SlideShare uma empresa Scribd logo

I encontro de militantes virtuais do pt rj

Rildo Ferreira
Rildo Ferreira

I encontro de militantes virtuais do pt rj

1 de 13
Baixar para ler offline
I Encontro de militantes virtuais do PT Queimados




                   04 de maio de 2013
                Queimados / Rio de Janeiro
I Encontro de militantes virtuais do PT Queimados - Iº miliweb

Sumário


Apresentação                                              2


Justificativa                                             3


Objetivos                                                 4


Público Alvo                                              7


Local e Data                                              7


Como chegar                                               9


Metodologia do Encontro                                   10


Programação                                               11


Das Inscrições                                            11


Estrutura                                                 12


Orçamento                                                 12


Organização                                               13
I – Apresentação


O 1º Encontro de Militantes virtuais do PT de Queimados é uma iniciativa das
companheiras e companheiros que comungam da ideia de ser o novo paradigma da
comunicação de massas, as Redes Sociais, importante instrumento de conscientização
e mobilização das pessoas em torno de ideais.
Tanto o é que desde 2010, um novo movimento vem realizando encontros nacionais e
estaduais reunindo importantes personagens da intelectualidade contemporânea.
Aqui no Rio de Janeiro, ainda em 2010, o Encontro de Blogueiros Progressistas, ou
blogosfera, como ficou conhecida, contou com a participação do cientista político do
Iupesp, Fabiano dos Santos, do cartunista Carlos Latuff e do ator Benvindo Sequeira e
mais de uma centena de blogueiros independentes. Este número aumentou para a
casa das duas centenas no segundo encontro em 2011.
Nós do PT assistimos a tudo isto e não realizamos ainda um encontro só com filiadas e
filiados do partido, militantes ou não, para discutir uma forma de atuação já que a
maioria absoluta e esmagadora são usuários contumazes da internet. De alguma forma
militamos virtualmente, mas tão desorganizados que cada qual se comunica
descontextualizado das orientações do partido.
As Redes Sociais ganharam tamanha importância que um dos homens mais poderosos
do Planeta investiu volumosos recursos para ter as pessoas mais capacitadas e as
melhores tecnologias a fim de conquistar eleitores por meio das Redes Sociais. Barak
Obama não foi só eleito, mas reeleito com poderosa campanha virtual.
As velhas mídias do Brasil perceberam isto e trataram de aparelhar seus produtos para
atuarem também nas Redes Sociais. E como no Brasil a única oposição ao governo
federal que se deva levar de fato em consideração é a velha mídia, segundo o
jornalista Paulo Henrique Amorim; convocada a fazer tal oposição pela então
presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) Judith Brito e, considerando a
associação da velha mídia com o que há de mais retrógrado da política nacional,
protegendo bandidos como Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres, Policarpo Jr. e
outros, e atacando frontalmente o projeto trabalhista do PT criminalizando suas
principais lideranças, tentando (e conseguindo) influenciar na alta corte do judiciário
brasileiro; o PT e sua militância precisam estar prontos para o enfrentamento destas
questões.
Não vai ser nesse delimitado encontro singular realizado na cidade de Queimados que
vamos nos sentir preparados para esse enfrentamento, mas já é uma iniciação, é o
ponto de partida começando a formatar um novo jeito de fazer política e de ocupar os
espaços virtuais para dar um basta à velha mídia e sua maneira criminosa de fazer
jornalismo.
E como são muitos os trolls, muita mentira circulando na Rede, boatos que
despolitizam e desinformam, cada um de nós militante precisamos compreender suas
táticas e vícios a fim de não cair na mediocridade e no desleixo permitindo que só a
“verdade” deles prevaleçam.
E assim sugerimos o I Encontro de militantes virtuais do PT Queimados – Iº miliweb


