GAIA Risks – A Service-based     Framework to Manage                Project Risks                           Fernando H. Ga...
Sumário   1.   Introdução   2.   Motivação   3.   Objetivos   4.   GAIA Riscos   5.   Estudo de Caso   6.   Resultados   7...
Introdução   • Os Sistemas de Informação (SI) estão     presentes em praticamente todos os setores     da vida moderna.   ...
Introdução   • O Gerenciamento de Riscos (GR) propõe:        – Garantir a qualidade do software gerado;        – Reduzir o...
Motivação   • Muito se fala sobre o GR, porém pouco se     faz;   • Um GR bem realizado aumenta a qualidade     do produto...
Motivação   • Reduzir de custos com retrabalhos;   • O Chaos Report (Standish Group 2011)     indica que apenas 37% dos pr...
Objetivos   • Elaborar um framework para gerenciar     riscos dos projetos de software, que seja     baseado em níveis de ...
GAIA Riscos   • O framework GAIA Riscos compreende:        – Cinco Níveis de Maturidade;        – Sete Serviços;        – ...
Níveis de Maturidade   • A elaboração dos níveis de maturidade e a     divisão dos serviços em cada um dos níveis     obed...
Níveis de Maturidade                Figura 1. Niveis de Maturidade do GAIA Riscos                           GAIA Risks - A...
Serviços   • Os serviços organizam os conhecimentos     das melhores práticas de GR do mercado:        – Ferramentas e Téc...
Serviços                Figura 2. Serviço de Monitoramento e Controle                           GAIA Risks - A Service-bas...
Processo de Implantação   • Conjunto de Atividades que devem ser     executadas para aderir a um nível do GAIA     Riscos;...
Avaliação Diagnóstica   • Questionário eletrônico para mensurar a     aderência da organização aos serviços do GAIA     Ri...
Avaliação Diagnóstica                Figura 4. Interface do Sistema de Avaliação Diagnóstica                              ...
Questionário   • Compreende questões objetivas sobre o GR, com     a finalidade de verificar o grau com que um     Process...
Estudo de Caso   • Aplicação do GAIA Riscos PDS.  Figura 5. Processo de Desenvolvimento de Software da Fábrica GAIA (PDSG)...
Estudo de Caso   • As alterações realizadas em seis iterações     do GAIA Riscos buscaram evoluir o PDS     avaliado do 1º...
Estudo de Caso                Figura 6. Primeira Execução do GAIA Riscos                      GAIA Risks - A Service-based...
Estudo de Caso   • Síntese das modificações realizadas no PDSG.  Atividade                       Alteração Realizada  Anál...
Estudo de Caso   • Exemplo de alteração realizada no PDSG                Figura 7. Alteração realizada na Atividade de Rea...
Estudo de Caso                Figura 8. Última Execução do GAIA Riscos                      GAIA Risks - A Service-based F...
Resultados   • Melhora do GR dentro de uma organização.        – Aumento de cerca de 52% nos riscos          tratados/miti...
Resultados   • Componentes do Framework.        – Níveis de maturidade        – Serviços        – Processo de Implantação ...
Obrigado!                  Fernando Henrique Gaffo                    E-mail: fernandogaffo@gmail.com                     ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gaia Riscos - CLEI 2012

674 visualizações

Publicada em

Apresentação do Trabalho "GAIA Risks: A service-based framework to manage project risks", na XXXVIII Conferencia Latinoamericana en Informática, em Medellín na Colômbia no dia 03/11/2012.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
218
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gaia Riscos - CLEI 2012

