SMS Social e políticas públicas de saúde

172 visualizações

Publicada em

O SMS Social é uma aplicação de gestão de grupos de contatos e envio/recebimento de mensagens do tipo SMS, além disso, traz consigo um modo de pensar e fazer a gestão da comunicação para políticas públicas. Em parceria com a Rede Humaniza SUS, tem realizado pesquisas sobre o uso de dispositivos móveis na área da saúde. Nesta apresentação abaixo, trago uma breve introdução as características do SMS Social, sua metodologia e experiências realizadas. E também, uma pesquisa exploratória sobre dados do uso de SMS no Brasil, e as exemplos de algumas experiências de comunicação via SMS no Brasil e no mundo.

Publicada em: Saúde
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
172
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SMS Social e políticas públicas de saúde

  1. 1. SMS Social e políticasSMS Social e políticas públicas de saúdepúblicas de saúde
  2. 2. O que é SMS SOCIAL?
  3. 3. O que é SMS Social? SMS Social é uma ferramenta de gestão de grupos de contatos e envio/recebimento de mensagens do tipo SMS, desenvolvido por meio da parceria entre o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gestão, Políticas e Tecnologia da Informação da (UFG) e o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Tecnologia, Cultura e Sociedade da (UFSCar) - campus Sorocaba.
  4. 4. O que é SMS Social? Tem como principal objetivo potencializar a relação entre determinada instituição, grupo ou rede com seu público. Com o enfoque principal na área social é uma ferramenta pensada para gestores e profissionais que trabalham com diferentes políticas públicas e que precisam de um veículo de comunicação direto com seu público. O que é SMS Social?
  5. 5. É também um disparador de modos de operar a gestão da comunicação de políticas públicas. Ao realizar um processo de questionamento sobre o quê, quando, como e para quem devo difundir uma informação sobre determinada política, a partir da criação de um plano de comunicação, impulsiona- se uma reflexão sobre a operacionalidade na aplicação da política pública e cria outras formas de relacionamento entre grupos, pessoas e instituições. O que é SMS Social?
  6. 6.  Envio e recebimento de mensagens tipo SMS para contatos individuais, bem como para grupos de contatos  Agendamento de envio de mensagens  Gerenciamento de contas de usuários utilizadores do serviço  Cadastro de grupos de contatos  Cadastro de contatos  Possibilidade de importação de planilha de contatos  Criação de relatórios de envio e recebimento de mensagens de fácil exportação  Integração com operadoras brasileiras para envio e recebimento de mensagens Principais funcionalidades
  7. 7. Principais funcionalidades
  8. 8. Principais funcionalidades
  9. 9. Principais funcionalidades
  10. 10. Principais funcionalidades
  11. 11. Por que usar o SMS Social como uma ferramenta de comunicação para políticas na área da saúde pública?
  12. 12. Percentual de usuários de telefone celular sobre o total da população de 10 anos ou mais Total da populção com 10 anos ou mais CETIC. TIC Domicílios e Usuários 2014. Apresentação dos principais resultados TIC domicílios 2014. p.12. São Paulo, 2015. Disponível em: http://cetic.br/media/analises/tic_domicilios_2014_coletiva_de_imprensa.pdf. Acesso em: 30/05/2016. 172,7 Milhões 172,7 Milhões 86%86% 148,2 Milhões 148,2 Milhões Percentual de usuários de telefone celular sobre o total da população Total de usuários de telefone celular com 10 anos ou mais
  13. 13. CETIC. TIC Domicílios e Usuários 2014-2015. Proporção de usuários de telefone celular, por atividades realizadas no telefone celular nos últimos três meses. São Paulo, 2015. Disponível em:http://www.cetic.br/tics/usuarios/2014/total- brasil/J4/. Acesso em: 30/10/2015. Dados sobre uso de SMS no Brasil Em uma base de 148.405.357 pessoas que utilizaram telefone celular há menos de três meses em relação ao momento da pesquisa. Dados coletados entre outubro de 2014 e março de 2015. 59% Utilizaram serviços de Mensagem tipo SMS ou torpedo