II – Justificativa


Os velhos meios de comunicação (jornal, rádio, TV e revistas) já não fazem mais
jornalismo e não praticam mais o informar a sociedade brasileira dos fatos com
exatidão. Longe de desejar isenção político ideológica compreendemos que informar é
diferente de distorcer fatos e tentar manipular mentes e corações. Nos últimos 10
anos, um pouco mais, talvez, a imprensa brasileira se prestou ao papel de desconstruir
diuturnamente a imagem do presidente Lula e do PT. Nos últimos 5 atacou
sistematicamente a gestão do professor Fernando Haddad no Ministério da Educação.
Isso tem uma lógica perversa porque a serviço da educação privada, das gráficas
associadas às grandes mídias (Veja, A Folha de São Paulo); mas não somente por isso:
também há interesse financeiro das verbas de publicidade do governo federal, antes
concentrada na Rede Globo de Televisão que ficava com cerca de 80% de toda a verba
e hoje está por volta dos 45%. Eles não admitem distribuir com outros veículos de
menor porte e, atualmente, lutam para impedir uma Lei que regulamente o setor. O
que eles querem é a permanência de um sistema onde manipulam as informações de
acordo com suas ideologias e seus interesses.
Nas eleições de 2010 tivemos um claro exemplo de que a sociedade não está mais
sujeita aos caprichos de editores/as que dizem o que bem querem estando a serviço
de uma categoria minoritária. A Internet foi o contraponto. Se eles mentiam em suas
notícias, a blogosfera, como ficou conhecida, tratava de desmentir e a falsidade não
durava sequer 24 horas. Lembremo-nos do episódio da bolinha de papel: até o perito
Ricardo Molina foi desqualificado por gente simples, mas que didaticamente mostrava
erros grosseiros de manipulação do fato e da informação. Soubemos, mas não
podemos afirmar, que o pessoal da Rede Globo em São Paulo, serristas convictos, não
aprovaram o ridículo papel da matriz no Rio de Janeiro capitaneada por um sujeito de
nome Ali Kamel.


Ficaram sem crédito até mesmo entre seus parceiros mais contumazes. Fernando
Henrique Cardoso, num fatídico artigo publicado na sempre Folha de São Paulo,
intitulado “O papel da oposição” disse ser preciso "refazer caminhos" e reconheceu a
impotência dos neoliberais em alcançar a massa mais pobre da sociedade. Ele pode ter
mandado esquecer tudo o que escreveu, mas burro não é. Sabedor de que mais de 30
milhões migraram de classe, não sabemos se para a média, mas é fato que esses
milhões de brasileiras e brasileiros, graças ao presidente Lula, passaram a consumir
mais e a adquirir bens e serviços antes privilégio de uma pequena casta social,
reconheceu ser este o foco a ser alcançado. Com as palavras dele "Existe toda uma
gama de classes médias, de novas classes possuidoras (empresários de novo tipo e
mais jovens), de profissionais das atividades contemporâneas ligadas à TI (tecnologia
da informação) e ao entretenimento, aos novos serviços espalhados pelo Brasil afora,
às quais se soma o que vem sendo chamado sem muita precisão de “classe c” ou de
nova classe média" (FHC, 2011).


Ele viu e sabe que muita gente deixou de ser miserável e também sabe que este povo
não acredita mais na velha mídia. Ele sabe também que o Plano Nacional de Banda
Larga - PNBL - possibilitará um novo modelo informacional porque sabe que "a imensa
maioria destes grupos – sem excluir as camadas de trabalhadores urbanos já
integrados ao mercado capitalista – está ausente do jogo político-partidário, mas não
desconectada das redes de internet, Facebook, YouTube, Twitter, etc." (IDEM). O
próprio presidente Lula gravou um vídeo reconhecendo o grande poder desse novo
instrumento democrático e convidando a blogosfera a manter-se ativa no processo
eleitoral em 2010. Não houve uma pesquisa que mensurasse o poder da internet nas
eleições, mas podemos observar que ela hoje é a grande mobilizadora das massas
humanas. Em 14 de maio de 2010 um jovem convocou via Twitter um "churrasco de
gente diferenciada" por conta de uma ação do governo paulista manifestando a
desistência de construir uma estação do metrô no bairro chic de higienópolis. Com
poucos dias de Twitter juntaram cerca de 600 pessoas em baixa estimativa, mas para
mais de 1000 na avaliação do também blogueiro Eduardo Guimarães (Guimarães,
2011).


Nos dias 6, 7 e 8 de maio aconteceu de 2010 no Rio de Janeiro o I Encontro de
Blogueiros Progressistas. Progressistas nada tem que ver com Partido Político, mas
com o avançar de um novo paradigma da Comunicação Social. Nele estiveram o
sociólogo Emir Sader, os jornalistas Altamiro Borges (Miro), Renato Rovai e Rodrigo
Vianna, Eduardo Guimarães além do Miguel do Rosário que coordenava os trabalhos.
Foi ali que ouvimos Miro dizer que os partidos políticos precisam dizer o que pensam
da blogosfera e que políticas pensam para o setor. Foi então que surgiu a ideia de se
realizar o primeiro encontro militantes virtuais do PT, não apenas para pensar uma
política, mas também uma atuação concreta de mobilização social para consolidar as
mudanças necessárias a fim de garantir a todos e todas direitos iguais, trabalho e
salários decentes, acesso aos bens e serviços, moradia, educação de qualidade, saúde
e lazer.


