Religiões, Seitas e Heresias - Aula 6

2.004 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.004
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Religiões, Seitas e Heresias - Aula 6

  1. 1. E.B.D. – PIB.JA MODULO – RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS AULA – 06 – ADVENTISMO DO 7º DIA HISTÓRICO, DOUTRINAS E CRENÇASResumo Histórico: Nos primórdios do século XIX, um intenso interesse pelo advento de JesusCristo se instalou na teologia cristã contemporânea, Guilherme Miller, Pastor Batista em N.Y.,U.S.A., destacou-se como estudioso da Bíblia, em assuntos proféticos, seus livros preferidoseram Daniel e apocalipse. Lendo o texto de Dn.8:13-14 e depois de realizar muitos cálculoschegou a conclusão e passou a ensinar que, as 2.300 tardes e manhãs ali referidas eram deanos. Somou 2.300 anos ao ano de 457 a.C., data em que Esdras chegou a Jerusalém vindo deBabilônia, e encontrou o ano de 1843 d.C. Passou então a pregar que Cristo voltaria a terranaquele ano. Daí o título de “adventista”. Muitos lhe creditaram confiança, a ponto devenderem seus pertences e propriedades esperando o 2º advento de Jesus. Contudo o passardo tempo provou que Miller estava errado. Mesmo assim Miller alegou que havia errado noscálculos, visto que usara o calendário hebraico em vez do romano. Recalculou e marcou novadata para 22.10.1844. No dia previsto o povo reuniu-se no topo dos telhados e nasmontanhas, aguardando o evento. Grande foram o desapontamento e a decepção; Cristo nãoveio no dia indicado e nem virá em qualquer outro dia marcado, pois a palavra de Deus éclaríssima: “Quanto, porém, ao dia e á hora, ninguém sabe, nem os anjos no céu nem o Filho,senão o Pai” (Mc.13:32). Miller se arrependeu por esse erro, mas os seus adeptoscontinuaram e o resultado como veremos mais adiante foi o surgimento do movimento quehoje se denomina de Adventismo do 7º Dia.Miller nunca ensinou a guarda do sábado, mesmo depois do desapontamento o movimentonão esfriou, mas algum tempo depois inspirados numa séries de profecias de uma das maisimportante personagens e uma das fundadora do grupo, o trabalho continuou e o movimentofoi estabelecido como Igreja Adventista do 7º Dia em 1860. Vejamos como tudo começou: Em meio a grande desilusão da não volta de Jesus Cristo, previsto por Guilherme Miller,aparece então a Sra. Ellen Gould White, proclama ela que em uma visão contempla a Arca daAliança no Céu e dentro dela as Duas Tabuas de Pedra da Lei, sendo que o QuartoMandamento destacava-se dos demais circundado por uma Auréola de Luz. Daí em diantepassa ensinar a obrigatoriedade da guarda do sábado como requisito para salvação e emconjunto com o Sr. Hiram Edson, passa a propagar que em 22.10.1844, Jesus Cristo haviaentrado no lugar Santíssimo do santuário Celeste ao invés de vim a terra, desta forma Millertinha se equivocado no acontecimento ou evento e não na data.Foi a partir desta afirmação que nasceram as doutrinas da Purificação do Santuario e a do Juizoinvestigativo as quais veremos mais adiante.
  2. 2. Principais Doutrinas e Crenças:O Sábado – A essencial doutrina do adventismo ensina que a guarda do Sétimo Dia da Semanaé o eterno sinal do poder de Deus como Criador e constitui o Selo do Deus Vivo. Sem essaobservância não é possível a salvação. Ensinou a Sra. White que Deus lhe havia revelado queeste mandamento tem mais importância do que qualquer outro e que, é impossível alguémalcançar a salvação fora do adventismo. ( Mc.2:27-28 - Cl. 2:16-17 )O Paraíso – Acreditam e ensinam os adventistas que o paraíso não existe presentemente.Existirá no futuro. Para isto, eles torcem as palavras de Jesus dirigidas ao ladrão arrependidoda cruz. Dizem que a tradução está incorreta. Em vez de ser: “Em verdade te digo que hojeestarás comigo no paraíso”(Lc. 23:43), deveria ser: Em verdade te