  14. 14. CETIC. TIC Domicílios e Usuários 2014-2015. Proporção de usuários de telefone celular,por atividades realizadas no telefone celular nos últimos três meses. São Paulo, 2014. Disponível em:http://www.cetic.br/tics/usuarios/2014/total- brasil/J4/. Acesso em: 30/10/2015. Dados sobre uso de SMS no Brasil Comparativo com aplicativos de envio de mensagens de texto pela internet (whatsapp e outros) Nos últimos três meses que antecederam à pesquisa, com base em 16.652 entrevistados 59% 47% SMS ou Torpedo Aplicativos de envio de mensagens de texto pela internet (whatsapp)
  15. 15. CETIC. TIC Domicílios e Usuários 2014-2015. Proporção de usuários de telefone celular,por atividades realizadas no telefone celular nos últimos três meses. São Paulo, 2014. Disponível em:http://www.cetic.br/tics/usuarios/2014/total- brasil/J4/. Acesso em: 30/10/2015. Dados sobre uso de SMS no Brasil Por faixa etária
  16. 16. CETIC. TIC Domicílios e Usuários 2014-2015. Proporção de usuários de telefone celular,por atividades realizadas no telefone celular nos últimos três meses. São Paulo, 2014. Disponível em:http://www.cetic.br/tics/usuarios/2014/total- brasil/J4/. Acesso em: 30/10/2015. Dados sobre uso de SMS no Brasil Por sexo
  17. 17. CETIC. TIC Domicílios e Usuários 2014-2015. Proporção de usuários de telefone celular,por atividades realizadas no telefone celular nos últimos três meses. São Paulo, 2014. Disponível em:http://www.cetic.br/tics/usuarios/2014/total- brasil/J4/. Acesso em: 30/10/2015. Dados sobre uso de SMS no Brasil Por classe
  18. 18. CETIC. TIC Domicílios e Usuários 2014-2015. Proporção de usuários de telefone celular,por atividades realizadas no telefone celular nos últimos três meses. São Paulo, 2014. Disponível em:http://www.cetic.br/tics/usuarios/2014/total- brasil/J4/. Acesso em: 30/10/2015. Dados sobre uso de SMS no Brasil Motivos da NÃO utilização de Internet no celular 44%afirmam que não usaram internet pois o telefone não tem acesso 21%afirmam que usar a internet custa caro 21%disseram que o plano custa caro Base: 66.686.847 indivíduos que declararam ter utilizado telefone celular e não ter utilizado a Internet pelo telefone celular nos últimos 3 meses.
  19. 19. Dados sobre uso de SMS no Brasil Valor do envio/recebimento de mensagens SMSR$ 0,10* Valor médio a partir da tabela do provedor Zenvia, utilizado durante o período de desenvolvimento do SMS Social (2014-2015)
  20. 20. Experiências com uso de SMS na saúde pública Campanhas contra a dengue Palmeira dos Índios (AL) iniciou uma campanha de conscientização para o combate aos focos do mosquito Aedes Aegypti, em março de 2016, a prefeitura contratou uma empresa para a implementação da ação. Matéria publicada no site do Jornal Folha de São Paulo em (17 de março de 2016) Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/empreendedorsocial/2016/03/1743252-prefeituras-aderem-a-tecnologias- como-aplicativos-e-sms-contra-o-aedes.shtml
  21. 21. Experiências com uso de SMS na saúde pública Avisos sobre consultas e exames Com o objetivo de diminuir as faltas nas consultas e nos exames do sistema público de saúde, estados e municípios tem investido em envio de lembretes para seus usuários, em alguns casos solicitando a confirmação da consulta também via SMS. Estas experiências foram encontradas nos municípios de Vinhedo-SP, Santos-SP, Rio de Janeiro-RJ e na secretaria de saúde do estado do Paraná. Um destaque para a cidade do Rio de Janeiro, que tem como meta o envio de aproximadamente 380 mil mensagens por mês. Fontes: http://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/31895/consultas-e-exames-ser-o-lembrados-por-mensagem-de-celular http://oglobo.globo.com/rio/pacientes-vao-receber-sms-com-informacoes-sobre-consultas-17682496 http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=78758 http://www.vinhedo.sp.gov.br/2015/11/12/prefeitura-de-vinhedo-reduz-significativamente-o-numero-de-faltas-as- consultas-agendadas-na-rede-municipal-de-saude/