O PT precisa entender o recado de FHC e tomar a dianteira organizando seus quadros
para intervir neste processo e radicalizar na democratização da Comunicação Social.
Em 2014 vamos ter eleição e precisamos reeleger Dilma presidenta. No Rio de Janeiro,
o senador Lindberg Farias reivindica o direito de ser candidato ao governo estadual. E
se considerarmos que a velha mídia não nos deixará levar adiante um projeto de
diminuição das desigualdades, de inversão das prioridades, vamos ter o maior
enfrentamento de contra-informação e de informação. Portanto, precisamos estar
preparados para dizer ao povo do Rio de Janeiro a visão do outro lado da história. Eles

Recomendados

A midia como um bem popular
A midia como um bem popularA midia como um bem popular
A midia como um bem popularLuiza Erundina
 
Promoção da Democracia Participativa
Promoção da Democracia ParticipativaPromoção da Democracia Participativa
Promoção da Democracia ParticipativaGrazielle Machado
 
A internet é o partido dos sem partido. Novo estudo da Esentia sobre as manif...
A internet é o partido dos sem partido. Novo estudo da Esentia sobre as manif...A internet é o partido dos sem partido. Novo estudo da Esentia sobre as manif...
A internet é o partido dos sem partido. Novo estudo da Esentia sobre as manif...Gustavo Ramos
 
O brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaoO brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaominasdecide
 
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimentoProjeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimentomanualdoservidor
 
Manual de Guerrilha do Servidor Público
Manual de Guerrilha do Servidor PúblicoManual de Guerrilha do Servidor Público
Manual de Guerrilha do Servidor Públicomanualdoservidor
 
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedade
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedadeResolução política do PT prega hegemonia na sociedade
Resolução política do PT prega hegemonia na sociedadeJosé Ripardo
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...
Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...
Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...Universidade Federal do Paraná
 
SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...
SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...
SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...Esentia
 
O brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaoO brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaominasdecide
 
Memoria descritiva Gov-Digital
Memoria descritiva Gov-DigitalMemoria descritiva Gov-Digital
Memoria descritiva Gov-Digitalgovdigital
 
Apresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos serApresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos serminasdecide
 
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão PúblicaMarketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão PúblicaAna Paula Coelho Barbosa
 
XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...
XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...
XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...In Press Porter Novelli
 
A importância das redes sociais como canal de comunicação xii encontro estad...
A importância das redes sociais como canal de comunicação  xii encontro estad...A importância das redes sociais como canal de comunicação  xii encontro estad...
A importância das redes sociais como canal de comunicação xii encontro estad...Aline Barbosa Rosa
 
A internet como comunicação política
A internet como comunicação políticaA internet como comunicação política
A internet como comunicação políticaSuaCampanha.com
 
Jornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de LutasJornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de LutasMoysés Corrêa
 
O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...
O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...
O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...Izabel Machado
 
Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...
Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...
Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...Diego Pudo
 

Mais procurados (14)

Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...
Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...
Sobre a Comunicação Político-Partidária na Internet: Um Estudo dos Informativ...
 
SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...
SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...
SÉRIE DE ESTUDOS INTERNET E CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO - II - Sobre as ma...
 
O brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaoO brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacao
 
Memoria descritiva Gov-Digital
Memoria descritiva Gov-DigitalMemoria descritiva Gov-Digital
Memoria descritiva Gov-Digital
 
Apresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos serApresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos ser
 
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão PúblicaMarketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
 
XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...
XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...
XII Encontro Estadual dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas de Mi...
 
A importância das redes sociais como canal de comunicação xii encontro estad...
A importância das redes sociais como canal de comunicação  xii encontro estad...A importância das redes sociais como canal de comunicação  xii encontro estad...
A importância das redes sociais como canal de comunicação xii encontro estad...
 
A internet como comunicação política
A internet como comunicação políticaA internet como comunicação política
A internet como comunicação política
 
Interativa Sinttel - A sonegação da Globo
Interativa Sinttel - A sonegação da GloboInterativa Sinttel - A sonegação da Globo
Interativa Sinttel - A sonegação da Globo
 
Jornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de LutasJornal da Chapa PT de Lutas
Jornal da Chapa PT de Lutas
 
Jornal chapa
Jornal chapaJornal chapa
Jornal chapa
 
O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...
O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...
O uso de ferramentas digitais na comunicação corporativa e institucional como...
 
Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...
Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...
Dissertação: Aproximação do poder público à população por meio de novas tecno...
 

