Introdução Grupo Areva
Líder mundial  em todos os aspectos relativos a Energia Nuclear Liderança Mundial  em Transmissão de Eletricidade e  Equip...
Energy, our core business >   Front end Division >   Reactors and   Services Division >   Back end Division >   Transmissi...
Grupo engajado nos grandes desafios do Século 21 <ul><li>Acesso a Energia para todos </li></ul><ul><li>Preservação do Plan...
Responsabilidade ambiental  Grupo Areva <ul><li>73% dos Sites Nuclear obtiveram  ISO14001 em 2004 </li></ul><ul><li>Inicia...
Organização do Grupo Areva em  em Nov 3, 2005 <ul><li>Plants </li></ul><ul><li>Equipment </li></ul><ul><li>Nuclear Service...
Distribuição <ul><li>Sales revenue by region  (in %) </li></ul><ul><li>[ Total sales: 11,109 million euros ] </li></ul><ul...
Key data for 2004 <ul><li>Vendas por divisão  (em milhões de Euros e percentual)   [ Total sales: €11,109M* ] </li></ul>* ...
AREVA ao redor do mundo  em Dec 31, 2004 <ul><li>43 Países : Produção & Manufatura  </li></ul><ul><li>100 Países: Marketin...
T&D Divisão  <ul><li>Faixa completa de produtos, sistemas e serviços para Transmissão e Distribuição de Eletricidade </li>...
T&D Brasil  <ul><li>Itajuba (MG) </li></ul><ul><li>Interlagos (SP) </li></ul><ul><li>Canoas (RS) </li></ul>
Itajubá <ul><li>Itajubá (MG) </li></ul><ul><li>Número de Funcionários - Abril/04: 473 funcionários Família de Produtos: BA...
Interlagos <ul><li>Interlagos (SP) </li></ul><ul><li>Número de Funcionários - Abril/04: 315 funcionários Família de Produt...
Canoas <ul><li>Canoas (RS) </li></ul><ul><li>Número de Funcionários - Abril/04: 320 funcionários Família de Produtos: Tran...
Projeto SAP Canoas
Projeto SAP Canoas <ul><li>Implantação SAP R/3 versão 4.0B, Interlagos – Abril 2000 </li></ul><ul><li>Implantação SAP R/3 ...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Integrar os processos de Negócio no Brasil através da substituição do sistema ERP de Canoas </l...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Prazo extremamente agressivo </li></ul><ul><li>Manter customizações da planta de Interlagos </l...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Sistema em uso na época sem atualizações não permitindo sua adequação à visão de expansão do si...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Facilidade de importação e exportação de arquivos </li></ul><ul><li>Integração dos sistemas </l...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Diminuição da quantidade de Centros de Trabalho </li></ul><ul><li>Utilização de Listas Técnicas...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Padronização de Contratos </li></ul><ul><li>Automatização do fluxo de liberação de Requisições ...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Melhora no processo de controle das despesas por área de responsabilidade </li></ul><ul><li>Rep...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Cadastro de clientes unificado </li></ul><ul><li>Criação de grupos de contas de fornecedores se...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Price contemplando informações do Project Preview (ferramenta de controle financeiro Areva Cano...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Atuação da Gestão de Projeto </li></ul><ul><li>Suporte da direção da empresa </li></ul><ul><li>...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Project Preparation: Revisão do Escopo do projeto e desenvolvimento do plano de trabalho detalh...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Servidor com ambiente SAP R/3 centralizado em São Paulo, planta de Interlagos </li></ul><ul><ul...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Gerente Projeto Areva </li></ul><ul><li>Gerente Projeto Consultoria </li></ul><ul><li>Gerente P...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Consultores FI, CO e MM </li></ul><ul><ul><li>Apoio Funcional Interlagos com três pessoas </li>...