  22. 22. Experiências com uso de SMS na saúde pública Campanhas de doação de sangue Um hemocentro em Estocolmo, na Suécia, começou a utilizar um serviço de SMS para notificar doadores de sangue, quando a sua doação fosse utilizada. Com o objetivo de estimular os doadores a continuar doando sangue. Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/doadores-de-sangue-da-suecia-recebem-sms-quando-salvam-uma- vida
  23. 23. Experiências com uso de SMS na saúde pública Ações de adesão à tratamentos Pesquisa em Moçambique, realizada em parceria com centros de saúde, com o objetivo de desenvolver uma aplicação para enviar mensagens para pacientes com HIV/Aids e Tuberculose, onde a partir de um prontuário de cada paciente, mensagens de lembretes de uso de medicações, consultas e mensagens motivacionais eram enviadas. Segundo José António Nhavoto e demais pesquisadores (2015), a aplicação fortaleceu os vínculos comunicacionais entre pacientes e profissionais da saúde, ampliando a aceitação à tratamentos com uso de terapias anti-retrovirais. Referencias: NHAVOTO, José Antonio et al. SMSaúde: Design, Development, and Implementation of a Remote/Mobile Patient Management System to Improve Retention in Care for HIV/AIDS and Tuberculosis Patients. JMIR Mhealth Uhealth. 2015 Jan-Mar; 3(1): e26. Disponível em: http://mhealth.jmir.org/2015/1/e26/. Acesso em: 30/05/2016
  24. 24. Experiências com uso de SMS na saúde pública Ações de adesão à tratamentos Um estudo com mulheres brasileiras com HIV/Aids, realizado por Thiago Martini Costa e equipe de pesquisadores (2012), entre 2008 e 2009, teve como principal objetivo compreender a eficiência do envio de mensagens do tipo SMS na ampliação de adesão ao tratamento, para isso, foram criados dois grupos, um deles receberia a intervenção dos pesquisadores e das equipes de saúde, a partir do envio de mensagens, e um outro grupo controle que não receberia. Os dados evidenciaram que o grupo que recebeu as intervenções obtiveram aumento de adesão ao tratamento, em todos os indicadores produzidos pela pesquisa, e cerca de 90,9% gostariam de continuar à receber as mensagens. Referencias: COSTA, Thiago Martini et al. Results of a randomized controlled trial to assess the effects of a mobile SMS-based intervention on treatment adherence in HIV/AIDS-infected Brazilian women and impressions and satisfaction with respect to incoming messages. Int J Med Inform. 2012 Apr; 81(4): 257–269. Disponível em: 10.1016/j.ijmedinf.2011.10.002 Acesso em: 30/05/2016
  25. 25. Experiências com uso de SMS na saúde pública Avaliação do atendimento da rede públicas de saúde Os municípios do Rio de Janeiro/RJ e Vitória/ES iniciaram o uso de SMS como meio de avaliação dos serviços de atendimento em consultas e exame na rede pública, ao final de cada consulta, o paciente recebe uma pergunta de avaliação via SMS. Fontes: http://www.vitoria.es.gov.br/noticia/pacientes-fazem-avaliacao-dos-servicos-da-rede-municipal-de-saude-15569 http://oglobo.globo.com/rio/pacientes-vao-receber-sms-com-informacoes-sobre-consultas-17682496
  26. 26. Experiências com uso de SMS na saúde pública Envio de informações sobre equipamentos de saúde para centrais de monitoramento de políticas públicas Segundo uma notícia veiculada no portal do Conselho Nacional de Saude (CNS) em 2012, a Pastoral da Criança e a empresa de telefonia TIM, realizaram uma parceria que capacitou 40 voluntários na cidade de Curitiba/PR para a utilização de aplicações de envio SMS para transmissão de informações sobre o atendimento e qualidade dos serviços públicos de saúde para as centrais de acompanhamento da Pastoral da Criança. Antes do projeto, os voluntários preenchiam estas informações em fichas impressas enviadas pelo correio, agora contam com o SMS e também um canal via internet. Fontes: http://conselho.saude.gov.br/ultimas_noticias/2012/28_set_tecnologia_celular.html
