SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Para crescer bem e com saúde, é preciso saber comer! Roda  dos  Alimentos
Roda dos Alimentos Cereais  e derivados, tubérculos  Hortícolas Fruta Lacticínios Carnes,  pescado e  o vos Leguminosas Gorduras e óleos
Isto porque, está representada em todos eles pois faz parte da constituição de quase todos os alimentos.  Roda dos Alimentos Não possuindo um grupo próprio, a  água  assume a posição central na roda dos alimentos. Por ser um bem tão essencial à vida recomenda-se o seu consumo diário na ordem dos 1,5 e 3 litros.       
Roda dos Alimentos Lacticínios ,[object Object],[object Object]
Roda dos Alimentos Carne, pescado e ovos ,[object Object],[object Object]
Roda dos Alimentos Gorduras e óleos ,[object Object],[object Object]
Roda dos Alimentos Cereais e derivados, tubérculos ,[object Object],[object Object]
Roda dos Alimentos Hortícolas ,[object Object],[object Object]
Roda dos Alimentos Fruta ,[object Object],[object Object]
Roda dos Alimentos Leguminosas ,[object Object],[object Object]
Pirâmide da Alimentação Devemos comer todos os dias em maior quantidade Devemos comer todos os dias mas com moderação Pode-se comer em pequenas quantidades, de vez em quando
Roda dos Alimentos Uma refeição saudável deve ter alimentos dos vários grupos, nas porções indicadas A Roda dos Alimentos ensina-nos como manter uma alimentação saudável, ou seja, completa, equilibrada e variada.  
 
O  SAL  E  A  COMIDA                Um rei tinha três filhas; perguntou a cada uma delas por sua vez, qual era a mais sua amiga. A mais velha respondeu: –  Quero mais a meu pai do que à luz do Sol. Respondeu a do meio: –  Gosto mais de meu pai do que de mim mesma. A mais moça respondeu: –  Quero-lhe tanto como a comida quer o sal. O rei entendeu por isto que a filha mais nova o não amava tanto como as outras, e pô-la fora do palácio.  Ela foi muito triste por esse mundo, e chegou ao palácio de um rei, e aí se ofereceu para ser cozinheira. Um dia veio à mesa um pastel muito bem feito, e o rei ao parti-lo achou dentro um anel muito pequeno, e de grande preço. Perguntou a todas as damas da corte de quem seria aquele anel. Todas quiseram ver se o anel lhes servia: foi passando, até que foi chamada a cozinheira, e só a ela é que o anel servia. O príncipe viu isto e ficou logo apaixonado por ela, pensando que era de família de nobreza. Começou então a espreitá-la, porque ela só cozinhava às escondidas, e viu-a vestida com trajos de princesa. Foi chamar o rei seu pai e ambos viram o caso. O rei deu licença ao filho para casar com ela, mas a menina tirou por condição que queria cozinhar pela sua mão o jantar do dia da boda. Para as festas de noivado convidou-se o rei que tinha três filhas, e que pusera fora de casa a mais nova. A princesa cozinhou o jantar, mas nos manjares que haviam de ser postos ao rei seu pai não botou sal de propósito. Todos comiam com vontade, mas só o rei convidado é que não comia. Por fim perguntou-lhe o dono da casa, porque é que o rei não comia? Respondeu ele, não sabendo que assistia ao casamento da filha: –  É porque a comida não tem sal. O pai do noivo fingiu-se raivoso, e mandou que a cozinheira viesse ali dizer porque é que não tinha botado sal na comida. Veio então a menina vestida de princesa, mas assim que o pai a viu, conheceu-a logo, e confessou ali a sua culpa, por não ter percebido quanto era amado por sua filha, que lhe tinha dito, que lhe queria tanto como a comida quer o sal, e que depois de sofrer tanto nunca se queixara da injustiça de seu pai.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (16)

Receitas com sobras requintadas
Receitas com sobras requintadasReceitas com sobras requintadas
Receitas com sobras requintadas
 
Receitas Bolinhos De Peixe E Arroz
Receitas Bolinhos De Peixe E ArrozReceitas Bolinhos De Peixe E Arroz
Receitas Bolinhos De Peixe E Arroz
 
Torta cai cai balão
Torta cai cai balãoTorta cai cai balão
Torta cai cai balão
 
Receita Ovos Poche
Receita Ovos PocheReceita Ovos Poche
Receita Ovos Poche
 
Escola aliete
Escola alieteEscola aliete
Escola aliete
 
Bolinho De Repolho (Tempurá) Taiwan
Bolinho De Repolho (Tempurá)   TaiwanBolinho De Repolho (Tempurá)   Taiwan
Bolinho De Repolho (Tempurá) Taiwan
 
Bolo de salame
Bolo de salameBolo de salame
Bolo de salame
 
Baião de-dois
Baião de-doisBaião de-dois
Baião de-dois
 
Receitas Peixe Com Banana
Receitas Peixe Com BananaReceitas Peixe Com Banana
Receitas Peixe Com Banana
 