Projeto SAP Canoas <ul><li>Padronização e integração dos processos e informações  </li></ul><ul><li>Suporte ao crescimento...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Areva Asug

835 visualizações

Publicada em

Apresentacao na ASUG sobre a implementacao do SAP na unidade Canoas da Areva.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
835
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • GLOBAL ENERGY CONTEXT Worldwide electricity consumption should double by 2030, with annual growth averaging around 2.5%, driven by demographic expansion and economic development. At that time, not only will existing facilities have to be replaced, but current generating capacity will have to be doubled. According to the IEA(1), capital expenditures in the electricity field over the next 30 years are estimated at 10,000 billion dollars, divided equally between generation on the one hand and transmission and distribution on the other, both of which are segments in which AREVA is present. Concomitantly with the doubling of capacity, CO 2 emissions will likely increase by 70%. The issues are clear: how can electricity be supplied continuously and at the lowest cost without increasing the build-up of greenhouse gases in the atmosphere? SOME DATA Estimated world electric power generation in 2004: 17,300 TWh Average annual growth in power generation (1971-2004): + 3.7% NUCLEAR POWER’S CONTRIBUTION Some data 445 nuclear reactors worldwide as of Dec 31, 2004 (source: AREVA based on CEA, AIE) World nuclear power generation in 2004: 2,744 TWh Average annual growth in nuclear power generation: + 2.1% World installed nuclear generating capacity in 2004: 387 GWe (1) International Energy Agency
  • Ever since it was created, the group’s strategy has been to build up its international presence, spread evenly between Europe, North America and Asia. The recent acquisition of the Electricity Transmission &amp; Distribution business, in particular, has accelerated this movement.
  • 29% of consolidated sales • Number 1 worldwide in market management and system control software. • Number 2 worldwide in high voltage products. • Number 3 worldwide in medium voltage products. • Customers: 30,000 utilities, manufacturers and distributors. Strategic priorities With the acquisition of T&amp;D in 2004, AREVA strengthened its strategic positions and expanded its offering in the energy field. The division aims to design and supply solutions for reliable and efficient electricity transmission and distribution for a vast majority of people, and to achieve profitability levels equal to those of the market leaders by 2007 through targeted restructuring and by accelerating expansion into regional growth markets, particularly China.
  • 29% of consolidated sales • Number 1 worldwide in market management and system control software. • Number 2 worldwide in high voltage products. • Number 3 worldwide in medium voltage products. • Customers: 30,000 utilities, manufacturers and distributors. Strategic priorities With the acquisition of T&amp;D in 2004, AREVA strengthened its strategic positions and expanded its offering in the energy field. The division aims to design and supply solutions for reliable and efficient electricity transmission and distribution for a vast majority of people, and to achieve profitability levels equal to those of the market leaders by 2007 through targeted restructuring and by accelerating expansion into regional growth markets, particularly China.
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Média Tensão/ABM Sistemas de Transmissão/ABS Automação e Sistemas de Informação para Energia/PCE Rede Comercial/ISSCO (SBR) Serviços/OBC Businesses/Siglas (Inglês): Medium Voltage Switchgear/MVB Transmission Projects/TPB Energy Automation &amp; Information/EAI International Sales &amp; Services Country Organization/ISSCO
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Unidades Locais/Siglas (Português): Equipamentos de Alta Tensão/BAT Transformadores para Instrumentos Alta Tensão/RMG Reatores e Bobinas de Bloqueio/RBH Transformadores para Instrumentos Média Tensão/RDI Businesses/Siglas (Inglês): HIgh Voltage Switchgear/HVB Medium Voltage Switchgear/MVB
  • Areva Asug

    1. 2. Introdução Grupo Areva
