Mq 01 rev 01

3.714 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.714
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mq 01 rev 01

  1. 1. USINDI – MONTAGENS E MANUTENÇÃO LDA. MANUAL DA QUALIDADE NORMA ISO 9001: 2008 Título do N.º Doc: Elaborado Aprovado Pág.DocumentoMANUAL DA Tibério Tamai Daniel Martins MQ. 02/11 1 de 19QUALIDADE Gisele Tartari Paulo Perito
  2. 2. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 2 de 21 Data: 30/05/11ÍNDICE Pág. 1 – PROMULGAÇÃO 3 2 – APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 4 2.1- Identificação da empresa 4 2.2- Síntese Histórica 5 3 – OBJETIVOS E ESTRUTURA DO MANUAL DA QUALIDADE 6 3.1- Função do Manual da Qualidade 6 3.2- Normas de Referência 6 3.3- Estrutura da documentação do Sistema de Gestão da Qualidade 6 4 – SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE 8 4.1- Âmbito 8 4.2- Exclusões à Norma 8 4.3- Política da Qualidade 8 4.4- Representante da Gestão 9 4.5- Responsabilidades, Autoridade e Organização 9 4.6- Meios e Recursos 10 4.7- Ferramentas de Gestão 10 4.8- Comunicação 10 4.9- Melhoria Contínua 10 5 – MODELO DE PROCESSOS 11 6 – APRESENTAÇÃO DOS PROCESSOS 12 7 – LISTA MESTRA 17 Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  3. 3. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 3 de 21 Data: 30/05/111. PROMULGAÇÃOO Manual da Qualidade refere-se aos meios adotados pela USINDI MONTAGENS EMANUTENÇÃO LTDA. para assegurar a Qualidade adequada dos produtos e serviçosprestados, constituindo o suporte documental que assegura o cumprimento do conjunto derequisitos estabelecidos para o Sistema de Gestão da Qualidade.A Direção da USINDI declara a sua aprovação, e assume que:É firme intenção desta empresa que a Qualidade se apresente como o elemento chave dasua cultura e o instrumento para que venha a ser reconhecida como Empresa eficiente,competitiva, e geradora de valor agregado.A Qualidade é o elemento chave, para a continuidade e o êxito no mercado e que será ovetor estratégico para as relações com todas as partes interessadas e, que apoiado namelhoria contínua permitirá que a empresa faça cada vez melhor, aquilo que hoje faz bem.Na USINDI, a Qualidade é, acima de tudo, responsabilidade de todos e o seu futurodependerá da conservação de uma posição de liderança em Qualidade.A Direção delega no responsável do Departamento da Qualidade a competência de zelarpela observância das suas determinações, dispondo aquele de toda a autoridade, para esseefeito. Tubarão, 30 de Maio de 2011 A Direcção Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  4. 4. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 4 de 21 Data: 30/05/112. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA2.1 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA DENOMINAÇÃO SOCIAL: USINDI – MONTAGENS E MANUTENÇÃO LTDA. SEDE DA EMPRESA: Av. Getulio Vargas, 4074 – Revoredo – Tubarão - SC Prestação de Serviços de produção, manutenção, OBJETO SOCIAL: usinagem e caldeiraria de peças mecânicas para as linhas automotiva, ferroviária e marítima. DATA DE CONSTITUIÇÃO: 1990 CNPJ: 00.986.742/0001-38 INSC. ESTADUAL: 255384750 TELEFONE: 048 3622-1866 FAX: 048 3622-1866 E-MAIL: comercial@usindi.com.br PÁGINA INTERNET: www.usindi.com.br Nº DE COLABORADORES: 120 Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  5. 5. