MICHEL “MARUYAMA”
MARU
Olá, meu nome é Michel! Tenho
31 anos. 
Me formei na AMAN em 2003
(arma: infantaria).
Sou paraquedi...
O que é necessário para ser doador ?O que é necessário para ser doador ?
• Idade 18 a 55 anosIdade 18 a 55 anos
• Sem pato...
O que é compatibilidade ?O que é compatibilidade ?
 Compatibilidade tecidual entre doador e receptorCompatibilidade tecid...
• O cadastro é feito em todos os hemocentros do Brasil,
• É muito importante que sejam mantidos atualizados os dados
cadas...
Ajude a salvar a vida desse militar que já ajudou a salvar a vida de muitos brasileiros‏
Ajude a salvar a vida desse militar que já ajudou a salvar a vida de muitos brasileiros‏
Ajude a salvar a vida desse militar que já ajudou a salvar a vida de muitos brasileiros‏
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ajude a salvar a vida desse militar que já ajudou a salvar a vida de muitos brasileiros‏

874 visualizações

Publicada em

Olá, meu nome é Michel! Tenho 31 anos. 
Me formei na AMAN em 2003 (arma: infantaria).
Sou paraquedista e servi no 25º BIPqdt, onde tive a oportunidade de participar da Missão de Paz da ONU, no Haiti, em 2008.
Participei de meias maratonas, 02 maratonas do Rio e em 2006 completei o Ironman em Florianópolis.
Até quem em 2009 tive um problema na coluna, região lombar, fiz uma cirurgia e tive que largar os esportes e competições.
Hoje minha competição é outra, contra um adversário diferente, a leucemia.

Publicada em: Saúde
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Ajude a salvar a vida desse militar que já ajudou a salvar a vida de muitos brasileiros‏

  1. 1. MICHEL “MARUYAMA” MARU Olá, meu nome é Michel! Tenho 31 anos.  Me formei na AMAN em 2003 (arma: infantaria). Sou paraquedista e servi no 25º BIPqdt, onde tive a oportunidade de participar da Missão de Paz da ONU, no Haiti, em 2008. Participei de meias maratonas, 02 maratonas do Rio e em 2006 completei o Ironman em Florianópolis. Até quem em 2009 tive um problema na coluna, região lombar, fiz uma cirurgia e tive que largar os esportes e competições. Hoje minha competição é outra, contra um adversário diferente, a leucemia.
  2. 2. O que é necessário para ser doador ?O que é necessário para ser doador ? • Idade 18 a 55 anosIdade 18 a 55 anos • Sem patologias graves (infectocontagiosas)Sem patologias graves (infectocontagiosas) • Cadastro PadronizadoCadastro Padronizado • Termo de ConsentimentoTermo de Consentimento • Amostra de sangue – 5ml – exame de compatibilidade(HLA)Amostra de sangue – 5ml – exame de compatibilidade(HLA) • Coleta de sangue pela máquina de aférese. • O doador recebe um medicamento por 5 dias que estimula a multiplicação das células- mãe. • Essas células migram da medula para as veias, onde são filtradas. • Esse processo dura em média 4h. • Diferente do método convencional a coleta é feita diretamente pela veia, sendo muito menos ao doador. • O efeito colateral esperado, pelo uso de medicamento, é dor pelo corpo, como uma gripe. Como é o Transplante para o Doador ?Como é o Transplante para o Doador ?
  3. 3. O que é compatibilidade ?O que é compatibilidade ?  Compatibilidade tecidual entre doador e receptorCompatibilidade tecidual entre doador e receptor (histocompatibilidade)(histocompatibilidade)  Determinado pelo HLA presente em linfócitosDeterminado pelo HLA presente em linfócitos  São proteínas que estão na superfície de todas as células de nosso corpo.  Se o doador e o paciente não forem idênticos para HLA ocorrerá rejeição.  Chance 1:100.000 ( miscigenação ).Chance 1:100.000 ( miscigenação ).
  4. 4. • O cadastro é feito em todos os hemocentros do Brasil, • É muito importante que sejam mantidos atualizados os dados cadastrais para facilitar e agilizar a chamada do doador no momento exato. Para atualizar o cadastro, basta que o doador ligue para (21) 3970-4100 ou envie um e-mail para redome@inca.gov.br. • Hemorio -  De 2ª a 6ª feira de 8 às 12 horas, Guichê 1 do Setor de Cadastro, no Salão de Doadores. O candidato fará seu cadastro e será coletada uma amostra de 5 ml de sangue para a realização dos exames de histocompatibilidade.  Para o doador, a doação será apenas um incômodo passageiro. Para o PACIENTE, será a diferença entre a vida e a morte. REDOME Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Rio de Janeiro) • Banco de Dados dos Doadores voluntários de Medula Óssea • Coordena a pesquisa de doadores nos bancos de medula

×