Agricultura biodinâmica

2.577 visualizações

Publicada em

Publicada em: Engenharia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.577
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
120
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agricultura biodinâmica

  1. 1. Conceitos  Partindo da afirmação de que “a agricultura é o fundamento de toda a cultura e tem algo a ver com todos”, a agricultura biodinâmica tem como objetivo a renovação do manejo agrícola, sanar o meio ambiente e produzir alimentos de forma condigna.
  2. 2. sosagriculturasustentavel.wordpress.com
  3. 3.  Tem como ponto central a integração dos elementos ambientais e agrícolas, transformando a fazenda ou sítio em um organismo em si, concluso e maximamente diversificado. Assim, para que se obtenha êxito é necessária a interação harmônica entre solo, animais, plantas, água descontaminada e homem.
  4. 4. www.revistanovoambiente.com.br
  5. 5.  A partir disso, o agricultor biodinâmico, dentro do processo de trabalho, aprende a ser um pesquisador, que cultiva e seleciona suas próprias sementes. Ele também estará apto a transmitir seus conhecimentos e experiências, lembrando- se sempre de que a agricultura não é somente uma profissão para ganhar dinheiro, mas é principalmente um encargo de vida, é vocação (SAB, 2010).
  6. 6. oglobo.globo.com
  7. 7. Histórico  A corrente biodinâmica da agricultura teve seu início num ciclo de 8 palestras realizadas em 1924, na Polônia, por Rudolf Steiner.  Ele formulou a antroposofia, a qual pretende captar através de métodos experimentais, fatos supra sensoriais ou elementos de natureza espiritual que estão além da matéria no meio natural.
  8. 8. institutorudolfsteiner.org.br
  9. 9.  Em diversos países a Agricultura Biodinâmica é realizada buscando a integração das atividades humanas, com o propósito de produzir alimentos que estimulem a consciência das pessoas.  Há centros de pesquisa na Alemanha, Áustria, Austrália e Estados Unidos, cuja produção científica tem sido empregada em iniciativas de estudos de alimentação, saúde humana e animal, entre outros.
  10. 10.  No Brasil a certificação da Agricultura Biodinâmica, que utiliza a marca “Demeter”, é realizada pela Associação de Certificação Instituto Biodinâmico – IBD (2009), com sede em Botucatu, São Paulo.  Atualmente, no âmbito nacional, 42 projetos são certificados com a marca. Nos Estados Unidos, são 87 os empreendimentos certificados.
  11. 11. www.fazendatamandua.com.br
  12. 12.  As fazendas da Demeter certificadas pela Organização de Certificação Internacional, estão na Argentina, África do Sul, Bulgária, Bélgica, Canadá, Chile, China, Costa Rica, Croácia, Equador, Espanha, Grécia, Hungria, Índia, Irlanda, Israel, Japão, Malásia, Marrocos, México, Nepal, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Rep. Checa, Rep. Dominicana, Romênia, Sicília (Itália), Slováquia, Sri Lanka, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uganda.
  13. 13.  Já as fazendas certificadas nos países membros da Demeter-Internacional estão na Alemanha, Áustria, Brasil, Dinamarca, Egito, Estados Unidos, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Holanda, Itália, Luxemburgo, Nova Zelândia, Noruega, Slovênia, Suécia, Suíça.
  14. 14. Demeter, 2013
  15. 15. Demeter, 2013
  16. 16. Total  Hectares: 147.009  Fazendas: 4.742  Processadores: 478  Distribuidores: 190