    2. 3. Líder mundial em todos os aspectos relativos a Energia Nuclear Liderança Mundial em Transmissão de Eletricidade e Equipamentos de Distribuição. Soluções seguras livres de C0 2 , para Geração de Energia e Distribuição de Eletricidade . AREVA
    3. 4. Energy, our core business > Front end Division > Reactors and Services Division > Back end Division > Transmission and Distribution Division
    4. 5. Grupo engajado nos grandes desafios do Século 21 <ul><li>Acesso a Energia para todos </li></ul><ul><li>Preservação do Planeta </li></ul><ul><li>Responsabilidade com as gerações Futuras </li></ul><ul><li>Desenvolvimento Sustentável é a orientação para a estratégia da Areva </li></ul><ul><ul><li>Crescimento com Lucro (satisfação do Cliente, desempenho Econômico, inovação e P&D) </li></ul></ul><ul><ul><li>Responsabilidade Social (comprometimento com os colaboradores, diálogo e construção de consenso, envolvimento da Comunidade, governança) </li></ul></ul><ul><ul><li>Respeiro pelo meio-ambiente (gerenciamento de risco e prevenção) </li></ul></ul>
    5. 6. Responsabilidade ambiental Grupo Areva <ul><li>73% dos Sites Nuclear obtiveram ISO14001 em 2004 </li></ul><ul><li>Iniciativas de Eco-Design para reduzir e identificar o impacto ambiental dos produtos desde o princípio do seu ciclo de vida. </li></ul><ul><li>Acordo de Segurança Nuclear </li></ul>
    6. 7. Organização do Grupo Areva em em Nov 3, 2005 <ul><li>Plants </li></ul><ul><li>Equipment </li></ul><ul><li>Nuclear Services </li></ul><ul><li>Nuclear Measurements </li></ul><ul><li>Consulting & Information Systems </li></ul><ul><li>Technicatome </li></ul>Reactors & Services division Back End division Transmission & Distribution division Front End division <ul><li>Mining </li></ul><ul><li>Chemistry </li></ul><ul><li>Enrichment </li></ul><ul><li>Fuel </li></ul><ul><li>Treatment </li></ul><ul><li>Recycling </li></ul><ul><li>Logistics </li></ul><ul><li>Cleanup </li></ul><ul><li>Engineering </li></ul>Energy <ul><li>Products </li></ul><ul><li>Services </li></ul><ul><li>Systems </li></ul><ul><li>Automation </li></ul>
    7. 8. Distribuição <ul><li>Sales revenue by region (in %) </li></ul><ul><li>[ Total sales: 11,109 million euros ] </li></ul><ul><li>Employees by region (in %) </li></ul><ul><li>[ Total workforce: 70,069 employees ] </li></ul>
    8. 9. Key data for 2004 <ul><li>Vendas por divisão (em milhões de Euros e percentual) [ Total sales: €11,109M* ] </li></ul>* including corporate
    9. 10. AREVA ao redor do mundo em Dec 31, 2004 <ul><li>43 Países : Produção & Manufatura </li></ul><ul><li>100 Países: Marketing & Vendas </li></ul><ul><li>71% de todas as vendas de fora da França </li></ul>
    10. 11. T&D Divisão <ul><li>Faixa completa de produtos, sistemas e serviços para Transmissão e Distribuição de Eletricidade </li></ul><ul><li>Receita de Vendas: €3,186M </li></ul><ul><li>Empregados: 21,800 </li></ul><ul><li>O setor T&D (transmissão e distribuição de energia) da AREVA fornece sistemas e produtos que permitem trazer a energia gerada pelas usinas até o ponto onde ela vai ser efetivamente usada e distribuir essa energia entre seus diversos usuários. </li></ul><ul><li>Trazer a energia (transmissão) exige subestações elevadoras de tensão (voltagem) para que a energia fique em tensões de transmissão (230 kV, 440 kV, 550 kV ou 765kV) necessárias para o bom funcionamento econômico das linhas de transmissão e das subestações. A T&D pode fornecer não só toda a engenharia para sistemas do gênero, como também todos os equipamentos envolvidos. </li></ul>
    11. 12. T&D Brasil <ul><li>Itajuba (MG) </li></ul><ul><li>Interlagos (SP) </li></ul><ul><li>Canoas (RS) </li></ul>
    12. 13. Itajubá <ul><li>Itajubá (MG) </li></ul><ul><li>Número de Funcionários - Abril/04: 473 funcionários Família de Produtos: BAT - Disjuntores, Pára-raios, Secionadores Alta Tensão RMG - Transformadores para Instrumentos Alta Tensão RBH - Reatores e Bobinas de Bloqueio RDI - Transformadores para Instrumentos MédiaTensão Endereço: Avenida Nossa Senhora da Piedade,1021 CEP: 37500-000 - Itajubá - MG Tel: (35) 3629.7000 Fax: (35) 3629.7007 </li></ul>