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 5 de 21 Data: 30/05/112.2 SÍNTESE HISTÓRICA Fundada em 15 de Janeiro de 1990, nossa empresa teve seu início fabricando peçaspara portões eletrônicos e roldanas em geral. Esta era instalada em uma pequena área,tendo como operador de máquinas, somente o seu sócio fundador, o Sr. Daniel Martins. Após alguns meses, para atender o mercado cada vez mais exigente por inovações,ampliamos a linha de produtos fabricados: passamos a desenvolver e fabricar peças para alinha telefônica, elétrica, ferroviária e manutenção industrial. Com aumento e diversificação de produção, houve necessidade de ampliar seuparque industrial, sendo assim, a empresa passou suas instalações para área industrial domunicípio. Atualmente, seu parque industrial possui 22.000m² sendo 15.500m² de áreaconstruída que abrange fábrica, administração, estacionamento, refeitório e vestiário. Contacom amplo parque fabril e modernas máquinas e um quadro funcional de 120colaboradores. Sendo assim, a USINDI vem desde então buscando cada vez mais a confiança deseus clientes através de um excelente atendimento, sinceridade, transparência ehonestidade em seus negócios. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  6. 6. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 6 de 21 Data: 30/05/113. OBJETIVOS E ESTRUTURA DO MANUAL DA QUALIDADE3.1 FUNÇÃO DO MANUAL DA QUALIDADE O Manual da Qualidade (MQ) deverá representar a estrutura da USINDI, promover a compreensão do sistema de gestão da qualidade (SGQ), seus processos e atividades; O Manual da Qualidade deverá servir como elemento de confiança perante os clientes; O Manual da Qualidade deverá constituir-se como veículo de informação/divulgação aos colaboradores da empresa sobre as políticas e objetivos, funções e competências; O Manual da Qualidade deve ser entendido como documento de topo do sistema documental da USINDI e referenciar os documentos que o constituem;3.2 NORMAS DE REFERÊNCIAO SGQ da USINDI LTDA, foi definido e implementado de acordo com os requisitos da ISO9001:2008. A terminologia utilizada foi baseada na ISO 9000:2005. Como um dos elementosde suporte à melhoria do desempenho do SGQ utilizaram-se, na medida considerada comoaplicável e justificável pela USINDI, foram utilizadas as orientações da ISO 9004:2000.3.3 ESTRUTURA DA DOCUMENTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDADEA documentação do sistema de gestão da qualidade está dividida em quatro níveis: Manual de qualidade MQ PQ Procedimentos da Qualidade IT Instruções de Trabalho RQ Registros da Qualidade Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  7. 7. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 7 de 21 Data: 30/05/11MANUAL DE QUALIDADE:Contêm os princípios empresariais e do SGQ, assim como o resumo e breve descrição dosprocessos, remetendo a descrição mais detalhada para os procedimentos respectivos.PROCEDIMENTOS DA QUALIDADE:Estes, associados a todos os processos da USINDI, contêm o detalhe dos processos ao níveldas atividades que os compõe, responsabilidades associadas, metodologias de controle emelhoria.INSTRUÇÕES DE TRABALHO:As instruções proporcionam o suporte adequado a dados e informações relativas aoplanejamento, realização, controle (medição e monitoramento) e ações desencadeadas nosprocessos.REGISTOS DA QUALIDADE:De forma a constituir evidência do cumprimento de requisitos, critérios e metodologiasdefinidas no SGQ e da sua eficácia. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  8. 8. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 8 de 21 Data: 30/05/114. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE4.1 ÂMBITOO sistema da qualidade implementado na USINDI abrange: Prestação de Serviços de produção, manutenção, usinagem e caldeiraria de peçasmecânicas para as linhas automotiva, ferroviária e marítima.4.2 EXCLUSÕES À NORMADe acordo com a atividade exercida pela USINDI., foram considerados não aplicáveis osseguintes requisitos: Todos os requisitos da Norma ISO 9001 são aplicados no Sistema deGestão da Qualidade, com excepção do requisito 7.3 “Projetos e Desenvolvimento”, umavez que as saídas resultantes dos processos da USINDI. são executadas baseadas emprojetos do cliente, em virtude da Usindi não desenvolver atividade de projeto.4.3 POLÍTICA DA QUALIDADEA Direção da USINDI, define a Política da Qualidade a qual é comunicada a todas as áreasenvolvidas no Sistema de Gestão da Qualidade e, sempre que se julgar necessário, éanalisada para que se mantenha adequada. A Política da Qualidade encontra-se expressaem documentos fixados em diversos locais da empresa e no Manual da Qualidade. Èdivulgada na admissão de novos colaboradores através da Integração dos mesmos. