Geitil Help Desk Sap 3

629 visualizações

Publicada em

Apresentacao no PMI sobre Help Desk SAP.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
629
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geitil Help Desk Sap 3

  1. 1. SOX
  2. 2. SOX <ul><li>A Lei Sarbanes-Oxley de 2002 reescreveu, literalmente, as regras para a governança corporativa, relativas à divulgação e à emissão de relatórios financeiros. </li></ul><ul><li>Contudo, sob a infinidade de páginas da Lei, repletas de “legalismos”, reside uma premissa simples, a boa governança corporativa e as práticas éticas do negócio não são mais requintes – agora são Leis. </li></ul><ul><li>A Lei Sarbanes-Oxley torna Diretores Executivos e Diretores Financeiros explicitamente responsáveis por estabelecer, avaliar e monitorar a eficácia dos controles internos sobre relatórios financeiros e divulgação. </li></ul><ul><li>A Lei Sarbanes-Oxley de 2002 reescreveu, literalmente, as regras para a governança corporativa, relativas à divulgação e à emissão de relatórios financeiros. </li></ul><ul><li>Contudo, sob a infinidade de páginas da Lei, repletas de “legalismos”, reside uma premissa simples, a boa governança corporativa e as práticas éticas do negócio não são mais requintes – agora são Leis. </li></ul><ul><li>A Lei Sarbanes-Oxley torna Diretores Executivos e Diretores Financeiros explicitamente responsáveis por estabelecer, avaliar e monitorar a eficácia dos controles internos sobre relatórios financeiros e divulgação. </li></ul>
  3. 3. SOX Sessões Relevantes com respeito a Software no Sarbanes-Oxley Act SEÇÃO REQUERIMENTOS 301 O comitê de auditoria deve estabelecer procedimentos para o confidencial, submissões anônimas por empregados do emissor das preocupações relativas a contabilidade questionável ou assuntos de auditoria. 302 <ul><li>Responsabilidade sobre o gerenciamento de controles efetivos revelados e procedimentos sobre relatórios financeiros, operações e conformidade. </li></ul><ul><li>Revelação de deficiências significantes no controle interno para o comitê de auditores e auditores externos. </li></ul><ul><li>Certificação do conteúdo dos relatórios de SEC pelo CEO e CFO </li></ul>401 <ul><li>Incluir em relatórios financeiros todo o material corrigindo ajustes que tenham sido identificados por auditores externos. </li></ul><ul><li>Fornecer aos investidores um entendimento claro do balanço da empresa e seus efeitos materiais. </li></ul>404 <ul><li>Relatório anual deve incluir um relatório de gerenciamento de eficácia dos controles internos sobre relatórios financeiros </li></ul><ul><li>Documentação do desenho de controle e teste de eficácia </li></ul><ul><li>Revelação de qualquer material que exponha os pontos fracos </li></ul><ul><li>Atestação por auditores externos </li></ul><ul><li>Nota: Demais requerimentos periódicos de revelações estão cobertos sob a Seção 302 </li></ul>409 Informações atualizadas e rápidas com respeito a mudanças em condições ou operações financeiras, incluindo tendências e informações qualitativas para proteção dos investidores e de interesse público
  4. 4. SOX <ul><li>Seção 302 </li></ul><ul><ul><li>Requer trimestralmente certificação do CEO / CFO de todas as empresas públicas americanas no arquivamento de relatórios periódicos sob a seção 13 (a) ou 15 (d) com respeito à “Securities Exchange Act of 1934” relativo ao seu preenchimento e acuracidade de tais relatórios bem como a natureza e eficácia dos controles internos que suportam a qualidade da informação incluída nos mesmos. </li></ul></ul><ul><li>Seção 404 </li></ul><ul><ul><li>Requer uma afirmação da eficácia da estrutura e procedimentos dos Controles Internos para os relatórios financeiros e um relatório emitido pelos Auditores externos atestando a acuracidade da afirmação do gerenciamento. </li></ul></ul>
  5. 5. Isto parece familiar ? SOX 82% De todos os usuários de TI tem suas senhas perto do computador (SAP-Info Online)
  6. 6. SOLMAN
  7. 7. SOLMAN
  8. 8. SLFN – Mensagem de Suporte – Chamado – Usuário Desnecessário Cabeçalho Status do Usuário SOLMAN
  9. 9. Referências no Chamado – Mensagem de Suporte <ul><li>Cada tipo de chamado possui um grupo de pessoas com papéis diferenciados. </li></ul><ul><li>Nesta tela, seguem os referentes da Mensagem de Suporte (SLFN). </li></ul>SOLMAN
  10. 10. SDCR – Pedido de Modificação – Change – Gerência Cabeçalho Status do Sistema (Gerência) Imprescindível SOLMAN
  11. 11. Referências no Chamado – Pedido de Modificação <ul><li>Cada tipo de chamado possui um grupo de pessoas com papéis diferenciados. </li></ul><ul><li>Nesta tela, seguem os referentes do Pedido de Modificação (SDCR). </li></ul>SOLMAN
  12. 12. SDMI – Correção – Config./Desenv. – Analistas Cabeçalho Status do Sistema (Analista) SOLMAN
  13. 13. Referências no Chamado – Mensagem de Suporte <ul><li>Cada tipo de chamado possui um grupo de pessoas com papéis diferenciados. </li></ul><ul><li>Nesta tela, seguem os referentes da Correção (SDMI). </li></ul>SOLMAN
  14. 14. SOLMAN + SOX <ul><li>Toda alteração de ambiente deve ter solicitação e registro formal; </li></ul><ul><li>Alteração com desenho da solução documentado; </li></ul><ul><li>Envio da alteração para Produção agendada </li></ul><ul><li>Somente envia para produção com aprovação do Usuário solicitante </li></ul><ul><li>Evidência de teste; </li></ul><ul><li>Plano de teste documentado para projetos. </li></ul>
  15. 15. Prepara ç ão de projeto Plano empresarial Realiza ç ão Prepara ç ão final Entrada em produ ç ão e suporte Melhoria cont ínua Roadmap ASAP Metodologia Metodologia ASAP
  16. 16. Links http://kpilibrary.com/ www.dmtf.org www.isaca.org www.itsmf.org www.nextg.com www.mbc.org empresarial

×