  27. 27. Experiências com uso de SMS na saúde pública Pesquisas sobre uso de SMS para suporte à adesão de tratamentos Há uma série de pesquisas que buscam avaliar o impacto deste tipo de ação na área da saúde, Cristiana Soares Prado e outros pesquisadores (2012) apresentam o resultado de uma pesquisa que realizou sobre o tema, encontrando 425 artigos, tendo 45 deles analisados à fundo, sobre o uso de SMS como lembrete na adesão ao tratamento de saúde. Dos 45 artigos analisados, cerca de 75% indicavam que as ações de envio de SMS aumentaram a adesão de pacientes aos tratamentos propostos nas pesquisas. Referencias PRADO, Cristiana Soares et al. Impacto da utilização de mensagens do tipo SMS (Short Message Service) como lembrete na adesão ao tratamento de saúde – revisão sistemática da literatura. Journal of Health Informatics. v. 4, n. 4 (2012). Disponível em: http://www.jhi-sbis.saude.ws/ojs-jhi/index.php/jhi-sbis/article/view/201. Acesso em: 30/05/2016.
  28. 28. Metodologia de experimentação SMS Social
  29. 29. Metodologia de experimentação SMS Social O SMS Social foi desenvolvido com base em experiências com diferentes políticas públicas, portanto, construiu a partir disso uma metodologia de experimentação da aplicação para grupos, redes e instituições. Estudos de caso ● Bibliotecas em Rede ● +Telecentros
  30. 30. Metodologia de experimentação SMS Social + Telecentros ● Contexto: A experimentação do SMS Social compîs o eixo de Inclusão Digital do projeto +Telecentros (2012 – 2013) uma cooperação técnica entre a UFSCar (Sorocaba) e o Ministério das Comunicações (MC) ● Objetivos: Desenvolver uma tecnologia de comunicação via dispositivos móveis entre CRAS (Centros de Referencia em Assistencia Social) no Rio de Janeiro e seus usuários e parceiros, que fortalecesse os vínculos e ampliasse a presençã da comunidade nas atividades dos CRAS ● Metodologia: ● Encontros presenciais com trabalhadores dos CRAS para modelagem da ferramenta ● Levantamento de objetivos para o plano de comunicação, público e rede de parceiros ● Elaboração do plano de comunicação ● Avaliação da experiência: análise das mensagens; grupo focal. ● Resultados: ● Ampliação da participação dos usuários nas atividades dos CRAS ● Estabeleceu parâmetros para a comunicação interna e externa
  31. 31. Metodologia de experimentação SMS Social Bibliotecas em Rede ● Contexto: Uma parceria entre UFSCar, UFG e a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), realizado entre 2014 e 2015. Consistia em promover ações de ativação de redes entre bibliotecas públicas no estado de Sergipe. ● Objetivos: Experimentar uma tecnologia de comunicação via SMS, com o objetivo de verificar o impacto da aplicação de um plano de comunicação na gestão da comunicaçao e na ampliação da quantidade de visitas em duas bibliotecas públicas ● Metodologia: ● Levantamento de contatos e análise do público ● Elaboração de plano do comunicação ● Criação de indicadores de comparação da série histórica e grupo controle ● Análise dos indicadores e dos tipos de mensagens ● Resultados: ● Mudanças da gestão municipal e nas equipes das bibliotecas, no decorrer do projeto, além de problemas de infra-estrutura, dificultaram a finalização do projeto, exigindo uma mudança de foco na pesquisa. ● Analisamos o impacto da aplicação do plano de comunicação na gestão da comunicação interna ● A metodologia desvelou os problemas e as dificuldades de comunicação entre gestores e trabalhadores nas bibliotecas, influenciando seus modos de operar.
