Candidatos brasileiros e as redes sociais

4.003 visualizações

Publicada em

O estudo tem o objetivo de identificar e entender a atuação na web dos candidatos a presidente nas eleições de 2010. Esse trabalho é complementar ao divulgado anteriormente em: http://www.slideshare.net/mapadigital/politicos-brasileiros-e-as-redes-sociais

0 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.003
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
74
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
261
Comentários
0
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Candidatos brasileiros e as redes sociais

  1. 1. Candidatos a presidente nas redes sociais Crédito: http://www.flickr.com/photos/ciocci/3226903716/
  2. 2. Políticos na rede Introdução Indice Esse estudo é uma atualização da análise anterior sobre atuação  Introdução e contextualização dos políticos brasileiros em redes sociais. O foco dessa vez são os  Mapeamento candidatos a presidente.  Estratégias de atuação Na análise foram consideradas as estratégias adotadas por Dilma  Resumo de atuação Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda (PSOL). Objetivos  Contextualizar cenário atual da web brasileira;  Mapear a presença na web de principais nomes do cenário político nacional;  Identificar estratégias de atuação.
  3. 3. Políticos na rede Introdução A estratégia para uma atuação online deve levar em conta todas as especificidades do meio. Uma presença digital bem sucedida passa necessariamente pelo entendimento profundo dos potenciais e identificação dos riscos desse meio.
  4. 4. Políticos na rede Porque a internet é diferente (No que ela se diferencia das outras mídias?) Múltiplos emissores Múltiplos emissores / receptores se comunicam com outros múltiplos emissores / receptores. Hierarquia Uma estrutura de comunicação descentralizada e sem hierarquia. Intermediários Intermediários são eliminados do processo de comunicação. Interação Potencial de interação inédito, se comparado aos meios de comunicação tradicionais. Personalização A personalização da informação é característica marcante do meio. Comunicação A rede pode proporcionar um meio para troca de informações e comunicação direta entre o público e os políticos. Mobilização A internet é uma ferramenta com alto potencial de mobilização social e engajamento com baixos custos.
  5. 5. Políticos na rede internet no Brasil (dados até 09/09) 64,8 milhões de usuários Residências, trabalho, lan-houses, telecentros. 34,7 milhões de usuários ativos Considerando apenas acessos residenciais. 35 em cada 100 tem acesso a internet no país Penetração em outros países emergentes: Rússia (26%), México e China (23%), Índia (6%). 1º lugar mundial em horas de acesso/mês 46h14m por mês é a média de tempo gasto pelo brasileiro. A frente de EUA, Japão, Coréia, Inglaterra... 13,6 milhões de conexões de banda larga Crescimento de 36,5% entre junho 08/09. 80% dos usuarios acessaram redes sociais Orkut, blogs e Twitter estão entre os mais acessados por mês. Quase 165 milhões de celulares 85 em cada 100 pessoas possui aparelho de celular. Mais de 3 milhões de aparelhos 3G De março a agosto de 2009 o crescimento foi de 58,7%. Fonte: IDG Now / Nielsen / Terra / Webinsider
  6. 6. Políticos na rede Um novo local para o debate político (A web como praça pública) 59% das pessoas concordam que a web terá importância elevada nas eleições. Pesquisa do DataSenado indica que a internet vem em segundo lugar, atrás apenas da TV, em importância para as próximas eleiçõ es. 78% acessam blogs e portais de notícias para se informar. A mesma pesquisa indica que para a maior parte dos entrevistados a web é fonte de informação política, principalmente para el eitores entre 20 e 39 anos. A troca de ideias é o diferencial da web para metade dos eleitores. 