Novas TendêNcias De Marketing Low

1.797 visualizações

Publicada em

Apresentação para o curso de Gestão Marketing da Universidade Paulista Campinas, em 24out09

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.797
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
69
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
166
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Performance Marketing é uma filosofia inserida no marketing holístico que assimila conceitos financeiros e não financeiros como indicadores do desempenho do marketing estratégico da empresa. Preocupações legais, éticas, sociais e ambientais fazem parte desta noção. Projetos de marketing de excelência vão além das considerações sobre retornos de vendas para examinar e interpretar com mais cautela os resultados de market share, taxa de retenção de clientes, satisfação de clientes, qualidade de produtos e outras medidas. Financistas cobram frequentemente dos departamentos de marketing que estes justifiquem seus investimentos em construção de marca e desenvolvimento da base de consumidores. Entregar respostas sólidas a estes profissionais é tão importante quanto considerar que novas réguas de mensuração também devem ser discutidas e implementadas para chegar a valores mais adequados.
  • Marcas são itens de identificação. Contudo, agregado a isto, elas também carregam entendimentos racionais e emocionais atribuidos pelas pessoas que consomem estas marcas que as tornam uma promessa. Esta promessa diz respeito ao potencial de uma dada marca atender, não atingir ou superar expectativas. Marcas são ativos valiosos pois mudam completamente a forma como um dado produto, serviço ou empresa é ofertada ao consumidor.
  • Estas são as mais valiosas marcas do mundo. A Interbrand, uma das mais importantes empresas de marketing do planeta realiza anualmente o Ranking Best Global Brands, apontando os desempenhos não só destas mas de outras 90 importante marcas mundiais. Análises muito bem construídas fazem parte do relatório, fazendo dele uma leitura indispensável ao profissional de marketing. Todo refrigerante gostaria de ser uma Coca-Cola, todo site de buscas gostaria de ser um Google e toda geladeira gostaria de ser uma Brastemp. Estão são as melhores marcas em seus segmentos? Talvez não pois o conceito de melhor é relativo, mas certamente são as que possuem maior capacidade de serem entendidas como donas de muito mais valor agregado. Não se espera pouco de nenhuma delas.
  • Branding é sobre isso: construir patrimônio para uma marca. Especialmente patrimônio intangível, expresso em potencial de entrega de valor, desejo do consumidor, respeito de mercado e público e mais uma série de conceitos que compõem uma proposição de valor para aquela marca mais sólida do que sua competição.
  • Experimentar faz a pessoa mais sábia. A partir do momento em que alguém faz um test drive, assiste um filme por cortesia da sala de cinema, ganha um drink de degustação em um bar, esta pessoa toma contato com o produto de forma mais profunda. Testar faz parte do ser humano. Errar é algo que tentamos evitar e quando tempo, dinheiro e lazer são escassos, as pessoas tendem a querer a maior distância possível do erro. Tangibilizar é o grande desafio. Fazer com que pessoas sejam aptas a sentir mais completamente tudo que envolve um determinado produto ou serviço, desde o desempenho de um veículo nas ruas até a sensação de poder de um perfume, é a diferença entre share of mind e share of heart.
  • Um bom exemplo é o que o espetáculo A Noviça Rebelde conseguiu em sua temporada na Bélgica. Um Flash Mob foi estimulado para selecionar participantes e ao mesmo tempo, promover o evento.
  • Buzz é zumbido. E quando as pessoas certas começam a dispersar uma idéia, dificilmente ela é contida. Buzz marketing gera excitação, cria publicidade e formata novas informações relacionadas a marcas através de meios inesperados. Os produtos em sí não precisam ser inesperados ou extremamente inovadores para gerar o buzz. Empresas podem contribuir para a criação de buzz mas a midia nem sempre é necessária para criá-lo. A maneira mais rápida de chegar lá é através de um lider de opinião, alguém que consiga chamar atenção das pessoas de forma natural, sem parecer um vendedor.
  • O Marketing Viral é parecido mas se apoia em um recurso. Enquanto no buzz a palavra é passada de pessoa a pessoa através de histórias ou relatos apenas, no marketing viral as pessoas trasnmitem algo desenvolvido pela empresa, como um vídeo, uma gravação de audio, uma apresentação etc
  • Guerrilha é uma pequena força de guerra porém muito capaz de interferir no curso da batalha. O marketing de guerrilha consiste em realizar pequenos mas constantes ataques para desmoralizar o oponente e sustentar sua posição. O guerrilheiro usa meios convencionais e inovadores para realizar seus ataquesisto inclui cortes de preços seletivos, promoções intensas e ações legais ocasionalmente. A guerrilha é mais barata do que ataques frontais ou pelos flancos, mas deve ser apoiada por um plano de ataque maior. Contudo, ela não abandona conceitos de ética e moralidade. Em janeiro de 2007, diversos timers eletronicos foram confundidos com explosivos em toda a cidade de Boston, fazendo com que diversos fossem destruidos e até uma parte da cidade fosse isolada. Na verdade, estes materiais promocionais de marketing de guerrilha eram para divulgar um novo programa no Cartoon Network. A emissora foi multada e teve que pedir desculpas á cidade publicamente.
  • Novas TendêNcias De Marketing Low

    1. 1. Prof. Gustavo Vilela
    2. 2. <ul><ul><li>O foco do cliente é a base </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultados devem ser constantes </li></ul></ul><ul><ul><li>A performance (esforços x resultados) </li></ul></ul><ul><ul><li>ainda é a forma de avaliação </li></ul></ul>
    3. 23. <ul><li>Entender melhor suas pessoas (internas e externas) </li></ul>
    4. 30. <ul><li>Performance </li></ul><ul><li>= </li></ul><ul><li>Resultados </li></ul><ul><li>esforços </li></ul>
    5. 37. <ul><li>Identifique lideres de opinião e dedique-se a eles; </li></ul><ul><li>Distribua amostras a pessoas chave; </li></ul><ul><li>Trabalhe com referencias dentro de um grupo; </li></ul><ul><li>Desenvolva canais de referência de buzz sólidos; </li></ul><ul><li>Ofereça informação digna de repasse. </li></ul>

    ×