Principais obras e autores do modernismo

12.158 visualizações

Publicada em

Modernismo no Brasil e seus principais autores

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Principais obras e autores do modernismo

  1. 1. PRINCIPAIS OBRAS E AUTORES DO MODERNISMO MIQUÉIAS VITORINO
  2. 2. PRIMEIRA FASE DO MODERNISMO  Macunaíma, de Oswald de Andrade. (prosa). O heroi sem caráter é a primeira obra significante no modernismo brasileiro.  Libertinagem e Estrela da Manhã, de Manuel Bandeira (poesia). Primeira série de poesias do final da década de 1920 que traziam um novo conceito de poesia, com versos livres, sem metrificação, muito próximo da prosa.
  3. 3. REGIONALISMO DE 30  Ciclo da cana-de-açúcar de José Lins do Rego – Menino de Engenho, Moleque Ricardo e Fogo Morto. (prosa). Personagens nordestinos, paraibanos, vivendo uma realidade de ausência de poder do estado e começo de industrialização (engenhos).  Capitães de Areia, de Jorge Amado. Conta a história de crianças que vivem nas ruas de Salvador nos anos 30. A pobreza e os perigos de uma vida desprovida de lar, saúde e família.
  4. 4. REGIONALISMO DE 30  São Bernardo, de Graciliano Ramos. De como a educação e a ação de uma professora acaba desencadeando uma série de acontecimentos numa fazendo governada por um homem tirano. A obra faz menção ao comunismo e à falsa crença de que comunistas eram pessoas perigosas.  Vidas Secas, de Graciliano Ramos. Conta a dura vida do sertanejo Fabiano e sua família. Os problemas sociais, o abandono do estado, a seca, a pobreza e a fome latejam e evidenciam o tom crítico do livro.
  5. 5. A PROSA DE 1945 EM DIANTE  “SAGARANA” (contos) e “Grande Sertão: Veredas” (romance), de Guimarães Rosa. Regionalismo, problemas sociais, linguagem renovada, baseada no uso do cotidiano e criação de novas expressões.  Laços de Família (contos), de Clarice Lispector, onde o cotidiano e a narração com tempo psicológico deixam o leitor imersos na cabeça das personagens.  Ai de ti, Copacabana (crônicas), de Rubem Braga. Rubem Braga consegue trazer para as coisas do cotidiano o humor e a reflexão.
  6. 6. POESIA MODERNA  A rosa do povo (poesias), de Carlos Drummond de Andrade. Tendência a popularização da poesia, ou seja, desfazer a noção de que a poesia é algo culto e elitista.  A rua dos cataventos (poesias), de Mário Quintana, é uma obra singular. Possui 35 sonetos com versos mais livres de métrica e rima. Os temas são coisas do tipo infância, morte e amor. A rua, os ventos, as nuvens são figuras alegóricas presentes em boa parte dos poemas.  Poema Sujo (poesia), de Ferreira Gullar, autor das tão famosas poesias neoconcretas escreve um dos poemas mais famosos da literatura, escrito quando esteve exilado. Sujo por causa das palavras de baixo calão.
  7. 7. MOVIMENTOS CULTURAIS  Bossa Nova: elitista, comportado, governista.  Tropicalia: popular, cult, irreverente, inovador, movimento contra a ditadura disfarçado.  Poesia Concretista, Neoconcretista e visual: renovação da ideia de poesia através da formação de imagens.

×