Uso de cinza pesada na produção de concreto autoadensável<br />Agostinho João Dalmoro - Tractebel Energia<br />Wellington ...
Introdução:<br /><ul><li>Grandesquantidades de cinzassãoproduzidasnastermelétricas
 A Tractebel e a Universidade Federal de Santa Catarinapropuseram, hádoisanos, estapesquisaparaavaliar a possibilidade do ...
 Os objetivoserampossibilitar a redução dos impactosambientais, reduzircustos de produção e beneficiar a sociedade.</li></...
 tijolos de concreto
 construção de pavimentos, etc.</li></ul>CinzaPesada<br />
UsinaTermelétrica Jorge Lacerda (UTJL)<br />G<br />Carvão<br />G<br />Bacias de sedimentação<br />G<br />
Produção em 2010:<br />- Aproximadamente 265 mil toneladas de cinza pesada úmida<br />
Cinzapesada:<br /><ul><li> É abundante.
 É um particulado.
 É de baixocusto.</li></ul>A cinzapesada é adequadaparaprodução de Concreto Auto-Adensável?<br />Necessita ser processadap...
Etapasdapesquisa:<br />Avaliaçãodavariabilidadedacinzapesadanabacia de sedimentação<br />Definição do processamentopormoag...
Variabilidadedacinzanabacia de sedimentação<br />200m<br />750m<br />Aproximadamente  675.000 m3  cada<br />
Coleta<br />
Caracterização:<br /><ul><li> Teor de umidade – secagem por 24 horas a 110oC
 Análise granulométrica por peneiramento
 Moagem em moinho de bolas de ágata
 Granulometria a laser
 Espectroscopia por Fluorescência de Raio-X
DifratometriaporRaio-X – FTIR
Perdaaofogoporignição</li></ul> Moinho de bolas de ágata<br />
Compostosprincipais: quartzo (SiO2), mulita (3Al2O3.2SiO2) e hematita (Fe2O3)<br />
Resultados sobre a variabilidade da cinza pesada “in natura”:<br /><ul><li> Composição química: homogênea (incluindo compo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

17.ago ametista 14.30_359_tractebel

531 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
531
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
194
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

17.ago ametista 14.30_359_tractebel

  1. 1. Uso de cinza pesada na produção de concreto autoadensável<br />Agostinho João Dalmoro - Tractebel Energia<br />Wellington L Repette - UFSC<br />1<br />
  2. 2. Introdução:<br /><ul><li>Grandesquantidades de cinzassãoproduzidasnastermelétricas
  3. 3. A Tractebel e a Universidade Federal de Santa Catarinapropuseram, hádoisanos, estapesquisaparaavaliar a possibilidade do uso de grandes volumes de cinzanaprodução de concretos
  4. 4. Os objetivoserampossibilitar a redução dos impactosambientais, reduzircustos de produção e beneficiar a sociedade.</li></li></ul><li>Geração de Energia com Carvão Mineral<br />Forno<br />Cinzaleve<br />(volante)<br /><ul><li>agregados
  5. 5. tijolos de concreto
  6. 6. construção de pavimentos, etc.</li></ul>CinzaPesada<br />
  7. 7. UsinaTermelétrica Jorge Lacerda (UTJL)<br />G<br />Carvão<br />G<br />Bacias de sedimentação<br />G<br />
  8. 8. Produção em 2010:<br />- Aproximadamente 265 mil toneladas de cinza pesada úmida<br />
  9. 9. Cinzapesada:<br /><ul><li> É abundante.
  10. 10. É um particulado.
  11. 11. É de baixocusto.</li></ul>A cinzapesada é adequadaparaprodução de Concreto Auto-Adensável?<br />Necessita ser processadaparaesteuso? <br />P&D ANEEL<br />TractebelEnergia<br />e<br />Universidade Federal de Santa Catarina – Depto Eng. Civil<br />
  12. 12. Etapasdapesquisa:<br />Avaliaçãodavariabilidadedacinzapesadanabacia de sedimentação<br />Definição do processamentopormoagem e caracterizaçãodacinzapesadamoída<br />Produção de concretos auto-adensáveis<br />Caracterização dos concretosparapropriedadesmecânicas e durabilidade<br />
  13. 13. Variabilidadedacinzanabacia de sedimentação<br />200m<br />750m<br />Aproximadamente 675.000 m3 cada<br />
  14. 14. Coleta<br />
  15. 15.
  16. 16. Caracterização:<br /><ul><li> Teor de umidade – secagem por 24 horas a 110oC
  17. 17. Análise granulométrica por peneiramento
  18. 18. Moagem em moinho de bolas de ágata
  19. 19. Granulometria a laser
  20. 20. Espectroscopia por Fluorescência de Raio-X
  21. 21. DifratometriaporRaio-X – FTIR
  22. 22. Perdaaofogoporignição</li></ul> Moinho de bolas de ágata<br />
  23. 23. Compostosprincipais: quartzo (SiO2), mulita (3Al2O3.2SiO2) e hematita (Fe2O3)<br />
  24. 24.
  25. 25. Resultados sobre a variabilidade da cinza pesada “in natura”:<br /><ul><li> Composição química: homogênea (incluindo compostos de ferro)
  26. 26. Tamanho de partículas: grossa e elevada heterogeneidade</li></ul>Moagem é necessária<br />
  27. 27. Moagem e caracterizaçãodacinzamoída – Efeitosnareologia e ganho de resistência à compressãoem pastas<br />
  28. 28. 750x .<br /> 100x .<br />
  29. 29. Efeitosnareologia e ganho de resistência à compressãoem pastas<br />Reômetro Rotacional <br />– modelo Herschel-Bulkley<br />Resistência à Compressão<br />
  30. 30. Produção e caracterização de concretosautoadensáveis<br /><ul><li>Teores de cinza pesada moída – 30%, 50% e 70% em substituição co cimento Portland (volume)
  31. 31. Fatores água/finos – 0,45; 0,50; 0,55 e 0,60
  32. 32. Agregados naturais e agregados de britagem</li></li></ul><li>
  33. 33. Propriedades mecânicas/retração:<br /><ul><li> Resistência à compressão;
  34. 34. Módulo de elasticidade
  35. 35. Retrações autógena e por secagem</li></ul>Durabilidade<br /><ul><li> Resistência à penetração de cloretos
  36. 36. Carbonatação</li></li></ul><li>
  37. 37.
  38. 38. Conclusões:<br /><ul><li> Foi possível produzir concretos auto-adensáveis com elevados teores de cinza pesada moída
  39. 39. As propriedades mecânicas e de durabilidade são compatíveis com os dos concretos convencionais
  40. 40. A resistência à compressão desenvolve-se mais lentamente, mas atinge valores equivalentes aos dos concretos sem cinza – até 55MPa em 91 dias!!
  41. 41. A cinza pesada, hoje disponível, após moagem, pode ser utilizada na produção de concretos, trazendo benefícios ao meio ambiente
  42. 42. O emprego das cinzas em concreto possibilita a utilização na plenitude das cinzas produzidas nas termelétricas a carvão. </li></li></ul><li>Objeto de nova pesquisa:<br /><ul><li> Constatou-se o potencial do uso da cinza pesada moída na produção de cimentos Portland compostos
  43. 43. 1 tonelada de clinquer substituído por cinza representa 1 tonelada a menos de emissão de CO2 na atmosfera</li></li></ul><li>Agradecimentos:<br /><ul><li> ANEEL
  44. 44. Tractebel Energia
  45. 45. Universidade Federal de Santa Catarina</li></ul>Obrigado pela atenção<br />

×