O regicdioeo fimdamonarquia

532 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O regicdioeo fimdamonarquia

  1. 1. O Regicídio e o Fim da Monarquia
  2. 2. Governar um país … <ul><li>Quem governa um país tem sempre grandes </li></ul><ul><li>responsabilidades. As decisões que toma vão ter </li></ul><ul><li>consequências na vida de todas as pessoas que </li></ul><ul><li>vivem nesse país. </li></ul>
  3. 3. Decisões sobre… <ul><li>As decisões que quem governa tem de tomar </li></ul><ul><li>podem ser várias: </li></ul><ul><li>Por vezes, essas decisões agradam a uns e deixam menos </li></ul><ul><li>satisfeitas tantas outras pessoas… </li></ul>Vão aumentar os impostos?!! Será melhor baixá-los? Se formos atacados por Espanha… Não responderemos com armas. Sigo a via diplomática – o diálogo. Aprovei novas leis para castigar todos os criminosos. Tenho de poupar. Mas como?
  4. 4. Quem governa? <ul><li>Há países governados por um Rei </li></ul><ul><li>O rei herda o trono de seu pai ou de outro </li></ul><ul><li>familiar próximo – avô, irmão, tio… </li></ul><ul><li>Quando um reino é governado por um rei </li></ul><ul><li>dizemos que é uma monarquia . </li></ul><ul><li>É o chefe do Estado Herda o trono Governa até à morte </li></ul>
  5. 5. Em muitos países… <ul><li>O chefe de Estado é o Presidente da República, </li></ul><ul><li>escolhido pela população através do voto. Nesses </li></ul><ul><li>casos vivem numa República . </li></ul><ul><li>É o chefe do Estado É eleito pelos cidadãos Ocupa o cargo 5 anos </li></ul><ul><li>Nomeia o Primeiro-Ministro de acordo com os resultados das </li></ul><ul><li>eleições. Este escolhe os Ministros e Secretários de Estado </li></ul><ul><li>para o seu Governo, os quais também são nomeados pelo </li></ul><ul><li>Presidente da República. </li></ul>
  6. 6. Reis e Presidentes <ul><li>Assim como cada país tem muitos reis ao longo </li></ul><ul><li>da sua história, também outros têm muitos </li></ul><ul><li>presidentes. Há, ainda, aqueles que foram </li></ul><ul><li>governados por muitos reis antes de terem os </li></ul><ul><li>Presidentes da República como chefes de Estado. </li></ul><ul><li>Sabes como tem sido em Portugal? </li></ul>Ora, Portugal foi governado por 35 reis. No entanto, no início do século XX, quando reinava o rei D. Carlos, tudo se começou a alterar…
  7. 7. A Queda da Monarquia <ul><li>Nos finais do século XIX os Portugueses andavam </li></ul><ul><li>muito descontentes… </li></ul><ul><li>Os Ingleses queriam ficar com os territórios que Portugal tinha em África, na região entre Angola e Moçambique. </li></ul><ul><li>1890 </li></ul><ul><li>O rei de Inglaterra mandou um </li></ul><ul><li>ultimatum (última ordem) a Portugal: </li></ul><ul><li>Mapa cor-de-rosa / 1886 </li></ul><ul><li>Perante esta ameaça o Rei D. Carlos aceitou a ordem. </li></ul><ul><li>Que humilhação!!! </li></ul>Portugal tinha de deixar imediatamente aquelas terras para Inglaterra, pois se não o fizesse haveria guerra.
  8. 8. <ul><li>A agricultura e a indústria estavam pouco desenvolvidas, </li></ul><ul><li>por isso tínhamos de comprar muitos produtos a outros países. </li></ul><ul><li>As obras públicas – pontes, estradas, escolas…- que se construíam eram pagas com dinheiro que o rei pedia ao estrangeiro. Essa dívida tinha de ser paga, por isso aumentavam muito os impostos. As pessoas sentiam que estavam cada vez mais pobres. </li></ul>
  9. 9. <ul><li> A maioria da população do reino vivia com muitas dificuldades. </li></ul><ul><li> As crianças trabalhavam para ajudar a família. Poucas iam à escola. </li></ul><ul><li> Muitos pais não tinham comida para alimentarem os filhos, por isso passavam fome. </li></ul>
  10. 10. Mas nem todos viviam mal… <ul><li>O rei D. Carlos gastava muito dinheiro nas </li></ul><ul><li>suas viagens, caçadas, banquetes… </li></ul><ul><li>Enquanto o povo passava fome. </li></ul><ul><li>Que injustiça!!! </li></ul>
  11. 11. O Partido Republicano <ul><li>Alguns homens que sabiam ler e </li></ul><ul><li>escrever tinham umas ideias </li></ul><ul><li>para resolver estas injustiças e </li></ul><ul><li>decidiram formar um partido político: </li></ul><ul><li>Partido Republicano </li></ul><ul><li>Queriam que se realizassem eleições para eleger um Presidente da República e, assim, o rei deixasse de governar. </li></ul>1876
  12. 12. 31 de Janeiro de 1891 <ul><li>Os Republicanos organizaram uma revolta contra </li></ul><ul><li>a monarquia, na cidade do Porto. </li></ul><ul><li>Queriam mostrar que estavam descontentes e o </li></ul><ul><li>governo do reino tinha de mudar. </li></ul><ul><li>Foram descobertos e presos. </li></ul><ul><li>Todos os Republicanos ficaram </li></ul><ul><li>ainda mais revoltados contra o rei D. Carlos. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Nas cidades as pessoas viviam cada vez com mais </li></ul><ul><li>dificuldades e tentavam mostrar o seu </li></ul><ul><li>descontentamento fazendo greves e </li></ul><ul><li>manifestações. </li></ul><ul><li>Mas a guarda real atirava sobre os manifestantes ou prendia-os. </li></ul>