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  9. 9. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 9 de 21 Data: 30/05/11 POLITICA DA QUALIDADE Contínua satisfação dos seus clientes através da excelência dos seguintes princípios: - Melhoria em processos; - Competência gerencial; - Processos confiáveis; - Tecnologia em constante avaliação.Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  10. 10. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 10 de 21 Data: 30/05/114.4 REPRESENTANTE DA GESTÃOÉ nomeado o Sr. Tibério Tamai, como Representante da Gestão, que, conjuntamente com Tamai,os colaboradores, assegura que se cumpram e mantenham as exigências do ISO 9001:2008e da USINDI no que respeita à definição, implementação, manutenção e melhoria do SGQ.Será também responsável por garantir o retorno de informação à Dire Direção, para revisão doSGQ, com particular relevância para a satisfação das exigências do cliente e sua percepçãosobre o nosso desempenho, o cumprimento de prazos e análise da capacidade e eficáciasdos processos.4.5 RESPONSABILIDADES, AUTORIDADES E ORGANIZAÇÃOA autoridade e as relações mútuas de quem gere, verifica e efetua as atividades relevantes çõespara o Sistema da Qualidade da USINDI Estão identificados na estrutura organizacional daempresa representada pela sua cadeia hierárquica (Organograma) que define todas aligações funcionais entre os vários se ais setores.A descrição de funções e responsabilidades fundamentais de cada colaborador da empresaestão definidas e documentadas no Quadro de Competências juntamente com os Competências,requisitos mínimos para o seu adequado desempenho.O Organograma da USINDI. é o seguinte: Direcção Secretária SGQ Administrativa Financeiro Compras Produção Comercial Contabilidade Logistica Manutenção RH Elaborado: Tibério Tamai / Gise Tartari Gisele Aprovado:
  11. 11. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 11 de 21 Data: 30/05/114.6 MEIOS E RECURSOSA Direção estabelece, conjuntamente com os responsáveis envolvidos, os meios e recursosnecessários para manter e melhorar a eficácia do SGQ. São igualmente consideradas asnecessidades relativas a infraestruturas e ao ambiente de trabalho apropriados àconcretização da política e dos objetivos da USINDI bem como à garantia do cumprimentodos requisitos especificados para os produtos fornecidos.4.7 FERRAMENTAS DE GESTÃOA gestão da USINDI é apoiada num conjunto de ferramentas de gestão, entre as quais seincluem: Realização periódica de reuniões de gestão, ao nível da Direcção, para acompanhamento dos indicadores e dados e desencadeamento de ações que possibilitem o cumprimento da estratégia e políticas da organização. Realização periódica de auditorias internas, com o objectivo de promover a avaliação da conformidade do SGQ face aos requisitos aplicáveis e potencializar a identificação de oportunidades de melhoria;4.8 COMUNICAÇÃODevido à pequena dimensão, o fluxo de informação dentro da USINDI com o cliente éassegurado, maioritariamente, através de contato direto ou conversas pessoais.Por meio destas conversas não só se mantêm o fluxo de informação, como são tambémefetuadas propostas de melhoria para a empresa e seus produtos.4.9 MELHORIA CONTÍNUAO SGQ da USINDI assenta em pilares estruturantes, os quais foram