Destaque (20)

Behre aqeedat
Behre aqeedatBehre aqeedat
Behre aqeedat
 
Messenger
MessengerMessenger
Messenger
 
PAELLAS GIGANTES LA BAMBINA
PAELLAS GIGANTES LA BAMBINAPAELLAS GIGANTES LA BAMBINA
PAELLAS GIGANTES LA BAMBINA
 
Aik ansoomaykarbala03
Aik ansoomaykarbala03Aik ansoomaykarbala03
Aik ansoomaykarbala03
 
A dengue em manaus atualizado 15 04-2011 final rafael
A dengue em manaus atualizado 15 04-2011 final rafaelA dengue em manaus atualizado 15 04-2011 final rafael
A dengue em manaus atualizado 15 04-2011 final rafael
 
Practica 5
Practica 5Practica 5
Practica 5
 
Planejamento de mídia apresentação
Planejamento de mídia apresentaçãoPlanejamento de mídia apresentação
Planejamento de mídia apresentação
 
1ra y-2da-ley-de-la-termodinc3a1mica
1ra y-2da-ley-de-la-termodinc3a1mica1ra y-2da-ley-de-la-termodinc3a1mica
1ra y-2da-ley-de-la-termodinc3a1mica
 
M.n
M.nM.n
M.n
 
Clase uno
Clase unoClase uno
Clase uno
 
Presentacion huillin
Presentacion huillinPresentacion huillin
Presentacion huillin
 
Projeto game
Projeto gameProjeto game
Projeto game
 
Maila e geisiane 2°a
Maila e geisiane 2°aMaila e geisiane 2°a
Maila e geisiane 2°a
 
Seguridad en redes sociales
Seguridad en redes socialesSeguridad en redes sociales
Seguridad en redes sociales
 
Las+teorí..
Las+teorí..Las+teorí..
Las+teorí..
 
Solelua
SoleluaSolelua
Solelua
 
Nutrição do jatobá
Nutrição do jatobáNutrição do jatobá
Nutrição do jatobá
 
Convenio espirometros
Convenio espirometrosConvenio espirometros
Convenio espirometros
 
El mejoramiento del colegio a
El mejoramiento del colegio aEl mejoramiento del colegio a
El mejoramiento del colegio a
 
Expresión Logico matematico
Expresión Logico matematicoExpresión Logico matematico
Expresión Logico matematico
 

Semelhante a I encontro de militantes virtuais do pt rj

MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASILMUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASILRui Falcão
 
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...Daniel Caldas
 
O uso da Internet nas Eleições de 2010
O uso da Internet nas Eleições de 2010O uso da Internet nas Eleições de 2010
O uso da Internet nas Eleições de 2010Leonardo Longo
 
Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018
Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018
Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018Burson-Marsteller Brasil
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativominasdecide
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativominasdecide
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisIbrahim Cesar
 
"Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei...
"Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei..."Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei...
"Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei...Samuel Barros
 
Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online
Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online
Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online Rafael Holanda Barroso
 
ESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃOEstadodedireito
 
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...Marcelo Pilon
 
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃOEstadodedireito
 
Comitê Popular de Luta
Comitê Popular de LutaComitê Popular de Luta
Comitê Popular de LutaComunicaoPT
 
Comitê Popular de Luta
Comitê Popular de LutaComitê Popular de Luta
Comitê Popular de LutaComunicaoPT
 
Projeto Portal
Projeto PortalProjeto Portal
Projeto PortalAgexCOM
 

Semelhante a I encontro de militantes virtuais do pt rj (20)

Comunicação nas redes sociais e campanha política
Comunicação nas redes sociais e campanha políticaComunicação nas redes sociais e campanha política
Comunicação nas redes sociais e campanha política
 
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASILMUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
 
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
 
O uso da Internet nas Eleições de 2010
O uso da Internet nas Eleições de 2010O uso da Internet nas Eleições de 2010
O uso da Internet nas Eleições de 2010
 
#Vemprarua
#Vemprarua#Vemprarua
#Vemprarua
 
Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018
Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018
Public Affairs - Boletim Mensal | Janeiro 2018
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativo
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativo
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes Sociais
 
Paulo de Morais entrevista
Paulo de Morais entrevistaPaulo de Morais entrevista
Paulo de Morais entrevista
 
"Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei...
"Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei..."Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei...
"Ouvindo nosso bairro": um estudo sobre a participação política local por mei...
 
Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online
Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online
Eleições presidenciais de 2010 nas redes sociais online
 
Diz Jornal - Edição 232
Diz Jornal - Edição 232Diz Jornal - Edição 232
Diz Jornal - Edição 232
 
ESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 39 EDIÇÃO
 
Uso da tecnologia web nas eleições
Uso da tecnologia web nas eleiçõesUso da tecnologia web nas eleições
Uso da tecnologia web nas eleições
 
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...
 