46% acreditam que o debate entre eleitores é a principal força da internet. O segundo ponto mais importante (28%) é a facilitação da comunicação entre candidatos e eleitores. Redes sociais + blogs + portais são utilizados por 29% das pessoas para... ... se informarem sobre assuntos políticos. 74% acessam apenas blogs jornalísticos e portais de notícias, e 7% apenas redes sociais. 47% dos norte-americanos usaram a web como ferramenta política em 2008. Durante as prévias democratas, quase metade dos eleitores utilizou a internet ou celular para participar do processo político. 35% assistiram vídeos políticos, 10% utilizaram redes sociais, 6% fizeram doações, 12% publicaram opiniões ou conteúdo político n a web. Fonte IDG Now, DataSenado, Vox Populi, Obervatório da Imprensa
  7. 7. Políticos na rede Eleições no Brasil em números (breve perfil do eleitor brasileiro) São 130.604.430 eleitores no Brasil. O Brasil é a 4ª maior democracia do mundo, atrás de India (1), Estados Unidos (2) e Indonésia (3). SP + MG + RJ = 41% (54.474.904 eleitores). 25% dos domicílios da região Sudeste possuem acesso à internet. A região Sul fica em segundo lugar com 20%. Mulheres = 51,73% Homens = 48,15% Pesquisas recentes indicam que as mulheres são a maioria em redes como Twitter (57%), Ning (59%), MySpace (64%), Flickr (55%), Facebook (57%). No Brasil, 29% dos usuários do Orkut (7 milhões) são mulheres com mais de 25 anos. Jovens e adultos entre 18-34 anos correspondem a 41% do total de eleitores Na internet, a faixa etária de 16-34 anos corresponde a 59% dos acessos no Brasil. Mais da metade dos jovens de 16 a 24 anos (6 a cada 10) são considerados usuários de internet. 3 milhões de jovens entre 16 e 17 anos exercem o voto facultativo O número indica o interesse crescente dessa parcela da população em participar diretamente das eleições. Fonte TSE. CGI. IDG Now. Folha Online
  8. 8. Políticos na rede Uma ferramenta estratégica para 2010 05/02/2010 05/04/2010 23/04/2010 12/04/2010 25/04/2010 01/04/2010
  9. 9. Políticos na rede Estratégias Cobertura Em quais canais está presente. Acesso Formas de acesso aos canais do candidato. Conteúdo Tipos de conteúdo divulgados em cada canal. Interação Como é feita a moderação da interação com o eleitor. Transparência Qualidade da relação entre candidato e eleitor. Publicação Intensidade da atividade do canal.
  10. 10. Políticos na rede Presença online Fevereiro/10 /euqueropliniopresidente Março/10 Abril/09 @joseserra_ /dilmanaweb /dilma-rousseff 2009 2010 Março/09 Abril/10 /amigosdoserra Janeiro/10 @dilmanaweb /marina-silva Agosto/09 @pliniodearruda /msilvaonline Dilma Rousseff José Serra /projetosocialista Marina Silva @silva_marina Plínio de Arruda
  11. 11. Políticos na rede Presença online Até setembro de 2009, entre os presidenciáveis, apenas Serra contava com uma atuação mais consistente em redes sociais. Twitter Blog Flickr Orkut Facebook YouTube Outros Serra Dilma Marina Arruda Pouco mais de sete meses depois, os espaços foram amplamente ocupados pelos outros candidatos, enquanto Serra continuou atuando nos mesmos canais. Twitter Blog Flickr Orkut Facebook YouTube Outros Dilma Identica Marina Ning Serra Arruda
  12. 12. Políticos na rede Twitter, Blog, Orkut e YouTube são os canais comuns a todos os atuais candidatos (1). Até setembro de 2009 (2), apenas Blog e Twitter eram utilizados por todos os políticos analisados. Apostar em ferramentas menos populares como Ning, Slideshare e Linkedin é uma estratégia adotada por poucos candidatos. 1 2 Blog 4 Slideshare Twitter 3 2 1 Linkedin Orkut 0 Ning Facebook Flickr YouTube
  13. 13. Políticos na rede Acesso Marina Silva, Dilma Rousseff e Plínio de Arruda possuem estratégia similar na forma de acesso aos canais e conteúdos. Há um ponto central responsável por conectar os canais e utilizar o conteúdo produzido por eles. No caso de José Serra, o canal mais relevante (twitter) não é o responsável por distribuir o acesso aos demais pontos. Além disso, os conteúdos produzidos por esses canais não costumam ser aproveitados entre eles.