Sopa de abóbora e moyashi hondashi®
Sopa de abóbora e moyashi hondashi®Sopa de abóbora e moyashi hondashi®
Sopa de abóbora e moyashi hondashi®
 
Bolinho de bacalhau
Bolinho de bacalhauBolinho de bacalhau
Bolinho de bacalhau
 
Frango com manga
Frango com mangaFrango com manga
Frango com manga
 
Batata recheada e gratinada
Batata recheada e gratinadaBatata recheada e gratinada
Batata recheada e gratinada
 
Pudim de pão salgado
Pudim de pão salgadoPudim de pão salgado
Pudim de pão salgado
 
Apresentação Microstoven
Apresentação MicrostovenApresentação Microstoven
Apresentação Microstoven
 
Nhoque de feijão branco
Nhoque de feijão brancoNhoque de feijão branco
Nhoque de feijão branco
 

Destaque (20)

Licao22
Licao22Licao22
Licao22
 
logo
logologo
logo
 
Trabajo d einformatica
Trabajo d einformaticaTrabajo d einformatica
Trabajo d einformatica
 
MBA (GPM2)
MBA (GPM2)MBA (GPM2)
MBA (GPM2)
 
Lista colocados rr01_cn_grupo510
Lista colocados rr01_cn_grupo510Lista colocados rr01_cn_grupo510
Lista colocados rr01_cn_grupo510
 
Auto ebaluazioa
Auto ebaluazioaAuto ebaluazioa
Auto ebaluazioa
 
Presentacion Gobierno Electronico Foro Mendoza
Presentacion Gobierno Electronico Foro MendozaPresentacion Gobierno Electronico Foro Mendoza
Presentacion Gobierno Electronico Foro Mendoza
 
Dr. Tahir-ul-Qadri
Dr. Tahir-ul-QadriDr. Tahir-ul-Qadri
Dr. Tahir-ul-Qadri
 
Fotos relleu
Fotos relleuFotos relleu
Fotos relleu
 
Tasca 2 metodologia aicle
Tasca 2 metodologia aicleTasca 2 metodologia aicle
Tasca 2 metodologia aicle
 
Regulamento faca la_um_poema_2012_1
Regulamento faca la_um_poema_2012_1Regulamento faca la_um_poema_2012_1
Regulamento faca la_um_poema_2012_1
 
DivulgaçãO Do Curso
DivulgaçãO Do CursoDivulgaçãO Do Curso
DivulgaçãO Do Curso
 
Jose luis
Jose luisJose luis
Jose luis
 
Bab 2 bu iin
Bab 2 bu iinBab 2 bu iin
Bab 2 bu iin
 
Paisajes
PaisajesPaisajes
Paisajes
 
Ler o mar_regulamento_28d
Ler o mar_regulamento_28dLer o mar_regulamento_28d
Ler o mar_regulamento_28d
 
Camisetas promocionais
Camisetas promocionaisCamisetas promocionais
Camisetas promocionais
 
Calendar google
Calendar googleCalendar google
Calendar google
 
Frases para navidad
Frases para navidadFrases para navidad
Frases para navidad
 
Preguntasparapreguntarse
PreguntasparapreguntarsePreguntasparapreguntarse
Preguntasparapreguntarse
 

Mais de Claudia Cravo

E se eu fosse um fantasma
E se eu fosse um fantasmaE se eu fosse um fantasma
E se eu fosse um fantasma
Claudia Cravo
 
O menino-que-nao-gostava-de-ler2
O menino-que-nao-gostava-de-ler2O menino-que-nao-gostava-de-ler2
O menino-que-nao-gostava-de-ler2
Claudia Cravo
 
Powerpoint da revoluo republicana
Powerpoint da revoluo republicanaPowerpoint da revoluo republicana
Powerpoint da revoluo republicana
Claudia Cravo
 
Ficheiros de lp casos piratinha
Ficheiros de lp casos piratinhaFicheiros de lp casos piratinha
Ficheiros de lp casos piratinha
Claudia Cravo
 
A galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outonoA galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outono
Claudia Cravo
 
O regicdioeo fimdamonarquia
O regicdioeo fimdamonarquiaO regicdioeo fimdamonarquia
O regicdioeo fimdamonarquia
Claudia Cravo
 
Sistema classificacao
Sistema classificacaoSistema classificacao
Sistema classificacao
Claudia Cravo
 
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Claudia Cravo
 
Poemas alimentação
Poemas alimentaçãoPoemas alimentação
Poemas alimentação
Claudia Cravo
 
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Claudia Cravo
 
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidadeAlimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
Claudia Cravo
 

Mais de Claudia Cravo (20)

E se eu fosse um fantasma
E se eu fosse um fantasmaE se eu fosse um fantasma
E se eu fosse um fantasma
 
