Doenças Sexualmente Transmissiveis (DST)

6.574 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Doenças Sexualmente Transmissiveis (DST)

  1. 1. Conversando sobre algumas DSTs / AIDS
  2. 2. <ul><li>Você sabe o que é uma DST? E AIDS? </li></ul><ul><li>Vamos conhecer algumas </li></ul><ul><li>DSTs e saber um pouco </li></ul><ul><li>mais sobre o HIV. </li></ul>
  3. 3. Primeiro aparece uma feridinha no pênis ou na vagina, alguns dias depois da transa. A ferida não dói, some com o tempo e a pessoa pensa que está curada. Por isso a sífilis é uma doença complicada. Meses depois, surgem manchas pelo corpo, até nas solas dos pés e nas palmas das mãos. Essas manchas também somem, mas a sífilis continua no sangue. Se não for tratada logo, pode causar cegueira, paralisia, doença nervosa, problemas do coração e até a morte. Nomes Populares = cancro duro, sangue ruim.                       
  4. 4. Lesões sifilíticas
  5. 5. <ul><li>Essa doença começa com uma feridinha </li></ul><ul><li>no pênis ou na vagina. Depois surgem </li></ul><ul><li>ínguas nas virilhas, que incham até abrir,soltando pus. Quem tem relação sexual anal, pode sentir dor para fazer cocô. </li></ul><ul><li>Nome Popular = Mula </li></ul>
  6. 7. <ul><li>O sintoma é um corrimento </li></ul><ul><li>amarelo-esverdeado, com </li></ul><ul><li>mau cheiro. Dói para transar. </li></ul><ul><li>Os órgãos genitais coçam </li></ul><ul><li>muito e fica ruim para fazer </li></ul><ul><li>xixi.  </li></ul>
  7. 8. <ul><li>O HPV, Human Papiloma Virus, é um vírus que vive na pele e nas mucosas genitais tais como vulva, vagina, colo de útero, e pênis. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Trata-se de uma infecção adquirida através de contato sexual . </li></ul><ul><li>O mais importante nesta doença é que existe uma associação entre alguns grupos de papiloma vírus e o câncer de colo de útero . </li></ul><ul><li>Seu diagnóstico de suspeita é feito através do papanicolau ou a colposcopia e o diagnóstico de certeza é feito através de biópsia da área suspeita. Existem também exames que identificam o tipo do vírus e se os mesmos são cancerígenos . </li></ul><ul><li>Na vulva ele causa a doença chamada condiloma genital ou popularmente conhecida no Brasil como &quot;crista de galo&quot;. Na vagina e no colo do útero ele normalmente se apresenta com lesões microscópicas que só podem ser descobertas através do exame de papanicolau ou a colposcopia. </li></ul><ul><li>No homem ele pode se manifestar por verrugas no pênis ou de maneira microscópica. É muito importante que o parceiro seja encaminhado para exame com um urologista para procura de lesões e tratamento se forem encontradas. </li></ul>
  9. 11.            
  10. 12. Muita ardência e dor no local, com pequenas bolhas agrupadas no pênis ou na vagina. Não se deve coçar, por que aí, a bolha vira uma ferida. Pode aparecer corrimento e dificuldade para urinar. Atenção: As bolhas somem com o tratamento, mas o vírus fica para sempre no seu corpo. Tem que fazer o tratamento para as bolhas não voltarem. Usando camisinha não passa a doença para o parceiro ou parceira.   