  14. 14. Políticos na rede Conteúdo É possível dividir os conteúdos dos canais em dois tipos: Divulgação e Relacionamento. O primeiro se aproxima das formas tradicionais de comunicação e funciona no modelo de agência de notícias. Já o segundo leva em conta as potencialidades dos canais e busca formas diferenciadas de contato com o eleitor.  Formal  Notícias e conteúdo político Divulgação  Impessoal  Em terceira pessoa, normalmente produzido pela equipe de comunicação  Informal  Conteúdo sobre a vida pessoal e outros temas menos políticos Relacionamento  Pessoal  Linguagem em primeira pessoa, normalmente postado pelo candidato
  15. 15. Políticos na rede Conteúdo Divulgação Relacionamento Voltamos a fazer política industrial:tudo o Quero agradecer a todos os twitteiros que pode ser produzido no Brasil deve ser que me enviaram mensagens de produzido Brasil.Isto fez e faz toda a apoio e simpatia. diferença. @BlogdoNoblat Agora vou descansar A geração de emprego não é só estatística. porque fomos forçados a fazer um pitstop É gente de verdade que está melhorando de inexperado aqui em Orlando e já está super vida. Fico feliz de ter contribuído para essa tarde. Um abraço. mudança. A festa da Conceição foi tão boa, com suas Acabei de sair do Departamento de Estado músicas portuguesas, que até me animei a em Washingon, onde me encontrei com a dançar.Uma noite muito animada,a cara sub-secretaria de Estado Maria Otero. da aniversariante Todo o apoio a ocupação no Jardim Pantanal Bom dia a todos. E um abraço a (SP) e às vítimas das enchentes de você também, @jakb30, aí na @joseserra_ http://migre.me/z7Kb Nova Zelândia Fui criado na Mooca c/filhos de migrantes nordestinos. Sei tudo de Luiz Gonzaga. Hoje quem canta sou eu c/Dominguinhos. http://migre.me/zpGe
  16. 16. Políticos na rede Conteúdo Pelo gráfico abaixo é possível perceber que a maior parte dos canais são utilizados para conteúdo de divulgação. Dilma Marina Plínio de José Serra Rousseff Silva Arruda Twitter Flickr Blog YouTube Relacionamento Divulgação * Foram analisados os últimos 50 conteúdos postados ou todos quando o número foi menor
  17. 17. Políticos na rede Interação atuação Formas de Foram identificadas três formas de interação com eleitores. A opção por cada uma delas está ligada diretamente ao objetivo que se pretende alcançar e a proporção dos resultados esperados. A maior parte dos candidatos optam por combinar os três diferentes modelos. Serra e Marina se diferenciam por adotar no Twitter o modelo do tipo 1. É o próprio político que atualiza ou está envolvido diretamente na atualização do canal. Isso agrega um grau maior de pessoalidade e informalidade, características condizentes com o meio. Normalmente essa 1 Autoral atuação está ligada a canais específicos e isolados. O político está envolvido na atualização, mas conta com uma equipe responsável pela tarefa. Equipe 2 oficial Apesar de não possuir a pessoalidade do Perfil 1, contar com uma equipe dedicada garante uma frequência de atualização e atuação maior em diferentes canais. Equipe Eleitores simpáticos ao político ou partido criam canais e perfis em redes sociais para divulgar informações. 3 não-oficial Não há relação oficial.