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
 
Comitê Popular de Luta
Comitê Popular de LutaComitê Popular de Luta
Comitê Popular de Luta
 
Comitê Popular de Luta
Comitê Popular de LutaComitê Popular de Luta
Comitê Popular de Luta
 
Projeto Portal
Projeto PortalProjeto Portal
Projeto Portal
 

Mais de Rildo Ferreira

Mais de Rildo Ferreira (6)

Panfleto
PanfletoPanfleto
Panfleto
 
Socialismo e luta
Socialismo e lutaSocialismo e luta
Socialismo e luta
 
Debate pt
Debate ptDebate pt
Debate pt
 
Professorabandona
ProfessorabandonaProfessorabandona
Professorabandona
 
Autobiografia
AutobiografiaAutobiografia
Autobiografia
 
Atitudes pedagogicasindividuossa
Atitudes pedagogicasindividuossaAtitudes pedagogicasindividuossa
Atitudes pedagogicasindividuossa
 

I encontro de militantes virtuais do pt rj

  • 1. I Encontro de militantes virtuais do PT Queimados 04 de maio de 2013 Queimados / Rio de Janeiro
  • 2. I Encontro de militantes virtuais do PT Queimados - Iº miliweb Sumário Apresentação 2 Justificativa 3 Objetivos 4 Público Alvo 7 Local e Data 7 Como chegar 9 Metodologia do Encontro 10 Programação 11 Das Inscrições 11 Estrutura 12 Orçamento 12 Organização 13
  • 3. I – Apresentação O 1º Encontro de Militantes virtuais do PT de Queimados é uma iniciativa das companheiras e companheiros que comungam da ideia de ser o novo paradigma da comunicação de massas, as Redes Sociais, importante instrumento de conscientização e mobilização das pessoas em torno de ideais. Tanto o é que desde 2010, um novo movimento vem realizando encontros nacionais e estaduais reunindo importantes personagens da intelectualidade contemporânea. Aqui no Rio de Janeiro, ainda em 2010, o Encontro de Blogueiros Progressistas, ou blogosfera, como ficou conhecida, contou com a participação do cientista político do Iupesp, Fabiano dos Santos, do cartunista Carlos Latuff e do ator Benvindo Sequeira e mais de uma centena de blogueiros independentes. Este número aumentou para a casa das duas centenas no segundo encontro em 2011. Nós do PT assistimos a tudo isto e não realizamos ainda um encontro só com filiadas e filiados do partido, militantes ou não, para discutir uma forma de atuação já que a maioria absoluta e esmagadora são usuários contumazes da internet. De alguma forma militamos virtualmente, mas tão desorganizados que cada qual se comunica descontextualizado das orientações do partido. As Redes Sociais ganharam tamanha importância que um dos homens mais poderosos do Planeta investiu volumosos recursos para ter as pessoas mais capacitadas e as melhores tecnologias a fim de conquistar eleitores por meio das Redes Sociais. Barak Obama não foi só eleito, mas reeleito com poderosa campanha virtual. As velhas mídias do Brasil perceberam isto e trataram de aparelhar seus produtos para atuarem também nas Redes Sociais. E como no Brasil a única oposição ao governo federal que se deva levar de fato em consideração é a velha mídia, segundo o jornalista Paulo Henrique Amorim; convocada a fazer tal oposição pela então presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) Judith Brito e, considerando a associação da velha mídia com o que há de mais retrógrado da política nacional, protegendo bandidos como Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres, Policarpo Jr. e outros, e atacando frontalmente o projeto trabalhista do PT criminalizando suas principais lideranças, tentando (e conseguindo) influenciar na alta corte do judiciário
  • 4. brasileiro; o PT e sua militância precisam estar prontos para o enfrentamento destas questões. Não vai ser nesse delimitado encontro singular realizado na cidade de Queimados que vamos nos sentir preparados para esse enfrentamento, mas já é uma iniciação, é o ponto de partida começando a formatar um novo jeito de fazer política e de ocupar os espaços virtuais para dar um basta à velha mídia e sua maneira criminosa de fazer jornalismo. E como são muitos os trolls, muita mentira circulando na Rede, boatos que despolitizam e desinformam, cada um de nós militante precisamos compreender suas táticas e vícios a fim de não cair na mediocridade e no desleixo permitindo que só a “verdade” deles prevaleçam. E assim sugerimos o I Encontro de militantes virtuais do PT Queimados – Iº miliweb II – Justificativa Os velhos meios de comunicação (jornal, rádio, TV e revistas) já não fazem mais jornalismo e não praticam mais o informar a sociedade brasileira dos fatos com exatidão. Longe de desejar isenção político ideológica compreendemos que informar é diferente de distorcer fatos