  14. 14. O Partido Republicano crescia… <ul><li>O Partido Republicano fazia cada vez mais </li></ul><ul><li>propaganda, através de jornais e comícios. </li></ul><ul><li>E o rei tinha cada vez menos apoiantes. </li></ul><ul><li>O povo queria que Portugal fosse uma República, </li></ul><ul><li>revoltavam-se cada vez mais e… um dia o pior </li></ul><ul><li>aconteceu… </li></ul>
  15. 15. 1 de Fevereiro de 1908 <ul><li>O rei D. Carlos, a rainha D. Amélia e o filho – </li></ul><ul><li>o infante D. Luís Filipe – regressavam de Vila </li></ul><ul><li>Viçosa, no Alentejo. Era aí que gostavam de </li></ul><ul><li>passar longas temporadas e as férias. </li></ul><ul><li>Palácio de Vila Viçosa </li></ul>
  16. 16. Em Lisboa… <ul><li>Muitas pessoas – homens, mulheres, crianças e </li></ul><ul><li>idosos aguardavam a sua chegada, no Terreiro </li></ul><ul><li>do Paço. Afinal, um rei é sempre um rei! </li></ul><ul><li>O filho mais novo dos reis – D. Manuel – também </li></ul><ul><li>os esperava. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Já se dirigiam para o palácio real quando de </li></ul><ul><li>repente… </li></ul><ul><li>PUMM! PUMM! </li></ul><ul><li>PUMM! </li></ul><ul><li>Tiros certeiros atingiram o rei D. Carlos e o seu filho D. Luís Filipe, o príncipe herdeiro . </li></ul>
  18. 18. Mataram o rei! Mataram o rei!
  19. 19. Os assassinos foram mortos <ul><li>Alfredo Costa </li></ul><ul><li>Manuel Buíça </li></ul>E até João Sabino da Costa, um ourives que por ali passava, foi morto no meio da confusão.
  20. 20. <ul><li>Manuel dos Reis da Silva Buiça (1876-1908) </li></ul><ul><li>Professor, nasceu em Vinhais em 1876. Foi 2.º sargento no regimento de Cavalaria de Bragança. Em Lisboa ficou conhecido como professor do ensino secundário, leccionando designadamente na Escola Universal e na Escola Nacional. Republicano e carbonário, participa na intentona de 28 de Janeiro de 1908 contra o governo de João Franco, e foi um dos regicidas que a 1 de Fevereiro de 1908 mataram o rei D. Carlos I e o príncipe Luís Filipe. Foi morto no local. Tornou-se uma figura legendária devido ao seu protagonismo no atentado do Terreiro do Paço. Deixou dois filhos (um rapaz e uma rapariga), para quem foi aberta uma subscrição pública depois da morte de seu pai. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Alfredo Luís da Costa (1885-1908) </li></ul><ul><li>Nasceu em Casével, Castro Verde, em 1885. Fundou um jornal para a defesa dos empregados do comércio em Angra do Heroísmo, fez propaganda republicana, escreveu em jornais de classe em Lisboa, foi caixeiro viajante, presidiu à Associação dos Empregados do Comércio de Lisboa e fundou a Social Editora, com Aquilino Ribeiro. Lançou vários folhetos de propaganda. Participou na intentona de 28 de Janeiro de 1908 e no atentado de 1 de Fevereiro de 1908, contra o rei D. Carlos I e D. Luís Filipe. Juntamente com Manuel Buiça foi um dos regicidas, sendo morto pela polícia no local. </li></ul>
  22. 22. Agora, quem sucederia ao rei? <ul><li>Como o príncipe herdeiro também foi assassinado, quem subiu ao trono foi o filho mais novo de D. Carlos – o infante D. Manuel. </li></ul>
  23. 23. D. Manuel II <ul><li>Tinha apenas 19 anos quando herdou um </li></ul><ul><li>trono que se queria vazio e um reino cheio </li></ul><ul><li>de problemas para resolver. </li></ul>Temos muitas dívidas para pagar ao estrangeiro… A burguesia continua descontente e os operários protestam por salários mais altos. A oposição continua a atacar…
  24. 24. O Partido Republicano aproveitava a situação… <ul><li>Como os problemas do reino continuavam, </li></ul><ul><li>mantinha-se o descontentamento da população e </li></ul><ul><li>os republicanos aumentavam a luta contra a </li></ul><ul><li>monarquia. </li></ul><ul><li>Comício do Partido Republicano </li></ul>
  25. 25. Nos comícios… <ul><li>Falavam contra o rei e a monarquia. Diziam que </li></ul><ul><li>com um Presidente da República tudo se </li></ul><ul><li>resolveria : </li></ul><ul><li>E algo que todos queremos, sempre… </li></ul>Emprego Alimentos Escola para os filhos Dinheiro LIBERDADE
  26. 26. <ul><li>As pessoas gostavam destas ideias e, a pouco e pouco, esqueciam que </li></ul><ul><li>O Partido Republicano tinha cada vez mais </li></ul><ul><li>apoiantes. </li></ul><ul><li>Será que iam conseguir acabar com a monarquia, como tanto desejavam??? </li></ul>UM REI É SEMPRE UM REI

×