  18. 18. Políticos na rede Interação A estratégia de moderação de interação com os eleitores é semelhante entre os candidatos. Como no Twitter não é possível moderar a publicação de mensagens, os candidatos escolhem aquelas com as quais preferem interagir. Dilma Marina Plínio de José Serra Rousseff Silva Arruda Twitter sim sim sim sim (@replys) Flickr sim sim sim (comentários) (pós-moderado) (pós-moderado) (pós-moderado) Blog sim sim Não sim (comentários) (pré-moderado) (pré-moderado) (pré-moderado) YouTube sim sim sim sim (comentários) (pré-moderado) (pós-moderado) (pós-moderado) (pós-moderado)
  19. 19. Políticos na rede Interação Nos blogs foi encontrado o maior nível de controle de participação dos usuários: em todos os casos os comentários são analisados previamente antes de serem publicados (1). Dilma Marina Plínio de José Serra Rousseff Silva Arruda Twitter sim sim sim sim (@replys) Flickr sim sim sim (comentários) (pós-moderado) (pós-moderado) (pós-moderado) 1 Blog sim sim Não sim (comentários) (pré-moderado) (pré-moderado) (pré-moderado) YouTube sim sim sim sim (comentários) (pré-moderado) (pós-moderado) (pós-moderado) (pós-moderado)
  20. 20. Políticos na rede Transparência A relação entre candidato e eleitor deve sempre ser a mais transparente possível. Isso se faz ainda mais necessário na web, onde a pluralidade de vozes e fontes de informação podem confundir o público. ?
  21. 21. Políticos na rede Transparência Transparência significa também deixar claro se há uma equipe por trás das atualizações e qual é a real participação dos candidatos nos canais utilizados.
  22. 22. Políticos na rede Transparência Os candidatos que se propõem a interagir e escutar os eleitores devem estar preparados para abordar os seus pontos fracos.
  23. 23. Políticos na rede Publicação Apenas a constante atualização justifica a presença do candidato em um canal. Perfis vazios tornam-se descaminhos que frustram a vontade de interação e a procura por informação pelo eleitor. O gráfico abaixo mostra a relação de conteúdos publicados por canal entre os candidatos. Dilma Rousseff José Serra Marina Silva Plínio de Arruda
  24. 24. Políticos na rede Publicação A visualização abaixo mostra a relação total de conteúdos publicados em todos os canais de todos os candidatos. Deve-se levar em consideração dois fatores: o tempo de atuação de cada perfil (como mostrado anteriormente) e as especificidades de atualização de cada canal. Dilma Rousseff José Serra Marina Silva Plínio de Arruda
  25. 25. Políticos na rede Publicação A difusão de conteúdo positivo e negativo sobre o candidato acontece também espontaneamente. É importante que se crie oportunidades para a construção de redes para publicação e disseminação de conteúdo.
  26. 26. Políticos na rede Publicação A agilidade na circulação de informações está diretamente ligada à capacidade de mobilizar eleitores, por isso é importante que os conteúdos sejam contextualizados ao meio.
  27. 27. Políticos na rede Resumo de atuação Dilma Roussef Redes: Blog, YouTube, Flickr, Orkut, Facebook, Twitter e Identica. Seguidores no Twitter: 44mil Blog: 73 posts Flickr: 741 fotos YouTube: 37 vídeos Orkut e Facebook: 996 / 23 Atualização: Frequente Comunicação com o eleitor: Formal na maior parte do tempo, em todos os canais. Canais conectados? Sim Autoria: Equipe contratada é responsável por maior parte das atualizações. Não é clara a separação entre candidata e equipe. Destaque: O seu perfil no Twitter foi o que mais cresceu em menos tempo. Seus principais canais são alimentados com frequência, acompanhando o dia a dia da candidata.