  11. 14. <ul><li>O sinal é um corrimento amarelado ou esverdeado, ou até mesmo um pouco de sangue, que sai do pênis, da vagina ou do ânus. Isso aparece de 2 a 8 dias depois da transa. Doi para fazer xixi e para transar. Se não tratar logo, a pessoa pode ficar estéril (incapaz de ter filhos). Sem tratamento a doença pode afetar o sistema nervoso, os ossos e o coração. Na mulher é mais difícil perceber os sintomas. Por isso, ela deve procurar um ginecologista (médico de mulher) sempre que sentir alguma coisa diferente em seu corpo ou ao menos uma vez por ano. </li></ul><ul><li>Nomes Populares = Blenorragia, Pingadeira, Gota Matinal </li></ul>
  12. 15. <ul><li>Os sintomas são: Feridas com pus que aparecem na cabeça do pênis e na parte externa do órgão sexual da mulher. </li></ul><ul><li>Tem que tratar logo, senão, aparecem mais feridas. </li></ul><ul><li>Nomes Populares = Cancróide, Cancro Venéreo Simples, Cavalo. </li></ul>
  13. 18. <ul><li>A - adquirida - que se pega, não é herddade de pai p/ filho.  </li></ul><ul><li>I - imunológica - defesa, proteção. ; </li></ul><ul><li>D - deficiência - fraqueza, sem forças. A defesa do corpo perde a briga contra o HIV.   </li></ul><ul><li>S - síndrome - conjunto de sintomas ou sinais de doenças. </li></ul>
  14. 19. <ul><li>ESPERMA- líquido que sai do pênis do homem quando ele goza. </li></ul><ul><li>SECREÇÃO VAGINAL- líquido da vagina da mulher. </li></ul><ul><li>LEITE MATERNO- leite que sai do peito da mulher.(Numa forma de contágio que oferece riscos para a criança, caso a mãe seja HIV-Positivo, não para a mãe.) </li></ul><ul><li>SANGUE- aquele que se encontra na corrente sanguínea ou dura 3 minutos fora da corrente sanguínea.  </li></ul>
  15. 20. <ul><li>Para se pegar a doença, vírus HIV, o líquido contaminado da pessoa doente tem que entrar no organismo da outra pessoa. Isso pode acontecer das seguintes formas: </li></ul><ul><li>1- Relação sexual, anal, oral ou vaginal.  2- Uso de seringas e agulhas contaminadas com o vírus HIV por pessoas que usam drogas injetáveis (na veia).  3- Transfusão de sangue.  4- Objetos cortantes.  5- Gravidez. (Numa forma de contágio que oferece riscos para a criança, caso a mãe seja HIV-Positivo, não para a mãe.) 6- Amamentação. (idem) </li></ul>
  16. 21. <ul><li>1- Ficar no mesmo ambiente, apertar a mão,  trabalhar ao lado de alguém que é portador do HIV.  2- Beijar, dar carinho e atenção aos portadores de HIV.  3- Picadas de insetos.  4- Suor, lágrima ou espirro.  5- Banheiros públicos ou piscinas.  6- Roupas de cama e toalhas.  7- Dormir na mesma cama.  8- Beijo na boca, nem mesmo o de língua. </li></ul>
  17. 22. <ul><li>  </li></ul><ul><ul><li>- Cansaço sem motivo aparente.  </li></ul></ul><ul><ul><li>- Perda de peso sem motivo aparente.  </li></ul></ul><ul><ul><li>- Febre sem causa aparente.  </li></ul></ul><ul><ul><li>- Diarréia sem causa aparente.  </li></ul></ul><ul><ul><li>- Tosse seca, sem motivo aparente. </li></ul></ul><ul><ul><li>- &quot;Sapinho&quot;, ou estomatite.  </li></ul></ul>
  18. 23. <ul><li>Precisamos entender, que nem todas as pessoas contaminadas com o vírus HIV, desenvolvem a doença, mas mesmo assim, podem passar o vírus para outras pessoas. A pessoa portadora do vírus HIV também é conhecida como soropositiva. Ou seja, ela tem o vírus, mas não apresenta nenhum sinal ou sintoma da doença. São portanto portadores sadios, que podem continuar assim por muitos anos. </li></ul>
  19. 24. <ul><li>O que você pode fazer para se </li></ul><ul><li>prevenir das </li></ul><ul><li>DSTs/AIDS ? </li></ul>

×