Tio lobo
Tio loboTio lobo
Tio lobo
 
O menino-que-nao-gostava-de-ler2
O menino-que-nao-gostava-de-ler2O menino-que-nao-gostava-de-ler2
O menino-que-nao-gostava-de-ler2
 
5de outubro
5de outubro5de outubro
5de outubro
 
A república9
A república9A república9
A república9
 
Powerpoint da revoluo republicana
Powerpoint da revoluo republicanaPowerpoint da revoluo republicana
Powerpoint da revoluo republicana
 
Ficheiros de lp casos piratinha
Ficheiros de lp casos piratinhaFicheiros de lp casos piratinha
Ficheiros de lp casos piratinha
 
5de outubro
5de outubro5de outubro
5de outubro
 
Republica 6
Republica 6Republica 6
Republica 6
 
A galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outonoA galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outono
 
Peter pan
Peter panPeter pan
Peter pan
 
O regicdioeo fimdamonarquia
O regicdioeo fimdamonarquiaO regicdioeo fimdamonarquia
O regicdioeo fimdamonarquia
 
2921994
29219942921994
2921994
 
Sistema classificacao
Sistema classificacaoSistema classificacao
Sistema classificacao
 
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
 
Poemas alimentação
Poemas alimentaçãoPoemas alimentação
Poemas alimentação
 
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
Trabalhador estudante codigo_trabalho_2009
 
Rodados alimentos
Rodados alimentosRodados alimentos
Rodados alimentos
 
Supermercado
SupermercadoSupermercado
Supermercado
 
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidadeAlimentaã‡ãƒo e obesidade
Alimentaã‡ãƒo e obesidade
 

Rodados alimentos

  • 1. Para crescer bem e com saúde, é preciso saber comer! Roda dos Alimentos
  • 2. Roda dos Alimentos Cereais e derivados, tubérculos Hortícolas Fruta Lacticínios Carnes, pescado e o vos Leguminosas Gorduras e óleos
  • 3. Isto porque, está representada em todos eles pois faz parte da constituição de quase todos os alimentos. Roda dos Alimentos Não possuindo um grupo próprio, a água assume a posição central na roda dos alimentos. Por ser um bem tão essencial à vida recomenda-se o seu consumo diário na ordem dos 1,5 e 3 litros.       
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Pirâmide da Alimentação Devemos comer todos os dias em maior quantidade Devemos comer todos os dias mas com moderação Pode-se comer em pequenas quantidades, de vez em quando
  • 12. Roda dos Alimentos Uma refeição saudável deve ter alimentos dos vários grupos, nas porções indicadas A Roda dos Alimentos ensina-nos como manter uma alimentação saudável, ou seja, completa, equilibrada e variada.  
  • 13.  
  • 14. O  SAL  E  A  COMIDA              Um rei tinha três filhas; perguntou a cada uma delas por sua vez, qual era a mais sua amiga. A mais velha respondeu: – Quero mais a meu pai do que à luz do Sol. Respondeu a do meio: – Gosto mais de meu pai do que de mim mesma. A mais moça respondeu: – Quero-lhe tanto como a comida quer o sal. O rei entendeu por isto que a filha mais nova o não amava tanto como as outras, e pô-la fora do palácio. Ela foi muito triste por esse mundo, e chegou ao palácio de um rei, e aí se ofereceu para ser cozinheira. Um dia veio à mesa um pastel muito bem feito, e o rei ao parti-lo achou dentro um anel muito pequeno, e de grande preço. Perguntou a todas as damas da corte de quem seria aquele anel. Todas quiseram ver se o anel lhes servia: foi passando, até que foi chamada a cozinheira, e só a ela é que o anel servia. O príncipe viu isto e ficou logo apaixonado por ela, pensando que era de família de nobreza. Começou então a espreitá-la, porque ela só cozinhava às escondidas, e viu-a vestida com trajos de princesa. Foi chamar o rei seu pai e ambos viram o caso. O rei deu licença ao filho para casar com ela, mas a menina tirou por condição que queria cozinhar pela sua mão o jantar do dia da boda. Para as festas de noivado convidou-se o rei que tinha três filhas, e que pusera fora de casa a mais nova. A princesa cozinhou o jantar, mas nos manjares que haviam de ser postos ao rei seu pai não botou sal de propósito. Todos comiam com vontade, mas só o rei convidado é que não comia. Por fim perguntou-lhe o dono da casa, porque é que o rei não comia? Respondeu ele, não sabendo que assistia ao casamento da filha: – É porque a comida não tem sal. O pai do noivo fingiu-se raivoso, e mandou que a cozinheira viesse ali dizer porque é que não tinha botado sal na comida. Veio então a menina vestida de princesa, mas assim que o pai a viu, conheceu-a logo, e confessou ali a sua culpa, por não ter percebido quanto era amado por sua filha, que lhe tinha dito, que lhe queria tanto como a comida quer o sal, e que depois de sofrer tanto nunca se queixara da injustiça de seu pai.