digo hoje: estarás comigo noparaíso”. Desse modo tentam adaptar a Bíblia a sua doutrina.Pergunta-se: Onde estariam os santos que dormem no Senhor e que assumirão seus corposressuscitados no dia do arrebatamento da igreja?. E Moisés e Elias onde estão?. Deus não éDeus de mortos, e sim de vivos (Mt.22:32).Aniquilação Total dos Ímpios - Ensinam os adventistas que os ímpios não mais existirão. Serãojulgados e depois totalmente aniquilados. Este ensino contraria a doutrina Bíblica, segundo aqual os ímpios ressuscitarão para “vergonha e horror eterno”(Dn.12:2), os quais serãolançados no lago de fogo onde “serão atormentado de dia e de noite pelos séculos dosséculos”(Ap. 20:10). Falando deles Jesus afirma: “irão estes para o castigo eterno”(Mt.25:46).Isso não é aniquilamento, mas sofrimento.A Expiação Incompleta ou Doutrina do Santuário –Surgiu quando, em 1844 falhou a “profecia”da volta de Cristo, propagada por Miller. A Sra. Ellen White e seus companheiros passaram aensinar que Jesus entrara no Santuário Celeste para purificá-lo e completar a obra da expiaçãodos nossos pecados, o que passou a fazer a partir deste ano. Do ano 33 d.C. ao ano 1844 d.C.,Cristo permaneceu intercedendo no lugar Santo. Depois daquela data passou ao lugarSantíssimo do Santuário Celeste para purificá-lo. Jesus estaria fazendo um “Juízo Investigativo”ou seja, investigando quem deverá ser salvo ou não, terminando o que Ele começou na cruz.O B S : Aqui se encontra um dos erros mais grosseiros da doutrina adventista.Argumentação: A obra da expiação dos nossos pecados foi totalmente concluída quando Jesuscristo disse na cruz Está Consumado (Jo. 19:30). E ela é perfeita ( Hb. 7:27 - 10:12-14 ).O Sono da Alma – Crêem que após a morte do corpo a alma é silenciada, tornando-se inativaou inconsciente.Argumentação: A Bíblia ensina que a alma permanece consciente após a morte. A parábola dorico e Lázaro. (LC. 16:20-30), Paulo expressa o desejo de partir e está com Cristo (Fl.1:23).
  3. 3. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES SOBRE O ADVENTISMO:- Os adventistas praticam um programa social cristão de clínicas e escolas altamente eficiente,mantêm fabricas de produtos alimentícios e lanchas-ambulatório nos principais rios do país.- São muito dedicados a doutrinação pela mídia em geral, inclusive cursos.- Grande parte deles são vegetariano, não comem carne de porco, peixe de escamas, nãotomam café, nem chá.- Algumas vezes identificam Jesus com o Arcanjo Miguel, atribuindo, com isso, uma naturezapecaminosa ao Filho de Deus.- Ensinam que alguns pecados são perdoados, mas não extirpados. Quanto a esse assunto, dizque satanás irá arcar com todos os pecados dos crentes e somente quando ele for aniquiladoos pecados de fato serão cancelados.- Ellen G. White: Esta personagem é considerada escritora “inspirada” como também umaverdadeira “Profetisa de Deus”. Tanto é que seus escritos e profecias têm a mesma autoridadeque a Bíblia, em matéria de fé e praticas. Crêem os adventista que ela escreveu mais de 100 mil paginas e teve 2.000 sonhos e visões. Olivro mais conhecido dessa autora, considerado pelos adventistas com uma obra-prima é: OGrande Conflito. Depois desse vem: Vida de Jesus, Patriarcas e Profetas, Veredas de Cristo e ODesejado de Todas as Nações.Conclusão: Como vimos a I.A.S.D. também conhecida como Sabatistas, não é como muitagente pensa uma “denominação igual as outras com a única diferença de guardar o sábado”.Mas nos seus ensinos ela mistura muitas verdades Bíblicas com erros lamentáveis no que serefere ás doutrinas cristãs ou interpretações de profecias. A maioria dos estudiosos dizem sero adventismo um ressurgimento do farisaísmo do primeiro século.Mateus -16:12 - Então entenderam que não lhe dissera que se acautela-se do fermento depães, mas da doutrina dos fariseus e saduceus.

×