  17. 17. Plantas Cultivadas  Entre as plantas cultivadas em sistema biodinâmico estão: milho, aveia preta, trigo, maracujá, manga, beterraba, cenoura, abobrinha italiana, alface, alho poro, arroz (agulhinha, castanho-vermelho, cateto, preto), banana, brócolis, café, capim cidreira, cebolinha, salsa, couve, ervilha, escarola, espinafre, feijão (carioca, preto e vermelho), pimenta cambuci, rúcula, batata e videira, Ameixa, Amora Preta, Atemóia, Caqui, Castanha In Natura, Feijão, Figo, Goiaba, Hortaliças, Limão, Mandioca, Pêra, Pêssego, Plantas Medicinais, Soja, entre outros.
  18. 18. www.feirabiodinamica.com.br www.feirabiodinamica.com.br www.feirabiodinamica.com.br
  19. 19. www.feirabiodinamica.com.br www.feirabiodinamica.com.br www.feirabiodinamica.com.br www.feirabiodinamica.com.br
  20. 20. www.feirabiodinamica.com.br www.feirabiodinamica.com.br
  21. 21. Área de Produção  A Agricultura Biodinâmica vem ganhando espaço no mercado brasileiro, graças ao plantio livre de agrotóxicos e ao fato de ser feita em ambientes naturais equilibrados, que integram homem, animais e plantas, promete entregar produtos mais saborosos e resistentes ao consumidor.  No Brasil são 2.170 hectares onde se pratica a Agricultura Biodinâmica, havendo 26 fazendas certificadas. No mundo são 147.009 hectares e 4.742 fazendas certificadas (DEMETER, 2013).
  22. 22. Adubação do Solo  O solo é um organismo vivo e, portanto, a adubação deve ser realizada não só para fornecer nutrientes, mas também para vitalizá-lo. Para isso, são utilizados os preparados biodinâmicos que fazem a planta atuar como ser transmissor, receptor e acumulador da ligação da Terra com o Cosmo.
  23. 23. Preparados Biodinâmicos  São elaborados a partir de plantas medicinais, esterco e silício (quartzo), que são envoltos em órgãos de animais, enterrados no solo e submetidos às influências da Terra e de seus ritmos anuais.  Uma de suas funções é harmonizar o meio onde estarão atuando, através de um equilíbrio dinâmico entre os diversos componentes do organismo agrícola (solo, planta, animal e ser humano).
  24. 24.  Chifre-esterco (500);  Chifre-sílica (501);  Milfolhas e bexiga de cervo macho (502);  Camomila e intestino delgado bovino (503);  Urtiga (504);  Casca de carvalho e crânio de animal doméstico (505);  Dente-de-leão e mesentério bovino (506);  Valeriana (507); Fladen elaborado com esterco fresco consistente e bem formado misturado a pó de basalto e cascas de ovos trituradas, aplicando-se aos preparados 502 ao 507.
  25. 25. Preparados líquidos (500 e 501)  Diluídos e pulverizados sobre as culturas.  Revitalizam as plantas, criando vitalidade e resistência.  A impressão causada é de verdadeiros fungicidas.  Quando penetram o solo introduzem grandes quantidades de micro e macro elementos vivos.
  26. 26.  O preparado 500 é comercializado em embalagens de 80g. Para cada hectare são recomendadas quatro embalagens.  O preparado 501 é fornecido em embalagens de 1,2g. Utiliza-se quatro embalagens para cada hectare vinhodosanjos.wordpress.com biodinamic.lojatemporaria.com
  27. 27. Preparado 500  Normalmente é realizado na Páscoa.  O esterco é colocado dentro dos chifres sem que fiquem espaços de ar.  Após é depositado em um buraco com pelo menos 40 cm de profundidade.  Este deve ser desenterrado seis meses depois, devendo ser armazenado em local escuro e arejado em potes de argila cobertos com turfa, cortiça ou xaxim.
  28. 28. Os chifres, cheios de esterco, devem ser enterrados em um buraco de aproximadamente 40 cm de profundidade e desenterrados após seis meses.
  29. 29.  No momento da aplicação coloca-se o preparado em um recipiente com água, misturando-o por uma hora. Após, é espalhado sobre a lavoura como se fossem gotas de chuva.  Auxilia o crescimento das raízes, atuando na fauna de micro-organismos que vivem nesta região.  Afirma-se que tem influencias terrestres.  Proporciona o desenvolvimento pleno das plantas.