e tentar manipular mentes e corações. Nos últimos 10 anos, um pouco mais, talvez, a imprensa brasileira se prestou ao papel de desconstruir diuturnamente a imagem do presidente Lula e do PT. Nos últimos 5 atacou sistematicamente a gestão do professor Fernando Haddad no Ministério da Educação. Isso tem uma lógica perversa porque a serviço da educação privada, das gráficas associadas às grandes mídias (Veja, A Folha de São Paulo); mas não somente por isso: também há interesse financeiro das verbas de publicidade do governo federal, antes concentrada na Rede Globo de Televisão que ficava com cerca de 80% de toda a verba e hoje está por volta dos 45%. Eles não admitem distribuir com outros veículos de menor porte e, atualmente, lutam para impedir uma Lei que regulamente o setor. O que eles querem é a permanência de um sistema onde manipulam as informações de acordo com suas ideologias e seus interesses.
  • 5. Nas eleições de 2010 tivemos um claro exemplo de que a sociedade não está mais sujeita aos caprichos de editores/as que dizem o que bem querem estando a serviço de uma categoria minoritária. A Internet foi o contraponto. Se eles mentiam em suas notícias, a blogosfera, como ficou conhecida, tratava de desmentir e a falsidade não durava sequer 24 horas. Lembremo-nos do episódio da bolinha de papel: até o perito Ricardo Molina foi desqualificado por gente simples, mas que didaticamente mostrava erros grosseiros de manipulação do fato e da informação. Soubemos, mas não podemos afirmar, que o pessoal da Rede Globo em São Paulo, serristas convictos, não aprovaram o ridículo papel da matriz no Rio de Janeiro capitaneada por um sujeito de nome Ali Kamel. Ficaram sem crédito até mesmo entre seus parceiros mais contumazes. Fernando Henrique Cardoso, num fatídico artigo publicado na sempre Folha de São Paulo, intitulado “O papel da oposição” disse ser preciso "refazer caminhos" e reconheceu a impotência dos neoliberais em alcançar a massa mais pobre da sociedade. Ele pode ter mandado esquecer tudo o que escreveu, mas burro não é. Sabedor de que mais de 30 milhões migraram de classe, não sabemos se para a média, mas é fato que esses milhões de brasileiras e brasileiros, graças ao presidente Lula, passaram a consumir mais e a adquirir bens e serviços antes privilégio de uma pequena casta social, reconheceu ser este o foco a ser alcançado. Com as palavras dele "Existe toda uma gama de classes médias, de novas classes possuidoras (empresários de novo tipo e mais jovens), de profissionais das atividades contemporâneas ligadas à TI (tecnologia da informação) e ao entretenimento, aos novos serviços espalhados pelo Brasil afora, às quais se soma o que vem sendo chamado sem muita precisão de “classe c” ou de nova classe média" (FHC, 2011). Ele viu e sabe que muita gente deixou de ser miserável e também sabe que este povo não acredita mais na velha mídia. Ele sabe também que o Plano Nacional de Banda Larga - PNBL - possibilitará um novo modelo informacional porque sabe que "a imensa maioria destes grupos – sem excluir as camadas de trabalhadores urbanos já integrados ao mercado capitalista – está ausente do jogo político-partidário, mas não desconectada das redes de internet, Facebook, YouTube, Twitter, etc." (IDEM). O
  • 6. próprio presidente Lula gravou um vídeo reconhecendo o grande poder desse novo instrumento democrático e convidando a blogosfera a manter-se ativa no processo eleitoral em 2010. Não houve uma pesquisa que mensurasse o poder da internet nas eleições, mas podemos observar que ela hoje é a grande mobilizadora das massas humanas. Em 14 de maio de 2010 um jovem convocou via Twitter um "churrasco de gente diferenciada" por conta de uma ação do governo paulista manifestando a desistência de construir uma estação do metrô no bairro chic de higienópolis. Com poucos dias de Twitter juntaram cerca de 600 pessoas em baixa estimativa, mas para mais de 1000 na avaliação do também blogueiro Eduardo Guimarães (Guimarães, 2011). Nos dias 6, 7 e 8 de maio aconteceu de 2010 no Rio de Janeiro o I Encontro de Blogueiros Progressistas. Progressistas nada tem que ver com Partido Político, mas com o avançar de um novo paradigma da Comunicação Social. Nele estiveram o sociólogo Emir Sader, os jornalistas Altamiro Borges (Miro), Renato Rovai e Rodrigo Vianna, Eduardo Guimarães além do Miguel do Rosário que coordenava os trabalhos. Foi ali que ouvimos Miro dizer que os partidos políticos precisam dizer o que pensam da blogosfera e que políticas pensam para o setor. Foi então que surgiu a ideia de