  1. 1. GAIA Risks – A Service-based Framework to Manage Project Risks Fernando H. Gaffo Rodolfo M. De Barros Departamento de Computação - (DC-UEL) Universidade Estadual de Londrina - Brasil
  2. 2. Sumário 1. Introdução 2. Motivação 3. Objetivos 4. GAIA Riscos 5. Estudo de Caso 6. Resultados 7. Conclusões 8. Trabalhos Futuros GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 2/25
  3. 3. Introdução • Os Sistemas de Informação (SI) estão presentes em praticamente todos os setores da vida moderna. • Os usuários destes sistemas estão cada vez mais dependentes das facilidades providas pelos softwares. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 3/25
  4. 4. Introdução • O Gerenciamento de Riscos (GR) propõe: – Garantir a qualidade do software gerado; – Reduzir o número de surpresas ao longo do ciclo de vida; – Ou seja, ajudar as organizações a cumprirem o planejamento realizado. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 4/25
  5. 5. Motivação • Muito se fala sobre o GR, porém pouco se faz; • Um GR bem realizado aumenta a qualidade do produto final; • Muitas empresas de outros ramos utilizam há muito tempo o GR em seus projetos. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 5/25
  6. 6. Motivação • Reduzir de custos com retrabalhos; • O Chaos Report (Standish Group 2011) indica que apenas 37% dos produtos de software são entregues conforme o planejado. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 6/25
  7. 7. Objetivos • Elaborar um framework para gerenciar riscos dos projetos de software, que seja baseado em níveis de maturidade e serviços. A implantação dos níveis de maturidade deve obedecer um processo padrão. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 7/25
  8. 8. GAIA Riscos • O framework GAIA Riscos compreende: – Cinco Níveis de Maturidade; – Sete Serviços; – Um Processo de Implantação: • Checklists de Reavaliação; • Indicadores de Desempenho. – Um Sistema de Avaliação Diagnóstica; GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 8/25
  9. 9. Níveis de Maturidade • A elaboração dos níveis de maturidade e a divisão dos serviços em cada um dos níveis obedece o modelo MMGRSeg, elaborado por Mayer e Fagundes (2009). GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 9/25
  10. 10. Níveis de Maturidade Figura 1. Niveis de Maturidade do GAIA Riscos GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 10/25
  11. 11. Serviços • Os serviços organizam os conhecimentos das melhores práticas de GR do mercado: – Ferramentas e Técnicas: PMBOK (2008) e ISO 31010 (2009); – Vocabulários: Guia 73 da ISO (2009); – Workflows: ISO 31010 (2009); – Indicadores de Desempenho: Balanced Scorecard (BSC); – Templates de Documentos: PMBOK (2008); GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 11/25
  12. 12. Serviços Figura 2. Serviço de Monitoramento e Controle GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 12/25
  13. 13. Processo de Implantação • Conjunto de Atividades que devem ser executadas para aderir a um nível do GAIA Riscos; Figura 3. Processo de Implantação GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 13/25
  14. 14. Avaliação Diagnóstica • Questionário eletrônico para mensurar a aderência da organização aos serviços do GAIA Riscos; • O nível de maturidade é determinado pelo serviço que obtiver o menor índice de atendimento. • Os resultados são apresentados em um gráfico de radar, no qual cada um dos eixos representa os serviços. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 14/25
  15. 15. Avaliação Diagnóstica Figura 4. Interface do Sistema de Avaliação Diagnóstica GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 15/25
  16. 16. Questionário • Compreende questões objetivas sobre o GR, com a finalidade de verificar o grau com que um Processo de Desenvolvimento de Software Atende os serviços dos GAIA Risco: – Estabelecimento do Contexto – Identificação, Análise, Avaliação e Tratamento dos Riscos – Comunicação e Consulta GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 16/25
  17. 17. Estudo de Caso • Aplicação do GAIA Riscos PDS. Figura 5. Processo de Desenvolvimento de Software da Fábrica GAIA (PDSG) GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 17/25
  18. 18. Estudo de Caso • As alterações realizadas em seis iterações do GAIA Riscos buscaram evoluir o PDS avaliado do 1º para o 5º nível de maturidade. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 18/25
  19. 19. Estudo de Caso Figura 6. Primeira Execução do GAIA Riscos GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 19/25
  20. 20. Estudo de Caso • Síntese das modificações realizadas no PDSG. Atividade Alteração Realizada Análise Inicial Alterações nas instruções de trabalho para aderir ao Serviço de Estabelecer o Contexto. Análise e Planejamento Inclusão de atividades que para aderir aos Serviços de Identificar, Analisar e Avaliar os Riscos. Execução e Implementação Inclusão de atividade para aderir ao serviço de Tratar os Riscos Realizar Entrega Inclusão de atividades para aderir aos Serviço de Monitoramento e Controle. Gerenciar Comunicação Alterações nas instruções de trabalho para aderir ao Serviço de Comunicação e Consulta. Tabela 1. Síntese das Alterações Realizadas no PDSG. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 20/25
  21. 21. Estudo de Caso • Exemplo de alteração realizada no PDSG Figura 7. Alteração realizada na Atividade de Realizar Entrega. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 21/25
  22. 22. Estudo de Caso Figura 8. Última Execução do GAIA Riscos GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 22/25
  23. 23. Resultados • Melhora do GR dentro de uma organização. – Aumento de cerca de 52% nos riscos tratados/mitigados. • Criação de uma metodologia para gerir riscos baseada em serviços, algo não encontrado na literatura. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 23/25
  24. 24. Resultados • Componentes do Framework. – Níveis de maturidade – Serviços – Processo de Implantação – Sistema de Avaliação Diagnóstica: • Indicadores de Desempenho; • Questionário de Avaliação Diagnóstica. GAIA Risks - A Service-based Framework toGAFFO, BARROS Manage Project Risks 24/25
  25. 25. Obrigado! Fernando Henrique Gaffo E-mail: fernandogaffo@gmail.com Twitter: http://twitter.com/fgaffo Facebook: http://facebook.com/fgaffo Skype: fernando.gaffo Telefone: +55 43 8806-8520 GAIA Riscos: http://www.gaia.uel.br/gaia_riscosAvaliação Diagnóstica: http://www.gaia.uel.br/gaia_ad

×