16 as sete igrejas

2.345 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.345
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
188
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

16 as sete igrejas

  1. 1. AS SETE FASES DA IGREJAAS SETE FASES DA IGREJA ÉFESO ESMIRNA PÉRGAMO TIATIRA SARDES FILADÉLFIA LAODICÉIA 31 – 100 D.C. 100 – 313 D.C. 313 – 538 D.C. 538 – 1798 D.C. 1798 – 1833 D.C. 1833– 1844 D.C. 1844 – VOLTA DE JESUS
  2. 2. 08/11/14 3 As Sete Igrejas A mesma igreja passa por sete períodos diferentes O Cristianismo passa por sete fases.
  3. 3. Cristianismo  Antes de Cristo era o Judaísmo.  Depois de Cristo, o Cristianismo.  Jesus enviou sete cartas para os sete períodos do Cristianismo.  Cada carta tem uma mensagem especial para a época e para nossos dias também.
  4. 4. 08/11/14 5 Sete Fases da Igreja  A primeira fase começou no ano 31 com a morte de Cristo.  A última fase começou no de 1844 após o grande desapontamento.
  5. 5. 08/11/14 6 Éfeso - Desejável  Período: de 31 à 100 d.C.  Carta: Apocalipse 2:1-7.  Igreja dos apóstolos.  Igreja pura, cheia de poder.  Foi nesta época que Deus derramou o poder do Espírito Santo.  Havia amor, união, companheirismo, firmeza e comunhão.
  6. 6. 08/11/14 9 Esmirna – Cheiro Suave  Período: de 100 à 313.  Carta: Apocalipse 2:8-11.  Igreja do tempo em que muitos cristãos sofreram martírio através de Roma pagã.  A mais cruel perseguição sob a ordem de Diocleciano. 10 dias proféticos. As dez perseguições.  Este período foi de 303 à 313 d.C.
  7. 7. 08/11/14 11 Pérgamo – Elevação  Período: de 313 à 538 d.C.  Carta: Apocalipse 2:12-17.  Nesta época a igreja começou a se unir com o estado. Política e religião.  Este período começa com o reinado do imperador Constantino, em 313 d.C.
  8. 8. 08/11/14 12 Pérgamo  Neste período o poder pagão, mediante recompensas, editos e promessas de cargos no governo, procurou induzir o povo a tornar-se cristão, trazendo assim para a igreja um dilúvio de mundanismo e corrupção
  9. 9. 08/11/14 13 Pérgamo  Muitos dos ritos e cerimônias pagãs previamente introduzidos na religião, incluindo a festividade pagã, o domingo (dia do sol), foram então estabelecidos por lei, resultando daí o primeiro dia da semana substituindo o Sábado bíblico.
  10. 10. 08/11/14 14 Pérgamo  O decreto dominical foi feito no dia 7 de março de 321 d.C. por Constantino o grande, conclamando aos Juizes, mercadores, artífices e todo o povo a descansarem no “venerável dia do sol”.  Pérgamo representa uma fase triste da igreja cristã. Jesus disse que lá estava o trono de Satanás.
  11. 11. “A mais antiga documentação da observância do Domingo como imposição legal é o edito de Constantino, em 321 A.D. Enciclopédia Britânica, nona edição, artigo Domingo
  12. 12. “Que os juízes e o povo das cidades, bem como os comerciantes, repousem no venerável dia do Sol. Aos moradores dos campos, porém, conceda-se atender livre e desembaraçadamente aos cuidados de sua lavoura, visto
  13. 13. suceder freqüentemente não haver dia mais adequado à semeadura e ao plantio das vinhas, pelo que não convém deixar passar a ocasião oportuna e privar-se a gente das provisões deparadas pelo céu.” Edito de 07 março de 321, A.D., Corpus Juris Civilis Cord., Liv. 3, Tit. 12,3
  14. 14. “Constantino o Grande fez uma lei para todo o império, (321 A.D.), estatuindo que o Domingo fosse observado como dia de repouso em todas as cidades e vilas; mas permitindo que os camponeses prosseguissem em seus trabalhos.” Enciclopédia Americana, artigo Sábado
  15. 15. Tiatira  Sacrifício de contrição.  Período: 538 à 1798 d.C.  Surge fortemente a igreja Católica.  Aqui começa a supremacia Papal.  Neste período, milhões de cristãos foram condenados à morte do modo mais cruel que os homens maus e demônios pudessem inventar.
  16. 16. Tiatira  Época da apostasia geral.  A verdade foi jogada por terra.  Inquisição – idade média.  Era proibido ler a Bíblia e ser fiel a Deus.  Aqueles dias foram abreviados.  Deus levanta um homem em 31 de outubro de 1517 – Martinho Lutero.
  17. 17. 538 SUPREMACIA PAPAL 1260 ANOS A SUPREMACIA PAPALA SUPREMACIA PAPAL 17981798 INQUISIÇÃO CRUZADAS IDADE MÉDIA
  18. 18. Sardes  Cântico de alegria ou o que permanece.  Período: 1798 à 1833 d.C.  Carta: Apocalipse 3:1-6.  Surge a reforma com força total.  Época da alegria e inicio da restauração da verdade.
  19. 19. Sardes  A igreja de Sardes representa as igrejas reformadas desde o final do período da perseguição até o desapontamento do Advento, no início do século 19.  Este período termina com a queda das estrelas cumprindo a profecia de Mateus 24:29.
  20. 20. Filadélfia  Amor fraternal.  Período: 1833 à 1844 d.C.  Carta: Apocalipse 3:7-13.  Tempo do reavivamento espiritual.  Surge um homem chamado Guilherme Miller, anunciando a volta de Jesus para o dia 22 de outubro de 1844.
  21. 21. Filadélfia  Esta notícia causou um reavivamento geral nos Estados Unidos e Europa.  Todos queriam ver Jesus, mas quando perceberam que Ele não viria naquela data, aconteceu um terrível desapontamento.  E cumpriu a profecia do Apocalipse 10:10.
  22. 22. Filadélfia  Cristo não veio naquela data, mas naquele dia estava se cumprindo algumas profecias.  Cristo estava entrando no Lugar Santíssimo do santuário celestial.  Estava começando o último período do cristianismo na terra.  A verdade estava sendo restaurada na terra.
  23. 23. Laodicéia  Julgamento do povo.  Período: de 1844 até a volta de Jesus.  Carta: Apocalipse 3:14-22.  Representa a igreja verdadeira atual.  Representa a igreja Adventista do sétimo Dia.
  24. 24. Igreja Adventista  Edificar a ruínas espirituais.  Levantar os fundamentos.  Reparar as brechas.  Restaurar as veredas.

×