorizado, regulamentação do transporte de fretamento e melhorias nos terminais e paradas de ônibus. Podem ser considerados públicos da Metroplan: o governo do Estado do Rio Grande do Sul, o Governo Federal, as Prefeituras de todas as regiões de atuação da Metroplan, a Prefeitura de Porto Alegre, a comunidade das regiões de atuação, as empresas do Transporte Coletivo Intermunicipal e o Trensurb, o quadro de funcionários do órgão, fornecedores e imprensa. A Metroplan relaciona-se com os veículos de comunicação da Capital, da Região Metropolitana de Porto Alegre e demais regiões que atua. Percebe-se que o relacionamento deste órgão gestor e o público imprensa é formal. A Metroplan costuma ser procurada pela imprensa, somente em razão de fatores polêmicos e que geram o desconforto e insatisfação da população, como por exemplo o reajuste de tarifas. Nota-se que as informações enviadas pela Assessoria de Imprensa, através de releases, em relação aos projetos de benefício à população, costumam não ser divulgados pelos veículos de comunicação. • Objetivos Específicos: 1- Criar um manual de orientação para conduzir um bom relacionamento com a imprensa; 2- Conscientizar os Diretores e demais profissionais pertinentes da Metroplan sobre a importância do relacionamento com a imprensa; 3- Preparar os profissionais para que possam interagir com a mídia de forma efetiva e segura, ampliando as oportunidades de exposição da Metroplan. Público-Alvo: Diretores, Setor Assessoria de Imprensa e outros profissionais pertinentes da Metroplan. • Dinâmica: - Será confeccionado o Manual de Relacionamento com a Imprensa, em conjunto do Setor Assessoria de Imprensa com profissionais de uma consultoria de comunicação contratada.
  5. 5. - Este manual contará com informações sobre a história e teoria da comunicação e imprensa. Será abordado o conceito e importância da assessoria de imprensa, além da imagem e gerenciamento de crises. - O manual será entregue impresso para todos os colaboradores da Metroplan. - Em complemento será oferecido diversas modalidades de treinamentos para os profissionais da Órgão, principalmente os diretores e o setor de assessoria de imprensa, ministrados por profissionais capacitados em relacionamento com a imprensa. - Os treinamentos englobarão desde assuntos teóricos sobre o funcionamento da imprensa, seus bastidores e critérios para seleção da notícia até a gravação de entrevistas para televisão, rádio, mídia impressa e simulação de situações positivas e negativas. - Será programado, pela assessoria de imprensa, a visita dos diretores da Metroplan até as principais redações dos veículos de comunicação da região que atua. Período de realização: O Manual de Relacionamento com a imprensa será confeccionado em três meses iniciando seu processo no mês de janeiro de 2010. Os treinamentos ocorrerão em um período de um mês, iniciando no mês de março de 2010. No mês de fevereiro será realizado a visita do Diretor nas redações jornalísticas. • Instrumentos de comunicação: Convite digital, gravação de entrevistas, polígrafos, manual e intranet. • Recursos Materiais: Máquina fotográfica, filmadora, sala de treinamento. • Recursos Tecnológicos: Software Corel Drawn, Intranet e Outlook (para envio dos convites)
  6. 6. • Orçamento: Projeto Instrumento Valor Contratação de Consultoria R$ 2.000,00 Manual de relacionamento Manual de Relacionamento R$ 1.500,00 com a imprensa com a Imprensa Valor TOTAL: R$ 3.500,00 • Avaliação: O projeto será avaliado a partir da aplicação de uma pesquisa de clima, que verificará a importância e eficácia deste manual no dia a dia dos profissionais no relacionamento com a imprensa. Essa avaliação será aplicada três meses após o lançamento do manual e de seis em seis meses após a implantação.

×