se realizar o primeiro encontro militantes virtuais do PT, não apenas para pensar uma política, mas também uma atuação concreta de mobilização social para consolidar as mudanças necessárias a fim de garantir a todos e todas direitos iguais, trabalho e salários decentes, acesso aos bens e serviços, moradia, educação de qualidade, saúde e lazer. O PT precisa entender o recado de FHC e tomar a dianteira organizando seus quadros para intervir neste processo e radicalizar na democratização da Comunicação Social. Em 2014 vamos ter eleição e precisamos reeleger Dilma presidenta. No Rio de Janeiro, o senador Lindberg Farias reivindica o direito de ser candidato ao governo estadual. E se considerarmos que a velha mídia não nos deixará levar adiante um projeto de diminuição das desigualdades, de inversão das prioridades, vamos ter o maior enfrentamento de contra-informação e de informação. Portanto, precisamos estar preparados para dizer ao povo do Rio de Janeiro a visão do outro lado da história. Eles
  • 7. não podem ser – e não serão! – única voz para, por falta de opção, ser a verdade inculcada nas subjetividades. É isto que motiva nosso 1º Encontro. III – Objetivos 2.1) Perceber contradições entre a informação e os fatos. 2.2) Identificar interesses intrínsecos no conteúdo midiático. 2.3) Capacitar o militante para contrapor-se às informações deturpadas. 2.4) Capacitar para produzir conteúdo informativo. 2.5) Capacitar para produção de áudio e vídeo de caráter informativo, opinativo ou educativo com recursos limitados. 2.6) Compreender a importância do equilíbrio nos embates políticos. 2.7) Estabelecer um programa de atuação permanente para o setor. IV - Público Alvo Reunir cerca de 200 militantes de Queimados e de outros municípios do Estado do Rio de Janeiro identificados com a luta pela democratização dos meios de comunicação; empenhados no projeto de militância virtual nas Redes Sociais e interessados no novo modelo de atuação política. V – Local e Data O Encontro será realizado no Teatro Dulce do Amparo, anexo da Escola Municipal Metodista em Queimados, localizada à Avenida Vereador Marinho Hemetério de Oliveira, sem número, Jardim Pernambuco, Centro de Queimados. A avenida é a principal via que liga a Rodovia Presidente Dutra ao Centro de Queimados. A Escola Metodista está a 10 minutos da Estação Ferroviária para quem vai de trem à cidade. V.i) Como chegar
  • 8. Pela Rodovia Presidente Dutra sentido Rio de Janeiro: Seguir pela Dutra até altura do quilômetro 188,7 Norte (saída 190). Fazer manobra sobre viaduto e seguir reto pela Hemetério de Oliveira por aproximadamente 600 metros. A escola fica do lado esquerdo de quem segue em direção à cidade (Imagem 2). Pela Rodovia Presidente Dutra sentido São Paulo: Seguir pela Dutra até altura do quilômetro 190,3 Sul (saída 190). Fazer as curvas em S e dobrar à esquerda seguindo reto pela Hemetério de Oliveira por aproximadamente 600 metros. A escola fica do lado esquerdo de quem segue em direção à cidade (Imagem 2) (Imagem 1: Teatro Marlice F. da Cunha. Fonte: Google earth) De Ônibus Central-Queimados: Descer no ponto do posto de gasolina na Ver. Marinho Hemetério de Oliveira, próximo da Escola. De Trem: Descer em Queimados e seguir na direção da saída Irmãos Guinle. Atravessar a Praça Nossa Senhora da Conceição e seguir em frente pela Hemetério de Oliveira. São 1 100 (mil e cem) metros da estação até a escola.
  • 9. (Imagem 2: linha em vermelho trajeto para quem vai no sentido Norte (Rio de Janeiro) e linha em azul trajeto para quem vai no sentido Sul (São Paulo) para quem vem de ônibus ou carro pela Rodovia Presidente Dutra. Fonte Google earth). VI - Metodologia do Encontro No início será formada uma mesa política para a apresentação e breves considerações dos companheiros que exerçam mandatos eletivos e presentes no encontro. Não haverá mesa para os debates. O mediador atuará como apresentador de programa de auditório e circulará livremente entre o palco e a plenária. Ao convocar os debatedores para apresentação dos painéis, o mediador ficará do lado da plenária. Dali indicará ao palestrante o tempo restante para exposição, receberá o pedido de inscrições e mediará as intervenções da plenária. O palestrante será o único no palco durante a sua apresentação. O Encontro será na modalidade apresentação de painéis seguidos de debates. Cada palestrante terá até 30 minutos para exposição do tema. Os participantes poderão emitir opiniões, sugestões, questionamentos a qualquer tempo por escrito ou, quando a seu tempo, inscrever-se para se posicionar na tribuna. Para cada tema serão permitidas até 15 inscrições que deverão se limitar ao tempo de 3 minutos para cada inscrito. Ao final os palestrantes terão até 15 minutos para treplicar, responder aos questionamentos e fazer considerações finais.