  28. 28. Políticos na rede Resumo de atuação José Serra Redes: Twitter, Blog, Orkut e YouTube Seguidores no Twitter: 217 mil. Blog: 71 posts. YouTube: 208 vídeos. Orkut: 9698 membros. Atualização: Frequente (twitter). Comunicação com o eleitor: informal e direta no seu principal canal (Twitter). Canais conectados? Sim. Autoria: Equipe voluntária e candidato são responsáveis pelas postagens. Postagens autorais no Twitter. Destaque: Foi um dos primeiros políticos do país a enxergar o potencial de comunicação e relacionamento do Twitter, o que lhe garante atualmente uma base sólida de seguidores. Está presente em menos redes do que seus concorrentes, mas já possui uma quantidade relevantes de conteúdos publicados.
  29. 29. Políticos na rede Resumo de atuação Marina Silva Redes: Blog, YouTube, Flickr, Orkut, Facebook e Twitter Seguidores no Twitter: 33mil Blog: 100 posts Flickr: 101 fotos YouTube: 32 vídeos Orkut e Facebook: 1490 / 2440 Atualização: Frequente Comunicação com o eleitor: Marcadamente informal e direta no Twitter. Canais conectados? Sim Autoria: Equipe e candidata são responsáveis por atualizar. Fica clara a diferença de autores nas postagens. Destaque: Assim como Serra, Marina se destaca pelo uso mais autoral do Twitter, o que cria ajuda a criar laços mais próximos e transparentes com o eleitor. Marina Silva está presente na maior parte das redes.
  30. 30. Políticos na rede Resumo de atuação Plínio de Arruda Redes: Blog, YouTube, Flickr, Orkut, e Twitter Seguidores no Twitter: 3,5 mil Blog: 240 posts Flickr: 37 fotos YouTube: 87 vídeos Orkut: 561 Atualização: Frequente Comunicação com o eleitor: Formal na maior parte dos canais. Canais conectados? Sim Autoria: Aparentemente equipe é a única responsável por atualizar. Não fica clara a diferença de autores nas postagens. Destaque: Apesar do baixo número de seguidores, Plínio Arruda se destaca por ter sido um dos primeiros a criar perfil no Twitter.
  31. 31. Políticos na rede URLS Dilma Rousseff: Twitter – http://twitter.com/dilmabr YouTube – http://www.youtube.com/dilmanaweb Blog – http://www.dilmanaweb.com.br/blog Orkut – http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=9864760273463330149 Flickr - http://www.flickr.com/photos/dilma-rousseff/ Identica - http://identi.ca/dilmabr José Serra: Twitter – http://twitter.com/joseserra_/ YouTube – http://www.youtube.com/user/amigosdoserra Blog – http://serraescreve.blogspot.com/ Orkut – http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=22482901 Marina Silva: Twitter – http://twitter.com/silva_marina YouTube – http://www.youtube.com/user/msilvaonline Blog – http://www.minhamarina.org.br/blog/ Flickr - http://www.flickr.com/photos/marina-silva/ Plínio de Arruda: Twitter – http://twitter.com/Pliniodearruda YouTube – http://www.youtube.com/projetosocialista Blog – http://pliniopresidente.com/ Orkut – http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=93514744 Crédito: http://www.flickr.com/photos/ciocci/3226903716/
  32. 32. Políticos na rede Veja também: Políticos brasileiros e as redes sociais: http://www.slideshare.net/mapadigital/politicos-brasileiros-e-as-redes-sociais Análise de repercussão: Serra e Aécio no Twitter: http://www.slideshare.net/mapadigital/jose-serra-e-aecio-neves-no-twitter Pré-candidatos ao governo de MG no Twitter: http://www.slideshare.net/mapadigital/anlise-dos-prcandidatos-ao-governo-de- mg-eleies-2010
  33. 33. Políticos na rede Quem somos A Mapa Digital é uma empresa de pesquisas via plataformas digitais. Principais metodologias: • Buzz Monitoring: BuzzMap • Online Branded Communities • Netnography www.mapadigital.net +55 31. 32915811 • Online Focus Groups • Online Surveys • Usability tests Siga a Mapa Digital

×