    13. 14. Interlagos <ul><li>Interlagos (SP) </li></ul><ul><li>Número de Funcionários - Abril/04: 315 funcionários Família de Produtos e Serviços: ABM - Disjuntores, Pára-raios, Secionadores Média Tensão, Cubículos Média Tensão ABS - Subestações de transmissão e distribuição de energia elétrica; linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica PCE - Sistemas de gerenciamento de mercado de energia elétrica, transmissão de dados para sistemas elétricos, softwares para o mercado de energia elétrica e Relés e Sistemas de Proteção e Controle ISSCO - Comercial SERVIÇOS - Serviços de Engenharia de Campo ( Manutenção e Comissionamento de Instalações e Equipamentos , Construção e Montagem de Subestações , Serviços de Manutenção de Subestações e Linhas de Transmissão em Linha Viva e Construção e Montagem Industrial ), Serviços de Assistência Técnica para os Equipamentos de MT e AT de fabricação ALSTOM </li></ul><ul><li>Endereço: Av. Interlagos, 4211 CEP: 04661-300 - São Paulo - SP Tel: (11) 3491.7000 Fax: (11) 3491.7070 </li></ul>
    14. 15. Canoas <ul><li>Canoas (RS) </li></ul><ul><li>Número de Funcionários - Abril/04: 320 funcionários Família de Produtos: Transformadores de potência e reatores / TCT </li></ul><ul><li>Endereço: Rua Guilherme Schell, 11500 CEP: 92420-130 - Canoas - RS Tel: (51) 477.3344/8700 Fax: (51) 477.8777 </li></ul>
    15. 16. Projeto SAP Canoas
    16. 17. Projeto SAP Canoas <ul><li>Implantação SAP R/3 versão 4.0B, Interlagos – Abril 2000 </li></ul><ul><li>Implantação SAP R/3 versão 4.0B, Itajubá – Julho 2001 </li></ul><ul><li>Inicio atividades Implantação Canoas – Maio 2005 </li></ul><ul><ul><li>Definição Gerente Projeto Areva – Julho 2005 </li></ul></ul><ul><ul><li>Seleção Consultoria – Agosto 2005 </li></ul></ul><ul><ul><li>Kick Off Projeto – Setembro 2005 </li></ul></ul><ul><ul><li>Go Live – Janeiro 2006 </li></ul></ul><ul><ul><li>Enceramento Projeto com Fechamento Contábil no SAP – Janeiro 2006 </li></ul></ul><ul><li>Histórico SAP Areva: </li></ul>
    17. 18. Projeto SAP Canoas <ul><li>Integrar os processos de Negócio no Brasil através da substituição do sistema ERP de Canoas </li></ul><ul><li>Integração dos sistemas complementares de Canoas com o SAP, mantendo suas funcionalidades </li></ul><ul><li>Abertura do novo exercício fiscal no R/3 </li></ul><ul><li>Objetivos </li></ul>
    18. 19. Projeto SAP Canoas <ul><li>Prazo extremamente agressivo </li></ul><ul><li>Manter customizações da planta de Interlagos </li></ul><ul><li>Sinergia entre equipe de diferentes localidades (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Canoas) </li></ul><ul><li>Não causar impacto nas outras plantas </li></ul><ul><li>Gerenciamento da Mudança com os usuários do site Canoas </li></ul><ul><li>Desafios </li></ul>
    19. 20. Projeto SAP Canoas <ul><li>Sistema em uso na época sem atualizações não permitindo sua adequação à visão de expansão do site Canoas e às necessidades do Grupo Areva no Brasil </li></ul><ul><li>Sistemas Complementares: </li></ul><ul><ul><li>Remix: Gestão de Recursos Humanos e Folha </li></ul></ul><ul><ul><li>OpenRIS: Gestão Fiscal, já interfaceando com R/3 nas unidades de Interlagos e Itajubá </li></ul></ul><ul><ul><li>SAF: Gestão dos Ativos Fixos, já interfaceando com R/3 nas unidades de Interlagos e Itajubá </li></ul></ul><ul><ul><li>BAAN: Sistema sem investimentos por parte do fornecedor, causando limitações no processo </li></ul></ul><ul><li>As Is </li></ul>
    20. 21. Projeto SAP Canoas <ul><li>Facilidade de importação e exportação de arquivos </li></ul><ul><li>Integração dos sistemas </li></ul><ul><li>As Is Sistemas Complementares </li></ul>
    21. 22. Projeto SAP Canoas <ul><li>Diminuição da quantidade de Centros de Trabalho </li></ul><ul><li>Utilização de Listas Técnicas </li></ul><ul><li>Otimização na utilização do MRP </li></ul><ul><li>Padronização de Roteiros de Trabalho </li></ul><ul><li>Simplificação no processo de apontamento de Horas </li></ul><ul><li>Diminuição na geração do papel </li></ul><ul><li>As Is PP </li></ul>
    22. 23. Projeto SAP Canoas <ul><li>Padronização de Contratos </li></ul><ul><li>Automatização do fluxo de liberação de Requisições </li></ul><ul><li>Geração do pedido de compra em outros idiomas (Inglês, Espanhol e Português) </li></ul><ul><li>Melhora no processo de controle de estoques </li></ul><ul><li>Padronização no cadastro de Fornecedores </li></ul><ul><li>Padronização no cadastro de materiais </li></ul><ul><li>Eliminação de duplicação de materiais com a utilização de Listas Técnicas </li></ul><ul><li>Uso de LOF </li></ul><ul><li>As Is MM </li></ul>