  32. 32. Metodologia de experimentação SMS Social Síntese das estratégias e etapas desenvolvidas nas experiências que inspiraram a metodologia SMS Social: 1) Encontros para levantamento de informações sobre o contexto sócio- técnico em que a aplicação será experimentada e definição dos objetivos do plano de comunicação. 2) Levantamento de indicadores para avaliação dos impactos da aplicação 3) Definição do público à ser alcançado pelas ações de comunicação 4) Coleta de números de telefone celular do público que participará do experimento e criação de um banco de dados.
  33. 33. Metodologia de experimentação SMS Social 5) Definição dos tipos de mensagem e conteúdos à serem veiculados 6) Definição dos grupos de usuários que receberão as mensagens, a partir dos objetivos de comunicação e tipos de mensagens que serão veiculadas. 7) Criação de um plano de gestão da comunicação definindo: equipe responsável, periodicidade das mensagens, objetivos, grupos de usuários e indicadores de análise dos impactos da comunicação. 8) Experimentação 9) Análise dos resultados: a partir dos indicadores desenvolvidos de acordo com o objetivo e avaliação qualitativa das pessoas envolvidas (trabalhadores e gestores da política pública e usuários participantes da experiência).
  34. 34. Exemplo de Plano de Comunicação
  35. 35. Pré-requisitos para a experimentação do SMS Social
  36. 36. O SMS Social foi pensado para ser uma ferramenta de baixo custo de manutenção e implementação, a seguir apresentamos os pré- requisitos mínimos para a experimentação divididos em duas frentes: grupo de trabalho e infra-estrutura. Pré-requisitos para a experimentação do SMS Social
  37. 37. ● Grupo de trabalho: ● Composto por profissionais de diversos setores, ou todo o grupo da instituição ● Deverá acompanhar todas as etapas da metodologia ● Elaborar um plano de comunicação ● Definir tarefas e uma agenda conjunta de encontros para planejamento e avaliação das ações Pré-requisitos para a experimentação do SMS Social
  38. 38. ● Infra-estrutura: ● Equipe ou profissional com conhecimento específico em administração de aplicações na web, tecnologia da informação, administração de redes, webdesign, etc. ● Obter um domínio na web para instalar a aplicação ● Contratar um serviço de hospedagem, ou utilizar um serviço já existente ● Instalar a versão mais recente da aplicação Wordpress ● Aplicar o tema SMS Social na plataforma Wordpress instalada ● Contratar um serviço de envio e recebimentos de mensagens Pré-requisitos para a experimentação do SMS Social
  39. 39. Recursos e documentação do SMS Social 1. Site da aplicação: http://smssocial.gi.fic.ufg.br/ 2. Texto de apresentação: http://www.slideshare.net/SMSSOCIAL/conhea-o-sms-social 3. Prezi da aplicação: http://prezi.com/ms_ztpvncr8j/?utm_campaign=share&utm_medium=copy&rc=ex0share 4. Vídeo de apresentação: https://youtu.be/QbupTnE_-sg 5. Versão demonstrativa:http://demo.smssocial.gi.fic.ufg.br usuário: teste senha: teste 6. Guia de Instalação: http://www.slideshare.net/SMSSOCIAL/guia-de-instalacao 7. Manual do usuário: http://pt.slideshare.net/SMSSOCIAL/manual-do-usuario-60028653 8. Relato de experiência: Ferramentas de gestão da comunicação de políticas públicas. http://www.slideshare.net/SMSSOCIAL/ferramentas-de-gesto-da-comunicao-de-polticas-pblicas-final 9. Relato de experiência: Comunicação via SMS a experiência do projeto Bibliotecas em Rede http://www.slideshare.net/SMSSOCIAL/comunicacao-via-sms-a-experiencia-do-projeto-bibliotecas-em-rede-final 10. Livro - Novos caminhos da inclusão digital: experiências do Projeto +Telecentros http://www.slideshare.net/dmartins/novos-caminhos-da-incluso-digital-experincias-do-projeto-telecentros 11. Valores de envio e recebimento de SMS - tabela do provedor Zenvia: https://docs.google.com/document/d/1yckmbCS724xzIxLTk-EUiBB6vjwkyHOgkCBqhGuE8ko/edit?usp=sharing

×