O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo

104 visualizações

Publicada em

Palestrante: Celso Furtado – Senar Minas

Publicada em: Ciências
  • Seja o primeiro a comentar

Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo

  1. 1. ESPAÇO RESERVADO PARA O NOME DO PROJETO ESPAÇO RESERVADO PARA O NOME DO PALESTRANTE CELSO FURTADO JÚNIOR ASSESSOR DE PLANEJAMENTO celso@senarminas.org.br (31) 3074-3858 OS JOVENS E A SUCESSÃO FAMILIAR EM PROPRIEDADES LEITEIRAS Embrapa – Gado de Leite Juiz de Fora, 28/10/2016
  2. 2. Minas Jovem Rural Planejamento Estratégico 2012/2014: proposta de um projeto específico para jovens do meio rural. Descontinuidade do negócio; Formar sucessores; Preservar e dar continuidade no negócio familiar;
  3. 3. Minas Jovem Rural Experiência Inicial 1)Set/Out 2013: estruturação do Pré-Projeto “Minas Jovem Rural”; 2)Nov/2013: reunião grupo Jovem Capal (Araxá): apresentação de propostas e convergência de ideias; 3)Dez/2013: Encontro dos jovens e seus familiares; a)Palestra: Um olhar sobre o agronegócio Brasileiro – oportunidades e desafios; b)Dinâmica de grupo com as famílias; c)Matriz de prioridades; d)Palestra: excelência na gestão da propriedade rural; e)Cursos, missão técnica; f)Negócio Certo Rural;
  4. 4. PLANO DE NEGÓCIO “Elaborado pela Família”
  5. 5. PROJETO SUCESSÃO NO CAMPO
  6. 6. Descontinuidade do Negócio Rural Problema Focal Falta de interesse na atividade rural Desconhecimento do potencial do agronegócio Baixo investimento em instrumentos de gestão Restrição financeira para investir na atividade Ausência processo orientado de sucessão familiar CAUSAS EFEITOS Redução da produção Saída do jovem do meio rural Empreendimentos vendidos ou arrendados Áreas sub- utilizadas Busca de oportunidades de trabalho e renda em outros setores
  7. 7. Promover a sucessão familiar; Contribuir para a ampliaç ão da visão estratégica com foco nas oportunidades do agronegó cio contemporâneo; Estimular a adoç ão de técnicas de gestão;  Estimular a permanência do jovem no campo e continuidade do negó cio da família; PRINCIPAIS OBJETIVOSPRINCIPAIS OBJETIVOS
  8. 8. PRODUTORES RURAIS E SEUS FAMILIARES IDADE: a partir de 16 anos TURMAS: 10 propriedades rurais. PARTICIPAÇÃO: 2 a 3 pessoas por propriedade PÚBLICO
  9. 9. ITINERÁRIO FORMATIVO – PROJETO SUCESSÃO NO CAMPO
  10. 10. FASE 2 Gestão e Sucessão no Campo ABORDAGEM DO PROJETO BLOCO I “Teoria” BLOCO II “Consultoria” CH: 16 horas Duraç ão: 2 dias CH: 4 horas/ Empresa Rural Trajetó ria da Propriedade Rural Descontinuidade do Negó cio Oportunidades no Agronegó cio Diagnó stico da Propriedade Rural Pilares da Sucessão FOCO DA CONSULTORIA Histó rico e Trajetó ria da Propriedade Inventário Patrimonial Análise “F.O.F.A” familiar
  11. 11. Gestão e Sucessão no Campo ABORDAGEM DO PROJETO BLOCO III “Teoria” BLOCO IV “Consultoria” CH: 16 horas Duraç ão: 2 dias CH: 4 horas/ Empresa Rural Funç ões Administrativas Planejar Organizar Dirigir Controlar Áreas Administrativas Produç ão Comercializaç ão Financeira Recursos Humanos FOCO DA CONSULTORIA Objetivos e Metas Gerenciais Custos de Produç ão Análise de Indicadores Econô micos
  12. 12. Gestão e Sucessão no Campo ABORDAGEM DO PROJETO BLOCO V “Teoria” BLOCO VI “Consultoria” CH: 16 horas Duraç ão: 2 dias CH: 4 horas/ Empresa Rural Desenvolvimento de Competências Pessoais e Empreendedoras Relacionamento Interpessoal Tecnologias de Produç ão e Informaç ão Crédito e Seguro Rural FOCO DA CONSULTORIA Pessoas Tecnologia Crédito Agrícola Seguro Rural
  13. 13. Gestão e Sucessão no Campo ABORDAGEM DO PROJETO BLOCO VII “Teoria” BLOCO VIII “Consultoria” CH: 4 horas CH: 1 hora/ Empresa Rural Sucessão com foco na legislaç ão Tributos Procedimentos Sucessó rios Doaç ão Inventário Constituiç ão PJ FOCO DA CONSULTORIA Tira-dúvidas pontuais para a elaboraç ão do Plano Sucessó rio
  14. 14. ABORDAGEM DO PROJETO FASE 3 WORKSHOP Apresentação do Plano de Sucessão CH: 8 horas Duraç ão: 1 dia NEGÓCIO CERTO RURAL: 5 blocos teóricos de 8h 2 blocos de consultoria (2h em sala e 4h na propriedade) FASE 4: OPCIONAL
  15. 15. Estimular a SUCESSÃO Familiar Gestão e Sucessão: 8 blocos - “aulas expositivas, consultoria CH/propriedade – 65h Gestão e Sucessão: 8 blocos - “aulas expositivas, consultoria CH/propriedade – 65h Motivacional: Seminário e Diagnó stico CH: 5 h Motivacional: Seminário e Diagnó stico CH: 5 h Workshop Apresentaç ão do Plano de Sucessão CH: 8 h Workshop Apresentaç ão do Plano de Sucessão CH: 8 h EM RESUMO “SUCESSÃO NO CAMPO” EM RESUMO “SUCESSÃO NO CAMPO” TOTAL: 78 HORAS
  16. 16. SUCESSÃO - uma moeda com dois lados positivos: fixar o jovem no campo e formação de uma nova geração de empreendedores.
  17. 17. Agradece a sua presença www.sistemafaemg.org.br senar@senarminas.org.br O FURTADO JÚNIOR OR DE PLANEJAMENTO enarminas.org.br

×