    23. 24. Projeto SAP Canoas <ul><li>Melhora no processo de controle das despesas por área de responsabilidade </li></ul><ul><li>Representação dos níveis hierárquicos dos centros de custo </li></ul><ul><li>Gerenciamento dos valores originalmente Orçados </li></ul><ul><li>Facilitação na distribuição e visualização dos custos de forma aberta e detalhada </li></ul><ul><li>Otimização do processo de correção de lançamentos </li></ul><ul><li>As Is CO </li></ul>
    24. 25. Projeto SAP Canoas <ul><li>Cadastro de clientes unificado </li></ul><ul><li>Criação de grupos de contas de fornecedores seguindo padrões adotados pelas outras empresas do Grupo. </li></ul><ul><li>As Is FI </li></ul>
    25. 26. Projeto SAP Canoas <ul><li>Price contemplando informações do Project Preview (ferramenta de controle financeiro Areva Canoas) </li></ul><ul><li>Itens e reajustes de preço podem ser faturados separadamente </li></ul><ul><li>Cadastro de Representantes Comerciais dentro do sistema SAP </li></ul><ul><li>Automatização da contabilização do faturamento fiscal (dados de cadastro de cliente dentro do sistema) </li></ul><ul><li>Contabilização das Notas Fiscais automática </li></ul><ul><li>Relatórios de fechamento gerencial </li></ul><ul><li>As Is SD </li></ul>
    26. 27. Projeto SAP Canoas <ul><li>Atuação da Gestão de Projeto </li></ul><ul><li>Suporte da direção da empresa </li></ul><ul><li>Escopo </li></ul><ul><li>Alto comprometimento dos usuários </li></ul><ul><li>Treinamento de Usuários </li></ul><ul><li>Minimizar customizações para a Unidade </li></ul><ul><li>Dedicação e Qualificação do Time de Projeto </li></ul><ul><li>Controle do Cronograma </li></ul><ul><li>Fatores Críticos de Sucesso </li></ul>
    27. 28. Projeto SAP Canoas <ul><li>Project Preparation: Revisão do Escopo do projeto e desenvolvimento do plano de trabalho detalhado </li></ul><ul><li>Business Blue Print: Desenvolvimento do mapa ‘As Is’, análise de gap’s dos processos e desenvolvimento do mapa ‘To Be’, com obtenção de aprovação formal </li></ul><ul><li>Realization: Configuração geral do sistema; programas de conversão de dados; testes unitários / testes integrados; planos de treinamento; documentação; manuais de usuários </li></ul><ul><li>Final Preparation: Treinamento de usuários; Aprovação do Go Live; testes perfis de segurança; transportes para produção </li></ul><ul><li>Go Live & Support: Entrada em operação; acompanhamento pós-implantação; Help Desk; e acompanhamento do primeiro fechamento contábil. </li></ul><ul><li>Metodologia ASAP </li></ul>
    28. 29. Projeto SAP Canoas <ul><li>Servidor com ambiente SAP R/3 centralizado em São Paulo, planta de Interlagos </li></ul><ul><ul><li>HW: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>2 servidores Dell Power Edge Zion </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>2 processadores 2.6 Hz </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>6 GB de memória RAM </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>SW: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Oracle 9i </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>SAP R/3 versão 4.0B </li></ul></ul></ul><ul><li>Arquitetura </li></ul>
    29. 30. Projeto SAP Canoas <ul><li>Gerente Projeto Areva </li></ul><ul><li>Gerente Projeto Consultoria </li></ul><ul><li>Gerente Projeto Tecnologia </li></ul><ul><li>Usuários chave </li></ul><ul><li>Consultores Funcionais </li></ul><ul><li>Estrutura Projeto </li></ul>
    30. 31. Projeto SAP Canoas <ul><li>Consultores FI, CO e MM </li></ul><ul><ul><li>Apoio Funcional Interlagos com três pessoas </li></ul></ul><ul><li>Apoio PP </li></ul><ul><ul><li>Apoio Funcional PP em Interlagos e Canoas com duas pessoas </li></ul></ul><ul><li>Apoio Infra </li></ul><ul><ul><li>Servidores, Backup via site Interlagos </li></ul></ul><ul><li>Contrato de apoio </li></ul><ul><ul><li>Procwork </li></ul></ul><ul><li>Melhorias </li></ul><ul><ul><li>MWM </li></ul></ul><ul><ul><li>Complex </li></ul></ul><ul><li>Estrutura Apoio </li></ul>
    31. 32. Projeto SAP Canoas <ul><li>Padronização e integração dos processos e informações </li></ul><ul><li>Suporte ao crescimento Operacional do Negócio </li></ul><ul><li>Redução dos custos de Administração </li></ul><ul><li>Melhoria nas melhores práticas nos negócios da TCT </li></ul><ul><li>Melhora no controle e rastreabilidade de processos da unidade </li></ul><ul><li>Manter a empresa atualizada Tecnológicamente </li></ul><ul><li>Benefícios </li></ul>

    ×