sendo apresentados aolongo deste Manual. Um desses pilares é a Melhoria contínua.Sustentados por um comprometimento, expresso na Política da Qualidade, e pela efetivautilização das ferramentas de gestão, a USINDI procura dinamizar uma cultura de melhoriacontínua em toda a organização.Entre os elementos dinamizadores desta cultura, ressalvam-se: As acções corretivas e preventivas; A análise de indicadores, dados e tendências; A definição e acompanhamento de objetivos; As sugestões dos colaboradores; As sugestões de outras partes (ex. clientes, fornecedores, Entidade Certificadora, … Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  12. 12. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 12 de 21 Data: 30/05/11 4. MODELO DE PROCESSOS O Sistema de Gestão da Qualidade da USINDI adota uma abordagem por processos que se traduz na identificação dos processos necessários para implementar e melhorar continuamente a eficácia do sistema. Os processos são geridos de um modo consistente e de acordo com os requisitos da norma ISO 9001, envolvendo na sua implementação e manutenção todas as funções e setores da USINDI. Na gestão dos processos, foi adotada a metodologia PDCA (ciclo Planejar, Executar, Verificar e Avaliar) que monitora e potencializa as evoluções. Uma abordagem deste tipo permite à USINDI: A compreensão e cumprimento dos requisitos do seu sistema de gestão da qualidade; A necessidade de considerar os processos para que acrescentem valor; A obtenção de resultados de desempenho e eficácia dos processos, e; A melhoria continua dos processos baseada em ações objetivas (medição monitoramento); O seguinte esquema apresenta a arquitetura de processos do SGQ da USINDI. Esta representação do SGQ confirma, simultaneamente, a sua estrutura e as interligações entre os processos que a compõe Gestão Estratégica Gestão da Qualidade Satisfação Dos ClientesRequisitos Do Cliente Suprimentos Comercial PCP e Entradas Recebimento Saídas Produção Manutenção Inspeção Financeiro Gestão de RH Direção Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  13. 13. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 13 de 21 Data: 30/05/116. APRESENTAÇÃO DOS PROCESSOSNesta seção do Manual da Qualidade é descrito e apresentado, de forma resumida, oconteúdo de cada um dos processos. Este resumo deverá transmitir a todos oscolaboradores e clientes uma visão global dos processos da empresa, e demonstra, ainda,como e quais as cláusulas da ISO 9001:2008 envolvidas. As descrições detalhadasencontram-se estabelecidas nos correspondentes procedimentos e restantes documentosdo SGQ. GESTÃO DA QUALIDADE Assegurar disponibilização dos documentos do SGQ. Auditorias OBJETIVO internas. Manual da Qualidade (MGQ), procedimentos, instruções de trabalho, registros da qualidade, escopo de auditoria,re -auditoria, ações ENTRADAS/INPUTS preventivas, ações corretivas, produtos não conforme, plano de calibração. Lista Mestra de documentos internos e externos, matriz de registros SAÍDAS/OUTPUTS da qualidade, relatório de auditoria inerna, controle ação corretiva e preventiva, certificados de calibração. Controle de documentos, controle de registros da qualidade, MECANISMOS DE auditoria interna, controle ação corretiva, controle ação preventiva, CONTROLE controle de serviço/produto não conforme, controle da calibração dos instrumentos. RESPONSÁVEL Dep. da Qualidade. Procedimentos de: auditorias da qualidade, ações preventivas e DOCUMENTOS corretivas, produto não conforme, eficiência global,controle de ASSOCIADOS documentos, controle de registros. Manual da Qualidade. RELAÇÃO COM A ISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  14. 14. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 14 de 21 Data: 30/05/11 ALMOXARIFADO E RECEBIMENTO Controle de estoque matéria-prima, insumos, controle deOBJETIVO recebimentos.ENTRADAS/INPUTS Material recebido, produto armazenado. Registro de controle e verificação de recebimento, controle deSAÍDAS/OUTPUTS estoque, armazenamento correto de produtos.MECANISMOS DE Inspeção de recebimento, controle estoque, preservação do produto.CONTROLERESPONSÁVEL Setor de Compras/AlmoxarifeDOCUMENTOS Procedimento de Palno de controle de recebimento e procedimentoASSOCIADOS eficiência global.RELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. PRODUÇÃO: USINAGEM, CALDEIRARIA, INSPEÇÃO Garantir fabricação dentro do prazo. Requisitos do cliente.OBJETIVO Produto/serviço qualidade.ENTRADAS/INPUTS Ordem de Serviço, desenhos, matéria-prima, inspeção de processo. Registro da produção na ordem de serviço, Produto acabado,SAÍDAS/OUTPUTS preenchimento inspeção de processo/acompanhamento qualidade produto.MECANISMOS DE Usinagem, caldeiraria(corte,dobra,montagem,solda,acabamento),CONTROLE controle ordem de serviço, contrle qualidade produto.RESPONSÁVEL Gerência e líderes de Produção.DOCUMENTOS Procedimento de serviço não conforme, regulagem processo deASSOCIADOS solda, Instruções de trabalho.RELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  15. 15. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 15 de 21 Data: 30/05/11 GESTÃO DE RHOBJETIVO Gestão de Competências. Competências, contratação de novos profissionais, programaENTRADAS/INPUTS treinamento mensal, desempenho dos profissionais, satisfação colaboradores. Quadro de habilidades, registro de integração, treinamento deSAÍDAS/OUTPUTS soldadores, avaliação desempenho dos profissionais, tabulação da pesquisa de clima organizacional.MECANISMOS DE Descrição de competências, integração, treinamento, avaliação daCONTROLE eficácia das competências, pesquisa clima organizacional.RESPONSÁVEL RH.DOCUMENTOSASSOCIADOS Procedimentos: Eficiência global, treinamento.RELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. FINANCEIROOBJETIVO Gerir os recursos financeios dando suporte a administração.ENTRADAS/INPUTS Nota Fiscal FaturadaSAÍDAS/OUTPUTS Pagamentos.MECANISMOS DE Contas a pagar, contas a receber.CONTROLERESPONSÁVEL FinanceiroDOCUMENTOS Procedimento eficiência global.ASSOCIADOSRELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  16. 16. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 16 de 21 Data: 30/05/11 DIREÇÃOOBJETIVO Comprometimento com o desenvolvimento e implemetação do SGQ.ENTRADAS/INPUTS Relatório da auditoria.SAÍDAS/OUTPUTS Reunião análise crítica.MECANISMOS DE Análise crítica pela Direção.CONTROLERESPONSÁVEL Representante da Direção.DOCUMENTOSASSOCIADOS Manual da Qualidade.RELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. SUPRIMENTOSOBJETIVO Aquisição de matéria-prima, insumos para produção. Informações de fornecedor, solicitação de compras, requisição deENTRADAS/INPUTS materiais. Fornecedores homologados, pedido de compra, registro avaliaçãoSAÍDAS/OUTPUTS de fornecedores-RNC.MECANISMOS DE Cadastro de fornecedores homologados, aquisição, avaliação deCONTROLE fornecedores, desqualificação de fornecedores.RESPONSÁVEL Setor de Suprimentos.DOCUMENTOS Procedimento Critérios para aprovação e manutenção de fornecedorASSOCIADOS e eficiência global.RELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  17. 17. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 17 de 21 Data: 30/05/11 PRODUÇÃO: MANUTENÇÃO ELÉTRICA, MANUTENÇÃO MECÂNICA, FERRAMENTARIAOBJETIVOENTRADAS/INPUTS Solicitação de manutenção ( mecânica, elétrica, ferramentaria).SAÍDAS/OUTPUTS Registro da Ordem de Manutenção /Fechamento.MECANISMOS DE Manutenção corretiva( máquinas/equipmanetos, estampo).CONTROLERESPONSÁVEL Setor Manutenção, Setor Ferramentaria.DOCUMENTOS Instrução de Trabalho Manutenção, Procedimento e serviço não-ASSOCIADOS conforme.RELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. PRODUÇÃO: PCP Tem por objetivo planejar e orientar a produção e servirá de guíaOBJETIVO para o controle da produção. Prazos previstos (assegurar que os objetivos do cliente são cumpridos).ENTRADAS/INPUTS Requisitos e especificações do cliente, pedidos.SAÍDAS/OUTPUTS Necessidade de materiais, ordem de produção.MECANISMOS DE Planilha planejamento de produção, Emissão Ordem serviços.CONTROLERESPONSÁVEL Gerência ProduçãoDOCUMENTOSASSOCIADOS Procedimento Plano e Controle de recebimento.RELAÇÃO COM AISO 9001: 2008 4,5,6,7 e 8. Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  18. 18. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 18 de 21 Data: 30/05/11 COMERCIALOBJETIVO Assegurar os requisitos do cliente de modo assegurar a sua satisfação.ENTRADAS/INPUTS Pedidos, contratos, pesquisa, reclamação. Orçamento - pedido de venda, tabulação da pesquisa, atendeSAÍDAS/OUTPUTS reclamação.MECANISMOS DE Análise crítica do pedido do cliente, pesquisa da satisfação doCONTROLE cliente, atendimento de reclação de cliente.RESPONSÁVEL Comercial.DOCUMENTOS Procedimentos: Eficiência global, Recebimento de Pedidos deASSOCIADOS cliente-análise crítica.RELAÇÃO COM A 4,5,6,7 e 8.ISO 9001: 2008 Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  19. 19. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 19 de 21 Data: 30/05/117. LISTA MESTRA CODIGO REV TITULO DISTRIBUIÇÃOMGQ-01 01 Manual da qualidade QualidadePQ 001/09 01 Recebimento de Pedidos de Cliente Qualidade, comercial Analise CriticaPQ 002/09 01 Plano e Controle do Recebimento Qualidade, produçãoPQ 003/09 01 Critérios para Aprovação e Manutenção Qualidade, compras de FornecedorPQ 004/09 01 Planejamento de Processo Qualidade , produção e programaçãoPQ 005/09 01 Eficiência Global Todas as áreasPQ 006/09 01 Ação Corretiva Todas as áreasPQ 007/09 01 Ação Preventiva Todas as áreasPQ 008/09 01 Auditoria Interna Todas as áreasPQ 009/09 01 Procedimento Serviço Não Conforme Todas as áreasPQ 010/09 01 Administração de Treinamento Qualidade, RH e DiretoriaPQ 011/09 01 Procedimento Controle de Documentos Todas as áreasPQ 012/09 01 Procedimento Controle de Registros Todas as áreasPQ 013/09 01 Inspeção de Processo Produção Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  20. 20. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 20 de 21 Data: 30/05/11 CODIGO REV TITULO DISTRIBUIÇÃOET 0100/09 01 Regulagem Processo de Solda ProduçãoET 0101/09 01 Instrução Tolerâncias Não Especificadas ProduçãoET 0102/09 01 Instrução de Trabalho – Montagem ProduçãoET 0103/09 01 Instrução de Trabalho – Manutenção Produção MecânicaET 0104/09 01 Instrução de Trabalho – Manutenção Produção ElétricaET 0105/09 01 Instrução de Trabalho - Usinagem ProduçãoET 0106/09 01 Instrução de Trabalho – Solda ProduçãoET 0107/09 01 Instrução de Trabalho - Caldeiraria ProduçãoET 0108/09 01 Instrução de Trabalho - Acabamento ProduçãoET0109/09 01 Instrução de Trabalho - Expedição Produção NBR ISO 2008 Sistemas da qualidade Qualidade 9001 2009 Alvará Qualidade 2009 Licença ambiental Qualidade 2010 LTCAT Qualidade / Segurança Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:
  21. 21. MQ.01 Revisão: 01 MANUAL DA QUALIDADE Pág: 21 de 21 Data: 30/05/11CODIGO REV TITULO DISTRIBUIÇÃO 2010 PPRA Qualidade / Segurança 2009 PCMSO Qualidade / Segurança - - Desenhos FTC Comercial - - Desenhos Randon Comercial - Desenhos ALL Comercial - - Desenhos TRANSFERRO Comercial - - Desenhos LOCOFER Comercial - - Desenhos TRANSNORDESTINA Comercial - - Desenhos MRS Comercial MODIFICAÇÕESREVISÃO DATA DESCRIÇÃO 001 30/05/2011 Atualização do código do documento e revisão de todo o conteudo deste manual Elaborado: Tibério Tamai / Gisele Tartari Aprovado:

×