IFRS NAS GRANDES CORPORAÇÕES

483 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada na II Semana de Contabilidade da Universidade Lusíada de Angola realizada via skype em setembro/2011

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

IFRS NAS GRANDES CORPORAÇÕES

  1. 1. Ms Karla CariocaIFRS NAS GRANDES CORPORAÇÕES
  2. 2. ANTECEDENTESRealização de conversão para IFRS paracontroladoresGrupo europeuAntecipação da adoção na UniãoEuropéia Ms Karla Carioca
  3. 3. ANTECEDENTES Regulamento nº 1.606/2002 da Comissão Européia Empresas listadas em Bolsas de Valores Normas Internacionais de Contabilidade 01/01/2005 Ms Karla Carioca
  4. 4. ANTECEDENTES A partir de 2004: Norma Espanhola e NIC Informações Contábeis Brasileiras Norma Espanhola Ajustes pelas NIC diferenças entre as normas Ms Karla Carioca
  5. 5. ESTRUTURA DAS NORMASIASC - International Accounting StandardsCommittee (comitê de normasinternacionais de contabilidade) –antecessor do IASBIASB – International AccountingStandards Board (conselho de normasinternacionais de contabilidade) Ms Karla Carioca
  6. 6. ESTRUTURA DAS NORMASNIC – Normas Internacionais deContabilidade (IASC)NIIF – Normas Internacionais deInformação Financeira (IASB)SIC – Comitê Permanente deInterpretações do IASCIFRIC – Comitê de Interpretações deInformações Financeiras do IASB Ms Karla Carioca
  7. 7. 1ª CONVERSÃOCriação do Guia de Conversão paraAplicação por Primeira Vez (APV),baseado na NIIF 1Para APV todos os ajustes no BalançoInicial são realizados contra reservas,líquidos do efeito impositivo, para queativos e passivos estejam valorados deacordo com as NIC Balanço Inicial em NIC: Balanço Janeiro/2004 ajustado Ms Karla Carioca
  8. 8. IMPORTÂNCIA Adequação antecipada à Apresentação da situação tendência mundial do financeira e patrimonial de mercado forma adequada Prioridade à imagem fiel do Apresentação útil para os balanço frente à conta de usuários na tomada de resultados decisões econômicas Ms Karla Carioca
  9. 9. IMPORTÂNCIACaracterísticas fundamentais dasDemonstrações: Compreensibilidade Relevância Fidedignidade Comparabilidade O princípio da prudência deixa de ser principal e passa a ser uma característica da fidedignidade das demonstrações Ms Karla Carioca
  10. 10. CONVERSÃO MENSAL Informações Contábeis Brasileiras Ajustes de Conversão Balanço e Resultado em NIC Ms Karla Carioca
  11. 11. CONVERSÃO MENSAL Ajustes de Conversão Ajustes Históricos Ajustes do Período Ms Karla Carioca
  12. 12. CONVERSÃO MENSALAjustes: Eliminações e recálculos Respaldo e acompanhamento Não estáticos Obtenção dos dados Ms Karla Carioca
  13. 13. OUTROS IMPACTOSConversões para atender asnecessidades do Grupo ControladorPreparação antecipada para asalterações contábeis do BrasilMigração para maiores níveis degovernança corporativa Ms Karla Carioca
  14. 14. VANTAGENSApresentação de DF’s em linguagem quepode ser entendida por diversos usuáriosem distintos paísesObtenção de recursos estrangeirosRedução de custos na conversão dasDF’sConsolidação das DF’s por matrizestrangeira: sem ajustes de conversãoDiminuição dos custos dos trabalhos deauditoria Ms Karla Carioca
  15. 15. DESVANTAGENSHarmonização dos currículos dos cursos deciências contábeisProcesso de credenciamento de profissionais emoutros paísesLegislação trabalhista dificulta o intercâmbioContabilidade fortemente atrelada à legislaçãotributáriaAusência de entidades profissionais fortes emalguns países“Nacionalismo” como fator político ou barreira:sensação de perda de soberania por aceitarnormas contábeis adotadas em outros países Ms Karla Carioca