  30. 30. Preparado 501  Auxilia a comunicação da planta com o cosmo.  Serve como uma ponte de ligação entre a parte aérea das plantas e as forças que são transmitidas para a terra.  Deve ser aplicado nas mesmas áreas onde houve utilização do preparado 500, porém em épocas diferentes.  Influencia a formação de flor e fruto, portanto sua aplicação deve ser pouco antes ou depois da floração.
  31. 31.  Deve ser fabricado no verão, especificamente no Natal.  Colocam-se cristais de quartzo em pó, enche-se os chifres com esterco que devem ser enterrados em locais ensolarados.  Devem ser desenterrados seis meses depois e armazenados em vidros e em contato com o sol.  Na hora da aplicação, a cada 5g devem ser misturados 60 litros de água e dinamizados por uma hora.  Após deve ser coado e pulverizado sobre as folhas.
  32. 32. Preparados à base de plantas medicinais (502 a 507)  Adicionados ao composto em elaboração.  Funções:  Fortalecer os processos da vitalidade e reprodução;  Auxiliar a formação estrutural do caule e tronco da planta;  Regular o metabolismo do calcário e auxiliar no processo da reprodução.
  33. 33. www.ziontics.com.br
  34. 34. Calendário Biodinâmico  Contém dicas que permitem planejar os trabalhos na área cultivada para o crescimento pleno de plantas e colheitas satisfatórias, sendo apoiado pelo poder da Lua. www.ziontics.com.br
  35. 35. Exemplos de Agricultura Biodinâmica no Brasil
  36. 36.  Todovinho – Vinícola Santa Augusta - Santa Catarina. Utiliza chá de cavalinha como fungicida. todovinho.blogspot.com todovinho.blogspot.com
  37. 37. Aplicação de chá de cavalinha como fungicida na Vinícola Santa Augusta - SC todovinho.blogspot.com
  38. 38.  Estância Demétria - Botucatu (SP). Produção de laticínios e padaria artesanal, área agrícola e agroindústria. ecohabitat.tv.br www.feirabiodinamica.com.br www.feirabiodinamica.com.br
  39. 39.  Sítio Vida Nova – Botucatu (SP). Produção de hortaliças. www.soscuesta.org.br
  40. 40.  APANFÉ - Associação de Produtores de Agricultura Natural de Maria da Fé - Maria da Fé (MG). Produção de ameixa, amora preta, arroz, atemoia, banana, caqui, castanha in natura, feijão, figo, goiaba, hortaliças, limão, mandioca, pêra, pêssego, plantas medicinais e soja. csaapanfe.wordpress.com
  41. 41.  Fazenda Capão Alto das Criúvas – Sentinela do Sul (RS). Produção de arroz. transnet.ning.com
  42. 42.  Fazenda Alegre – São João da Boa Vista (SP). Produção de arroz, café, feijão, frutas, gado de corte e hortaliças. fazendasempreviva.blogspot.com
  43. 43.  Fazenda Tamanduá - Patos (PB). Produção de frutas desidratadas, leite de cabra, manga, manga desidratada, mel, melão, mini melancia, queijos e ricota. Muda de mini melancia orgânica e fruta no campo. Produção pronta para transporte. Fonte: www.fazendatamandua.com.br Mel biodinâmico certificado pelo IBD. Fonte: www.fazendatamandua.com.br
  44. 44. Referências  ABDSUL – Associação de Agricultura Biodinâmica do Sul. Histórico. Disponível em: <http://www.abdsul.org.br/historico.htm>. Acesso em: 10 maio 2013.  ASSOCIAÇÃO BIODINÂMICA. Associação Brasileira de Agricultura Biodinâmica. Disponível em: <http://www.biodinamica.org.br>. Acesso em: 14 maio 2013.  DEMETER - Biodynamic Quality. Members & Guest members. Disponível em: <http://www.demeter.net/demeter- international/members-guest-members>. Acesso em: 30 abr. 2013.  SOCIEDADE ANTROPOSÓFICA BRASILEIRA (SAB). Agricultura Biodinâmica, 2010. Disponível em <http://www.sab.org.br/agric-biod>. Acesso em: 08 maio 2013.
  45. 45. OBRIGADA PELA ATENÇÃO

×