  • 10. A oficina de produção de áudio e vídeo será expositiva com demonstrações práticas e terá tempo máximo de 90 minutos para conclusão. A grande plenária, a ser realizada quando todos os painéis tiverem sido apresentados, será realizada com a participação de uma mesa política com convidados e terá caráter deliberativo. A mesa colocará em discussão e votação todas as propostas apresentadas durante o encontro. Obrigatoriamente o encontro deve apresentar desdobramentos de continuidade. VII - Programação Ideal Hora Painel Palestrante/Mediador 09:00 Credenciamento/café Coordenação e equipe 09:30 Abertura Eleitos/Coordenação 10:00 A velha mídia: interesses ocultos na notícia Miguel do Rosário/... 10:30 O jornalismo contemporâneo e suas ideologias Ivana Bentes/... 11:00 Debate ... 12:00 Almoço 13:30 Oficina: editar áudio e vídeo para comunicar-se Rildo Ferreira 15:00 Coffee Break 15:30 Caso Yoani Sánchez: exageros evitáveis Eduardo Guimarães/... 16:00 O que não pode faltar na comunicação de um fato Dine Estela/... 16:30 Debate ... 17:30 Momento político: exposição de convidados Coordenação 18:30 Grande Plenária Coordenação 20:30 Encerramento: com a maior autoridade presente Coordenação VIII - Das Inscrições Será necessário haver inscrições para o encontro considerando que serão oferecidos café da manhã, almoço e coffee break à tarde. Para se inscrever a pessoa deverá preencher um formulário com informações pessoais, local de militância e declarar se tem necessidades especiais. Só serão inscritos filiados devidamente comprovados através do portal do PT.
  • 11. IX – Estrutura O local do evento reúne as condições básicas para sua realização. No teatro já possui som e datashow, fundamentais para a apresentação dos painéis. Há, entretanto, a necessidade de se garantir a contratação de uma pessoa para a limpeza permanente dos sanitários bem como todo o material de limpeza. Também é necessário outra pessoa para garantir a distribuição de água e do coffee break. O café da manhã e o coffee break (café, leite, sucos, pães, queijo e brioches) serão servidos no local. Portanto, é preciso garantir o suficiente para o contingente inscrito. O almoço será adquirido em um restaurante próximo acompanhado de água, ou refrigerante ou suco. Cada participante receberá ainda uma caneta (ou lápis), um bloco de anotações, uma pasta de percalina, crachá de credenciado e diploma de participação. Estima-se conferir aos palestrantes oriundos de outras cidades e não filiados ao PT cachê de R$ 200 reais. X - Orçamento Descrição Quantidade Valor Café 3 quilos 45,00 Açucar 5 quilos 12,50 Leite 10 litros 32,00 Sucos diversos 20 litros 60,00 Pães 200 unidades 50,00 Brioches 200 unidades 400,00 Margarina 2 quilos 16,00 Queijo prato 4 quilos 76,00 Guardanapos 6 pacotes com 50 ud 12,00 Água mineral 100 litros 26,00 Copos descartáveis 600 unidades 15,00 Pastas de percalina 200 400,00 Caneta esferográfica azul 200 160,00
  • 12. Bloco de rascunho 200 400,00 Tinta impressora cor 2 cartuchos 78,00 Tinta impressora preto 2 cartuchos 60,00 Cartolina 40 folhas 28,00 Barbante 1 rolo 5,60 Refeição 200 3.000,00 Refrigerante 200 500,00 Colaborador para limpeza 1 60,00 Colaborador para servir 1 60,00 Palestrantes 3 600,00 Outros . 103,90 Total 6.200,00 XI – Organização Rildo Ferreira (idealizador) Pedagogo, especialista em Pedagogia Empresarial rildoferreiradossantos@gmail.com | Cel: (21) 9298 1292 Nice Maria Pinheiro Secretaria de Formação Política do PT-Queimados nicemaria@gmail.com | 3699 2546 César Mota Sub-secretário de Meio Ambiente de Queimados mota.cesar@gmail.com | Pedro Paulo Vila Nova Secretário de Organização do PT Queimados ppvilanova@gmail.com |
  • 13. Referências citadas ................................................................................... CARDOSO, Fernando Henrique. O papel da oposição. in Noblat, Ricardo. Blog do Noblat. 2011. Disponível emhttp://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/04/12/o-papel-da-oposicao-374379.asp acessado aos 15 dias de maio de 2011, às 23 horas. GUIMARÃES, Eduardo. Crônica “primária” de um Churrascão diferenciado. Blog da Cidadania. 2011. Disponível emhttp://www.blogcidadania.com.br/2011/05/cronica-%E2%80%9Cprimaria%E2%80%9D- de-um-churrascao-diferenciado/, acessado aos 16 dias de maio às 16:10 horas.