  16. 16. PESQUISA DTT COM ÁREA DE RI 46 empresas Perguntas relacionadas aos processos de adoção e de início da aplicação das IFRS Perspectivas e desafios enfrentados pela organizações Atuação no mercado, em média, de 40 anos Faturamento somado ultrapassou R$ 40 bilhõesFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  17. 17. PESQUISA COM ÁREA DE RI Padrão contábil antes da obrigatoriedadeFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  18. 18. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  19. 19. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  20. 20. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  21. 21. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  22. 22. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  23. 23. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  24. 24. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  25. 25. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  26. 26. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  27. 27. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  28. 28. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  29. 29. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  30. 30. PESQUISA COM ÁREA DE RIFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  31. 31. DICAS... 1. Identifique separadamente classes adicionais de ativos e passivos, receitas e despesas, além do mínimo exigido. Utilize nomenclaturas que forneçam mais detalhes sobre a natureza das classes 2. Trate as notas explicativas que fornecem detalhe sobre saldos específicos como algo maior do que uma mera reconciliação preparada para contadores 3. Quando divulgar itens da demonstração de resultado nas notas explicativas, inclua também informações sobre fluxos de caixa para os eventos que estão sendo abordados em ambas as demonstrações 4. Quando incertezas são tratadas, considere divulgar os vários cenários para os eventuais desfechos 5. Forneça informações por segmento na demonstração de resultado, próximos aos totais consolidadosFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  32. 32. DICAS... 6. Além de explicar as escolhas das políticas contábeis da entidade, explique a natureza das decisões tomadas e seus racionais 7. Se uma estimativa é relevante para o balanço ou uma conta específica, analise as mudanças de estimativa ou suas premissas no mesmo nível de detalhe das variações das contas que foram afetadas 8. Tente, se possível, colocar informações comparativas na mesma linha das informações para o ano corrente 9. Se uma conta é constituída por vários componentes que, por sua vez, são estimativas que requerem esclarecimentos detalhados, identifique os diversos componentes que aparecem nas demonstrações financeiras, mostre como eles se relacionam uns com os outros e, então, forneça detalhes das premissas adotadas 10. Forneça informações sobre elementos não contábeis relevantes, bem como os valores agregados ao detalhar os saldos contábeisFonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  33. 33. VISÃO DAS ENTIDADES “Acima de tudo, as IFRSs simplificam o entendimento das demonstrações financeiras de companhias brasileiras por parte dos investidores e analistas estrangeiros.” Antônio Castro, presidente da Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca) “O impacto da adoção das IFRSs no mercado externo é altamente positivo, uma vez que há igualdade de conceitos no tratamento das informações contábeis, o que privilegia a concorrência tanto no custo dos bens e serviços oferecidos, bem como aos investidores que queiram aplicar no País com vantagens competitivas.” Domingos Orestes Chiomento, presidente do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo (CRC/SP)Fonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  34. 34. VISÃO DAS ENTIDADES “Neste novo cenário, os RIs passam a ampliar o seu papel estratégico para elevar os preceitos de transparência das IFRSs a todo o mercado e zelar pela sua completa compreensão.” Ricardo Florence, diretor- presidente do Instituto Brasileiro de Relações com Investidores (IBRI)Fonte: Deloitte Ms Karla Carioca
  35. 35. PARA REFLETIR... “O futuro das organizações - e nações - dependerá cada vez mais de sua capacidade de aprender coletivamente” Peter Drucker Ms Karla Carioca
  36. 36. DÚVIDAS ?PERGUNTAS ? Ms Karla Carioca
  37. 37. OBRIGADA!Ms Karla Cariocakarlacarioca@dominusauditoria.com.br

×