O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Medidor de resistencias baixas

1.734 visualizações

Publicada em

Medidor de resistências baixas esse circuito é muito simples porém muito útil na hora de conferir o valor das resistências baixas,já que em alguns casos é mais do que necessário se ter um equipamento desses na sua bancada tanto de informática com em eletrônica.

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Medidor de resistencias baixas

  1. 1. http://www.comunidadelectronicos.com/proyectos/med-res.htm Medidor de resistências baixas Em algumas oportunidades, é necessário fazer medições de resistências de valor muito baixo, inferiores a 1 Ohm. A maioria dos multímetros analógicos e digitais só permitem leituras com uma resolução de 1, e em alguns casos um décimo (0.1) de Ohm O projecto que se descreve aqui, não é na realidade um homímetro nem um miliamperímetro. Nem sequer é um medidor propriamente dito, mas com ele e um multímetro comum, poderemos medir com facilidade resistências de baixo valor com una resolução da ordem de centésimas (0.01) de Ohm. Este simples dispositivo não é outra coisa, que não uma fonte de corrente constante. O método para determinar o valor de uma resistência de muito baixo valor, neste caso, baseia-se em fazer circular una corrente conhecida e constante através da resistência, e medir a queda da voltagem que se produz nela, usando um multímetro comum. Aplicando a Lei de Ohm, podemos facilmente determinar o seu valor. (R= V/I) Se aplicamos uma fonte de corrente constante, neste caso 100mA (0.1A), a uma resistência de valor desconhecido, e medimos a queda de voltagem entre os seus terminais, poderemos mediante uma simples operação matemática saber o valor em ohmios da dita resistência. Como a maioria dos multímetros digitais e alguns analógicos permitem obter facilmente leituras de centésimas e milésimas de volte, em suas escalas mais baixas, podemos determinar com bastante precisão valores da ordem das centésimas de Ohmio. Exemplos: Si temos una leitura de 0.12V no multímetro poderemos facilmente saber que se trata de uma resistência de 1.2 Ohms (0.12 / 0.1 = 1.2) Se temos uma leitura de 0.022V no multímetro, poderemos facilmente saber que se trata de uma resistência de 0.22 Ohms (0.022 / 0.1 = 0.22) Componentes: T1 - Transformador que proporcione de 6 a 9V 200mA D1 - Ponte rectificadora ou quatro díodos 1N4001 ou similares IC - LM317 ou similar (ECG956, SG317) C1 - Condensador electrolítico 470 a 1000 µF - 16V C2 - Condensador 0.1 ufa 50V R1 - Potenciómetro de ajuste (pre-set) de 100Ohm R2 - Resistência 15 Ohms A sua construção é simples, económica e não necessita de maiores comentários. Uma vez construído só há que ajustar a corrente, de saída. Para isso, ligamos o multímetro como miliamperímetro, entre os terminais, e procedemos ao ajuste do potenciómetro (pre-set) R1 até obter uma leitura de 100 mA. Uso: Para evitar ter leituras erróneas devido à resistência própria dos cabos de ligação, a medição da voltagem deve fazer-se directamente sobre a resistência, tal como se mostra na imagem.
  2. 2. http://www.comunidadelectronicos.com/proyectos/med-res.htm

×